Futebol Europeu - 2017/18

Página 10 de 18 Anterior  1 ... 6 ... 9, 10, 11 ... 14 ... 18  Seguinte

Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Seg Out 16, 2017 2:38 pm

@KAMIKAZE escreveu:Verdade.
Acompanho a PL, e raramente a La Liga.
Se não tiver passando nada melhor vejo a Bundes.
Jogos da Calcio eu não sou fã não.

Leipzig continua bem né ?
Venceu o Borussia fora.

Leipzig começou mal mas já esta "se achando" na temporada.
PL não tem comparação com os demais mesmo, eu assisto um pouquinho de cada por vício mesmo, mas sem dúvida alguma todos os demais estão bem abaixo.

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Ter Out 17, 2017 6:39 pm

Resultados finais LC:

Real Madrid 1x1 Tottenham
APOEL 1x1 Dortmund
Leipzig 3x2 Porto
Monaco 1x2 Beşiktaş
Feyenoord 1x2 Shakhtar Donetsk
Man. City 2x1 Napoli
Maribor 0x7 Liverpool
Spartak Moskva 5x1 Sevilla

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Ter Out 17, 2017 6:40 pm

Sérgio Conceição mais uma vez inovou e entra com o terceiro esquema tático diferente em 3 rodadas.
Hoje o Porto começou no 4-2-3-1, acho legal o time não ficar preso apenas em um esquema e apenas num 11 inicial, tem mesmo de rodar o elenco, mas me assusta fazer essas mudanças na LC ao invés de fazer antes no nacional ou em alguma das copas.
Não considero todo gol levado como falha defensiva, mas os 3 que o Porto levou foram com certeza. Derrota completamente evitável, grupo todo embolado pra ver quem fica com a segunda vaga.

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Ter Out 17, 2017 11:27 pm









_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Qua Out 18, 2017 4:54 pm

Nasser Al-Khelaifi, proprietário do Paris Saint-Germain, foi chamado para depor em Zurique, na Suíça, a respeito de seu suposto envolvimento em um caso de corrupção. Também proprietário do grupo de mídia BeIN, o catari é acusado de ter oferecido algumas regalias a funcionários da entidade que regula o futebol mundial em troca dos direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2026 e 2030.
Tido como um dos homens mais poderosos do futebol atualmente, Nasser Al-Khelaifi seria um dos principais colaboradores do emir do Catar, Tamin bin Hamad al-Thani, e agora tem de enfrentar processos que incluem suspeita de corrupção privada, fraude e gestão desleal.
O ex-secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke, responsável por organizar o Mundial de 2014, no Brasil, foi um dos beneficiados por Nasser Al-Khelaifi. Suspenso por dez anos de qualquer atividade ligada ao futebol, o dirigente francês teria sido presenteado pelo sheik com uma mansão avaliada em sete milhões de euros na região da Sardenha, na Itália – o imóvel foi embargado pela Justiça italiana.
Garantindo ser inocente, Nasser Al-Khelaifi está disposto a depor o quanto antes para esclarecer toda a situação ao Ministério Público da confederação suíça (MPC). O advogado do proprietário do Paris Saint-Germain, entretanto, não deu mais detalhes sobre a posição de Nasser, limitando-se a dizer que seu cliente “irá reservar suas explicações aos juízes da confederação”.
Na última quinta-feira Jerôme Valcke foi ouvido na Suíça, na véspera da revista realizada na residência localizada na Sardenha.
http://espn.uol.com.br/noticia/736054_dono-do-psg-tera-de-depor-na-suica-por-suspeita-de-corrupcao

Uma história bizarra marcará a partida entre Barcelona e Olympiacos, nesta quarta-feira, pela 3ª rodada da fase de grupos da Uefa Champions League. E ela não envolve jogadores ou técnicos de nenhum dos times, mas sim um bandeirinha.
Trata-se do escocês Douglas Gordon Ross, que é um dos principais auxiliares da Europa, trabalhando tanto em partidas do Campeonato Escocês como da Liga dos Campeões, geralmente trabalhando ao lado do árbitro Willie Collum.
Ross, porém, tem outra profissão além da de bandeirinha: desde junho deste ano ele é deputado pela província de Moray, no norte da Escócia, e representa a região na Câmara dos Comuns, que é a câmara baixa do Parlamento inglês (como a Câmara dos Deputados no Brasil).
Esta "vida dupla" acabou por colidir exatamente nesta quarta, quando Ross, que é do Partido Conservador da Escócia, teria que estar presente em uma importante sessão na Câmara, que irá discutir e votar mudanças nas políticas de bem-estar social do Reino Unido. Contudo, como Barcelona x Olympiacos irá acontecer no mesmo horário da sessão, e o deputado estará no Camp Nou trabalhando na partida, ele irá faltar na importante votação.
A decisão de Ross de estar na Catalunha ao invés de Londres nesta quarta foi bastante criticada por políticos escoceses, como o ministro Paul Sweeney, que acusou o bandeirinha de ter "uma perversa ideia do que são suas prioridades". Já Stewart Stevenson, um dos mais importantes políticos do país britânico (foi ex-ministro dos Transportes e do Meio Ambiente) bateu ainda mais duro.
"Douglas Ross, que é um funcionário em meio-período em suas duas funções, parece não aprender a lição. Novamente, ele deixará sem voz as pessoas que o elegeram como representante no Parlamento porque prefere ficar cumprimentando jogadores de futebol famosos", disparou.
"Essa não é a primeira vez que ele não aparece em um evento importante, e seus colegas de Câmara devem estar se perguntando por que ele não mostra nenhum interesse em discutir políticas públicas que estão prejudicando a vida de muitas famílias britânicas. Para mim, passou da hora de Ross deixar de lado sua lucrativa carreira como bandeirinha para focar na função para o qual foi eleito como político", completou.
O bandeira declarou à Câmara dos Comuns que ganha 2,7 mil libras (R$ 11.238) por mês em seu trabalho no futebol.
Apesar da saraivada de críticas, o auxiliar de futebol, porém, foi defendido pelo compatriota Andrew Bowie, outro membro do parlamento (este pela região de West Aberdeenshire & Kincardine).
"Creio que toda a população de Moray está muito feliz com o fato de Ross ter continuado seu trabalho como bandeirinha, além de ser o representante da região no Parlamento. Ele está fazendo um ótimo trabalho nas duas funções", ressaltou o deputado, em entrevista à BBC.
Esta, aliás, não é a primeira vez que Ross falta a um evento político para trabalhar em jogos de Champions. Em novembro de 2016, quando ainda era membro apenas do Parlamento escocês (e não do Britânico, como agora), ele se ausentou de uma importante votação para bandeirar Sporting x Real Madrid, em Lisboa.
http://espn.uol.com.br/noticia/736023_deputado-vai-faltar-em-votacao-importante-no-parlamento-ingles-o-motivo-sera-bandeirinha-em-jogo-do-barcelona

Nesta quarta-feira, o Paris Saint-Germain visita o Anderlecht, da Bélgica, às 16h45 (de Brasília), pela 3ª rodada do grupo B da Uefa Champions League. A equipe francesa é ampla favorita para o jogo, já que o clube violeta há tempos já não é mais uma grande força no futebol europeu. No entanto, poucas equipes geraram tantos talentos recentemente quanto o Anderlecht, que acabou virando um dos protagonistas do melhor negócio atual do esporte no "Velho Continente": contratar os melhores jogadores da "ótima geração belga" enquanto eles ainda jogam em seu país-natal, revendendo depois por uma quantia absurda e várias vezes maior.
O melhor exemplo disso é o atacante Romelu Lukaku, hoje no Manchester United. O centroavante começou sua carreira profissional no time da grande Bruxelas, e rapidamente chamou a atenção dos grandes europeus por sua força física e faro goleador. O primeiro que o contratou foi o Chelsea, em 2011, por 15 milhões de euros (R$ 56 milhões, na cotação atual).
No entanto, ele não foi aproveitado pelos Blues e foi emprestado a West Bromwich e Everton. Futuramente, acabaria negociado duas vezes por valores muito maiores que sua primeira venda: 35,36 milhões de euros (R$ 132 milhões) do Chelsea para o Everton, em 2014, e depois inacreditáveis 84,7 milhões de euros (R$ 316,2 milhões) do Everton para o Manchester United.
Outro time que exemplifica bem esse modelo de negócios é o Standard Liège, de onde saíram nomes como Axel Witsel, Mitchy Batshuayi e Marouane Fellaini, todos vendidos pelo time belga por uma quantia muito menor que a revenda que seria feita mais tarde por um clube estrangeiro.
Witsel, por exemplo, saiu do Standard para o Benfica, em 2011, por apenas 9 milhões de euros (R$ 33,6 milhões). Anos depois, seria negociado por 40 milhões de euros (R$ 149,33 milhões) pelos portugueses com o Zenit, da Rússia, e depois vendido pelos russos por 20 milhões de euros (R$ 74,66 milhões) para o Tianjin Quanjian, da China.
Fellaini foi comprado do Standard pelo Everton, em 2008, por 21,76 milhões de euros (R$ 81,23 milhões). Anos depois, o volante daria enorme lucro à equipe de Liverpool, que o cedeu ao Manchester United, em 2013, por 32,4 milhões de euros (R$ 120,95 milhões).
Já Batshuayi foi vendido pelo clube de Liège por meros 6 milhões de euros (R$ 22,4 milhões) ao Olympique de Marselha, em 2014. Apenas duas temporadas depois, no entanto, o time do sul da França ganhou uma "bolada" ao negociar o atacante com o Chelsea por 39 milhões de euros (R$ 145,6 milhões).
O Genk é mais um time que entrou nessa "pirâmide". Da agremiação saíram nomes como o meia Kevin de Bruyne e o atacante Christian Benteke, que saíram por "quase nada" e se transformaram em atletas caríssimos depois de passarem pelo futebol estrangeiro.
De Bruyne foi o mais valorizado. Ele custou só 8 milhões de euros (R$ 29,86 milhões) ao Chelsea, em 2012. Futuramente, seria vendido em 2014 ao Wolfsburg, da Alemanha, por 22 milhões de euros (R$ 82,13 milhões). Após arrebentar pelos "Lobos", rendeu ainda mais dinheiro em sua volta à Inglaterra, em 2015, quando foi adquirido pelo Manchester City por espetaculares 74 milhões de euros (R$ 276,26 milhões).
Benteke, por sua vez, trocou Genk por Aston Villa, em 2012, por 8,8 milhões de euros (R$ 32,85 milhões). Seria comercializado em seguida para o Liverpool, também da Inglaterra, por 46,5 milhões de euros (R$ 173,6 milhões), que o revendeu depois ao Crystal Palace por 31,2 milhões de euros (R$ 116,74 milhões).
O Genk ainda foi o responsável por formar o meia Yannick Ferreira-Carrasco, que deixou a equipe de graça, em 2009, para ir para o Monaco. Seis anos depois, o clube do Principado o venderia ao Atlético de Madri por 17,26 milhões de euros (R$ 64,43 milhões) - um belo lucro para quem não pagou nada pelo reforço.
Times pequeninos da Bélgica também foram responsáveis por histórias parecias.
O meia Eden Hazard, por exemplo, saiu de graça do insignificante Tubize para o Lille, da França, em 2005. Após terminar sua formação do LOSC, sendo inclusive campeão francês pela equipe, ele foi negociado em 2012 com o Chelsea, por 35 milhões de euros (R$ 130,66 milhões). O dinheiro ficou quase todos nas mãos do Lille, e ao Tubize só restaram as "migalhas" dadas pelo mecanismo de solidariedade da Fifa ao time que formou o hoje camisa 10 da seleção belga.
O zagueiro Thomas Varmaelen também saiu sem custos do Beerschot Wilrijk para o Ajax, da Holanda, quando era ainda pré-adolescente, em 2000. A equipe de Amsterdã terminaria por negociá-lo por 12 milhões de euros (R$ 44,8 milhões) com o Arsenal, da Inglaterra, em 2009, e ele ainda seria vendido depois pelos Gunners ao Barcelona por mais: 19 milhões de euros (R$ 70,93 milhões).
Outro caso similar é o do volante Radja Nainggolan. Ele saiu em 2009 do nanico Beerschot para a base do Piacenza, da Itália, por meros 120 mil euros (R$ 448 mil). Anos mais tarde, acabaria negociado pelo Cagliari, também da Itália, com a Roma, seu clube atual, por 15 milhões de euros (R$ 56 milhões).
Vale citar ainda o goleiro Simon Mignolet, comprado em 2010 pelo Sunderland, da Inglaterra, do minúsculo Sint-Truiden, por 2,5 milhões de euros (R$ 9,33 milhões). Apenas três anos depois, ele seria vendido por mais que quíntuplo disso: 10,6 milhões de euros (R$ 39,57 milhões) dos Saints para o Liverpool.
http://espn.uol.com.br/noticia/735832_o-melhor-negocio-do-mundo-comprar-alguem-da-otima-geracao-belga-na-belgica-e-vender-em-outro-pais

Fora de campo por lesão no ligamento cruzado do joelho esquerdo desde o final de abril, Zlatan Ibrahimovic deu um passo importante para voltar a jogar. O sueco voltou a treinar com a equipe principal do Manchester United na última semana, de acordo com o The Sun. O objetivo do atacante de 36 anos é continuar ganhando forma física para seu retorno, que está previsto para o começo de janeiro, quando ele poderá ser inscrito na Premier League.
Segundo o jornal inglês, Ibrahimovic passou os últimos sete dias treinando entre 20 e 25 minutos com o resto do elenco dos Red Devils sob comando de José Mourinho. Além disso, ele estaria em 90% de sua melhor forma. Atualmente ele está evitando contato físico, mas chuta, corre e passa com normalidade.
O jogador sueco se lesionou no dia 20 de abril de 2017 durante o segundo jogo da semifinal da Liga Europa, competição que foi vencida pelo Manchester United. Como seu contrato acabava no meio do ano, o clube de Old Trafford optou por não o renovar, mas acabou dando uma nova oportunidade para o atacante no decorrer da atual temporada.
Em 2016/17, Zaltan Ibrahimovic balançou as redes adversárias 28 vezes e deu 10 assistências em 46 partidas. Além do título da Liga Europa, ele conquistou a Supercopa Inglesa e a Copa da Liga Inglesa. Agora ele terá a concorrência de Lukaku no ataque.
http://espn.uol.com.br/noticia/736061_ibrahimovic-volta-a-treinar-com-elenco-principal-do-united

Os dois jogos entre o Skenderbeu e o Partizan, a contar para a fase de grupos da Liga Europa, vão ser jogados sem a presença de adeptos. A decisão foi da UEFA, por motivos de segurança.
Segundo o presidente do clube albanês, Ardjan Takaj, o pedido da UEFA foi aceite por ambos os clubes, uma vez que visa «não criar uma situação quente» entre os adeptos, no âmbito das difíceis relações existentes entre os dois países, devido ao conflito dos Balcãs.
«As autoridades estão a tomar as medidas necessárias. Só nos queremos focar no jogo e deixar satisfeitos os nossos adeptos, se possível com um resultado positivo», justificou Takaj.
http://www.maisfutebol.iol.pt/seguranca/uefa/liga-europa-jogos-entre-skenderbeu-e-partizan-sem-adeptos

A vitória do Liverpool por 7-0 na visita ao Maribor igualou o recorde da UEFA Champions League para a maior diferença para uma vitória fora, tendo ficado a um golo do melhor registo na competição.
No passado, em duas ocasiões foram marcados sete golos sem resposta na condição de visitante: o Marselha na deslocação ao Žilina em Novembro de 2010 e o Shakhtar Donetsk ante o BATE Borisov, em Outubro de 2014. O Liverpool igualou esse registo, mas ficou a um do máximo absoluto, os 8-0 com que golegou o Beşiktaş em Novembro de 2007, igualado oito anos depois pelo Real Madrid contra o Malmö.
O Real Madrid igualou a vitória mais volumosa da UEFA Champions League ao arrasar o Malmö por 8-0 no Santiago Bernabéu – num jogo no qual Cristiano Ronaldo estabeleceu um novo recorde de golos marcados em fases de grupos.

Maiores vitórias na UEFA Champions League
8-0: Liverpool - Beşiktaş, 06/11/2007
8-0: Real Madrid - Malmö, 08/12/2015
7-0: Juventus - Olympiacos, 10/12/2003
7-0: Arsenal - Slávia, 23/10/2007
0-7: Žilina - Marselha, 03/11/2010
7-0: Valência - Genk, 23/11/2011
7-0: Bayern - Basileia, 13/03/2012
0-7: BATE - Shakhtar, 21/10/2014
7-0: Bayern - Shakhtar, 11/03/2015
7-0: Barcelona - Celtic, 13/09/2016
0-7: Maribor - Liverpool, 17/10/2017
7-1: Manchester United - Roma, 10/04/2007
7-1: Bayern - Sporting, 10/03/2009
1-7: Dinamo Zagreb - Lyon, 07/12/2011
7-1: Barcelona - Bayer Leverkusen, 07/03/2012
1-7: Roma - Bayern, 21/10/2014
6-0: Marselha - CSKA Moscovo, 17/03/1993
6-0: Leeds United - Beşiktaş, 26/09/2000
6-0: Real Madrid - Genk, 25/09/2002
6-0: Arsenal - Braga, 15/09/2010
6-0: Porto - BATE Borisov, 17/09/2014
6-0: Chelsea - Maribor, 21/10/2014
0-6: Legia Warszawa - Borussia Dortmund, 14/09/2016
6-0: Arsenal - Ludogorets Razgrad, 19/10/2016
6-0: Dynamo Kiev - Beşiktaş, 06/12/2016
6-0: Chelsea - Qarabağ, 12/09/2017

Jogos com mais golos
12: Borussia Dortmund 8-4 Légia Varsóvia, 22/11/2016
11: Monaco 8-3 Deportivo La Coruña, 05/11/2003
9: Paris Saint-Germain 7-2 Rosenborg, 24/10/2000
9: Lyon 7-2 Werder Bremen, 08/03/2005
9: Villarreal CF 6-3 Aalborg, 21/10/2008

Empates com mais golos
4-4: Hamburgo - Juventus, 13/09/2000
4-4: Chelsea - Liverpool, 14/04/2009
4-4: Bayer Leverkusen - Roma, 20/10/2015
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2315601.html

O pequenino Shrewsbury Town, vice-líder da 3ª divisão inglesa, tornou-se protagonista nesta terça-feira na Grã-Bretanha. Isto porque o clube anunciou que será o primeiro no país a ter um setor em seu estádio no qual os fãs podem ficar de pé, algo que foi retirado dos campos de 1989 em diante, depois do desastre no estádio Hillsborough, incidente que deixou 96 mortos e promoveu uma série de modificações nas arenas inglesas.
O novo setor passará a ser construído em breve no estádio Montgomery Waters Meadow, que tem capacidade para 9.875 torcedores, e terá barras de proteção para evitar o efeito de "avalanche". No entanto, a torcida poderá ficar em pé durante todo o jogo, ao contrário do que acontece na maioria dos estádios ingleses, onde os fãs acompanham os jogos sentados.
A novidade, aliás, era uma vontade antiga dos torcedores, que contribuíram diretamente para que ela fosse instalada. Tudo foi feito a partir de uma campanha de crowdfunding que arrecadou 65 mil libras (R$ 272,22 mil) em pouco mais de 1 mil doações e também a partir de uma doação feita com um site de apostas. O dinheiro será integralmente usado na reforma das arquibancadas.
Segundo o jornal The Guardian, a iniciativa do Shrewsbury Town animou ao menos metade dos times da Premier League, que planejam criar em breve áreas iguais em seus estádios. Os setores em que a torcida ficam em pé foram banidos totalmente das duas primeiras divisões ingleses desde 1990, após o "Relatório Taylor" banir os hooligans das arenas e transformar as arquibancadas em "teatros".
Na Grã-Bretanha, um dos times que já testou e aprovou o setor "de pé" foi o Celtic, da Escócia, que conseguiu permissão da liga local em 2015 para fazer modificações em seu estádio. O desenho foi baseado nas arenas alemãs, como o Signal-Iduna Park, do Borussia Dortmund, e é considerado um sucesso.
Segundo Jon Darch, gerente da Safe Standing Roadshow (organização que faz campanhas e tenta trazer de volta a torcida em pé para o futebol inglês), a iniciativa do Shrewsbury Town tem tudo para ser um sucesso.
"(A adoção do novo setor pelo Shrewsbury Town) tem tudo para ser um sucesso e um recomeço para o safe standing. O clube está muito animado para lançar o novo setor no começo do próximo ano. O Celtic já mostrou que isso funciona na Escócia, e agora o Shrewsbury vai mostrar que isso pode funcionar também nos estádios da Inglaterra e País de Gales", ressaltou.
http://espn.uol.com.br/noticia/735709_apos-27-anos-inglaterra-tera-um-estadio-em-que-fas-poderao-torcer-em-pe-e-gracas-a-vaquinha-que-eles-mesmo-fizeram

Mais jogos na UCL:
166 Casillas
151 Xavi
143 Cristiano Ronaldo
142 Raúl
141 Giggs
128 Maldini
125 Seedorf
124 Scholes
124 Iniesta
120 Roberto Carlos
https://twitter.com/playmaker_PT/status/920629694839640066

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Qua Out 18, 2017 6:40 pm

Resultados finais LC:

Qarabağ 0x0 Atlético
Barcelona 3x1 Olympiacos
Juventus 2x1 Sporting
Chelsea 3x3 Roma
Bayern 3x0 Celtic
Anderlecht 0x4 PSG
Benfica 0x1 Man. United
CSKA Moskva 0x2 Basel

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Qua Out 18, 2017 6:43 pm

Queria chamar o resultado do Atlético de zebra, mas vi o jogo e não foi. O Qarabağ mereceu o empate e se bobear merecia ganhar.
Impressionante o que o Basel faz nos últimos anos, quase sempre com belas campanhas dentro de suas limitações, dizem que o trabalho de base e os olheiros são muito bons e os resultados estão sempre aparecendo.
Dortmund, Atlético, Monaco e Sevilla as decepções da rodada, Porto chegando bem perto disso também.

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Qua Out 18, 2017 6:45 pm


_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Qua Out 18, 2017 7:41 pm

Lionel Messi tornou-se no segundo jogador a atingir os 100 golos nas competições de clubes da UEFA, tendo precisado de menos 21 jogos do que Cristiano Ronaldo, que atingiu esta marca em Abril.
O argentino conta com 97 golos na UEFA Champions League e três na SuperTaça Europeia, em apenas 122 jogos. Messi abriu a sua conta pessoal frente ao Panathinaikos a 2 de Novembro de 2005 e atingiu os 50 golos  quando marcou por cinco vezes ao Bayer Leverkusen nos oitavos-de-final a 7 de Março de 2012. O segundo jogador não europeu na tabela é Didier Drogba com 50 golos.
Mais golos nas competições de clubes da UEFA (*ainda em actividade)
113 – Cristiano Ronaldo* (151 jogos)
100 – Lionel Messi* (122)
76 – Raúl González (158)
70 – Filippo Inzaghi (114)
67 – Andriy Shevchenko (142)
62 – Ruud van Nistelrooy (92)
61 – Gerd Müller (69)
59 – Thierry Henry (140)
59 – Henrik Larsson (108)
56 – Zlatan Ibrahimović* (139)
54 – Eusébio (70)
53 – Alessandro Del Piero (129)
51 – Karim Benzema* (99)
50 – Sergio Agüero* (86)
50 – Didier Drogba (102)
50 – Klaas-Jan Huntelaar* (87)

Estas estatísticas incluem pré-eliminatórias e competição propriamente dita da Taça dos Campeões (incluindo UEFA Champions League), Taça UEFA/UEFA Europa League, SuperTaça Europeia e Taça Intertoto.
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2511647.html#messi+imita+ronaldo+100º+golo+europeu

Melhores marcadores de sempre da UEFA Champions League (excluindo pré-eliminatórias)
110: Cristiano Ronaldo (POR, Manchester United, Real Madrid)
97: Lionel Messi (ARG, Barcelona)
71: Raúl González (ESP, Real Madrid, Schalke)
56: Ruud van Nistelrooy (NED, PSV Eindhoven, Manchester United, Real Madrid)
51: Karim Benzema (FRA, Lyon, Real Madrid)

Mehores marcadores de sempre da Taça dos Campeões Europeus/UEFA Champions League scorers (incluindo pré-eliminatórias)
108: Cristiano Ronaldo (POR, Manchester United, Real Madrid)
96: Lionel Messi (ARG, Barcelona)
71: Raúl González (ESP, Real Madrid)
60: Ruud van Nistelrooy (NED, PSV Eindhoven, Manchester United, Real Madrid)
59: Andriy Shevchenko (UKR, Dínamo Kiev, Milan, Chelsea)

Melhores marcadores de sempre da Taça dos Campeões Europeus (incluindo pré-eliminatórias)
49: Alfredo Di Stéfano (ARG/ESP, Real Madrid)
47: Eusébio (POR, Benfica)
35: Ferenc Puskás (HUN, Honvéd, Real Madrid)
34: Gerd Müller (GER, Bayern)
32: Francisco Gento (ESP, Real Madrid)

Melhores marcadores da UEFA Champions League por temporada (desde a fase de grupos à final)
2016/17: Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 12
2015/16: Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 16
2014/15: Lionel Messi (Barcelona), Neymar (Barcelona), Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 10
2013/14: Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 17
2012/13: Cristiano Ronaldo (Real Madrid) – 12
2011/12: Lionel Messi (Barcelona) – 14
2010/11: Lionel Messi (Barcelona) – 12
2009/10: Lionel Messi (Barcelona) – 8
2008/09: Lionel Messi (Barcelona) – 9
2007/08: Cristiano Ronaldo (Manchester United) – 8
2006/07: Kaká (AC Milan) – 10
2005/06: Andriy Shevchenko (AC Milan) – 9
2004/05: Ruud van Nistelrooy (Manchester United) – 8
2003/04: Fernando Morientes (Mónaco) – 9
2002/03: Ruud van Nistelrooy (Manchester United) – 12
2001/02: Ruud van Nistelrooy (Manchester United) – 10
2000/01: Raúl González (Real Madrid) – 7
1999/2000: Mário Jardel (Porto), Rivaldo (Barcelona), Raúl González (Real Madrid) – 10
1998/99: Andriy Shevchenko (Dínamo Kiev), Dwight Yorke (Manchester United) – 8
1997/98: Alessandro Del Piero (Juventus) – 10
1996/97: Milinko Pantić (Atlético) – 5
1995/96: Jari Litmanen (Ajax) – 9
1994/95: George Weah (Paris) – 7
1993/94: Hristo Stoichkov (Barcelona) – 5
1992/93: Franck Sauzée (Marselha) – 5
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2282664.html

Jogadores com 50 ou mais golos marcados nas competições de clubes da UEFA*
113: Cristiano Ronaldo (POR, Sporting CP, Manchester United, Real Madrid)
100: Lionel Messi (ARG, Barcelona)
77: Raúl González (ESP, Real Madrid, Schalke)
70: Filippo Inzaghi (ITA, Parma, Juventus, Milan)
67: Andriy Shevchenko (UKR, Dynamo Kyiv, AC Milan, Chelsea)
62: Ruud van Nistelrooy (NED, Heerenveen, PSV Eindhoven, Manchester United, Real Madrid, Hamburg)
62: Gerd Müller (GER, Bayern München)
59: Thierry Henry (FRA, Monaco, Juventus, Arsenal, Barcelona)
59: Henrik Larsson (SWE, Feyenoord, Celtic, Barcelona, Manchester United, Helsingborg)
56: Zlatan Ibrahimović (SWE, Ajax, Juventus, Internazionale, Barcelona, AC Milan, Paris Saint-Germain, Manchester United)
56: Eusébio (POR, Benfica)
54: Alessandro Del Piero (ITA, Juventus)
51: Karim Benzema (FRA, Lyon, Real Madrid)
50: Sergio Agüero (ARG, Atlético Madrid, Manchester City)
50: Didier Drogba (CIV, Marseille, Chelsea, Galatasaray)
50: Klaas-Jan Huntelaar (NED, Heerenveen, Ajax, AC Milan, Schalke)
50: Alfredo di Stéfano (ARG/ESP, Real Madrid)

*Por competições de clubes da UEFA entende-se Taça dos Clubes Campeões Europeus/UEFA Champions League, Taça UEFA/UEFA Europa League, Taça dos Vencedores das Taças da UEFA, Copa América, SuperTaça Europeia e Taça UEFA Intertoto
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2286226.html

Em toda a história da Champions, 57 equipas perderam os 3 primeiros jogos e só uma passou os grupos: O Newcastle, em 2002/03.
https://twitter.com/playmaker_PT/status/920758147450630145

Mais autogolos na história das competições europeias:
26 Real Madrid
20 Juventus
20 Manchester United
https://twitter.com/playmaker_PT/status/920739960256417793

Svilar passa a ser o guarda-redes mais jovem a jogar na Champions (formato atual):
Svilar 18 anos e 1 mês
Casillas 18 anos e 3 meses
Mihaylov 18 anos e 4 meses
https://twitter.com/playmaker_PT/status/920729592436011010

Cristiano Ronaldo é o desportista europeu mais bem pago da atualidade, de acordo com uma lista divulgada pela conceituada revista Forbes.
O internacional português recebe qualquer coisa como 93 milhões de dólares (80 milhões de euros) anuais, mais 29 milhões que o segundo desportista da lista, o tenista suíço Roger Federer.
Ainda assim, o craque do Real Madrid não é a personalidade europeia mais bem paga. Esse título pertence à escritora JK Rowling, autora da famosa saga Harry Potter, que aufere 95 milhões de dólares, mais dois que Ronaldo, o segundo desta classificação.
Confira a lista:

1 - J.K.Rowling (Reino Unido, 95 milhões dólares)
2 - Cristiano Ronaldo (Portugal, 93 milhões dólares)
3 - Coldplay (Reino Unido, 88 milhões dólares)
4 - Adele (Reino Unido, 69 milhões de dólares)
5 - Roger Federer (Suíça, 64 milhões de dólares)
6 - Elton John (Reino Unido, 60 milhões de dólares)
6 - Gordon Ramsey (Reino Unido, 60 milhões de dólares)
7 - Paul McCartney (Reino Unido, 54 milhões de dólares)
8 - Rory McIlroy (Reino Unido, 50 milhões de dólares)
9 - Calvin Harris (Reino Unido, 48 milhões de dólares)
10 - Lewis Hamilton (Reino Unido, 46 milhões de dólares)
11 - Simon Cowell (Reino Unido, 43,5 milhões de dólares)
12 - Tiesto (Holanda, 39 milhões de dólares)
13 - Sebastian Vettel (Alemanha, 38,5 milhões de dólares)
14 - Novak Djokovic (Sérvia, 37,6 milhões de dólares)
15 - Ed Sheeran (Reino Unido, 37 milhões de dólares)
16 - Fernando Alonso (Espanha, 36 milhões de dólares)
18 - Gareth Bale (Reino Unido, 34 milhões de doláres)
18 - Conor McGregor (Irlanda, 34 milhões de dólares)
20. Zlatan Ibrahimovic (Suécia,32 milhões de dólares)
http://abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/697575

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Qua Out 18, 2017 7:49 pm









_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Qua Out 18, 2017 9:41 pm

O contrato de Neymar com o Paris Saint-Germain prevê uma bonificação de aproximadamente 3 milhões de euros (R$ 11 milhões) caso o brasileiro ganhe a Bola de Ouro, o que pode acontecer ainda neste ano.
O jornal Le Parisien revelou nesta terça-feira, citando "fontes brasileiras", a existência desta cláusula no acordo entre o clube e o craque. Ela será ativada sempre que o jogador levar o prêmio durante a duração do contrato com o PSG, que expira em 2022.
De acordo com a publicação, essa bonificação equivale a um mês de salário líquido de Neymar e o clube pode se beneficiar em termos de imagem se tiver o melhor jogador do mundo, permitindo um aumento nos preços cobrados tantos nos ingressos para as partidas do Paris Saint-Germain realizadas no estádio Parque dos Príncipes, em Paris, como nas negociações com patrocinadores.
Segundo os vazamentos do site Football Leaks em 2016, Neymar já tinha uma cláusula similar com o Barcelona. Por ela, teria recebido 425 mil euros (cerca de R$ 1,5 milhão) se tivesse ganho a Bola de Ouro.
De acordo com o Le Parisien, o bônus se refere à Bola de Ouro, prêmio concedido pela revista France Football, e não cita a premiação de melhor do mundo feita pela Fifa, que pode ser considerada ainda mais importante. O brasileiro é um dos 30 finalistas da promoção feita pela publicação francesa especializada na cobertura do futebol.
http://esporte.band.uol.com.br/futebol/futebol-internacional/noticia/100000881602/psg-dara-r-11-milhoes-extras-a-neymar-se-ganhar-bola-de-ouro.html

O Qarabag surpreendeu o Atlético de Madrid ao empatar em 0 a 0 nesta quarta-feira, em Baku, no Azerbaijão, pela terceira rodada do Grupo C da Liga dos Campeões da Europa. O duelo teve participação de destaque do brasileiro Pedro Henrique, meia que atua com a camisa 10 da equipe azerbaijana.
O placar foi muito comemorado por jogadores, comissão técnica e torcedores do Qarabag, clube que obteve o seu primeiro ponto como integrante da principal competição europeia em toda a sua história.
http://bandsports.band.uol.com.br/noticia/100000881755/qarabag-surpreende-atletico-de-madrid-e-conquista-1o-ponto

Lionel Messi tornou-se no segundo jogador a marcar 100 golos nas competições de clubes da UEFA, marca que junta a muitos outros recordes que possui. Recordamos as marcas que o avançado do Barcelona e da Argentina atingiu aos 30 anos.
Mais "hat-tricks" na UEFA Champions League (partilhado com Cristiano Ronaldo): 7
Mais golos na fase de grupos da UEFA Champions League: 60
Mais golos nos oitavos-de-final da UEFA Champions League: 21
Mais Bolas de Ouro da FIFA: 5
Mais golos na Liga espanhola: 360
Mais golos numa época na Liga espanhola: 50 (2011/12)
Mais golos num ano civil: 79 em 2012 (91 incluindo os marcados pela Argentina)
Mais troféus conquistados ao nível de clubes: 29
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2511770.html

O presidente e proprietário do Monaco, Dmitry Rybolovlev, será interrogado nesta quinta-feira após ter sido denunciado por uma ex-colaboradora por invasão de privacidade relacionada a um caso de corrupção que tramita na justiça do Principado.
"Vou ser acusado como cúmplice neste caso, embora eu negue os fatos", afirmou Rybolovlev em um comunicado em que se mostrou disposto a colaborar com as investigações.
A búlgara Tania Rappo, ligada à família de Rybolovlev, o acusa de ter gravado uma conversa sem sua permissão para criar provas contra o marchand suíço Yves Bouvier, acusado pelo magnata de corrupção por supostamente fraudar preços de obras de arte colocadas para leilão.
Tania, responsável por aproximar Bouvier e o empresário russo, que frequentemente se envolve em compra e venda de obras de arte, denunciou que o advogado do dono do Monaco, Maitre Bersheda, a usou para criar uma armadilha contra o marchand.
Outra ramificação do caso de corrupção é a denúncia do suíço contra Rybolovlev, que teria tentado influenciar policiais e juízes monegascos.
http://espn.uol.com.br/noticia/736131_dono-do-monaco-e-denunciado-por-corrupcao-e-depoe-nesta-quinta

Leipzig consegue primeiro triunfo frente ao Porto. O Leipzig somou a primeira vitória do seu curto historial europeu ao bater o Porto por 3-2.
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2018/matches/round=2000881/match=2021624/postmatch/report/

Jupp Heynckes entra na história. O alemão, que saltou da reforma para assumir o comando técnico do Bayern de Munique, passou a ser o treinador mais velho (72 anos, 162 dias) a orientar uma equipa num jogo da Champions.
http://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/697642

A terceira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões teve brilho intenso do futebol brasileiro. Foram nove gols com nosso selo de qualidade desta vez - houve seis na primeira rodada e mais seis na segunda -, o que fez o Brasil disparar na artilharia por país da principal competição de clubes do mundo. São 21 no total até aqui, seis a mais do que a Inglaterra, que vem na segunda posição na corrida de nações.
https://globoesporte.globo.com/numerologos/noticia/brasil-dispara-na-artilharia-da-liga-dos-campeoes-com-ajuda-de-bernard-e-firmino.ghtml

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Qui Out 19, 2017 10:30 am

Quando o Milan anunciou a contratação de Leonardo Bonucci, ex-Juventus, em julho, a imprensa italiana cravou que a equipe rubro-negra havia se reforçado com o "melhor zagueiro do mundo", já que o atleta vinha de mais uma grande temporada pela "Velha Senhora" e de uma excelente Eurocopa com a seleção italiana, o que o fez ser muito elogiado por técnicos como Josep Guardiola e Antonio Conte.
Pelo futebol do atleta de 30 anos, os milanistas pagaram incríveis 42 milhões de euros (R$ 157,4 milhões, na cotação atual), sendo 40 milhões de euros fixos mais 2 milhões de euros em bônus, lhe dando inclusive a faixa de capitão antes mesmo de ele assinar o contrato.
Três meses depois, porém, Bonucci ainda não conseguiu deixar boa impressão.
Ao todo, o atleta já fez 10 partidas pelo novo clube nesta temporada, se contados apenas os confrontos pelo Campeonato Italiano e pela fase de grupos da Liga Europa. Nestas partidas, o Milan foi vazado em oito, ou seja, em praticamente 80% delas - as únicas equipes que não fizeram gols na defesa comandada pelo veterano foram os fracos Crotone e SPAL, pela Serie A.
Nesta quinta-feira, aliás, o veterano disputará seu 11º encontro pelos rossoneri, contra o AEK, da Grécia, às 17h05 (de Brasília).
Com este desempenho ainda abaixo do esperado, Bonucci hoje é comandante da pior zaga entre os maiores times da Europa, contabilizando partidas de ligas nacionais e de fase de grupos de Uefa Champions League e Liga Europa. Sob sua vigia, o Milan tem média de 1,6 gol sofrido/jogo: foram 16 em 10 duelos.
Essa média é praticamente cinco vezes maior do que as de Manchester United e Barcelona que sofreram 0,27 e 0,36 gol/jogo até agora, respectivamente.
Também é muito maior que as de Manchester City (0,45), Paris Saint-Germain (0,50), Inter de Milão (0,63), Tottenham (0,64), Atlético de Madri (0,70) e Real Madrid (0,82).
A defesa milanista ainda é bem pior do que as zagas que menos vêm agradando na Europa até o momento: Bayern de Munique (média de 1,00 gol sofrido/jogo), Juventus (1,00), Chelsea (1,09), Arsenal (1,3) e até mesmo o Liverpool, um dos times mais criticados do continente no momento, que sofre 1,36 gol/jogo.
http://espn.uol.com.br/noticia/736256_milan-gastou-r-157-milhoes-para-ter-melhor-zagueiro-do-mundo-agora-tem-pior-defesa-dos-grandes-europeus

O Paris Saint-Germain está pronto para voos mais altos na Uefa Champions League?
Essa certamente é a pergunta que todos se fazem desde que o time resolveu abrir de vez os cofres para contratar Neymar e Mbappé. E, até agora, a resposta tem sido bastante positivas.
Nos três primeiros jogos na competição europeia, foram três vitórias. Mais que isso: com 12 gols marcados e nenhum sofrido, o PSG conseguiu igualar o melhor começo de um time na história da competição – vitórias para cima de Celtic (5x0), Bayern de Munique (3x0) e Anderlecht (4x0).
E, curiosamente, igualou uma marca que seu grande astro já tinha.
Os outros times que conseguiram começar o torneio com 9 pontos e 12 gols de saldo foram o Arsenal, em 2010, e o Barcelona, no ano passado, com Neymar no elenco.
O Barça da temporada passada fez ainda mais gols (13), mas sofreu um. Foram triunfos para cima de Celtic (7x0), Borussia M’Gladbach (2x1) e Manchester City (4x0).
Marra destaca diferenças entre Neymar e Jesus e diz: 'Por isso o casamento entre os dois se deu muito bem'
Neymar fez dois gols e distribuiu cinco assistências nesse início do time espanhol.
Agora, com o PSG, o brasileiro volta a ter bons números, mas é até mais tímido em termos de participação em gols: três bolas na rede e duas assistências.
Em 2010, o Arsenal foi até melhor ofensivamente: com os mesmos nove pontos, anotou 14 gols e tomou dois. Os rivais foram Braga (6x0), Partizan (3x1) e Shakhtar Donetsk (5x1).
A tristeza para o PSG é que nem Arsenal e nem Barcelona foram campeões nesses anos. Os ingleses caíram para o próprio Barça nas oitavas de final, enquanto os espanhóis foram eliminados nas quartas pela Juventus.
http://espn.uol.com.br/noticia/736182_psg-voa-e-neymar-agora-tem-participacao-em-dois-dos-melhores-inicios-da-historia-da-champions

A saída de Casillas da baliza teve o impacto que seria de esperar em Espanha. A abordagem mais curiosa surgiu do ‘As’, que elaborou uma lista das ‘vítimas’ da ‘maldição’ de Iker, ilustrando a peça com uma fotografia de José Sá. César Sánchez, Cañizares ou Adán foram alguns dos guarda-redes que perderam o braço de ferro com o camisola 1 portista.
O caso mais focado foi mesmo o de Antonio Adán, em finais de 2012, lançado por José Mourinho contra o Málaga. O Real Madrid perdeu e, no jogo seguinte, o novo titular foi expulso logo no início e o ‘Special One’ teve de mandar Casillas levantar-se do banco e entrar.
Na altura, a ‘Marca’ falou com Vítor Baía, que em 2002 entrou em rota de colisão com o técnico. "Com Mourinho aprendi que todos os jogadores são tratados da mesma forma. Não há divisões entre estrelas e os restantes. Depois desse castigo cresci muito", salientou aquele a quem Casillas, no passado domingo, assinalou o seu aniversário no Twitter chamando-lhe "lenda".
Ontem, a ‘Marca’ ironizou ainda com o facto de "o debate nacional em torno de Casillas" agora se ter mudado... para Portugal.
http://www.record.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/fc-porto/detalhe/espanhois-sujeitam-jose-sa-a-maldicao.html

No futebol nada é certo e aqueles jogadores que numa época se destacaram, na outra a seguir podem ter o azar de as coisas correrem de forma pior. O jornal espanhol 'Marca' elegeu os 10 jogadores que custaram mais de 40 milhões de euros e que se tornaram numa dor de cabeça para os clubes que os contrataram.
- Andy Carroll trocou o West Ham pelo Liverpool na época de 2011 (ficou até 2013) por 40 milhões de euros. Marcou 6 golos em 44 jogos.
- Eliaquim Mangala foi um dos grandes investimentos do Man. City, contratado ao FC Porto por 50 milhões de euros na época 2011.
- Robinho transferiu-se do Real Madrid para o Man. City a troco de 42 milhões de euros. Durou apenas duas épocas em Inglaterra.
- Depois dos anos gloriosos no AC Milan, Shevchenko foi para o Chelsea por 48 milhões de euros onde, em três épocas, fez 48 jogos e apenas 9 golos
- O Liverpool apostou forte na contratação de Benteke ao Aston Villa, desembolsando 46 milhões de euros. A aventura nos 'reds' durou uma época.
- Gaizka Mendieta trocou o Valencia onde jogou durante oito épocas, para se transferir para os italianos da Lazio por 48 milhões de euros.
- David Luiz manteve-se no Chelsea até 2014 até que decidiu rumar ao PSG, onde os franceses gastaram 50 milhões de euros. Mal-amado em França ficou apenas duas épocas.
- Zlatan Ibrahimovic já tinha dado cartas em Itália e foi vendido ao Barcelona por 66 milhões de euros em 2011. O mau relacionamento com Guardiola ditou a sua saída.
- Depois de ter ganho a Bola de Ouro, Kaká procurou outros desafios longe do Milan sendo transferido para o Real Madrid por 66 milhões de euros na época de 2009.
- O Real Madrid precisava de vender jogadores e decidiu-se por Ángel Di Maria enviando-o para o Manchester United a troco de 75 milhões de euros. Ficou apenas a época de 2014/2015.
http://www.record.pt/multimedia/fotogalerias/detalhe/custar-mais-de-40-milhoes-e-nao-dar-em-nada-estes-10-jogadores-que-o-digam.html#/0

Marcaram nos 3 jogos da Champions 2017/18:
Cristiano Ronaldo (5 golos)
Cavani (4)
Neymar (3)
https://twitter.com/playmaker_PT/status/920987498507112449

Mais golos em 2017:
50 Messi
45 Lewandowski
44 Cristiano Ronaldo
43 Kane
39 Cavani
37 Aubameyang
34 Dzeko e Immobile
33 Lukaku
31 Falcao
https://twitter.com/playmaker_PT/status/920975750936883201

Só vitórias na UCL pós final da 1.ª volta grupos:
Barcelona
Man. City
Man. United
PSG (único sem golo sofrido)
Besiktas
https://twitter.com/playmaker_PT/status/921027344353120256

Desde o primeiro tento em 2005 ao golo frente ao Olympiacos que elevou a sua conta para a centena, veja todos os tentos marcados por Lionel Messi nas competições de clubes da UEFA pelo Barcelona.
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/video/stars-of-ucl/videoid=2511851.html

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Qui Out 19, 2017 2:44 pm

Thomas Müller vem provando há anos que não precisa ser badalado como Cristiano Ronaldo e Messi, e nem ter a habilidade de Neymar, para ser um grande atacante. Com o gol contra o Celtic, ele chegou a 40 marcados na Liga dos Campeões. Não só é o primeiro alemão a conseguir essa marca como, aos 28 anos, é o quinto jogador mais jovem a atingi-la - somente Messi, Raúl, Benzema e Cristiano Ronaldo estão à frente nesse quesito.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/liga-dos-campeoes/noticia/do-goleiro-adolescente-ao-treinador-veterano-veja-13-curiosidades-da-rodada.ghtml

O fenômeno Kylian Mbappé abriu o placar na goleada do Paris Saint-Germain sobre o Anderlecht e chegou a oito gols marcados na Liga dos Campeões (seis pelo Monaco e dois pelo PSG). Aos 18 anos, ele é o jogador mais jovem a atingir essa marca - batendo o recorde de Kluivert, ex-Ajax, que fez sete com essa idade.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/liga-dos-campeoes/noticia/do-goleiro-adolescente-ao-treinador-veterano-veja-13-curiosidades-da-rodada.ghtml

Contra o Tottenham, o gol marcado por Cristiano Rolando foi de pênalti. Essa foi a 45ª penalidade apontada a favor do Real Madrid na Liga dos Campeões, o que coloca a equipe merengue como líder histórica nesse quesito. Ultrapassou o Barcelona, que teve 44.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/liga-dos-campeoes/noticia/do-goleiro-adolescente-ao-treinador-veterano-veja-13-curiosidades-da-rodada.ghtml

O bósnio Miralem Pjanic fez um gol de falta na vitória da Juventus de virada sobre o Sporting na quarta-feira. Especialista na batida, ele é o primeiro jogador na história a marcar em cobranças de falta por três equipes diferentes na Champions. Antes da Juve, ele havia balançado as redes dessa maneira por Roma e Lyon.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/liga-dos-campeoes/noticia/do-goleiro-adolescente-ao-treinador-veterano-veja-13-curiosidades-da-rodada.ghtml

Só derrotas na Champions (final 1.ª volta grupos)
Benfica
Anderlecht (único que ainda não marcou golo)
Feyenoord
Olympiacos
https://twitter.com/playmaker_PT/status/921034702403796992

O avançado argentino Mauro Icardi, 24 anos, do Inter de Milão, é o ‘9’ mais letal do futebol europeu.
Como é isso possível se nem sequer lidera a lista dos melhores marcadores de Itália (tem nove golos na Série A, menos um do que Paulo Dybala, da Juventus, e menos dois do que Ciro Immobile, da Lazio)? É possível porque, segundo o estudo publicado pela Gazzetta dello Sport, Icardi é o jogador que, nas principais ligas europeias, menos vezes precisa de tocar na bola, durante os jogos, para fazer golo, com uma média de 20,33 toques por encontro.
Seguem-se Falcao (21,83), Cavani (25,25), Aubameyang (27,5) e Immobile (28,73).
https://abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/697403

Não é novidade para ninguém que o atual contrato do argentino Lionel Messi com o Barcelona vencerá ao final da temporada 2017/2018. Como sempre acontece, os rumores de que o craque estaria disposto a deixar o clube espanhol já começaram. Por isso, o Barça também já está se mexendo e quer garantir sua principal estrela, principalmente após levar um drible do Paris Saint-Germain no caso de Neymar.
De acordo com a imprensa britânica, o Barcelona estaria disposto a, inclusive, tomar uma atitude que nunca cogitou em sua história: vender os naming rights do Camp Nou. A ideia seria levantar cerca de 100 milhões de euros e colocar esse valor de forma integral como um bônus no novo contrato de Messi com o clube.
"O Barcelona quer dar a Messi 100 milhões de euros para assinar um contrato de 500 mil euros por semana e venderá o nome do Camp Nou para financiá-lo. O gigante catalão começará a construir seu novo estádio em 2019, mas, antes disso, poderia vender os naming rights por um quarto de século”, afirmou o jornal britânico The Sun em uma de suas manchetes nos últimos dias.
A correria do Barcelona para tentar renovar com Messi tem um motivo: há rumores de que o Manchester City, do técnico Pep Guardiola, com quem Messi fez uma parceria histórica no Barcelona, estaria pronto para fazer uma proposta ao craque argentino em janeiro de 2018.
O valor seria de nada mais nada menos que 370 milhões de euros. Para se ter uma ideia do que significa esse valor, a venda de Neymar para o PSG por 222 milhões de euros foi a transação mais cara da história do futebol até hoje.
Ainda de acordo com o The Sun, a performance de Messi no jogo decisivo diante do Equador em que o craque marcou os três gols que garantiram a Argentina na Copa do Mundo de 2018 foi mais uma confirmação de que o camisa 10 vale qualquer tipo de investimento.
A saída de Neymar ligou o sinal de alerta no Camp Nou. E o Barcelona não quer perder Messi de jeito nenhum.
http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/barcelona-pode-vender-naming-rights-do-camp-nou-para-garantir-messi_33338.html

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Qui Out 19, 2017 5:07 pm

Sexta (20/10)

15:00 Cremonese x Brescia [Bandsports / Bandsports HD] (2ª Divisão Campeonato Italiano)
16:30 Schalke x Mainz [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Alemão)
16:45 St-Étinne x Montpellier [SporTV3 / SporTV3 HD] (Campeonato Francês)
17:00 West Ham x Brighton [ESPN+] (Campeonato Inglês)

Sábado (21/10)

09:30 Chelsea x Watford [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
11:30 Eintracht Frankurt x Dortmund [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Alemão)
11:30 Leipzig x Stuttgart [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Alemão)
12:00 Huddersfield x Man. United [ESPN+] (Campeonato Inglês)
12:00 Man. City x Burnley [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
12:15 Betis x Alaves [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] (Campeonato Espanhol)
13:00 Monaco x Caen [SporTV / SporTV HD] [TV5] (Campeonato Francês)
14:00 Sampdoria x Crotone [RAI] (Campeonato Italiano)
14:30 Hamburgo x Bayern [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Alemão)
14:30 Valencia x Sevilla [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)
14:30 Southampton x West Bromwich [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Inglês)
15:15 Vitória de Setúbal x Marítimo [Bandsports / Bandsports HD] (Campeonato Português)
16:00 Nantes x Guingamp [SporTV3 / SporTV3 HD] (Campeonato Francês)
16:45 Barcelona x Malaga [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)
16:45 Napoli x Internazionale [ESPN / ESPNHD] [RAI] (Campeonato Italiano)
17:30 Porto x Paços de Ferreira [Bandsports / Bandsports HD] (Campeonato Português)

Domingo (22/10)

08:30 Chievo x Hellas Verona [RAI] (Campeonato Italiano)
10:30 Feyenoord x Ajax [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Neerlandês)
10:30 Everton x Arsenal [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
11:00 Milan x Genoa [ESPN+] (Campeonato Italiano)
11:00 Torino x Roma [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
12:15 Celta x Atlético [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Espanhol)
13:00 Tottenham x Liverpool [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
14:00 Udinese x Juventus [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
15:00 Aves x Benfica [ESPN Extra] (Campeonato Português)
16:45 Lazio x Cagliari [RAI] (Campeonato Italiano)
16:45 Real Madrid x Eibar [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Espanhol)
17:00 Marseille x PSG [SporTV / SporTV HD] [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Francês)
17:15 Sporting x Chaves [RTP] [SIC] (Campeonato Português)

Segunda (23/10)

16:00 Real Sociedad x Espanyol [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)

Quem quiser assistir pela internet:

http://www.tvonline.org/
http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://gofirstrow.eu/sport/football.html
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Qui Out 19, 2017 7:17 pm

Resultados finais LE:

Zlín 1x1 København
Sheriff 1x1 Lokomotiv Moskva
Atalanta 3x1 Apollon
Everton 1x2 Lyon
Austria Wien 1x3 Rijeka
Milan 0x0 AEK
Hoffenheim 3x1 İstanbul Başakşehir
Braga 0x2 Ludogorets
Dynamo Kyiv 2x2 Young Boys
Skënderbeu 0x0 Partizan
Villarreal 2x2 Slavia Praha
Astana 4x0 M. Tel-Aviv
Vardar 0x6 Real Sociedad
Zenit 3x1 Rosenborg
Zulte Waregem 1x1 Vitesse
Nice 1x3 Lazio
Zorya 2x1 Hertha
Östersund 2x2 Athletic
Marseille 2x1 Vitória
Konyaspor 0x2 Salzburg
Crvena zvezda 0x1 Arsenal
BATE 1x0 Köln
H. Beer-Sheva 1x2 FCSB
Lugano 3x2 Plzeň

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Qui Out 19, 2017 7:20 pm


_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Qui Out 19, 2017 7:22 pm

Numa temporada "normal" poderia chamar o Everton e o Köln de vergonha, mas como estão fazendo uma temporada pífia, principalmente o Everton que quebrou o cofre, então o que esta acontecendo na LE virou até que esperado já.
Zorya e Östersund mais uma vez foram sensacionais, e eu jurava que Athletic e Hertha iriam passear no grupo.

Creio que já na quarta rodada comecem a aparecer os primeiros classificados tanto na LC quanto na LE e também os primeiros eliminados.

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Sex Out 20, 2017 11:00 am

Brasileiros que marcaram 4 ou mais golos num só jogo na UEFA:
1995 Ronaldo (PSV)
2014 Luiz Adriano (Shakhtar)
2017 Willian José (Sociedad)
https://twitter.com/playmaker_PT/status/921336384845238272

Equipas portuguesas na UEFA esta semana: 5 jogos, 5 derrotas. Mais derrotas numa só semana só em setembro 2007: 6 derrotas.
https://twitter.com/playmaker_PT/status/921126072078520322

O guarda-redes português Anthony Lopes (Lyon) confirmou que foi agredido por um adepto do Everton, após o apito final da partida para a Liga Europa, que decorreu no campo da equipa inglesa.
«Não foi nada de grande. Aconteceu e pronto. Acho que não faz parte da atmosfera inglesa agredir um jogador, mas aconteceu. Estou muito orgulhoso com o que fizemos e vencemos, mesmo tendo em conta o que aconteceu. Foi uma noite onde ficámos muito orgulhosos», afirmou Anthony Lopes, em declarações à Imprensa inglesa.
Jogadores e adeptos do Everton entraram em confronto e as imagens mostram um adepto a carregar uma criança a atacar Anthony Lopes. O incidente teve início após o capitão do Everton, Ashley Williams, ter empurrado o guardião.
http://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/697828

Afastado dos relvados desde abril, devido a lesão no joelho que o levou à sala de operações, Zlatan Ibrahimovic espera poder estar de volta em dezembro.
O jogo do Manchester United ante o Arsenal, marcado para 2 de dezembro, tem sido apontado como potencial para o regresso do avançado sueco de 36 anos, mas agora ganha força a possibilidade de voltar na partida seguinte, a 5 de dezembro, frente ao CSKA.
O jogo fecha a fase de grupos da Liga dos Campeões e, tendo em conta que a equipa de José Mourinho tem já encaminhado o apuramento para os oitavos de final da competição, será o ideal para o regresso de Ibrahimovic.
http://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/697864

A Imprensa espanhola revelou um possível onze com estrelas que não foram titulares na terceira jornada da Liga dos Campeões.
Casillas; Nélson Semedo, Barzagli, Theo; Arturo Vidal, James, Rakitic, Asensio; Agüero, Douglas Costa, Di María.
Banco:
Bernardo Silva, Gündogan, Matuidi, Bernardeschi, Draxler, Pedro, Rüdiger e De Rossi
http://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/697685

A Real Sociedad alcançou a maior vitória fora da história da UEFA Europa League – e igualou o triunfo pela maior margem de sempre da prova – ao triunfar por 6-0 no terreno do Vardar esta quinta-feira.
Maiores vitórias na UEFA Europa League
7-1: Lyon - AZ Alkmaar (2016/17)
6-0: Vardar - Real Sociedad (2017/18)
6-0: Steaua Bucureste - Aalborg (2014/15)
6-0: Valência - Rapid Wien (2015/16)

Mais golos num jogo da UEFA Europa League
5: Aritz Aduriz – Athletic Club 5-3 Genk (2016/17)
4: Willian José – Vardar 0-6 Real Sociedad (2017/18)
4: Radamel Falcao – Porto 5-1 Villarreal (2010/11)
4: Edinson Cavani – Nápoles 4-2 Dnipro (2012/13)
http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2512355.html

Willian José contribuiu com quatro dos golos da Real Sociedad em Skopje, tornando-se apenas no terceiro jogador a alcançar tal registo num só jogo da UEFA Europa League. Aritz Aduriz é o único jogador a ter marcado por cinco vezes numa só partida da UEFA Europa League.
http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2512355.html

Cinco jogos, cinco derrotas. A pior semana europeia de clubes do futebol português em dez anos. Desde as fases de grupos de UEFA Champions League e Taça UEFA de 2007/08 que os clubes portugueses não sofriam tantos desaires numa jornada europeia (dessa feita, com sete equipas em acção, foram seis as derrotas, mas houve ainda assim um empate a assinalar).
Esta semana negra veio, naturalmente, complicar a posição de Portugal no ranking de coeficiente de clubes da UEFA por país, deixando-o ainda mais longe de recuperar o sexto lugar no ranking, no qual a Rússia se vai destacando. O sétimo posto, porém, está relativamente seguro, com os clubes belgas longe de repetirem o desempenho da temporada passada, tendo mesmo a Bélgica sido já ultrapassada pela Ucrânia no oitavo lugar.
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2512593.html#pleno+derrotas+complica+situacao+portugal+ranking+clubes

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Sex Out 20, 2017 11:47 am

Estatísticas LC:

48 jogos e 156 gols

Estatísticas de equipa

PASSES COMPLETOS (%)
91% Barcelona
90% Man. City
89% Bayern
89% Real Madrid
88% PSG

POSSE DE BOLA (%)
62% Barcelona
61% Bayern
61% Dortmund
58% Man. United
58% Liverpool

TOTAL DE REMATES
71 Bayern
69 Liverpool
51 Chelsea
50 Sevilla
50 Juventus

GOLOS MARCADOS
PSG 12
Chelsea 11
Liverpool 10
Man. City 8
Man. United 8

Estatísticas de jogadores

MELHORES MARCADORES
5 Harry Kane Tottenham
5 Cristiano Ronaldo Real Madrid
4 Wissam Ben Yedder Sevilla
4 Edinson Cavani PSG
3 Neymar PSG

ASSISTÊNCIAS
3 Ricardo Quaresma Beşiktaş
3 Anthony Martial Man. United
2 Kylian Mbappé PSG
2 Tonny Vilhena Feyenoord
2 Neymar PSG

PASSES COMPLETOS
310 John Stones Man. City
285 Éver Banega Sevilla
283 Sergio Busquets Barcelona
260 Marco Verratti PSG
255 Samuel Umtiti Barcelona

MAIS DEFESAS
18 Jasmin Handanović Maribor
16 Alphonse Areola PSG
16 Andriy Pyatov Shakhtar Donetsk
16 Igor Akinfeev CSKA Moskva
13 Silvio Proto Olympiacos

Estatísticas LE:

72 jogos e 202 gols

Estatísticas de equipa

PASSES COMPLETOS (%)
92% Nice
91% Real Sociedad
90% Milan
89% Hertha
89% Hoffenheim

POSSE DE BOLA (%)
66% Real Sociedad
61% København
59% Villarreal
59% Milan
58% Hertha

TOTAL DE REMATES
52 Hertha
43 Atalanta
42 Astana
42 Plzeň
42 AEK

GOLOS MARCADOS
Real Sociedad 11
Zenit 11
Nice 9
Dynamo Kyiv 8
Lazio 8

Estatísticas de jogadores

MELHORES MARCADORES
5 Emiliano Rigoni Zenit
4 Alassane Plea Nice
4 Aleksandr Kokorin Zenit
4 André Silva Milan
4 Willian José Real Sociedad

ASSISTÊNCIAS
4 Xabi Prieto Real Sociedad
3 Sergio Canales Real Sociedad
3 Mirko Ivanić BATE
2 Kerem Demirbay Hoffenheim
2 Dmitri Shomko Astana

PASSES COMPLETOS
266 Dante Nice
254 Kevin Vogt Hoffenheim
246 Maxime Le Marchand Nice
231 Leonardo Bonucci Milan
226 Asier Illarramendi Real Sociedad

MAIS DEFESAS
20 Iago Herrerín Athletic
17 André Hansen Rosenborg
16 Denis Scherbitski BATE
15 Bruno Vale Apollon
14 Giannis Anestis AEK

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Sex Out 20, 2017 12:04 pm

Equipa da Semana do Fantasy Football da Champions League
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2512056.html

Equipa da Semana da Europa League
http://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2512578.html#quem+integra+equipa+semana+europa+league

Jogador da Semana da Champions League
http://mvp.uefa.com/pt/uefachampionsleague/results

Jogador da Semana da Europa League
http://mvp.uefa.com/pt/uefaeuropaleague/results

O Everton já avançou no sentido de identificar e banir o adepto que se envolveu no tumulto entre jogadores e acabou por tentar agredir o guarda-redes português do Lyon, Anthony Lopes, na noite de quinta-feira. O homem, que estava com uma criança ao colo, foi também de denunciado à polícia de Merseyside (Liverpool).
"Funcionários do clube visionaram as imagens do incidente que ocorreu aos 64 minutos do jogo frente ao Lyon nos quais adeptos na fila da frente da bancada Gwladys Street End se envolverem no confronto entre jogadores. Identificámos um indivíduo contra o qual vamos agir. Isto incluirá o impedimento de assistir a mais jogos do Everton bem como a apresentação de uma queixa formal na polícia de Merseyside", informaram os toffees através de um comunciado.
Recorde-se que o adepto, que não foi identificado, empurrou duas vezes o guarda-redes português no decorrer dos incidentes que marcaream o jogo da Liga Europa, que os franceses venceram (2-1). A polícia britânica informou que já abriu uma investigação, no sentido de apurar "se foi cometida qualquer infração", com base em testemunhos e em imagens vídeo, na sequência de queixa apresentada pelo clube de Liverpool.
http://www.record.pt/internacional/paises/inglaterra/detalhe/adepto-que-tentou-agredir-anthony-lopes-vai-ser-banido-pelo-everton.html

A UEFA atribui uma verba base de 12,7 milhões de euros pela participação na fase de grupos, além de bónus por vitórias ou empates e uma percentagem dos direitos televisivos de cada país, conhecido como 'market pool', que é calculado mediante a dimensão do mercado televisivo daquele país, a posição no campeonato e o número de jogos realizados na Europa.
A Juventus, finalista vencida, conseguiu 110,4 milhões de euros, o valor mais alto da temporada, com o Leicester, eliminado nos quartos de final pelo Atlético Madrid, no segundo posto com 81,7 milhões.
http://www.record.pt/internacional/competicoes-de-clubes/liga-dos-campeoes/detalhe/uefa-anuncia-receitas-de-201617-fc-porto-recebeu-mais-2-milhoes-do-que-benfica.html

A UEFA abriu esta sexta-feira um inquérito aos incidentes ocorridos no jogo da Liga Europa entre o Everton e o Lyon, durante o qual um adepto da equipa inglesa empurrou o guarda-redes internacional português Anthony Lopes.
O clube inglês pode ser sancionado por "agressão de adeptos a jogadores" da equipa adversária, durante a reunião do Comité de Controlo, Ética e Disciplina do organismo regulador do futebol mundial, agendada para 16 de novembro.
Um adepto, que não foi identificado, empurrou duas vezes o guarda-redes português, enquanto segurava uma criança ao colo, durante uma discussão entre jogadores do Everton e do Lyon, na segunda parte do jogo do Grupo E da Liga Europa, vencido pelos franceses, por 2-1.
O Everton anunciou que vai impedir o adepto de assistir a jogos da equipa e a polícia britânica informou que já abriu uma investigação, com base em testemunhos e em imagens vídeo, na sequência de queixa apresentada pelo clube de Liverpool.
http://www.record.pt//internacional/competicoes-de-clubes/liga-europa/detalhe/uefa-abre-inquerito-aos-incidentes-do-jogo-everton-lyon.html

Só vitórias nos 3 jogos da Liga Europa:
Arsenal
Lazio
Zenit
Steaua
https://twitter.com/playmaker_PT/status/921385336013578240

Só duas equipas ainda não pontuaram na atual edição da Liga Europa:
FC Koln
Vardar
https://twitter.com/playmaker_PT/status/921398863856111616

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Sex Out 20, 2017 6:59 pm

A Juventus perdeu a final da última Liga dos Campeões, mas teve um bom prêmio de consolação. A Uefa divulgou nesta sexta-feira que a Velha Senhora liderou a premiação da última Champions, recebendo € 110,4 milhões (R$ 414 milhões), com o campeão Real Madrid aparecendo no terceiro lugar – € 81 milhões (R$ 303 milhões) –, pouco atrás do Leicester – € 81,6 milhões (R$ 306 milhões). De acordo com a agência Associated Press, e entidade distribuiu quase € 1,4 bilhão (R$ 5,2 bilhões) em premiações no total.
Juventus perdeu o título da Champions, mas ficou com a maior premiação da competição (Foto:
A explicação para a diferença nos prêmios está na forma como ele é distribuído. Os 32 times da fase de grupos receberam um valor inicial de € 12,7 milhões (R$ 47,6 milhões), mais bônus por resultado e uma parte dos direitos de TV. Este último quesito é baseado no mercado local de cada time e os campeões domésticos recebem um valor maior.
Os acordos de transmissão da Itália e da Inglaterra eram melhores do que o da Espanha, e a Juve e os Foxes haviam vencido suas ligas nacionais.
Vencedor da Liga Europa, o Manchester United recebeu € 44,5 milhões (R$ 166,9 milhões) dos € 423 milhões (R$ 1,5 bilhão) distribuídos na competição. O valor é mais que o dobro do que qualquer outro clube ganhou no torneio.
A Uefa e a ECA (Associação Europeia de Clubes) acertaram um novo modelo distribuição para as temporadas entre 2018 e 2021, com os clubes que chegarem mais longe ganhando uma premiação melhor.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/liga-dos-campeoes/noticia/vice-campea-juventus-liderou-premiacoes-na-ultima-liga-dos-campeoes.ghtml

Só derrotas nos 3 jogos da Liga Europa: Koln e Vardar.
http://www.zerozero.pt/playmakerstats.php?id=35075

A Associação das Ligas Europeias Profissionais (EPFL) manifestou preocupação pela diferença de receitas na distribuição de verbas na Liga dos Campeões e na Liga Europa, apelando a um novo modelo "mais justo para o ciclo 2021/2024". O tema foi aflorado durante uma assembleia esta sexta-feira em Telavive.
Não houve minuto de silêncio no Barça-Olympiacos e catalães apontam o dedo
Em comunicado, a EPFL explicou que propôs ainda o conceito de Fundo Europeu de Competição, "que seria criado para distribuir, em solidariedade, pelos clubes que não participam nas competições Europeias, de forma a ajudá-los a tornarem-se mais competitivos".
As ligas pretendem apresentar propostas concretas à UEFA nos próximos meses, para "manter vivo o sonho e a ambição de clubes e adeptos".
"O presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, falou recentemente sobre a importância de manter o equilíbrio competitivo no futebol e proteger o que ele chama de 'magia do futebol'. Estamos 100% de acordo, e já há muito tempo pedimos maior equilíbrio competitivo", acrescentou Olsson.
A Assembleia estudou ainda outros temas relacionados com os futebolistas, como os limites na composição de plantéis, limites salariais, taxas por transferências e a regulação de agentes e intermediários.
https://www.ojogo.pt/internacional/noticias/interior/ligas-europeias-querem-diminuir-fosso-nas-receitas-da-champions-e-liga-europa-8860651.html

A terceira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões ficou marcada pelas várias homenagens às vítimas dos incêndios que assolaram Portugal e a região da Galiza no passado fim de semana. Os jogos que envolveram equipas portuguesas e espanholas reservaram um minuto de silêncio para esse efeito, exceção feita ao Barcelona-Olympiacos, que se realizou em Camp Nou.
No entanto, a intenção do clube catalão passava por também prestar homenagem. O problema, segundo o presidente Josep María Bartomeu, foi a UEFA.
"A verdade é que é muito difícil acordar a realização de minutos de silêncio com a UEFA, não é fácil", atirou o dirigente máximo dos "blaugrana", em declarações à BeIN Sports.
No entanto, os adeptos presentes no reduto catalão tomaram a iniciativa e, durante a partida, ovacionaram a vítimas dos fogos, apresentando também tarjas de apoio.
https://www.ojogo.pt/internacional/liga-campeoes/noticias/interior/nao-houve-minuto-de-silencio-no-barca-olympiacos-e-catalaes-apontam-o-dedo-8860489.html

O Everton identificou e baniu o adepto que agrediu Anthony Lopes, durante o jogo entre os "toffees" e o Lyon, a contar para a terceira jornada da fase de grupos da Liga Europa. Numa nota publicada no site oficial, o clube inglês adiantou que vai proibir o fã de assistir a jogos da formação da cidade de Liverpool, destacando ainda que irá apresentar queixa junto das autoridades.
"Responsáveis do clube já reviram as imagens do incidente que ocorreu no minuto 64 do jogo com o Lyon, onde os adeptos da frente do Gwladys Streer End estiveram envolvidos num confronto entre jogadores. Nós identificámos um indivíduo contra quem tomaremos ações. Isso inclui a proibição de assistir a jogos futuros do Everton e apresentação de uma queixa na Polícia de Merseyside", pode ler-se no comunicado divulgado pelos "toffees".
https://www.ojogo.pt/internacional/liga-europa/noticias/interior/everton-identifica-e-bane-adepto-que-agrediu-anthony-lopes-8859055.html

O futebol europeu de clubes ao mais alto nível uniu-se numa impressionante demonstração de apoio à inclusão, diversidade e acessibilidade neste desporto.
Nos jogos da UEFA Champions League, UEFA Europa League e UEFA Women’s Champions League, os clubes e as suas estrelas sublinharam o apoio à extensa campanha para livrar o futebol da discriminação e da exclusão.
As actividades levadas a cabo nesta plataforma de enorme visibilidade que é o futebol europeu fizeram parte das semanas de acção das Pessoas do Futebol da rede Fare, as quais têm decorrido por todo o continente europeu desde o início de Outubro.
Os adeptos nos estádios espalhados por toda a Europa tiveram oportunidade de ver vídeos alusivos à campanha nos ecrãs gigantes dos estádios. Foram realizados anúncios nos altifalantes dos recintos e as crianças que acompanharam as equipas na subida aos relvados envergaram camisolas com a mensagem #EqualGame, deixando bem vincado que a discriminação não tem lugar no futebol.
As equipas perfilaram-se juntamente com os árbitros antes do início dos jogos para fotos de grupo junto de placares com a hashtag #EqualGame. Um editorial de promoção das semanas de acção das Pessoas do Futebol surgiu em todos os programas de jogo.
Os clubes europeus tiraram ainda partido dos seus próprios canais de comunicação e redes sociais para sublinharem o seu total apoio a estas semanas de acção da rede Fare – descritas pelo presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, como “o maior movimento para a transformação social através do futebol na Europa.”
O principal objectivo das semanas de acção das Pessoas do Futebol passa por travar a discriminação no futebol, bem como desenvolver novas ideias e práticas no combate à exclusão. Foram muitas as actividades realizadas em mais de 50 países espalhados por todo o mundo.
A estreita parceria de longa data da UEFA com a Fare teve início em 2001. As semanas de acção das Pessoas do Futebol combinam na perfeição com os objectivos da nova campanha #EqualGame da UEFA, a qual procura promover a inclusão, a diversidade e a acessibilidade de todas as pessoas ao futebol. Várias estrelas de topo das competições europeias de clubes conferiram o seu apoio a esta campanha.
A #EqualGame nasceu a partir da anterior iniciativa "Não ao Racismo" da campanha RESPEITO da UEFA. A UEFA continua totalmente empenhada na luta contra o racismo e alargou agora as suas actividades de forma a abranger todos os aspectos ligados à inclusão, como a etnia, género, idade, orientação sexual ou crença religiosa.
http://pt.uefa.com/insideuefa/social-responsibility/news/newsid=2512585.html

Os participantes na fase de grupos da UEFA Champions League 2016/17 e as dez eliminadas no "play-off", partilharam entre si mais de €1,396 mil milhões em pagamentos da UEFA.
De acordo com o sistema de distribuição definido para o ciclo comercial 2015–18, que entrou em vigor em 2015/16, todas as receitas líquidas das competições de clubes (incluindo a venda de bilhetes e pacotes de hospitalidade para as finais da Champions League e da Europa League, bem como para a SuperTaça Europeia), encontram-se centralizadas e são redireccionadas para os clubes da Champions League e da Europa League.
Uma vez mais, 50 milhões de euros foram partilhados pelos 20 clubes que participaram no "play-off", com os dez que garantiram a passagem à fase de grupos da Champions League, entre eles o Porto, a receberem dois milhões de euros cada e os restantes dez, que rumaram à fase de grupos da Europa League, a receberem três milhões cada.
Cada clube assegurou um mínimo de €12,7 milhões pela participação na fase de grupos, valor ao qual juntaram os bónus de desempenho de €1,5 milhões por vitória e de €500.000 por empate. Os €500.000 que sobraram de cada jogo que terminou empatado foram reunidos e redistribuídos por todos os clubes em prova na fase de grupos, de acordo com o número de vitórias alcançadas por cada um. Foram pagos mais bónus por cada fase a eliminar atingida: seis milhões de euros pela presença nos oitavos-de-final, €6,5 milhões pela presença nos quartos-de-final, €7,5 milhões pela presença nas meias-finais, €11 milhões para o finalista vencido e €15,5 milhões para o vencedor. Já as quantias vindas do mercado televisivo foram divididas de acordo com o valor desse mercado em cada país, entre outros factores.
Por fim, um valor excedente de €73 milhões foi divido no final da temporada por todos os clubes participantes na fase de grupos, em proporção com os montantes gerados por cada clube durante a época.
Estes números não incluem pagamentos de solidariedade aos clubes que participaram nas pré-eliminatórias, nem os pagamentos de solidariedade adicionais efectuados às ligas nacionais por projectos de desenvolvimento jovem dos clubes.
http://pt.uefa.com/insideuefa/about-uefa/news/newsid=2512634.html

Mais de €423,1 milhões em pagamentos da UEFA foram divididos entre os 56 clubes participantes nas fases de grupos e/ou a eliminar da UEFA Europa League 2016/17.
As receitas das competições de clubes da UEFA são centralizadas num único pote e alocadas aos clubes que competem a partir da fase de grupos da UEFA Champions League e da UEFA Europa League da seguinte forma: 60 por cento são distribuídos em montantes fixos, enquanto os restantes 40 por cento são distribuídos em valores variáveis calculados com base no valor comercial de cada mercado nacional.
Os montantes fixos levaram as que os clubes recebessem €2,6 milhões por participarem da fase de grupos; €360.000 para cada vitória na fase de grupos e €120.000 por cada empate, com qualquer montante não distribuído (por exemplo €120.000 por empate) a ser redistribuído por todos os clubes participantes na fase de grupos em proporção do número de vitórias conseguidas por cada um deles.
Cada vencedor dos grupos recebeu €600.000 e os segundos classificados €300.000. Todos os clubes que atingiram os 16 avos-de-final tiveram direito a €500.000, enquanto os que participaram nos oitavos-de-final receberam €750.000. As oito equipas presentes nos quartos-de-final receberam um milhão de euros cada uma e as quatro que marcaram presença nas meias-finais embolsaram €1,6 milhões. O vencedor Manchester United teve direito a um prémio de €6,5 milhões e o finalista vencido Ajax recebeu €3,5 milhões.
Os montantes do mercado foram distribuídos de acordo com o valor do mercado de televisão em cada país, entre outros factores.
O montante total de €423,1 milhões inclui um excedente de €23,5 milhões que no final da época foi dividido por todos os clubes participantes na fase de grupos, em proporção com os valores obtidos por cada clube durante a temporada.
Estes montantes não englobam os pagamentos de solidariedade feitos aos clubes que participaram nas fases de qualificação e também não incluem os pagamentos de solidariedade adicionais feitos às ligas nacionais aos clubes para os projetos de desenvolvimento jovem.
http://pt.uefa.com/insideuefa/about-uefa/news/newsid=2512635.html

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Dom Out 22, 2017 12:40 pm

A vitória por 3 a 0 sobre o Burnley, no último sábado, pela nona rodada da Premier League, representou muito para o Manchester City.
Primeiro porque o time de Josep Guardiola abriu cinco pontos de vantagem (25 a 20) na liderança após a derrota do arquirrival United para o Huddersfield Town.
O resultado significou o 11º triunfo consecutivo dos Citizens nesta temporada, o que iguala sua maior sequência histórica, obtida por duas vezes sob o comando de Manuel Pellegrini nas temporadas 2014/2015 e 2015/2016.
Além disso, Sergio 'Kun' Aguero abriu o placar com o seu 177º gol com a camisa do City, empatando com Eric Brook na artilharia de sempre do clube.
Destaque na Inglaterra e na seleção brasileira, Gabriel Jesus ainda não pensa em ser melhor do mundo: 'Está distante'
Com isso, o duelo em casa contra o Wolverhampton pela Copa da Liga Inglesa, na próxima terça-feira.
Afinal, uma nova vitória do City e outro gol de Aguero darão recordes históricos para ambos: 12º triunfo seguido e 178 gols pelo time.
http://espn.uol.com.br/noticia/736977_jogo-pela-copa-da-liga-pode-representar-recordes-historicos-para-city-e-aguero

O jornal italiano TuttoSport divulgou neste sábado os nomes dos três finalistas do prêmio Golden Boy, tradicional premiação anual que agracia o melhor jogador sub-21 atuando em território europeu. O brasileiro Gabriel Jesus está na disputa ao lado dos franceses Kylian Mbappé e Ousmane Dembélé.
O vencedor será revelado na próxima segunda-feira, mesma data que a Fifa anunciará o melhor jogador do planeta.
Provando seu valor no Manchester City, Gabriel Jesus vem fazendo uma ótima temporada pelo clube inglês. Em onze partidas disputada até o momento, o atacante brasileiro marcou oito gols.
Mbappé tem conseguido um ótimo início de trajetória pelo Paris Saint-Germain, com quatro gols em dez jogos. Por outro lado, Dembélé não vive um bom momento no Barcelona. Escolhido para ser o substituto de Neymar, o jovem atacante francês sofreu uma séria lesão em setembro e está longe dos gramados desde então.
Para escolher o vencedor, o jornal colherá votos de jornalistas de grandes jornais europeus. No ano passado, o jogador escolhido pelo periódico foi o volante português Renato Sanches, que pertence ao Bayern de Munique e está emprestado ao Swansea City.
Criado em 2003, o prêmio já conheceu dois ganhadores brasileiros. Em 2008, o meia Anderson, que na época vestia a camisa do Manchester United, foi escolhido o vencedor. No ano seguinte, o prêmio ficou com Alexandre pato, que atuava pelo Milan.
http://espn.uol.com.br/noticia/736854_gabriel-jesus-e-finalista-de-premio-que-elege-melhor-sub-21-da-europa

Com o seu golo frente ao Burnley, Sergio Agüero tornou-se num dos melhores marcadores de sempre do Manchester City, igualando o recorde 177 golos pelo clube que há 78 anos pertencia a Eric Brook, fixado entre os anos de 1928 e 1939. O UEFA.com presta tributo a 'Kun'.
Registo actual
Selecção: 82 jogos, 34 golos
Competições de clubes da UEFA: 86 jogos, 50 golos
Competições nacionais: 409 jogos, 229 golos
http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2436266.html#quao+brilhante+sergio+aguero+manchester+city

Lionel Messi nem balançou as redes neste sábado. Mesmo assim, conseguiu mais uma marca histórica para a sua carreira durante a vitória por 2 a 0 do Barcelona contra o Málaga.
Foi ele quem deu a assistência para o gol de Iniesta, o segundo do Barça. Com isso, Messi chegou à incrível marca de já ter participado de 500 gols no Campeonato Espanhol.
Nenhum outro jogador na história do torneio participou diretamente de tantos gols como ele.
São 360 gols e 140 assistências para Messi. E isso em ‘apenas’ 391 partidas.
Como ele tem 31.374 minutos em campo, ele precisa de pouco mais de 62 minutos em média para participar de um gol no Campeonato Espanhol.
E adivinhe quem é o segundo na lista de participação de gols na LaLiga?
Cristiano Ronaldo!
O português do Real Madrid tem 286 gols e 91 assistências, participando, portanto de 377 gols.
E com uma média ainda melhor que a de Messi: participa de um gol a cada 61 minutos.
Não por menos, são os dois maiores jogadores da história do Campeonato Espanhol. nutrindo uma rivalidade imensa entre si.
http://espn.uol.com.br/noticia/737064_recordista-messi-chega-a-marca-incrivel-participacao-em-500-gols-na-laliga

O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, defendeu a independência do clube diante das pressões recebidas nas últimas semanas por causa da crise política vivida pela Catalunha e afirmou que a equipe quer seguir disputando o Campeonato Espanhol.
Bartomeu também fez duras críticas à atuação das autoridades espanholas no caso, afirmando ser "inadmissível" que pessoas sejam presas por suas ideias políticas em um estado de direito. Era uma referência aos líderes da Assembleia Nacional Catalã, Òmniu Cultural, Jordi Sánchez e Jordi Cuixart, que foram detidos por ordem da Audiência Nacional da Espanha.
Em uma assembleia com sócios do clube, o presidente do Barcelona disse que o clube quer permanecer na Liga de Futebol Profissional (LFP), que organiza o Campeonato Espanhol, e que sua participação no torneio está "garantida". Segundo ele, a viabilidade da equipe "passa por manter o vínculo com o torneio do qual somos fundadores".
Bartomeu também defendeu a posição tomada pelo clube no dia do referendo independentista da Catalunha, quando houve incidentes de violência em algumas zonas de votação. Os fatos levaram o Barcelona a jogar de portas fechadas contra o Las Palmas, depois de uma tentativa frustrada de adiar a partida para outro dia.
"No dia 1º de outubro ocorreu uma situação de excepcionalidade e jogamos a partida de portas fechadas, apesar de haver sócios que exigiam que não fosse jogada. Foi a decisão mais difícil que tive que tomar desde que sou presidente. Assumi pessoalmente jogarmos de portas fechadas", justificou o presidente diante dos sócios.
O dirigente disse que a posição do clube sobre a crise política na Catalunha é a mesma defendida há várias semanas e que foi expressada em um lema: "diálogo, respeito e esporte".
"Ninguém pode duvidar do compromisso do Barça diante da situação que vivemos. Sempre queremos respeitar a pluralidade da massa social do clube. Não se pode confundir responsabilidade com a fraqueza que nos atribuem. Que não se confundam. Sabemos que o Barcelona é mais que um clube. O Camp Nou é um espaço livre para se expressar, dentro da concordância e do respeito, e tem que continuar sendo. Temos que respeitar todos, as maiorias e as minorias", disse.
"Pedimos também respeito ao Barcelona. O Barcelona não pode ser instrumento de manipulação de ninguém, nem de nenhum interesse. Ninguém pode se apropriar do nosso escudo e da nossa bandeira", comentou Bartomeu.
O presidente do Barcelona disse que a direção comandada por ele seguirá atuando na defesa do clube.
"Não colocaremos em risco a viabilidade do clube. A viabilidade passa por continuar jogando a Liga e manter esse vínculo", explicou Bartomeu.
http://espn.uol.com.br/noticia/736935_a-socios-presidente-do-barca-comenta-crise-da-catalunha-e-diz-que-quer-seguir-no-espanhol

Nos últimos anos, o título nacional das cinco maiores ligas (Inglaterra, Espanha, Itália, França e Alemanha) quase sempre ficou nas mãos do time que a maior ou a 2ª maior folha salarial. E, nesta temporada, isso parece que acontecerá mais uma vez, exceto na Serie A.
Na Espanha, por exemplo, o líder é o Barcelona, 2º time que mais gasta com salários em La Liga. Na França, o ponteiro é o Paris Saint-Germain, disparado o maior gastão do país. Na Premier League, a 1ª colocação é do Manchester City, que também tem a maior folha salarial. E, na Bundesliga, a taça deve ficar entre Borussia Dortmund, dono da 2ª maior folha, e Bayern, o líder no quesito.
Portanto, se você acha que dinheiro não é tudo no futebol, torça para o Napoli.
http://espn.uol.com.br/noticia/736599_se-voce-acha-que-dinheiro-nao-e-tudo-no-futebol-veja-por-que-tem-que-torcer-para-o-napoli

Quando adquiriu Ederson ao Benfica, Pep Guardiola escolheu o brasileiro pela sua superior capacidade a jogar com os pés, a qual permite ao Manchester City fazer um jogo de passe curto desde trás. O guardião internacional canarinho tem sido muito importante nesse aspeto e este sábado, diante do Burnley, registou uma estatística bastante curiosa.
É que, segundo o portal WhoScored, que utiliza dados da Opta, o ex-Benfica fez e completou mais passes (fez 32 e acertou 26) do que qualquer jogador do Burnley. Aliás, olhando às estatísticas, o futebolista da equipa adversária com mais passes acabou mesmo por ser o guarda-redes Pope, que endossou a bola para os colegas em 27 ocasiões (5 deles corretos). Quanto a jogadores de campo, o melhor foram Steven Defour e Jack Cork, ambos com 23 passes.
Já no City, e a título de curiosidade, o jogador que mais distribuiu a bola foi John Stones, com 107 passes, 101 deles bem sucedidos.
http://www.record.pt/internacional/paises/inglaterra/detalhe/ederson-fez-mais-passes-do-que-os-jogadores-do-burnley.html

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Dom Out 22, 2017 4:34 pm

Terça (24/10)

16:30 Carpi x Palermo [Bandsports / Bandsports HD] (2ª Divisão Campeonato Italiano)
16:45 Internazionale x Sampdoria [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] [RAI] (Campeonato Italiano)
16:45 Swansea x Man. United [ESPN / ESPNHD] (Copa da Liga Inglesa)
16:45 Arsenal x Norwich [ESPN Extra] (Copa da Liga Inglesa)
16:45 Magdeburg x Dortmund [ESPN+] (Copa da Alemanha)
17:00 Man. City x Wolverhampton [ESPNBR / ESPNBRHD] (Copa da Liga Inglesa)

Quarta (25/10)

14:30 Atalanta x Hellas Verona [ESPN / ESPNHD] [RAI] (Campeonato Italiano)
16:45 Leipzig x Bayern [ESPN / ESPNHD] (Copa da Alemanha)
16:45 Juventus x SPAL [ESPN+] (Campeonato Italiano)
16:45 Chievo x Milan [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] (Campeonato Italiano)
16:45 Genoa x Napoli [RAI] (Campeonato Italiano)
16:45 Chelsea x Everton [ESPNBR / ESPNBRHD] (Copa da Liga Inglesa)
17:00 Tottenham x West Ham [ESPN Extra] (Copa da Liga Inglesa)

Quem quiser assistir pela internet:

http://www.tvonline.org/
http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://gofirstrow.eu/sport/football.html
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/


Última edição por ricardo83 em Qua Out 25, 2017 11:24 am, editado 1 vez(es)

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Seg Out 23, 2017 9:30 am

Kylian Mbappé, atacante do PSG, superou Gabriel Jesus e Ousmane Dembélé para ser eleito o melhor jogador sub-21 da Europa. O francês foi aclamado nesta segunda-feira como vencedor do prêmio "Golden Boy" — tradicional láurea do jornal italiano "Tuttosport", que escolhe anualmente o atleta prodígio das ligas europeias.
Neste ano, Mbappé disputava a final do prêmio com Gabriel Jesus, destaque do Manchester City, e Ousmane Dembélé, recém-contratado pelo Barcelona.
Chamado de "Golden Boy" por Neymar, com quem atua no clube francês, Mbappé ganhou destaque no futebol internacional por ser um dos principais responsáveis pela campanha do Monaco na última temporada. Na ocasião, o agora ex-clube do jovem jogador venceu o Campeonato Francês e chegou às etapas finais da Liga dos Campeões. Ele foi disputado por grandes na janela de transferência e escolheu ser emprestado ao PSG.
A lista do "Golden Boy" partiu de 95 nomes e caiu para 25. No sábado, o prêmio anunciou os três finalistas.
https://extra.globo.com/esporte/mbappe-bate-gabriel-jesus-vence-premio-de-melhor-jovem-jogador-da-europa-21979698.html

O craque do Real Madrid é o grande favorito ao “penta” no Fifa The Best, que pela primeira vez levará em consideração toda a temporada europeia – neste caso, de agosto de 2016 a julho de 2017 –, e não mais o ano corrido.
Ele concorre com Messi, vencedor em cinco oportunidades pelo Barcelona, e Neymar, terceiro em 2015, e que em agosto mudou-se para o Paris Saint-Germain.
Contam a favor de Cristiano Ronaldo os dois títulos mais importantes possíveis (Campeonato Espanhol e Liga dos Campeões), além de ter sido fundamental na reta final das duas conquistas. Ele terminou a temporada com 60 gols em 60 jogos, incluindo compromissos pela seleção portuguesa.
Messi esteve à altura em nível de exibições e números: anotou 60 gols em 61 partidas por Barcelona e Argentina, mas a falta de um troféu mais pesado que a Copa do Rei deverá ser determinante.
Praticamente o mesmo raciocínio vale para Neymar, que ganhou o ouro olímpico com a seleção brasileira, mas produziu muito menos: 30 gols em 62 jogos. O astro do Paris Saint-Germain é o azarão.
A noite no London Palladium, na capital inglesa, também vai conhecer a melhor jogadora (a venezuelana Deyna Castellanos, a americana Carli Lloyd e a holandesa Lieke Martens são as finalistas) e premiará outras categorias como:
Melhor goleiro (Buffon, Navas ou Neuer)
Melhor treinador masculino (Allegri, Conte ou Zidane)
Melhor treinador feminino (Precheur, Wiegman ou Nielsen)
Puskás (Castellanos, Giroud ou Masuluke)
Melhor torcida (Borussia Dortmund, Celtic ou Copenhague)
Seleção do ano
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/do-si-ao-provavel-penta-veja-a-saga-de-cristiano-ronaldo-para-alcancar-messi.ghtml

Numa fase ainda inicial da época, são já dois os jogadores que se destacam na corrida à Bota de Ouro, que já começa a ser discutida para a sucessão a Lionel Messi.

Bota de Ouro
1. Itália Ciro Immobile 13 G 26.00
Colômbia Radamel Falcao 13 G 26.00
3. Argentina Lionel Messi 11 G 22.00
4. República da Irlanda Sean Maguire 20 G 20.00
Argentina Paulo Dybala 10 G 20.00
Gabão Pierre Aubameyang 10 G 20.00
7. Espanha Igor Angulo 13 G 19.50
8. Noruega Pål Kirkevold 12 G 18.00
Argentina Mauro Icardi 9 G 18.00
Polónia Robert Lewandowski 9 G 18.00
Uruguai Edinson Cavani 9 G 18.00

Todo o Top »O argentino esteve no topo e continua no pódia, mas agora a dois golos de distância de Radamel Falcao (que marcou um no sábado) e de Ciro Immobile - fez dois no domingo.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=207539

O observatório para o futebol CIES atualizou o estudo sobre os clubes europeus com maior formação e mantém o Ajax no topo do ‘ranking’. Até 1 de outubro de 2017, o clube holandês tinha 71 jogadores que passaram pelas suas escolas a jogar nos 31 principais campeonatos da UEFA. Sete dos quais continuam em Amesterdão.
Neste estudo, o Sporting surge no quinto lugar em ex áqueo com o Shakhtar Donest mas com uma diferença: dos 55 jogadores formados no clube e que estão ainda em atividade, apenas sete permanecem em Alvalade, enquanto nove continua a militar no clube ucraniano.
O Benfica fecha o top-10 com 51 jogadores formados (cinco dos quais ainda no clube) e o FC Porto surge logo a seguir, no 13.º posto, com 45 atletas da formação espalhados pelos campeonatos europeus, sendo que apenas um permanece no Dragão.

Ranking:
1. Ajax 71 jogadores formados (7 no clube)
2. Dínamo Zagreb (Croácia) 67 (10)
3. Partizan (Sérvia) 61 (4)
4. Real Madrid (Espanha) 58 (8)
5. Sporting (Portugal) 55 (7)
6. Shakthar Donetsk (Ucrânia) 55 (9)
7. Sparta Praga (Rep. Checa) 54 (8)
8. Dínamo Kiev (Ucrânia) 54 (10)
9. Estrela Vermelha (Sérvia) 52 (4)
10. Benfica (Portugal) 51 (5)
11. Barcelona (Espanha) 50 (7)
12. Vojvodina (Sérvia) 47 (9)
13. FC Porto (Portugal) 45 (1)
http://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/698300

Melhor defesa do Campeonato Espanhol e sem sofrer gols há 487 minutos. Trata-se de Barcelona? Real Madrid? Atlético de Madri? Não, não é nenhum deles.
Fazendo uma campanha surpreendente e atualmente na quinta colocação, o Leganés tem em sua defesa uma das principais razões para o sucesso que vem tendo. A equipe detém a sequência mais longa no momento sem ser vazada entre as cinco principais ligas da Europa (alemã, espanhola, francesa, inglesa e italiana).
O último gol que levou foi o da derrota para o Eibar por 1 a 0, aos 8min do segundo tempo, em partida realizada em 15 de setembro. A partir de então, nada mais de ver sua rede balançada: 0 x 0 com Girona (em casa), 2 x 0 no Las Palmas (fora), 0 x 0 com o Atlético de Madri (em casa), 2 x 0 no Málaga (fora) e, por fim, 1 x 0 sobre o Athletic Bilbao  (em casa), neste domingo.
No total, são apenas três gols sofridos em nove rodadas de La Liga, tendo a melhor defesa junto ao Barcelona. Entre os cinco principais campeonatos nacionais da Europa, nenhum time sofreu uma quantidade tão pequena de gols.
Tal desempenho faz o Leganés estar a dois pontos do Atlético de Madri, que hoje fecha a zona de classificação à Uefa Champions League. E conseguiu isso com uma defesa montada por nomes sem grife.
Os cinco nomes que vêm sendo titulares no setor defensivo da equipe têm um valor total de mercado de 8,3 milhões de euros, segundo o site Transfermarkt. São eles:  Iván Cuéllar (goleiro) - 800 mil euros; Joseba Zaldua (lateral direito) - 1,5 milhão de euros;  Mauro dos Santos (zagueiro) - 2 milhões de euros; Dimitrios Siovas (zagueiro) - 3 milhões de euros; e Raúl García (lateral esquerdo) - 1 milhão de euros.
Um dos motivos para o longo tempo sem sofrer gols é o fato de a equipe conseguir evitar que o adversário dê muito trabalho ao seu goleiro. O Leganés é, ao lado de Barcelona e Sevilla, o segundo time que menos viu seu goleiro fazer defesas neste Campeonato Espanhol: 20. Somente um time teve seu goleiro fazendo menos intervenções, a Real Sociedad, com 17. Porém, a equipe basca ainda joga pela nona rodada.
http://espn.uol.com.br/noticia/737199_sem-ser-vazada-ha-mais-de-um-mes-melhor-defesa-da-europa-vale-uma-pechincha

Neymar fez um dos gols do PSG no empate em 2 a 2 com o Olympique de Marselha no domingo, em jogo pela décima rodada do Campeonato Francês, mas deixou o campo antes do apito final. O atacante foi expulso de campo aos 42 do segundo tempo, após levar o segundo cartão amarelo.
Esse episódio aconteceu no 11º jogo de Neymar no clube francês, levando em conta campeonato nacional e Champions League. O que significa que ele nunca foi expulso em tão pouco tempo defendendo as camisas que já vestiu ao longo da carreira quanto pelo PSG.
Pelo Santos, o primeiro cartão vermelho só apareceu no Campeonato Paulista de 2010. Neymar até marcou um gol naquele dia 14 de março, na derrota por 4 a 3 para o Palmeiras, mas acabou sendo expulso aos 36 do segundo tempo.
O atacante já tinha disputado nove partidas antes disso na temporada e fizera 43 ao longo do ano anterior, o seu primeiro entre os profissionais.
Outros quatro cartões vermelhos foram mostrados para Neymar durante a trajetória dele pelo Santos: um na Libertadores de 2011 (vitória sobre o Colo Colo por 3 a 2), um no Brasileiro de 2011 (derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG), um no Brasileiro de 2012 (empate em 1 a 1 com o Grêmio) e um no Paulista de 2013 (derrota por 3 a 1 para a Ponte Preta).
No Barcelona, a única expulsão aconteceu na reta final da temporada passada, em uma derrota para o Málaga por 2 a 0 em abril. Antes disso, o atacante já tinha entrado em campo mais de 100 vezes pelo clube espanhol.
Pela seleção brasileira, Neymar recebeu cartão vermelho na Copa América de 2015, na derrota para a Colômbia por 1 a 0. Entre amistosos, outras edições de Copa América, Copa do Mundo e Copa das Confederações, ele já tinha disputado outras 60 partidas antes desta expulsão.
http://espn.uol.com.br/noticia/737274_neymar-nunca-demorou-tao-pouco-tempo-para-ser-expulso-quanto-no-psg

O começo de temporada para o torcedor do Liverpool definitivamente não é dos melhores. Com a derrota categórica para o Tottenham por 4 a 1 em Wembley, os Reds estão em oitavo lugar na classificação da Premier League com 13 pontos, tem seu técnico pressionado pela má campanha e um o sistema defensivo alvo de muitas críticas por todos os lados.
E não é à toa que a defesa – principalmente zagueiros e goleiros – são os grandes vilões do time comandado por Jurgen Klopp. Com os quatro gols sofridos diante dos Spurs fora de casa no domingo, a defesa, em nove jogos, chegou a impressionantes 16 gols sofridos.
De acordo com o Opta, o Liverpool não tinha sua defesa vazada em tantas oportunidades desde a temporada 1964/1965, quando sofreu 20 gols em nove partidas. À época, derrotas por quatro gols para Leeds United, Everton e por três gols para o Blackburn contribuíram para a estatística. Os Reds terminaram com a sétima colocação naquele ano.
Já neste ano, as atuações vexatórias da defesa se acumulam. 12 dos 16 gols sofridos aconteceram em três jogos: empate por 3 a 3 contra o Watford , derrota para o Manchester City por 5 a 0 e para o Tottenham por 4 a 1. Os outros foram para Leicester (2), Newcastle (1) e Burnley (1).
Aliás, as derrotas neste ano para Manchester City e Tottenham fora de casa foram duas das três piores derrotas do técnico Jurgen Klopp à frente do Liverpool. A última derrota por uma diferença grande de gols havia acontecido em dezembro de 2015, quando perdeu para o Watford por 3 a 0.
E o problema no sistema defensivo atinge a equipe longe de Anfiled. Quando joga em casa, o Liverpool tem uma boa consistência defensiva. Apenas um gol sofrido, diante do Burnley, em quatro jogos.
Já longe de seus domínios a história é outra. Os 15 gols concedidos aos adversários fora de casa tornam o Liverpool a equipe que mais sofre gols como visitante na Premier League, ficando à frente de Crystal Palace (12), West Ham (11) e Stoke City (11).
E a verdadeira “peneira” que a defesa do Liverpool se tornou já tem os seus culpados na visão de torcedores e imprensa, respaldado por números; o goleiro belga Mignolet e o zagueiro croata Lovren.
Na partida diante do Tottenham, Mignolet abusou dos erros, e teve participação direta no primeiro e no quarto gol. Já Lovren falhou no primeiro e no segundo gol dos Spurs, sendo inclusive substituído ainda no primeiro tempo.
E não é dessa temporada que os erros acontecem. Mignolet já cometeu treze falhas que resultaram em gols para o adversário na Premier League desde que estreou pela equipe inglesa. Três erros a mais do que qualquer outro em sua posição.
Já se somarmos todas as competições, incluindo Uefa Champions League e Copa da Liga Inglesa - na qual o time já está eliminado -, o Liverpool chega a 25 gols em 15 partidas, o que dá uma média de 1,6 gol/jogo.
E é justamente na parte defensiva que as críticas também recaem sobre Jurgen Klopp. Com dinheiro para contratar no início da temporada, e sabendo dos problemas defensivos da equipe – que vinham desde a temporada passada – o treinador optou por não trazer nenhuma peça defensiva.
Van Dijik, zagueiro holandês do Southampton, e que foi um dos melhores da temporada passada em sua posição, esteve na mira dos Reds, que preferiram não pagar a multa rescisória para tirá-lo do clube, já que seu contrato acaba no meio desta temporada.
Desde que chegou ao clube, os reforços de Klopp para a defesa pouco convenceram. Vieram o goleiro alemão Karius, muito criticado pela torcida e que não foi bem nas oportunidades que teve, o estoniano Klavan, que nunca se firmou como titular, o camaronês Matip, único que assumiu a posição e Robertson, lateral-esquerdo que ainda não atou com frequência nesse ano.
Uma temporada que tinha tudo para ser a da ascensão da equipe vai caminhando a passos largos para se tornar uma tragédia em Anfield. E, se não for a defesa a primeira coisa a ser arrumada, o terceiro ano de Klopp à frente dos Reds irá coroar um fracasso retumbante.
http://espn.uol.com.br/noticia/737253_grande-vila-na-temporada-defesa-do-liverpool-acumula-vexames-e-ja-e-a-pior-do-clube-em-mais-de-50-anos

Os detentores dos direitos de transmissão da Liga dos Campeões da UEFA confirmaram a executivos brasileiros que seu leilão acontecerá ainda este ano. Eles foram informados de que o mais provável é que aconteça no início de novembro, e que não passará de dezembro.
No mercado, além de Globo e Esporte Interativo, outros canais disputem os direitos da competição, pois já mostraram interesse por ele. A Globosat, por exemplo, já deixou claro que a Champions é um dos poucos torneios de futebol internacional que a interessa para o SporTV, e a ESPN tem interesse em recuperar os direitos.
http://www.esporteemidia.com/2017/10/leilao-pelos-direitos-de-transmissao-da.html

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Inumano83 em Seg Out 23, 2017 10:56 am

Mais um final de semana (sexta a domingo) com bons clássicos. Consegui assistir Galatasaray x Fenerbahçe, Feyenoord x Ajax, Hajduk Split x Dinamo Zagreb e OM x PSG. Uma pena que Dynamo Kiev x Shakhtar chocou o horário.
Além desses vi o jogo louco do Chelsea x Watford, a goleada enganosa do Porto, o Dortmund vacilando novamente e West Ham mais uma vez fazendo nojeira.
Infelizmente não consegui ver outros que eu tinha interesse por causa dos horários, mas até que nos últimos finais de semana sempre tenho conseguido ver alguns jogos desses campeonatos bem menores que ultimamente (muito tempo) são os que mais me agradam. Principalmente tenho acompanhado os campeonatos que tem o calendário igual ao do BR, já que estão em reta final.

_________________
avatar
Inumano83
Arauto de Galactus

Mensagens : 4192
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu - 2017/18

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 10 de 18 Anterior  1 ... 6 ... 9, 10, 11 ... 14 ... 18  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum