Futebol Europeu - 2017/18

 :: Esportes

Página 5 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qua Ago 09, 2017 8:05 am


_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qua Ago 09, 2017 1:11 pm

Sexta (11/08)

15:45 Arsenal x Leicester [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
15:45 Karlsruher x Leverkusen [ESPN / ESPNHD] (Copa da Alemanha)

Sábado (12/08)

08:30 Watford x Liverpool [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
10:30 Chemnitzer x Bayern [ESPN / ESPNHD] (Copa da Alemanha)
11:00 Chelsea x Burnley [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
12:00 Nantes x Marseille [SporTV / SporTV HD] [ESPN+] [TV5] (Campeonato Francês)
13:30 Brighton x Man. City [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)

Domingo (13/08)

09:30 Newcastle x Tottenham [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
12:00 Man. United x West Ham [ESPN+] (Campeonato Inglês)
12:00 Dijon x Monaco [SporTV2 / SporTV2 HD] [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Francês)
14:00 Braga x Portimonense [Bandsports / Bandsports HD] (Campeonato Português)
15:45 Juventus x Lazio [ESPN+] (Supercopa da Itália - Final)
16:00 Guingamp x PSG [SporTV / SporTV HD] [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Francês)
16:15 Tondela x Porto [Bandsports / Bandsports HD] (Campeonato Português)
17:00 Barcelona x Real Madrid [ESPNBR / ESPNBRHD] (Supercopa da Espanha - Final)

Segunda (14/08)

17:00 Chaves x Benfica [ESPNBR / ESPNBRHD] [RTP] [SIC] (Campeonato Português)

Quem quiser assistir pela internet:

http://www.tvonline.org/
http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://gofirstrow.eu/sport/football.html
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/
http://beba.tv/football


Última edição por ricardo83 em Sab Ago 12, 2017 8:20 am, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qui Ago 10, 2017 2:05 pm

O Ministério do Desporto iraniano anunciou a irradiação da seleção nacional – treinada por Carlos Queiroz - de dois jogadores que, ao defrontarem uma equipa israelita pelo seu clube, «ultrapassaram a linha vermelha» do país.
«Ehsan Haji Safi e Masoud Shojaei já não têm lugar na seleção nacional do Irão, ultrapassaram a linha vermelha do país», disse o ministro-adjunto dos Desportos, Mohammad Reza Davarzani, à televisão estatal IRIB.
Os jogadores do Panionios recusaram jogar em finais de julho a primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, frente ao Maccabi Tel Aviv, mas participaram no encontro da segunda mão, na Grécia.
«Nos últimos 38 anos [desde a criação da República Islâmica], nenhum dos nossos atletas concordou em defrontar representantes de Israel. Até mesmo nos Jogos Olímpicos», recordou o ministro-adjunto dos Desportos, Mohammad Reza Davarzani.
A linha baseia-se na noção de que participar num encontro desportivo contra atletas israelitas equivale a um reconhecimento deste Estado, o que contraria a causa palestiniana.
Segundo o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros os jogadores iranianos que joguem no estrangeiro deverão ter uma cláusula nos seus contratos que os restrinja de jogar em Israel e contra clubes israelitas.
Há 38 anos que os desportistas iranianos estão proibidos de jogar em Israel. As relações diplomáticas entre ambas as nações são inexistentes. O ministro iraniano do Desporto e da Juventude assegurou que haveriam represálias contra ambos os jogadores.
http://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/686724

Anderlecht (BEL)
Entradas: Matz Sels (Newcastle United, empréstimo), Pieter Gerkens (Sint-Truiden), Sven Kums (Watford), Uroš Spajić (Toulouse, transferência a título definitivo), Henry Onyekuru (Everton, empréstimo)
Saídas: Aaron Leya Iseka (Zulte Waregem, empréstimo), Michaël Heylen (Zulte Waregem), Stéphane Badji (Kayserispor, empréstimo), Youri Tielemans (Mónaco), Sebastian De Maio (Bolonha), Andy Kawaya (Mechelen), Frank Acheampong (Tianjin Teda, empréstimo), Bram Nuytinck (Udinese)

Atlético (ESP)
Entradas: Nenhuma
Saídas: Tiago (fim de contrato), Óliver Torres (Porto, transferência a título definitivo), Alessio Cerci (fim de contrato), Theo Hernández (Real Madrid), Rafael Santos Borré (River Plate), Matías Kranevitter (Zenit)

Barcelona (ESP)
Entradas: Marlon (Fluminense, transferência a título definitivo), Gerard Deulofeu (Everton), Nélson Semedo (Benfica)
Saídas: Jordi Mboula (Mónaco), Christian Tello (Real Betis), Jérémy Mathieu (Sporting), Neymar (Paris)

Basileia (SUI)
Entradas: Ricky van Wolfswinkel (Vitesse)
Saídas: Jean-Paul Boëtius (Feyenoord), Daniel Høegh (Heerenveen), Marc Janko (Sparta Praga), Nicolas Hunziker (Thun), Robin Huser (Winterthur, empréstimo), Matías Delgado (retirado)

Bayern (GER)
Entradas: Corentin Tolisso (Lyon), Kingsley Coman (Juventus, transferência a título definitivo), Niklas Süle (Hoffenheim), Serge Gnabry (Werder Bremen), Sebastian Rudy (Hoffenheim), James Rodríguez (Real Madrid, por empréstimo)
Saídas: Holger Badstuber (fim de contrato), Medhi Benatia (Juventus, transferência a título definitivo), Philipp Lahm (fim de carreira), Tom Starke (fim de carreira), Xabi Alonso (fim de carreira), Douglas Costa ( Juventus, por empréstimo)

Benfica (POR)
Entradas: Haris Seferović (Eintracht Frankfurt), Filip Krovinović (Rio Ave), Martin Chrien (Viktoria Plzen), Chris Willock (Arsenal), Cristián Arango (Millonarios), Bruno Varela (Vitória Setúbal)
Saídas: Ederson (Manchester City), Victor Lindelöf (Manchester United), Marçal (Lyon), Daniel Candeias (Rangers), Luka Jović (Eintracht Frankfurt), Nélson Semedo (Barcelona), Guillermo Celis (Vitória Guimarães, transferência definitiva), Jhon Murillo (Kasımpaşa, empréstimo)

Beşiktaş (TUR)
Entradas: Caner Erkin (Inter, transferência a título definitivo), Pepe (Real Madrid), Orkan Çınar (Gaziantepspor), Álvaro Negredo (Valência), Jeremain Lens (Sunderland, empréstimo)
Saídas: Gökhan Inler (İstanbul Başakşehir), Marcelo (Lyon), Rhodolfo (Flamengo), Ömer Şişmanoğlu (dispensado)

Borussia Dortmund (GER)
Entradas: Mahmoud Dahoud (Borussia Mönchengladbach), Maximilian Philipp (Friburgo), Ömer Toprak (Bayer Leverkusen), Dan-Axel Zagadou (Paris Saint-Germain)
Saídas: Adrián Ramos (Dangdai), Pascal Stenzel (Friburgo), Mikel Merino (Newcastle, empréstimo)

Chelsea (ENG)
Entradas: Willy Caballero (Manchester City), Antonio Rüdiger (Roma), Tiemoué Bakayoko (Mónaco,  Álvaro Morata (Real Madrid)
Saídas: Asmir Begović (Bournemouth), Christian Atsu (Newcastle United), Dominic Solanke (Liverpool), Juan Cuadrado (Juventus, transferência a título definitivo), Bertrand Traoré (Lyon), Nathan Ake (Bournemouth), Tammy Abraham (Swansea City, empréstimo), Ola Aina (Hull, empréstimo), Ruben Loftus-Cheek (Crystal Palace, empréstimo), Nathaniel Chalobah (Watford), Marco van Ginkel (PSV Eindhoven, empréstimo), Lucas Piazon (Fulham, empréstimo), Kurt Zouma (Stoke, empréstimo), Nemanja Matić (Manchester United), Mario Pašalić (Spartak Moskva, empréstimo)

Feyenoord (NED)
Entradas: Jean-Paul Boëtius (Basileia), Sofyan Amrabat (Utrecht), Jeremiah St. Juste (Heerenveen), Kevin Diks (Fiorentina, empréstimo), Ridgeciano Haps (AZ)
Saídas: Warner Hahn (Heerenveen), Dirk Kuyt (fim de carreira), Eljero Elia (İstanbul Başakşehir), Pär Hansson (Helsingborg), Rick Karsdorp (Roma), Charlie Colkett (Vitesse, empréstimo), Simon Gustafson (Roda, empréstimo), Terence Kongolo (Mónaco), Marko Vejinovic (AZ, empréstimo)

Juventus (ITA)
Entradas: Rodrigo Bentancur (Boca Juniors), Medhi Benatia (Bayern, transferência a título definitivo), Juan Cuadrado (Chelsea, transferência a título definitivo), Douglas Costa (Bayern, por empréstimo), Wojciech Szczęsny (Arsenal), Mattia De Sciglio (AC Milan), Federico Bernardeschi (Fiorentina)
Saídas: Paolo De Ceglie (fim de contrato), Kingsley Coman (Bayern, transferência a título definitivo), Simone Zaza (Valência, transferência a título definitivo), Dani Alves (fim de contrato), Federico Mattiello (Spal, empréstimo), Neto (Valência), Emil Audero (Veneza, empréstimo), Riccardo Orsolini (Atalanta, empréstimo), Leonardo Bonucci (Milan), Nicola Leali (Zulte Waregem, emprétimo), Filippo Romagna (Cagliari), Rolando Mandragora (Crotone, emprétimo)

Manchester City (ENG)
Entradas: Bernardo Silva (Mónaco), Ederson (Benfica), Kyle Walker (Tottenham), Douglas Luiz (Vasco da Gama), Danilo (Real Madrid), Benjamin Mendy (Mónaco)
Saídas: Bacary Sagna (fim de contrato), Enes Ünal (Villarreal), Gaël Clichy (fim de contrato), Jesús Navas (fim de contrato), Pablo Zabaleta (West Ham United), Willy Caballero (Chelsea), Nolito (Sevilha), Joe Hart (West Ham United, empréstimo), Bersant Celina (Ipswich, empréstimo), Aleksandar Kolarov (Roma)

Manchester United (ENG)
Entradas: Victor Lindelöf (Benfica), Romelu Lukaku (Everton), Nemanja Matić (Chelsea)
Saídas: Josh Harrop (Preston North End), Wayne Rooney (Everton), Adnan Januzaj (Real Sociedad)

Mónaco (FRA)
Entradas: Diego Benaglio (Wolfsburgo), Jordi Mboula (Barcelona), Jordy Gaspar (Lyon), Soualiho Meïté (LOSC), Youri Tielemans (Anderlecht), Terence Kongolo (Feyenoord), Álvaro Fernández Llorente (Osasuna), Adama Diakhaby (Rennes), Rachid Ghezzal (Monaco, livre)
Saídas: Bernardo Silva (Manchester City), Valère Germain (Marselha), Brighton Labeau (Amiens), Nabil Dirar (Fenerbahçe), Paul Nardi (Cercle Brugge, empréstimo), Corentin Jean (Toulouse), Kouadio-Yves Dabila (Lille), Tristan Muyumba Nkita (Cercle Brugge, empréstimo), Jonathan Mexique (Cercle Brugge, empréstimo), Chano Boukholda (Lille), Guévin Tormin (Cercle Brugge, empréstimo), Abdou Diallo (Mainz), Tiemoué Bakayoko (Chelsea), Elderson Echiéjilé (Sivasspor), Jordy Gaspar (Cercle Brugge, empréstimo), Irvin Cardona (Cercle Brugge, empréstimo), Benjamin Mendy (Manchester City), Allan Saint-Maximin (Nice)

Paris Saint-Germain (FRA)
Entradas: Yuri Berchiche (Real Sociedad), Dani Alves (jogador livre), Neymar (Barcelona)
Saídas: Maxwell (fim de contrato), Dan-Axel Zagadou (Dortmund), Félix Eboa Eboa (Guingamp), Salvatore Sirigu (Torino), Jean-Kévin Augustin (Leipzig), Youssouf Sabaly (Bordéus), Jonathan Ikoné (Montpellier, empréstimo), Fodé Ballo-Touré (Lille), Wilfried Kanga (Angers), Boubakary Soumaré (Lille), Gaëtan Robail (Cercle Brugge, empréstimo)

Porto (POR)
Entradas: Óliver Torres (Atlético, transferência a título definitivo), Vaná Alves (Feirense)
Saídas: Laurent Depoitre (Huddersfield Town), André Silva (AC Milan), Andrés Fernández (Villarreal, transferência a título definitivo), Rúben Neves (Wolverhampton Wanderers), Willy Boly (Wolverhampton Wanderers, empréstimo)

Leipzig (GER)
Entradas: Bruma (Galatasaray), Ibrahima Konaté (Sochaux), Philipp Köhn (Estugarda), Yvon Mvogo (Young Boys), Konrad Laimer (Salzburgo), Jean-Kévin Augustin (Paris Saint-Germain)
Saídas: Davie Selke (Hertha Berlim), Rani Khedira (Augsburgo), Agyemang Diawusie (Wiesbaden, empréstimo)

Real Madrid (ESP)
Entradas: Theo Hernández (Atlético), Dani Ceballos (Bétis)
Saídas: Pepe (Beşiktaş), Mariano (Lyon), Fábio Coentrão (Sporting, empréstimo), James Rodríguez (Bayern, empréstimo), Álvaro Morata (Chelsea), Danilo (Manchester City)

Roma (ITA)
Entradas: Héctor Moreno (PSV Eindhoven), Lorenzo Pellegrini (Sassuolo), Maxime Gonalons (Lyon), Cengiz Ünder (İstanbul Başakşehir), Grégoire Defrel (Sassuolo), Aleksandar Kolarov (Manchester City)
Saídas: Mohamed Salah (Liverpool), Francesco Totti (fim de carreira), Seydou Doumbia (Sporting, empréstimo), Federico Ricci (Sassuolo), Leandro Paredes (Zenit), Antonio Rüdiger (Chelsea), Ervin Zukanović (Génova), Mário Rui (Nápoles, empréstimo)

Shakhtar (UKR)
Entradas: Davit Khocholava (Chornomorets Odesa)
Saídas: Anton Kanibolotskiy (fim de contrato), Olexandr Kucher (fim de contrato), Vasyl Kobin (fim de contrato), Andriy Boryachuk (Mariupol, empréstimo), Ruslan Malinovskiy (Genk, transferência a título definitivo), Oleg Danchenko (Anzhi, empréstimo)

Spartak Moscovo (RUS)
Entradas: Georgi Tigiev (Anzhi, transferência a título definitivo), Marko Petković (Estrela Vermelha)
Saídas: Sergei Pesyakov (Rostov), Evgeni Makeev (Rostov), George Melkadze (Tosno, empréstimo), Aleksandr Zuev (Rostov, empréstimo), Denis Kutin (Tosno, empréstimo)

Tottenham (ENG)
Entradas: Nenhuma
Saídas: Nabil Bentaleb (Schalke, transferência a título definitivo), Kyle Walker (Man. City), Federico Fazio (Roma), Clinton N'Jie (Marselha), Josh Onomah (Aston Villa, empréstimo)
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2482033.html

Arsenal (ENG)
Entradas: Sead Kolašinac (Schalke), Alexandre Lacazette (Lyon)
Saídas: Takuma Asano (Estugarda, empréstimo), Chris Willock (Benfica)

Atalanta (ITA)
Entradas: Etrit Berisha (Lázio, contratado em definitivo após empréstimo), Andreas Cornelius (Copenhaga), Robin Gosens (Heracles Almelo), Nicolas Haas (Lucerna), José Luis Palomino (Ludogorets), Fabio Eguelfi (Inter), Luca Vido (AC Milan), Josip Iličič (Fiorentina), Timothy Castagne (Genk), João Schmidt (São Paulo), Riccardo Orsolini (Juventus, empréstimo)
Saídas: Giulio Migliaccio (dispensado), Cristian Raimondi (dispensado), Franck Kessié (AC Milan), Prince-Désir Gouano (Amiens), Andrea Conti (AC Milan)

Vitória SC (POR)
Entradas: Estupiñán (Once Caldas), Francisco Ramos (FC Porto), Ruben Oliveira (Feirense), Sebastian Rincón (CA Tigre), Guillermo Celis (Benfica), Paolo Hurtado (Reading, transferência a título definitivo)
Saídas: Bruno Gaspar (Fiorentina)

Hertha (GER)
Entradas: Davie Selke (Leipzig), Mathew Leckie (Ingolstadt), Karim Rekik (Marselha)
Saídas: John Brooks (Wolfsburgo), Florian Kohls (Würzburg), Alexander Baumjohann (dispensado), Sami Allagui (St. Pauli), Nils Körber (Münster, por empréstimo), Allan (Liverpool, fim do empréstimo)

Colónia (GER)
Entradas: Jannes Horn (Wolfsburg), Jhon Cordoba (Mainz), João Queirós (Braga), Jorge Meré (Sporting Gijón)
Saídas: Marcel Hartel (Union Berlin), Neven Subotić (Dortmund, fim do empréstimo)

Konyaspor (TUR)
Entradas: Mehdi Bourabia (Levski Sófia), Abdou Razack Traoré (Karabükspor), Seddar Karaman (Konya Anadolu Selçukspor), Imoh Ezekiel (Al-Arabi), Wilfred Moke (Steaua), Eren Albayrak (İstanbul Başakşehir), Ferhat Öztorun (İstanbul Başakşehir), Musa Araz (Lausanne), atrick Carlgren (Nordsjælland), Savaş Polat (Fenerbahçe), Kadir Kaan Özdemir (Fenerbahçe)
Saídas: Alban Meha (dispensado), Dimitar Rangelov (Ümraniyespor), Marc Kibong Mbamba (Ankaragücü), Kaya Tarakcı (BB Erzurumspor), Mehmet Uslu (dispensado), Barry Douglas (Wolverhampton), Jagoš Vuković (Olympiacos), Recep Aydın (Giresunspor, loan), Emre Can Atila (Konya Anadolu Selçukspor, loan), Ali Dere (Yeni Malatyaspor), Abdülkerim Bardakcı (Samsunspor, loan), Mücahit Can Akçay (Konya Anadolu Selçukspor, loan), Can Demir Aktav (Adana Demirspor, loan), Sertan Yegenoglu (Konya Anadolu Selçukspor, empréstimo), Riad Bajić (Udinese), Ioan Hora (dispensado)

Lázio (ITA)
Entradas: Adam Marušić (Oostende), Lucas Leiva (Liverpool), Davide Di Gennaro (jogador livre), Felipe Caicedo (Espanhol)
Saídas: Etrit Berisha (Atalanta, contratado em definitivo após empréstimo), Lucas Biglia (Milan)

Lokomotiv Moscovo (RUS)
Entradas: Nikita Medvedev (Rostov), Solomon Kverkvelia (Rubin Kazan), Arshak Koryan (jogador livre, Lokomotiv Moskva), Maciej Rybus (Lyon)
Saídas: Maicon (dispensado), Renat Yanbaev (dispensado), Ilya Abaev (dispensado), Dmitri Loskov (dispensado), Petar Škuletić (dispensado), Igor Portnyagin (Ural, por empréstimo), Ezekiel Henty (Videoton)

Lugano (SUI)
Entradas: Luca Crescenzi (Pisa), Radomir Milosavljević (Mladost Lučani), David Da Costa (Novara Calcio), Dominik Kovačić (NK Zagreb), Cristian Andreoni (Reggiana), Younes Bnou Marzouk (Juventus, por empréstimo), Simone Belometti (Chiasso, fim do empréstimo)
Saídas: Ofir Mizrahi (Maccabi Haifa), Aleandro Prati (Chiasso), Antoine Rey (Chiasso), Orlando Urbano (dispensado), Andrés Ponce (Sampdória, fim do empréstimo), Pepín (Roma, fim do empréstimo), Bálint Vécsei (Bolonha, fim do empréstimo), Armando Sadiku (Zurique, fim do empréstimo), Mirko Salvi (Basileia, fim do empréstimo), Lorenzo Rosseti (Juventus, fim do empréstimo), Eray Cümart (Basel, fim do empréstimo), Mario Piccinocchi (Vicenza Calcio, fim do empréstimo)

Lyon (FRA)
Entradas: Marçal (Benfica), Bertrand Traoré (Chelsea), Ferland Mendy (Le Havre), Mariano (Real Madrid), Kenny Tete (Ajax), Marcelo (Beşiktaş)
Saídas: Corentin Tolisso (Bayern München), Mathieu Valbuena (Fenerbahçe), Jordy Gaspar (Mónaco), Gaëtan Perrin (Orléans, por empréstimo), Maxime D'Arpino (Orléans, por empréstimo), Maxime Gonalons (Roma), Alexandre Lacazette (Arsenal), Jean-Philippe Mateta (Le Havre, empréstimo), Olivier Kemen (Ajaccio, empréstimo), Maciej Rybus (Lokomotiv Moscovo), Christophe Jallet (Nice), Aldo Kalulu (Sochaux, empréstimo), Rachid Ghezzal (fim de contrato)

Real Sociedad (ESP)
Entradas: Diego Llorente (Real Madrid), Adnan Januzaj (Manchester United)
Saídas: Héctor (Alavés)

Villarreal (ESP)
Entradas: Enes Ünal (Manchester City), Andrés Fernández (Porto, contratado em definitivo após empréstimo), Rubén Semedo (Sporting CP)
Saídas: Adrián López (Porto), José Ángel (Porto), Santos Borré (Atlético Madrid), Jonathan dos Santos (LA Galaxy)

Vitesse (NED)
Entradas: Fankaty Dabo (Chelsea, por empréstimo), Thomas Bruns (Heracles Almelo), Thulani Serero (Ajax), Bryan Linssen (Groningen), Tim Matavž (Augsburgo), Charlie Colkett (Chelsea, empréstimo)
Saídas: Adnane Tighadouini (Málaga, fim do empréstimo), Kevin Diks (Fiorentina, fim do empréstimo), Lewis Baker (Chelsea, fim do empréstimo), Marvelous Nakamba (Club Brugge), Matthew Miazga (Chelsea, fim do empréstimo), Mukhtar Ali (Chelsea, fim do empréstimo), Nathan (Chelsea, fim do empréstimo), Ricky van Wolfswinkel (Basileia), Valeri Qazaishvili (San José Earthquakes)

Zlín (CZE)
Entradas: Adnan Džafić (Táborsko), Pablo Podio (Podbrezová), Lukáš Bartošák (Liberec), Lukáš Železník (Mladá Boleslav), Petr Jiráček (Jablonec), Moses Ubong Ekpai (Maccabi Haifa), Daniel Holzer (Sparta Praga, empréstimo)
Saídas: Jakub Jugas (Slavia Praha), Vukadin Vukadinović (Sparta Praha), Diego Živulić (Viktoria Plzeň)

Zorya Luhansk (UKR)
Entradas: Leonidas (Hong Kong Pegasus), Silas (SC Internacional), Vladislav Kabayev (Chornomorets Odesa), Maksym Lunov (Dnipro), Oleksandr Svatok (Dnipro), Yevgen Cheberko (Dnipro), Vladyslav Kochergin (Dnipro), Vasyl Priyma (Frosinone)
Saídas: Dennis Bonaventure (Club Brugge), Grigoriy Yarmash (retirado), Vladyslav Kulach (Shakhtar Donetsk, fim do empréstimo), Ivan Petriak (FCShakhtar Donetsk, fim do empréstimo), Eduard Sobol (Shakhtar Donetsk, fim do empréstimo), Ihor Chaykovskiy (Anji), Jaba Lipartia (dispensado)

Zulte Waregem (BEL)
Entradas: Sandy Walsh (Genk), Ben Reichert (Hapoel Telavive), Nill De Pauw (Guingamp), Gertjan De Mets (Kortrijk), Michaël Heylen (Anderlecht), Aaron Leya Iseka (Anderlecht, por empréstimo), Peter Olayinka (Gent, por empréstimo)
Saídas: Henrik Dalsgaard (Brentford), Karim Essikal (Beerschot Wilrijk), Charni Ekangamene (Beerschot Wilrijk), Christophe Lepoint (Kortrijk), Bryan Verboom (Kortrijk, por empréstimo), Lukas Lerager (Bordéus), Soualiho Meïté (Mónaco), Jakob Ankersen (Aarhus).
http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2482814.html


Há golos da UEFA Champions League, UEFA Europa League, UEFA Youth League, EURO Sub-21 e Women's EURO nos nomeados para Golo da Época do UEFA.com de 2016/17. O único sítio onde pode votar é no portal dedicado do UEFA.com e o prazo termina na terça-feira, 29 de Agosto, sendo o golo vencedor anunciado no final desse dia.
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2490855.html#golo+epoca+uefa+com+veja+vote+agora

Treinadores com mais derrotas em finais Supertaça Europeia:
3 Mourinho
2 Cramer, Cruyff, Hiddink, Fernandez, Ferguson e Emery.
https://twitter.com/playmaker_PT/status/895236898083549184

Campeões europeus face a…
• Os campeões europeus venceram 23 das 42 edições.

• Os vencedores da Taça UEFA/UEFA Europa League levaram a melhor em sete das 17 edições desde a extinção da Taça dos Vencedores das Taças.

Países com mais vitórias
14: Espanha (Barcelona 5, Real Madrid 3, Valência 2, Atlético 2, Sevilha 1)
9: Itália (Milan 5, Juventus 2, Lazio 1, Parma 1)
7: Inglaterra (Liverpool 3, Aston Villa 1, Chelsea 1, Manchester United 1, Nottingham Forest 1)

Clubes com mais vitórias
5: Milan, Barcelona
4: Real Madrid
3: Liverpool
2: Ajax, Anderlecht, Atlético Madrid, Juventus, Valência

Jogadores com mais vitórias
4= Dani Alves (Sevilha 2006, Barcelona 2009, 2011, 2015)
4= Paolo Maldini (Milan 1989, 1990, 1994, 2003)

Treinadores com mais vitórias
3= Carlo Ancelotti (Milan 2003, 2007, Real Madrid 2014)
3= Josep Guardiola (Barcelona 2009, 2011, Bayern 2013)

Países com mais participações
25: Espanha (Barcelona 9, Real Madrid 6, Sevilha 5, Valencia 2, Atlético Madrid 2, Real Zaragoza 1)
16: Inglaterra (Liverpool 5, Manchester United 4, Chelsea 3, Nottingham Forest 2, Arsenal 1, Aston Villa 1)
13: Itália (Milan 7, Juventus 2, Inter 1, Parma 1, Lazio 1, Sampdoria 1)

Clubes com mais participações
9: Barcelona
7: Milan
6: Real Madrid
5: Liverpool, Sevilha
4: Bayern, Porto, Manchester United

Resultados
Jogo com mais golos*: 2015, Barcelona 5-4 Sevilha
Triunfo mais folgado*: 2006, Sevilha 3-0 Barcelona, e 2012, Atlético 4-1 Chelsea
Prolongamento: foram disputados seis prolongamentos, o último dos quais em 2016, Real Madrid 3-2 Sevilha
Desempates por grandes penalidades: 2013, Bayern 2-2 Chelsea (ap, Bayern venceu por 5-4 nos penalties)

Recordes individuais
Golo mais rápido: Éver Banega (três minutos – 2015: Barcelona 5-4 Sevilha)
"Hat-tricks": Radamel Falcao (2012, Atlético - Chelsea) e Terry McDermott (1977, Liverpool - Hamburgo, segunda mão)
Golos na própria baliza: Patrick Paauwe fez o único golo até agora numa SuperTaça Europeia na derrota do Feyenoord' por 3-1 frente ao Real Madrid em 2002.
Cartões vermelhos: Paul Scholes (2008, United), Rolando e Fredy Guarín (2011, ambos do Porto) foram os únicos jogadores a serem expulsos na SuperTaça Europeia.

Mais jogos na SuperTaça Europeia
5: Daniel Alves (Sevilha 2006, 2007, Barcelona 2009, 2011, 2015)

Mais jogos na SuperTaça Europeia**
8: Alessandro Costacurta (Milan), Roberto Donadoni (Milan)
7: Paolo Maldini (Milan), Daniele Massaro (Milan), Mauro Tassotti (Milan)
6: Franco Baresi (Milan), Arie Haan (Ajax, Anderlecht)
5: Dani Alves (Sevilha, Barcelona), Marcel Desailly (Milan, Chelsea), Albert Ferrer (Barcelona, Chelsea), Ronald Koeman (PSV Eindhoven, Barcelona), Attilio Lombardo (Sampdoria, Juventus, Lazio), Phil Neal (Liverpool)

Mais golos marcados na SuperTaça Europeia
3: Oleh Blokhin (Dínamo Kiev), Radamel Falcao (Atlético), Arie Haan (Ajax, Anderlecht), Terry McDermott (Liverpool), Lionel Messi (Barcelona), Gerd Müller (Bayern), Rob Rensenbrink (Anderlecht), François Van Der Elst (Anderlecht)

* Finais apenas num jogo
** A SuperTaça Europeia disputou-se em duas mãos entre 1973 e 1997
http://pt.uefa.com/uefasupercup/news/newsid=2476530.html

O Real Madrid segue colecionando títulos sob o comando de Zinedine Zidane. O troféu mais recente foi erguido na última terça-feira, após o triunfo por 2 a 1 sobre o Manchester United, que garantiu aos merengues a Supercopa da Europa. O futebol espanhol, aliás, apresenta um recente monopólio nas dispUtAs das competições europeias. Considerando as últimas quatro edições de Uefa Champions League, Liga Europa e Supercopa da Europa, apenas em uma ocasião um time espanhol não subiu ao lugar mais alto do pódio.
Na últimas quatro temporadas, o Real Madrid conquistou a Uefa Champions League três vezes, sendo que em 2014 e em 2016, o time merengue bateu outra equipe espanhola na decisão, o rival Atlético de Madri. Em 2017, o Real goleou a Juventus na final. Já em 2015, foi a vez do Barcelona ganhar a Champions com um triunfo sobre a Juventus.
Na Liga Europa, o Sevilla dominou a competição durante três temporadas consecutivas, sagrando-se campeão em 2014 (contra o Benfica), em 2015 (contra o Dnipro) e em 2016 (diante do Liverpool). A sequência da equipe espanhola só foi quebrada em 2017, quando o Manchester United levou a melhor na decisão diante do Ajax.
Como os times espanhóis dominaram essas competições nas últimas quatro temporadas, naturalmente o domínio se estendeu na dispUtA da Supercopa da Europa, que reúne o campeão da Uefa Champions League e da Liga Europa. O Real Madrid abocanhou o troféu da Supercopa em 2014, 2016 e 2017, sendo os dois primeiros contra o Sevilla e o último diante do Manchester United, de José Mourinho. Já em 2015, o Barcelona fez 5 a 4 sobre o Sevilla, em um jogaço.

Últimas quatro edições da Champions League:

2014 - Campeão: Real Madrid / Vice: Atlético de Madri
2015 - Campeão: Barcelona / Vice: Juventus
2016 - Campeão: Real Madrid / Vice: Atlético de Madri
2017 - Campeão: Real Madrid / Vice: Juventus

Últimas quatro edições da Liga Europa:

2014 - Campeão: Sevilla / Vice: Benfica
2015 - Campeão: Sevilla / Vice: Dnipro
2016 - Campeão: Sevilla / Vice: Liverpool
2017 - Campeão: Manchester United / Vice: Ajax

Últimas quatro edições da Supercopa:

2014 - Campeão: Real Madrid / Vice: Sevilla
2015 - Campeão: Barcelona / Vice: Sevilla
2016 - Campeão: Real Madrid / Vice: Sevilla
2017 - Campeão: Real Madrid / Vice: Manchester United
http://espn.uol.com.br/noticia/717236_monopolio-das-ultimas-12-competicoes-europeias-clubes-espanhois-ganharam-11

A Uefa não vai mais punir os clubes caso seus torcedores vaiem o hino da Champions League. O hábito é comum no Etihad Stadium, estádio do Manchester City, onde os fãs locais costumam protestar contra a entidade europeia – prática, aliás, já criticada pelo técnico Pep Guardiola.
As vaias eram passíveis de punição segundo os regulamentos disciplinares da Uefa, que inclusive já indiciou o City pelo motivo, mas a entidade alterou o texto que previa sanções. Os torcedores do Barcelona são outros que já haviam vaiado o hino da Champions em protesto.
Em 2015, após vaias ao hino da Champions por parte de torcedores do City, o clube foi denunciado com base no artigo 16G das regras disciplinares da Uefa, fazia referência à “interrupção de hinos nacionais ou de competição”. Agora, a parte que diz respeito a torneios foi removida.
http://espn.uol.com.br/noticia/717270_uefa-libera-torcedores-do-city-para-vaiar-hino-da-champions-mas-guardiola-nao-vai-gostar

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qui Ago 10, 2017 2:32 pm

Depois de duas temporadas na Juventus, Mario Lemina, médio de 23 anos, é reforço do Southampton.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=202622

O Bordeaux anunciou nesta quarta-feira a contratação do atacante Jonathan Cafu, que atuava pelo Ludogorets.

http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-frances/noticia/bordeaux-apresenta-jonathan-cafu-que-projeta-dupla-de-ataque-com-malcolm.ghtml

O Watford bateu esta quarta-feira o recorde de transferências do clube e anunciou a contratação de André Gray, ao Burnley, por 20 milhões de euros.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=202696

Hull City oficializou, esta quarta-feira, a aquisição de Sebastian Larsson.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=202694

Dennis Aogo foi esta quarta-feira oficializado como novo reforço do Estugarda.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=202692

A Fiorentina anunciou esta quarta-feira a contratação a título definitivo de Marco Benassi, proveniente do Torino.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=202671

Saint-Étienne confirmou esta quarta-feira a contratação de dois laterias esquerdos, inicialmente lançam um comunicado informando que Alexandros Katrantis será novo reforço da equipa e horas mais tarde oficializam a compra de Gabriel Silva.
http://abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/686611

Jordan Amavi é reforço oficial do Marselha, anunciou esta quinta-feira o clube francês.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=202755

O Crystal Palace anunciou esta quinta-feira ter recebido o central holandês Timothy Fosu-Mensah, por empréstimo do Manchester United.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=202769

Xandão é oficialmente o novo reforço do Sporting de Gijón para a nova temporada, anunciou esta quinta-feira o emblema espanhol.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=202747

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qui Ago 10, 2017 2:37 pm





Laughing Laughing

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Sab Ago 12, 2017 3:07 pm

Marrocos disputará sede da Copa 2026 com proposta tripla de Canadá, México e EUA.
Em último dia do prazo para entrega de candidaturas, país africano anuncia que concorrerá com as três nações da América do Norte. Fifa divulgará sede um dia antes de início da Copa 2018.
http://globoesporte.globo.com/futebol/copa-do-mundo/noticia/marrocos-dispUtAra-sede-da-copa-2026-com-candidatura-tripla-de-eua-mexico-e-canada.ghtml

Atualmente, dos 553 jogadores da Premier League, 372 são estrangeiros, ou 67%. O número aumentou em relação à temporada passada, que foi encerrada com 62% de gringos.
A proporção é maior entre os principais campeonatos da Europa. A primeira divisão italiana aparece na sequência com uma proporção de 53,5%, já que há 317 estrangeiros entre os 593 futebolistas. Na Alemanha, são 536 jogadores, sendo 277 estrangeiros (51,7%).
França e Espanha, por outro lado, contam com maioria de atletas locais. Os franceses têm 261 gringos entre os seus 541 jogadores na primeira divisão (48,2%). Já os espanhóis têm 198 estrangeiros em 478 jogadores (41,4%).
Os números deste texto são do site Transfermarkt.
Time - jogadores no total (estrangeiros)

Arsenal - 32 (22)
Watford - 31 (24)
Newcastle United - 31 (22)
Liverpool - 31 (20)
Brighton & Hove Albion - 30 (20)
Bournemouth - 30 (20)
Swansea - 29 (29)
Crystal Palace - 29 (18)
Everton - 29 (16)
Chelsea - 28 (26)
Leicester City - 28 (19)
Huddersfield Town - 28 (17)
Southampton - 28 (16)
Stoke City - 27 (20)
Manchester United - 27 (19)
Manchester City - 25 (20)
West Ham - 25 (19)
Burnley - 23 (11)
Tottenham - 21 (15)
West Bromwich Albion - 20 (13)
http://espn.uol.com.br/noticia/718032_20-gringos-no-city-e-20-tambem-no-pequeno-brighton-ingles-segue-a-liga-mais-global-do-mundo

Acabou a exclusividade do Campeonato Português na ESPN. O BandSports anunciou nesta quinta-feira (10) sublicenciamento do certame junto ao canal da Disney e a partir de domingo (13), passa a transmitir dois jogos ao vivo por semana.
http://www.esporteemidia.com/2017/08/bandsports-fecha-acordo-e-vai-mostrar.html

O Manchester United terminou a última temporada a seis pontos do Arsenal (6.º classificado), mas, ao contrário dos gunners, os red devils vão marcar presença na Liga dos Campeões, em virtude de terem conquistado a Liga Europa em 2016/17.
Esse cenário não agrada a Wenger, que mantém uma relação de animosidade com o treinador do United, o português José Mourinho.
«Sempre me manifestei contra o facto de o vencedor da Liga Europa ter acesso à Liga dos Campeões na época seguinte. Não se pode preparar uma temporada a pensar em chegar à Champions através da outra prova. Isso acaba por desvirtuar um pouco a Premier League», considerou Àrsene Wenger.
«O que vale a Liga Europa? Normalmente, é conquistada por uma das equipas afastadas na fase de grupos da Liga dos Campeões...», sublinhou.
Apesar de lamentar a ausência na Champions, Wenger olha para esse indicador como uma oportunidade de colocar o foco exclusivamente na Premier League.
«É uma boa oportunidade para nos focarmos completamente na Premier League. Creio até que o campeonato inglês já ultrapassou a Liga dos Campeões em interesse. Como é óbvio, adorava lá estar, mas há que saber lidar com a realidade», atirou.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=202444

O time comandado por Antonio Conte, desafeto do brasileiro naturalizado espanhol e responsável por seu afastamento, teve o zagueiro Cahill expulso aos 13 minutos do primeiro tempo e acabou sendo atropelado pelo Burnley e perdendo por 3 a 2 neste sábado, em Stamford Bridge.
Como marca negativa, os três gols sofridos pelos londrinos ainda nos 45 minutos iniciais.
Nunca na história do clube isso havia acontecido. Não existe paralelo também nas estreias de outros campeões ingleses.
O único a perder em sua abertura de campanha pós-conquista, ainda que não em circunstâncias catastróficas, havia sido o Leicester no ano passado.
http://espn.uol.com.br/noticia/718218_em-fiasco-historico-david-luiz-marca-mas-chelsea-leva-tres-gols-no-1-tempo-e-perde-em-estreia

Neymar deve mesmo estrear no domingo com a camisa do PSG, diante do Guingamp.
O Barcelona finalmente viu os 222 milhões de euros caírem em sua conta e liberou os documentos que ainda segurava para liberar o jogador. Os papéis seguiramseu caminho natural: do Barcelona para a Federação Espanhola e da Federação Espanhola para a Federação Francesa, que já confirmou o recebimento.
http://espn.uol.com.br/noticia/717842_barca-recebe-dinheiro-e-finalmente-vai-liberar-documentos-para-neymar-estrear-domingo-na-espn

Apenas 15% dos vencedores das quatro grandes ligas da Europa, nesta década, conseguiram concluir o primeiro turno de forma invicta. Dos 32 times que foram campeões desde a temporada 2009/10, somente cinco terminaram o primeiro turno invictos.
Tomando como base o ranking da UEFA, Espanha, Alemanha, Inglaterra e Itália, respectivamente, tem os torneios mais relevantes entre as ligas europeias. Dos clubes que disputam as principais divisões destes países, só cinco vezes as equipes que levantaram a taça não perderam na primeira parte do campeonato: Bayern de Munique em 2013/14 e 2014/15; Barcelona em 2009/10 e 2012/13; Juventus em 2011/12.
http://espn.uol.com.br/noticia/714723_campeao-invicto-do-turno-nas-grandes-ligas-da-europa-isso-e-raro


Mais jogos nas pré-eliminatória da Taça UEFA/UEFA Europa League*
47: Stefan Ishizaki (AIK, Elfsborg, Vålerenga)
44: Johan Larsson (Elfsborg, Brøndby)
41: Rashad A Sadygov (Neftçi, Qarabağ, Gabala)
38: Vincent Laban (Anorthosis, Astra, AEK Larnaca)
37: Rashad F Sadygov (Neftçi, Kayserispor, Qarabağ)

Mais golos nas pré-eliminatória da Taça UEFA/UEFA Europa League*
15: Omar Er Rafik (Differdange)
13= Teemu Pukki (HJK Helsinki, Brøndby)
13= Robbie Winters (Dundee United, Aberdeen, Brann)

Mais jogos dispUtAdos por um clube nas pré-eliminatória da Taça UEFA/UEFA Europa League*
64 Dínamo Minsk (BLR), Hajduk Split (CRO)

Por eliminatória

Primeira pré-eliminatória
Mais presenças (jogador): 18 – Gary Hamilton (Portadown, Glentoran, Glenavon)
Mais golos : 11 – Robbie Winters (Dundee United, Aberdeen, Brann)
Mais jogos (clube): 22 – Birkirkara (MLT)
Maior vitória: Principat (AND) 0-11 Viking (NOR) (26/08/99, second leg)
Maior vitória no conjunto da eliminatória: Viking 18-0 Principat (1999/00)
Melhor participação de uma equipa que iniciou a sua participação na primeira pré-eliminatória em 2016/17: Gabala (atingiu a fase de grupos)

Segunda pré-eliminatória
Mais presenças (jogador): 16 - Stefan Ishizaki (AIK, Elfsborg, Vålerenga)
Mais golos: 9 – Steffen Hofmann (Rapid Viena)
Mais jogos (clube): 22 – Omonia (CYP)
Maior vitória: Floriana (MLT) 0-8 AEK Larnaca (CYP) (14/07/11, primeira mão), Xäzär Länkäran 0-8 Maccabi Haifa (25/07/13, segunda mão)
Maior vitória no conjunto da eliminatória: Baskimi 0-11 Maccabi Petach-Tikva (2005/06)
Melhor participação de uma equipa que iniciou a sua participação na segunda pré-eliminatória em 2016/17: Genk (atingiu os quartos-de-final)

Terceira pré-eliminatória
Mais jogos (jogador): 13 - Stefan Ishizaki (AIK, Elfsborg, Vålerenga), Johan Larsson (Elfsborg, Brøndby)
Mais golos: 7 – Leony Kweuke (Sparta Praga)
Mais jogos (clube): 18 – Hajduk Split (CRO)
Maior vitória: Crvena zvezda 7-0 Ventspils (04/08/11, segunda mão)
Maior vitória no conjunto da eliminatória: Maccabi Netanya 1-10 Galatasaray (2009/10)
Melhor participação de uma equipa que iniciou a sua participação na terceira pré-eliminatória em 2016/17: Gent, Krasnodar (ambos atingiram os oitavos-de-final)

Play-offs
Mais presenças (jogador): 11= Bořek Dočkal (Liberec, Rosenborg, Sparta Praha), Steffen Hofmann (Rapid Wien)
Mais golos: 10 – Marcus Berg (IFK Göteborg, Hamburg, PSV, Panathinaikos)
Mais jogos (clube): 14 – PAOK (GRE)
Maior vitória: PSV (NED) 9-0 Zeta (MNE) (30/08/12, segunda mão)
Maior vitória no conjunto da eliminatória: PSV (NED) 14-0 Zeta (MNE) (2012/13)
Melhor participação de uma equipa que iniciou a sua participação no "play-off" em 2016/17: Anderlecht (atingiu os quartos-de-final – transferido da terceira pré-eliminatória da UCL)

*inclui todas as fases de qualificação: preliminar, intermédia e rondas de qualificação, mais a primeira, segunda e terceira pré-eliminatórias e o "play-off"
http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2478888.html

Mais presenças por jogador nas pré-eliminatórias das competições de clubes da UEFA*
71: Saša Ilić (Partizan, Galatasaray, Salzburg)
57: Stefan Ishizaki (AIK, Elfsborg, Vålerenga)
57: Costas Charalambides (APOEL, Panathinaikos, AEK Larnaca)
56: Rashad F Sadygov (Neftçi, Kayserispor, Qarabağ)
55: Vitali Rodionov (BATE Borisov)

Mais golos por jogador nas pré-eliminatórias das competições de clubes da UEFA*
20: Tavares (APOEL, Maribor)
17= Mihails Miholaps (Skonto)
17= Teemu Pukki (HJK Helsinki, Schalke, Celtic, Brøndby)
16: Vīts Rimkus (Skonto, Ventspils, Ekranas)
15= Omar Er Rafik (Differdange)
15= Saša Ilić (Partizan, Galatasaray, Salzburg)

Mais presenças por clube nas pré-eliminatórias das competições de clubes da UEFA*
101: Dinamo Zagreb (CRO)
96: Partizan (SRB)
92: APOEL (CYP)

*inclui as pré-eliminatórias para a UEFA Champions League/Taça dos Campeões, UEFA Europa League/Taça UEFA e Taça dos Clubes Vencedores das Taças
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2478885.html

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Seg Ago 14, 2017 9:10 am

Terça (15/08)

13:00 Qarabağ x København [EI / EI HD] [EI Plus] (LC)
15:45 Sporting x FCSB [EI2 / EI2 HD] [EI Plus] (LC)
15:45 Hoffenheim x Liverpool [EI / EI HD] [EI Plus] (LC)
15:45 Young Boys x CSKA Moskva [EI Plus] (LC)
15:45 APOEL x Slavia Praha [EI Plus] (LC)

Quarta (16/08)

15:45 Napoli x Nice [EI / EI HD] [Band / Band HD] [EI Plus] [Globoesporte.com] (LC)
15:45 İstanbul Başakşehir x Sevilla [EI2 / EI2 HD] [EI Plus] (LC)
15:45 H. Beer-Sheva x Maribor [EI Plus] (LC)
15:45 Celtic x Astana [EI Plus] (LC)
15:45 Olympiacos x Rijeka [EI Plus] (LC)
18:00 Real Madrid x Barcelona [ESPNBR / ESPNBRHD] (Supercopa da Espanha - Final)

Quinta (17/08)

15:45 Milan x Shkëndija [ESPNBR / ESPNBRHD] (LE)

Quem quiser assistir pela internet:

http://www.tvonline.org/
http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://gofirstrow.eu/sport/football.html
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/
http://beba.tv/football

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Seg Ago 14, 2017 5:08 pm

Após muita especulação, o destino de Gary Medel finalmente foi decidido. O chileno é o novo reforço do Besiktas, da Turquia.
http://futebolatino.lance.com.br/gary-medel-inter-milao-acerta-clube-turco/

A transferência de Bruno Martins Indi para o Stoke City foi confirmada pelo clube inglês.
http://www.jn.pt/desporto/interior/martins-indi-deixa-f-c-porto-a-troco-de-77-milhoes-de-euros-8699772.html

Depois de três temporadas ao serviço do Zenit, Javi García, médio espanhol, é reforço do Bétis para as próximas três temporadas, anunciou o clube espanhol no seu site oficial.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203005

Sofiane Féghouli é o novo reforço do Galatasaray.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203027

Fenerbahçe apresenta o meia Giuliano, que assina por quatro temporadas.
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/fenerbahce-apresenta-o-meia-giuliano-que-assina-por-quatro-temporadas.ghtml

O Fenerbahçe confirmou esta sexta-feira a contratação de Roberto Soldado, que deixa assim o Villarreal a título definitivo.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=202840

Por R$ 150 milhões, Barcelona confirma Paulinho e prepara apresentação para quinta-feira.
http://espn.uol.com.br/noticia/718700_por-r-150-milhoes-barcelona-confirma-paulinho-e-prepara-apresentacao-para-quinta-feira

Confirmando-se a contratação de Mato Miloš por parte do Benfica.
https://bancada.pt/futebol/grandefutebol/mato-milos-um-lateral-com-muito-coracao-e-qualidade-para-ser-titular-no-benfica

Gil Dias é reforço da Fiorentina para as duas próximas temporadas.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203038

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Ter Ago 15, 2017 9:16 am

O interesse do público pelos detalhes da transferência de Neymar do Barcelona para o PSG foi tão impactante, que duas emissoras de TV no Brasil, a ESPN e o SporTV, decidiram cada uma transmitir todas as partidas do clube no Francês, durante a temporada 2017/18. As informações são do UOL Esporte, por Eduardo Ohata.
Ou seja, até a Copa do Mundo de 2018, o telespectador poderá escolher em qual emissora acompanhará os jogos do PSG, já que os dois canais transmitirão ao mesmo tempo para o público brasileiro as partidas da equipe francesa.
Os direitos do Francês pertencem ao Grupo Globo, mas ele os sublicencia à ESPN. O contrato dá direito à ESPN escolher até três partidas para transmitir do Francês por rodada, mas não existe uma cláusula exclusividade de jogos.
Logo que a transferência foi confirmada, executivos das emissoras esfregaram as mãos enquanto lembravam que toda a preparação do principal nome da seleção brasileira acontecerá com um uniforme do PSG.
Haverá um incremento na exposição do PSG ao público brasileiro, já que na temporada 2016/17 nenhum dos canais transmitiu todas as partidas do clube. Do total de 38 jogos, o SporTV exibiu 35 e a ESPN, 23.
Se necessário, a ESPN lançará mão de seu novo canal, o ESPN Extra, para transmitir o Francês.
http://www.esporteemidia.com/2017/08/alem-d-sportv-espn-tambem-vai-mostrar.html

A Globo avalia como positiva a exibição de flashes da estreia de Neymar pelo Paris Saint-Germain durante a rodada do Campeonato Brasileiro. Satisfeita, a emissora já estuda a estratégia para maximizar a presença do jogador em sua tela e aproximá-lo do torcedor. Para isso, não estão descartadas novas aparições na TV aberta.As informações são do UOL Esporte, por Rodrigo Mattos.
Todos os direitos do Campeonato Francês no país percentam ao Grupo Globo pelo menos por mais uma temporada. A emissora, portanto, ganhou uma espécie de presente com a transferência de Neymar do Barcelona para o PSG.
Logo na estreia, diante do Guingamp, a emissora não transmitiu o jogo ao vivo, mas passou diversos flashes durante a rodada do Brasileiro, tanto no Vasco x Palmeiras quanto no Atlético/MG x Flamengo. Houve críticas de torcedores.
Mas a emissora avaliou a experiência. O entendimento da Globo é de que foi uma oportunidade de mostrar o melhor do que ocorria nos jogos nos dois países. Assim, na avaliação da empresa, há dinamismo na transmissão.
Há a possibilidade de jogos de Neymar no Francês serem exibidos em TV aberta integralmente, desde que não sejam coincidentes com os do Brasileiro. Como regra, todas as partidas do astro brasileiro vão passar no SporTV. Há estudos para que sejam utilizadas outras plataformas para aproximar o torcedor do jogador.
http://www.esporteemidia.com/2017/08/globo-traca-estrategia-para-exibir.html

http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/transferencias-milionarias-veja-a-evolucao-dos-valores-envolvendo-paulinho.ghtml

O duelo entre Barcelona e Real Madrid, da Supertaça de Espanha, aproximava-se já do final quando Marco Asensio fez das suas e fechou o resultado em 1x3 para os merengues com um grande remate. De certa forma, estava escrito no destino, se é que o destino tem algum papel a jogar no futebol. Isto porque o jovem craque espanhol tem feito história sempre que se estreia pelo Real Madrid numa prova.
La Liga, Taça do Rei, Liga dos Campeões, Supertaça Europeia e, agora, Supertaça de Espanha. Em todas estas provas, imagine-se, Asensio faturou na sua estreia enquanto jogador do gigante madrileno. Algo nunca visto, aliás, na longa história do clube.
O seu primeiro jogo oficial pelos merengues, a 9 de agosto de 2016, valeu-lhe um golo essencial à conquista, desde logo, do seu primeiro troféu no clube. Frente ao Sevilha, e logo aos 21 minutos, Asensio fez um fantástico golo de longa distância a abrir o marcador num encontro que terminaria com um triunfo merengue por 3x2, após prolongamento.
Doze dias depois, Asensio estreou-se também na Liga espanhola com a camisola blanca, agora diante da Real Sociedad, num encontro com vitória madrilena por 3x0 e com novo golaço do jovem craque, que colocou a bola sobre o guarda-redes adversário aos 40 minutos.
Para dois meses depois estava marcada a estreia de Asensio na Liga dos Campeões e...isso mesmo. Mais uma estreia, mais um golo, agora numa goleada por 5x1 diante do Légia Varsóvia no Santiago Bernabéu.
E sim, há mais. Oito dias depois foi momento de estreia na Taça do Rei, frente à modesta Cultural Leonesa, e como não podia deixar de ser, Asensio inscreveu o seu nome no marcador. Não uma, mas duas vezes.
Ao longo de 2016/17, Asensio não teve mais estreias em provas disputadas pelo Real Madrid, visto que falhou a participação no Mundial de Clubes. Mas já nesta nova época, então, e neste último domingo, estreou-se num jogo da Supertaça espanhola, frente ao arqui-rival do Real Madrid, o Barcelona. E o resultado? Este que se vê aqui.
Se é que é preciso mais, refira-se ainda que Asensio marcou também na sua primeira final da Liga dos Campeões, frente à Juventus, e poderá dar continuidade a este registo notável se participar, ainda este ano, em novo Mundial de Clubes a disputar pelo Real Madrid.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203009

Cristiano Ronaldo é suspenso por cinco jogos por expulsão e empurrão em árbitro. Além da suspensão automática pelo vermelho, atacante do Real Madrid ficará outros quatro jogos fora e terá que cumprir a pena no Campeonato Espanhol.
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/cristiano-ronaldo-e-suspenso-por-cinco-jogos-por-expulsao-e-empurrao-em-arbitro.ghtml

A Liga portuguesa regressa este fim-de-semana com a particularidade de não contar com um só treinador estrangeiro nos bancos das principais equipas que vão lutar pelo título.
No arranque da competição, todos os treinadores dos 18 equipas da primeira divisão têm nacionalidade portuguesa, à semelhança dos 20 técnicos da segunda divisão.
A última vez que ocorreu algo parecido de forma simultânea nas duas categorias foi na temporada 2006/07, mas um dos treinadores de então, o do Boavista, tinha o estatuto de interino e foi substituído na segunda jornada por um sérvio.
Ter um pleno de treinadores "Made in Portugal" só na primeira divisão já tinha acontecido nas temporadas 2009/10, 2011/12 e 2012/13.
A situação deste ano reflete o aumento de popularidade e prestígio dos técnicos portugueses, tanto no próprio país como no exterior, o que levou os principais clubes lusos a dar prioridade aos locais nas últimas temporadas.
https://www.efe.com/efe/portugal/varios/liga-portuguesa-arranca-sem-nenhum-treinador-estrangeiro-nos-bancos/50000451-3345097

Contratação de Paulinho é a quarta mais cara da história do Barcelona. Segundo o site "Transfermarkt", custo da transferência de € 40 milhões fica atrás apenas Neymar, Suárez e Ibrahimovic, e supera nomes como Ronaldinho, Henry, Deco e Rivaldo.
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/contratacao-de-paulinho-e-a-quarta-mais-cara-da-historia-do-barcelona.ghtml

Ao redor do mundo, muitos clubes já gastaram rios de dinheiro em contratações para a próxima temporada. Muitos deles ainda pretender investir mais, mas há uma data limite para isso. Elas variam de acordo com cada país.
http://www.goal.com/br/news/225/it%C3%A1lia/2017/08/02/37188932/quando-as-janelas-de-transfer%C3%AAncias-se-fecham-nas-grandes

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Ter Ago 15, 2017 11:13 am


Cristiano Ronaldo, Gianluigi Buffon e Lionel Messi são os três candidatos ao prémio de Jogador do Ano da UEFA de 2016/17, cujo vencedor será conhecido a 24 de Agosto durante o sorteio da fase de grupos.
A lista final de três nomeados foi selecionada por um júri composto pelos 80 treinadores dos clubes que participaram nas fases de grupos da UEFA Champions League e da UEFA Europa League de 2016/17 e por 55 jornalistas escolhidos pelo grupo European Sports Media (ESM), em representação de cada uma das federações-membro da UEFA.
O prémio de Jogador do Ano da UEFA distingue os melhores jogadores, independentemente da sua nacionalidade, que alinharam por um clube representante de uma federação-membro da UEFA durante a época passada. Os jogadores são avaliados pelo rendimento em todas as competições: nacionais, europeias e de selecções.
O resultado final baseou-se no número total de votos expressos pelos treinadores e pelos jornalistas. Os treinadores não puderam votar em jogadores da sua própria equipa.
Os outros jogadores que ficaram entre os dez mais votadas foram:

4: Luka Modrić (Croácia, Real Madrid)

5: Toni Kroos (Alemanha, Real Madrid)

6: Paulo Dybala (Argentina, Juventus)

7: Sergio Ramos (Espanha, Real Madrid)

8: Kylian Mbappé (França, Mónaco)

9: Robert Lewandowski (Polónia, Bayern)

10: Zlatan Ibrahimović (Suécia, Manchester United)

Messi e Ronaldo já ganharam por duas vezes o prémio – Messi em 2010/11 e 2014/15, e Ronaldo em 2013/14 e na temporada transacta. Outros jogadores distinguidos foram Andrés Iniesta (Espanha, Barcelona) em 2011/12 e Franck Ribéry (França, Bayern) em 2012/13.
Os prémios de Jogador do Ano da UEFA complementam os novos quatro prémios por posição da UEFA Champions League, que vão distinguir o melhor guarda-redes, defesa, médio e avançado da UEFA Champions League de 20016/17 e que também serão entregues durante o sorteio da fase de grupos a 24 de Agosto.
No dia seguinte, será entregue o prémio de Jogador do Ano da UEFA Europa League de 2016/17 durante o sorteio da fase de grupos da edição de 2017/18, no Mónaco. Os três nomeados – Zlatan Ibrahimović, Henrikh Mkhitaryan e Paul Pogba – venceram a prova na época passada ao serviço do Manchester United.



http://pt.uefa.com/insideuefa/about-uefa/news/newsid=2493076.html#buffon+messi+ronaldo+formam+trio+candidatos+jogador+ano


As exibições de Gianluigi Buffon na temporada passada colocaram-no em posição de poder vir a ganhar, pela primeira vez, o prémio de Melhor Jogador do Ano da UEFA. O mais perto que o veterano guarda-redes da Juventus havia estado aconteceu quando foi quarto classificado na eleição de 2015.
Números de Buffon em 2016/17

Títulos: Serie A, Taça de Itália

Campeonato
Jogos: 30
Sem sofrer golos: 13

UEFA Champions League
Jogos: 12
Sem sofrer golos: 9
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2492082.html


O carismático nº7 do Real Madrid voltou a bater recordes numa época em que ajudou o emblema de Espanha a juntar os títulos na Liga espanhola e na Taça dos Campeões pela primeira vez em 59 anos. Ao conseguirem-no, os "merengues" tornaram-se no primeiro clube a revalidar o título da UEFA Champions League.
Números de Ronaldo em 2016/17

Títulos: UEFA Champions League, Liga espanhola, Mundial de Clubes*

Campeonato
Jogos: 29
Golos: 25
Assistências: 6

UEFA Champions League
Jogos: 13
Golos: 12
Assistências: 6
* A SuperTaça Europeia não foi incluída já que Ronaldo não jogou em 2016 e a edição de 2017 disputou-se depois de terminada a votação para Melhor Jogador do Ano da UEFA.
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2492071.html


Após falhar o trio de nomeados final da edição de 2015/16, Lionel Messi, do Barcelona, está de volta à disputa pelo prémio Jogador do Ano da UEFA.
Época 2016/17 de Messi em números

Títulos: Taça de Espanha

Campeonato
Jogos: 34
Golos: 37
Assistências: 9

UEFA Champions League
Jogos: 9
Golos: 11
Assistências: 2
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2492088.html


Os melhores guarda-redes, defesa, médio e avançado da UEFA Champions League da época passada vão ser divulgados a 24 de Agosto: conheça os candidatos ao prémio para posição.

Nomeados (por ordem alfabética):

• Nomeados para guarda-redes da época 2016/17 da UEFA Champions League: Gianluigi Buffon (Juventus), Manuel Neuer (Bayern), Jan Oblak (Atlético).

• Nomeados para defesa da época 2016/17 da UEFA Champions League: Leonardo Bonucci (Juventus, agora no Milan), Marcelo (Real Madrid), Sergio Ramos (Real Madrid).

• Nomeados para médio da época 2016/17 da UEFA Champions League: Casemiro (Real Madrid), Toni Kroos (Real Madrid), Luka Modrić (Real Madrid).

• Nomeados para avançado da época 2016/17 da UEFA Champions League: Paulo Dybala (Juventus), Lionel Messi (Barcelona), Cristiano Ronaldo (Real Madrid).

Como foram escolhidos os jogadores
O júri foi composto pelos treinadores dos 32 clubes presentes na fase de grupos da UEFA Champions League de 2016/17 e por 55 jornalistas escolhidos pelo grupo European Sports Media (ESM), em representação de cada uma das federações-membro da UEFA. Os treinadores não puderam votar em jogadores das suas equipas.
Os membros do júri escolheram os seus três jogadores favoritos por posição, com o primeiro a receber cinco pontos, o segundo três e o terceiro um. Os três jogadores que receberam mais votos em cada categoria integram a lista final reduzida.
Estes prémios complementam os de Melhor Jogador e de Melhor Jogadora do Ano da UEFA, cujos candidatos finais serão conhecidos a 15 de Agosto.

Ranking de jogadores (4 a 10)

Guarda-redes
4 Keylor Navas (Real Madrid) – 67 pontos
5 Kasper Schmeichel (Leicester) – 16 pontos
6 Marc-André ter Stegen (Barcelona) – 7 pontos
7 Danijel Subašić (Mónaco) – 6 pontos
8 Anthony Lopes (Lyon) – 5 pontos
9 Roman Bürki (Dortmund), Iker Casillas (Porto), Ederson (Benfica, agora no Man. City), Hugo Lloris (Tottenham), Pepe Reina (Nápoles) – 1 ponto

Defesas
4 Giorgio Chiellini (Juventus) – 71 pontos
5 Dani Alves (Barcelona, agora no Paris) – 50 pontos
6 Diego Godín (Atlético) – 16 pontos
7 Philipp Lahm (Bayern) – 14 pontos
8 Dani Carvajal (Real Madrid) – 13 pontos
9 Gerard Piqué (Barcelona) – 12 pontos
10 Benjamin Mendy (Mónaco, agora no Man. City) – 9 pontos

Médios
4 Miralem Pjanić (Juventus) – 33 pontos
5 Thiago Alcântara (Bayern) – 25 pontos
6 Bernardo Silva (Mónaco, agora no Man. City) – 21 pontos
7 Andrés Iniesta (Barcelona) – 15 pontos
8 Fabinho (Mónaco) – 12 pontos
9 Isco (Real Madrid), Arturo Vidal (Bayern) – 10 pontos

Avançados
4 Kylian Mbappé (Mónaco) – 58 pontos
5 Robert Lewandowski (Bayern) – 24 pontos
6 Neymar (Barcelona) – 21 pontos
7 Antoine Griezmann (Atlético) – 14 pontos
8 Gonzalo Higuaín (Juventus) – 8 pontos
9 Edinson Cavani (Paris) – 6 pontos
10 Mario Mandžukić (Juventus) – 5 pontos




http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2490193.html#candidatos+posicao+premios+uefa+champions+league


Zlatan Ibrahimović, Henrikh Mkhitaryan e Paul Pogba são os candidatos ao prémio de Melhor Jogador da UEFA Europa League 2016/17.
O prémio vai ser entregue pela primeira vez, no decorrer da cerimónia do sorteio da fase de grupos da UEFA Europa League, a realizar no Mónaco a 25 de Agosto.
Como foram escolhidos os jogadores
O júri foi composto pelos treinadores do 48 clube que na época passada estiveram na fase de grupos da UEFA Europa League e por 55 jornalistas seleccionados pela European Sports Media (ESM) em representação de cada uma das federações nacionais de futebol que integram a UEFA. Os treinadores não estavam autorizados a voltar em jogadores das suas próprias equipas.
Cada jurado escolheu os seus três melhores jogadores, com cinco pontos a serem atribuídos ao primeiro, três ao segundo e um ao terceiro.
Este prémio complementa os de Melhor Jogador e de Melhor Jogadora do Ano da UEFA, cujos nomeados serão anunciados a 15 de Agosto.
Ranking dos jogadoes (4 a 10):
4 Alexandre Lacazette (Lyon, agora no Arsenal) – 70 pontos
5 Kasper Dolberg (Ajax) – 40 pontos
6 Marcus Rashford (Manchester United) – 37 pontos
7 Davy Klaasen (Ajax, agora no Everton), Ander Herrera (Manchester United) – 33
9 Bertrand Traoré (Ajax, agonra no Lyon) – 28 pontos
10 Edin Džeko (Roma) – 23 pontos

http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2490253.html

O UEFA.com apresenta-lhe os números dos 12 candidatos finalistas por posição aos prémios de Melhor Jogador da UEFA Champions League 2016/17.

Guarda-redes

Gianluigi Buffon (Juventus)
Jogos: 12
Minutes: 1080
Jogos sem sofrer golos: 9
Golos sofridos: 7

Manuel Neuer (Bayern)
Jogos: 9
Minutes: 840
Jogos sem sofrer golos: 2
Golos sofridos: 11

Jan Oblak (Atlético)
Jogos: 11
Minutes: 990
Jogos sem sofrer golos: 6
Golos sofridos: 7

Defesas

Leonardo Bonucci (Juventus)
Jogos: 11
Minutes: 968
Jogos sem sofrer golos: 6
Golos sofridos: 7
Golos: 1
Assistências: 0

Marcelo (Real Madrid)
Jogos: 11
Minutos: 1001
Jogos sem sofrer golos: 1
Golos sofridos: 13
Golos: 0
Assistências: 3

Sergio Ramos (Real Madrid)
Jogos: 11
Minutes: 1001
Jogos sem sofrer golos: 1
Golos sofridos: 14
Golos: 1
Assistências: 3

Médios

Casemiro (Real Madrid)
Jogos: 9
Minutes: 827
Golos: 2
Assistências: 2

Toni Kroos (Real Madrid)
Jogos: 12
Minutes: 1027
Golos:
Assistências: 2

Luka Modrić (Real Madrid)
Jogos: 11
Minutes: 983
Golos:
Assistências: 1

Avançados

Paulo Dybala (Juventus)
Jogos: 11
Minutes: 797
Golos: 4
Assistências: 0

Lionel Messi (Barcelona)
Jogos: 9
Minutes: 810
Golos: 11
Assistências: 2

Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
Jogos: 13
Minutes: 1200
Golos: 12
Assistências: 6
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2490254.html

O UEFA.com apresenta-lhe os números dos 3 candidatos finalistas ao prémio de Melhor Jogador da UEFA Europa League 2016/17.

Zlatan Ibrahimović (Manchester United, actualmente sem clube)
Jogos: 11
Golos: 5
Assistências: 4

Henrikh Mkhitaryan (Manchester United)
Jogos: 11
Golos: 6
Assistências: 0

Paul Pogba (Manchester United)
Jogos: 15
Golos: 3
Assistências: 1
http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2490253.html


Há golos da UEFA Champions League, UEFA Europa League, UEFA Youth League, EURO Sub-21 e Women's EURO nos nomeados para Golo da Época do UEFA.com de 2016/17. O único sítio onde pode votar é no portal dedicado do UEFA.com e o prazo termina na terça-feira, 29 de Agosto, sendo o golo vencedor anunciado no final desse dia.
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2490855.html#golo+epoca+uefa+com+veja+vote+agora

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qua Ago 16, 2017 5:00 pm

O West Bromwich Albion oficializou esta terça-feira a contratação de Gareth Barry.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203075

Milan entra em acordo e cede Bacca ao Villarreal por empréstimo.
http://espn.uol.com.br/noticia/719085_milan-entra-em-acordo-e-cede-bacca-ao-villarreal-por-emprestimo

O Stoke City encaminhou a aquisição do atacante espanhol Jesé Rodríguez.
http://espn.uol.com.br/noticia/719073_com-jese-stoke-vira-time-ingles-com-mais-vencedores-da-liga-dos-campeoes

Newcastle contrata Joselu por seis milhões.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203103

Cristiano Biraghi é oficialmente o novo reforço da Fiorentina para a nova temporada.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203108

Rui Fonte vai mesmo sair do Braga, rumo ao Fulham.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203098

Juventus oficializa contratação de Matuidi.
https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2017/08/16/juventus-oficializa-contratacao-de-matuidi.htm

A Fiorentina anunciou, através da sua página oficial, a contratação de Giovanni Simeone, avançado argentino que é filho de Diego Simeone, treinador do Atlético Madrid.
http://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/687749

O futebolista internacional islandês Gylfi Sigurdsson vai tornar-se a transferência mais cara do Everton, que pagará 45 milhões de libras (perto de 50 milhões de euros) pelo médio, confirmou hoje o treinador, Ronald Koeman.
https://desporto.sapo.pt/futebol/premier-league/artigos/everton-perde-a-cabeca-e-da-50-milhoes-de-euros-por-sigurdsson

José Izquierdo, de 25 anos, assinou pelo Brighton, de Inglaterra, avançou esta quarta-feira o clube inglês no site oficial.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203139

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qui Ago 17, 2017 10:50 am

Janeiro de 2016. Depois de uma passagem curta e mal-sucedida em Rafa Benítez, o Real Madrid decidia apostar em Zinedine Zidane como treinador. Apesar de ídolo do clube, ele chegava sob bastante desconfiança e até com ‘cornetadas’ da torcida. A imprensa esperava que ele seria uma espécie de ‘tampão’, subindo do time B apenas para terminar a temporada, abrindo espaço para um nome mais experiente na sequência.
Pouco mais de um ano e meio depois, poucos técnicos são mais respeitados que Zinedine Zidane.
Não por menos: com o título da Supercopa da Espanha, conquistado nesta quarta-feira em um verdadeiro passeio diante do Barcelona, ele chegou à incrível marca de um título a cada 13 partidas no comando da equipe – são 90 jogos disputados e 7 taças conquistadas até aqui.
Para melhorar ainda mais os números, Zidane tem o mesmo número de títulos que derrotas no comando do clube. Nos 90 jogos que comandou a equipe, venceu 68, empatou 15 e perdeu 7, um aproveitamento de mais de 75%.
De todos os torneios que disputou, só não ganhou dois: o Campeonato Espanhol em que pegou o time no meio e a Copa do Rei da temporada passada.
Em finais, o aproveitamento é perfeito: seis decisões e seis títulos.
http://espn.uol.com.br/noticia/719454_zidane-chegou-como-tampao-e-agora-tem-um-titulo-a-cada-13-partidas-pelo-real-madrid

Em pronunciamento oficial, o Ajax anunciou que não pretende negociar o zagueiro Davinson Sánchez com o Tottenham.
Nos bastidores, a versão é outra: os cartolas holandeses estão arrastando as conversas para, assim, tirarem proveito da queda da libra e faturarem mais em caso de acordo. Com o Brexit, como foi batizado o plano de saída do Reino Unido da União Europeia, a moeda sofreu grande desvalorização e, na comparação com a última temporada, está hoje 6% mais fraca.
A primeira rodada deixou claro que ainda sobram talento e estrelas nos gramados ingleses, para trazê-los - ou mesmo mantê-los - é preciso desembolsar mais.
Na conta para levar o colombiano de 21 anos, ex-Atlético Nacional, o Ajax exige 50 milhões de euros na mesa, o que, nos números dos cofres dos Spurs, representariam três milhões de euros a mais saindo de seu caixa. Não é pouco. E deve seguir pesando ainda mais a cada dia.
O panorama mais claro poderia ser traçado a partir do cenário então vigente no período do referendo que tiveram como resultado os votos pela saída da UE.
Na época, uma transferência de 40 milhões de euros sairia por 31 milhões de libras. Pouco depois, 34 milhões de libras. Hoje, ainda mais.
E isso não fica restrito ao mercado de atletas.
É previsto ainda uma onda de renegociação de contratos salariais com jogadores que viram seus ganhos firmados na moeda local despencarem nos últimos meses. Mesut Ozil e Alexis Sanchez, ambos do Arsenal, estiveram entre os nomes já ligados a esse movimento.
E tudo isso, claro, para não citar uma eventual barreira a vinda de atletas de fora do Reino Unido, que teriam de se submeter às mesmas dificuldades de nomes que não vêm de países pertencentes à União Europeia e precisam se submeter a avaliação para obterem autorização de trabalho.
A estimativa é de que 75% dos atuais jogadores nessas condições não preencheriam os requisitos necessários, caso de número mínimo de convocações por suas seleções.
Se serve de alento, os clubes da Premier League estão faturando mais com premiações agora.
http://espn.uol.com.br/noticia/719266_brexit-nao-deixou-premier-league-menos-estrelada-mas-fez-clubes-gastarem-mais-entenda

Alisson; Bruno Peres, Miranda, Lyanco, Dalbert; Lucas Leiva, Allan, Douglas Costa, Felipe Anderson, Alex Sandro; Gabigol.
Você apostaria as suas fichas neste time?
Esses 11 fazem hoje parte do maior grupo de brasileiros em uma das grandes ligas europeias. Nada de Espanha ou, mesmo, Inglaterra - a Itália é o campeonato que abriga o número mais elevado de atletas do país no continente europeu, 35. Talvez falte um pouco mais de grife, mas sobra qualidade em uma competição que, especialmente nesta temporada, gera expectativa com a entrada de mais dinheiro, 'volta' do Milan e outras equipes tradicionais se reforçando.
Uma volta no tempo, mais precisamente, à década de 80, deixa isso claro.
Naquela altura, o Calcio era o principal destino para os craques canarinhos - Zico, Sócrates, Toninho Cerezo, Careca, Paulo Roberto Falcão e tantos outros tinham a Bota como caminho natural.
Nos anos 90, a rota foi desviada para a Espanha com Mauro Silva, Bebeto e outros jogadores. Agora, ela se encontra diversificada entre mais campeonatos, ainda que o Barcelona e o Real Madrid sigam com atração especial.
No mapa dos brasileiros pelos gramados europeu, logo após os italianos - que têm na Roma a sua maior legião, com cinco (Alisson, Bruno Peres, Leandro Castan, Juan Jesus e Gerson) -, surgem atualmente os franceses. 'Efeito Neymar'? Nem tanto.
O Lille, motivado pela entrada de novos donos e com a chegada de Bielsa, investiu forte no mercado brasileiro para levar Thiago Mendes, Luiz Araújo e Thiago Maia. O Bordeaux não ficou atrás com Otávio, ex-Atlético-PR. O Nantes foi outro a abrir os olhos com Andrei Girotto, ex-Palmeiras e Chapecoense. Sem contar, claro, os mais famosos como PSG, Lyon e Saint-Étienne.
Ao todo, são 30 brasileiros agora na Ligue 1.
Na sequência, aparecem o Espanhol, 21, a Premier League, 14, e a Bundesliga, 12.
http://espn.uol.com.br/noticia/719311_espanha-ou-inglaterra-nao-veja-qual-grande-liga-tem-mais-brasileiros-agora

O Stoke City encaminhou a aquisição do atacante espanhol Jesé Rodríguez. Participante de uma das ligas mais badalas e disputadas do mundo, o clube formará o elenco do futebol inglês com o maior número de vencedores da Liga dos Campeões, superando Arsenal, Chelsea, Liverpool e os dois times de Manchester, United e City.
O jogador de 24 anos pertence ao Paris Saint-Germain, mas não se firmou no clube francês e chegou a ser emprestado ao Las Palmas, da Espanha, na última temporada. Fora dos planos do treinador Unai Emeri, o atleta deve ser repassado ao clube inglês nos próximos dias para um empréstimo de uma temporada.
Com a chegada de Jesé, o Stoke terá cinco atletas que já ergueram a taça conhecida como “orelhuda”. Bojan (venceu pelo Barcelona), Darren Fletcher (Manchester United), Ibrahim Afellay (Barcelona) e Shaqiri (Bayern) também já conquistaram a competição.
O time mais perto do Stoke é o Chelsea, com quatro campeões (David Luiz, Cahill, Pedro e Morata). O City tem Danilo, Bravo e Yaya Toure, enquanto o lado vermelho de Manchester conta Carrick e Mata como vencedores. Liverpool e Arsenal contam com apenas um cada, Sturridge e Cech, respectivamente.
http://espn.uol.com.br/noticia/719073_com-jese-stoke-vira-time-ingles-com-mais-vencedores-da-liga-dos-campeoes

A UEFA revelou detalhes do seu sistema de distribuição de receitas para a próxima época. A receita comercial bruta da UEFA Champions League de 2017/18, da UEFA Europa League de 2017/18 e da SuperTaça Europeia da UEFA de 2017 será de aproximadamente €2,35 mil milhões.
Da receita comercial bruta estimada, o montante total disponível para ser distribuído pelos clubes participantes em 2017/18 é de €1,718 mil milhões, dos quais €1,318.9 mil milhões serão para os clubes participantes na UEFA Champions League e na SuperTaça Europeia, sendo 399,8 milhões destinados aos clubes da UEFA Europa League.
Além disso, do montante bruto estimado de €2350 milhões, cerca de 12 por cento (€282 milhões) serão deduzidos para cobrir os custos administrativos e de organização das competições, enquanto outros 8,5 por cento (€199,7 milhões) serão destinados a pagamentos de solidariedade.
Cada uma das 32 equipas envolvidas na fase de grupos da UEFA Champions League de 2017/18 tem garantido o mínimo de 12,7 milhões, valor que pode aumentar com os bónus de desempenho de €1,5 milhões por vitória e €500 mil por empate na fase de grupos.
Os apurados para os oitavos-de-final podem esperar receber mais €6 milhões cada, os oito apurados para os quartos-de-final têm direito a mais €6,5 milhões e os quatro semifinalistas embolsam outros €7,5 milhões.
O vencedor da UEFA Champions League arrecada €15,5 milhões e ao finalista vencido cabe €11 milhões.
No máximo, um clube poderá receber €57,2 milhões, não incluindo eventuais verbas do “play-off” e do valor da quota de mercado.
Os pagamentos da participação na fase de grupos, de desempenho e de qualificação atingem um montante total fixo de €761,9 milhões. Além disso, há também pagamentos estimados variáveis – ou quota de mercado – de €507 milhões. Este montante será distribuído de acordo com o valor proporcional de cada mercado televisivo representado pelas equipas participantes na UEFA Champions League (a partir da fase de grupos) e será dividido entre os diferentes grupos de clubes representantes da mesma federação nacional.
Há cinco factores que determinam o pagamento exacto da parcela do mercado que cada equipa terá direito: verbas finais totais geradas pelo mercado televisivo; composição final dos participantes na UEFA Champions League de 2017/18; número de clubes representantes dessa federação; “rankings” dos clubes no campeonato nacional na época anterior; e o rendimento dos clubes na edição seguinte da UEFA Champions League.
Entretanto, o vencedor da SuperTaça Europeia da UEFA de 2017 pode contar com €4 milhões e o finalista vencido com €3 milhões.
Isto equivale a €1,268.9 milhões líquidos para os clubes participantes na UEFA Champions League e na SuperTaça Europeia em 2017/18, segundo o sistema de distribuição de receitas adoptado para o ciclo comercial da UEFA 2015-18.
Todos os clubes campeões nacionais que não se qualifiquem para a fase de grupos receberão um pagamento de solidariedade de €260 mil, para além dos montantes devidos pela participação nas pré-eliminatórias (ao qual têm direito apenas equipas não qualificados para a fase de grupos: €220 mil (pela primeira pré-eliminatória), €320 mil (pela segunda), €420 mil (pela terceira, apenas para os clubes eliminados). Os clubes afastados no “play-off” recebem as verbas relativas às duas primeiras pré-eliminatórias, além dos €260 mil.
(Note-se que toda a receita líquida das três competições de clubes – incluindo de venda de bilhetes e pacotes de hospitalidade para as três finais – é centralizada e depois distribuída).
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2493270.html

A UEFA anunciou os detalhes relativos ao sistema de distribuição das receitas desta época da UEFA Europa League, bem como da UEFA Champions League e da Supertaça Europeia da UEFA.
A receita comercial bruta da UEFA Champions League de 2017/18, UEFA Europa League de 2017/18 e SuperTaça Europeia de 2017 foi estimada em €2350 milhões e será distribuída de acordo com o sistema em vigência para o ciclo comercial 2015–18 da UEFA.
Desse montante bruto estimado de €2350 milhões, cerca de 12 por cento (€282 milhões) será deduzido para cobrir os custos administrativos e de organização das competições e 8,5 por cento (€199,7 milhões) será canalizado para pagamentos de solidariedade. Da resultante receita líquida de €1860 milhões, oito por cento será reservado para o futebol europeu e permanecerá com a UEFA, sendo os restantes 92 por cento distribuídos pelos clubes participantes.
Com base nas previsões de receitas e repartições definidas, o montante total disponível para distribuição pelos clubes participantes em 2017/18 será de €1718,7 milhões, dos quais €399,8 milhões irão para os clubes presentes na UEFA Europa League.
Este valor líquido disponível para os clubes participantes será dividido da seguinte forma: €239,8 milhões em pagamentos fixos e €160 milhões em montantes variáveis (de acordo com a parcela de mercado), distribuídos de acordo com o valor proporcional que cada mercado televisivo representa em termos dos clubes participantes na UEFA Europa League (desde a fase de grupos) e repartidos pelos vários lotes de equipas participantes de cada federação.
Cada um dos 48 clubes que marque presença na fase de grupos poderá contar receber um prémio de €2,6 milhões. Existirá ainda um bónus de desempenho de €360 mil por vitória e €120 mil por empate na fase de grupos. Depois, serão atribuídos bónus de qualificação aos clubes por passarem aos 16 avos-de-final: os vencedores dos grupos podem contar com um prémio de €600 mil cada, enquanto os segundos classificados receberão €300 mil.
No que toca à fase a eliminar, as equipas presentes nos 16 avos-de-final receberão €500 mil cada, os clubes que atinjam os oitavos-de-final somarão mais €750 mil, os que passarem aos quartos-de-final receberão mais um milhão de euros os semifinalistas mais €1,6 milhões. O vencedor da UEFA Europa League receberá depois mais €6,5 milhões e o finalista vencido mais €3,5 milhões.
No melhor dos cenários, um clube poderá receber €15,71 milhões pela participação na edição desta época da competição – sem contar com a parcela de mercado.
Além disto, os clubes que participem nas pré-eliminatórias terão direito a um pagamento de €215 mil (primeira pré-eliminatória), €225 mil (segunda pré-eliminatória, €235 mil (terceira pré-eliminatória) e €245 mil ("play-off"). Note-se, contudo, que os vencedores dos embates do "play-off" não receberão o pagamento de solidariedade referente a essa ronda específica.
http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2493503.html

Enquanto vinte equipes ainda brigam por dez vagas na fase de grupos da UEFA Champions League, as 22 que estão garantidas já estão de olho no sorteio, que será realizado no dia 24 de agosto, e definirá as chaves da próxima etapa da competição.
A curiosidade do evento está nos potes que dividem as equipes, pois os critérios escolhidos pela UEFA para fazer esta separação, costumam colocar times mais estrelados no segundo, ao invés do primeiro, que leva os cabeças de chave do torneio.
A entidade determina que, o primeiro pote seja composto pelos campeões nacionais dos oito países mais bem colocados no ranking das nações europeias.
Enquanto a partir do segundo, o quesito passa a ser basicamente a posição da equipe na classificação geral de clubes da UEFA.
Para determinar os potes, a referência é sempre o ranking do ano anterior a atual edição. Então, o sorteio dos grupos de 2017/18 é pautado na lista final de 2016/17 – quando Espanha, Alemanha, Inglaterra, Itália, França, Rússia, Portugal e Ucrânia formavam, na ordem, os oito primeiros da relação.
Desta forma, ficou definido que, neste ano, Real Madrid, Bayern de Munique, Chelsea, Juventus, Mônaco, Benfica, Spartak Moscou e Shaktar Donetsk compõem o grupo dos cabeças de chave.
Portanto, clubes como Barcelona, Paris Saint-Germain, Borussia Dortmund, Manchester City e Manchester United foram colocados no segundo escalão. A lista, que ainda conta com Atlético de Madrid e Porto, receberá outro grande time após o término dos playoffs da competição.
O Sevilla é um dos que brigam por uma vaga na fase principal da Champions. Se os espanhóis superarem o Istanbul Basaksehir e avançarem a próxima etapa, também estarão credenciados ao segundo pote.
No caso de eliminação do Sevilla, o Napoli é o próximo da fila. Os italianos, porém, não tem vida fácil nos playoffs, pois precisam passar pelo Nice de Balotelli para se classificar.
Quem está logo atrás dos dois times é o Tottenham, que está garantido na Champions, mas se encontra no pote três. Se Sevilla e Napoli caírem na etapa preliminar, o clube londrino sobe de escalão.
http://espn.uol.com.br/noticia/719143_na-champions-pote-dois-e-muito-mais-estrelado-que-o-um-compare

Prêmio da Fifa de melhor técnico da temporada. Além da categoria de técnico, a Fifa também organiza o prêmio The Best, como é chamado, para a melhor jogadora do futebol feminino e masculino. Os outros prêmios da cerimônia da entidade, que acontecerá no dia 23 de outubro, em Londres são: Fifa Fair Play, Puskás (gol mais bonito), seleção do ano e o melhor goleiro do mundo.Novembro de 2016 e agosto de 2017.
Confira os 12 concorrentes

Massimiliano Allegri (ITA - Juventus)
Carlo Ancelotti (ITA - Bayern de Munique)
Antonio Conte (ITA - Chelsea)
Luis Enrique (ESP - Barcelona)
Pep Guardiola (ESP - Manchester City)
Leonardo Jardim (POR - Monaco)
Joachim Low (ALE - Seleção alemã)
José Mourinho (POR - Manchester United)
Mauricio Pochettino (ARG - Tottenham)
Diego Simeone (ARG - Atlético de Madrid)
Tite (BRA - Seleção brasileira)
Zinedine Zidane (FRA - Real Madrid).
http://globoesporte.globo.com/futebol/selecao-brasileira/noticia/tite-concorre-ao-premio-da-fifa-de-melhor-tecnico-da-temporada.ghtml

A Fifa divulgou os 24 concorrentes ao prêmio de melhor jogador do mundo de 2017. O vencedor das categorias de treinadores e jogadores do futebol feminino e masculino serão escolhidos em um processo que terá votos dos técnicos das seleções nacionais, capitães, jornalistas e fãs. A votação para o público começa na próxima segunda-feira através do site oficial da entidade. O pleito termina no dia 7 de setembro. No mesmo mês serão divulgadas as listas com os três finalistas de todas as categorias.
Confira todos os nomes da lista:

* Pierre-Emerick Aubameyang (GAB - Borussia Dortmund)
* Leonardo Bonucci (ITA - Juventus/AC Milan)
* Gianluigi Buffon (ITA - Juventus)
* Dani Carvajal (ESP - Real Madrid)
* Cristiano Ronaldo (POR - Real Madrid)
* Paulo Dybala (ARG - Juventus)
* Antoine Griezmann (FRA - Atlético Madrid)
* Eden Hazard (BEL - Chelsea)
* Zlatan  Ibrahimovic (SWE - Manchester United)
* Andres Iniesta (ESP - FC Barcelona)
* Harry Kane (ENG - Tottenham Hotspur)
* Ngolo Kante (FRA - Chelsea)
* Toni Kroos (GER – Real Madrid)
* Robert Lewandowski (POL - FC Bayern Munich)
* Marcelo (BRA - Real Madrid)
* Lionel Messi (ARG - FC Barcelona)
* Luka Modric (CRO - Real Madrid)
* Keylor Navas (CRC - Real Madrid)
* Manuel Neuer (GER - FC Bayern Munich)
* Neymar (BRA - FC Barcelona/Paris Saint-Germain)
* Sergio Ramos (ESP - Real Madrid)
* Alexis Sanchez (CHI - Arsenal)
* Luis Suarez (URU - FC Barcelona)
* Arturo Vidal (CHI - FC Bayern Munich)
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/com-neymar-fifa-divulga-lista-dos-concorrentes-ao-premio-de-melhor-do-mundo.ghtml

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qui Ago 17, 2017 4:07 pm

Sexta (18/08)

15:30 Bayern x Leverkusen [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Alemão)
15:45 Metz x Monaco [ESPNBR / ESPNBRHD] [SporTV2 / SporTV2 HD] (Campeonato Francês)

Sábado (19/08)

08:30 Swansea x Man. United [ESPN+] (Campeonato Inglês)
10:30 Wolfsburg x Dortmund [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Alemão)
10:30 Hoffenheim x Bremen [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Alemão)
10:30 Hertha x Stuttgart [ESPN+] (Campeonato Alemão)
11:00 Liverpool x Crystal Palace [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
12:00 Lyon x Bordeaux [SporTV / SporTV HD] [TV5] (Campeonato Francês)
12:00 Tondela x Estoril [Bandsports / Bandsports HD] (Campeonato Português)
13:00 Juventus x Cagliari [ESPNBR / ESPNBRHD] [RAI] (Campeonato Italiano)
13:15 Celta x Real Sociedad [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Espanhol)
13:30 Schalke x Leipzig [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Alemão)
13:30 Stoke x Arsenal [ESPN+] (Campeonato Inglês)
15:15 Girona x Atlético [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Espanhol)
15:45 Hellas Verona x Napoli [ESPNBR / ESPNBRHD] [RAI] (Campeonato Italiano)
16:30 Benfica x Belenenses [Bandsports / Bandsports HD] (Campeonato Português)
17:15 Sevilla x Espanyol [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Espanhol)

Domingo (20/08)

09:30 Huddersfield x Newcastle [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
10:00 Lille x Caen [SporTV / SporTV HD] (Campeonato Francês)
10:30 Freiburg x Eintracht Frankfurt [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Alemão)
12:00 Tottenham x Chelsea [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
12:00 Marseille x Angers [SporTV3 / SporTV3 HD] (Campeonato Francês)
13:00 Monchengladbach x Colônia [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Alemão)
13:00 Atalanta x Roma [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
14:00 Porto x Moreirense [ESPN / ESPNHD] [RTP] [SIC] (Campeonato Português)
15:15 Barcelona x Betis [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)
15:45 Crotone x Milan [ESPN+] [RAI] (Campeonato Italiano)
15:45 Internazionale x Fiorentina [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] (Campeonato Italiano)
16:00 PSG x Toulouse [ESPN / ESPNHD] [SporTV / SporTV HD] (Campeonato Francês)
17:15 Deportivo x Real Madrid [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Espanhol)

Segunda (21/08)

15:15 Levante x Villarreal [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Espanhol)
16:00 Man. City x Everton [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
17:00 Malaga x Eibar [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] (Campeonato Espanhol)

Quem quiser assistir pela internet:

http://www.tvonline.org/
http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://gofirstrow.eu/sport/football.html
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/
http://beba.tv/football

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qui Ago 17, 2017 6:34 pm

Resultados finais LC:

Napoli 2x0 Nice
İstanbul Başakşehir 1x2 Sevilla
H. Beer-Sheva 2x1 Maribor
Celtic 5x0 Astana
Olympiacos 2x1 Rijeka
Sporting 0x0 FCSB
Hoffenheim 1x2 Liverpool
Young Boys 0x1 CSKA Moskva
APOEL 2x0 Slavia Praha
Qarabağ 1x0 København

Resultados finais LE:

Utrecht 1x0 Zenit
Dinamo Zagreb 1x1 Skënderbeu
BATE 1x1 Olexandriya
Apollon3 3x2 Midtjylland
Krasnodar 3x2 Crvena zvezda
FH 1x2 Braga
PAOK 3x1 Östersund
Vardar 2x0 Fenerbahçe
Plzeň 3x1 AEK Larnaca
Ludogorets 2x0 Sūduva
Altach 0x1 M. Tel-Avi
Panathinaikos 2x3 Athletic
Legia 1x1 Sheriff
Domžale 1x1 Marseille
Ajax 0x1 Rosenborg
Viitorul 1x3 Salzburg
Club Brugge 0x0 AEK
Osijek 1x2 Austria Wien
Milan 6x0 Shkëndija
Partizan 0x0 Videoton
Everton 2x0 Hajduk Split
Marítimo 0x0 Dynamo Kyiv

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Sex Ago 18, 2017 5:02 pm

A China limitará os investimentos das empresas nacionais em clubes esportivos estrangeiros, segundo uma nova regulamentação publicada nesta sexta-feira, que cotará também o capital voltado para o setor imobiliário, informou a agência de notícias oficial "Xinhua".
Os investimentos estrangeiros em áreas como imóveis, hotéis, cinemas, indústria do entretenimento e clubes esportivos serão limitados, enquanto que os investimentos em setores como os jogos de azar serão proibidos, de acordo com um documento emitido pelo Conselho de Estado.
Enquanto isso, serão fomentados os investimentos relacionados com um projeto de Pequim de desenvolvimento multinacional de infraestrutura pela melhoria industrial do país.
São várias as empresas chinesas proprietárias ou investidoras em equipes de futebol pelo mundo, especialmente no Reino Unido. O último clube a entrar na lista foi o Southampton, nesta semana, juntando-se a West Bromwich, Aston Villa, Birmingham City e Wolverhampton.
Os asiáticos também multiplicaram sua presença em outros campeonatos europeus, como o italiano, em que são donos da Inter de Milão e do Milan, e o espanhol, com o controle do Espanyol e do Granada e participação no Atlético de Madrid.
http://espn.uol.com.br/noticia/719788_china-limitara-investimentos-de-suas-empresas-em-clubes-estrangeiros

Em entrevista ao canal de TV Bloomberg, o bilionário nigeriano Aliko Dangote - o homem mais rico da África - afirmou que pretende fazer uma oferta ao empresário norte-americano para ser o maior acionista e proprietário do Arsenal.
E seu primeiro objetivo já está traçado: demitir Arsène Wenger.
O francês está no Arsenal desde 1996 e renovou contrato ao final da última temporada até 2019.
"A primeira coisa que eu mudaria é o técnico", afirmou Dangote. "Ele tem feito um bom trabalho, mas alguma outra pessoa deveria também tentar essa sorte".
Kroenke detém 67,05% dos ações do clube de Londres e também o dono de times na NBA (Denver Nuggets), na NHL (Colorado Avalanche), na MLS (Colorado Rapids) e na NFL (Los Angeles Rams).
Essa não é a primeira vez que tentam comprar o time inglês. Em maio deste ano, o russo Alisher Usmanov, dono de 30% das ações, ofereceu 1 bilhão de libras (R$ 4 bilhões) pelo controle total do clube. No entanto, a negociação não foi bem encaminhada.
Aliko Dangote, de 60 anos, comanda o Dangote Group, conglomerado que atua em diversificadas áreas - gás, petróleo, sal, açúcar e cimento, por exemplo - e mais de dez países na África.
http://espn.uol.com.br/noticia/719724_bilionario-africano-quer-comprar-arsenal-para-mandar-wenger-embora

A ideia manifestada há alguns para o encerramento do mercado de transferência antes do início da Premier League foi endossada publicamente pela vice-presidente do West Ham, Karren Brady.
Segundo o que Karren disse nesta quinta-feira, 17 dos 20 clubes que disputam o Campeonato Inglês apoiam a decisão de fechar o mercado de transferências antes do início da competição.
Atualmente, a janela de contratações na Inglaterra se encerra no dia 31 de agosto, seguindo o mesmo calendário que as principais ligas da Europa adotam, quase três semanas depois após o início do torneio.
"Começamos a debater isso em março e 17 equipes da Premier League estavam a favor de fechar a janela antes. Acredito que o motivo principal é proteger a integridade dos elencos. Assim você sabe como está e o que a equipe tem", disse Brady à emissora Sky Sports.
"Isso é, sobretudo, para os clubes, para os torcedores e para os treinadores. Assim, todos sabem qual é o time. As equipes costumam saber de antemão que posições querem reforçar, e não podemos esquecer as transferências de janeiro. Fechar a janela mais cedo protege a integridade do torneio. É a decisão correta", destacou.
25 anos de Premier League! Conheça ou relembre a história da maior liga do mundo por Natalie Gedra
Segundo a imprensa britânica, os representantes dos clubes da elite do futebol inglês submeterão a proposta à votação em uma reunião marcada para o próximo dia 7 de setembro. A medida passaria a valer a partir da próxima temporada.
De acordo com a proposta, os clubes dos demais países europeus poderiam contratar jogadores que atuam na Inglaterra já que suas respectivas janelas seguiram abertas até 31 de agosto.
Essa questão preocupa algumas equipes inglesas, já que poderia representar uma desvantagem em relação aos rivais europeus.
(Liverpool) e do holandês Virgil van Dijk (Southampton), não sabem em que clube vão jogar na próxima temporada, já que ainda negociam a possibilidade de se transferir.
Os dois, por exemplo, não jogaram na estreia de seus clubes no torneio no último fim de semana.
Segundo um estudo realizado pelo site de apostas "Bwin", sete das dez contratações mais caras realizadas depois do início das competições nas últimas cinco temporadas envolveram clubes da Inglaterra.
http://espn.uol.com.br/noticia/719544_17-dos-20-clubes-da-premier-league-querem-encerramento-de-janela-antes-do-inicio-da-competicao

Não foi só a estreia de Neymar – que marcou um gol e deu uma assistência em sua primeira partida pelo Paris Saint-Germain – que abalou a França. O astro brasileiro vem movendo a economia do país e deverá trazer muito dinheiro e resultados fora de campo para a equipe parisiense nos próximos anos.
Há pouco mais de uma semana no PSG, o camisa 10 da Seleção já teve 20 mil camisas com o nome vendidas. O número é o mesmo que Di María teve de camisas vendidas no ano passado. “Noventa por cento das vendas de camisas são com o nome de Neymar. Alguns modelos acabaram”, afirmou a empresa responsáveis pelas lojas da equipe nos Champs-Élysées e no Parque dos Príncipes.
Além das vendas de camisas – que representaram 500 mil euros (aproximadamente R$1,9 milhões) no dia da chegada do atacante de 25 anos -, a contratação representou um aumento de sete vezes no número de visitas ao site do Paris Saint-Germain e a equipe vermelha e azul ganhou mais de dois milhões de seguidores nas redes sociais. Junta-se a isso a fato de cerca de 200 jornalistas terem tentado se credenciar para a partida contra o Guingamp, no último domingo, jogo que só tinha vaga para 80 jornalistas.
A contratação de Neymar também está representando estádios mais cheios em toda a França. Enquanto o Parque dos Príncipes estava lotado para o jogo da estreia do PSG contra o Amiens – quando o brasileiro foi apresentado -, o Guingamp bateu o seu recorde de público na derrota por 3 a 0 no domingo.
“Atualmente os estádios do Campeonato Francês tem 70% de lotação e esperamos que esse número cresça para 90%”, declarou Nathalie Boy de la Tour, presidente da Liga de Futebol Profissional da França.
http://espn.uol.com.br/noticia/718796_neymar-supera-numero-de-camisas-vendidas-por-di-maria-em-um-ano

O assunto Diego Costa segue rendendo no Chelsea.
O atacante, dispensado pelo técnico Antonio Conte ao final da última temporada, afirmou em entrevista ao Daily Mail que está sendo tratado como um criminoso, e o treinador italiano foi questionado nesta sexta-feira sobre tal declaração.
Conte gargalhou, respirou e disse: "É ótimo. É ótimo. Eu prefiro rir".
"Eu pode dizer a vocês que todo mundo sabe no Chelsea o que aconteceu com ele na última temporada. É engraçada essa entrevista. Eu não estou interessado em continuar essa situação. Está no passado", decretou o técnico campeão inglês.
Pouco depois, o assessor interrompeu o técnico e encerrou o assunto
Em 2005, Lampard fez 2 gols, e Chelsea superou o Tottenham em pleno White Hart Lane
Diego Costa está em Lagarto (SE), sua terra-natal, enquanto busca uma definição para seu futuro.
Em entrevista exclusiva a João Castelo Branco, o atacante hispano-brasileiro afirmou que o Atlético de Madri é seu desejo, mas que se o clube espanhol demorar para buscá-lo, ele pode buscar outras opções.
http://espn.uol.com.br/noticia/719727_conte-gargalha-sobre-diego-costa-dizer-que-e-tratado-como-criminoso-e-decreta-esta-no-passado

O assistente de vídeo mal chegou à Bélgica e já está sendo rechaçado. De acordo com a Voetball International, todos os clubes da primeira divisão, por meio do executivo-chefe da liga profissional do país, enviaram uma carta à comissão de arbitragem pedindo que o instrumento não seja mais utilizado, depois de alguns erros nas primeiras rodadas do Campeonato Belga.
O curioso é que os casos citados são todos de omissão, e não de ações equivocadas.
http://trivela.uol.com.br/clubes-enviam-carta-pedindo-que-o-arbitro-de-video-nao-seja-mais-usado-na-belgica/

Transferências nas equipas da fase de grupos da Champions League

Anderlecht (BEL)
Entradas: Matz Sels (Newcastle United, empréstimo), Pieter Gerkens (Sint-Truiden), Sven Kums (Watford), Uroš Spajić (Toulouse, transferência a título definitivo), Henry Onyekuru (Everton, empréstimo)
Saídas: Aaron Leya Iseka (Zulte Waregem, empréstimo), Michaël Heylen (Zulte Waregem), Stéphane Badji (Kayserispor, empréstimo), Youri Tielemans (Mónaco), Sebastian De Maio (Bolonha), Andy Kawaya (Mechelen), Frank Acheampong (Tianjin Teda, empréstimo), Bram Nuytinck (Udinese)

Atlético (ESP)
Entradas: Nenhuma
Saídas: Tiago (fim de contrato), Óliver Torres (Porto, transferência a título definitivo), Alessio Cerci (fim de contrato), Theo Hernández (Real Madrid), Rafael Santos Borré (River Plate), Matías Kranevitter (Zenit)

Barcelona (ESP)
Entradas: Marlon (Fluminense, transferência a título definitivo), Gerard Deulofeu (Everton), Nélson Semedo (Benfica), Paulinho (Guangzhou Evergrande)
Saídas: Jordi Mboula (Mónaco), Christian Tello (Real Betis), Jérémy Mathieu (Sporting), Neymar (Paris)

Basileia (SUI)
Entradas: Ricky van Wolfswinkel (Vitesse)
Saídas: Jean-Paul Boëtius (Feyenoord), Daniel Høegh (Heerenveen), Marc Janko (Sparta Praga), Nicolas Hunziker (Thun), Robin Huser (Winterthur, empréstimo), Matías Delgado (retirado)

Bayern (GER)
Entradas: Corentin Tolisso (Lyon), Kingsley Coman (Juventus, transferência a título definitivo), Niklas Süle (Hoffenheim), Serge Gnabry (Werder Bremen), Sebastian Rudy (Hoffenheim), James Rodríguez (Real Madrid, por empréstimo)
Saídas: Holger Badstuber (Estugarda), Medhi Benatia (Juventus, transferência a título definitivo), Philipp Lahm (fim de carreira), Tom Starke (fim de carreira), Xabi Alonso (fim de carreira), Douglas Costa ( Juventus, por empréstimo), Gianluca Gaudino (Chievo), Serge Gnabry (Hoffenheim, empréstimo)

Benfica (POR)
Entradas: Haris Seferović (Eintracht Frankfurt), Filip Krovinović (Rio Ave), Martin Chrien (Viktoria Plzen), Chris Willock (Arsenal), Cristián Arango (Millonarios), Bruno Varela (Vitória Setúbal)
Saídas: Ederson (Manchester City), Victor Lindelöf (Manchester United), Marçal (Lyon), Daniel Candeias (Rangers), Luka Jović (Eintracht Frankfurt), Nélson Semedo (Barcelona), Guillermo Celis (Vitória Guimarães, transferência definitiva), Jhon Murillo (Kasımpaşa, empréstimo)

Beşiktaş (TUR)
Entradas: Caner Erkin (Inter, transferência a título definitivo), Pepe (Real Madrid), Orkan Çınar (Gaziantepspor), Álvaro Negredo (Valência), Jeremain Lens (Sunderland, empréstimo), Utku Yuvakuran (Beylerbeyispor, ltransferência a título definitivo)
Saídas: Gökhan Inler (İstanbul Başakşehir), Marcelo (Lyon), Rhodolfo (Flamengo), Ömer Şişmanoğlu (dispensado)

Borussia Dortmund (GER)
Entradas: Mahmoud Dahoud (Borussia Mönchengladbach), Maximilian Philipp (Friburgo), Ömer Toprak (Bayer Leverkusen), Dan-Axel Zagadou (Paris Saint-Germain)
Saídas: Adrián Ramos (Dangdai), Pascal Stenzel (Friburgo), Mikel Merino (Newcastle, empréstimo), Dženis Burnić (Estugarda, empréstimo), Sven Bender (Leverkusen)

Chelsea (ENG)
Entradas: Willy Caballero (Manchester City), Antonio Rüdiger (Roma), Tiemoué Bakayoko (Mónaco, Álvaro Morata (Real Madrid)
Saídas: Asmir Begović (Bournemouth), Christian Atsu (Newcastle United), Dominic Solanke (Liverpool), Juan Cuadrado (Juventus, transferência a título definitivo), Bertrand Traoré (Lyon), Nathan Ake (Bournemouth), Tammy Abraham (Swansea City, empréstimo), Ola Aina (Hull, empréstimo), Ruben Loftus-Cheek (Crystal Palace, empréstimo), Nathaniel Chalobah (Watford), Marco van Ginkel (PSV Eindhoven, empréstimo), Lucas Piazon (Fulham, empréstimo), Kurt Zouma (Stoke, empréstimo), Nemanja Matić (Manchester United), Mario Pašalić (Spartak Moskva, empréstimo)

Feyenoord (NED)
Entradas: Jean-Paul Boëtius (Basileia), Sofyan Amrabat (Utrecht), Jeremiah St. Juste (Heerenveen), Kevin Diks (Fiorentina, empréstimo), Ridgeciano Haps (AZ)
Saídas: Warner Hahn (Heerenveen), Dirk Kuyt (fim de carreira), Eljero Elia (İstanbul Başakşehir), Pär Hansson (Helsingborg), Rick Karsdorp (Roma), Charlie Colkett (Vitesse, empréstimo), Simon Gustafson (Roda, empréstimo), Terence Kongolo (Mónaco), Marko Vejinovic (AZ, empréstimo)

Juventus (ITA)
Entradas: Rodrigo Bentancur (Boca Juniors), Medhi Benatia (Bayern, transferência a título definitivo), Juan Cuadrado (Chelsea, transferência a título definitivo), Douglas Costa (Bayern, por empréstimo), Wojciech Szczęsny (Arsenal), Mattia De Sciglio (AC Milan), Federico Bernardeschi (Fiorentina), Blaise Matuidi (Paris)
Saídas: Paolo De Ceglie (fim de contrato), Kingsley Coman (Bayern, transferência a título definitivo), Simone Zaza (Valência, transferência a título definitivo), Dani Alves (fim de contrato), Federico Mattiello (Spal, empréstimo), Neto (Valência), Emil Audero (Veneza, empréstimo), Riccardo Orsolini (Atalanta, empréstimo), Leonardo Bonucci (Milan), Nicola Leali (Zulte Waregem, empréstimo), Filippo Romagna (Cagliari), Rolando Mandragora (Crotone, empréstimo), Mario Lemina (Southampton), Tomás Rincón (Torino, empréstimo)

Manchester City (ENG)
Entradas: Bernardo Silva (Mónaco), Ederson (Benfica), Kyle Walker (Tottenham), Douglas Luiz (Vasco da Gama), Danilo (Real Madrid), Benjamin Mendy (Mónaco)
Saídas: Bacary Sagna (fim de contrato), Enes Ünal (Villarreal), Gaël Clichy (fim de contrato), Jesús Navas (fim de contrato), Pablo Zabaleta (West Ham United), Willy Caballero (Chelsea), Nolito (Sevilha), Joe Hart (West Ham United, empréstimo), Bersant Celina (Ipswich, empréstimo), Aleksandar Kolarov (Roma)

Manchester United (ENG)
Entradas: Victor Lindelöf (Benfica), Romelu Lukaku (Everton), Nemanja Matić (Chelsea)
Saídas: Josh Harrop (Preston North End), Wayne Rooney (Everton), Adnan Januzaj (Real Sociedad), Timothy Fosu-Mensah (Crystal Palace, empréstimo)

Mónaco (FRA)
Entradas: Diego Benaglio (Wolfsburgo), Jordi Mboula (Barcelona), Jordy Gaspar (Lyon), Soualiho Meïté (LOSC), Youri Tielemans (Anderlecht), Terence Kongolo (Feyenoord), Álvaro Fernández Llorente (Osasuna), Adama Diakhaby (Rennes), Rachid Ghezzal (Monaco, livre)
Saídas: Bernardo Silva (Manchester City), Valère Germain (Marselha), Brighton Labeau (Amiens), Nabil Dirar (Fenerbahçe), Paul Nardi (Cercle Brugge, empréstimo), Corentin Jean (Toulouse), Kouadio-Yves Dabila (Lille), Tristan Muyumba Nkita (Cercle Brugge, empréstimo), Jonathan Mexique (Cercle Brugge, empréstimo), Chano Boukholda (Lille), Guévin Tormin (Cercle Brugge, empréstimo), Abdou Diallo (Mainz), Tiemoué Bakayoko (Chelsea), Elderson Echiéjilé (Sivasspor), Jordy Gaspar (Cercle Brugge, empréstimo), Irvin Cardona (Cercle Brugge, empréstimo), Benjamin Mendy (Manchester City), Allan Saint-Maximin (Nice), Gil Dias (Fiorentina, empréstimo), Youssef Aït Bennasser (Caen, empréstimo)

Paris (FRA)
Entradas: Yuri Berchiche (Real Sociedad), Dani Alves (jogador livre), Neymar (Barcelona)
Saídas: Maxwell (fim de contrato), Dan-Axel Zagadou (Dortmund), Félix Eboa Eboa (Guingamp), Salvatore Sirigu (Torino), Jean-Kévin Augustin (Leipzig), Youssouf Sabaly (Bordéus), Jonathan Ikoné (Montpellier, empréstimo), Fodé Ballo-Touré (Lille), Wilfried Kanga (Angers), Boubakary Soumaré (Lille), Gaëtan Robail (Cercle Brugge, empréstimo), Jesé Rodriguez (Paris to Stoke, empréstimo), Jean-Christophe Bahebeck (Utrecht, empréstimo), Blaise Matuidi (Juventus)

Porto (POR)
Entradas: Óliver Torres (Atlético, transferência a título definitivo), Vaná Alves (Feirense)
Saídas: Laurent Depoitre (Huddersfield Town), André Silva (AC Milan), Andrés Fernández (Villarreal, transferência a título definitivo), Rúben Neves (Wolverhampton Wanderers), Willy Boly (Wolverhampton Wanderers, empréstimo),

Leipzig (GER)
Entradas: Bruma (Galatasaray), Ibrahima Konaté (Sochaux), Philipp Köhn (Estugarda), Yvon Mvogo (Young Boys), Konrad Laimer (Salzburgo), Jean-Kévin Augustin (Paris Saint-Germain)
Saídas: Davie Selke (Hertha Berlim), Rani Khedira (Augsburgo), Agyemang Diawusie (Wiesbaden, empréstimo), Nils Quaschner (Bielefeld), Marius Müller (Kaiserslautern, empréstimo), Anthony Jung (Brøndby, empréstimo), Zsolt Kalmár (Dunajská Streda, empréstimo), Atınç Nukan (Beşiktaş, empréstimo), Massimo Bruno (Anderlecht, empréstimo), Felix Beiersdorf (Wiener Neustadt, empréstimo)

Real Madrid (ESP)
Entradas: Theo Hernández (Atlético), Dani Ceballos (Bétis)
Saídas: Pepe (Beşiktaş), Mariano (Lyon), Fábio Coentrão (Sporting, empréstimo), James Rodríguez (Bayern, empréstimo), Álvaro Morata (Chelsea), Danilo (Manchester City), Rubén Yañez (Getafe)

Roma (ITA)
Entradas: Héctor Moreno (PSV Eindhoven), Lorenzo Pellegrini (Sassuolo), Maxime Gonalons (Lyon), Cengiz Ünder (İstanbul Başakşehir), Grégoire Defrel (Sassuolo), Aleksandar Kolarov (Manchester City)
Saídas: Mohamed Salah (Liverpool), Francesco Totti (fim de carreira), Seydou Doumbia (Sporting, empréstimo), Federico Ricci (Sassuolo), Leandro Paredes (Zenit), Antonio Rüdiger (Chelsea), Ervin Zukanović (Génova), Mário Rui (Nápoles, empréstimo), Umar Sadiq (Torino, empréstimo)

Shakhtar (UKR)
Entradas: Davit Khocholava (Chornomorets Odesa)
Saídas: Anton Kanibolotskiy (fim de contrato), Olexandr Kucher (fim de contrato), Vasyl Kobin (fim de contrato), Andriy Boryachuk (Mariupol, empréstimo), Ruslan Malinovskiy (Genk, transferência a título definitivo), Oleg Danchenko (Anzhi, empréstimo)

Spartak Moscovo (RUS)
Entradas: Georgi Tigiev (Anzhi, transferência a título definitivo), Marko Petković (Estrela Vermelha)
Saídas: Sergei Pesyakov (Rostov), Evgeni Makeev (Rostov), George Melkadze (Tosno, empréstimo), Aleksandr Zuev (Rostov, empréstimo), Denis Kutin (Tosno, empréstimo)

Tottenham (ENG)
Entradas: Nenhuma
Saídas: Nabil Bentaleb (Schalke, transferência a título definitivo), Kyle Walker (Man. City), Federico Fazio (Roma), Clinton N'Jie (Marselha), Josh Onomah (Aston Villa, empréstimo).
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2482033.html

Transferências nas equipas da fase de grupos da Europa League

Arsenal (ENG)
Entradas: Sead Kolašinac (Schalke), Alexandre Lacazette (Lyon)
Saídas: Takuma Asano (Estugarda, empréstimo), Chris Willock (Benfica)

Atalanta (ITA)
Entradas: Etrit Berisha (Lázio, contratado em definitivo após empréstimo), Andreas Cornelius (Copenhaga), Robin Gosens (Heracles Almelo), Nicolas Haas (Lucerna), José Luis Palomino (Ludogorets), Fabio Eguelfi (Inter), Luca Vido (AC Milan), Josip Iličič (Fiorentina), Timothy Castagne (Genk), João Schmidt (São Paulo), Riccardo Orsolini (Juventus, empréstimo)
Saídas: Giulio Migliaccio (dispensado), Cristian Raimondi (dispensado), Franck Kessié (AC Milan), Prince-Désir Gouano (Amiens), Andrea Conti (AC Milan)

Vitória SC (POR)
Entradas: Estupiñán (Once Caldas), Francisco Ramos (FC Porto), Ruben Oliveira (Feirense), Sebastian Rincón (CA Tigre), Guillermo Celis (Benfica), Paolo Hurtado (Reading, transferência a título definitivo), Jubal (FC Arouca)
Saídas: Bruno Gaspar (Fiorentina)

Hertha (GER)
Entradas: Davie Selke (Leipzig), Mathew Leckie (Ingolstadt), Karim Rekik (Marselha), Jonathan Klinsmann (Berkeley), Valentino Lazaro (Salzburgo, empréstimo)
Saídas: John Brooks (Wolfsburgo), Florian Kohls (Würzburg), Alexander Baumjohann (dispensado), Sami Allagui (St. Pauli), Nils Körber (Münster, por empréstimo), Allan (Liverpool, fim do empréstimo)

Colónia (GER)
Entradas: Jannes Horn (Wolfsburg), Jhon Cordoba (Mainz), João Queirós (Braga), Jorge Meré (Sporting Gijón), Tim Handwerker (Bayer Leverkusen)
Saídas: Marcel Hartel (Union Berlin), Neven Subotić (Dortmund, fim do empréstimo), Anthony Modeste (Tianjin Quanjian)

Konyaspor (TUR)
Entradas: Mehdi Bourabia (Levski Sófia), Abdou Razack Traoré (Karabükspor), Seddar Karaman (Konya Anadolu Selçukspor), Imoh Ezekiel (Al-Arabi), Wilfred Moke (Steaua), Eren Albayrak (İstanbul Başakşehir), Ferhat Öztorun (İstanbul Başakşehir), Musa Araz (Lausanne), atrick Carlgren (Nordsjælland), Savaş Polat (Fenerbahçe), Kadir Kaan Özdemir (Fenerbahçe), Patrick Friday Eze (Fujairah)
Saídas: Alban Meha (dispensado), Dimitar Rangelov (Ümraniyespor), Marc Kibong Mbamba (Ankaragücü), Kaya Tarakcı (BB Erzurumspor), Mehmet Uslu (dispensado), Barry Douglas (Wolverhampton), Jagoš Vuković (Olympiacos), Recep Aydın (Giresunspor, loan), Emre Can Atila (Konya Anadolu Selçukspor, loan), Ali Dere (Yeni Malatyaspor), Abdülkerim Bardakcı (Samsunspor, loan), Mücahit Can Akçay (Konya Anadolu Selçukspor, loan), Can Demir Aktav (Adana Demirspor, loan), Sertan Yegenoglu (Konya Anadolu Selçukspor, empréstimo), Riad Bajić (Udinese), Ioan Hora (dispensado)

Lázio (ITA)
Entradas: Adam Marušić (Oostende), Lucas Leiva (Liverpool), Davide Di Gennaro (jogador livre), Felipe Caicedo (Espanhol)
Saídas: Etrit Berisha (Atalanta, contratado em definitivo após empréstimo), Lucas Biglia (Milan)

Lokomotiv Moscovo (RUS)
Entradas: Nikita Medvedev (Rostov), Solomon Kverkvelia (Rubin Kazan), Arshak Koryan (jogador livre, Lokomotiv Moskva), Maciej Rybus (Lyon)
Saídas: Maicon (dispensado), Renat Yanbaev (dispensado), Ilya Abaev (dispensado), Dmitri Loskov (dispensado), Petar Škuletić (dispensado), Igor Portnyagin (Ural, por empréstimo), Ezekiel Henty (Videoton)

Lugano (SUI)
Entradas: Luca Crescenzi (Pisa), Radomir Milosavljević (Mladost Lučani), David Da Costa (Novara Calcio), Dominik Kovačić (NK Zagreb), Cristian Andreoni (Reggiana), Younes Bnou Marzouk (Juventus, por empréstimo), Simone Belometti (Chiasso, fim do empréstimo)
Saídas: Ofir Mizrahi (Maccabi Haifa), Aleandro Prati (Chiasso), Antoine Rey (Chiasso), Orlando Urbano (dispensado), Andrés Ponce (Sampdória, fim do empréstimo), Pepín (Roma, fim do empréstimo), Bálint Vécsei (Bolonha, fim do empréstimo), Armando Sadiku (Zurique, fim do empréstimo), Mirko Salvi (Basileia, fim do empréstimo), Lorenzo Rosseti (Juventus, fim do empréstimo), Eray Cümart (Basel, fim do empréstimo), Mario Piccinocchi (Vicenza Calcio, fim do empréstimo)

Lyon (FRA)
Entradas: Marçal (Benfica), Bertrand Traoré (Chelsea), Ferland Mendy (Le Havre), Mariano (Real Madrid), Kenny Tete (Ajax), Marcelo (Beşiktaş)
Saídas: Corentin Tolisso (Bayern München), Mathieu Valbuena (Fenerbahçe), Jordy Gaspar (Mónaco), Gaëtan Perrin (Orléans, por empréstimo), Maxime D'Arpino (Orléans, por empréstimo), Maxime Gonalons (Roma), Alexandre Lacazette (Arsenal), Jean-Philippe Mateta (Le Havre, empréstimo), Olivier Kemen (Ajaccio, empréstimo), Maciej Rybus (Lokomotiv Moscovo), Christophe Jallet (Nice), Aldo Kalulu (Sochaux, empréstimo), Rachid Ghezzal (fim de contrato)

Real Sociedad (ESP)
Entradas: Diego Llorente (Real Madrid), Adnan Januzaj (Manchester United)
Saídas: Héctor (Alavés)

Villarreal (ESP)
Entradas: Enes Ünal (Manchester City), Andrés Fernández (Porto, contratado em definitivo após empréstimo), Rubén Semedo (Sporting CP), Carlos Bacca (AC Milan)
Saídas: Adrián López (Porto), José Ángel (Porto), Santos Borré (Atlético Madrid), Jonathan dos Santos (LA Galaxy), Roberto Soldado (Fenerbahçe)

Vitesse (NED)
Entradas: Fankaty Dabo (Chelsea, por empréstimo), Thomas Bruns (Heracles Almelo), Thulani Serero (Ajax), Bryan Linssen (Groningen), Tim Matavž (Augsburgo), Charlie Colkett (Chelsea, empréstimo)
Saídas: Adnane Tighadouini (Málaga, fim do empréstimo), Kevin Diks (Fiorentina, fim do empréstimo), Lewis Baker (Chelsea, fim do empréstimo), Marvelous Nakamba (Club Brugge), Matthew Miazga (Chelsea, fim do empréstimo), Mukhtar Ali (Chelsea, fim do empréstimo), Nathan (Chelsea, fim do empréstimo), Ricky van Wolfswinkel (Basileia), Valeri Qazaishvili (San José Earthquakes)

Zlín (CZE)
Entradas: Adnan Džafić (Táborsko), Pablo Podio (Podbrezová), Lukáš Bartošák (Liberec), Lukáš Železník (Mladá Boleslav), Petr Jiráček (Jablonec), Moses Ubong Ekpai (Maccabi Haifa), Daniel Holzer (Sparta Praga, empréstimo)
Saídas: Jakub Jugas (Slavia Praha), Vukadin Vukadinović (Sparta Praha), Diego Živulić (Viktoria Plzeň)

Zorya Luhansk (UKR)
Entradas: Leonidas (Hong Kong Pegasus), Silas (SC Internacional), Vladislav Kabayev (Chornomorets Odesa), Maksym Lunov (Dnipro), Oleksandr Svatok (Dnipro), Yevgen Cheberko (Dnipro), Vladyslav Kochergin (Dnipro), Vasyl Priyma (Frosinone)
Saídas: Dennis Bonaventure (Club Brugge), Grigoriy Yarmash (retirado), Vladyslav Kulach (Shakhtar Donetsk, fim do empréstimo), Ivan Petriak (FCShakhtar Donetsk, fim do empréstimo), Eduard Sobol (Shakhtar Donetsk, fim do empréstimo), Ihor Chaykovskiy (Anji), Jaba Lipartia (dispensado)

Zulte Waregem (BEL)
Entradas: Sandy Walsh (Genk), Ben Reichert (Hapoel Telavive), Nill De Pauw (Guingamp), Gertjan De Mets (Kortrijk), Michaël Heylen (Anderlecht), Aaron Leya Iseka (Anderlecht, por empréstimo), Peter Olayinka (Gent, por empréstimo)
Saídas: Henrik Dalsgaard (Brentford), Karim Essikal (Beerschot Wilrijk), Charni Ekangamene (Beerschot Wilrijk), Christophe Lepoint (Kortrijk), Bryan Verboom (Kortrijk, por empréstimo), Lukas Lerager (Bordéus), Soualiho Meïté (Mónaco), Jakob Ankersen (Aarhus).
http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2482814.html

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Sex Ago 18, 2017 8:59 pm

Raúl Bobadilla foi oficializado esta quinta-feira como o novo reforço do Borussia Monchegladbach.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203220

O Bologna oficializou esta quinta-feira a contratação de Rodrigo Palacio, avançado argentino que nas últimas cinco temporadas representou o Inter de Milão.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203223

Gabriel Paulista troca o Arsenal pelo Valencia.
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/pedido-do-tecnico-marcelino-garcia-gabriel-paulista-troca-o-arsenal-pelo-valencia.ghtml

Tottenham anunciou a contratação do defesa central Davinson Sánchez, de 21 anos.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203298

O médio  Kevin-Prince Boateng foi oficializado esta sexta-feira como reforço dos alemães do Eintracht Frankfurt.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203284

German Pezzella é oficialmente o novo reforço da Fiorentina para a nova temporada.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203269

Valência oficializou a aquisição do defesa central Jeison Murillo que chega do Inter de Milão.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203317

Milan acerta empréstimo com Kalinic, destaque da Fiorentina.
http://espn.uol.com.br/noticia/719840_milan-acerta-emprestimo-com-kalinic-destaque-da-fiorentina

Kalifa Coulibaly, de 25 anos, abandonou o Gent, da Bélgica, para rumar à Ligue 1, onde vai jogar no FC Nantes, de França, até 2022, avançou o clube francês no site oficial.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203346

O lateral Rafa Soares já viajou para Londres, onde irá representar o Fulham por empréstimo do FC Porto.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203383

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Dom Ago 20, 2017 9:41 am

Terça (22/08)

12:30 Astana x Celtic [EI / EI HD] [EI Plus] (LC)
15:45 Nice x Napoli [EI / EI HD] [EI Plus] (LC)
15:45 Sevilla x İstanbul Başakşehir [EI2 / EI2 HD] [EI Plus] (LC)
15:45 Maribor x H. Beer-Sheva [EI Plus] (LC)
15:45 Rijeka x Olympiacos [EI Plus] (LC)

Quarta (23/08)

15:45 Liverpool x Hoffenheim [EI / EI HD] [Band / Band HD] [EI Plus] [Globoesporte.com] (LC)
15:45 FCSB x Sporting [EI2 / EI2 HD] [EI Plus] (LC)
15:45 København x Qarabağ [EI / EI HD] [EI Plus] (LC)
15:45 CSKA Moskva x Young Boys [EI Plus] (LC)
15:45 Slavia Praha x APOEL [EI Plus] (LC)

Quinta (24/08)

13:00 Sorteio LC [EI / EI HD] [EI Plus] [Globoesporte.com]
16:00 Hajduk Split x Everton [ESPNBR / ESPNBRHD] (LE)

Sexta (25/08)

08:00 Sorteio LE [EI BR]

Quem quiser assistir pela internet:

http://www.tvonline.org/
http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://gofirstrow.eu/sport/football.html
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/
http://beba.tv/football

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Seg Ago 21, 2017 10:27 am

Mais jogos nas pré-eliminatórias da Taça dos Campeões/UEFA Champions League*
54: Saša Ilić (Partizan, Galatasaray, Salzburgo)
46: Vitali Rodionov (BATE)
40: Vazha Tarkhnishvili (Sheriff)
39: Mikael Lustig (Rosenborg, Celtic)
37: Dmitri Likhtarovich (BATE)

Mais golos nas pré-eliminatórias da Taça dos Campeões/UEFA Champions League*
15: Mihails Miholaps (Skonto)
14: Marcos Tavares (APOEL, Maribor)
13: Vitali Rodionov (BATE)
12= Cléo (Partizan)
12= Maksim Shatskikh (Dynamo Kyiv)
12= Eran Zahavi (Hapoel Tel-Aviv, Maccabi Tel-Aviv)

Mais jogos nas pré-eliminatórias da Taça dos Campeões/UEFA Champions League*
76: Dinamo Zagreb (CRO)
68: Partizan (SRB)

Por eliminatória

Primeira pré-eliminatória
Mais jogos (jogador): 16 – Mihails Zemļinskis (Skonto)
Mais golos: 13 – Mihails Miholaps (Skonto)
Mais jogos (clube): 16= F91 Dudelange, Pyunik, Sheriff, Skonto, Valletta
Maior vitória: Valletta 8-0 Lusitanos (03/07/12, primeira mão), Dínamo Kiev 8-0 Barry Town (22/07/98, primeira mão), Košice 8-0 Cliftonville (29/07/98, segunda mão), Widzew Łódź 8-0 Neftchi Baku (30/07/97, segunda mão)
Maior vitória no conjunto da eliminatória: Cliftonville 1-13 Košice (1998/99)
Melhor participação de uma equipa que iniciou a sua participação na primeira pré-eliminatória em 2016/17: nenhuma formação passou além da segunda pré-eliminatória

Segunda pré-eliminatória
Mais jogos (jogador): 23 – Saša Ilić (Partizan, Galatasaray, Salzburgo)
Mais golos: 8 = Juraj Halenár (Petržalka, Slovan Bratislava), Vitali Rodionov (BATE), Maciej Żurawski (Wisła, Celtic)
Mais jogos (clube): 30 – Sheriff (MDA)
Maior vitória: HJK 10-0 Bangor (19/07/11, segunda mão)
Maior vitória no conjunto da eliminatória: Bangor City 0-13 HJK (2011/12)
Melhor participação de uma equipa que iniciou a sua participação na segunda pré-eliminatória em 2016/17: Celtic, Dínamo Zagreb, Copenhaga, Legia, Ludogorets (atingiram a fase de grupos)

Terceira pré-eliminatória
Mais jogos (jogador): 22 – Saša Ilić (Partizan, Galatasaray, Salzburgo)
Mais golos: 8 Tavares (APOEL, Maribor)
Mais jogos (clube): 28 – Dínamo Zagreb (CRO)
Maior vitória: Ekranas 0-6 Anderlecht (08/08/12, segunda mão), Monaco 6-0 Gorica (24/08/04, segunda mão)
Maior vitória no conjunto da eliminatória: Anderlecht 11-0 Ekranas (2012/13)
Melhor participação de uma equipa que iniciou a sua participação na terceira pré-eliminatória em 2016/17: Mónaco (atingiu a meia-final)

"Play-off"
Mais presenças (jogador): 11= Scott Brown (Celtic), Mathias Jørgensen (Copenhaga), Mikael Lustig (Rosenborg, Celtic), Nuno Morais (APOEL)
Mais golos: 5 – Sergio Agüero (Atlético, Man. City)
Mais jogos (clube): 13 = Celtic (SCO), Copenhaga (DEN)
Maior vitória: Celtic 5-0 Astana, Steaua Bucureşti 0-5 Manchester City, Mönchengladbach 6-1 Young Boys (24/08/16, segunda mão)
Maior vitória no conjunto da eliminatória: Young Boys 2–9 Mönchengladbach (2016/17)
Melhor participação de uma equipa que iniciou a sua participação no "play-off" em 2016/17: Manchester City, Porto (oitavos-de-final)

*inclui todas as fases de qualificação: preliminar, intermédia e rondas de qualificação, mais a primeira, segunda e terceira pré-eliminatórias e ainda o "play-off"
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2478877.html

Mais jogos nas pré-eliminatória da Taça UEFA/UEFA Europa League*
47: Stefan Ishizaki (AIK, Elfsborg, Vålerenga)
44: Johan Larsson (Elfsborg, Brøndby)
41: Rashad A Sadygov (Neftçi, Qarabağ, Gabala)
39: Vincent Laban (Anorthosis, Astra, AEK Larnaca)
37: Rashad F Sadygov (Neftçi, Kayserispor, Qarabağ)

Mais golos nas pré-eliminatória da Taça UEFA/UEFA Europa League*
15: Omar Er Rafik (Differdange)
13= Teemu Pukki (HJK Helsinki, Brøndby)
13= Robbie Winters (Dundee United, Aberdeen, Brann)

Mais jogos disputados por um clube nas pré-eliminatória da Taça UEFA/UEFA Europa League*
65: Hajduk Split (CRO)
64 Dínamo Minsk (BLR)

Por eliminatória

Primeira pré-eliminatória
Mais presenças (jogador): 18 – Gary Hamilton (Portadown, Glentoran, Glenavon)
Mais golos : 11 – Robbie Winters (Dundee United, Aberdeen, Brann)
Mais jogos (clube): 22 – Birkirkara (MLT)
Maior vitória: Principat (AND) 0-11 Viking (NOR) (26/08/99, second leg)
Maior vitória no conjunto da eliminatória: Viking 18-0 Principat (1999/00)
Melhor participação de uma equipa que iniciou a sua participação na primeira pré-eliminatória em 2016/17: Gabala (atingiu a fase de grupos)

Segunda pré-eliminatória
Mais presenças (jogador): 16 - Stefan Ishizaki (AIK, Elfsborg, Vålerenga)
Mais golos: 9 – Steffen Hofmann (Rapid Viena)
Mais jogos (clube): 22 – Omonia (CYP)
Maior vitória: Floriana (MLT) 0-8 AEK Larnaca (CYP) (14/07/11, primeira mão), Xäzär Länkäran 0-8 Maccabi Haifa (25/07/13, segunda mão)
Maior vitória no conjunto da eliminatória: Baskimi 0-11 Maccabi Petach-Tikva (2005/06)
Melhor participação de uma equipa que iniciou a sua participação na segunda pré-eliminatória em 2016/17: Genk (atingiu os quartos-de-final)

Terceira pré-eliminatória
Mais jogos (jogador): 13 - Stefan Ishizaki (AIK, Elfsborg, Vålerenga), Johan Larsson (Elfsborg, Brøndby)
Mais golos: 7 – Leony Kweuke (Sparta Praga)
Mais jogos (clube): 18 – Hajduk Split (CRO)
Maior vitória: Crvena zvezda 7-0 Ventspils (04/08/11, segunda mão)
Maior vitória no conjunto da eliminatória: Maccabi Netanya 1-10 Galatasaray (2009/10)
Melhor participação de uma equipa que iniciou a sua participação na terceira pré-eliminatória em 2016/17: Gent, Krasnodar (ambos atingiram os oitavos-de-final)

Play-offs
Mais presenças (jogador): 11= Bořek Dočkal (Liberec, Rosenborg, Sparta Praha), Steffen Hofmann (Rapid Wien)
Mais golos: 10 – Marcus Berg (IFK Göteborg, Hamburg, PSV, Panathinaikos)
Mais jogos (clube): 14 – PAOK (GRE)
Maior vitória: PSV (NED)  9-0 Zeta (MNE) (30/08/12, segunda mão)
Maior vitória no conjunto da eliminatória: PSV (NED) 14-0 Zeta (MNE) (2012/13)
Melhor participação de uma equipa que iniciou a sua participação no "play-off" em 2016/17: Anderlecht (atingiu os quartos-de-final – transferido da terceira pré-eliminatória da UCL)

*inclui todas as fases de qualificação: preliminar, intermédia e rondas de qualificação, mais a primeira, segunda e terceira pré-eliminatórias e o "play-off"

Mais presenças por jogador nas pré-eliminatórias das competições de clubes da UEFA*
73: Saša Ilić (Partizan, Galatasaray, Salzburg)
57: Stefan Ishizaki (AIK, Elfsborg, Vålerenga)
57: Costas Charalambides (APOEL, Panathinaikos, AEK Larnaca)
56: Rashad F Sadygov (Neftçi, Kayserispor, Qarabağ)
56: Vitali Rodionov (BATE Borisov)

Mais golos por jogador nas pré-eliminatórias das competições de clubes da UEFA*
21: Marcos Tavares (APOEL, Maribor)
17= Mihails Miholaps (Skonto)
17= Teemu Pukki (HJK Helsinki, Schalke, Celtic, Brøndby)
16: Vīts Rimkus (Skonto, Ventspils, Ekranas)
15= Omar Er Rafik (Differdange)
15= Saša Ilić (Partizan, Galatasaray, Salzburg)

Mais presenças por clube nas pré-eliminatórias das competições de clubes da UEFA*
102: Dinamo Zagreb (CRO)
97: Partizan (SRB)
93: APOEL (CYP)

*inclui as pré-eliminatórias para a UEFA Champions League/Taça dos Campeões, UEFA Europa League/Taça UEFA e Taça dos Clubes Vencedores das Taças
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2478885.html

O Real Madrid seguiu para o Verão no topo do ranking de coeficientes de clubes da UEFA pela quarta temporada consecutiva, enquanto a Espanha continua a dominar o ranking das federações, à entrada para a época 2016/17.
As posições das federações na lista de acesso à UEFA Champions League e UEFA Europa League 2018/19 são determinadas com base no respectivo coeficiente estabelecido no final da temporada de 2016/17, calculado de acordo com o desempenho dos clubes desse país entre as épocas de 2012/13 e 2016/17.
O Real Madrid ultrapassou o Barcelona no topo do ranking, baseado no desempenho nas últimas cinco épocas nas provas de clubes da UEFA, quando conquistou a UEFA Champions League 2013/14. O seu coeficiente era, então, de 161,542; agora é de 176,999, registo que constitui um recorde, com a formação madrilena a deter uma vantagem de 22,100 pontos sobre o clube que surge no segundo lugar, o Bayern Munique.
Com Barcelona e Atlético Madrid a seguirem no terceiro e quarto lugar, respectivamente, a Juventus subiu quatro lugares e é agora quinta classificada, enquanto o Chelsea desceu cinco postos, para o décimo lugar, depois de ter ficado fora das competições europeias na última época. O Sevilha é a única entrada nova no top dez, depois de ter subido seis lugares, ocupando agora o oito posto ao substituir os pontos de uma eliminação no "play-off" da UEFA Europa League em 2011/12 pelos da sua recente campanha até aos oitavos-de-final da UEFA Champions League 2016/17.
Logo a seguir ao Sevilha, no nono lugar, surge a primeira equipa portuguesa no ranking, o Benfica, que contudo perdeu cinco lugares em relação à sua posição no ranking no final de 2015/16. A segunda equipa portuguesa é o Porto, no 13º lugar, com os "dragões" a ascenderem três posições comparativamente à posição ocupada no final da temporada passada. Mais abaixo no ranking, o Braga ultrapassou o Sporting e é agora o terceiro clube português do ranking de clubes da UEFA, no 55º posto, com os "verde-e-brancos" a caírem do 40º para o 57º lugar ao verem desaparecer da sua contabilidade para o ranking a temporada de 2011/12, na qual atingiram as meias-finais da UEFA Europa League.
Quanto a outros clubes, o triunfo do Manchester United na UEFA Europa League permitiu aos "red devils" subirem do 20º para o 15º lugar, merecendo igualmente destaque a subida de 29 lugares do Mónaco, para o 29º posto, de 19 lugares do Beşiktaş (para 43º), de 59 lugares do Rostov (para 87º), de 125 lugares do Hapoel Beer-Sheva (para 150) e de 159 lugares do Dundalk (para 237º). O Leicester City não figurava no ranking antes desta temporada, por não ter estado nas provas europeias nas anteriores cinco temporadas, mas é ocupa agora o 56º lugar.
No que toca ao ranking das federações, A Espanha ultrapassou a Inglaterra no topo em 2012/13 e não mais largou a liderança desde então, somando uma vantagem de mais de 25 pontos sobre a segunda classificada, a Alemanha. A Inglaterra segue no terceiro posto, à frente da Itália, com a França a ocupar agora o quinto lugar, depois de ela e também a Rússia, agora sexta classificada, terem ultrapassado Portugal no ranking.
De acordo com a lista de acesso revista para o reformulação das competições europeias de clubes a partir de 2018, as quatro primeiras federações do ranking vão ter direito, cada uma, a quatro lugares garantidos na fase de grupos da UEFA Champions League, enquanto as federações que ocupem os quinto e sexto lugares garantem duas entradas directas nessa fase de grupos e um lugar na fase de qualificação para o clube que terminar no terceiro lugar da respectiva Liga.
PARA REFERÊNCIA: a lista de acesso a ser utilizada para alocar as equipas para as competições europeias de clubes de 2017/18 tem por base a posição do respectivo país no ranking de coeficientes de clubes das federações da UEFA no final da época de 2015/16 (que considera o desempenho nas temporadas de 2011/12, 2012/13, 2013/14, 2014/15 e 2015/16). O ranking com os resultados de 2016/17 será utilizado para alocar os clubes em 2018/19.
Os cabeças-de-série para as competições de selecções nacionais da UEFA são ditados pelo Ranking de Coeficientes de Selecções Nacionais da UEFA: a actualização mais recente data de 26 de Março e será usada de seguida para determinar os cabeças-de-série para o sorteio da fase de qualificação do UEFA EURO 2020 e as divisões da edição inaugural da UEFA Nations League.
Ranking de coeficientes de clubes da UEFA: líderes no final das últimas dez temporadas

Temporada: Clube líder/Federação líder
2016/17: Real Madrid/Espanha
2015/16: Real Madrid/Espanha
2014/15: Real Madrid/Espanha
2013/14: Real Madrid/Espanha
2012/13: Barcelona/Espanha
2011/12: Barcelona/Inglaterra
2010/11: Manchester United/Inglaterra
2009/10: Barcelona/Inglaterra
2008/09: Barcelona/Inglaterra
2007/08: Chelsea/Inglaterra
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2476713.html

Transferências nas equipas da fase de grupos da Champions League

Anderlecht (BEL)
Entradas: Matz Sels (Newcastle United, empréstimo), Pieter Gerkens (Sint-Truiden), Sven Kums (Watford), Uroš Spajić (Toulouse, transferência a título definitivo), Henry Onyekuru (Everton, empréstimo)
Saídas: Aaron Leya Iseka (Zulte Waregem, empréstimo), Michaël Heylen (Zulte Waregem), Stéphane Badji (Kayserispor, empréstimo), Youri Tielemans (Mónaco), Sebastian De Maio (Bolonha), Andy Kawaya (Mechelen), Frank Acheampong (Tianjin Teda, empréstimo), Bram Nuytinck (Udinese)

Atlético (ESP)
Entradas: Nenhuma
Saídas: Tiago (fim de contrato), Óliver Torres (Porto, transferência a título definitivo), Alessio Cerci (fim de contrato), Theo Hernández (Real Madrid), Rafael Santos Borré (River Plate), Matías Kranevitter (Zenit)

Barcelona (ESP)
Entradas: Marlon (Fluminense, transferência a título definitivo), Gerard Deulofeu (Everton), Nélson Semedo (Benfica), Paulinho (Guangzhou Evergrande)
Saídas: Jordi Mboula (Mónaco), Christian Tello (Real Betis), Jérémy Mathieu (Sporting), Neymar (Paris)

Basileia (SUI)
Entradas: Ricky van Wolfswinkel (Vitesse)
Saídas: Jean-Paul Boëtius (Feyenoord), Daniel Høegh (Heerenveen), Marc Janko (Sparta Praga), Nicolas Hunziker (Thun), Robin Huser (Winterthur, empréstimo), Matías Delgado (retirado)

Bayern (GER)
Entradas: Corentin Tolisso (Lyon), Kingsley Coman (Juventus, transferência a título definitivo), Niklas Süle (Hoffenheim), Serge Gnabry (Werder Bremen), Sebastian Rudy (Hoffenheim), James Rodríguez (Real Madrid, por empréstimo)
Saídas: Holger Badstuber (Estugarda), Medhi Benatia (Juventus, transferência a título definitivo), Philipp Lahm (fim de carreira), Tom Starke (fim de carreira), Xabi Alonso (fim de carreira), Douglas Costa ( Juventus, por empréstimo), Gianluca Gaudino (Chievo), Serge Gnabry (Hoffenheim, empréstimo)

Benfica (POR)
Entradas: Haris Seferović (Eintracht Frankfurt), Filip Krovinović (Rio Ave), Martin Chrien (Viktoria Plzen), Chris Willock (Arsenal), Cristián Arango (Millonarios), Bruno Varela (Vitória Setúbal)
Saídas: Ederson (Manchester City), Victor Lindelöf (Manchester United), Marçal (Lyon), Daniel Candeias (Rangers), Luka Jović (Eintracht Frankfurt), Nélson Semedo (Barcelona), Guillermo Celis (Vitória Guimarães, transferência definitiva), Jhon Murillo (Kasımpaşa, empréstimo)

Beşiktaş (TUR)
Entradas: Caner Erkin (Inter, transferência a título definitivo), Pepe (Real Madrid), Orkan Çınar (Gaziantepspor), Álvaro Negredo (Valência), Jeremain Lens (Sunderland, empréstimo), Utku Yuvakuran (Beylerbeyispor, ltransferência a título definitivo)
Saídas: Gökhan Inler (İstanbul Başakşehir), Marcelo (Lyon), Rhodolfo (Flamengo), Ömer Şişmanoğlu (Göztepe), Oğuzhan Aydoğan (Karlsruhe, empréstimo)

Borussia Dortmund (GER)
Entradas: Mahmoud Dahoud (Borussia Mönchengladbach), Maximilian Philipp (Friburgo), Ömer Toprak (Bayer Leverkusen), Dan-Axel Zagadou (Paris Saint-Germain)
Saídas: Adrián Ramos (Dangdai), Pascal Stenzel (Friburgo), Mikel Merino (Newcastle, empréstimo), Dženis Burnić (Estugarda, empréstimo), Sven Bender (Leverkusen)

Chelsea (ENG)
Entradas: Willy Caballero (Manchester City), Antonio Rüdiger (Roma), Tiemoué Bakayoko (Mónaco,  Álvaro Morata (Real Madrid)
Saídas: Asmir Begović (Bournemouth), Christian Atsu (Newcastle United), Dominic Solanke (Liverpool), Juan Cuadrado (Juventus, transferência a título definitivo), Bertrand Traoré (Lyon), Nathan Ake (Bournemouth), Tammy Abraham (Swansea City, empréstimo), Ola Aina (Hull, empréstimo), Ruben Loftus-Cheek (Crystal Palace, empréstimo), Nathaniel Chalobah (Watford), Marco van Ginkel (PSV Eindhoven, empréstimo), Lucas Piazon (Fulham, empréstimo), Kurt Zouma (Stoke, empréstimo), Nemanja Matić (Manchester United), Mario Pašalić (Spartak Moskva, empréstimo)

Feyenoord (NED)
Entradas: Jean-Paul Boëtius (Basileia), Sofyan Amrabat (Utrecht), Jeremiah St. Juste (Heerenveen), Kevin Diks (Fiorentina, empréstimo), Ridgeciano Haps (AZ)
Saídas: Warner Hahn (Heerenveen), Dirk Kuyt (fim de carreira), Eljero Elia (İstanbul Başakşehir), Pär Hansson (Helsingborg), Rick Karsdorp (Roma), Charlie Colkett (Vitesse, empréstimo), Simon Gustafson (Roda, empréstimo), Terence Kongolo (Mónaco), Marko Vejinovic (AZ, empréstimo)

Juventus (ITA)
Entradas: Rodrigo Bentancur (Boca Juniors), Medhi Benatia (Bayern, transferência a título definitivo), Juan Cuadrado (Chelsea, transferência a título definitivo), Douglas Costa (Bayern, por empréstimo), Wojciech Szczęsny (Arsenal), Mattia De Sciglio (AC Milan), Federico Bernardeschi (Fiorentina), Blaise Matuidi (Paris)
Saídas: Paolo De Ceglie (fim de contrato), Kingsley Coman (Bayern, transferência a título definitivo), Simone Zaza (Valência, transferência a título definitivo), Dani Alves (fim de contrato), Federico Mattiello (Spal, empréstimo), Neto (Valência), Emil Audero (Veneza, empréstimo), Riccardo Orsolini (Atalanta, empréstimo), Leonardo Bonucci (Milan), Nicola Leali (Zulte Waregem, empréstimo), Filippo Romagna (Cagliari), Rolando Mandragora (Crotone, empréstimo), Mario Lemina (Southampton), Tomás Rincón (Torino, empréstimo)

Manchester City (ENG)
Entradas: Bernardo Silva (Mónaco), Ederson (Benfica), Kyle Walker (Tottenham), Douglas Luiz (Vasco da Gama), Danilo (Real Madrid), Benjamin Mendy (Mónaco)
Saídas: Bacary Sagna (fim de contrato), Enes Ünal (Villarreal), Gaël Clichy (fim de contrato), Jesús Navas (fim de contrato), Pablo Zabaleta (West Ham United), Willy Caballero (Chelsea), Nolito (Sevilha), Joe Hart (West Ham United, empréstimo), Bersant Celina (Ipswich, empréstimo), Aleksandar Kolarov (Roma)

Manchester United (ENG)
Entradas: Victor Lindelöf (Benfica), Romelu Lukaku (Everton), Nemanja Matić (Chelsea)
Saídas: Josh Harrop (Preston North End), Wayne Rooney (Everton), Adnan Januzaj (Real Sociedad), Timothy Fosu-Mensah (Crystal Palace, empréstimo)

Mónaco (FRA)
Entradas: Diego Benaglio (Wolfsburgo), Jordi Mboula (Barcelona), Jordy Gaspar (Lyon), Soualiho Meïté (LOSC), Youri Tielemans (Anderlecht), Terence Kongolo (Feyenoord), Álvaro Fernández Llorente (Osasuna), Adama Diakhaby (Rennes), Rachid Ghezzal (Monaco, livre)
Saídas: Bernardo Silva (Manchester City), Valère Germain (Marselha), Brighton Labeau (Amiens), Nabil Dirar (Fenerbahçe), Paul Nardi (Cercle Brugge, empréstimo), Corentin Jean (Toulouse), Kouadio-Yves Dabila (Lille), Tristan Muyumba Nkita (Cercle Brugge, empréstimo), Jonathan Mexique (Cercle Brugge, empréstimo), Chano Boukholda (Lille), Guévin Tormin (Cercle Brugge, empréstimo), Abdou Diallo (Mainz), Tiemoué Bakayoko (Chelsea), Elderson Echiéjilé (Sivasspor), Jordy Gaspar (Cercle Brugge, empréstimo), Irvin Cardona (Cercle Brugge, empréstimo), Benjamin Mendy (Manchester City), Allan Saint-Maximin (Nice), Gil Dias (Fiorentina, empréstimo), Youssef Aït Bennasser (Caen, empréstimo)

Paris (FRA)
Entradas: Yuri Berchiche (Real Sociedad), Dani Alves (jogador livre), Neymar (Barcelona)
Saídas: Maxwell (fim de contrato), Dan-Axel Zagadou (Dortmund), Félix Eboa Eboa (Guingamp), Salvatore Sirigu (Torino), Jean-Kévin Augustin (Leipzig), Youssouf Sabaly (Bordéus), Jonathan Ikoné (Montpellier, empréstimo), Fodé Ballo-Touré (Lille), Wilfried Kanga (Angers), Boubakary Soumaré (Lille), Gaëtan Robail (Cercle Brugge, empréstimo), Jesé Rodriguez (Paris to Stoke, empréstimo), Jean-Christophe Bahebeck (Utrecht, empréstimo), Blaise Matuidi (Juventus)

Porto (POR)
Entradas: Óliver Torres (Atlético, transferência a título definitivo), Vaná Alves (Feirense)
Saídas: Laurent Depoitre (Huddersfield Town), André Silva (AC Milan), Andrés Fernández (Villarreal, transferência a título definitivo), Rúben Neves (Wolverhampton Wanderers), Willy Boly (Wolverhampton Wanderers, empréstimo),

Leipzig (GER)
Entradas: Bruma (Galatasaray), Ibrahima Konaté (Sochaux), Philipp Köhn (Estugarda), Yvon Mvogo (Young Boys), Konrad Laimer (Salzburgo), Jean-Kévin Augustin (Paris Saint-Germain)
Saídas: Davie Selke (Hertha Berlim), Rani Khedira (Augsburgo), Agyemang Diawusie (Wiesbaden, empréstimo), Nils Quaschner (Bielefeld), Marius Müller (Kaiserslautern, empréstimo), Anthony Jung (Brøndby, empréstimo), Zsolt Kalmár (Dunajská Streda, empréstimo), Atınç Nukan (Beşiktaş, empréstimo), Massimo Bruno (Anderlecht, empréstimo), Felix Beiersdorf (Wiener Neustadt, empréstimo)

Real Madrid (ESP)
Entradas: Theo Hernández (Atlético), Dani Ceballos (Bétis)
Saídas: Pepe (Beşiktaş), Mariano (Lyon), Fábio Coentrão (Sporting, empréstimo), James Rodríguez (Bayern, empréstimo), Álvaro Morata (Chelsea), Danilo (Manchester City), Rubén Yañez (Getafe)

Roma (ITA)
Entradas: Héctor Moreno (PSV Eindhoven), Lorenzo Pellegrini (Sassuolo), Maxime Gonalons (Lyon), Cengiz Ünder (İstanbul Başakşehir), Grégoire Defrel (Sassuolo), Aleksandar Kolarov (Manchester City)
Saídas: Mohamed Salah (Liverpool), Francesco Totti (fim de carreira), Seydou Doumbia (Sporting, empréstimo), Federico Ricci (Sassuolo), Leandro Paredes (Zenit), Antonio Rüdiger (Chelsea), Ervin Zukanović (Génova), Mário Rui (Nápoles, empréstimo), Umar Sadiq (Torino, empréstimo)

Shakhtar (UKR)
Entradas: Davit Khocholava (Chornomorets Odesa)
Saídas: Anton Kanibolotskiy (fim de contrato), Olexandr Kucher (fim de contrato), Vasyl Kobin (fim de contrato), Andriy Boryachuk (Mariupol, empréstimo), Ruslan Malinovskiy (Genk, transferência a título definitivo), Oleg Danchenko (Anzhi, empréstimo)

Spartak Moscovo (RUS)
Entradas: Georgi Tigiev (Anzhi, transferência a título definitivo), Marko Petković (Estrela Vermelha)
Saídas: Sergei Pesyakov (Rostov), Evgeni Makeev (Rostov), George Melkadze (Tosno, empréstimo), Aleksandr Zuev (Rostov, empréstimo), Denis Kutin (Tosno, empréstimo)

Tottenham (ENG)
Entradas: Nenhuma
Saídas: Nabil Bentaleb (Schalke, transferência a título definitivo), Kyle Walker (Man. City), Federico Fazio (Roma), Clinton N'Jie (Marselha), Josh Onomah (Aston Villa, empréstimo).
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2482033.html

Transferências nas equipas da fase de grupos da Europa League

Arsenal (ENG)
Entradas: Sead Kolašinac (Schalke), Alexandre Lacazette (Lyon)
Saídas: Takuma Asano (Estugarda, empréstimo), Chris Willock (Benfica), Gabriel Paulista (Valência)

Atalanta (ITA)
Entradas: Etrit Berisha (Lázio, contratado em definitivo após empréstimo), Andreas Cornelius (Copenhaga), Robin Gosens (Heracles Almelo), Nicolas Haas (Lucerna), José Luis Palomino (Ludogorets), Fabio Eguelfi (Inter), Luca Vido (AC Milan), Josip Iličič (Fiorentina), Timothy Castagne (Genk), João Schmidt (São Paulo), Riccardo Orsolini (Juventus, empréstimo)
Saídas: Giulio Migliaccio (dispensado), Cristian Raimondi (dispensado), Franck Kessié (AC Milan), Prince-Désir Gouano (Amiens), Andrea Conti (AC Milan)

Vitória SC (POR)
Entradas: Estupiñán (Once Caldas), Francisco Ramos (FC Porto), Ruben Oliveira (Feirense), Sebastian Rincón (CA Tigre), Guillermo Celis (Benfica), Paolo Hurtado (Reading, transferência a título definitivo), Jubal (FC Arouca)
Saídas: Bruno Gaspar (Fiorentina)

Hertha (GER)
Entradas: Davie Selke (Leipzig), Mathew Leckie (Ingolstadt), Karim Rekik (Marselha), Jonathan Klinsmann (Berkeley), Valentino Lazaro (Salzburgo, empréstimo)
Saídas: John Brooks (Wolfsburgo), Florian Kohls (Würzburg), Alexander Baumjohann (dispensado), Sami Allagui (St. Pauli), Nils Körber (Münster, por empréstimo), Allan (Liverpool, fim do empréstimo)

Colónia (GER)
Entradas: Jannes Horn (Wolfsburg), Jhon Cordoba (Mainz), João Queirós (Braga), Jorge Meré (Sporting Gijón), Tim Handwerker (Bayer Leverkusen)
Saídas: Marcel Hartel (Union Berlin), Neven Subotić (Dortmund, fim do empréstimo), Anthony Modeste (Tianjin Quanjian)

Konyaspor (TUR)
Entradas: Mehdi Bourabia (Levski Sófia), Abdou Razack Traoré (Karabükspor), Seddar Karaman (Konya Anadolu Selçukspor), Imoh Ezekiel (Al-Arabi), Wilfred Moke (Steaua), Eren Albayrak (İstanbul Başakşehir), Ferhat Öztorun (İstanbul Başakşehir), Musa Araz (Lausanne), Patrick Carlgren (Nordsjælland), Savaş Polat (Fenerbahçe), Kadir Kaan Özdemir (Fenerbahçe), Patrick Friday Eze (Fujairah), Malick Evouna (Tianjin Teda, empréstimo), Petar Filipovic (Austria Viena)
Saídas: Alban Meha (dispensado), Dimitar Rangelov (Ümraniyespor), Marc Kibong Mbamba (Ankaragücü), Kaya Tarakcı (BB Erzurumspor), Mehmet Uslu (dispensado), Barry Douglas (Wolverhampton), Jagoš Vuković (Olympiacos), Recep Aydın (Giresunspor, loan), Emre Can Atila (Konya Anadolu Selçukspor, loan), Ali Dere (Yeni Malatyaspor), Abdülkerim Bardakcı (Samsunspor, loan), Mücahit Can Akçay (Konya Anadolu Selçukspor, loan), Can Demir Aktav (Adana Demirspor, loan), Sertan Yegenoglu (Konya Anadolu Selçukspor, empréstimo), Riad Bajić (Udinese), Ioan Hora (dispensado)

Lázio (ITA)
Entradas: Adam Marušić (Oostende), Lucas Leiva (Liverpool), Davide Di Gennaro (jogador livre), Felipe Caicedo (Espanhol)
Saídas: Etrit Berisha (Atalanta, contratado em definitivo após empréstimo), Lucas Biglia (Milan)

Lokomotiv Moscovo (RUS)
Entradas: Nikita Medvedev (Rostov), Solomon Kverkvelia (Rubin Kazan), Arshak Koryan (jogador livre, Lokomotiv Moskva), Maciej Rybus (Lyon)
Saídas: Maicon (dispensado), Renat Yanbaev (dispensado), Ilya Abaev (dispensado), Dmitri Loskov (dispensado), Petar Škuletić (dispensado), Igor Portnyagin (Ural, por empréstimo), Ezekiel Henty (Videoton)

Lugano (SUI)
Entradas: Luca Crescenzi (Pisa), Radomir Milosavljević (Mladost Lučani), David Da Costa (Novara Calcio), Dominik Kovačić (NK Zagreb), Cristian Andreoni (Reggiana), Younes Bnou Marzouk (Juventus, por empréstimo), Simone Belometti (Chiasso, fim do empréstimo)
Saídas: Ofir Mizrahi (Maccabi Haifa), Aleandro Prati (Chiasso), Antoine Rey (Chiasso), Orlando Urbano (dispensado), Andrés Ponce (Sampdória, fim do empréstimo), Pepín (Roma, fim do empréstimo), Bálint Vécsei (Bolonha, fim do empréstimo), Armando Sadiku (Zurique, fim do empréstimo), Mirko Salvi (Basileia, fim do empréstimo), Lorenzo Rosseti (Juventus, fim do empréstimo), Eray Cümart (Basel, fim do empréstimo), Mario Piccinocchi (Vicenza Calcio, fim do empréstimo)

Lyon (FRA)
Entradas: Marçal (Benfica), Bertrand Traoré (Chelsea), Ferland Mendy (Le Havre), Mariano (Real Madrid), Kenny Tete (Ajax), Marcelo (Beşiktaş)
Saídas: Corentin Tolisso (Bayern München), Mathieu Valbuena (Fenerbahçe), Jordy Gaspar (Mónaco), Gaëtan Perrin (Orléans, por empréstimo), Maxime D'Arpino (Orléans, por empréstimo), Maxime Gonalons (Roma), Alexandre Lacazette (Arsenal), Jean-Philippe Mateta (Le Havre, empréstimo), Olivier Kemen (Ajaccio, empréstimo), Maciej Rybus (Lokomotiv Moscovo), Christophe Jallet (Nice), Aldo Kalulu (Sochaux, empréstimo), Rachid Ghezzal (fim de contrato)

Real Sociedad (ESP)
Entradas: Diego Llorente (Real Madrid), Adnan Januzaj (Manchester United)
Saídas: Héctor (Alavés)

Villarreal (ESP)
Entradas: Enes Ünal (Manchester City), Andrés Fernández (Porto, contratado em definitivo após empréstimo), Rubén Semedo (Sporting CP), Carlos Bacca (AC Milan)
Saídas: Adrián López (Porto), José Ángel (Porto), Santos Borré (Atlético Madrid), Jonathan dos Santos (LA Galaxy), Roberto Soldado (Fenerbahçe)

Vitesse (NED)
Entradas: Fankaty Dabo (Chelsea, por empréstimo), Thomas Bruns (Heracles Almelo), Thulani Serero (Ajax), Bryan Linssen (Groningen), Tim Matavž (Augsburgo), Charlie Colkett (Chelsea, empréstimo)
Saídas: Adnane Tighadouini (Málaga, fim do empréstimo), Kevin Diks (Fiorentina, fim do empréstimo), Lewis Baker (Chelsea, fim do empréstimo), Marvelous Nakamba (Club Brugge), Matthew Miazga (Chelsea, fim do empréstimo), Mukhtar Ali (Chelsea, fim do empréstimo), Nathan (Chelsea, fim do empréstimo), Ricky van Wolfswinkel (Basileia), Valeri Qazaishvili (San José Earthquakes)

Zlín (CZE)
Entradas: Adnan Džafić (Táborsko), Pablo Podio (Podbrezová), Lukáš Bartošák (Liberec), Lukáš Železník (Mladá Boleslav), Petr Jiráček (Jablonec), Moses Ubong Ekpai (Maccabi Haifa), Daniel Holzer (Sparta Praga, empréstimo)
Saídas: Jakub Jugas (Slavia Praha), Vukadin Vukadinović (Sparta Praha), Diego Živulić (Viktoria Plzeň)

Zorya Luhansk (UKR)
Entradas: Leonidas (Hong Kong Pegasus), Silas (SC Internacional), Vladislav Kabayev (Chornomorets Odesa), Maksym Lunov (Dnipro), Oleksandr Svatok (Dnipro), Yevgen Cheberko (Dnipro), Vladyslav Kochergin (Dnipro), Vasyl Priyma (Frosinone)
Saídas: Dennis Bonaventure (Club Brugge), Grigoriy Yarmash (retirado), Vladyslav Kulach (Shakhtar Donetsk, fim do empréstimo), Ivan Petriak (FCShakhtar Donetsk, fim do empréstimo), Eduard Sobol (Shakhtar Donetsk, fim do empréstimo), Ihor Chaykovskiy (Anji), Jaba Lipartia (dispensado)

Zulte Waregem (BEL)
Entradas: Sandy Walsh (Genk), Ben Reichert (Hapoel Telavive), Nill De Pauw (Guingamp), Gertjan De Mets (Kortrijk), Michaël Heylen (Anderlecht), Aaron Leya Iseka (Anderlecht, por empréstimo), Peter Olayinka (Gent, por empréstimo)
Saídas: Henrik Dalsgaard (Brentford), Karim Essikal (Beerschot Wilrijk), Charni Ekangamene (Beerschot Wilrijk), Christophe Lepoint (Kortrijk), Bryan Verboom (Kortrijk, por empréstimo), Lukas Lerager (Bordéus), Soualiho Meïté (Mónaco), Jakob Ankersen (Aarhus).
http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2482814.html

• Mais troféus: EURO, SUB-21, SUB-19, SUB-17

Espanha (3, 4, 8, 9) = 24
Alemanha (3, 2, 4, 3) = 12
França (2, 1, 7, 2) = 12
Portugal (1, 0, 2, 6) = 9
Itália (1, 5, 1, 1) = 8
Rússia (1, 2, 2, 3) = 8
Inglaterra (0, 2, 2, 2) = 6
Países Baixos (1, 2, 0, 2) = 5
Tchéquia (1, 1, 0, 1) = 3
Turquia (0, 0, 1, 2) = 3
Sérvia (0, 1, 1, 0) = 2
Polônia (0, 0, 1, 1) = 2
Irlanda (0, 0, 1, 1) = 2
Dinamarca (1, 0, 0, 0) = 1
Grécia (1, 0, 0, 0) = 1
Suécia (0, 1, 0, 0) = 1
Hungria (0, 0, 1, 0) = 1
Escócia (0, 0, 1, 0) = 1
Ucrânia (0, 0, 1, 0) = 1
Suíça (0, 0, 0, 1) = 1
http://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=2494634.html#quais+paises+mais+titulos+seleccoes+provas+uefa

Uruguai e Argentina oficializarão a candidatura conjunta dos dois países à Copa de 2030 no próximo dia 30, véspera do duelo entre as duas seleções pelas eliminatórias sul-americanas para o Mundial da Rússia.
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/cobertura.html

O Grupo Globo fechou com a Uefa os direitos exclusivos de transmissão para o Brasil da Euro-2020 para TV aberta, TV fechada e internet. Segundo o UOL Esporte, por Eduardo Ohata, já foi decidido que as partidas serão exibidas nas três plataformas.
Todos os jogos serão exibidos ao vivo pelo SporTV, enquanto algumas partidas serão transmitidas pela Globo, na TV aberta, e também pela plataforma digital do grupo. A Globo mantém contrato com a Uefa desde 2012, e no cabo a parceria vem desde 1992.
A competição acontecerá entre os meses de junho e julho de 2020 e será disputada por 24 equipes nacionais.
Pela primeira vez, uma edição da Eurocopa será organizada em 13 países, com as semifinais e finais em Wembley, na Inglaterra.
http://www.esporteemidia.com/2017/08/globo-e-sportv-vao-mostrar-euro2020.html

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Ter Ago 22, 2017 9:00 am

O médio Samir Nasri deixou oficialmente o Manchester City para se juntar aos turcos do Antalyaspor.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203448

O Birmingham, de Inglaterra, anunciou esta segunda-feira no site oficial, o empréstimo de Carl Jenkinson e Cohen Bramall.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203446

Sam Larsson, extremo esquerdo de 24 anos, assinou por quatro temporadas pelo Feyenoord, da Holanda, anunciou o clube no site oficial.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203462

O Valência oficializou, segunda-feira, a contratação do médio francês de 25 anos, Geoffrey Kondogbia, que chega ao clube espanhol por empréstimo do Inter de Milão válido por uma época, ficando o Valência com uma opção de compra, segundo se pode ler no site oficial do clube.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203463

Chris Wood, avançado de 25 anos, assinou pelo Burnley até 2021, anunciou o clube inglês esta segunda-feira no site oficial.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203460

O Empoli anunciou esta segunda-feira a contratação, em definitivo, de Ismaël Bennacer, médio de 19 anos que se encontrava ligado ao Arsenal, até junho de 2021.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203461

Anil Murthy, presidente do Valência, confirmou, ao portal valenciano Plaza Deportiva, a contratação do internacional português Gonçalo Guedes, que milita no Paris Saint-Germain.
Sem espaço no plantel parisiense face à enorme concorrência para o ataque, o ex-benfiquista irá mudar-se por uma temporada para o Mestalla, onde jogará a título de empréstimo.
http://abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/688431

Marcel Tisserand é oficialmente o novo reforço do Wolfsburgo para a nova temporada, anunciou esta terça-feira o emblema alemão.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203520

O atacante brasileiro Jonathas assinou um contrato de três temporadas com o Hannover.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203551

João Cancelo é oficialmente o novo reforço do Inter de Milão para a nova temporada.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=203550

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qua Ago 23, 2017 8:21 am

Em decisão surpreendente, Rooney anuncia aposentadoria da seleção inglesa. Atacante de 31 anos foi convocado pelo treinador Gareth Southgate para os jogos contra Malta e Eslováquia, mas decide não aceitar a chamada e fez comunicado confirmando a decisão.
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/em-decisao-surpreendente-rooney-anuncia-aposentadoria-da-selecao-inglesa.ghtml

Os 12 golos marcados no embate entre Celtic e Astana passam a ser novo recorde num "play-off" da UEFA Champions League.
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2494928.html

Recurso de CR7 é negado, e jogador declara: "Injustiças não me derrubarão". Real Madrid recorre ao Tribunal Administrativo do Esporte, principal instância esportiva na Espanha, mas craque terá que cumprir mais três jogos de sua suspensão.
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/recurso-de-cr7-e-negado-e-jogador-declara-injusticas-nao-me-derrubarao.ghtml

O Barcelona publicou em sua conta oficial no Twitter nota oficial na qual aponta que enviou para a Real Federação Espanhola de Futebol uma ação contra Neymar. O clube reivindica o valor de € 8,5 milhões (R$ 31,20 milhões) que o brasileiro recebeu pela renovação de contrato, alegando que o mesmo não cumpriu os termos acordados. Além de cobrar mais 10% sobre esse valor.
No documento, o clube catalão informa também que o Paris Saint-Germain, clube que pagou € 222 milhões (R$ 814 milhões) para contratar Neymar, assume o pagamento desse valor caso o jogador não possa pagar. O Barcelona informa que está defendendo seus interesses após uma decisão unilateral do jogador ao anunciar que não jogaria mais no clube, que levou em consideração a renovação de contrato assinado pelas partes até 2021.
Por sua vez, Neymar acionou a Câmara de Resolução de Disputas da Fifa para cobrar € 26 milhões (cerca de R$ 96 milhões) do Barcelona. O valor é relativo a um bônus pela renovação de contrato com os catalães, assinada em 2016, e que deveria ter sido pago no início de agosto, pouco antes de a ida do atleta à França se concretizar.
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/barcelona-entra-com-acao-contra-neymar-e-reivindica-valor-por-renovacao.ghtml

O atacante Neymar, do PSG, acionou a Câmara de Resolução de Disputas da Fifa para cobrar € 26 milhões (cerca de R$ 96 milhões) do Barcelona, seu ex-clube. O valor é relativo a um bônus pela renovação de contrato com os catalães, assinada em 2016, e que deveria ter sido pago no início de agosto, pouco antes da ida do atleta à França.
Os espanhóis, entretanto, decidiram depositar o montante em juízo pois, na data prevista para o pagamento, Neymar já negociava sua transferência ao PSG. O Barcelona entende que não deve pagar o total, mas sim uma parcela proporcional pelo um ano que o jogador esteve no Camp Nou após a assinatura do novo contrato.
http://globoesporte.globo.com/blogs/bastidores-fc/post/neymar-aciona-fifa-cobrando-r-96-milhoes-do-barcelona.ghtml

O Barcelona divulgou nesta terça-feira um comunicado para avisar que quer que Neymar devolva dinheiro de luvas, pague multa de R$ 31 milhões e ainda juros, e a resposta do Paris Saint-Germain não tardou. No mesmo dia, o clube francês divulgou nota oficial para responder aos catalães e mostrou-se surpreso com o ocorrido.
"O PSG lembra que, assim como Neymar Jr, respeitou estritamente todas as leis e regras aplicáveis e só pode lamentar, mais uma vez, a atitude do FC Barcelona", disseram os parisienses.
Veja a nota do PSG na íntegra:
O Paris Saint-Germain ficou surpreso ao saber do comunicado de imprensa divulgado hoje pelo FC Barcelona, anunciando a introdução de um processo judicial na Espanha contra o seu ex-jogador Neymar Jr, indicando uma remuneração pelo atleta dos montantes assim exigidos por seu ex-clube, e que o Paris Saint-Germain deve assumir conjuntamente o pagamento.
O PSG lembra que, assim como Neymar Jr, respeitou estritamente todas as leis e regras aplicáveis e só pode lamentar, mais uma vez, a atitude do FC Barcelona.
http://espn.uol.com.br/noticia/720967_surpreso-com-cobranca-do-barca-psg-diz-que-respeitou-as-leis-e-lamenta-mais-uma-vez-atitude-do-clube-catalao

Se no Brasil o debate sobre uso de tecnologia no futebol é constante, nas principais ligas da Europa, ele só acontece na Espanha. O campeonato do país é o único que, assim como a Série A, não conta nem com o auxílio de vídeo ao árbitro ou o mecanismo implantado na linha do gol.
Os motivos que afastam o Espanhol das tecnologias já aplicadas na Alemanha, França, Itália e Inglaterra vão, segundo ao jornal “El País”, de problemas financeiros até políticos.
Em relação ao dinheiro, o impasse é semelhante ao que impede a CBF de adotar a tecnologia: é que o HawkEye, modelo homologado pela Fifa, tem custo elevado, de 5 milhões de euros (R$ 18,5 milhões), valor que LaLiga se nega a pagar à entidade máxima do futebol.
Uma briga nos bastidores, por outro lado, impede a adoção do auxílio de vídeo, o chamado VAR, que está sendo testado nesta temporada na Alemanha, Itália, França, Portugal e Holanda – a Premier League, na Inglaterra, aplica a tecnologia apenas com o HawkEye até agora.
A Liga, que ao contrário do Brasil é independente da federação na organização do campeonato, afirma que pediu à Federação Espanhola a implantação do auxílio de vídeo, mas nunca teve resposta. Segundo a entidade, sem a aprovação do órgão não é possível a adoção da novidade.
Além disso, caberia à Federação aplicar treinamentos aos árbitros para a utilização da tecnologia.
http://espn.uol.com.br/noticia/720856_economia-e-brigas-por-que-espanha-tem-a-unica-grande-liga-da-europa-que-nao-usa-tecnologia

Wayne Rooney fez história nesta segunda-feira (21). Ao abrir o placar para o Everton, no empate por 1 a 1 com o Manchester City, o atacante alcançou a marca de 200 gols na Premier League inglesa. Apenas Alan Shearer, craque que brilhou com as camisas de Blackburn e Newcastle, estufou mais vezes as redes no Campeonato Inglês (260).
http://www.goal.com/br/news/3597/inglaterra/2017/08/21/37971792/rooney-faz-hist%C3%B3ria-chega-a-200-gols-na-premier-league-mas

http://www.dn.pt/desporto/interior/receita-do-vencedor-da-liga-dos-campeoes-201718-por-chegar-aos-572-me---uefa-8708500.html

Nesta altura, é este o cenário da Champions:

Pote 1
Real Madrid (Esp.)
Bayern (Ale.)
Chelsea (Ing.)
Juventus (Itá.)
Benfica (Por.)
Monaco (Fra.)
Spartak Moscovo (Rús.)
Shakhtar Donetsk (Ucr.)

Pote 2
Barcelona (Esp.)
At. Madrid (Esp.)
Paris SG (Fra.)
B. Dortmund (Ale.)
Sevilha (Esp.)
Manchester City (Ing.)
FC Porto (Por.)
Manchester United (Ing.)

Pote 3
Nápoles (Itá.)
Tottenham (Ing.)
Basileia (Suí.)
Olympiacos (Gré.)
Anderlecht (Bél.)
Roma (Itá.)
Besiktas (Tur.)
(+ uma equipa)

Pote 4
Celtic (Esc.)*
Feyenoord (Hol.)
Maribor (Esln.)
Leipzig (Ale.)
(+ 4 equipas)

*sobe ao pote 3 se o Liverpool for eliminado pelo Hoffenheim
http://www.record.pt/internacional/competicoes-de-clubes/liga-dos-campeoes/detalhe/champions-como-ficou-a-fase-de-grupos-pote-a-pote.html

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qua Ago 23, 2017 5:40 pm

Resultados finais LC:

Astana 4x3 Celtic (O Celtic avançou, e o Astana foi pra LE).
Maribor 1x0 H. Beer-Sheva (O Maribor avançou, e o H. Beer-Sheva foi pra LE).
Rijeka 0x1 Olympiacos (O Olympiacos avançou, e o Rijeka foi pra LE).
Nice 0x2 Napoli (O Napoli avançou, e o Nice foi pra LE).
Sevilla 2x2 İstanbul Başakşehir (O Sevilla avançou, e o İstanbul Başakşehir foi pra LE).
Slavia Praha 0x0 APOEL (O APOEL avançou, e o Slavia Praha foi pra LE).
København 2x1 Qarabağ (O Qarabağ avançou, e o København foi pra LE).
FCSB 1x5 Sporting (O Sporting avançou, e o FCSB foi pra LE).
Liverpool 4x2 Hoffenheim (O Liverpool avançou, e o Hoffenheim foi pra LE).
CSKA Moskva 2x0 Young Boys (O CSKA Moskva avançou, e o Young Boys foi pra LE).

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qua Ago 23, 2017 5:46 pm

O sorteio para a fase de grupos da LC tem 32 equipes, essas equipes são divididas em 4 potes. Serão formados 8 grupos, tendo cada grupo 4 equipes, onde o primeiro e o segundo colocados de cada grupo se classificam para as oitavas de final da LC e o terceiro colocado de cada grupo se classifica para as dezesseis - avos de final da LE.
Lembrando que os grupos terão um time de cada pote e que times do mesmo país não podem estar no mesmo grupo.

Pote 1: Real Madrid, Bayern, Chelsea, Juventus, Benfica, Monaco, Spartak Moskva e Shakhtar Donetsk

Pote 2: Barcelona, Atlético, PSG, Dortmund, Sevilla, Man. City, Porto e Man. United

Pote 3: Napoli, Tottenham, Basel, Olympiacos, Anderlecht, Liverpool, Roma e Beşiktaş

Pote 4: Celtic, CSKA Moskva, Sporting, APOEL, Feyenoord, Maribor, Qarabağ e Leipzig


Quinta (24/08)

13:00 Sorteio LC [EI / EI HD] [EI Plus] [Globoesporte.com]

Quem quiser assistir pela internet:

http://www.tvonline.org/
http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://gofirstrow.eu/sport/football.html
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/
http://beba.tv/football

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qua Ago 23, 2017 9:50 pm

O Qarabağ é a primeira equipa do Azerbaijão a chegar à fase de grupos, pelo que 33 das 55 federações-membros da UEFA já estiveram representadas nesta fase.
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2495291.html

Graças aos alvinegros, o Azerbaijão se torna a 33ª nação filiada à Uefa a disputar a fase de grupos da Champions – e a segunda “mais oriental”, menos a leste apenas que o Cazaquistão. Além disso, o Qarabag é o 140° clube diferente a alcançar tal etapa da competição.
http://trivela.uol.com.br/canais/champions-league/qarabag-o-clube-que-representa-um-povo-desterrado-e-bota-o-azerbaijao-no-mapa-da-champions/

Astana, FCSB, Hapoel Beer-Sheva, Hoffenheim, İstanbul Başakşehir, Copenhaga, Nice, Rijeka, Slavia Praga e Young Boys vão estar sexta-feira no sorteio da fase de grupos da UEFA Europa League, após terem sido eliminados no "play-off" da UEFA Champions League.
http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2495352.html

O İstanbul Başakşehir vai fazer a estreia na fase de grupos de uma competição da UEFA, enquanto o Hoffenheim está a realizar a estreia europeia.
http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2495352.html

Portugal e Itália são os países com mais treinadores na Champions: 6.
https://twitter.com/playmaker_PT/status/900686915674013696

Sindicato dos Atletas Profissionais da França divulgou um comunicado nesta quarta-feira saindo em defesa de Neymar. A UNFP (na sigla em francês) se disse "particularmente irritada" com o fato do Barcelona estar cobrando €8,5 milhões por quebra de contrato e se colocou à disposição do craque brasileiro.
Na carta, o Sindicato ainda afirma desconhecer o lado "rancoroso e mesquinho" do clube catalão e pediu para que deixassem Neymar "mostrar o seu talento no campo" em vez de quererem levá-lo para os tribunais.
O Barcelona enviou na última terça-feira para a Federação Espanhola de Futebol uma ação cobrando € 8,5 milhões (R$ 31,20 milhões) que Neymar recebeu pela renovação de contrato, alegando que o mesmo não cumpriu os termos acordados. Além de cobrar mais 10% sobre esse valor.
Confira:
"Particularmente irritada com os comentários e tudo que contorna a transferência de Neymar do Barcelona para o Paris Saint-Germain - o que mais uma vez desmerece o futebol e os jogadores porque é tão fácil generalizar -, a UNFP apoia totalmente o brasileiro e não hesitaria em dá-lo alguns conselhor se o novo parisiense assim pedisse. Seu antigo clube, o qual nunca conhecemos como rancoroso e mesquinho, acabou de entrar com uma ação cobrando pelo menos €8,5 milhões dias depois de receber um cheque de... €222 milhões, se a informação da imprensa do mundo inteiro estiver correra. E está.
A UNFP acredita que é necessário saber perder, vocês precisam se livrar disso que se tornou um "negócio" do excesso no futebol de hoje em dia. Deixem ele mostrar o seu talento no campo, como ele vem fazendo no Campeonato Francês, em vez de tentarem levá-lo a julgamento por vingança. Ou então vamos felizes da vida e, diante desses mesmos juízes, provaremos o caráter desproporcional do valor dessa cláusula de rescisão.
O que a UNFP está disposta a fazer."
http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-frances/noticia/sindicato-dos-atletas-da-franca-defende-neymar-deixem-ele-mostrar-o-talento.ghtml

Durante os últimos meses, os dirigentes do Bayern de Munique vêm declarando constantemente o intuito de adotar uma nova política de contratações. Ao invés de saírem ao mercado, os bávaros se concentrarão mais na formação de talentos. E um passo fundamental neste sentido foi dado nesta segunda. O clube inaugurou a nova sede de suas categorias de base. O “Bayern Campus” está localizado em uma área de 30 hectares e custou €70 milhões. Através dele, a diretoria espera desenvolver mais jogadores ao seu time principal.
“Nós vimos a chance de gerar muito sucesso com esta academia. O Bayern Campus será outro ponto crucial para o futuro do clube, outra de nossas marcas registradas. O Bayern espera preparar seus talentos de um jeito cada vez melhor. As novas instalações também providenciarão uma resposta à atual loucura no mercado de transferências e à explosão de salários”, declarou o presidente do Bayern, Uli Hoeness. Já o prefeito de Munique, Dieter Reiter, brincou com os investimentos: “Não custou nem meio Neymar”.
A estrutura do Bayern Campus inclui um mini-estádio com capacidade para 2,5 mil espectadores; sete outros campos em tamanho oficial, seis deles com grama natural e outro com grama sintética; 35 dormitórios para os jogadores da base; refeitório e cafeterias; academias; área de reabilitação; quadras poliesportivas para a prática de outras modalidades, como basquete e handebol; entre outras instalações. O novo centro de treinamentos funciona desde o primeiro dia de agosto, embora a cerimônia inaugural só tenha acontecido nesta semana.
Anteriormente, as equipes do sub-9 ao sub-19 precisavam dividir a estrutura de Säbener Strasse, três vezes menor, com o elenco profissional e também o segundo quadro dos bávaros. O antigo alojamento da base no CT principal já começou a ser demolido e, no espaço, será construído um edifício de escritórios. Além disso, as equipes femininas também se realocarão ao novo campus.
http://trivela.uol.com.br/bayern-apresenta-seu-maior-reforco-o-novo-ct-da-base-a-um-custo-de-e70-milhoes/

A goleada do PSG sobre o Toulouse, no último domingo, deu ao SporTV a liderança absoluta de audiência no horário pela terceira semana consecutiva. A informação é UOL Esporte, por Eduardo Ohata.
O canal alcançou 2,7 milhões de pessoas, segundo levantamento do Kantar Ibope, que teve como base o universo total de assinantes da TV paga sintonizados no horário da partida.
A ESPN, ao exibir a mesma partida, foi o segundo canal de esporte mais assistido no mesmo período.
Em segundo lugar na audiência geral ficou o canal de filmes Space, seguido por ESPN, o infantil Cartoon Network e um segundo canal de filmes, o Megapix.
Na estreia de Neymar, o SporTV já registrara a melhor audiência entre todos os canais por assinatura ao exibir jogo do PSG, assim como na partida de abertura do Francês, contra o Ameins, logo após Neymar fechar com o clube francês.
http://www.esporteemidia.com/2017/08/jogo-do-psg-com-neymar-volta-liderar.html

Recém-promovido à primeira divisão do Campeonato Espanhol, o Girona anunciou nesta quarta-feira a venda da maioria de suas ações para dois grupos de investimentos: o City Football Group (CFG), que controla também o Manchester City, entre outros clubes, e o Girona Football Group, de propriedade de Pere Guardiola, irmão do técnico Pep Guardiola.
O CFG adquiriu 44,3% das ações do Girona, assim como o Girona Football Club. O restante permanece com pequenos acionistas. As negociações para a compra do clube catalão começaram ainda em 2016, antes da equipe conquistar o acesso à elite do futebol espanhol.
http://espn.uol.com.br/noticia/721184_junto-com-grupo-do-manchester-city-irmao-de-guardiola-compra-clube-espanhol

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qui Ago 24, 2017 10:42 am

Sexta (25/08)

15:15 Real Sociedad x Villarreal [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] (Campeonato Espanhol)
15:30 Colonia x Hamburgo [ESPN+] (Campeonato Alemão)
15:45 PSG x St-Étienne [SporTV / SporTV HD] [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Francês)
16:30 Belenenses x Vitória de Setúbal [Bandsports / Bandsports HD] (Campeonato Português)

Sábado (26/08)

08:30 Bournemouth x Man. City [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
10:30 Bremen x Bayern [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Alemão)
10:30 Leverkusen x Hoffenheim [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Alemão)
11:00 Newcastle x West Ham [ESPN+] (Campeonato Inglês)
12:15 Nantes x Lyon [TV5] (Campeonato Francês)
13:00 Genoa x Juventus [ESPN / ESPNHD] [RAI] (Campeonato Italiano)
13:15 Alaves x Barcelona [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Espanhol)
13:30 Man. United x Leicester [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
13:30 Dortmund x Hertha [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] (Campeonato Alemão)
15:30 Palermo x Spezia [Bandsports / Bandsports HD] (2ª Divisão Campeonato Italiano)
15:45 Roma x Internazionale [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
16:30 Rio Ave x Benfica [ESPN+] [RTP] [SIC] (Campeonato Português)
17:15 Las Palmas x Atlético [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)

Domingo (27/08)

09:30 Chelsea x Everton [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
10:00 Guingamp x Strasbourg [SporTV / SporTV HD] (Campeonato Francês)
10:30 Leipzig x Freiburg [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Alemão)
12:00 Liverpool x Arsenal [ESPN+] (Campeonato Inglês)
12:00 Tottenham x Burnley [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
12:00 Angers x Lille [SporTV / SporTV HD] (Campeonato Francês)
13:00 Torino x Sassuolo [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
15:15 Getafe x Sevilla [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Espanhol)
15:45 Napoli x Atalanta [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
16:00 Monaco x Marseille [SporTV / SporTV HD] (Campeonato Francês)
16:15 Braga x Porto [Bandsports / Bandsports HD] (Campeonato Português)
17:15 Real Madrid x Valencia [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)

Quem quiser assistir pela internet:

http://www.tvonline.org/
http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://gofirstrow.eu/sport/football.html
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/
http://beba.tv/football


Última edição por ricardo83 em Qui Ago 24, 2017 6:33 pm, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por ricardo83 em Qui Ago 24, 2017 2:01 pm


Cristiano Ronaldo foi eleito Jogador do Ano da UEFA de 2016/17.
http://pt.uefa.com/insideuefa/uefa-best-player-award/news/newsid=2495462.html#cristiano+ronaldo+eleitojogador+ano+201617


Gianluigi Buffon, capitão da Juventus, foi eleito Guarda-redes da Época 2016/17 da UEFA Champions League.
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2494095.html


Sergio Ramos foi eleito Defesa da Época 2016/17 da UEFA Champions League, depois de ter capitaneado o Real Madrid à bem-sucedida defesa do troféu na temporada passada.
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2494027.html


Luka Modrić, do Real Madrid, conquistou o prémio de Médio da Época 2016/17 da UEFA Champions League.
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2494586.html


Cristiano Ronaldo foi eleito Avançado da Época na UEFA Champions League de 2016/17.
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2493985.html

Transferências nas equipas da fase de grupos da Champions League

Anderlecht (BEL)
Entradas: Matz Sels (Newcastle United, empréstimo), Pieter Gerkens (Sint-Truiden), Sven Kums (Watford), Uroš Spajić (Toulouse, transferência a título definitivo), Henry Onyekuru (Everton, empréstimo)
Saídas: Aaron Leya Iseka (Zulte Waregem, empréstimo), Michaël Heylen (Zulte Waregem), Stéphane Badji (Kayserispor, empréstimo), Youri Tielemans (Mónaco), Sebastian De Maio (Bolonha), Andy Kawaya (Mechelen), Frank Acheampong (Tianjin Teda, empréstimo), Bram Nuytinck (Udinese)

Atlético (ESP)
Entradas: Nenhuma
Saídas: Tiago (fim de contrato), Óliver Torres (Porto, transferência a título definitivo), Alessio Cerci (fim de contrato), Theo Hernández (Real Madrid), Rafael Santos Borré (River Plate), Matías Kranevitter (Zenit)

Barcelona (ESP)
Entradas: Marlon (Fluminense, transferência a título definitivo), Gerard Deulofeu (Everton), Nélson Semedo (Benfica), Paulinho (Guangzhou Evergrande)
Saídas: Jordi Mboula (Mónaco), Christian Tello (Real Betis), Jérémy Mathieu (Sporting), Neymar (Paris), Sergi Samper (Las Palmas, empréstimo)

Basileia (SUI)
Entradas: Ricky van Wolfswinkel (Vitesse)
Saídas: Jean-Paul Boëtius (Feyenoord), Daniel Høegh (Heerenveen), Marc Janko (Sparta Praga), Nicolas Hunziker (Thun), Robin Huser (Winterthur, empréstimo), Matías Delgado (retirado)

Bayern (GER)
Entradas: Corentin Tolisso (Lyon), Kingsley Coman (Juventus, transferência a título definitivo), Niklas Süle (Hoffenheim), Serge Gnabry (Werder Bremen), Sebastian Rudy (Hoffenheim), James Rodríguez (Real Madrid, por empréstimo)
Saídas: Holger Badstuber (Estugarda), Medhi Benatia (Juventus, transferência a título definitivo), Philipp Lahm (fim de carreira), Tom Starke (fim de carreira), Xabi Alonso (fim de carreira), Douglas Costa ( Juventus, por empréstimo), Gianluca Gaudino (Chievo), Serge Gnabry (Hoffenheim, empréstimo)

Benfica (POR)
Entradas: Haris Seferović (Eintracht Frankfurt), Filip Krovinović (Rio Ave), Martin Chrien (Viktoria Plzen), Chris Willock (Arsenal), Cristián Arango (Millonarios), Bruno Varela (Vitória Setúbal)
Saídas: Ederson (Manchester City), Victor Lindelöf (Manchester United), Marçal (Lyon), Daniel Candeias (Rangers), Luka Jović (Eintracht Frankfurt), Nélson Semedo (Barcelona), Guillermo Celis (Vitória Guimarães, transferência definitiva), Jhon Murillo (Kasımpaşa, empréstimo), Cristián Arango (Aves, empréstimo)

Beşiktaş (TUR)
Entradas: Caner Erkin (Inter, transferência a título definitivo), Pepe (Real Madrid), Orkan Çınar (Gaziantepspor), Álvaro Negredo (Valência), Jeremain Lens (Sunderland, empréstimo), Utku Yuvakuran (Beylerbeyispor, ltransferência a título definitivo), Oğuzhan Aydoğan (Karlsruhe, empréstimo)
Saídas: Gökhan Inler (İstanbul Başakşehir), Marcelo (Lyon), Rhodolfo (Flamengo), Ömer Şişmanoğlu (Göztepe), Oğuzhan Aydoğan (Karlsruhe, empréstimo)

Borussia Dortmund (GER)
Entradas: Mahmoud Dahoud (Borussia Mönchengladbach), Maximilian Philipp (Friburgo), Ömer Toprak (Bayer Leverkusen), Dan-Axel Zagadou (Paris Saint-Germain)
Saídas: Adrián Ramos (Dangdai), Pascal Stenzel (Friburgo), Mikel Merino (Newcastle, empréstimo), Dženis Burnić (Estugarda, empréstimo), Sven Bender (Leverkusen)

Chelsea (ENG)
Entradas: Willy Caballero (Manchester City), Antonio Rüdiger (Roma), Tiemoué Bakayoko (Mónaco,  Álvaro Morata (Real Madrid)
Saídas: Asmir Begović (Bournemouth), Christian Atsu (Newcastle United), Dominic Solanke (Liverpool), Juan Cuadrado (Juventus, transferência a título definitivo), Bertrand Traoré (Lyon), Nathan Ake (Bournemouth), Tammy Abraham (Swansea City, empréstimo), Ola Aina (Hull, empréstimo), Ruben Loftus-Cheek (Crystal Palace, empréstimo), Nathaniel Chalobah (Watford), Marco van Ginkel (PSV Eindhoven, empréstimo), Lucas Piazon (Fulham, empréstimo), Kurt Zouma (Stoke, empréstimo), Nemanja Matić (Manchester United), Mario Pašalić (Spartak Moskva, empréstimo)

Feyenoord (NED)
Entradas: Jean-Paul Boëtius (Basileia), Sofyan Amrabat (Utrecht), Jeremiah St. Juste (Heerenveen), Kevin Diks (Fiorentina, empréstimo), Ridgeciano Haps (AZ)
Saídas: Warner Hahn (Heerenveen), Dirk Kuyt (fim de carreira), Eljero Elia (İstanbul Başakşehir), Pär Hansson (Helsingborg), Rick Karsdorp (Roma), Charlie Colkett (Vitesse, empréstimo), Simon Gustafson (Roda, empréstimo), Terence Kongolo (Mónaco), Marko Vejinovic (AZ, empréstimo)

Juventus (ITA)
Entradas: Rodrigo Bentancur (Boca Juniors), Medhi Benatia (Bayern, transferência a título definitivo), Juan Cuadrado (Chelsea, transferência a título definitivo), Douglas Costa (Bayern, por empréstimo), Wojciech Szczęsny (Arsenal), Mattia De Sciglio (AC Milan), Federico Bernardeschi (Fiorentina), Blaise Matuidi (Paris)
Saídas: Paolo De Ceglie (fim de contrato), Kingsley Coman (Bayern, transferência a título definitivo), Simone Zaza (Valência, transferência a título definitivo), Dani Alves (fim de contrato), Federico Mattiello (Spal, empréstimo), Neto (Valência), Emil Audero (Veneza, empréstimo), Riccardo Orsolini (Atalanta, empréstimo), Leonardo Bonucci (Milan), Nicola Leali (Zulte Waregem, empréstimo), Filippo Romagna (Cagliari), Rolando Mandragora (Crotone, empréstimo), Mario Lemina (Southampton), Tomás Rincón (Torino, empréstimo)

Manchester City (ENG)
Entradas: Bernardo Silva (Mónaco), Ederson (Benfica), Kyle Walker (Tottenham), Douglas Luiz (Vasco da Gama), Danilo (Real Madrid), Benjamin Mendy (Mónaco)
Saídas: Bacary Sagna (fim de contrato), Enes Ünal (Villarreal), Gaël Clichy (fim de contrato), Jesús Navas (fim de contrato), Pablo Zabaleta (West Ham United), Willy Caballero (Chelsea), Nolito (Sevilha), Joe Hart (West Ham United, empréstimo), Bersant Celina (Ipswich, empréstimo), Aleksandar Kolarov (Roma)

Manchester United (ENG)
Entradas: Victor Lindelöf (Benfica), Romelu Lukaku (Everton), Nemanja Matić (Chelsea)
Saídas: Josh Harrop (Preston North End), Wayne Rooney (Everton), Adnan Januzaj (Real Sociedad), Timothy Fosu-Mensah (Crystal Palace, empréstimo)

Mónaco (FRA)
Entradas: Diego Benaglio (Wolfsburgo), Jordi Mboula (Barcelona), Jordy Gaspar (Lyon), Soualiho Meïté (LOSC), Youri Tielemans (Anderlecht), Terence Kongolo (Feyenoord), Álvaro Fernández Llorente (Osasuna), Adama Diakhaby (Rennes), Rachid Ghezzal (Monaco, livre)
Saídas: Bernardo Silva (Manchester City), Valère Germain (Marselha), Brighton Labeau (Amiens), Nabil Dirar (Fenerbahçe), Paul Nardi (Cercle Brugge, empréstimo), Corentin Jean (Toulouse), Kouadio-Yves Dabila (Lille), Tristan Muyumba Nkita (Cercle Brugge, empréstimo), Jonathan Mexique (Cercle Brugge, empréstimo), Chano Boukholda (Lille), Guévin Tormin (Cercle Brugge, empréstimo), Abdou Diallo (Mainz), Tiemoué Bakayoko (Chelsea), Elderson Echiéjilé (Sivasspor), Jordy Gaspar (Cercle Brugge, empréstimo), Irvin Cardona (Cercle Brugge, empréstimo), Benjamin Mendy (Manchester City), Allan Saint-Maximin (Nice), Gil Dias (Fiorentina, empréstimo), Youssef Aït Bennasser (Caen, empréstimo)

Paris (FRA)
Entradas: Yuri Berchiche (Real Sociedad), Dani Alves (jogador livre), Neymar (Barcelona)
Saídas: Maxwell (fim de contrato), Dan-Axel Zagadou (Dortmund), Félix Eboa Eboa (Guingamp), Salvatore Sirigu (Torino), Jean-Kévin Augustin (Leipzig), Youssouf Sabaly (Bordéus), Jonathan Ikoné (Montpellier, empréstimo), Fodé Ballo-Touré (Lille), Wilfried Kanga (Angers), Boubakary Soumaré (Lille), Gaëtan Robail (Cercle Brugge, empréstimo), Jesé Rodriguez (Paris to Stoke, empréstimo), Jean-Christophe Bahebeck (Utrecht, empréstimo), Blaise Matuidi (Juventus)

Porto (POR)
Entradas: Óliver Torres (Atlético, transferência a título definitivo), Vaná Alves (Feirense)
Saídas: Laurent Depoitre (Huddersfield Town), André Silva (AC Milan), Andrés Fernández (Villarreal, transferência a título definitivo), Rúben Neves (Wolverhampton Wanderers), Willy Boly (Wolverhampton Wanderers, empréstimo), Bruno Martins Indi (Stoke City)

Leipzig (GER)
Entradas: Bruma (Galatasaray), Ibrahima Konaté (Sochaux), Philipp Köhn (Estugarda), Yvon Mvogo (Young Boys), Konrad Laimer (Salzburgo), Jean-Kévin Augustin (Paris Saint-Germain)
Saídas: Davie Selke (Hertha Berlim), Rani Khedira (Augsburgo), Agyemang Diawusie (Wiesbaden, empréstimo), Nils Quaschner (Bielefeld), Marius Müller (Kaiserslautern, empréstimo), Anthony Jung (Brøndby, empréstimo), Zsolt Kalmár (Dunajská Streda, empréstimo), Atınç Nukan (Beşiktaş, empréstimo), Massimo Bruno (Anderlecht, empréstimo), Felix Beiersdorf (Wiener Neustadt, empréstimo)

Real Madrid (ESP)
Entradas: Theo Hernández (Atlético), Dani Ceballos (Bétis)
Saídas: Pepe (Beşiktaş), Mariano (Lyon), Fábio Coentrão (Sporting, empréstimo), James Rodríguez (Bayern, empréstimo), Álvaro Morata (Chelsea), Danilo (Manchester City), Rubén Yañez (Getafe)

Roma (ITA)
Entradas: Héctor Moreno (PSV Eindhoven), Lorenzo Pellegrini (Sassuolo), Maxime Gonalons (Lyon), Cengiz Ünder (İstanbul Başakşehir), Grégoire Defrel (Sassuolo), Aleksandar Kolarov (Manchester City)
Saídas: Mohamed Salah (Liverpool), Francesco Totti (fim de carreira), Seydou Doumbia (Sporting, empréstimo), Federico Ricci (Sassuolo), Leandro Paredes (Zenit), Antonio Rüdiger (Chelsea), Ervin Zukanović (Génova), Mário Rui (Nápoles, empréstimo), Umar Sadiq (Torino, empréstimo), Juan Iturbe (Club Tijuana, empréstimo)

Shakhtar (UKR)
Entradas: Davit Khocholava (Chornomorets Odesa)
Saídas: Anton Kanibolotskiy (fim de contrato), Olexandr Kucher (fim de contrato), Vasyl Kobin (fim de contrato), Andriy Boryachuk (Mariupol, empréstimo), Ruslan Malinovskiy (Genk, transferência a título definitivo), Oleg Danchenko (Anzhi, empréstimo)

Spartak Moscovo (RUS)
Entradas: Georgi Tigiev (Anzhi, transferência a título definitivo), Marko Petković (Estrela Vermelha)
Saídas: Sergei Pesyakov (Rostov), Evgeni Makeev (Rostov), George Melkadze (Tosno, empréstimo), Aleksandr Zuev (Rostov, empréstimo), Denis Kutin (Tosno, empréstimo)

Tottenham (ENG)
Entradas: Davinson Sánchez (Ajax), Paulo Gazzaniga (Southampton)
Saídas: Nabil Bentaleb (Schalke, transferência a título definitivo), Kyle Walker (Man. City), Federico Fazio (Roma), Clinton N'Jie (Marselha), Josh Onomah (Aston Villa, empréstimo)
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2482033.html

Transferências nas equipas da fase de grupos da Europa League

Arsenal (ENG)
Entradas: Sead Kolašinac (Schalke), Alexandre Lacazette (Lyon)
Saídas: Takuma Asano (Estugarda, empréstimo), Chris Willock (Benfica), Gabriel Paulista (Valência)

Atalanta (ITA)
Entradas: Etrit Berisha (Lázio, contratado em definitivo após empréstimo), Andreas Cornelius (Copenhaga), Robin Gosens (Heracles Almelo), Nicolas Haas (Lucerna), José Luis Palomino (Ludogorets), Fabio Eguelfi (Inter), Luca Vido (AC Milan), Josip Iličič (Fiorentina), Timothy Castagne (Genk), João Schmidt (São Paulo), Riccardo Orsolini (Juventus, empréstimo), Marten de Roon (Middlesbrough)
Saídas: Giulio Migliaccio (dispensado), Cristian Raimondi (dispensado), Franck Kessié (AC Milan), Prince-Désir Gouano (Amiens), Andrea Conti (AC Milan), Alberto Paloschi (SPAL), Cristiano Del Grosso (Venezia), Marco D'Alessandro (Benevento, loan), Bryan Cabezas (Panathinaikos, loan)

Vitória SC (POR)
Entradas: Estupiñán (Once Caldas), Francisco Ramos (FC Porto), Ruben Oliveira (Feirense), Sebastian Rincón (CA Tigre), Guillermo Celis (Benfica), Paolo Hurtado (Reading, transferência a título definitivo), Jubal (FC Arouca)
Saídas: Bruno Gaspar (Fiorentina)

Hertha (GER)
Entradas: Davie Selke (Leipzig), Mathew Leckie (Ingolstadt), Karim Rekik (Marselha), Jonathan Klinsmann (Berkeley), Valentino Lazaro (Salzburgo, empréstimo)
Saídas: John Brooks (Wolfsburgo), Florian Kohls (Würzburg), Alexander Baumjohann (dispensado), Sami Allagui (St. Pauli), Nils Körber (Münster, por empréstimo), Allan (Liverpool, fim do empréstimo)

Colónia (GER)
Entradas: Jannes Horn (Wolfsburg), Jhon Cordoba (Mainz), João Queirós (Braga), Jorge Meré (Sporting Gijón), Tim Handwerker (Bayer Leverkusen)
Saídas: Marcel Hartel (Union Berlin), Neven Subotić (Dortmund, fim do empréstimo), Anthony Modeste (Tianjin Quanjian)

Konyaspor (TUR)
Entradas: Mehdi Bourabia (Levski Sófia), Abdou Razack Traoré (Karabükspor), Seddar Karaman (Konya Anadolu Selçukspor), Imoh Ezekiel (Al-Arabi), Wilfred Moke (Steaua), Eren Albayrak (İstanbul Başakşehir), Ferhat Öztorun (İstanbul Başakşehir), Musa Araz (Lausanne), Patrick Carlgren (Nordsjælland), Savaş Polat (Fenerbahçe), Kadir Kaan Özdemir (Fenerbahçe), Patrick Friday Eze (Fujairah), Malick Evouna (Tianjin Teda, empréstimo), Petar Filipovic (Austria Viena)
Saídas: Alban Meha (dispensado), Dimitar Rangelov (Ümraniyespor), Marc Kibong Mbamba (Ankaragücü), Kaya Tarakcı (BB Erzurumspor), Mehmet Uslu (dispensado), Barry Douglas (Wolverhampton), Jagoš Vuković (Olympiacos), Recep Aydın (Giresunspor, loan), Emre Can Atila (Konya Anadolu Selçukspor, loan), Ali Dere (Yeni Malatyaspor), Abdülkerim Bardakcı (Samsunspor, loan), Mücahit Can Akçay (Konya Anadolu Selçukspor, loan), Can Demir Aktav (Adana Demirspor, loan), Sertan Yegenoglu (Konya Anadolu Selçukspor, empréstimo), Riad Bajić (Udinese), Ioan Hora (dispensado)

Lázio (ITA)
Entradas: Adam Marušić (Oostende), Lucas Leiva (Liverpool), Davide Di Gennaro (jogador livre), Felipe Caicedo (Espanhol)
Saídas: Etrit Berisha (Atalanta, contratado em definitivo após empréstimo), Lucas Biglia (Milan), Danilo Cataldi (Benevento), Wesley Hoedt (Southampton)

Lokomotiv Moscovo (RUS)
Entradas: Nikita Medvedev (Rostov), Solomon Kverkvelia (Rubin Kazan), Arshak Koryan (jogador livre, Lokomotiv Moskva), Maciej Rybus (Lyon), Éder (Lille, empréstimo)
Saídas: Maicon (dispensado), Renat Yanbaev (dispensado), Ilya Abaev (dispensado), Dmitri Loskov (dispensado), Petar Škuletić (dispensado), Igor Portnyagin (Ural, por empréstimo), Ezekiel Henty (Videoton)

Lugano (SUI)
Entradas: Luca Crescenzi (Pisa), Radomir Milosavljević (Mladost Lučani), David Da Costa (Novara Calcio), Dominik Kovačić (NK Zagreb), Cristian Andreoni (Reggiana), Younes Bnou Marzouk (Juventus, por empréstimo), Simone Belometti (Chiasso, fim do empréstimo)
Saídas: Ofir Mizrahi (Maccabi Haifa), Aleandro Prati (Chiasso), Antoine Rey (Chiasso), Orlando Urbano (dispensado), Andrés Ponce (Sampdória, fim do empréstimo), Pepín (Roma, fim do empréstimo), Bálint Vécsei (Bolonha, fim do empréstimo), Armando Sadiku (Zurique, fim do empréstimo), Mirko Salvi (Basileia, fim do empréstimo), Lorenzo Rosseti (Juventus, fim do empréstimo), Eray Cümart (Basel, fim do empréstimo), Mario Piccinocchi (Vicenza Calcio, fim do empréstimo)

Lyon (FRA)
Entradas: Marçal (Benfica), Bertrand Traoré (Chelsea), Ferland Mendy (Le Havre), Mariano (Real Madrid), Kenny Tete (Ajax), Marcelo (Beşiktaş)
Saídas: Corentin Tolisso (Bayern München), Mathieu Valbuena (Fenerbahçe), Jordy Gaspar (Mónaco), Gaëtan Perrin (Orléans, por empréstimo), Maxime D'Arpino (Orléans, por empréstimo), Maxime Gonalons (Roma), Alexandre Lacazette (Arsenal), Jean-Philippe Mateta (Le Havre, empréstimo), Olivier Kemen (Ajaccio, empréstimo), Maciej Rybus (Lokomotiv Moscovo), Christophe Jallet (Nice), Aldo Kalulu (Sochaux, empréstimo), Rachid Ghezzal (fim de contrato)

Real Sociedad (ESP)
Entradas: Diego Llorente (Real Madrid), Adnan Januzaj (Manchester United)
Saídas: Héctor (Alavés)

Villarreal (ESP)
Entradas: Enes Ünal (Manchester City), Andrés Fernández (Porto, contratado em definitivo após empréstimo), Rubén Semedo (Sporting CP), Carlos Bacca (AC Milan)
Saídas: Adrián López (Porto), José Ángel (Porto), Santos Borré (Atlético Madrid), Jonathan dos Santos (LA Galaxy), Roberto Soldado (Fenerbahçe)

Vitesse (NED)
Entradas: Fankaty Dabo (Chelsea, por empréstimo), Thomas Bruns (Heracles Almelo), Thulani Serero (Ajax), Bryan Linssen (Groningen), Tim Matavž (Augsburgo), Charlie Colkett (Chelsea, empréstimo)
Saídas: Adnane Tighadouini (Málaga, fim do empréstimo), Kevin Diks (Fiorentina, fim do empréstimo), Lewis Baker (Chelsea, fim do empréstimo), Marvelous Nakamba (Club Brugge), Matthew Miazga (Chelsea, fim do empréstimo), Mukhtar Ali (Chelsea, fim do empréstimo), Nathan (Chelsea, fim do empréstimo), Ricky van Wolfswinkel (Basileia), Valeri Qazaishvili (San José Earthquakes)

Zlín (CZE)
Entradas: Adnan Džafić (Táborsko), Pablo Podio (Podbrezová), Lukáš Bartošák (Liberec), Lukáš Železník (Mladá Boleslav), Petr Jiráček (Jablonec), Moses Ubong Ekpai (Maccabi Haifa), Daniel Holzer (Sparta Praga, empréstimo)
Saídas: Jakub Jugas (Slavia Praha), Vukadin Vukadinović (Sparta Praha), Diego Živulić (Viktoria Plzeň)

Zorya Luhansk (UKR)
Entradas: Leonidas (Hong Kong Pegasus), Silas (SC Internacional), Vladislav Kabayev (Chornomorets Odesa), Maksym Lunov (Dnipro), Oleksandr Svatok (Dnipro), Yevgen Cheberko (Dnipro), Vladyslav Kochergin (Dnipro), Vasyl Priyma (Frosinone)
Saídas: Dennis Bonaventure (Club Brugge), Grigoriy Yarmash (retirado), Vladyslav Kulach (Shakhtar Donetsk, fim do empréstimo), Ivan Petriak (FCShakhtar Donetsk, fim do empréstimo), Eduard Sobol (Shakhtar Donetsk, fim do empréstimo), Ihor Chaykovskiy (Anji), Jaba Lipartia (dispensado)

Zulte Waregem (BEL)
Entradas: Sandy Walsh (Genk), Ben Reichert (Hapoel Telavive), Nill De Pauw (Guingamp), Gertjan De Mets (Kortrijk), Michaël Heylen (Anderlecht), Aaron Leya Iseka (Anderlecht, por empréstimo), Peter Olayinka (Gent, por empréstimo)
Saídas: Henrik Dalsgaard (Brentford), Karim Essikal (Beerschot Wilrijk), Charni Ekangamene (Beerschot Wilrijk), Christophe Lepoint (Kortrijk), Bryan Verboom (Kortrijk, por empréstimo), Lukas Lerager (Bordéus), Soualiho Meïté (Mónaco), Jakob Ankersen (Aarhus).
http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2482814.html

Principais factos

Barcelona, Porto e Real Madrid vão estar presentes na fase de grupos pela 22ª vez, num total de 26
Real Madrid detém recordes de maior número de pontos, golos e apuramentos
Cinco equipas conseguiram vencer os seis jogos, mas apenas o Real Madrid conseguiu esse feito por duas vezes
Na época passada, Lionel Messi tornou-se no primeiro jogador a marcar 50 golos na fase de grupos, ultrapassando Cristiano Ronaldo como melhor marcador desta fase do torneio
Iker Casillas vai participar na competição pela 19ª vez
Os estreantes RB Leipzig e Qarabağ aumentarma para 137 o número de clubes a participarem na fase de grupos
O Qarabağ é o primeiro clube azeri a entrar na fase de grupos, o que significa que a prova já contou com 33 das 55 federações-membro da UEFA
TODAS AS ESTATÍSTICAS DIZEM RESPEITO APENAS A JOGOS DA FASE DE GRUPOS DESDE 1992/93 E NÃO INCLUEM A SEGUNDA FASE DE GRUPOS (Disputada entre 1999/2000 e 2002/03)

Clubes com mais presenças na fase de grupos
22: Barcelona*, Porto*, Real Madrid*
21: Bayern*, Manchester United

Mais pontos (2 pontos por vitória em 1992/93, 1993/94 e 1994/95)
272: Real Madrid
259: Barcelona (265 se os pontos atribuídos por vitória tivessem sido sempre 3)

Mais golos
304: Real Madrid
284: Barcelona

Mais apuramentos da fase de grupos
21: Real Madrid

Mais apuramentos consecutivos da fase de grupos
20: Real Madrid (desde 1997/98)

Mais primeiros lugares na fase de grupos
18: Barcelona

Mais vezes invicto na fase de grupos
10: Barcelona

Recordes numa época
Mais vitórias
6: Milan (1992/93), Paris Saint-Germain (1994/95), Spartak Moscovo (1995/96), Barcelona (2002/03), Real Madrid (2011/12 e 2014/15)

Mais empates
6: AEK Atenas (2002/03)

Mais golos marcados
21: Borussia Dortmund (2016/17)

Maior número de golos marcados e sofridos pela mesma equipa
33: Legia Varsóvia (2016/17)

Menos golos sofridos
1: Milan (1992/93), Ajax (1995/96), Juventus (1996/97 e 2004/05), Valência (2005/06), Liverpool (2005/06), Chelsea (2005/06), Manchester United (2010/11), Mónaco (2014/15), Paris Saint-Germain (2015/16)

Mais golos marcados num único jogo da fase de grupos
12: Borussia Dortmund 8-4 Legia Varsóvia (2016/17)

Vitória com mais golos de diferença
8-0: Liverpool 8-0 Beşiktaş (2007/08), Real Madrid 8-0 Malmö (2015/16)

Empate com mais golos
4-4: Hamburgo 4-4 Juventus (2000/01)

Vitória no grupo com maior margem pontual
11: Spartak Moscovo (1995/96), Barcelona (2002/03), Real Madrid (2014/15)

Apurado com menos pontos (3 pontos por vitória)
6: Zenit (2013/14)

Mais pontos sem conseguir apuramento
12: Paris Saint-Germain** (1997/98), Nápoles (2013/14)

Estatísticas das Ligas:
Total de presenças
83: Espanha*
80: Inglaterra*
70: Alemanha*, Itália*

Número de diferentes clubes já presentes
13: Espanha
12: Alemanha*
10: Inglaterra*, França

Países ainda sem qualquer presença
22: Albânia, Andorra, Arménia, Azerbaijão, Bósnia e Herzegovina, Estónia, Ilhas Faroé, ARJ da Macedónia, Geórgia, Gibraltar, Islândia, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, República da Moldávia, Montenegro, Irlanda do Norte, República da Irlanda, San Marino, País de Gales

Estatísticas dos jogadores:
Mais presenças
87: Iker Casillas
80: Xavi Hernández
77: Raúl González

Mais golos
57: Lionel Messi
51: Cristiano Ronaldo
39: Ruud van Nistelrooy

Mais golos numa só temporada
11: Cristiano Ronaldo (2015/16)

*Inclui 2017/18
**Terminou no segundo lugar, mas não como um dos dois melhores segundos qualificados que seguiram em frente
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2493310.html


Última edição por ricardo83 em Qui Ago 24, 2017 4:23 pm, editado 2 vez(es)

_________________
avatar
ricardo83
Super Sayajin

Mensagens : 3605
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 :: Esportes

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum