Fut. Europeu - 14/15

Página 3 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por KAMIKAZE em Sex Abr 24, 2015 11:24 am

Quem decide em casa ?
avatar
KAMIKAZE
Perpétuo

Mensagens : 8667
Data de inscrição : 08/04/2015
Idade : 37
Localização : Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Sex Abr 24, 2015 11:44 am

@KAMIKAZE escreveu:Quem decide em casa ?

O mandande do jogo da final são os times que estão a esquerda em ambas as tabelas.
Em questão de estádio, ele já é definido antes mesmo de começar a temporada.
LC será em Berlim (Olympiastadion) e a LE será em Varsóvia (Narodowy).
Na próxima temporada já foi definido:
LC em Milão, San Siro;
LE em Basel St. Jakob-Park;
Supercopa em Tbilisi, Boris Paichadze Dinamo Arena.

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Sex Abr 24, 2015 12:58 pm

Sábado (25/04)

08:15 Brighton x Watford [ESPN / ESPNHD] (2º Divisão Campeonato Inglês)
08:45 Southampton x Tottenham [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
10:00 Frosinone x Carpi [RAI] (2º Divisão Campeonato Italiano)
10:30 Dortmund x Eintracht Frankfurt [Terra] (Campeonato Alemão)
11:00 Espanyol x Barcelona [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)
11:00 West Bromwich x Liverpool [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Inglês)
11:00 Stoke x Sunderland [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] (Campeonato Inglês)
11:00 Newcastle x Swansea [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Inglês)
12:00 PSG x Lille [SporTV / SporTV HD] [ESPN+] [TV5] (Campeonato Francês)
13:00 Udinese x Milan [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
13:00 Atlético x Elche [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)
13:30 Bayern x Hertha [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Alemão)
13:30 Man. City x Aston Villa [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Inglês)
15:00 Bordeaux x Metz [SporTV / SporTV HD] (Campeonato Francês)
15:45 Internazionale x Roma [ESPNBR / ESPNBRHD] [RAI] (Campeonato Italiano)
15:45 Excelsior x PSV [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Neerlandês)

Domingo (26/04)

07:30 Atalanta x Empoli [RAI] (Campeonato Italiano)
09:00 St-Étienne x Montpellier [SporTV2 / SporTV2 HD] (Campeonato Francês)
09:30 Everton x Man. United [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Inglês)
09:30 PEC Zwolle x Ajax [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Neerlandês)
10:00 Torino x Juventus [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
10:00 Lazio x Chievo [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Italiano)
12:00 Arsenal x Chelsea [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
12:30 Monchengladbach x Wolfsburg [ESPN / ESPNHD] [Terra] (Campeonato Alemão)
13:00 Benfica x Porto [SporTV / SporTV HD] [ESPN+] (Campeonato Português)
13:00 Fiorentina x Cagliari [Fox Sports / Fox Sports HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
15:45 Napoli x Sampdoria [ESPNBR / ESPNBRHD] [RAI] (Campeonato Italiano)
16:00 Reims x Lyon [ESPN / ESPNHD] [SporTV2 / SporTV2 HD] (Campeonato Francês)

Segunda (27/04)

15:45 Valencia x Granada [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)
15:45 Bournemouth x Bolton [ESPN / ESPNHD] (2º Divisão Campeonato Inglês)
16:00 Moreirense x Sporting [SporTV / SporTV HD] [RTP] [SIC] (Campeonato Português)

Quem quiser assistir pela internet:

http://www.tvonline.org/

http://www.usagoals.com/football.html

http://gofirstrow.eu/sport/football.html

http://www.sportcategory.com/c-1.html

http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/

http://www.drakulastream.eu/football-live-streaming-video.html

http://www.rojadirecta.me/

http://beba.tv/football

http://www.reddit.com/r/soccerstreams

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Dom Abr 26, 2015 12:54 pm

FORÇA PORTO!!!!!!!!!!

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por netin em Dom Abr 26, 2015 4:14 pm

Faltou gols nesse clássico né
avatar
netin
Mestre Jedi

Mensagens : 2479
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 29
Localização : João Pessoa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Dom Abr 26, 2015 4:20 pm

Gols e futebol.
Jogo bem fraco.
Belo mosaico da torcida.
Benfica campeão.
Agora é juntar os destroços e se preparar pra próxima temporada.

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Seg Abr 27, 2015 3:40 pm

Terça (28/04)

15:00 Barcelona x Getafe [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)
15:30 Bayern x Dortmund [ESPNBR / ESPNBRHD] [Terra] (Copa da Alemanha)
15:45 Hull x Liverpool [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Inglês)
15:45 Udinese x Internazionale [ESPN+] [RAI] (Campeonato Italiano)
16:00 PSG x Metz [SporTV / SporTV HD] [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Francês)
17:00 Levante x Cordoba [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)

Quarta (29/04)

10:30 Orenburg x Lokomotiv [Fox Sports / Fox Sports HD] (Copa da Rússia)
13:30 Kuban x CSKA [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] (Copa da Rússia)
15:00 Real Madrid x Almeria [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)
15:00 Eibar x Sevilla [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)
15:45 Juventus x Fiorentina [ESPN+] [RAI] (Campeonato Italiano)
15:45 Leicester x Chelsea [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Inglês)
15:45 Lazio x Parma [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] (Campeonato Italiano)
15:45 Sassuolo x Roma [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Italiano)
17:00 Villarreal x Atlético [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)

Quinta (30/04)

15:00 Rayo Vallecano x Valencia [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)
15:45 Empoli x Napoli [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Italiano)
16:00 Rio Ave x Braga [SporTV / SporTV HD] (Copa de Portugal)
17:00 Granada x Espanyol [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)

Quem quiser assistir pela internet:

http://www.tvonline.org/

http://www.usagoals.com/football.html

http://gofirstrow.eu/sport/football.html

http://www.sportcategory.com/c-1.html

http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/

http://www.drakulastream.eu/football-live-streaming-video.html

http://www.rojadirecta.me/

http://beba.tv/football

http://www.reddit.com/r/soccerstreams

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Seg Abr 27, 2015 4:18 pm

Não é só por aqui que regulamentos bizarros deixam campeonatos cheios de meandros e complicações. Mesmo na competição mais organizada e elogiada do mundo, isso também acontecer.
A Uefa tentou dar uma graça a mais na Liga Europa. A partir desta temporada, o campeão garante uma vaga na tão sonhada Champions League. O problema é que isso vai acabar causando certo conflito de interesses. E pode fazer com que times virem ‘inimigos' de seus próprios países.
Explica-se: a vaga da Liga Europa pode ou não dar uma vaga a mais para o país do time campeão. Essa vaga a mais, porém, só existe se o campeão não se garantir pelas próprias forças no campeonato local.
Assim, Napoli e Sevilla podem ajudar Itália e Espanha a terem uma vaga a mais na próxima temporada. Para isso, porém, precisam ganhar a Liga Europa e caírem na tabela dos campeonatos nacionais.
Hoje, o Sevilla está a apenas dois pontos da zona de classificação para a Champions. Se for campeão da Liga Europa, a Espanha terá cinco vagas na principal competição do continente (Barcelona, Real Madrid, Atlético e Valencia também se garantiriam). Se entrar na zona de classificação, porém, o Sevilla não abre espaço para o quinto colocado, e a Espanha perde uma das vagas.
A mesma situação acontece na Itália. Hoje, o Napoli está a cinco pontos da zona de classificação. Se campeão, daria quatro vagas para a Itália (Juventus, Lazio e Roma também se garantiriam).
Para piorar, o Campeonato Italiano ainda acaba depois da final da Liga Europa. Ou seja: o Napoli pode entrar em campo na última rodada sabendo se irá ou não prejudicar a Itália. O Sevilla não terá a mesma chance, já que o Espanhol se encerra antes da decisão.
http://espn.uol.com.br/noticia/503808_se-campeoes-na-liga-europa-sevilla-e-napoli-podem-virar-inimigos-dos-seus-proprios-paises

Seleção elaborada pela PFA tem o líder Chelsea como base, com seis jogadores:

http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/2015/04/associacao-de-jogadores-escala-coutinho-no-time-do-ano-do-ingles.html

Esse mapa interativo mostra qual é o time inglês mais popular de cada país no Twitter.
http://trivela.uol.com.br/esse-mapa-interativo-mostra-qual-e-o-time-mais-popular-no-twitter-em-cada-pais/

Colocando em prática o sonho de ter um novo estádio, o Milan divulgou novas imagens de seu projeto, em um vídeo chamado "nossa missão". A nova arena terá
no máximo 30 metros de altura, metade dos 60m do San Siro, para não superar os prédios da vizinhança de Portello, no coração da cidade do norte da Itália.
O objetivo é que a inauguração seja no início da temporada 2018/19. O projeto foi da empresa Arup, responsável, entre outros, pelos estádios do Bayern de Munique e o Ninho do Pássaro, das Olimpíadas de Pequim.
http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/brasil-mundial-fc/post/nossa-missao-milan-divulga-novas-imagens-do-projeto-de-estadio.html

It’s been a largely appalling season for FC Parma.
Rock bottom of Serie A, Parma have won only 5 games all season, earning them a paltry 13 points after 31 games.
Parma’s terrible results on the pitch are a reflection of the shambles in the club’s boardroom, as in the middle of April news broke that Parma had been declared bankrupt.
Receivers have been appointed to oversee the club’s activities until the end of the season.
The club were now frantically looking for new investment in order to save Parma from going out of business completely.
According to reports, new owners could buy the club for somewhere between 6 to 20 million euros, however the new owners should receive a parachute payment when they drop into Serie B.
The search for new owners has sparked one Italian socialite, Rosy Maggiulli, into action.
The former Italian Big Brother contestant this week promised on Facebook to strip at the Tardini if an investor saves Parma.
Rosy Maggiulli made her announcement during a racy photo shoot.

Pictures are below.






http://www.101greatgoals.com/blog/wags/italian-socialite-rosy-maggiulli-promises-strip-tardini-investor-saves-parma/
http://www.record.xl.pt/multimedia/fotos/interior.aspx?content_id=944216

Antes da estreia de Messi no Barcelona, o recorde de gols marcados pelo time em uma temporada era de Ronaldo. Em sua única temporada com o clube, em 1996-97, o "Fenômeno" marcou 47 gols. O recorde não pertence mais ao brasileiro, mas ainda serve como parâmetro para mostrar a genialidade de Messi.
Se o feito do ex-jogador da Seleção Brasileira já parecia de outro mundo, o que dizer do argentino, que marcou no último final de semana contra o Espanyol, chegou a 47 gols, e alcançou esta marca deixada por Ronaldo pela quinta vez em seis anos? Desde 2009-10, a única temporada em que Messi não alcançou a marca foi a última - considerada sua pior, e que ele esteve dois meses fora por lesão.
Não bastassem os gols, Messi ainda oferece mais. Com 24 assistências para seus companheiros nesta temporada, ele é o melhor garçom da Champions e do Campeonato Espanhol, e alcançou os melhores números deste quesito em sua carreira.
Aos 27 anos, e com quatro prêmios de Melhor do Mundo pela Fifa, o argentino dá sinais que ainda está em evolução e pode ser melhor. No decorrer do último ano, já atuou como meia, ponta e centroavante no Barcelona, de acordo com a necessidade do time. Só que nos prêmios individuais, a concorrência com seu principal rival pelas artilharias está implacável neste ano . Messi está três gols atrás de Cristiano Ronaldo no Espanhol, e um atrás de Luiz Adriano na Champions, empatado com o craque português.
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/2015/04/imparavel-messi-bate-recorde-de-ronaldo-no-barca-pela-quinta-vez.html


TV acusa torcida do Espanyol de racismo contra Neymar.
http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/espanhol/ultimas-noticias/2015/04/26/tv-acusa-torcida-do-espanyol-de-racismo-contra-neymar.htm

A maioria absoluta das listas sobre os 10 maiores clássicos do mundo inclui o Dérbi Eterno, entre Estrela Vermelha e Partizan. Algumas delas, até na primeira colocação. Motivos não faltam. O clássico sérvio conta com uma rivalidade ferrenha e que vai além de motivos apenas futebolísticos, mas também políticos e históricos. Algo que se amplifica com o domínio nacional da dupla e também com os sucessos continentais. E, por mais que ambas as equipes já tenham vivido momentos melhores, para os torcedores cada dérbi é o maior dérbi de todos os tempos. Como o realizado neste sábado, no Estádio Marakana, em Belgrado.
O futebol foi o de menos no encontro pelo segundo turno do Campeonato Sérvio. Os rivais não passaram de um empate por 0 a 0, que encaminha o Partizan a recuperar a taça depois de ver o Estrela Vermelha estragar o sonho do sétimo título consecutivo na última temporada. E era até natural que os jogadores não produzissem o seu melhor, diante da tensão que se viveu no Marakana. Entre atrasos e interrupções por problemas nas arquibancadas, o duelo terminou quase uma hora depois que o previsto.
Enquanto os times entravam em campo, começou a pancadaria entra a principal torcida organizada do Estrela Vermelha e a polícia. Parte do estádio acabou destruída, com cadeiras arremessadas contra os policiais, que revidaram com escudos e cassetetes. Várias pessoas ficaram feridas, sem divulgação oficial sobre números exatos. O incidente fez com que o pontapé inicial se atrasasse por mais de meia hora, enquanto a polícia, acuada, aguardava reforços. Além disso, durante o segundo tempo, o jogo também precisou ser interrompido por alguns minutos. Funcionários à beira do campo ficavam com baldes de água para apagar os sinalizadores atirados contra a pista de atletismo.
A torcida do Estrela Vermelha, no entanto, também deu seu espetáculo. Enquanto a bola rolava, uma fumaça vermelha tomou as arquibancadas atrás de um dos gols, em cena surreal. Nada que fosse suficiente para influenciar em campo. Cinco pontos à frente e com apenas uma derrota até agora, o Partizan está com tudo nas mãos para confirmar a reconquista nas seis rodadas restantes.





http://trivela.uol.com.br/o-classico-servio-teve-show-da-torcida-mas-tambem-pancadaria-e-atraso/
http://www.ultras-tifo.net/photo-news/3437-crvena-zvezda-partizan-25052015.html
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/2015/04/pancadaria-entre-torcida-e-policia-atrasa-inicio-de-classico-na-servia.html

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Qua Abr 29, 2015 5:51 pm

Abril costuma ser um mês de luto para a comunidade armênia em todo o mundo. Neste ano, de maneira mais forte: o início do Genocídio Armênio completa 100 anos nesta sexta-feira. Um massacre promovido pelo antigo Império Otomano durante a Primeira Guerra Mundial e que matou estimadamente 1,5 milhão de armênios, muitos deles presos em campo de concentração. Outros milhares de sobreviventes fugiram do Cáucaso, na chamada Diáspora Armênia. Rússia, Estados Unidos, Ucrânia, Irã, França e Líbano estão entre os países que possuem as maiores comunidades armênias atualmente, enquanto Argentina e Brasil também receberam um número significativo de imigrantes.
Apesar do rastro de sangue, a história do povo armênio começou a ser reescrita a partir do final da Primeira Guerra Mundial, quando o Império Otomano acabou dividido e a recém-criada República da Armênia se integrou à União Soviética. Apesar da autonomia política relativa, o período inicial sob o regime comunista não foi totalmente tranquilo, especialmente sob a ditadura de Stalin. Entretanto, a partir da década de 1950, os armênios passaram a desfrutar de maiores liberdades. O que se refletiu também no futebol, com o surgimento de uma potência soviética no início da década de 1970: o Ararat Yerevan.
Fundado em 1935, como uma organização esportiva popular, o Ararat chegou à elite do Campeonato Soviético em 1949. Era apenas o segundo clube do Cáucaso a dispUtAr a primeira divisão e, assim, acabou capitalizando as forças das principais organizações na República Socialista Soviética da Armênia.  No final da década de 1960, a equipe se estabeleceu no alto escalão. Para se tornar uma das forças do país entre 1971 e 1976, com um título da liga, dois da Copa Soviética e outros três vice-campeonatos nacionais no período.
O sucesso é explicado pela “seleção armênia” montada no final da década de 1960. O Ararat convidou alguns dos principais jogadores da etnia para se juntar ao clube e representar a força local. Deu certo, também pelo bom trabalho de formação de jogadores nas categorias de base. O time era liderado pelo atacante Eduard Makarov, que dispUtAra a Copa de 1966 pelos soviéticos. Já no banco de reservas, um dos primeiros técnicos trazidos para comandar o time foi Oleksandr Ponomarov, que depois assumiu a seleção. Em seu lugar, entrou Nikita Simonyan, dono de dois títulos nacionais com o Spartak.
Sob o comando de Simonyan, o Ararat conquistou a dobradinha em 1973. Superou o Dynamo Kiev de Oleg Blokhin no Campeonato Soviético por três pontos e também os venceu na final da Copa Soviética. A passagem para a Copa dos Campeões de 1975/76. O Ararat teve tranquilidade nas duas primeiras fases, atropelando Viking (Noruega) e Cork Celtic (Irlanda). O azar veio nas quartas de final, diante do Bayern de Munique, que rumava ao tricampeonato continental. Com Maier, Beckenbauer, Rummenigge e Gerd Müller em campo, os armênios perderam na visita à Alemanha por 2 a 0. Já em Yerevan, o triunfo por 1 a 0 foi insuficiente. Como prêmio de consolação, Makarov dividiu a artilharia do torneio com Müller.



O envelhecimento da geração culminou com a derrocada do Ararat a partir do fim da década de 1970. O clube armênio se manteve na elite, mas sem dispUtAr o topo. E o fim da União Soviética também iniciou uma crise interna no time, que venceu apenas uma edição do Campeonato Armênio, em 1993. Por causa de problemas financeiros, o Ararat passou três temporadas de fora da elite nacional, abrindo mais margem para a hegemonia do Pyunik Yerevan.
Com a queda do Ararat, os maiores orgulhos do futebol armênio foram os filhos da diáspora. Descendentes de imigrantes, Youri Djorkaeff e Alain Boghossian conquistaram a Copa do Mundo de 1998 pela França. No Brasil, Marcelo Dijan foi o principal representante dos descendentes no futebol. E o Irã, de colônia significativa, teve como principais nomes Andanik Eskandrian (zagueiro na Copa de 1978, que jogou com Pelé no Cosmos) e Andranik Teymourian (volante que disputou o Mundial de 2014 e fez história ao se tornar o primeiro católico a capitanear a equipe nacional do país islâmico).
No entanto, a seleção armênia também passou a apresentar suas próprias forças nos últimos tempos. A equipe manteve viva as esperanças de se classificar à Euro de 2012 e à Copa de 2014, com a geração encabeçada por Mkhitaryan e Movsisyan. Para, quem sabe, atingir em âmbito internacional também o mesmo sucesso que o Ararat Yerevan teve nos anos 1970. De certa forma, a seleção atual é a herdeira do que o clube conseguiu em seu auge.

A Diáspora Armênia espalhou diversas colônias pelo mundo. E, muitas delas, integradas à sociedade, também originou os seus próprios clubes. O principal deles é o Deportivo Armênio, fundado em 1962 na província de Buenos Aires e que chegou a dispUtAr a primeira divisão do Campeonato Argentino. Responsável por revelar Teymourian e Eskandrian, o Ararat Tehran chegou a ser um dos principais clubes da capital iraniana na década de 1950. A França conta com o Ararat Issy, atualmente militando na quinta divisão. Já no Brasil, a presença é marcada pelo Juventude Armênia Fedainer, que dispUtA campeonatos de futebol de salão em São Paulo. Líbano, Estônia, Rússia, Estados Unidos, Áustria, Bélgica e Chipre também possuem equipes amadoras de descendentes.
Talvez o caso mais interessante seja do Taskim SK, fundado na região de mesmo nome de Istambul, em 1940. Símbolo dos armênios que permaneceram e voltaram à Turquia após o genocídio, o clube disputou a segunda divisão do Campeonato Turco na década de 1960 e permaneceu na terceirona até 1974. Atualmente, está limitado aos torneios amadores da capital turca.
http://trivela.uol.com.br/a-selecao-armenia-que-conquistou-a-urss-e-desafiou-o-bayern-de-beckenbauer/

Diego Alves ao chegar até o intervalo sem levar gols, somou 549 minutos sem ir buscar a bola no fundo da rede dentro do Mestalla, casa do Valencia. Até então, apenas Pep Balaguer, na temporada 1974/75, tinha chegado a tanto tempo. Como se manteve até o fim do jogo assim, atingiu seis jogos dentro do estádio imbatível, marca inédita.
http://www.lancenet.com.br/futebol-internacional/Goleiro-brasileiro-recorde-Valencia-G4_0_1346865437.html

Atual bicampeão francês e sério candidato a levar mais um título da Ligue 1, o Paris Saint-Germain pode ter que mudar de nome em breve. Segundo a imprensa local, o dono do clube, Nasser Al-Khelaifi, pretende trocar o local da sede e do centro de treinamento, tirar da região que dá nome ao time. Dessa forma, as autoridades de Saint-Germain-en-Laye pretendem exigir a mudança.
- Se a mudança se concretizar, o clube passaria a não ter qualquer ligação conosco e acabaria por ser destruído um dos fundamentos do seu nascimento há 45 anos - disse uma fonte da autarquia à imprensa da França.
A ideia de Nasser é contruir uma nova base para o PSG que não seria mais em Saint-Germain, mas sim em uma região localizada a cerca de 10 quilômetros dali. Poissy e Grignon são os locais favoritos. Dessa forma, um desses bairros poderia dar o novo nome ao clube, ou poderia apenas manter Paris.
O PSG foi fundado em 1970 após a fusão entre o Paris FC e o Stade Saint-Germain, com o intuito de criar um clube de elite da capital do país. Em um primeiro momento deu certo e rapidamente foi para a Ligue 1.
Mas não teve sequência e houve uma dissidência, voltando a existir um Paris FC, e o atual clube de Ibrahimovic e Thiago Silva indo para a Terceira Divisão. Aos poucos o projeto se refez o time se tornou um dos principais da França.
http://www.lancenet.com.br/futebol-internacional/Mudanca-sede-Paris-Saint-Germain-mudar_0_1346865410.html

Liga denuncia racismo a Neymar e Dani Alves e mais nove cantos de torcida do Espanyol.

Veja as dez denúncias feitas:

1 - Durante o aquecimento e até a partida começar: "pUtA Barça, pUtA Barça, eh!"
2 - Nos minutos 6, 11, 15, 17, 57, 61 e 92: "pUtA Barça, pUtA Barça, eh!"
3 - No minuto 7: "Messi retardado"
4 - No minuto 52: "Pisa nele, pisa nele" (enquanto um jogador do Barcelona estava no chão)
5 - No minuto 56: "Adeus, filho da pUtA, adeus" (enquanto Jodi Alba deixava o campo ao ser expulso)
6 - No minuto 56: "pUtA Barça, pUtA Barça, morra Barça"
7 - No minuto 83: "Olelé, olalá, ser do Barça é ser um retardado"
8 - "Pique viado, Shakira tem bunda, teu filho é de Wakaso (ex-jogador do Espanyol) e você é um viadão"
9 - "Ódio aos culés"
10 - A expressão "uh, uh, uh" simulando um macaco, dirigidos a Neymar e Dani Alves
http://espn.uol.com.br/noticia/504865_liga-denuncia-racismo-a-neymar-e-dani-alves-e-mais-nove-cantos-de-torcida-do-espanyol

Messi, Suárez e Neymar batem marca dos 100 gols e são agora o melhor trio da história do Barça.
Não existe no mundo trio de ataque melhor que o dos culés, e o recorde desta terça-feira é a prova numérica disso. Com os cinco gols que os três dividiram entre si na goleada por 6 a 0 sobre o Getafe, nesta tarde, os atacantes chegaram a 102 gols na temporada, número superior ao de Messi, Eto’o e Henry na temporada 2008/09, quando fizeram 100.
Não existe no mundo trio de ataque melhor que o dos culés, e o recorde desta terça-feira é a prova numérica disso. Com os cinco gols que os três dividiram entre si na goleada por 6 a 0 sobre o Getafe, nesta tarde, os atacantes chegaram a 102 gols na temporada, número superior ao de Messi, Eto’o e Henry na temporada 2008/09, quando fizeram 100.
http://trivela.uol.com.br/messi-suarez-e-neymar-batem-marca-dos-100-gols-e-sao-agora-o-melhor-trio-da-historia-do-barca/

Neymar chegou aos 47 golos pelo Barcelona, igualando o número de golos de Ronaldo pelos catalães.
Goleadores brasileiros do Barcelona: Rivaldo,130 Evaristo de Macedo,105 Ronaldinho,94 NEYMAR e Ronaldo,47 Romário,39.
http://www.zerozero.pt/playmakerstats.php?id=4748
http://www.zerozero.pt/playmakerstats.php?id=4747

Depois de desprezar o futebol, o fascismo interferiu também nos rumos dos clubes italianos.
http://trivela.uol.com.br/mussolini-fascismo/

O governo russo vai impor restrições ao número de jogadores estrangeiros no futebol do país, com a intenção de ajudar na formação de atletas, por estar preocupado com o desempenho que a seleção nacional terá na Copa do Mundo de 2018, quando sediará o torneio.
Com o Ministério dos Esportes prestes a ganhar novos poderes para limitar o número de estrangeiros, Vitaly Mutko, o comandante da pasta, disse que vai "cortar o número de jogadores estrangeiros de uma forma muito dura", em declaração divulgada pela agência russa R-Sport.
Sua afirmação vem depois de um projeto de lei que permite ao Ministério do Esporte limitar o número de atletas estrangeiros por equipe passar na primeira de três votações no legislativo russo na semana passada.
As regras atuais da liga russa permitem que os clubes usem sete estrangeiros em qualquer momento, o que, na opinião de Mutko, atrapalha o desenvolvimento do talento dos jogadores, por limitar o tempo em campo deles.
"Eu gostava de ver times de futebol quando contavam com os jogadores que eles tinham produzido", disse. "No futebol, temos apenas quatro russos por time em cada jogo e existem 16 equipas do campeonato. Bem, conte agora quantos russos estão jogando. Nós temos um trabalho sério a fazer nesta área".
Embora a proposta de lei abranja também outros esportes, como hóquei e basquete, a discussão em torno dela tem se concentrado quase exclusivamente no futebol, especialmente após a eliminação da seleção russa na fase de grupos da Copa do Mundo de 2014.
A ideia de um limite imposto pelo Estado sobre jogadores estrangeiros foi proposta pela primeira vez no ano passado pelo presidente Vladimir Putin, logo após a seleção russa de hóquei não conquistar uma medalha nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi.
Separadamente, a Rússia também está analisando a possibilidade de naturalizar alguns jogadores estrangeiros que atuam no país. O principal candidato é o atacante brasileiro Ari, de 29 anos, do Krasnodar, que pode obter a cidadania do país após se casar com uma russa em dezembro de 2014.
http://www.redetv.uol.com.br/esportes/futinternacional/russia-pretende-limitar-numero-de-jogadores-estrangeiros-no-futebol

Os organizadores da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, defenderam nesta quarta-feira a possibilidade de algumas seleções participantes da competição se alojarem em regiões do turbulento Cáucaso norte, como a Chechênia, durante o período de dispUtA do torneio e da parte final de preparação para o grande evento.
Grozny, a capital da Chechênia, está em uma lista preliminar de sedes para as concentrações das seleções, apesar do fato de que ao menos 20 pessoas morreram em dezembro passado na cidade em um tiroteio entre policiais e milicianos islâmicos.
Outra possível sede para abrigar equipes é a Makhachkala, que fica na região vizinha do Daguestão, onde também há uma insurgência islâmica. Nos últimos anos, a Uefa obrigou o clube local Anzhi Majachkalá a jogar suas partidas em competições europeias em Moscou, tendo em vista os problemas de segurança em Makhachkala.
"Haverá inspeções, mas estou seguro de que haverá seleções que iriam preferir Grozny ou Majachkalá ou outras cidades onde tenham boas relações com os administradores (do Mundial)", disse nesta quarta-feira à agência de notícias Associated Press o diretor-executivo do Comitê Organizador Local da Copa de 2018, Alexei Sorokin, que enfatizou: "Temos todas as garantias das autoridades regionais de que a segurança será de nível máximo".
A cidades que abrigarão seleções têm de ser aprovadas pela Fifa, disse Sorokin, que enfatizou também que o processo de escolha das mesmas também está ligada à disponibilidade e qualidade dos hotéis.
A ideia de hospedar equipes nacionais que dispUtArão o Mundial em cidades como Grozny também conta com o apoio do ministro do Esporte, Vitaly Mutko. "Respaldaram a Grozny e eu gostei", afirmou a autoridade, em entrevista coletiva nesta quarta.
A Fifa disse à Associated Press, por meio de um comunicado, que a entidade e os organizadores russos "seguem o processo de elaborar uma lista de sedes de concentração para a Copa do Mundo de 2018" e que no momento "não está em condições de dar maiores detalhes" sobre o assunto.
http://www.redetv.uol.com.br/esportes/futinternacional/russia-defende-plano-de-alojar-algumas-selecoes-da-copa-de-2018-na-checheni

http://www.101greatgoals.com/blog/ten-young-players-europe-video/


Última edição por ricardo83 em Qua Abr 29, 2015 6:18 pm, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Qua Abr 29, 2015 6:16 pm


_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Sex Maio 01, 2015 12:02 pm

Uma segunda divisão com jeito de primeira. Assim é a Championship, Série B da Inglaterra, que faz inveja em muito campeonato mundo afora, com uma média de público que supera, por exemplo, a do Campeonato Brasileiro. A frequência na temporada foi de 17.738 pagantes por jogo até a penúltima rodada (o Brasileirão teve média de 16.555 em 2014).

http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/2015/05/ex-selecao-ressurge-na-segundona-inglesa-que-tem-ate-conto-de-fadas.html

Morreu nesta quinta-feira o belga Gregory Mertens, de apenas 24 anos. Jovem jogador do Lokoren, ele sofreu um mal súbito em campo ainda no primeiro tempo do duelo contra os reservas do Genk na segunda e foi internado em um hospital logo em seguida. Os médicos acreditam que Mertens sofreu um infarto e apontavam que seu estado era crítico. O jogador chegou a ficar em coma induzido. Em seu perfil no Twitter, a seleção da Bélgica deixou uma mensagem que diz em certo trecho: "Nós nunca esqueceremos seu sorriso".
O incidente ocorreu aos 25 minutos de jogo, quando o Genk estava no ataque. Gregory caiu no gramado, e o árbitro imediatamente paralisou a partida. Uma ambulância logo entrou em campo e realizou o atendimento primário, com um desfibrilador, antes de transferir o jogador para o hospital. A partida foi suspensa, e os torcedores foram orientados, através dos alto-falantes, a deixarem o estádio.
Na ocasião, Lokoren manifestou-se através de nota oficial, dizendo que aguardava por um desfecho positivo e garantiu que Mertens foi aprovado em todos os exames médicos no começo da temporada, sendo considerado um dos jogadores em melhor forma no clube. O defensor chegou à equipe no começo do ano passado, vindo do Cercle Brugge.
Gregory fez parte do time sub-21 da seleção belga e fazia parte do elenco principal do Lokoren, oitavo colocado na primeira fase do Campeonato Belga e líder do grupo B da repescagem. Pouco utilizado, o atleta reforçava o time de reservas no duelo de segunda-feira.
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/2015/04/apos-sofrer-mal-subito-em-campo-belga-gregory-mertens-morre.html

A quinta-feira pode ser o último dia de Silvio Berlusconi como proprietário do Milan. O italiano, que dirigiu o clube nos últimos 29 anos, está a um passo de vender 60% das ações do clube a um consórcio liderado pelo corretor tailandês Bee Taechaubol. As duas partes se encontraram, na noite de quarta-feira, na casa do ex-primeiro ministro italiano em Arcore, distante cerca de 30 km de Milão.
Segundo a imprensa italiana, Bee e os seus parceiros colocaram em cima da mesa uma oferta de 500 milhões de euros (R$ 1,5 bilhão) por 60% das ações do clube italiano, ou seja, a maioria que concede a liderança a Bee. Berlusconi, no entanto, permaneceria como presidente do clube.
Nesta quinta-feira, é esperado um novo encontro entre o tailandês e o ainda proprietário da equipe, mas certamente até ao encerramento da bolsa de Milão, às 17h30 (12h30 de Brasília), não será feito qualquer anúncio. Depois dessa hora, é aguardado um comunicado da parte do Milan com uma resposta afirmativa ou negativa, até porque, o prazo final dado pelo consórcio é precisamente esta quinta-feira, dia 30 de abril.

Venda por algumas horas

Enquanto todos aguardam uma resposta do presidente Silvio Berlusconi, que, em qualquer caso, permanece no cargo e mantêm uma quota de ações minoritária do clube, todos os indícios apontam a venda do time dentro de algumas horas. Bee Taechaubol permaneceu em Milão depois do encontro de ontem, assim como os seus colaboradores.
Outra peça importante desta negociação é o fundo Doyen, que pretende entrar também no novo Milan, e ter um peso na parte esportiva. Ao Doyen Sports Investment caberá a escolha do próximo treinador e de muitos jogadores que vestirão a camisa do Milan nas próximas temporadas.
O presidente do DSI, Nélio Lucas, que é amigo pessoal de Bee, também está em Milão, e permanecerá na cidade até esta sexta-feira. Lucas pediu nesta quinta-feira ao seu assessor de imprensa que se deslocasse de Londres até Milão com urgência, aumentando a expectativa pela realização de uma coletiva de imprensa com os novos dirigentes do Milan, que poderá ser realizada nesta sexta-feira, dia 1º de maio.
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-italiano/noticia/2015/04/venda-do-milan-tailandes-e-parceiros-na-compra-preparam-anuncio-na-italia.html

Entre suspeitas de compra de votos na eleição da sede, possível escolha de regiões separatistas marcadas por conflitos para servirem como bases de treinamento e um problema sério de discriminação no futebol local, a Rússia enfim traz uma notícia boa para o Mundial de 2018. Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, Vitaly Mutko, presidente do Comitê Organizador Local, anunciou como será o processo de escolha do mascote do torneio, e o lado bom é que as crianças serão umas das principais responsáveis pela criação do mascote.
O processo de criação do mascote do torneio será dividido em três etapas, começando agora e com conclusão até o fim de 2016. Na primeira delas, crianças enviarão suas ideias de como seriam seus mascotes ideais e quais características teriam. A partir disso, alguns dos principais artistas russos do momento soltarão sua criatividade para transformar isso em desenho. Na última parte do processo, uma seleção final de três mascotes será apresentada ao público, que votará para decidir qual será o representante do torneio.
Embora seja bem legal por parte do COL incluir as crianças no processo, sobretudo com um papel tão importante, não dá para fazer vista grossa para o populismo por trás da decisão, sobretudo com o discurso de Vitaly Mutko, que afirmou que o objetivo era “aproximar o público do processo de produção, para que se sinta parte do projeto”. Uma justificativa bem forçada, coisa de release, e que, dita em uma coletiva de imprensa, soa tão fabricada que quase faz a ação toda perder a graça. Mas vamos deixar o lado ranzinza para lá e tentar apreciar pelo menos uma coisa boa dentro de toda a organização para o próximo Mundial.
http://trivela.uol.com.br/em-alguma-coisa-tinham-que-acertar-copa-de-2018-tera-mascote-criado-por-criancas/

Jogadores europeus com mais internacionalizações:

Vitālijs Astafjevs (Letónia) – 166
"Eu amo o futebol e sempre amei", disse o voluntarioso médio quando fez a sua última partida internacional, com 39 anos, em 2010. O auge da carreira de Astafjevs ocorreu quando representou a Letónia no UEFA EURO 2004: "Conseguimos um milagre, todos ficaram espantados. Foi uma verdadeira felicidade."

Iker Casillas (Espanha) – 161*
Uma guarda-redes fantástico no Real Madrid CF, Casillas afirmou que representar a Espanha era algo especial: "Responsabilidade. Orgulho. Satisfação. Felicidade. Compromisso. Respeito por quem me precedeu. Uma infinidade de palavras – e dar tudo pelos adeptos espanhóis."

Martin Reim (Estónia) – 156
"Não há maneira de eu continuar a jogar até morrer", disse o médio Reim no seu jogo de despedida – aos 38 anos – em 2009, concluindo uma carreira de 17 anos na selecção. O baluarte do FC Flora Tallinn apenas por uma vez jogou no estrangeiro, nos finlandeses do FC KooTeePee.

Lothar Matthäus (Alemanha/República Federal da Alemanha) – 150
Campeão europeu em 1980 e campeão do Mundo em 1990, o esteio do meio-campo atravessou duas eras do futebol germânico. Diego Maradona disse dele: "É o maior rival que jamais enfrentei. Penso que é tudo o que precisam de saber."

Gianluigi Buffon (Itália) – 147*
Radiante quando, em 2011, ultrapassou o recorde nacional de Dino Zoff, com 111 jogos pela selecção ("quando fiz a minha estreia por Itália, em 1997, chegar a estes números era apenas um sonho para mim", disse), Buffon sagrou-se campeão do Mundo pelos "azzurri" em 2006 e, com 37 anos, tem ainda mais anos pela frente na baliza.

Anders Svensson (Suécia) – 143
O médio e especialista em livres directos terminou a carreira internacional em 2013, sublinhando: "É tempo de eu sair e abrir caminho aos jogadores mais jovens". "Taco-Anders" – assim apelidado devido ao seu prato favorito – alinhou em dois Campeonatos do Mundo e dois Campeonatos da Europa.

Lilian Thuram (França) – 142
Thuram venceu o Campeonato do Mundo de 1998 e o UEFA EURO 2000, integrando uma histórica selecção de França, onde continuou a jogar até aos 36 anos. "Se houver uma bola para ganhar de cabeça ou para meter no fundo da baliza, eu estarei lá", disse o defesa nascido em Guadalupe, baptizado de "O Sábio" em França.

Marko Kristal (Estónia) – 142
Nas suas próprias palavras "uma pessoa alegre por natureza", Kristal foi muito apreciado como médio na selecção, entre 1992 e 2005, período em que desistiu de contar os seus jogos pela selecção. "Quando cheguei perto dos 100 foi interessante, mas desde então perdi a conta", disse.

Thomas Ravelli (Suécia) – 140
O guarda-redes com um olhar distinto prosperou ao mais alto nível. "Quando jogava sob pressão era quando conseguia os melhores desempenhos", disse. "Eu precisava daquela pressão."

Giorgos Karagounis (Grécia) – 139
Karagounis despediu-se da selecção no final da participação da Grécia no Campeonato do Mundo de 2014. O seu único lamento foi ter sido impedido, dado estar castigado, de jogar a final do UEFA EURO 2004, que os helénicos venceram. "Não devemos ser gananciosos", disse, conformado. "Nós já conseguimos tanto."

*ainda em actividade na selecção
http://pt.uefa.com/uefaeuro/qualifiers/news/newsid=2159225.html

Há 20 anos a Fifa permitiu que os times façam três substituições de forma irrestrita. Até então, a terceira substituição só era permitida se fosse de um goleiro. A exigência física do futebol, com jogadores muitas vezes percorrendo 12 quilômetros por partida, faz com que o desgaste seja maior. A cobrança por uma quarta substituição, ao menos na prorrogação, começou a ganhar adeptos no mundo todo. Chegou a ser votada – e vetada – pela International Football Association Board. (IFAB) em fevereiro. Agora, quem traz a questão à tona novamente é a FIFPro, a Associação Mundial de Jogadores Profissionais de Futebol, que divulgou uma pesquisa nesta terça mostrando amplo apoio à medida.
Segundo a FIFPro, 84% dos jogadores que foram perguntados, de 27 países diferentes, querem uma quarta substituição, seja nos 90 minutos da partida ou na prorrogação. “A resposta à nossa pesquisa é esmagadora”, afirmou o secretário geral da entidade, Theo van Seggelen. “É uma posição que vai desafiar visões tradicionais, mas os jogadores têm um dos papéis mais importantes neste debate”, continuou.
O técnico campeão do mundo, Joachim Löw, é um dos que apoia a medida. Desde a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, ele dá declarações sobre uma quarta substituição ao menos na prorrogação. Em 2012, uma comissão da Fifa liderada por Franz Beckenbauer e composta por membros do futebol e da medicina recomendou a quarta substituição à IFAB. Segundo a comissão avaliou, uma quarta substituição “ajudaria a manter o nível técnico até o final dos 120 minutos e preservaria a saúde dos jogadores”. Em fevereiro deste ano, a IFAB rejeitou a proposta, mas encaminhou a proposta a um comitê interno para uma nova avaliação.
Dos 244 membros da FIFPro, 119 concordaram em permitir uma quarta substituição na prorrogação, outros 86 votaram a favor da quarta substituição já no tempo regulamentar e apenas 39 votaram pela manutenção das regras atuais. “Nossa pesquisa é representativa dos jogadores em todos os continentes e mostraram claramente uma preferência para que o jogo evolua e mostre uma maior flexibilidade, especialmente em jogos que vão para a prorrogação,” afirmou Van Seggelen.
A quarta substituição é uma boa ideia, mas quando falamos de prorrogação, parece mais uma necessidade. É importante poder usar os jogadores que estão no banco em uma situação de desgaste intenso como é essa, em que o jogo terá 120 minutos. Em uma Copa do Mundo, por exemplo, essa necessidade fica evidente quando os jogadores atuam com intervalos pequenos de dias. É claro que uma quarta substituição teria impacto no jogo, especialmente com a possibilidade de mudanças táticas importantes se fosse permitido durante os 90 minutos. Mas é também uma forma de melhorar a qualidade técnica em um jogo que exige cada vez mais fisicamente dos jogadores.
http://trivela.uol.com.br/a-quarta-substituicao-no-futebol-ganhou-um-apoio-importante-os-jogadores/

Proibição de partilha de passes de futebolistas em vigor contra vontade Ibérica.
http://www.record.xl.pt/Futebol/Internacional/interior.aspx?content_id=945597

A discussão sobre a venda individual dos direitos de transmissão no futebol brasileiro levou ao uso recorrente do termo 'espanholização' para se referir à concentração das receitas - e, por consequência, dos resultados esportivos - sobre um número reduzido de equipes. Pois a própria Espanha já caminha na direção contrária.
Nesta quinta-feira, foi aprovado um decreto do governo espanhol que determina a venda coletiva das principais competições de futebol do país, a partir da temporada 2016/17. Assim, a Espanha deixará de ser uma exceção entre as grandes ligas europeias, que já negociam desta maneira.
Atualmente, a soma dos direitos de televisão das equipes da primeira divisão é pouco inferior a 800 milhões de euros, sendo que 45 por cento do total fica distribuído apenas entre quatro equipes. Apenas Real Madrid e Barcelona arrecadam por volta de 150 milhões de euros cada por temporada, três vezes mais que o segundo escalão. A expectativa é de que a negociação unificada possa ultrapassar 1 bilhão de euros por temporada.
O decreto que obriga a venda coletiva prevê que metade do valor total tem de ser dividido de maneira igualitária, como acontece por exemplo na Inglaterra. Os outros 50 por cento seguirão critérios como o desempenho esportivo e o alcance de cada clube - número de sócios, bilheteria, etc., - o que garante que os gigantes seguirão faturando uma fatia maior do bolo, mas sem o abismo hoje existente. Na segunda divisão, a parte a ser dividida igualmente sobe para 70 por cento.
A competição pelos direitos promete ser acirrada. Um fato recente foi a entrada da gigante das telecomunicações Telefónica, que adquiriu o Canal+ e tem acordo com o Barcelona para a próxima temporada. A MediaPro, dona da GolTV, tem acordo com a maioria dos clubes, incluindo o Real Madrid. E o grupo Al-Jazeera deve chegar à Espanha com seu canal BeInSports no meio do ano.
A nova lei dificilmente tirará força de Real Madrid e Barcelona no cenário nacional e internacional. Mas deve dar esperança aos demais de uma dispUtA mais justa e maior competitividade no mercado, especialmente no momento em que a Premier League alcança cifras astronômicas por seus direitos.
http://espn.uol.com.br/post/505655_espanha-contra-a-espanholizacao-enfim-venda-dos-direitos-de-tv-tera-de-ser-coletiva

Todo grande clássico nunca é apenas um clássico. Claro que a briga por títulos importa, a hegemonia dentro de campo. Mas essa é apenas uma parte da história, às vezes pequena. Uma rivalidade só se torna grandiosa quando os limites ultrapassam o que acontece dentro de campo. Quase sempre, por motivações econômicas, sociais, culturais ou políticas. É quando o futebol ultrapassa os seus próprios limites para falar da vida. E em poucos clássicos pelo mundo essa relação é tão intensa quanto em Belgrado. Estrela Vermelha e Partizan, os opostos no autointitulado Dérbi Eterno.
As diferenças vêm desde a formação dos clubes. As instituições que originaram o Estrela Vermelha e o Partizan lutaram juntos para expulsar os nazistas durante a Segunda Guerra Mundial, mas nem sempre estiveram lado a lado no surgimento da Iugoslávia. A oposição se enraizou na própria consolidação da sociedade local. E atravessou diversos percalços ao longo das últimas sete décadas: o fim do comunismo, a fragmentação do país, a guerra. Energias que hoje basicamente se concentram no clássico, um dos mais tensos do planeta.
O último Dérbi Eterno, realizado no sábado passado, representou bastante essa carga explosiva. Torcedores e policiais se enfrentaram nas arquibancadas do Marakana antes de a bola rolar e atrasaram o início de jogo. Para, depois, a festa tomar conta das arquibancadas em um 0 a 0 bastante tenso, que encaminhou o Partizan ao título. Excelente canal do Youtube, o Copa 90 produziu um vídeo para apresentar toda essa atmosfera.
O áudio é em inglês, com a opção de legendas traduzidas. Mas, se você não captar a mensagem, nem precisa. Depois de uma contextualização geral, o que vale mesmo são as cenas espetaculares apresentadas a partir de três minutos. Para arrepiar qualquer um:
http://trivela.uol.com.br/video-um-dia-no-classico-mais-feroz-do-mundo-estrela-vermelha-x-partizan/

No Dia do Trabalhador, o Barcelona presta homenagem ao seu mais especial funcionário. Na véspera de enfrentar o Córdoba, pela 35ª rodada do Campeonato Espanhol, o clube publicou em sua conta no Instagram o vídeo com o primeiro gol de Messi, feito na mesma data, em 2005.
- Leo #Messi tem 403 gols em 10 anos pelo #FCBarcelona. Hoje faz 10 anos do seu primeiro - diz o texto do clube.
Promessa do Barcelona com 17 anos em 2005, o então camisa 30 aproveitou a oportunidade dada pelo treinador holandês Frank Rijkaard de entrar em campo aos 41 minutos do segundo tempo e cumpriu bem sua função. Nos acréscimos da partida no Camp Nou, aos 46, deu balãozinho de cabeça no zagueiro, tabelou com Ronaldinho Gaúcho, dono da camisa 10 e maior ídolo do clube na época, e recebeu passe magistral por cima da zaga. Diante do goleiro, mostrou sua marca, o faro de gol com a tranquilidade dos grandes artilheiros. Na entrada da área, deu um toque por cobertura, selando a vitória por 2 a 0 sobre o Albacete. Relembre o lance histórico:

http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/brasil-mundial-fc/post/barcelona-celebra-10-anos-do-primeiros-dos-409-gols-de-messi-pelo-clube.html

10 MOST VALUABLE KIT SUPPLIER DEALS:
http://www.footyheadlines.com/2015/04/the-10-most-expensive-kit-deals-in-football.html

Um estudo divulgado nesta quarta-feira (29) pelo jornal The Guardian mostra que, pela primeira vez em 16 anos, os clubes da Premier League obtiveram um lucro coletivo. Por meio dos relatórios divulgados pelos times sobre a temporada 2013/14, o Guardian concluiu que houve um lucro coletivo de £198 milhões, uma mudança radical quando comparado com o levantamento em 2012/13, quando acumularam um prejuízo coletivo de £291 milhões. Em 2013/14, 15 dos 20 clubes da primeira divisão obtiveram lucros. Na temporada anterior, 12 dos 20 obtiveram prejuízo, sendo que cinco deles tiveram perdas superiores a £50 milhões.
Para o jornal britânico, as regras implementadas pelo Fair Play Financeiro contribuíram para esse cenário favorável. Em fevereiro de 2013, pouco depois da Premier League assinar o contrato de £5.5 bilhões com as emissoras de todo o mundo, os clubes se comprometeram a não inflar ainda mais as despesas com salários. As regras restringiram o aumento na folha salarial em £4 milhões em 2013/14, £8m nesta temporada e £12m em 2015/16.
Todos os clubes em 2013/14 deixaram os aumentos no holerite numa escala menor que a arrecadação com o dinheiro da TV, com exceção aos recém-promovidos na época (Crystal Palace, Cardiff City e Hull City), que possuíam permissão para tal. O Manchester United, na turbulenta primeira temporada sem Sir Aler Ferguson, pagou £34 milhões a mais em salários, mas a sua arrecadação cresceu £70m (para um total de £433m), então os £215m gastos com a folha salarial – a mais “pesada” do campeonato – representaram apenas 50% do arrecadado. Muitos clubes aumentaram as despesas com salários em apenas £6 milhões ou menos, mas o Aston Villa, por exemplo, reduziu a dele em £3m (totalizando £72m). Ao todo, os clubes da Premier League gastaram 57.5% das arrecadações somadas (cerca de £3.3 bilhões) em salários, uma redução de quase 10% em relação a 2012/13, quando o gasto foi de 67%.
“Dois anos atrás, os clubes da Premier League concordaram em introduzir regulamentos financeiros que estimulam o investimento sustentável e limitam a quantidade de receita igualmente distribuída que pode ser gasta com jogadores. Essa decisão, combinada com o aumento de renda, tem contribuído significativamente para o forte conjunto de resultados financeiros dos clubes”, disse a Premier League em nota.
http://premierleaguebrasil.com.br/2015/04/29/clubes-da-pl-atingem-lucro-coletivo-pela-primeira-vez-em-16-anos/

A UEFA apresentou uma explicação detalhada do sistema de distribuição financeira das suas competições de clubes para o ciclo 2015-18 na UEFA Champions League e UEFA Europa League.

A UEFA anunciou esta terça-feira o sistema de distribuição financeira detalhado relativo ao ciclo 2015-18 das suas competições de clubes. Os valores disponíveis para os clubes participantes e os pagamentos de solidariedade sofrem um aumento tremendo em comparação com o ciclo 2012-15.

A UEFA adoptou um novo sistema de distribuição, em estreita cooperação com a Associação de Clubes Europeus (ECA). Todas as receitas das duas competições irão, pela primeira vez, ser centralizadas num só 'bolo', com a redistribuição para os clubes participantes a ter por base um rácio de 3.3:1 entre UEFA Champions League e UEFA Europa League. Durante o actual ciclo, 2012-15, com dois conjuntos de receitas e distribuição separados e nenhum rácio entre as duas competições, os clubes presentes na UEFA Europa League recebiam um euro por cada 4,3 recebidos pelos clubes presentes na UEFA Champions League.

"A UEFA encontra-se extremamente satisfeita não só por este novo sistema de distribuição oferecer um aumento substancial no que toca às quantias recebidas pelos clubes que participam na UEFA Champions League e na UEFA Europa League, mas por ele fortalecer também o princípio da solidariedade, assegurando um substancial aumento nos pagamentos de solidariedade aos clubes", salientou o Secretário-Geral da UEFA, Gianni Infantino. "Desta forma, o novo sistema oferece melhores condições a todos, sobretudo aos clubes que não se qualificam para as fases de grupos de nenhuma das duas competições de clubes da UEFA. Trata-se de um exemplo perfeito da devida implementação do princípio da solidariedade que constitui uma parte essencial dos valores-chave da UEFA."

UEFA Champions League

A previsão global da quantia disponível por época para distribuição aos clubes na UEFA Champions League é de 1.257 milhões de euros.

Os clubes envolvidos no "play-off" receberão 50 milhões de euros: dois milhões de euros para cada clube vencedor de uma eliminatória dessa fase e três milhões de euros para os clubes eliminados.

A quantia de 1.207 milhões de euros disponível para os clubes presentes a partir da fase de grupos será dividida como habitualmente entre valores fixos e valor de mercado. Porém, o valor de mercado será reduzido de 45 para 40 por cento do total, subindo consequentemente os valores fixos para 60 por cento.

Valores fixos (724,4 milhões de euros)

Cada um dos 32 clubes envolvidos na fase de grupos receberá, pela presença nessa fase, 12 milhões de euros.

Para além disso terão, depois, direito aos bónus de desempenho: 1,5 milhões de euros por vitória e 500 mil euros por empate na fase de grupos.

As equipas que disputarem os oitavos-de-final receberão, cada uma, 5,5 milhões de euros, as que atingirem os quartos-de-final receberão mais seis milhões de euros e as que chegarem às meias-finais mais sete milhões de euros cada. O vencedor da UEFA Champions League receberá ainda mais 15 milhões de euros, enquanto o finalista vencido receberá mais 10,5 milhões, incluindo a parte respeitante à receita de bilheteira.

Um clube poderá receber, na melhor hipótese, 54,5 milhões de euros, não contando com "play-off" nem com a parte referente ao valor de mercado.

UEFA Champions League

Prémio por presença na fase de grupos: 12 milhões de euros

Desempenho na fase de grupos: 1,5 milhões de euros por vitória / 500 mil euros por empate

Oitavos-de-final: 5,5 milhões de euros

Quartos-de-final: 6 milhões de euros

Meias-finais: 7 milhões de euros

Final: 15 milhões de euros para o vencedor / 10,5 milhões de euros para o finalista vencido

Para além de tudo isto, o vencedor da SuperTaça Europeia 2014 poderá contar receber quatro milhões de euros e o derrotado três milhões.

Valor de mercado (482,9 milhões de euros)

O valor de 482,9 milhões de euros será distribuído de acordo com o valor proporcional de cada mercado de televisão representado pelos clubes presentes na UEFA Champions League (a partir da fase de grupos) e dividido pelos clubes participantes de uma dada federação.

De acordo com o sistema existente, metade da quantia representada pelo valor de cada mercado será dividida entre os clubes com base na sua prestação na anterior Liga interna e a outra metade será paga tendo em conta a proporção do número de jogos disputado por cada equipa na UEFA Champions League 2015/16.

Sempre que um clube de uma federação representada por um ou mais clubes na fase de grupos da UEFA Champions League seja eliminado no "play-off", dez por cento do valor de mercado da respectiva federação será atribuído ao clube eliminado. Trata-se de um novo ajuste, o qual não se encontrava contemplado no anterior sistema.

UEFA Europa League

O valor disponível previsto por temporada no ciclo 2015-18 para os clubes participantes na UEFA Europa League a partir da fase de grupos é de 381 milhões de euros, em comparação com os 233 milhões do ciclo 2012-15, o que representa um aumento substancial, na ordem dos 65 por cento.

Este valor será distribuído pelos clubes participantes numa base 60:40 no que diz respeito a valores fixos e valor de mercado, tal como sucedia já no ciclo 2012-15.

Valores fixos (228,6 milhões de euros)

Cada um dos 32 clubes envolvidos na fase de grupos receberá, pela presença nessa etapa da competição, 2,4 milhões de euros.

A esse prémio há que juntar os bónus de desempenho: 360 mil euros por vitória e 120 mil euros por empate na fase de grupos. Os vencedores dos grupos receberão ainda um bónus de qualificação de 500 mil euros e os segundos classificados um bónus de qualificação de 250 mil euros.

As equipas presentes nos 16 avos-de-final receberão, cada uma, 500 mil euros, enquanto as equipas que chegarem aos oitavos-de-final receberão 750 mil euros cada e as que atingirem os quartos-de-final receberão, cada, um milhão de euros; os semi-finalistas receberão, cada um, 1,5 milhões de euros. O vencedor da UEFA Europa League receberá 6,5 milhões de euros e o finalista vencido 3,5 milhões, incluindo já a parte da receita de bilheteira que lhes é devida.

Um clube poderá assim receber, na melhor hipótese, 15,31 milhões de euros, não contando com quantia referente ao valor de mercado.

UEFA Europa League

Prémio por presença na fase de grupos: 2,4 milhões de euros

Desempenho na fase de grupos: 360 mil euros por vitória / 120 mil euros por empate

Bónus de qualificação para a fase a eliminar: 500 mil euros para os vencedores dos grupos/250 mil euros para os segundos classificados

16 avos-de-final: 500 mil euros

Oitavos-de-final: 750 mil euros

Quartos-de-final: 1 milhão de euros

Meias-finais: 1,5 milhões de euros

Final: 6,5 milhões de euros para o vencedor / 3,5 milhões de euros para o finalista vencido

Valor de mercado (152,4 milhões de euros)

O valor de 152,4 milhões de euros será distribuído de acordo com o valor proporcional de cada mercado de televisão representado pelos clubes presentes na UEFA Europa League (a partir da fase de grupos) e dividido pelos clubes participantes de uma dada federação.

De acordo com o sistema existente, metade da quantia representada pelo valor de cada mercado será dividida entre os clubes com base na sua prestação na anterior Liga interna e a outra metade será dividida em tantas partes como eliminatórias da competição e distribuídas pelos clubes participantes nas diferentes eliminatórias da UEFA Europa League.

Pagamentos de solidariedade para clubes não apurados para as fases de grupos

Foi igualmente adoptado pela UEFA para o ciclo 2015-18 um melhor sistema de distribuição de pagamentos de solidariedade para clubes não presentes nas fases de grupos da UEFA Champions League e UEFA Europa League. A distribuição para clubes participantes nas pré-eliminatórias de cada uma das competições (excepto para aqueles que consigam chegar à fase de grupos da UEFA Champions League, os quais não terão direito a estes pagamentos de solidariedade) representará 3,5 por cento das receitas globais. Será distribuído entre eles um valor de, no mínimo, 78,6 milhões de euros, em comparação com os 47,5 milhões do ciclo 2012-15, representando um aumento de cerca de 60 por cento.

Os clubes eliminados antes da fase de grupos irão receber, por ronda, os seguintes valores na UEFA Champions League: 200 mil euros por presença na primeira pré-eliminatória, 300 mil euros por presença na segunda pré-eliminatória e 400 mil euros por presença na terceira pré-eliminatória (estes últimos se não se apurarem, depois, para o "play-off" da UEFA Champions League). Para além disso, qualquer campeão nacional que não se consiga qualificar para a fase de grupos da UEFA Champions League receberá 250 mil euros.

Na UEFA Europa League, estes pagamentos de solidariedade serão os seguintes: 200 mil euros por presença na primeira pré-eliminatória, 210 mil euros por presença na segunda pré-eliminatória, 220 mil euros por presença na terceira pré-eliminatória e 230 mil euros por presença no "play-off" (estes últimos se não se apurarem, depois, para a fase de grupos da UEFA Europa League).

Pagamentos de solidariedade para clubes não apurados para as competições de clubes da UEFA

Os pagamentos de solidariedade a clubes não participantes através das respectivas federações e/ou Ligas, que até aqui ascendiam a 6,5 por cento do valor de receitas da UEFA Champions League, representará agora cinco por cento do valor total de receitas da soma de ambas as competições. Um total de 112 milhões de euros será distribuído às federações nacionais e/ou Ligas para os seus clubes, em comparação com os 82,4 milhões de euros do ciclo 2012-15, o que significa um aumento de mais de 35 por cento. Oitenta por cento deste valor será distribuído às federações nacionais e/ou Ligas com pelo menos um representante na fase de grupos da UEFA Champions League e 20 por cento para as federações nacionais e/ou Ligas sem clubes participantes. Apenas os clubes que não participem na fase de grupos de nenhum das competições europeias de clubes terão direito a uma parte destes pagamentos de solidariedade.

Para além disso, a distribuição para federações nacionais e/ou Ligas deixará de ter exclusivamente por base o seu valor de mercado, sendo 60 por cento dos valores disponíveis distribuídos em partes iguais por todas as federações nacionais e/ou Ligas e apenas 40 por cento distribuídos de acordo com o valor de mercado. Tal assegurará uma distribuição mais justa dos valores de solidariedade pelos clubes europeus.
http://pt.uefa.org/stakeholders/clubs/news/newsid=2229947.html

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Sex Maio 01, 2015 4:43 pm

Sábado (02/05)

07:30 Spartak x Zenit [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Russo)
08:15 Derby x Reading [ESPN / ESPNHD] (2º Divisão Campeonato Inglês)
08:45 Leicester x Newcatle [ESPN+] (Campeonato Inglês)
10:00 Frosinone x Bologna [RAI] (2º Divisão Campeonato Italiano)
10:30 Hoffenheim x Dortmund [Terra] (Campeonato Alemão)
10:30 Wolfsburg x Hannover [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Alemão)
11:00 Liverpool x QPR [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
11:00 Cordoba x Barcelona [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)
11:00 Sunderland x Southampton [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Inglês)
12:00 Lyon x Evian [SporTV / SporTV HD] [TV5] (Campeonato Francês)
13:00 Sampdoria x Juventus [Fox Sports / Fox Sports HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
13:00 Atlético x Athletic [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)
13:30 Man. United x West Bromwich [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Inglês)
14:00 Gil Vicente x Benfica [SporTV / SporTV HD] [RTP] [SIC] (Campeonato Português)
15:00 Sevilla x Real Madrid [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)
15:45 Sassuolo x Palermo [Fox Sports / Fox Sports HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
16:15 Sporting x Nacional [SporTV / SporTV HD] (Campeonato Português)
17:00 Deportivo x Villarreal [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)

Domingo (03/05)

07:30 Roma x Genoa [ESPNBR / ESPNBRHD] [RAI] (Campeonato Italiano)
09:30 Chelsea x Crystal Palace [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
10:00 Internazionale x Chievo [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Italiano)
10:00 Atalanta x Lazio [Fox Sports / Fox Sports HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
10:30 Mainz x Hamburgo [Terra] (Campeonato Alemão)
12:00 Tottenham x Man. City [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Inglês)
12:00 Monaco x Toulouse [SporTV2 / SporTV2 HD] (Campeonato Francês)
12:00 Getafe x Granada [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)
13:00 Olympiacos x Kalloni [Terra] (Campeonato Grego)
14:00 Valencia x Eibar [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)
15:15 Vitória de Setúbal x Porto [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Português)
15:45 Napoli x Milan [ESPN+] [RAI] (Campeonato Italiano)
16:00 Nantes x PSG [SporTV2 / SporTV2 HD] [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Francês)

Segunda (04/05)

12:00 CSKA x Ural [Terra] (Campeonato Russo)
14:00 Akhisar x Galatasaray [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Turco)
15:45 Cagliari x Parma [RAI] (Campeonato Italiano)
16:00 Hull x Arsenal [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Inglês)

Quem quiser assistir pela internet:

http://www.tvonline.org/

http://www.usagoals.com/football.html

http://gofirstrow.eu/sport/football.html

http://www.sportcategory.com/c-1.html

http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/

http://www.drakulastream.eu/football-live-streaming-video.html

http://www.rojadirecta.me/

http://beba.tv/football

http://www.reddit.com/r/soccerstreams

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Dom Maio 03, 2015 12:10 pm

Terça (05/05)

15:45 Juventus x Real Madrid [ESPNBR / ESPNBRHD] [EI] (LC)

Quarta (06/05)

10:00 Torino x Empoli [Fox Sports / Fox Sports HD] (campeonato Italiano)
15:45 Barcelona x Bayern [ESPNBR / ESPNBRHD] [Band / Band HD] [Globo / Globo HD] [Globoesporte.com] (LC)

Quinta (07/05)

16:05 Sevilla x Fiorentina [EI] [Terra] (LE)
16:05 Napoli x Dnipro [ESPNBR / ESPNBRHD] [Terra] (LE)

Quem quiser assistir pela internet:

http://www.tvonline.org/

http://www.usagoals.com/football.html

http://gofirstrow.eu/sport/football.html

http://www.sportcategory.com/c-1.html

http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/

http://www.drakulastream.eu/football-live-streaming-video.html

http://www.rojadirecta.me/

http://beba.tv/football

http://www.reddit.com/r/soccerstreams


Última edição por ricardo83 em Ter Maio 05, 2015 2:34 pm, editado 2 vez(es)

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por KAMIKAZE em Seg Maio 04, 2015 11:05 am

Não acompanhei a Blarclays tanto como gostaria, mas fiquei bem satisfeito com o Chelsea Campeão.
avatar
KAMIKAZE
Perpétuo

Mensagens : 8667
Data de inscrição : 08/04/2015
Idade : 37
Localização : Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por netin em Seg Maio 04, 2015 12:50 pm

Porque eles têm um ex-corintiano lá né
avatar
netin
Mestre Jedi

Mensagens : 2479
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 29
Localização : João Pessoa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por KAMIKAZE em Seg Maio 04, 2015 2:45 pm

Netin, se vc tá se esforçando pra ficar chato, parabéns, missão concluída.
avatar
KAMIKAZE
Perpétuo

Mensagens : 8667
Data de inscrição : 08/04/2015
Idade : 37
Localização : Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Qua Maio 06, 2015 3:56 pm


_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Qua Maio 06, 2015 5:00 pm

O Barcelona vai cumprir esta quarta-feira, em Camp Nou, o seu jogo 250 na prova mais importante de clubes da UEFA.
Somando as presenças dos catalães quer na Taça dos Campeões Europeus, quer na Liga dos Campeões, chegamos ao número 249, que se tornará redondo esta quarta-feira, na receção ao Bayern München.
http://www.zerozero.pt/noticia.php?id=154632

O Barcelona fará hoje o seu jogo 250 na Taça/Liga dos Campeões. Só o Real Madrid (381) e Bayern (291) têm mais.
http://www.zerozero.pt/playmakerstats.php?id=4928

Cristiano Ronaldo continua a bater recordes: com o golo marcado frente à Juventus – derrota por 1-2 em Turim – o internacional português tornou-se o jogador com mais golos marcados em meias-finais da Liga dos Campeões.
Ao todo, CR7 leva nove golos marcados na ronda que decide o apuramento para a final.
O golo em Turim permite ainda a Ronaldo isolar-se na lista de melhores marcadores de sempre da Champions, com 76 golos, mais um que o argentino Lionel Messi.
Já na presente edição, Ronaldo igualou o brasileiro Luiz Adriano (Shakhtar) na lista de melhores marcadores, com 9 golos. Messi soma oito.
http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=547060

Fox Sports renova, e irá transmitir Campeonato Italiano por mais 3 anos.
A Fox Sports renovou contrato de direitos de transmissão do Campeonato Italiano por mais três anos tanto para a TV por assinatura como para o meio online para toda a América Latina, incluindo o Brasil.
O acordo com a MP & Silva, empresa responsável pelo licenciamento da Série A TIM é válido a partir de 2015/2016 até 2017/2018. “A renovação dos direitos de uma propriedade tão importante como a Série A TIM é uma grande notícia. Os fãs na América Latina poderão continuar desfrutando pelo Fox Sports desta importante liga, que conta com mais de 100 jogadores latino-americanos, algo que, sem dúvida, atrai os mais aficionados”, disse Francisco Pazmiño, vice-presidente sênior de Programação e Aquisições do Fox Sports América Latina.
Os jogos do Campeonato Italiano são transmitidos pela Fox Sports e Fox Sports 2 e também pelo www.foxplay.com, a plataforma online do grupo. Na última temporada, a TV fechada chegou a negociar o sublicenciamento com a ESPN, que transmite a metade final da competição.
http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/fox-sports-renova-e-ira-transmitir-campeonato-italiano-por-mais-3-anos_28270.html

Decisivo, Tevez já iguala maior temporada artilheira desde que foi à Europa.
O melhor exemplo de que o atacante tem sido fenomenal veio nesta terça-feira, quando ele participou da jogada do primeiro gol e converteu um pênalti - sofrido por ele mesmo - na vitória por 2 a 1 sobre o Real Madrid, no Juventus Stadium, pelo duelo de ida da semifinal da Uefa Champions League.
Com o gol marcado, Tevez chegou a 29 em 2014-15 e já igualou a sua melhor marca em uma temporada desde que chegou ao futebol europeu (em 2006-07). Há cinco anos, o argentino balançou as redes 29 vezes em 42 partidas em sua primeira campanha pelo Manchester City.
Nesta temporada, o atacante já foi a campo 44 vezes e poderá melhorar sua marca pessoal. Afinal, a Juventus jogará mais quatro vezes pelo Italiano (competição na qual já assegurou o título), a final da Copa da Itália contra a Lazio e o confronto de volta da semi com o Real Madrid. Os seis jogos poderão virar sete caso a Velha Senhora avance à decisão.
A temporada artilheira pode, inclusive, acabar com o prêmio de goleador na Série A. Com 20 gols, ele lidera a estatística na liga nacional, com dois à frente de Mauro Icardi (Inter de Milão) e Luca Toni (Hellas Verona). O jogador de 31 anos pode conseguir o feito pela primeira vez na Itália e a segunda na Europa. Em 2010-11, dividiu a artilharia do Inglês com Dimitar Berbatov após mandar 20 bolas nas redes.
Além do grande desempenho em cenário doméstico, Tevez tem se notabilizado como um dos destaques da Champions. E não apenas pelos sete gols que o deixam atrás apenas de Cristiano Ronaldo e Luiz Adriano (com nove) e Lionel Messi (com oito) na artilharia. Até 2014-15, o argentino havia feito apenas seis gols no torneio europeu em toda a carreira.
Mais do que isso, o atacante da Juventus criou 25 chances na competição, ficando atrás apenas de Messi (31). Além disso, é o terceiro que mais vezes chutou no alvo nesta edição: 17. Somente Messi (20) e Cristiano Ronaldo (28) finalizaram no gol com maior frequência.
Desde que desembarcou no Velho Continente para defender o West Ham, antes de passar por Manchester United e Manchester City, Tevez conseguiu títulos, gols e boas atuações, mas nunca foi tão protagonista como tem sido na Juventus. E como nesta temporada.
http://espn.uol.com.br/noticia/507126_decisivo-tevez-ja-iguala-maior-temporada-artilheira-desde-que-foi-a-europa

A campanha não terminará em título, sequer em vaga na Liga dos Campeões, mas ainda assim o Borussia Dortmund aumentou a sua média de público na temporada 2014/15 do Campeonato Alemão. O clube confirmou através de seu site oficial os novos números atingidos desde agosto, chegando a 80.391 torcedores por jogo.
Este montante representa um aumento de 100 pessoas em relação à temporada passada, apesar de o clube ressaltar que 1.000 lugares foram interditados no clássico contra o Schalke por medidas de segurança. Contra o Hertha Berlin, no penúltimo jogo da Bundesliga da temporada, casa cheia no Westfalenstadion: foram confirmados 80.667 ingressos vendidos.
Os números ainda significam que o Borussia Dortmund terá a maior média do país pelo 17º ano consecutivo. A última vez em que tal feito não aconteceu foi na temporada 1997/98, quando o Bayern de Munique ainda utilizava o Estádio Olímpico, com maior capacidade.
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-alemao/noticia/2015/05/borussia-confirma-vendas-esgotadas-e-aumenta-media-de-publico-para-80391.html

Com fortuna de R$ 48 bi, homem mais rico da África sonha comprar o Arsenal.
O nigeriano Aliko Dangote diz que clube faz parte do seu plano de investimentos e corneta Wenger: "Ele precisa mudar um pouco o seu estilo".
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/2015/05/com-fortuna-de-r-48-bi-homem-mais-rico-da-africa-sonha-comprar-o-arsenal.html

Cristiano Ronaldo escreveu, mais uma vez, o seu nome na história do futebol mundial. O português assinou um ‘hat-trick’ na vitória sobre o Sevilha (3-2) e superou dois monstros argentinos.
Primeiro, ultrapassou Di Stéfano na lista de melhores marcadores da história do Real Madrid no campeonato. No total, Cristiano Ronaldo já apontou 218 golos com a camisola dos merengues, ficando a dez de Raúl.
Di Stéfano não foi, ainda assim, o único que Ronaldo deixou para trás. O português transpôs Messi na lista de melhores marcadores da presente edição de La Liga, com mais dois golos que o jogador do Barcelona.
Ronaldo conta 42 e Messi 40.
http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=546471

Além de terem valido 3 pontos preciosos ao Real Madrid, os três golos marcados este sábado por Cristiano Ronaldo valeram igualmente o final de uma impressionante série de jogos seguidos do Sevilha sem perder em casa. Foram exatamente 34 partidas dos andaluzes sem somar desaire, tendo a última sido há aproximadamente um ano e um mês, diante do Betis, para a Liga Europa.
http://www.record.xl.pt/Futebol/Internacional/espanha/interior.aspx?content_id=946118

Enquanto no Brasil se discute a MP do Futebol, para o refinanciamento das dívidas dos clubes com o governo, em Portugal, o Porto e o Sporting vão atrás do mercado para conseguir pagar seus débitos.
A partir desta quinta-feira, os dois gigantes portugueses começam a procurar investidores para financiar o pagamento de suas dívidas de 40 e 30 milhões de euros (R$ 137,6 e R$ 103,2 mi), respectivamente.
O principal trunfo dos dois clubes será a remuneração dos investidores com juros vantajosos, conforme os dois clubes informaram ao mercado nesta quarta - os dois têm cotações na Bolsa portuguesa.
No Porto, a promessa é de pagamento de juros 5% do montante aplicado a partir de 2018. Já o Sporting oferece uma taxa de retorno ainda mais interessante ao investidor, com 6,34%.
Com as operações, os dois clubes tentam ter liquidez no caixa a um curto prazo, possibilitando reforçar-se esportivamente e ter condições de devolver o dinheiro investido no refinanciamento a médio-longo prazo.
http://espn.uol.com.br/noticia/507184_em-portugal-porto-e-sporting-procuram-mercado-para-refinanciar-dividas

Federação Espanhola suspende todos os jogos no país a partir de 16 de maio.
Briga envolvendo direitos de TV motiva decisão, que pode adiar final da Copa do Rei.
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/2015/05/federacao-espanhola-suspende-todos-os-jogos-no-pais-partir-de-16-de-maio.html

Real lidera lista de clubes mais ricos do mundo da Forbes.
Veja a lista dos 10 times mais valiosos (em bilhões de dólares)

1. Real Madrid - US$ 3,26 bi (cerca de R$ 9,8 bi)
2. Barcelona - US$ 3,16 bi (cerca de R$ 9,5 bi)
3. Manchester United - US$ 3,10 bi (cerca de R$ 9,35 bi)
4. Bayern Munich - US$ 2,35 (cerca de R$ 7,10 bi)
5. Manchester City - US$ 1,38 (cerca de R$ 4,20 bi)
6. Chelsea - US$ 1,37 (cerca de R$ 4,18 bi)
7. Arsenal - US$ 1,31 (cerca de R$ 4 bi)
8. Liverpool - US$ 982 (cerca de R$ 4 bi)
9. Juventus - US$ 837 (cerca de 2,95 bi)
10. AC Milan - US$ 775 (cerca de 2,4 bi)
http://www.forbes.com/sites/mikeozanian/2015/05/06/real-madrid-tops-ranking-of-the-worlds-most-valuable-soccer-teams/

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por KAMIKAZE em Qua Maio 06, 2015 6:38 pm

PQP, o que foi aquele segundo gol do Messi hoje, MEU DEUS !!!
avatar
KAMIKAZE
Perpétuo

Mensagens : 8667
Data de inscrição : 08/04/2015
Idade : 37
Localização : Brasília - DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Qua Maio 06, 2015 6:46 pm

Uma pintura.


_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por netin em Qui Maio 07, 2015 5:56 pm

O Boateng foi muito zoado também hehe
avatar
netin
Mestre Jedi

Mensagens : 2479
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 29
Localização : João Pessoa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Qui Maio 07, 2015 6:34 pm

Resultados finais LC:

Juventus 2x1 Real Madrid
Barcelona 3x0 Bayern


Resultados finais LE:

Sevilla 3x0 Fiorentina
Napoli 1x1 Dnipro


Última edição por ricardo83 em Qui Maio 14, 2015 6:05 pm, editado 1 vez(es)
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por netin em Qui Maio 07, 2015 6:53 pm

Quem diria esse Dnipro ein
avatar
netin
Mestre Jedi

Mensagens : 2479
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 29
Localização : João Pessoa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Qui Maio 07, 2015 7:48 pm

Bela campanha dos ucranianos mesmo, tanto na LE como no nacional onde estão em segundo no momento e derrubando o Shakhtar pra LE da próxima temporada.
Konoplyanka joga muito bem, já passou da hora de sair da Ucrânia, tranquilamente o melhor jogador dessa safra (fraca) do país.
Acho apenas ele e o Yarmolenko grandes promessas no país, os demais por enquanto não parecem ter futebol de bom nível.
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por ricardo83 em Sex Maio 08, 2015 11:46 am

Sábado (09/05)

08:15 Ipswich x Norwich [ESPN+] (2º Divisão Campeonato Inglês - Play-off)
08:45 Everton x Sunderland [ESPNBR / ESPNBRHD] [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Inglês)
10:30 Bayern x Augsburg [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Alemão)
10:30 Monchengladbach x Leverkusen [Terra] (Campeonato Alemão)
11:00 Stoke x Tottenham [ESPN / ESPNHD] [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Inglês)
11:00 Granada x Cordoba [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)
12:00 Caen x Lyon [TV5] (Campeonato Francês)
13:00 Barcelona x Real Sociedad [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)
13:00 Juventus x Cagliari [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
13:00 Benfica x Penafiel [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Português)
13:30 Crystal Palace x Man. United [ESPN / ESPNHD] [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Inglês)
13:30 Stuttgart x Mainz [ESPN+] (Campeonato Alemão)
15:00 Real Madrid x Valencia [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)
15:45 Milan x Roma [Fox Sports / Fox Sports HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
17:00 Athletic x Deportivo [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)

Domingo (10/05)

07:00 Levante x Atlético [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)
07:30 Chievo x Verona [RAI] (Campeonato Italiano)
09:30 Man. City x QPR [ESPNBR / ESPNBRHD] [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Inglês)
10:00 Udinese x Sampdoria [ESPN / ESPNHD] [RAI] (Campeonato Italiano)
10:00 Palermo x Atalanta [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] (Campeonato Italiano)
10:30 Paderborn x Wolfsburf [Terra] (Campeonato Alemão)
12:00 Chelsea x Liverpool [ESPNBR / ESPNBRHD] [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Inglês)
12:30 Zenit x Rostov [ESPN / ESPNHD] [Terra] (Campeonato Russo)
12:30 Colônia x Schalke [Terra] (Campeonato Alemão)
13:00 Parma x Napoli [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
13:00 Empoli x Fiorentina [ESPN+] (Campeonato Italiano)
13:00 Panathinaikos x Giannina [Terra] (Campeonato Grego)
14:00 Almeria x Malaga [Sports+ / Sports+ HD] (Campeonato Espanhol)
15:15 Porto x Gil Vicente [RTP] [SIC] (Campeonato Português)
15:45 Lazio x Internazionale [ESPNBR / ESPNBRHD] [RAI] (Campeonato Italiano)
16:00 Marseille x Monaco [SporTV / SporTV HD] [ESPN+] (Campeonato Francês)

Segunda (11/05)

15:45 Genoa x Torino [ESPN / ESPNHD] [RAI] (Campeonato Italiano)
16:00 Arsenal x Swansea [ESPNBR / ESPNBRHD] [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Inglês)

Quem quiser assistir pela internet:

http://www.tvonline.org/

http://www.usagoals.com/football.html

http://gofirstrow.eu/sport/football.html

http://www.sportcategory.com/c-1.html

http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/

http://www.drakulastream.eu/football-live-streaming-video.html

http://www.rojadirecta.me/

http://beba.tv/football

http://www.reddit.com/r/soccerstreams


Última edição por ricardo83 em Sex Maio 08, 2015 3:16 pm, editado 1 vez(es)
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3914
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fut. Europeu - 14/15

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum