Futebol Europeu (Uefa)

Página 40 de 40 Anterior  1 ... 21 ... 38, 39, 40

Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Krypton em Ter Jul 31, 2018 11:12 pm

Bem bonita a bola.

_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3439
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qua Ago 01, 2018 12:40 pm

Um dos dois únicos estádios construídos às vésperas da Copa de 1990, o San Nicola se tornou um dos palcos mais representativos do torneio. Recebeu cinco partidas, incluindo a decisão do terceiro lugar entre Itália e Inglaterra. Um ano depois, ainda sediou a final da Champions, na qual o Estrela Vermelha se consagrou. Dona de um design particular, com uma estrutura que lembrava as pétalas de uma flor, a construção serviria de suntuosa casa ao Bari, então na Serie A. Quase três décadas depois, vira o símbolo mal cuidado de um clube em queda vertiginosa. Falidos, os Galletti terão que recomeçar na Serie D a partir de 2018/19. Nesta terça, confirmou-se que Aurelio de Laurentiis, presidente do Napoli, conciliará os cargos e será o responsável por assumir o projeto ao redor da instituição centenária.
Fundado em 1908, o Bari passou a maior parte de sua história transitando entre a Serie A e a Serie B. Após a Segunda Guerra Mundial, chegou a sofrer três rebaixamentos consecutivos, mas retornou à primeira divisão ainda nos anos 1950. Já o ápice aconteceu a partir da década de 1980, quando os Galletti contrataram jogadores de renome e viveram na gangorra durante os anos de ouro do Calcio. As aparições na elite foram costumeiras até a virada do século. Já entre 2009 e 2011, uma breve estadia na Serie A, que antecedeu o início dos pesadelos.
Em março de 2014, o Bari declarou a falência pela primeira vez, embora não tenha culminado na exclusão da Serie B. Durante os últimos quatro anos, inclusive, os Galletti se acostumaram a fazer campanhas razoáveis na segundona, disputando até mesmo os playoffs de acesso em 2017/18. No entanto, as dívidas enormes levaram novamente a instituição à bancarrota. Desta vez, precisando se reerguer a partir da Serie D. Como consequência, o elenco inteiro terminou dispensado pelo clube.
A esperança para o futuro do Bari, ao menos, veio nesta terça. A cidade concedeu o título esportivo para que o empresário Aurelio de Laurentiis conduza a reconstrução. Segundo a lei italiana, o prefeito dos municípios que sediam as equipes falidas podem escolher os novos donos que liderarão o clube sucessor. Assim, o presidente do Napoli começará do zero com os Galletti. Claudio Lotito, presidente da Lazio, era outro interessado em capitanear esta nova fase no sul da Itália, mas perdeu a queda de braço.
Na confirmação do novo dirigente, o prefeito Antonio Decaro comentou a sua escolha: “Fui o responsável por manter o esporte em Bari e, nos últimos dias, falei com muita gente – torcedores, presidentes, empresas, executivos. A atividade levou a um resultado que acredito ser satisfatório, porque não esperava todas estas ofertas. Vieram 11 e preciso agradecer a todos que participaram. Pensei no bem da cidade e da torcida, que me pediu competência, respeito e transparência. Escolhi De Laurentiis porque ele tem força econômica e experiência esportiva. É a pessoa com quem mais briguei, fiz pedidos e me confrontei. Discuti bastante, ele não tem uma personalidade fácil. Mas se ele discute com alguém que vai conceder o que deseja, isso mostra como é sincero, mesmo sendo um pouco maluco”.
De Laurentiis viveu uma situação parecida no próprio Napoli há 14 anos. Famoso produtor do cinema italiano, chegou ao comando dos celestes depois de outro processo falimentar. Não apenas recolocou a equipe na Serie A, como também tornou-a bastante competitiva, entre vagas à Champions e brigas pelo Scudetto. Além do mais, os napolitanos atualmente possuem finanças sob controle, sem cometer loucuras no mercado e gastando dentro do seu orçamento. É o que se espera ver também no Bari. Se os Galletti chegarem à Serie A, entretanto, o empresário teria que deixar o comando de uma das agremiações.
Potencial o Bari possui. Conta com uma base de torcedores considerável, com médias de 15 mil por partida nos últimos anos na Serie B. Está em uma região relativamente populosa, e sem grandes clubes ao redor. Tem tradição e representatividade para atrair investidores. E há mesmo o San Nicola, assunto constante por seu alto custo de manutenção e pela falta de cuidados, mas que também pode ser reformado. Quem sabe, para receber novamente jogadores da estirpe de Antonio Cassano, Gianluca Zambrotta, Leonardo Bonucci, David Platt, João Paulo ou ainda outros que passaram pelos Galletti. Seria o mais digno ao passado da agremiação.
http://trivela.uol.com.br/depois-de-erguer-o-napoli-de-laurentiis-assume-a-reconstrucao-do-falido-bari-na-serie-d/

O futebol inglês trará uma novidade peculiar a partir da próxima temporada. As cinco principais ligas nacionais do país, a Copa da Inglaterra e a Copa da Liga Inglesa começarão a aplicar cartões amarelos e vermelhos também para os treinadores à beira do campo. A ideia é referendada pelas principais entidades do esporte local e tem o apoio da International Board. A intenção é notar um “comportamento mais exemplar” dos técnicos e coibir aqueles que costumam reclamar exageradamente com frequência.
A Premier League, a Football League, a National League e a Football Association desejam ir além das advertências verbais para punir o que chamam de “comportamento irresponsável”. Os cartões deverão funcionar como já acontece aos jogadores. Um amarelo sinalizará a advertência e dois realizarão a expulsão, enquanto o vermelho direto também poderá ser mostrado. Além disso, enquanto as expulsões resultarão na suspensão a uma partida, os amarelos acumulados também se converterão em penas.
Quatro amarelos em partidas diferentes deverão gerar a suspensão de uma rodada. Já 12 ocasionariam uma suspensão de três jogos. Por fim, 16 levariam o comandante em questão ao comitê disciplinar da FA, sob o risco de multas e outras ações. Contudo, os dirigentes prometem uma “anistia” para evitar que os técnicos percam jogos importantes ao final da temporada, especialmente nos mata-matas das copas e dos playoffs de acesso.
Será preciso determinar quais os critérios na aplicação dos cartões, mas eles devem manter o que já ocorre atualmente, quando os treinadores são advertidos pelos árbitros por seus comportamentos. As reclamações excessivas e outros gestos intempestivos serão alvo. Além disso, os treinadores se tornarão responsáveis também pelo comportamento da comissão técnica, correndo o risco de receberem cartões por atitudes de outros funcionários do clube, como assistentes e médicos.
Diretor-executivo da Football League, Shaun Harvey comentou a decisão: “Sempre houve um procedimento disciplinar para lidar com o comportamento no banco, mas a menos que você fosse o técnico ou o árbitro, nunca ficava claro o que estava acontecendo. Fazendo desta maneira, a torcida terá mais noção do que acontece. O técnico será ainda o responsável pela conduta do banco, e isso acaba com algo que aconteceu por vários anos: ele vai para cima do árbitro e, quando o percebe se aproximar, deixa o assistente tomar à frente. No último ano, estávamos conversando sobre como melhorar a situação. Não é criar um drama. A intenção é garantir que o comportamento não piore mais. O futebol profissional forma opinião e é isso que as pessoas observam”.
Já o árbitro Mark Clattenburg, atualmente trabalhando para a federação saudita, recebeu positivamente a notícia: “O uso dos cartões aumentará a transparência sobre as ações do árbitro. Dada a pressão de ser um técnico e as emoções que isso provoca, não tenho certeza se isso funcionará para coibir. Os jogadores, por exemplo, continuam protestando e colocam pressão sobre os árbitros, mesmo que possam ser advertidos. Mas será interessante notar os resultados, especialmente se os treinadores começarem a ser mais gentis”. Os resultados ficam para o campo.
http://trivela.uol.com.br/a-partir-de-agora-os-tecnicos-na-inglaterra-tambem-receberao-cartoes-amarelo-ou-vermelho/

A contratação de Cristiano Ronaldo pela Juventus terá um impacto profundo nas finanças do clube italiano. Seja para o bem, ou para o mal. Segundo recente estudo da KPMG Football Benchmark, empresa especializada na análise da indústria do esporte, entitulado "De Madri para Turim: Economia Ronaldo", o craque português pode influenciar nos próximos quatro anos na geração de uma receita bruta de € 595 milhões (cerca de R$ 2,67 bilhões), no melhor dos cenários, ao mesmo tempo em que deve custar € 340 milhões (R$ 1,5 bilhão).
– Os aspectos positivos destacados no relatório são apenas um lado da moeda. O outro lado, que precisa ser levado em consideração numa análise completa, tem os riscos que a juventus vai enfrentar por sustentar um investimento desse tamanho. O clube terá de lidar com custos relativos à contratação que não dependem de circunstâncias futuras, como acontece com as receitas. Os números apresentados são estimativas e previsões que dependem altamente das capacidades de administração da Juventus e da performance dentro de campo - explicou Andrea Sartori, chefe global da área de esportes da KPMG.
Só pela contratação de Cristiano Ronaldo, a Juventus vai pagar € 100 milhões (R$ 447 milhões) ao Real Madrid, em dois anos. Além disso, há o valor destinado ao mecanismo de solidariedade da Fifa, de € 12 milhões (R$ 53,7 milhões), mais a comissão do empresário Jorge Mendes, de € 5 milhões. O total inicial então é de € 117 milhões (R$ 526,5 milhões), que serão amortizados com € 29,25 milhões ao ano. Também precisam entrar na conta os € 223 milhões (R$ 1 bilhão) de salário bruto, pelo vínculo de quatro anos. CR7 receberá um salário anual de € 30 milhões líquidos. Somados os custos da aquisição do jogador e os salários, chega-se à cifra de aproximadamente € 340 milhões - o equivalente a R$ 1,5 bilhão.
Segundo o relatório da KPMG, o custo da contratação de Cristiano Ronaldo, por € 117 milhões, representa cerca de 28% das receitas operacionais da Juventus.
A questão agora é como pagar a conta. De acordo com o estudo, o clube italiano precisa aumentar as suas receitas operacionais no próximo triênio para conseguir arcar com o investimento por Cristiano Ronaldo. Isso depende de vários fatores, dentro de determinadas expectativas, já para a primeira temporada com o craque em campo. E o bom desempenho esportivo dele é fundamental.
Antes do anúncio oficial da contratação do português, o clube já tinha divulgado os preços para os ingressos do próximo Campeonato Italiano, com um aumento de 30% no ingresso médio. Se o número de compradores de tickets de temporada seguir o mesmo (29.300 pessoas), a Juventus pode conseguir € 34 milhões com a receita de dia de jogo da Serie A. Mas esse valor pode subir para até € 52 milhões se houver um crescimento na venda de bilhetes por partida. Além disso, há a receita de bilheteria da Liga dos Campeões, que, no melhor dos cenários - com uma campanha até a sonhada final -, pode significar mais € 70 milhões.
A receita com direitos de transmissão do campeonato nacional pode ser de até € 115 milhões, em caso de um oitavo título seguido. Já os direitos de TV da Liga dos Campeões podem render até € 138 milhões, novamente no melhor dos cenários, com o time italiano chegando outra vez à decisão, como aconteceu em 2016/17 (derrota para o Real Madrid), mas agora conquistando o título. Somadas as duas fontes, esse tipo de receita significaria um valor máximo de € 255 milhões.

Mas a grande oportunidade de crescimento das receitas está na área comercial. De acordo com o relatório, a Juventus precisa capitalizar em cima da contratação de Cristiano Ronaldo especialmente em merchandising e patrocínio. Com faturamento nesse setor de € 120 milhões em 2016/2017, o clube está bem distante de outros gigantes europeus, como Manchester United (€ 320 milhões), Barcelona (€ 288 milhões) e Real Madrid (€ 280 milhões), por exemplo.
A análise da KPMG defende que um valor realístico ao fim dos próximos dois ou três anos seria de até € 220 milhões, após o aumento da venda de camisas, criação de novos acordos de licenciamento, da (re)negociação de patrocínios, além da expansão da marca do clube em escala global.
– Essa é a área em que a Juventus vai ter que fazer o maior esforço para atingir um equilíbrio ao investimento feito pelo Ronaldo. Comprometimento da gestão, criatividade, inovação e, potencialmente, novas habilidades ainda não disponíveis no clube, serão necessários para atingir as expectativas de crescimento de receitas. Os esforços serão facilitados, obviamente, com maior sucesso dentro de campo e com a eventual conquista da Liga dos Campeões – comentou Andrea Sartori.
Cristiano Ronaldo tem 332 milhões de seguidores no Facebook, Instagram e Twitter. É a personalidade com o maior número de "fãs" no mundo. Patrocinadores pagam até € 500 mil por um post no Instagram. Visibilidade e oportunidade para a Juventus aproveitar.
A conclusão é que o investimento de aproximadamente R$ 1,5 bilhão da Juventus para poder contar com Cristiano Ronaldo pelos próximos quatro anos pode ser superado pela receita bruta gerada após a chegada do craque - no pior dos cenários do estudo da KPMG, algo em torno de R$ 2,35 bilhões. Cifras impressionantes, para um jogador impressionante.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-italiano/noticia/negocio-bilionario-o-impacto-financeiro-de-cristiano-ronaldo-na-juventus.ghtml

O Barcelona anunciou oficialmente nesta quarta-feira que chegou a um acordo com o Everton, da Inglaterra, para a transferência do lateral-esquerdo Lucas Digne. O clube confirmou que o jogador francês foi negociado em um acordo cujo valor total poderá atingir 21,7 milhões de euros (cerca de R$ 95 milhões), sendo 20,2 milhões de euros fixos e outro 1,5 milhão variável a ser pago posteriormente pelo time de Liverpool.
https://www.terra.com.br/esportes/futebol/barca-confirma-acordo-de-r-95-mi-e-frances-lucas-digne-e-contratado-pelo-everton,8b067d2a019e1d7bbebdc9f7a627e90164bqry3t.html

A Roma não iria perder uma oportunidade de provocar. Ainda chateada com a transferência de Malcom para o Barcelona, que atravessou as conversas do jogador com o clube italiano, o perfil oficial da equipe "apagou" o ex-atleta do Corinthians da escalação para o amistoso desta terça-feira.
- É assim que nosso oponente Barcelona está escalado para a partida de hoje contra a Roma - postou.
https://globoesporte.globo.com/blogs/brasil-mundial-fc/post/2018/07/31/roma-edita-escalacao-do-barcelona-para-amistoso-e-retira-malcom-veja.ghtml

A Liga dos Campeões voltará à ESPN na próxima semana, mas apenas por uma partida. De acordo com o UOL Esporte (por Gabriel Vaquer e Leandro Carneiro), o canal acertou a transmissão de Benfica x Fenerbahçe, pela terceira fase dos playoffs, na terça-feira (7 de agosto).
Essa partida é negociada a parte do pacote do torneio, que terá Esporte Interativo na TV fechada e no Facebook para TV aberta.
Antes do playoff, os direitos dos jogos são dos clubes. Com isso, a ESPN conversou diretamente com o clube português, que vendeu os direitos. A partida de volta, na Turquia, não teve os direitos negociados até o momento.
https://www.esporteemidia.com/2018/08/espn-acerta-transmissao-de-jogo.html

Os presidentes do Real Madrid, do Bayern e do United entram num bar...
...e às cinco horas da manhã nasce a ideia da Superliga Europeia. Como relato, é inverosímil. Como anedota, não é das melhores. Ainda assim, para Javier Tebas é uma história com potencial humorístico.
Presente em Portugal para, juntamente com o homólogo português Pedro Proença, promover os Encontros Ibéricos, o presidente da Liga espanhola manifestou-se contra a eventual criação de uma prova neste formato. Tebas vê a ideia como algo que nasceu «num bar às cinco da manhã» e como um capricho dos clubes mais ricos da Europa, tendo como exemplos Real Madrid, Bayern ou Manchester United, como indicou o dirigente numa unidade hoteleira em Vila Nova de Gaia. Um capricho que, defendeu, até se poderá virar contra os próprios clubes.
«Uma pessoa pensa: esta Liga europeia teria os 20 melhores clubes da Europa. Manchester United, Real Madrid, Bayern Munique, uma constelação de clubes que jogam todos contra todos. Mas como se educou um adepto do Real Madrid, do United, da Milan, da Juventus...? Como se tornaram adeptos, no seu país e no mundo? Ganhando. Ganhando as suas Ligas nacionais, os seus títulos», salientou, prosseguindo com o argumento.
«Foi com a experiência da vitória que educaram os seus fãs e os seus clientes. Agora, de repente, lembram-se de criar uma competição em que só ganha um. Eu não imagino os adeptos de um Real Madrid que fique cinco anos sem ganhar um título...».
A visão lusa de uma «ameaça»
Na perspetiva portuguesa, e segundo o mais alto representante da Liga, a Superliga Europeia surge como uma clara ameaça, desde logo pela hipótese de poucos ou mesmo nenhum clube português vir a participar na hipótetica prova. Levantam-se questões financeiras e levantam-se questões desportivas. Para Pedro Proença, a perspetiva de «injetar dinheiro numa pequena elite» é profundamente negativa.
«É claramente [uma ameaça]. O que se antecipa neste momento é a injeção de dinheiro numa pequena elite, que de alguma maneira continua a competir em competições nacionais. Vamos desvirtuar aquilo que é o princípio da competição nacional, como dizia o Tebas. E aí temos de perceber o que nos une, se não é o efeito da comunidade, do desporto local, daquilo para que contribuimos. Se quisermos desvirtuar por completo este modelo de negócio, vamos atrás da UEFA e dos novos conceitos, como injetar dinheiro numa pequena elite».
Já abordando a questão do crescimento de jovens talentos, Proença recordou o mais recente feito do futebol português: «Somos só 10 milhões de habitantes e temos tido a capacidade de gerar grandes talentos. Fomos há muito poucos dias campeões [europeus] de sub-19. Onde é que estes atletas vão poder atuar? Se nós criamos clubes de elite e retiramos valor às Ligas nacionais, qual é o espaço desportivo em que estes jovens jogadores vão atuar?».
A génese (ou propagação) da ideia
O europeísmo existe em diversas vertentes da sociedade, mais presente nas opiniões de uns do que de outros e com perspetivas diferentes para uns e para outros, e o futebol não é exceção. De uma forma ou de outra, a ideia de uma competição europeia que aglutine as Ligas nacionais paira há muito, com defensores e críticos. Ganhou, porém, uma outra dimensão com a intervenção de um empresário norte-americano.
Oriundo de um país em que o poder dos franchises em vários desportos é promovido ao máximo, Stephen Ross, organizador do já célebre torneio International Champions Cup, impulsionou o projeto e entrou este ano em diálogo com clubes das cinco grandes Ligas europeias - Inglaterra, Espanha, Alemanha, França e Itália -, debatendo os moldes desta hipotética competição que surgiria como uma prova complementar às Ligas (reunindo apenas os clubes de topo de cada uma) e, ao mesmo tempo, uma alternativa à Liga dos Campeões.
A competição decorreria sem promoções e despromoções e sem as regras do fair play financeiro lançadas pela UEFA, organismo que, por sinal, neste momento se opõe por completo à criação da prova. Aleksander Ceferin, atual presidente da UEFA, indicou durante o Football Talks de 2017, organizado pela FPF, ser contra esta ideia.
«Tenho a certeza de que não haverá uma Superliga. Isso significaria uma guerra contra a UEFA. Claro que ninguém o pode garantir, mas enquanto eu lá estiver não haverá Superliga», assegurou então.
Uma ideia com pernas para andar ou não? Para já, muitos são os que fazem tudo para travar uma mudança radical.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227355

A Lazio oficializou esta quarta-feira a contratação de Milan Badelj, médio croata que esteve na mira do Sporting, e também de Joaquín Correa.
Badelj, vice-campeão mundial, que terminou contrato com a Fiorentina no final da última temporada, assina por quatro anos com a formação italiana, atualmente orientada por Simone Inzaghi.
Já Joaquín Correa, de 23 anos, que nas últimas duas épocas esteve ao serviço do Sevilla, assina contrato válido por cinco temporadas.
http://www.record.pt/internacional/paises/italia/detalhe/lazio-oficializa-contratacao-de-badelj-e-correa.html

Bola da fase de grupos da LC 2018/19:
https://www.footyheadlines.com/2017/11/all-new-adidas-2018-19-champions-league-ball.html

Bola da LE 2018/19:
https://www.footyheadlines.com/2018/05/no-more-adidas-all-new-molten-uefa-europa-league-18-19-ball.html

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qua Ago 01, 2018 2:50 pm

Resultado final LE:

Fola 1x4 Genk (O Genk avançou).

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qua Ago 01, 2018 5:40 pm

Resultados finais LC:

HJK 1x2 BATE (O BATE avançou).
Qarabağ 3x0 Kukës (O Qarabağ avançou).
Midtjylland 0x0 Astana (O Astana avançou).
Malmö 1x1 CFR Cluj (O Malmö avançou).
Sūduva 0x2 Crvena zvezda (O Crvena zvezda avançou).
Basel 0x3 PAOK (O PAOK avançou).
Vidi 1x0 Ludogorets (O Vidi avançou).
Sturm 1x3 Ajax (O Ajax avançou).
Rosenborg 0x0 Celtic (O Celtic avançou).

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Krypton em Qui Ago 02, 2018 8:56 am

Hoje o Cope joga a partida de volta contra o Stjarnan. Venceu a primeira fora por 2-0, então creio que passa hoje para a próxima.

Tem chances de um confronto com o Ajax, Rica? Ou é separado o chaveamento?

_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3439
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qui Ago 02, 2018 9:15 am

O Borussia Dortmund parecia próximo de fechar um ótimo negócio nesta janela de transferências. As conversas com Axel Witsel estavam avançadas e os aurinegros aguardavam a chegada do meio-campista para os exames médicos. Pela aquisição, pagariam a módica cláusula rescisória de €20 milhões. No entanto, a transferência não deve ser tão simples. Segundo informações do Bild, o Tianjin Quanjian estaria bloqueando a compra. O periódico afirma que a diretoria alemã estuda até mesmo acionar a Fifa por causa do imbróglio.
Witsel encaminhou o seu acordo pessoal com o Dortmund e o anúncio oficial parecia questão de dias. Mas, conforme o jornal, o Tianjin Quanjian se recusa a vender o jogador ao Dortmund. O clube aponta que a cláusula só poderia ser acionada durante a janela de transferências do Campeonato Chinês, que está fechada. Em contrapartida, segundo a imprensa inglesa, os chineses estariam buscando outro comprador para o volante, com o Manchester United surgindo entre as possibilidades. Assim, os aurinegros pensam em entrar na justiça, já que o Quanjian não estaria cumprindo critérios básicos do contrato.
http://trivela.uol.com.br/dortmund-parecia-proximo-de-fechar-com-witsel-mas-negocio-pode-parar-ate-na-fifa/

O Real Madrid não tinha um time barato, com jogadores garimpados a preços baixos e promessas desenvolvidas pelo clube. Exigiu um alto investimento no passado, mas também é verdade que, durante as três últimas temporadas em que conquistou a Champions League, os gastos com reforços foram relativamente modestos. Apenas € 150 milhões desembolsados em todo o período, preço baixo para os valores atuais e, principalmente, para o hábito merengue de contratar grandes estrelas com frequência. Para Karl-Heinz Rummenigge, principal executivo do Bayern de Munique, isso prova que não é preciso embarcar na loucura do mercado de transferências para montar um time campeão.
“Manchester City e Paris Saint-Germain sempre foram os responsáveis globais pela inflação dos jogadores. Não o Real Madrid, que gastou quase nada nos últimos anos, o que é prova de que você não precisa embarcar na loucura do mercado para ganhar a Champions League. Esse também é o nosso caminho. É nosso objetivo conquistar novamente o troféu da Champions League, o mais rápido possível”, afirmou o dirigente alemão à TZ.
Evidentemente, em certo momento, grandes times precisam fazer grandes investimentos, mas Rummenigge refere-se ao hábito de contratar jogadores o tempo inteiro por preços excessivos, sem necessariamente precisar deles. Como o Real Madrid, aliás, já fez várias vezes, em um passado não tão distante, também inflacionando o mercado – trouxe Toni Kroos e James Rodríguez logo depois da décima conquista europeia, por exemplo. O Bayern de Munique prefere montar equipes a longo prazo. A contratação mais cara de sua história é Correntin Tolisso, por € 41,5 milhões. E os principais nomes, Arjen Robben e Franck Ribéry, estão no clube há quase dez anos.
Ele disse que recebeu em primeira mão a informação de que o Manchester City, depois de investir muito em reforços nos dois primeiros anos sob o comando de Pep Guardiola, pretende mudar a sua abordagem. Por enquanto, o atual campeão inglês contratou apenas Riyad Mahrez na janela, entre os principais nomes, e tentou Jorginho, que acabou no Chelsea. “Guardiola disse que eles originalmente planejavam comprar alguns jogadores a mais, mas decidiram não fazer isso porque não querem mais fazer parte da loucura. Eu fiquei um pouco surpreso, mas pensei que seria realmente maravilhoso se isso continuasse sendo verdade até o fim do fechamento da janela inglesa”, disse.
Para que a estratégia bávara funcione, também é importante manter os principais jogadores o máximo possível. Por isso, o clube bloqueou o desejo de Robert Lewandowski por novos desafios. “Queremos estabelecer um exemplo com Robert, para mostrar, tanto interna quanto externamente, que o Bayern de Munique é completamente diferente de outros clubes que fraquejam a certo preço. Queremos mostrar que a nossa porta está fechada. Ele queria sair, mas nós o informamos que não permitiremos. Estamos totalmente felizes com o jogador. Não é do nosso interesse que ele saía, não importa se vierem propostas de € 100 milhões ou de € 150 milhões”, afirmou o ex-jogador.
Por outro lado, tanto Ribéry, 35 anos, quanto Robben, 34, tiveram seus contratos renovados por apenas uma temporada, e Rummenigge indicou que provavelmente será a última da dupla em Munique. “Não estendemos os contratos deles por acaso. Também discutimos se os estenderíamos por uma temporada para jogadores de 34 e 35 anos. Tenho certeza que eles quererão usar este último ano para mostrar a todos a qualidade que têm. Um chegou em 2007 e outro em 2009 e não é coincidência que demos um salto, em âmbito nacional e internacional, desde então”, encerrou.
http://trivela.uol.com.br/rummenigge-real-madrid-prova-que-voce-nao-precisa-entrar-na-loucura-do-mercado-para-ganhar-a-champions/

Higuaín afirma que foi convencido por Leonardo para fechar com o Milan.
- Primeiro assino e depois falo. Estou começando uma nova aventura. Quero agradecer a todos os torcedores do Milan pelo carinho e também os da Juventus, que me deram tanto amor por esses anos. O Leonardo me convenceu. Já falei com o Gattuso e quero ir o mais longe possível com o Milan - afirmou o jogador aos jornalistas presentes.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-italiano/noticia/higuain-afirma-que-foi-convencido-por-leonardo-para-fechar-com-o-milan.ghtml

O árbitro de vídeo (VAR) vai ser utilizado pela primeira vez no Campeonato Francês no dia 10 de agosto, no jogo inaugural da primeira rodada entre Olympique de Marselha e Toulouse, anunciou nesta quarta-feira a direção técnica de arbitragem da competição (DTA).
Dois árbitros assistentes de vídeo e um ou dois operadores vão garantir o funcionamento do sistema e a análise das imagens em cada jogo. Segundo as recomendações da DTA, a Liga de Futebol Profissional (LFP) vai transmitir nos estádios um vídeo ou uma mensagem nos telões explicando os casos em que o VAR pode ser utilizado.
Todos os jogos do Campeonato Francês a partir desta temporada serão beneficiados do dispositivo utilizado na Copa do Mundo da Rússia, assim como os duelos a partir das quartas de final da Copa da Liga e da Copa da França.
Na temporada passada, o VAR foi testado a partir das quartas de final da Copa da Liga e da Copa da França, assim como nos jogos de repescagem para a promoção à Ligue 1 e Ligue 2. A proposta de difundir nos estádios as imagens analisadas pelo VAR seguirá em estudo no momento.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-frances/noticia/var-sera-adotado-a-partir-da-primeira-rodada-no-campeonato-frances.ghtml

Às vésperas do início da temporada do futebol europeu, os campeonatos Francês e Italiano correm o risco de sumir da televisão brasileira. Até agora, nenhuma emissora do país comprou os direitos de transmissão dos torneios que começam em agosto. As informações são da Folha de S. Paulo, por Eduardo Geraque.
Nem a da de Cristiano Ronaldo para a Juventus, da Itália, e a permanência de Neymar no Paris Saint-Germain, que terá ainda o campeão do mundo Mbappé fizeram com que as televisões topassem pagar os valores cobrados pelas empresas donas dos direitos.
"Existe uma insegurança do mercado em geral diante de valores inflados [de venda dos direitos]", diz Danyel Braga, diretor de Novos Negócios da CSM Golden Goal, empresa de gestão esportiva que faz parte do grupo Chime, um dos cinco maiores no setor. De acordo com o executivo, fatores como a crise financeira no país e o fato de este ser um ano de Copa do Mundo dificultam ainda mais grandes investimentos.
Além dos dois torneios nacionais sem transmissão confirmada, a Liga Europa, segunda competição mais importante da Uefa (entidade que comanda o futebol na Europa), também não tem previsão de ser transmitida no Brasil. Nenhuma emissora fechou o contrato para exibir o torneio de clubes, que já está em disputa. A fase de grupos começará em setembro.
A Copa do Rei, na Espanha, que começa no dia 5 de setembro, e a Copa da Inglaterra, que estreia no dia 10 de agosto, também não tiveram os direitos comprados por nenhuma emissora brasileira.
Veja abaixo onde acompanhar as competições já definidas:
Liga dos Campeões: Facebook e Esporte Interativo (ainda não divulgado oficialmente)
Campeonato Inglês: ESPN
Campeonato Espanhol: ESPN e FOX Premium
Campeonato Alemão: FOX Sports
Copa da Alemanha: ESPN
Copa da França: FOX Sports
Copa da Liga Inglesa: ESPN
Italiano, Francês, Liga Europa, Copa da Inglaterra, Copa do Rei (Espanha) e Copa da Itália: ainda sem definição
https://www.esporteemidia.com/2018/08/emissoras-alegam-alto-custo-e-nao.html

Leonardo Bonucci está cada vez mais perto de voltar a ser um jogador da Juventus. O central, que está envolvido no negócio que levará Higuaín para San Siro, já chegou a Turim para fazer exames médicos.
A operação já está a ser noticiada pela imprensa italiana há alguns dias, sendo que a oficialização do negócio poderá estar muito perto de acontecer, com Bonucci a regressar à Juventus e Higuaín e Caldara a fazerem o caminho inverso, em direção a Milão.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227430

Pierluigi Collina, antigo árbitro italiano, demitiu-se esta quarta-feira do cargo de presidente do Comité de Arbitragem da UEFA, que ocupou ao longo de oito anos, alegando motivos pessoais.
«Foi um privilégio trabalhar como Chefe de Arbitragem da UEFA nos últimos oito anos. Estou muito orgulhoso dos resultados alcançados em conjunto com os meus colegas árbitros e com o Comité de Arbitragem da UEFA. Gostaria de agradecer à UEFA pelo forte apoio dado à arbitragem nestes anos e também a todos os árbitros pelo seu total empenho», referiu Collina em nota divulgada pela UEFA.
Aleksander Ceferin, presidente da UEFA, demonstrou a sua gratidão para com Collina: «Pierluigi trouxe a mesma visão, compreensão e talento ao seu papel na UEFA que ele demonstrou nos jogos que arbitrou. Quero agradecer-lhe pelo empenho durante estes anos e pelo que trouxe ao futebol europeu como diretor de arbitragem».
O também italiano Roberto Rosetti, que enquanto árbitro apitou a final do Euro2008, é o substituto de Collina no cargo.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227392

Cheikhou Kouyaté parece ter gostado dos ares da capital britânica. O médio centro passou do West Ham para o Crystal Palace, assinando contrato para as próximas quatro temporadas.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227436

A UEFA anunciou através de uma nota no seu site oficial, que Samir Nasri foi suspenso por 18 meses, sendo que a contagem desta suspensão é feita a partir de 1 de julho de 2017. Esta decisão surge no seguimento de um recurso apresentado pelo Inspetor de Ética e Disciplina, contra a decisão tomada pelo Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA.
Segundo o mesmo Comité, o médio gaulês «pode regressar aos treinos, em qualquer clube de futebol, a partir de 1 de novembro de 2018» e pode voltar aos relvados em janeiro de 2019.
Recorde-se que o internacional francês estava suspenso devido a uma infusão intravenosa de 500 mililitros de hidratação sob a forma de água estéril e que continha micronutrientes, algo que vai contra os regulamentos da Agência Mundial de Antidopagem.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227395

O Tuttosport refez a lista de nomeados para o prémio Golden Boy, distinção entregue ao melhor jogador sub-21. Os 100 nomes iniciais passaram para 80 e houve alterações aos nomeados.
Confira aqui os 80 nomeados ao Golden Boy:
Diogo Dalot - Manchester United
João Queirós - Sporting
Jota - Benfica
Rúben Vinagre - Wolverhampton
Rui Pedro - FC Porto
Trincão - Braga
Chris Willock - Benfica
Alexander-Arnold - Liverpool
Aleñá - Barcelona
Amo - Sevilha
Angel Gomes - Manchester United
Aouar - Lyon
Azzaoui - Willen II
Bielik - Arsenal
Bijlow - Feyenoord
Boutobba - Sevilha
Brahim Diaz - Manchester City
Callegari - PSG
Carevic - Barcelona
Cutrone - AC Milan
Olmo - Dínamo Zagreb
Thomas Davies - Everton
de Ligt - Ajax
Diakhaté - Fiorentina
Diatta - Bruges
Dilrosun - Hertha
Djenepo - Standard Liège
Doan - Groningen
Doucouré - Borussia Mönchengladbach
Édouard - Celtic
Marcus Edwards - Tottenham
Eremenko - Spartak Moscovo
Foden - Manchester City
Fosu-Mensah - Crystal Palace
Foyth - Tottenham
Georgen - PSG
Giannoutsos - AEK
Hagi - Viitorul
Hakimi - Real Madrid
Haidara - Red Bull Salzburgo
Havertz - Bayer Leverkusen
Hudson-Odoi - Chelsea
Ikoné - Montpellier
Isak - Borussia Dortmund
Joveljic - Estrela Vermelha
Kane - Liverpool
Karamoh - Inter Milão
Kean - Juventus
Kluivert - AS Roma
Koopmeiners - AZ Alkmaar
Lafont - Toulouse
Lotomba - Young Boys
Lovren - Fortuna Dusseldorf
Arne Maier - Hertha
Dennis Man - Steaua
Manu García - NAC Breda
Maouassa - Rennes
Mauro Junior - PSV
Mavididi - Arsenal
Lottin - PSG
Mbappé - PSG
McKennie - Schalke 04
Moro - Dínamo Zagreb
Odegaard - Real Madrid
Reece Oxford - Borussia Mönchengladbach
Pellegri - AS Mónaco
Pulisic - Borussia Dortmund
Retsos - Bayer Leverkusen
Sari - Marselha
Ismaila Sarr - Rennes
Malang Sarr - Nice
Borna Sosa - Dínamo Zagreb
Sylla - Mónaco
Moya - Atlético Madrid
Idrissa Touré - Werder Bremen
Upamecano - Red Bull Leipzig
Wagué - Eupen
Woodburn - Liverpool
Zanadrea - Juventus
Luca Zidane - Real Madrid
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/743253

Todas as transferências de Verão na Champions League

Transferências mais recentes
Lucas Digne (do Barcelona para o Everton)
Ben Woodburn (do Liverpool para o Sheffield United, empréstimo)
Thomas Lemar (do Mónaco para o Atlético)
Cameron Borthwick-Jackson (do Man. United para o Scunthorpe, empréstimo)
Aleksandr Golovin (do CSKA Moscovo para o Mónaco)

Clube a clube

Atlético (ESP)
Entradas: Nehuén Pérez (Argentinos Juniors), Rodri (Villarreal), Antonio Adán (Betis), Jonny Castro (Celta Vigo), Thomas Lemar (Mónaco), Santiago Arias (PSV)
Saídas: Fernando Torres (fim de contrato), Gabi (Al-Sadd), Axel Werner (Huesca, empréstimo), Emiliano Velázquez (Rayo Vallecano), Jonny Castro (Wolves, empréstimo), Šime Vrsaljko (Inter, empréstimo), André Moreira (Aston Villa, empréstimo)

Barcelona (ESP)
Entradas: Arthur (Grêmio), Clément Lenglet (Sevilha),  Malcom (Bordéus)
Saídas: Gerard Deulofeu (Watford), Andrés Iniesta (Vissel Kobe), Paulinho (Guangzhou Evergrande, empréstimo), Douglas (Sivasspor, empréstimo), Adrián Ortolá (Deportivo, empréstimo), Lucas Digne (Everton)

Bayern (GER)
Entradas: Leon Goretzka (Schalke), Alphonso Davies (Vancouver, a partir de 1 de Janeiro de 2019)
Saídas: Tom Starke (retirado), Niklas Dorsch (Heidenheim), Douglas Costa (Juventus, contratado após empréstimo)

Club Brugge (BEL)
Entradas: Karlo Letica (Hajduk Split), Siebe Schrijvers (Genk), Clinton Mata (Charleroi), Mats Rits (Mechelen), Luan Peres (Ituano), Arnaut Groeneveld ( NEC Nijmegen ) , Matej Mitrović ( Beşiktaş , contratado após empréstimo)  
Saídas: Jérémy Perbet (Charleroi), Jens Teunckens (Royal Antuérpia), Jordi Vanlerberghe (Oostende, empréstimo)

CSKA Moscovo (RUS)
Entradas: Rodrigo Becão (Bahia, empréstimo), Hördur Magnússon (Bristol City), Jaka Bijol (Rudar Velenje), lzat Akhmetov (Rubin)
Saídas: Pontus Wernbloom (fim de contrato), Georgi Milanov (fim de contrato), Bibras Natcho (fim de contrato), Sergei Ignashevich (retirado), Aleksei Berezutski (retirado), Vasili Berezutski (retirado), Aleksandr Golovin (Mónaco), Vitinho (Flamengo)

Dortmund (GER)
Entradas: Marius Wolf (Eintracht Frankfurt), Marwin Hitz (Augsburgo), Thomas Delaney (Bremen), Abdou Diallo (Mainz) Achraf Hakimi (Real Madrid, empréstimo)
Saídas: Mikel Merino (Newcastle United), Dominik Reimann (Kiel), Roman Weidenfeller (retirado), Gonzalo Castro (Estugarda), Sokratis Papastathopoulos (Arsenal), Erik Durm (Huddersfield Town), André Schürrle (Fulham, empréstimo), Andriy Yarmolenko (West Ham)

Galatasaray (TUR)
Entradas: Muğdat Çelik (Akhisarspor), Yuto Nagatomo (Inter, contratado após empréstimo), Henry Onyekuru (Everton, empréstimo)
Saídas: Luis Cavanda (Standard Liège, contratado após empréstimo), Cédric Carrasso (fim de contrato), Eray İşcan (fim de contrato), Koray Günter (fim de contrato), Iasmin Latovlevici (fim de contrato), Yasin Öztekin (fim de contrato), Hakan Balta (fim de contrato), Endoğan Adili (fim de contrato)

Hoffenheim (GER)
Entradas: Leonardo Bittencourt (Colónia), Ishak Belfodil (Standard Liège), Joshua Brenet (PSV), Vincenzo Grifo (Mönchengladbach), Kasim Nuhu (Young Boys)
Saídas: Eugen Polanski (desconhecido), Mark Uth (Schalke), Benedikt Gimber (Ingolstadt), In-hyeok Park (Daejeon)

Inter (ITA)
Entradas: Radja Nainggolan (Roma), Stefan de Vrij (Lazio), Kwadwo Asamoah (Juventus), Lautaro Martínez (Racing Avellaneda), Matteo Politano (Sassuolo), Šime Vrsaljko (Atlético, empréstimo)
Saídas: Davide Santon (Roma), Yuto Nagatomo (Galatasaray, contratado após empréstimo), Geoffrey Kondogbia (Valência, contratado após empréstimo), Nicolò Zaniolo (Roma), Éder (Jiangsu Suning, Jens Odgaard (Sassuolo), Davide Bettella (Atalanta)

Juventus (ITA)
Entradas: Douglas Costa (Bayern Munique, contratado após empréstimo), Mattia Perin (Génova), Emre Can (Liverpool), João Cancelo (Valência), Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
Saídas: Gianluigi Buffon (Paris), Stephan Lichtsteiner (Arsenal), Kwadwo Asamoah (Internazionale), Alberto Cerri (Cagliari, empréstimo), Alberto Brignoli (Palermo)

Liverpool (ENG)
Entradas: Fabinho (Mónaco), Xherdan Shaqiri (Stoke City), Alisson Becker (Roma)
Saídas: Ovie Ejaria (Rangers, empréstimo), Emre Can (Juventus), John Flanagan (fim de contrato), Ádám Bogdán (Hibernian, empréstimo), Danny Ward (Leicester City), Taiwo Awoniyi (Gent, empréstimo), Allan (Eintracht Frankfurt, empréstimo), Ben Woodburn (Sheffield United, empréstimo)

Lokomotiv Moscovo (RUS)
Entradas: Rifat Zhemaletdinov (Rubin), Brian Idowu (Amkar Perm), Éder (LOSC Lille), Grzegorz Krychowiak (Paris, empréstimo), Benedikt Höwedes (Schalke)  
Saídas: Nemanja Pejčinović (fim de contrato), Alan Kasaev (Baltika, empréstimo)

Lyon (FRA)
Entradas: Léo Dubois (Nantes)
Saídas: Willem Geubbels (Mónaco), Romain Del Castillo (Rennes), Mouctar Diakhaby (Valência), Jean-Philippe Mateta (Mainz), Aldo Kalulu (Basileia), Sergi Darder (Espanyol), Elisha Owusu ( FC Sochaux-Montbéliard )

Manchester City (ENG)
Entradas: Riyad Mahrez (Leicester)
Saídas: Yaya Touré (fim de contrato), Pablo Maffeo (Estugarda), Angeliño (PSV), Olarenwaju Kayode (Shakhtar Donetsk, contratado após empréstimo),  Pablo Marí (Deportivo La Coruña, empréstimo), Anthony Cáceres (Melbourne City, empréstimo))

Manchester United (ENG)
Entradas: Fred (Shakhtar), Diogo Dalot (Porto), Lee Grant (Stoke City)
Saídas: Michael Carrick (retirado), Sam Johnstone (West Brom); Daley Blind (Ajax), Cameron Borthwick-Jackson (Scunthorpe, empréstimo)

Mónaco (FRA)
Entradas: Samuel Grandsir (Troyes), Willem Geubbels (Lyon), Wilson Isidor (Rennes), Sofiane Diop (Rennes), Robert Navarro (Barcelona), Pelé (Rio Ave), Jonathan Panzo (Chelsea), Ronaël Pierre-Gabriel (St-Étienne), Antonio Barreca (Torino), Aleksandr Golovin (CSKA Moscovo), Jean-Eudes Aholou (Estrasburgo)
Saídas: Fabinho (Liverpool), Terence Kongolo (Huddersfield), Souahilo Meité (Torino), Adama Diakhaby (Huddersfield Town), João Moutinho (Wolves), Adrien Bongiovanni (Cercle Brugge), Thomas Lemar (Atlético), Soualiho Meïté (Torino)

Nápoles (ITA)
Entradas: Simone Verdi (Bolonha), Fabián Ruíz (Betis), Alex Meret (Udinese), Orestis Karnezis (Udinese), Vinícius Morais (Real SC), Amato Ciciretti (Benevento)
Saídas: Pepe Reina (Milan), Emanuele Giaccherini (Chievo), Jorginho (Chelsea), Gennaro Tutino (Carpi, loan), Zinédine Machach (Carpi, empréstimo), Roberto Insigne (Benevento, empréstimo), Amato Ciciretti (Parma, empréstimo)

Paris Saint-Germain (FRA)
Entradas: Gianluigi Buffon (Juventus)
Saídas: Thiago Motta (retirado), Odsonne Edouard (Celtic), Javier Pastore (Roma), Yuri Berchiche (Athletic Club), Jonathan Ikoné (LOSC Lille), Lorenzo Callegari (Génova), Grzegorz Krychowiak (Lokomotiv Moscovo, empréstimo)

Plzeň (CZE)
Entradas: Luděk Pernica (Jablonec), Ubong Ekpai (Zlín), Roman Procházka (Levski Sofia), Pavel Bucha (sem clube)
Saídas: Andreas Ivanschitz (fim de contrato), Diego Živulić (fim de contrato), Václav Pilař (Sigma Olomouc), Miloš Kratochvíl (Jablonec)

Porto (POR)
Entradas: João Pedro (Palmeiras), Saidy Janko (St-Étienne), Ewerton (Portimonense), Chancel Mbemba (Newcastle United), Marius Mouandilmadji (Cotonsport)
Saídas: Ricardo Pereira (Leicester City), Iván Marcano (Roma), Diogo Dalot (Man. United), Miguel Layún (Villarreal), Gonçalo Paciência (Eintracht Frankfurt), Marius Mouandilmadji (Cotonsport)

Real Madrid (ESP)
Entradas: Vinícius Júnior (Flamengo), Andriy Lunin (Zorya Luhansk), Álvaro Odriozola (Real Sociedad)
Saídas: Omar Mascarell (Schalke), Cristiano Ronaldo (Juventus), Achraf Hakimi (Dortmund, empréstimo)

Roma (ITA)
Entradas: Iván Marcano (Porto), Ante Ćorić (Dinamo Zagreb), Bryan Cristante (Atalanta), Justin Kluivert (Ajax), Antonio Mirante (Bolonha), Davide Santon (Internazionale), Javier Pastore (Paris), William Bianda (Lens), Nicolò Zaniolo (Internazionale), Daniel Fuzato (Palmeiras), Robin Olsen (Copenhaga)
Saídas: Radja Nainggolan (Internazionale), Marco Tumminello (Atalanta), Arturo Calabresi (Bolonha), Lukasz Skorupski (Bolonha), Bruno Peres (São Paulo, empréstimo), Alisson Becker (Liverpool), Gerson (Fiorentina, empréstimo), Grégoire Defrel (Sampdória, empréstimo), Leandro Castán (final de contrato)

Schalke (GER)
Entradas: Suat Serdar (Mainz), Salif Sané (Hannover), Steven Skrzybski (Union Berlim), Mark Uth (Hoffenheim), Omar Mascarell (Real Madrid)
Saídas: Leon Goretzka (Bayern), Max Meyer (desconhecido), Pablo Insua (Huesca, empréstimo), Coke (Levante), Benedikt Höwedes (Lokomotiv Moscovo)

Shakhtar (UKR)
Entradas: Olarenwaju Kayode (Manchester City, contratado após empréstimo), Fernando Pedro (Palmeiras), Oleksiy Shevchenko (Karpaty Lviv), Maycon (Corinthians), Júnior Moraes (Dynamo Kiev), Marquinhos Cipriano (São Paulo)
Saídas: Fred (Man. United), Bernard (fim de contrato), Facundo Ferreyra (Benfica), Darijo Srna (Cagliari), Ruslan Fomin (Mariupol), Ivan Petryak (Ferencváros, empréstimo)

Tottenham (ENG)
Entradas: nenhuma
Saídas: Keanan Bennetts (Mönchengladbach)

Valência (ESP)
Entradas: Uroš Račić (Estrela Vermelha), Geoffrey Kondogbia (Inter, contratado após empréstimo), Mouctar Diakhaby (Lyon), Daniel Wass (Celta), Cristiano Piccini (Sporting)
Saídas: João Cancelo (Juventus), Nacho Vidal (Osasuna), Nemanja Maksimović (Getafe), Zakaria Bakkali (Anderlecht), Nani (Sporting)
https://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2562976.html

Todas as transferências nas equipas da Europa League

Destaques
Jorginho (do Nápoles para o Chelsea)
Lucas Torreira (da Sampdória para o Arsenal)
Valon Berisha (do Salzburgo para a Lázio)
William Carvalho (do Sporting para o Bétis)
Duje Ćaleta-Car (do Salzburgo para o Marselha)

Por clube

AC Milan (ITA)
Entradas: Alen Halilović (Hamburgo), Ivan Strinić (Sampdoria), Pepe Reina (Nápoles), Fabio Borini (Sunderland, transferência após empréstimo), Nikola Kalinić (Fiorentina, contratação após empréstimo)
Saídas: M'Baye Niang (Torino, transferência após empréstimo), Gianluca Lapadula (Génova, transferência após empréstimo), Gianmarco Zigoni (Veneza, transferência após empréstimo), Niccolò Zanellato (Crotone, transferência após empréstimo), Hachim Mastour (fim de contrato), Marco Storari (fim de contrato), Nnamdi Oduamadi (fim de contrato)

Akhisarspor (TUR)
Entradas: Josué Pesqueira (livre), Avdija Vršajević (Osmanlıspor), Elvis Manu (Gençlerbirliği), Güray Vural (Kayserispor)
Saídas: Orhan Tasdelen (Adana Demirspor), Muğdat Çelik (Galatasaray), Soner Aydoğdu (İstanbul Başakşehir), Olcan Adın (fim de contrato), Alperen Babacan (Denizlispor, empréstimo), Safa Ali Memnun (Kahramanmaraşspor, empréstimo)

Anderlecht (BEL)
Entradas: Zakaria Bakkali (Valência), Ivan Santini (Caen), Landry Dimata (Wolfsburgo, empréstimo), Ognjen Vranješ (AEK), Thomas Didillon (Metz), Kenneth Saief (Gent, transferência após empréstimo), Elias Cobbaut (Mechelen), Yevhenii Makarenko (Kortrijk), Kristal Abazaj (Luftëtar), Luka Adžić (Estrela Vermelha), Antonio Milić (Oostende), Knowledge Musona (Oostende)
Saídas: Stéphane Badji (Bursaspor, transferência após empréstimo), Aaron Leya Iseka (Toulouse), Wout Faes (Oostende), Idrissa Doumbia (Akhmat Grozny), Uroš Spajić (Krasnodar), Jorn Vancamp (Beerschot), Silvère Ganvoula (Bochum, empréstimo), Trezeguet (Kasımpaşa, transferência após empréstimo), Alexandru Chipciu (Sparta Praga, empréstimo), Olivier Deschacht (fim de contrato), Dylan Lambrecth (fim de contrato)

Arsenal (ENG)
Entradas: Stephan Lichtsteiner (Juventus), Bernd Leno (Leverkusen), Sokratis Papastathopoulos (Dortmund), Lucas Torreira (Sampdoria), Matteo Guendouzi (Lorient)
Saídas: Per Mertesacker (retirado), Santi Cazorla (Villarreal), Jack Wilshere (West Ham), Takuma Asano (Hannover, empréstimo)

Chelsea (ENG)
Entradas: Jorginho (Nápoles), Robert Green (livre)
Saídas: Jeremie Boga (Sassuolo), Lewis Baker (Leeds United, empréstimo), Jamal Blackman (Leeds, empréstimo), Kenedy Wolf (Newcastle, empréstimo), Mason Mount (Derby, empréstimo)

Eintracht Frankfurt (GER)
Entradas: Frederik Rönnow (Bröndby), Nicolai Müller (Hamburgo), Felix Wiedwald (Leeds United), Lucas Torró (Real Madrid), Obite Evan N'Dicka (Auxerre), Gonçalo Paciência (Porto), Carlos Salcedo (Guadalajara), Ante Rebić (Fiorentina), Allan (Liverpool, empréstimo), Francisco Geraldes (Sporting, empréstimo)
Saídas: Lukáš Hrádecký (Leverkusen), Alexander Meier (desconhecido), Renat Dadashov (Estoril), Marius Wolf (Dortmund), Kevin-Prince Boateng (Sassuolo), Aymen Barkok (Fortuna Düsseldorf, empréstimo), Omar Mascarell (Schalke), Max Besuschkow (Saint-Gilloise, empréstimo)

Jablonec (CZE)
Entradas: Tomáš Břečka (Slovácko), Miloš Kratochvíl (Plzeň), Dāvis Ikaunieks (Jihlava), David Hovorka (Sparta Praga, empréstimo), Rafael Acosta (Brno)
Saídas: Luděk Pernica (Plzeň), Roman Valeš (Bohemians), Jaroslav Zelený (Slavia Praga), Jaroslav Diviš (Mladá Boleslav), Jan Díl (Chrudim, empréstimo), David Breda (Dukla Praga, empréstimo), Martin Kouril (Varnsdorf)

Krasnodar (RUS)
Entradas: Uroš Spajić (Anderlecht), Dmitri Stotski (Ufa), Christian Cueva (São Paulo), Anatoli Katrich (Dinamo Moscovo), Ivan Taranov (Krylya Sovetov)
Saídas: Andreas Granqvist (Helsingborg), Joãozinho (fim de contrato), Ricardo Laborde (fim de contrato), Vyacheslav Podberezkin (Rubin), Ruslan Bolov (Khimki), Andrei Ivan (Rapid Viena, empréstimo), Nikolai Komlichenko (Mladá Boleslav), Renat Yanbaev (fim de contrato), Aleksei Gritsaenko (Yenisey, empréstimo)

Lázio (ITA)
Entradas: Francesco Acerbi (Sassuolo), Silvio Proto (Olympiacos), Valon Berisha (Salzburgo), Riza Durmisi (Real Betis), Mattia Sprocati (Salernitana)
Saídas: Stefan de Vrij (Inter), Filip Djordjević (Chievo Verona), Federico Marchetti (Génova), Felipe Anderson (West Ham), Francesco Orlando (Salernitana), Simone Palombi (Lecce, empréstimo), Mamadou Tounkara (Schaffhausen, empréstimo), Franjo Prce (Omonia, empréstimo)

Leverkusen (GER)
Entradas: Paulinho (Vasco da Gama), Mitchell Weiser (Hertha), Lukáš Hrádecký (Frankfurt), Thorsten Kirschbaum (Nuremberga)
Saídas: Stefan Kiessling (retirado), Vladlen Yurchenko (desconhecido), Marlon Frey (desconhecido), Niklas Lomb (Sandhausen), Bernd Leno (Arsenal)

Marselha (FRA)
Entradas: Duje Ćaleta-Car (Salzburgo)
Saídas: Dória (Santos Laguna)

Real Bétis (ESP)
Entradas: Takashi Inui (Eibar), Antonio Barragán (Middlesbrough, transferência após empréstimo), Sergio Canales (Real Sociedad), Pau López (Espanyol), Joel Robles (Everton), William Carvalho (Sporting CP)
Saídas: Riza Durmisi (Lazio), Pedro López (fim de contrato), Dani Giménez (Deportivo La Coruña), Fabián Ruíz (Nápoles), Antonio Adán (Atlético Madrid), Germán Pezzella (Fiorentina, transferência após empréstimo), Rafa Navarro (Alavés), Rubén Castro (Las Palmas)

Rennes (FRA)
Entradas: Romain Del Castillo (Lyon), Theoson Siebatcheu (Stade de Reims), Jakob Johansson (AEK), Clément Grenier (Guingamp), Damien Da Silva (Caen)
Saídas: Afonso Figueiredo (Rio Ave), Firmin Mubele (Toulouse), Yoann Gourcuff (fim de contrato), Séga Coulibaly (Nancy), Wilson Isidor (Mónaco), Sofiane Diop (Mónaco), Stéphane Diarra (Le Mans, empréstimo), Joris Gnagnon (Sevilha), Brandon (Osasuna, empréstimo), Anthony Ribelin (fim de contrato), Sanjin Prcić (fim de contrato)

Sporting (POR)*
Entradas: Marcelo (Rio Ave), Raphinha (Vitória SC), Bruno Gaspar (Fiorentina), Emiliano Viviano (Sampdoria), Nani (Valência)
Saídas: André Geraldes (Sporting Gijón, empréstimo), William Carvalho (Real Betis), Cristiano Piccini (Valência), Francisco Geraldes (Eintracht, empréstimo)

*incluídas apenas transferências confirmadas pelo Sporting

Villarreal (ESP)
Entradas: Toko Ekambi (Angers), Gerard Moreno (Espanyol), Ramiro Funes Mori (Everton), Miguel Layún (Porto), Santiago Cáseres (Vélez Sarsfield), Santi Cazorla (Arsenal)
Saídas: Rodri (Atlético Madrid), Roger Martínez (Club América), Antonio Rukavina (FC Astana), Rúben Semedo (Huesca, empréstimo)

Vorskla (UKR)
Entradas: Artem Gabelok (Spartaks Jūrmala), Maryan Mysyk (Stal Kamianske), Evgeniy Martynenko (Chornomorets Odesa)
Saídas: nenhuma

Zurique (SUI)
Entradas: Salim Khelifi (Eintracht Braunschweig), Hekuran Kryeziu (Luzern), Hakim Guenouche (Nancy), Becir Omeragic (Servette), Andreas Maxsö (Osmanlıspor), Benjamin Kololli (Lausanne)
Saídas: Cédric Brunner (Bielefeld), Rasmus Thelander (Vitesse), Yann Fillion (Aarau, empréstimo), Gilles Yapi (fim de contrato)

*Esta lista não é exaustiva; nem todas as transferências envolvendo jovens dos escalões de formação ou de equipas de reserva estão incluídas.
https://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2563946.html


Última edição por Inumano83 em Qui Ago 02, 2018 10:03 am, editado 1 vez(es)

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qui Ago 02, 2018 9:17 am

@Krypton escreveu:Hoje o Cope joga a partida de volta contra o Stjarnan. Venceu a primeira fora por 2-0, então creio que passa hoje para a próxima.

Tem chances de um confronto com o Ajax, Rica? Ou é separado o chaveamento?

Esta querendo pular de competição né safadinho. Laughing Twisted Evil
Ajax esta na LC.
O Cope pega o vencedor de CSKA-Sofia x Admira para jogar na terceira pré-eliminatória.
E já na segunda tem o sorteio do play-off (última eliminatória).

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Krypton em Qui Ago 02, 2018 9:37 am

besouro booster

Caralho... Achei que fossem resultados da LE... Confundi... Laughing

O Cope tem obrigação então de passar para as fases de grupos pelo menos.

_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3439
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qui Ago 02, 2018 3:18 pm

Chapecoense e Torino são dois clubes que se aproximaram através da dor. Quando aconteceu o acidente aéreo que vitimou 71 pessoas na Colômbia, o Toro foi um dos primeiros clubes a se solidarizarem. Sabiam muito bem o que significava o luto, após o desastre de Superga em 1949. Entre as propostas, estava a realização de um amistoso entre as duas equipes na Itália, algo que se concretizou nesta quarta-feira. A Chape foi representada por reservas e os grenás venceram por 2 a 0. Mais importante, no entanto, foram as cenas de fraternidade entre os times.
A Chapecoense usou sua camisa em alusão à Colômbia. As duas equipes posaram juntas a uma foto e houve homenagens aos sobreviventes. Mas o momento mais tocante aconteceu mesmo nas arquibancadas, quando os próprios torcedores do Torino começaram a cantar um “olê olê olê, Chapê, Chapê”.
http://trivela.uol.com.br/foi-bonito-ver-a-torcida-do-torino-homenageando-a-chape-no-amistoso-desta-quarta/

A Chapecoense aproveitou o encontro particular com o Torino para passar pela Basilica de Superga e prestar homenagem ao Grande Torino. As duas formações defrontaram-se na quarta-feira à noite, num encontro carregado de simbolismo.
Uma delegação da equipa brasileira passou pelo local onde caiu o avião que vitimou 31 atletas do Torino, em 1949. Conhecida como uma das melhores formações de sempre, pelos quatro títulos conquistados, a equipa italiana regressava de Lisboa, onde tinha defrontado o Benfica num encontro amigável.
Nas homenagens também surgiu referência aos 19 atletas da Chapecoense que morreram 2016, na queda de um avião na Colômbia quando a equipa se preparava para defrontar o Atlético Nacional, na final da Taça Sul-Americana.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/743271

Está oficializada a transferência de Sidnei. O central brasileiro foi apresentado esta quinta-feira como reforço do Bétis, após quatro anos temporadas ao serviço do Deportivo.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/743292

A cumprir a terceira temporada no FC Porto, Iker Casillas, guarda-redes espanhol de 37 anos, não escondeu o desejo de terminar a carreira no Dragão.
«Seria bom estar vinculado a poucos clubes na minha carreira. Passei por uma equipa muito grande que era o Real Madrid, o melhor clube da história. Mas vim para uma equipa consolidada aqui. Gostaria de terminar a minha carreira no FC Porto», disse em declarações à RTP.
https://www.abola.pt/Nacional/Noticias/Ver/743282

Em agosto de 2017, 16 pessoas faleceram em atentado terrorista realizado nas Ramblas, um dos cartões postais de Barcelona. O furgão dirigido por um jihadista partiu para cima da multidão no ponto turístico, deixando ainda mais de 130 feridos. Logo após o ataque, o Daesh (também conhecido como Estado Islâmico) reivindicou a autoria do ato. E, segundo o desdobramento das investigações realizadas pela polícia local, em informações reveladas nesta semana, o Camp Nou também era um dos alvos dos terroristas.
Segundo publicado pelo ‘Periódico de Catalunya’, a célula jihadista que planejou o atentado tinha a intenção de atacar diferentes pontos de Barcelona, como havia ocorrido em Paris meses antes. Assim, o Camp Nou estava incluído na rota dos terroristas. Na semana do atentado às Ramblas, os terroristas buscaram vias de acesso ao estádio e também consultaram os horários em que funcionaria. No final de semana seguinte aconteceu a rodada de abertura do Campeonato Espanhol, em que o Barcelona recebeu o Betis.
Mohamed Hychami, um dos mentores do atentado e responsável também por um ataque na cidade de Cambrils, tinha realizado buscas de informações sobre o Camp Nou em seu celular, apreendido pela polícia após o terrorista ser abatido. Além disso, uma funcionária da loja oficial do Barcelona confirmou que membros da célula compraram produtos do clube. A polícia suspeita que eles poderiam ter a intenção de também esconder explosivos no local.
Além das Ramblas e do estádio, também foram revelados planos de atacar a Sagrada Família, principal obra arquitetônica na cidade catalã. Seis terroristas foram mortos durante os eventos na Catalunha, enquanto outros dois faleceram durante a explosão de uma bomba em Alcanar. A polícia apontou que o artefato explodiu sem intenção, no local onde eram preparados os materiais para outros atentados. Também foram detidos cinco suspeitos, tidos como membros da célula jihadista.
Vale lembrar que, de certa maneira, o futebol também esteve envolvido no resgate às vítimas nas Ramblas. O lateral Lucas Digne, recentemente vendido ao Everton, participou dos primeiros socorros aos atingidos pelo ataque. Morador da região, o jogador do Barcelona ouviu o barulho e avistou o tumulto, antes de sair anonimamente com toalhas e garrafas de água. Retirou-se apenas quando a polícia isolou a área. A informação foi divulgada por jornalistas locais, mas o francês se recusou a se falar sobre a sua atitude.
http://trivela.uol.com.br/investigacao-da-policia-revela-planos-de-atentado-ao-camp-nou-em-agosto-de-2017/

Em meio à enxurrada de atenção à Copa do Mundo, a notícia não repercutiu tanto no final de junho. A Uefa deu sinal verde para a venda de bebidas alcoólicas nos estádios durante as competições continentais, algo que era proibido até então. E, com o início da temporada 2018/19, a medida começa a ser comemorada pelos próprios clubes participantes, vislumbrando um novo caminho para incrementar os lucros nos dias de jogo. Nesta quinta, por exemplo, o Copenhague estabeleceu a tabela de preços em seu estádio. Patrocinado por uma cervejaria, além dos copos de cerveja da Carlsberg, o clube dinamarquês também venderá shots de destilados em seu bar.
A medida da Uefa, assim como em outros lugares, visava evitar episódios de violência ao restringir a venda de bebidas alcoólicas. O que, fica claro, não adianta em muita coisa. As brigas continuaram acontecendo muitas vezes nos arredores dos estádios, bem como os bons bebedores sempre davam um jeito de encher a cara. Considerando ainda os próprios patrocinadores das competições, parecia incongruente a postura. Desta forma, nada mais óbvio que tentar alavancar os rendimentos nos dias de jogo.
Conforme o regulamento, a venda e a distribuição de bebidas alcoólicas dentro dos estádios ainda precisarão respeitar os limites estabelecidos pela legislação local. Anteriormente, as bebidas alcoólicas só eram permitidas em camarotes e áreas restritas previamente autorizadas. O sucesso de vendas de cervejas durante a Copa do Mundo de 2018 teria sido um dos propulsores à mudança na Uefa, levando em conta ainda os praticamente nulos índices de violência entre torcidas ocorridas na competição.
Quando a mudança no estatuto foi confirmada, em junho, a organização que representa os torcedores europeus publicou uma nota celebrando a postura. “Por um longo tempo, os torcedores de futebol se sentiram injustamente tratados, em comparação àqueles que acompanham outros esportes, como o rúgbi. Não é a modalidade que você segue que te faz ser melhor ou pior. Além disso, a proibição não se aplicava a áreas VIP, dividindo o estádio em duas classes. Os torcedores sentiam que a lei era paternalista, já que não há absolutamente nenhuma evidência ou pesquisa que sugira que a proibição de álcool tenha influência na prevenção ou na redução de desordens nos estádios”, apontou o executivo-chefe da entidade, Ronan Evain.
Além da Liga dos Campeões, da Liga Europa e da Supercopa Europeia, a nova medida também atinge os torneios envolvendo seleções, como a Liga das Nações e a Eurocopa. Vale lembrar que a Euro 2020 acontecerá em diferentes países, necessitando exatamente da adequação às leis de cada território. Uma medida com interesse comercial, mas que beneficia a hospitalidade nos estádios, os clubes e as federações.
http://trivela.uol.com.br/clubes-comemoram-fim-da-proibicao-a-bebidas-alcoolicas-nas-competicoes-da-uefa/

O West Ham confirmou esta quinta-feira a contratação de Xande Silva ao Vitória SC. Apesar do clube londrino não ter revelado os valores da transferência, a imprensa portuguesa avança os hammers pagaram 1.5 milhões de euros pela contratação do português, com a possibilidade de os conquistadores receberem mais dois milhões, mediante objetivos.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227471

Estiveram na UCL em 2017/18 mas vão falhar presença esta época:
Chelsea
Sevilla
RB Leipzig
Anderlecht
Olympiacos
Maribor
Feyenoord
Besiktas
Sporting
APOEL
FC Basel (eliminado ontem pelo PAOK)
https://twitter.com/playmaker_PT/status/1025048071435104257

Top 10 dos clubes que mais faturaram na janela de transferências.
O líder deste quesito de vendas, no mercado da bola, é o Monaco, que está perto dos 300 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão), de acordo com dados do “Transfermarkt”.
A conta do clube francês leva em consideração Mbappé. No acordo com Paris Saint-Germain, ficou determinado que a compra seria efetuada nesta janela – ele foi emprestado ao PSG na última temporada. Além de Mbappé, Thomas Lemar ajudou a colocar os números do Monaco lá em cima.
1º - MONACO
O clube francês soma 295,6 milhões de euros (R$ 1,298 bilhão) em vendas de atletas, sendo 135 milhões de euros (R$ 593 milhões) no acordo de Mbappé e 70 milhões de euros (R$ 307 milhões) pela ida de Lemar para o Atlético de Madrid. O brasileiro Fabinho também deixou o clube e foi para o Liverpool por 45 milhões de euros (R$ 197 milhões). O Monaco, ao todo, vendeu sete jogadores até aqui.
2º – REAL MADRID
O clube merengue aparece na segunda colocação, com 132,5 milhões de euros (R$ 582 milhões). A maior e principal venda foi a de Cristiano Ronaldo, que custou ao todo 117 milhões de euros (R$ 514 milhões) à Juventus (o Real fica com 100 milhões de euros – R$ 439 milhões).
3º – ROMA
Outro clube que ultrapassou a barreira dos 100 milhões de euros em vendas. A Roma é a terceira colocada, com 124,7 milhões de euros (R$ 547 milhões). Alisson foi negociado por 62,5 milhões de euros (R$ 274 milhões), enquanto Nainggolan foi para a Inter de Milão por 38 milhões de euros (R$ 166 milhões), entre outras transferências.
4º – NAPOLI
A venda do brasileiro naturalizado Jorginho para o Chelsea por 57 milhões de euros (R$ 250 milhões) e mais três negociações colocam o Napoli como quarto clube que mais faturou até o momento na janela de transferências. O clube soma 86 milhões de euros (R$ 377 milhões).
5º – LEIPZIG
O clube alemão arrecadou 72,8 milhões de euros (R$ 319 milhões). A principal venda do Leipzig foi a de Keita para o Liverpool por 60 milhões de euros (R$ 263 milhões).
6º – INTERNAZIONALE DE MILÃO
O clube italiano soma 72,7 milhões de euros (R$ 319 milhões) em vendas de dez jogadores, sendo a maior delas a do volante Geoffrey Kondogbia para o Valencia, que optou pela cláusula de compra, por 25 milhões de euros (R$ 109 milhões).
7º – LEICESTER
O clube inglês, até o momento, só lucrou com a venda de um atleta e mesmo assim está no Top 10. O Leicester negociou Mahrez com o Manchester City por 67,8 milhões de euros (R$ 297 milhões).
8º – PARIS SAINT-GERMAIN
Protagonista na janela de transferências da temporada passada, o PSG ainda está tímido nesta. No quesito vendas, é o oitavo colocado e arrecadou 65 milhões de euros (R$ 285 milhões). A principal saída foi a de Pastore para a Roma por 24,7 milhões de euros (R$ 108 milhões).
9º – PORTO
O clube português também soma 65 milhões de euros (R$ 285 milhões) em vendas. Ricardo Pereira (foto) e Diogo Dalot foram negociados por 22 milhões de euros (R$ 96 milhões), cada um, com Leicester e Manchester United, respectivamente.
10º – SEVILLA
O clube espanhol fecha o Top 10 de vendas nesta janela de transferências até aqui. O Sevilla soma 62,6 milhões de euros (R$ 275 milhões) e ganhou 35,9 milhões de euros (R$ 157 milhões) apenas com a ida de Lenglet para o Barcelona.
https://www.lance.com.br/mais-que-um-jogo/top-dos-clubes-que-mais-faturaram-janela-transferencias.html

Equipa de arbitragem polaca dirige SuperTaça Europeia da UEFA em Tallinn
O árbitro polaco Szymon Marciniak foi escolhido para dirigir a SuperTaça Europeia de UEFA 2018 entre Real Madrid CF e Club Atlético de Madrid, a qual vai ser disputada no Estádio Lilleküla, em Tallinn, Estónia, a 15 de Agosto.
Marciniak, de 37 anos, natural de Płock, vai ser auxiliado por cinco compatriotas: os árbitros-assistentes Pawel Sokolnicki e Tomasz Listkiewicz, os árbitros-assistentes adicionais Pawel Raczkowski e Tomasz Musiał, e o árbitro suplente Radoslaw Siejka. O romeno Ovidiu Alin Hategan irá desempenhar as funções de quarto-árbitro.
Árbitro internacional desde 2011, Marciniak apitou já 58 jogos da UEFA. Dirigiu quatro partidas da UEFA Champions League na temporada de 2017/18, entre elas o embate da segunda mão dos oitavos-de-final entre Tottenham Hotspur FC e Juventus.
Na última época foi também o quarto-árbitro da final da UEFA Europa League, em Lyon, na qual o Club Atlético de Madrid derrotou o Olympique de Marseille. Foi igualmente quarto-árbitro na SuperTaça Europeia da UEFA de 2016, em Trondheim, conquistada pelo Real Madrid CF com um triunfo sobre o Sevilla FC.
https://pt.uefa.com/insideuefa/about-uefa/news/newsid=2565526.html

Um dos maiores atacantes dos últimos anos, Robert Lewandowski tem o seu nome envolvido em muitos boatos. Ele já foi apontado como substituto de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, além de interessar ao Chelsea. Porém, ao que parece, o polonês vai continuar no Bayern de Munique , não importa a proposta que receba.
"Estamos completamente satisfeitos com ele e em sua posição, poucos jogadores se comparam a ele. Por isso, não nos interessa vendê-lo. Não importa se alguém pretende colocar 100 milhões ou 150 milhões de euros (aproximadamente R$ 650 milhões) na mesa", declarou o presidente do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge, ao portal alemão TZ.
Robert Lewandowski celebra gol marcado em partida do Campeonato Alemão Getty
Aos 29 anos, Lewandowski já marcou 149 gols em 195 jogos pelo clube alemão, onde está desde 2014. No período, ele acumula quatro títulos do Campeonato Alemão. Na Champions League, porém, nunca conseguiu levar sua equipe ao topo.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4600098/presidente-do-bayern-desmente-saida-de-lewandowski-nem-por-r-650-milhoes

Os clubes que disputam o Campeonato Inglês pagaram 217 milhões de libras esterlinas (cerca de R$ 1 bilhão em valores atuais) em salários aos jogadores lesionados durante a última temporada.
Segundo divulgou nesta quinta-feira a seguradora britânica JLT Specialty, o clube que mais gastou neste sentido foi o Manchester United, que pagou 23,3 milhões de libras e registrou 37 lesões no elenco.
O custo total do Campeonato Inglês aumentou 21%, de 176,6 milhões de libras da temporada 2016-2017 para 216 milhões nesta, apesar do número de lesões ter caúdo de 735 a 663. De acordo com a seguradora, o Arsenal foi o clube que mais lesões sofreu na última temporada, 54 no total, mas o Manchester United foi o que mais gastou para tratá-las.
Cada lesão custa em média 323 mil libras em salários a cada um dos clubes da primeira divisão inglesa.
"Será interessante ver o efeito de ter disputado a Copa do Mundo na quantidade de lesões que serão sofridas na nova temporada.
Segundo foi visto em edições anteriores, as equipes têm a tendência de sofrer mais lesões depois de um grande torneio internacional. Se a tendência foi mantida, as equipes sofrerão um aumento no número de lesões e no custo do tratamento", declarou Duncan Fraser, diretor de esporte na JLT.
O Manchester City, campeão inglês, foi o segundo clube que menos lesões sofreu durante a última temporada, com 24 - empatado com o Newcastle United -, enquanto o Brighton registrou 15. As dores musculares são as mais comuns na liga inglesa, embora as temidas lesões de joelho sejam as mais onerosas aos clubes: em média 613 mil libras esterlinas cada uma.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4603689/clubes-ingleses-pagaram-quase-r-1-bilhao-em-salarios-a-jogadores-lesionados

O Vitória FC confirmou esta quinta-feira a chegada de Joel Pereira ao clube, cedido pelo Manchester United.
Esta será a segunda experiência do guarda-redes na Liga NOS, após ter representado o Belenenses na temporada 2016/17, atuando em 10 encontros.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227489

Depois de oficializada a contratação de Kouyate, o Crystal Palace apresentou mais um reforço para a próxima época. Max Meyer, alemão de 22 anos, é o mais recente jogador do emblema londrino.
O internacional alemão deixa pela primeira vez a Bundesliga, depois de vários anos ao serviço do Schalke 04, clube onde fez 28 jogos na última temporada.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227495

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Krypton em Qui Ago 02, 2018 4:53 pm

Caramba... No jogo de volta meu querido Cope meteu 5-0 no Stjarnan... O Kodro vai pedir música no Fantástico. Laughing
Passou lindamente para a próxima fase.

Que Odin os ilumine.

_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3439
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qui Ago 02, 2018 6:25 pm

A Juventus anunciou oficialmente nesta quinta-feira o retorno do zagueiro Leonardo Bonucci, depois da negociação com o Milan. A transferência custou ao clube de Turim um total de €35 milhões, a serem pagos nos dois próximos anos. Bonucci assinou um vínculo de cerca de cinco anos com a Juventus, até 30 de junho de 2023.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-italiano/noticia/juventus-oficializa-o-retorno-do-zagueiro-bonucci-por-cinco-temporadas.ghtml

Depois de divulgadas as fotografias dos mais recentes reforços, Higuaín e Caldara, estando ambos a postos para a realização dos respetivos exames médicos, o AC Milan tratou, na noite desta quinta-feira, de oficializar a chegada dos dois jogadores que pertenciam aos quadros da Juventus.
Através de uma nota emitida no website oficial, o emblema milanês deu as boas-vindas a duas «importantes peças da nova era do clube» e confirmou a cedência temporária de Gonzalo Higuaín, até 30 de junho de 2019, contemplando, esta, uma opção de compra não revelada.
Mattia Caldara, por sua vez, foi contratado na sequência da troca com Leonardo Bonucci, defesa que regressou, assim, à Juventus. O central ex-Atalanta, de 24 anos, rubricou um contrato válido até 30 de junho de 2023.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227497

O Sporting confirmou esta quinta-feira a chegada de Renan Ribeiro ao clube, aumentando as opções de José Peseiro para a posição de guarda-redes.
Chegado a Portugal no último mês de dezembro, o brasileiro exibiu-se a um bom nível no Estoril Praia, atuando em 17 partidas pelos Canarinhos.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227485

Ashley Williams vai continuar em Inglaterra mas vai passar a jogar no Championship. O defesa galês foi emprestado pelo Everton ao Stoke City, emblema que desceu ao segundo escalão do futebol inglês.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227502

A Federação Portuguesa de Futebol anunciou esta quinta-feira que está autorizada a possibilidade de FC Porto e Aves utilizarem uma quarta substituição no jogo da Supertaça, caso a partida avance para prolongamento.
A entidade reguladora esclareceu ainda, em comunicado, que a mesma decisão se estende à edição 2018/2019 da Taça de Portugal, em cumprimento com as atuais Leis do Jogo aprovadas pelo International Football Association Board, e no seguimento das normas impostas pela FIFA.
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/743344

Comunicado da Comissão de Fiscalização do Sporting Clube de Portugal
"A Comissão de Fiscalização do Sporting Clube de Portugal encerrou esta madrugada o primeiro processo que lhe foi legalmente remetido por sócios do SCP contra os membros do Conselho Diretivo que se encontravam em funções - Bruno de Carvalho, Carlos Vieira, Rui Caeiro, José Quintela, Luís Roque, Luís Gestas e Alexandre Godinho.
A suspensão preventiva e interdição de entrada nas instalações, decretada a 8 de junho, tinha em conta a gravidade dos factos apontados. Recorde-se que, entre estes, se destacava a oposição continuada e acirrada à realização da Assembleia Geral de dia 23 de Junho passado, legalmente convocada pelo Presidente da Mesa da Assembleia Geral, e que tinha entre os pontos da Ordem de Trabalhos a possibilidade de destituição do mesmo Conselho Diretivo. Esta AG apenas se realizou depois de intervenção judicial e dela resultou o afastamento, por 71% dos votos a favor, deste Conselho Diretivo.
Estatutariamente foram convocadas eleições para dia 8 de setembro, com o prazo de entrega de listas até 8 de agosto. A mera descrição cronológica faz, pois, cair por terra as insinuações de que a suspensão visava apenas impedir alguns candidatos de apresentarem as suas listas. Quando foram suspensos não havia no horizonte qualquer eleição e esta Comissão estava impedida de entrar nas instalações do Sporting Clube de Portugal. Ao contrário, os ora visados não se coibiram de desrespeitar a interdição de o fazerem e de anunciarem que jamais teria lugar a AG de 23. Acresce que criaram – e este é outro dos pontos graves da acusação – órgãos não estatutários com os quais tentaram iludir os sócios. Convocaram ilegalmente duas Assembleias Gerais e desrespeitaram não só órgãos sociais do Sporting Clube de Portugal, como diversos sócios sobre os quais não pouparam insultos.
Todos estes factos são firmemente condenados pelos Estatutos e pelo Regulamento Disciplinar, que entrou em vigor a 17 de fevereiro passado.
A sanção mais grave prevista no Sporting Clube de Portugal é a expulsão de sócio. Tendo legitimidade para tomar essa medida, e havendo matéria suficiente para o fazer, não quis esta CF deixar de considerar atenuantes e de respeitar o passado do clube.
A segunda sanção mais grave, à data em que correram os factos (anteriores à AG de 23 de junho) era, pelos estatutos então em vigor, um ano de suspensão.
Por ter sido, inegavelmente o principal artífice e responsável da situação grave e antiestatutária criada, foi esta a pena que o CF aplicou ao ex-presidente Bruno de Carvalho.
A todos os restantes elementos, à exceção de Luís Roque, foi aplicada a pena de 10 meses de suspensão.
Por último, a Luís Roque, que conseguiu provar a sua ausência das reuniões onde estes atos mais graves foram decididos, embora não provasse a sua oposição ativa aos mesmos, aplicou-se a pena de repreensão registada.
Todos os visados poderão apresentar recurso para a Assembleia Geral, nos termos dos Estatutos.
A presente decisão, unanimemente tomada pelos cinco elementos do CF, decorre de inúmeros dias de trabalho voluntário, ouvindo testemunhas, respondendo a requerimentos e esclarecimentos e coligindo um processo que contém mais de 500 páginas de documentos.
Em curso estão mais processos nesta CF, nomeadamente contra elementos que aceitaram pertencer a órgãos não estatutários, bem como outros requerimentos de sócios que visam o comportamento dos mesmos visados e, nomeadamente do ex-presidente Bruno de Carvalho, durante e nos dias posteriores à Assembleia Geral."
http://www.record.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/sporting/detalhe/comissao-de-fiscalizacao-explica-por-que-nao-expulsou-bruno-de-carvalho-de-socio-do-sporting.html

Embora a Comissão de Fiscalização do Sporting tenha suspendido Bruno de Carvalho, o presidente destituído garantiu, esta quinta-feira, que vai a eleições para a presidência do Sporting (dia 8 de setembro) e que já foram tomadas as medidas jurídicas para que isso possa ser possível.
«Deixem todos aqueles que querem sejam candidatos ao Sporting clube de Portugal. Quem não deve não teme. Não matei ninguém ou roubei alguém. Só tentei defender o Sporting. O processo é todo ilegal. Não nos conseguem desmobilizar e vão ser obrigado a levar-nos a eleições. Nós vamos a eleições e já agimos juridicamente», afirmou Bruno de Carvalho.
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/743333

A valorização da transferência de atletas pelo mundo tem feito com que o período chamado de “janela de transferências”, quando estão abertas as negociações entre os clubes, se transforme num negócio cada vez mais profissional, criando mercado para empresas especializadas em investigação.
Neste ano, a Kroll, empresa com sede nos Estados Unidos, tem feito no Brasil um trabalho de monitoramento de atletas que despertam interesse de clubes do exterior.
“Já temos sido requisitados, especialmente pelo nosso time de fora, reprentando um grande clube europeu para comprar um jogador no país, por exemplo. O que a gente faz é mapear os envolvidos (jogador, clube, agente) e fazer um trabalho de due dilligence, que é identificar a quem o jogador está ligado, qual a sua associação com empresas, com políticos, a sua reputação”, afirma Ian Cook, diretor da Kroll e responsável pela área de esportes, criada este ano no país.
O relatório da empresa não é conclusivo. Ela apenas aponta possíveis riscos da contratação. Por questões contratuais, a empresa não pode revelar quem é contratado por ela, mas Cook afirma que, no Brasil, as entidades ainda não têm tido o costume de usar os serviços.
“Como nosso serviço precisa geralmente de muito sigilo, temos dificuldade por conta da estrutura política dos clubes, que precisam de aprovação dos conselhos para fazer uma contratação. Isso inviabiliza muitas vezes o negócio”, diz Ian.
O caso mais midiático da empresa no Brasil até agora foi o do Palmeiras, que contratou a Kroll para apurar uma possível interferência externa na arbitragem na final do Campeonato Paulista contra o Corinthians.
Para além desse tipo de investigação, um nicho que a empresa tem prestado serviços é na análise de comportamento em redes sociais para marcas e clubes.
“Se uma marca ou um clube está estudando a contratação de um determinado atleta, a gente consegue trazer, num relatório, sem fazer juízo de valor, como ele e seus amigos e parentes se comportam. Isso ajuda a determinar tipos de comportamento, a fazer prevenções. É um serviço que tem crescido. Há uma preocupação maior. Do clube e do patrocinador, em saber o histórico dos atletas”, complementa o executivo.
Na Inglaterra e nos Estados Unidos, a Kroll já tem conseguido fechar com clientes fixos, que fazem pedidos recorrentes de serviços. Por aqui, a empresa ainda espera uma maior profissionalização da indústria para conseguir chegar a esse patamar.
https://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/valorizada-janela-de-transferencias-tem-ate-investigacao_35131.html

Depois da transferência de última hora de Malcom para o Barcelona, a Roma segue dando indiretas e falando sobre o time espanhol. A equipe italiana contratou Francesco Calvo, ex-diretor do clube catalão, e o presidente do clube, James Pelotta voltou a falar dos espanhóis.
'Isso não muda nada, seguimos querendo contratar Lionel Messi... Aceito as desculpas do clube se nos deixarem acertar com Messi', disse o presidente.
A Roma já havia escondido o nome de Malcom da escalação do Barcelona no confronto pela International Champions Cup. Agora colocou o argentino com a camisa do time italiano.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4604214/roma-nao-supera-chapeu-do-barcelona-por-malcom-e-brinca-queremos-messi

A Roma conseguiu um impulso para a fase de grupos da Champions League após o Basel cair na segunda fase eliminatória, na quarta-feira.
A equipe suíça seria incluída no pote 2, com base no seu coeficiente da UEFA, mas o clube deveria passar por três rodadas de qualificação antes de chegar à fase de grupos. Porém, acabou caindo em seu primeiro obstáculo, diante do clube grego PAOK.
Agora, os italianos, como melhor clube do Pote 3, estarão no Pote 2, onde terão mais chances de confrontos favoráveis à sua classificação e sequência na competição.
O resultado também pode ajudar o Liverpool, que é o primeiro clube atrás da Roma, e tem chances entrar no segundo pote caso o Benfica não vença suas partidas eliminatórias.
Potes do sorteio da fase de grupos da Uefa Champions League (*ainda não definidos):
Pote 1: Real Madrid, Atlético de Madrid, Barcelona, Bayern de Munique, Manchester City, Juventus, Paris Saint-Germain e Lokomotiv Moscou.
Pote 2: Borussia Dortmund, FC Porto, Manchester United, Shakhtar Donetsk, Benfica*, Napoli, Tottenham e Roma.
Pote 3: Liverpool, Dínamo de Kiev*, Schalke, Lyon, Monaco, FC Salzburg*, CSKA Moscou e PSV Eindhoven*.
Pote 4: Outros times da fase de classificação (Valencia, Viktoria Plzen, Club Brugge, Galatasary, Inter de Milão e Hoffenheim).
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4604269/champions-league-entenda-como-derrota-precoce-de-time-suico-aumenta-as-chances-da-roma

Todas as transferências de Verão na Champions League

Transferências mais recentes
Lucas Digne (do Barcelona para o Everton)
Ben Woodburn (do Liverpool para o Sheffield United, empréstimo)
Thomas Lemar (do Mónaco para o Atlético)
Cameron Borthwick-Jackson (do Man. United para o Scunthorpe, empréstimo)
Aleksandr Golovin (do CSKA Moscovo para o Mónaco)

Clube a clube

Atlético (ESP)
Entradas: Nehuén Pérez (Argentinos Juniors), Rodri (Villarreal), Antonio Adán (Betis), Jonny Castro (Celta Vigo), Thomas Lemar (Mónaco), Santiago Arias (PSV)
Saídas: Fernando Torres (fim de contrato), Gabi (Al-Sadd), Axel Werner (Huesca, empréstimo), Emiliano Velázquez (Rayo Vallecano), Jonny Castro (Wolves, empréstimo), Šime Vrsaljko (Inter, empréstimo), André Moreira (Aston Villa, empréstimo)

Barcelona (ESP)
Entradas: Arthur (Grêmio), Clément Lenglet (Sevilha), Malcom (Bordéus)
Saídas: Gerard Deulofeu (Watford), Andrés Iniesta (Vissel Kobe), Paulinho (Guangzhou Evergrande, empréstimo), Douglas (Sivasspor, empréstimo), Adrián Ortolá (Deportivo, empréstimo), Lucas Digne (Everton)

Bayern (GER)
Entradas: Leon Goretzka (Schalke), Alphonso Davies (Vancouver, a partir de 1 de Janeiro de 2019)
Saídas: Tom Starke (retirado), Niklas Dorsch (Heidenheim), Douglas Costa (Juventus, contratado após empréstimo)

Club Brugge (BEL)
Entradas: Karlo Letica (Hajduk Split), Siebe Schrijvers (Genk), Clinton Mata (Charleroi), Mats Rits (Mechelen), Luan Peres (Ituano), Arnaut Groeneveld ( NEC Nijmegen ) , Matej Mitrović ( Beşiktaş , contratado após empréstimo)
Saídas: Jérémy Perbet (Charleroi), Jens Teunckens (Royal Antuérpia), Jordi Vanlerberghe (Oostende, empréstimo)

CSKA Moscovo (RUS)
Entradas: Rodrigo Becão (Bahia, empréstimo), Hördur Magnússon (Bristol City), Jaka Bijol (Rudar Velenje), lzat Akhmetov (Rubin)
Saídas: Pontus Wernbloom (fim de contrato), Georgi Milanov (fim de contrato), Bibras Natcho (fim de contrato), Sergei Ignashevich (retirado), Aleksei Berezutski (retirado), Vasili Berezutski (retirado), Aleksandr Golovin (Mónaco), Vitinho (Flamengo)

Dortmund (GER)
Entradas: Marius Wolf (Eintracht Frankfurt), Marwin Hitz (Augsburgo), Thomas Delaney (Bremen), Abdou Diallo (Mainz) Achraf Hakimi (Real Madrid, empréstimo)
Saídas: Mikel Merino (Newcastle United), Dominik Reimann (Kiel), Roman Weidenfeller (retirado), Gonzalo Castro (Estugarda), Sokratis Papastathopoulos (Arsenal), Erik Durm (Huddersfield Town), André Schürrle (Fulham, empréstimo), Andriy Yarmolenko (West Ham)

Galatasaray (TUR)
Entradas: Muğdat Çelik (Akhisarspor), Yuto Nagatomo (Inter, contratado após empréstimo), Henry Onyekuru (Everton, empréstimo)
Saídas: Luis Cavanda (Standard Liège, contratado após empréstimo), Cédric Carrasso (fim de contrato), Eray İşcan (fim de contrato), Koray Günter (fim de contrato), Iasmin Latovlevici (fim de contrato), Yasin Öztekin (fim de contrato), Hakan Balta (fim de contrato), Endoğan Adili (fim de contrato)

Hoffenheim (GER)
Entradas: Leonardo Bittencourt (Colónia), Ishak Belfodil (Standard Liège), Joshua Brenet (PSV), Vincenzo Grifo (Mönchengladbach), Kasim Nuhu (Young Boys)
Saídas: Eugen Polanski (desconhecido), Mark Uth (Schalke), Benedikt Gimber (Ingolstadt), In-hyeok Park (Daejeon)

Inter (ITA)
Entradas: Radja Nainggolan (Roma), Stefan de Vrij (Lazio), Kwadwo Asamoah (Juventus), Lautaro Martínez (Racing Avellaneda), Matteo Politano (Sassuolo), Šime Vrsaljko (Atlético, empréstimo)
Saídas: Davide Santon (Roma), Yuto Nagatomo (Galatasaray, contratado após empréstimo), Geoffrey Kondogbia (Valência, contratado após empréstimo), Nicolò Zaniolo (Roma), Éder (Jiangsu Suning, Jens Odgaard (Sassuolo), Davide Bettella (Atalanta)

Juventus (ITA)
Entradas: Douglas Costa (Bayern Munique, contratado após empréstimo), Mattia Perin (Génova), Emre Can (Liverpool), João Cancelo (Valência), Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
Saídas: Gianluigi Buffon (Paris), Stephan Lichtsteiner (Arsenal), Kwadwo Asamoah (Internazionale), Alberto Cerri (Cagliari, empréstimo), Alberto Brignoli (Palermo)

Liverpool (ENG)
Entradas: Fabinho (Mónaco), Xherdan Shaqiri (Stoke City), Alisson Becker (Roma)
Saídas: Ovie Ejaria (Rangers, empréstimo), Emre Can (Juventus), John Flanagan (fim de contrato), Ádám Bogdán (Hibernian, empréstimo), Danny Ward (Leicester City), Taiwo Awoniyi (Gent, empréstimo), Allan (Eintracht Frankfurt, empréstimo), Ben Woodburn (Sheffield United, empréstimo)

Lokomotiv Moscovo (RUS)
Entradas: Rifat Zhemaletdinov (Rubin), Brian Idowu (Amkar Perm), Éder (LOSC Lille), Grzegorz Krychowiak (Paris, empréstimo), Benedikt Höwedes (Schalke)
Saídas: Nemanja Pejčinović (fim de contrato), Alan Kasaev (Baltika, empréstimo)

Lyon (FRA)
Entradas: Léo Dubois (Nantes)
Saídas: Willem Geubbels (Mónaco), Romain Del Castillo (Rennes), Mouctar Diakhaby (Valência), Jean-Philippe Mateta (Mainz), Aldo Kalulu (Basileia), Sergi Darder (Espanyol), Elisha Owusu ( FC Sochaux-Montbéliard )

Manchester City (ENG)
Entradas: Riyad Mahrez (Leicester)
Saídas: Yaya Touré (fim de contrato), Pablo Maffeo (Estugarda), Angeliño (PSV), Olarenwaju Kayode (Shakhtar Donetsk, contratado após empréstimo), Pablo Marí (Deportivo La Coruña, empréstimo), Anthony Cáceres (Melbourne City, empréstimo))

Manchester United (ENG)
Entradas: Fred (Shakhtar), Diogo Dalot (Porto), Lee Grant (Stoke City)
Saídas: Michael Carrick (retirado), Sam Johnstone (West Brom); Daley Blind (Ajax), Cameron Borthwick-Jackson (Scunthorpe, empréstimo)

Mónaco (FRA)
Entradas: Samuel Grandsir (Troyes), Willem Geubbels (Lyon), Wilson Isidor (Rennes), Sofiane Diop (Rennes), Robert Navarro (Barcelona), Pelé (Rio Ave), Jonathan Panzo (Chelsea), Ronaël Pierre-Gabriel (St-Étienne), Antonio Barreca (Torino), Aleksandr Golovin (CSKA Moscovo), Jean-Eudes Aholou (Estrasburgo)
Saídas: Fabinho (Liverpool), Terence Kongolo (Huddersfield), Souahilo Meité (Torino), Adama Diakhaby (Huddersfield Town), João Moutinho (Wolves), Adrien Bongiovanni (Cercle Brugge), Thomas Lemar (Atlético), Soualiho Meïté (Torino)

Nápoles (ITA)
Entradas: Simone Verdi (Bolonha), Fabián Ruíz (Betis), Alex Meret (Udinese), Orestis Karnezis (Udinese), Vinícius Morais (Real SC), Amato Ciciretti (Benevento)
Saídas: Pepe Reina (Milan), Emanuele Giaccherini (Chievo), Jorginho (Chelsea), Gennaro Tutino (Carpi, loan), Zinédine Machach (Carpi, empréstimo), Roberto Insigne (Benevento, empréstimo), Amato Ciciretti (Parma, empréstimo)

Paris Saint-Germain (FRA)
Entradas: Gianluigi Buffon (Juventus)
Saídas: Thiago Motta (retirado), Odsonne Edouard (Celtic), Javier Pastore (Roma), Yuri Berchiche (Athletic Club), Jonathan Ikoné (LOSC Lille), Lorenzo Callegari (Génova), Grzegorz Krychowiak (Lokomotiv Moscovo, empréstimo)

Plzeň (CZE)
Entradas: Luděk Pernica (Jablonec), Ubong Ekpai (Zlín), Roman Procházka (Levski Sofia), Pavel Bucha (sem clube)
Saídas: Andreas Ivanschitz (fim de contrato), Diego Živulić (fim de contrato), Václav Pilař (Sigma Olomouc), Miloš Kratochvíl (Jablonec)

Porto (POR)
Entradas: João Pedro (Palmeiras), Saidy Janko (St-Étienne), Ewerton (Portimonense), Chancel Mbemba (Newcastle United), Marius Mouandilmadji (Cotonsport)
Saídas: Ricardo Pereira (Leicester City), Iván Marcano (Roma), Diogo Dalot (Man. United), Miguel Layún (Villarreal), Gonçalo Paciência (Eintracht Frankfurt), Marius Mouandilmadji (Cotonsport)

Real Madrid (ESP)
Entradas: Vinícius Júnior (Flamengo), Andriy Lunin (Zorya Luhansk), Álvaro Odriozola (Real Sociedad)
Saídas: Omar Mascarell (Schalke), Cristiano Ronaldo (Juventus), Achraf Hakimi (Dortmund, empréstimo)

Roma (ITA)
Entradas: Iván Marcano (Porto), Ante Ćorić (Dinamo Zagreb), Bryan Cristante (Atalanta), Justin Kluivert (Ajax), Antonio Mirante (Bolonha), Davide Santon (Internazionale), Javier Pastore (Paris), William Bianda (Lens), Nicolò Zaniolo (Internazionale), Daniel Fuzato (Palmeiras), Robin Olsen (Copenhaga)
Saídas: Radja Nainggolan (Internazionale), Marco Tumminello (Atalanta), Arturo Calabresi (Bolonha), Lukasz Skorupski (Bolonha), Bruno Peres (São Paulo, empréstimo), Alisson Becker (Liverpool), Gerson (Fiorentina, empréstimo), Grégoire Defrel (Sampdória, empréstimo), Leandro Castán (final de contrato)

Schalke (GER)
Entradas: Suat Serdar (Mainz), Salif Sané (Hannover), Steven Skrzybski (Union Berlim), Mark Uth (Hoffenheim), Omar Mascarell (Real Madrid)
Saídas: Leon Goretzka (Bayern), Max Meyer (desconhecido), Pablo Insua (Huesca, empréstimo), Coke (Levante), Benedikt Höwedes (Lokomotiv Moscovo)

Shakhtar (UKR)
Entradas: Olarenwaju Kayode (Manchester City, contratado após empréstimo), Fernando Pedro (Palmeiras), Oleksiy Shevchenko (Karpaty Lviv), Maycon (Corinthians), Júnior Moraes (Dynamo Kiev), Marquinhos Cipriano (São Paulo)
Saídas: Fred (Man. United), Bernard (fim de contrato), Facundo Ferreyra (Benfica), Darijo Srna (Cagliari), Ruslan Fomin (Mariupol), Ivan Petryak (Ferencváros, empréstimo)

Tottenham (ENG)
Entradas: nenhuma
Saídas: Keanan Bennetts (Mönchengladbach)

Valência (ESP)
Entradas: Uroš Račić (Estrela Vermelha), Geoffrey Kondogbia (Inter, contratado após empréstimo), Mouctar Diakhaby (Lyon), Daniel Wass (Celta), Cristiano Piccini (Sporting)
Saídas: João Cancelo (Juventus), Nacho Vidal (Osasuna), Nemanja Maksimović (Getafe), Zakaria Bakkali (Anderlecht), Nani (Sporting)
https://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2562976.html?iv=true

Todas as transferências nas equipas da Europa League

Destaques
Renan Ribeiro (do Estoril para o Sporting)
Jorginho (do Nápoles para o Chelsea)
Lucas Torreira (da Sampdória para o Arsenal)
Valon Berisha (do Salzburgo para a Lázio)
William Carvalho (do Sporting para o Bétis)

Por clube

AC Milan (ITA)
Entradas: Alen Halilović (Hamburgo), Ivan Strinić (Sampdoria), Pepe Reina (Nápoles), Fabio Borini (Sunderland, transferência após empréstimo), Nikola Kalinić (Fiorentina, contratação após empréstimo)
Saídas: M'Baye Niang (Torino, transferência após empréstimo), Gianluca Lapadula (Génova, transferência após empréstimo), Gianmarco Zigoni (Veneza, transferência após empréstimo), Niccolò Zanellato (Crotone, transferência após empréstimo), Hachim Mastour (fim de contrato), Marco Storari (fim de contrato), Nnamdi Oduamadi (fim de contrato)

Akhisarspor (TUR)
Entradas: Josué Pesqueira (livre), Avdija Vršajević (Osmanlıspor), Elvis Manu (Gençlerbirliği), Güray Vural (Kayserispor)
Saídas: Orhan Tasdelen (Adana Demirspor), Muğdat Çelik (Galatasaray), Soner Aydoğdu (İstanbul Başakşehir), Olcan Adın (fim de contrato), Alperen Babacan (Denizlispor, empréstimo), Safa Ali Memnun (Kahramanmaraşspor, empréstimo)

Anderlecht (BEL)
Entradas: Zakaria Bakkali (Valência), Ivan Santini (Caen), Landry Dimata (Wolfsburgo, empréstimo), Ognjen Vranješ (AEK), Thomas Didillon (Metz), Kenneth Saief (Gent, transferência após empréstimo), Elias Cobbaut (Mechelen), Yevhenii Makarenko (Kortrijk), Kristal Abazaj (Luftëtar), Luka Adžić (Estrela Vermelha), Antonio Milić (Oostende), Knowledge Musona (Oostende)
Saídas: Stéphane Badji (Bursaspor, transferência após empréstimo), Aaron Leya Iseka (Toulouse), Wout Faes (Oostende), Idrissa Doumbia (Akhmat Grozny), Uroš Spajić (Krasnodar), Jorn Vancamp (Beerschot), Silvère Ganvoula (Bochum, empréstimo), Trezeguet (Kasımpaşa, transferência após empréstimo), Alexandru Chipciu (Sparta Praga, empréstimo), Olivier Deschacht (fim de contrato), Dylan Lambrecth (fim de contrato)

Arsenal (ENG)
Entradas: Stephan Lichtsteiner (Juventus), Bernd Leno (Leverkusen), Sokratis Papastathopoulos (Dortmund), Lucas Torreira (Sampdoria), Matteo Guendouzi (Lorient)
Saídas: Per Mertesacker (retirado), Santi Cazorla (Villarreal), Jack Wilshere (West Ham), Takuma Asano (Hannover, empréstimo)

Chelsea (ENG)
Entradas: Jorginho (Nápoles), Robert Green (livre)
Saídas: Jeremie Boga (Sassuolo), Lewis Baker (Leeds United, empréstimo), Jamal Blackman (Leeds, empréstimo), Kenedy Wolf (Newcastle, empréstimo), Mason Mount (Derby, empréstimo)

Eintracht Frankfurt (GER)
Entradas: Frederik Rönnow (Bröndby), Nicolai Müller (Hamburgo), Felix Wiedwald (Leeds United), Lucas Torró (Real Madrid), Obite Evan N'Dicka (Auxerre), Gonçalo Paciência (Porto), Carlos Salcedo (Guadalajara), Ante Rebić (Fiorentina), Allan (Liverpool, empréstimo), Francisco Geraldes (Sporting, empréstimo)
Saídas: Lukáš Hrádecký (Leverkusen), Alexander Meier (desconhecido), Renat Dadashov (Estoril), Marius Wolf (Dortmund), Kevin-Prince Boateng (Sassuolo), Aymen Barkok (Fortuna Düsseldorf, empréstimo), Omar Mascarell (Schalke), Max Besuschkow (Saint-Gilloise, empréstimo)

Jablonec (CZE)
Entradas: Tomáš Břečka (Slovácko), Miloš Kratochvíl (Plzeň), Dāvis Ikaunieks (Jihlava), David Hovorka (Sparta Praga, empréstimo), Rafael Acosta (Brno)
Saídas: Luděk Pernica (Plzeň), Roman Valeš (Bohemians), Jaroslav Zelený (Slavia Praga), Jaroslav Diviš (Mladá Boleslav), Jan Díl (Chrudim, empréstimo), David Breda (Dukla Praga, empréstimo), Martin Kouril (Varnsdorf)

Krasnodar (RUS)
Entradas: Uroš Spajić (Anderlecht), Dmitri Stotski (Ufa), Christian Cueva (São Paulo), Anatoli Katrich (Dinamo Moscovo), Ivan Taranov (Krylya Sovetov)
Saídas: Andreas Granqvist (Helsingborg), Joãozinho (fim de contrato), Ricardo Laborde (fim de contrato), Vyacheslav Podberezkin (Rubin), Ruslan Bolov (Khimki), Andrei Ivan (Rapid Viena, empréstimo), Nikolai Komlichenko (Mladá Boleslav), Renat Yanbaev (fim de contrato), Aleksei Gritsaenko (Yenisey, empréstimo)

Lázio (ITA)
Entradas: Francesco Acerbi (Sassuolo), Silvio Proto (Olympiacos), Valon Berisha (Salzburgo), Riza Durmisi (Real Betis), Mattia Sprocati (Salernitana)
Saídas: Stefan de Vrij (Inter), Filip Djordjević (Chievo Verona), Federico Marchetti (Génova), Felipe Anderson (West Ham), Francesco Orlando (Salernitana), Simone Palombi (Lecce, empréstimo), Mamadou Tounkara (Schaffhausen, empréstimo), Franjo Prce (Omonia, empréstimo)

Leverkusen (GER)
Entradas: Paulinho (Vasco da Gama), Mitchell Weiser (Hertha), Lukáš Hrádecký (Frankfurt), Thorsten Kirschbaum (Nuremberga)
Saídas: Stefan Kiessling (retirado), Vladlen Yurchenko (desconhecido), Marlon Frey (desconhecido), Niklas Lomb (Sandhausen), Bernd Leno (Arsenal)

Marselha (FRA)
Entradas: Duje Ćaleta-Car (Salzburgo)
Saídas: Dória (Santos Laguna)

Real Bétis (ESP)
Entradas: Takashi Inui (Eibar), Antonio Barragán (Middlesbrough, transferência após empréstimo), Sergio Canales (Real Sociedad), Pau López (Espanyol), Joel Robles (Everton), William Carvalho (Sporting CP)
Saídas: Riza Durmisi (Lazio), Pedro López (fim de contrato), Dani Giménez (Deportivo La Coruña), Fabián Ruíz (Nápoles), Antonio Adán (Atlético Madrid), Germán Pezzella (Fiorentina, transferência após empréstimo), Rafa Navarro (Alavés), Rubén Castro (Las Palmas)

Rennes (FRA)
Entradas: Romain Del Castillo (Lyon), Theoson Siebatcheu (Stade de Reims), Jakob Johansson (AEK), Clément Grenier (Guingamp), Damien Da Silva (Caen)
Saídas: Afonso Figueiredo (Rio Ave), Firmin Mubele (Toulouse), Yoann Gourcuff (fim de contrato), Séga Coulibaly (Nancy), Wilson Isidor (Mónaco), Sofiane Diop (Mónaco), Stéphane Diarra (Le Mans, empréstimo), Joris Gnagnon (Sevilha), Brandon (Osasuna, empréstimo), Anthony Ribelin (fim de contrato), Sanjin Prcić (fim de contrato)

Sporting (POR)*
Entradas: Marcelo (Rio Ave), Raphinha (Vitória SC), Bruno Gaspar (Fiorentina), Emiliano Viviano (Sampdoria), Nani (Valência), Renan Ribeiro (Estoril)
Saídas: André Geraldes (Sporting Gijón, empréstimo), William Carvalho (Real Betis), Cristiano Piccini (Valência), Francisco Geraldes (Eintracht, empréstimo)

*incluídas apenas transferências confirmadas pelo Sporting

Villarreal (ESP)
Entradas: Toko Ekambi (Angers), Gerard Moreno (Espanyol), Ramiro Funes Mori (Everton), Miguel Layún (Porto), Santiago Cáseres (Vélez Sarsfield), Santi Cazorla (Arsenal)
Saídas: Rodri (Atlético Madrid), Roger Martínez (Club América), Antonio Rukavina (FC Astana), Rúben Semedo (Huesca, empréstimo)

Vorskla (UKR)
Entradas: Artem Gabelok (Spartaks Jūrmala), Maryan Mysyk (Stal Kamianske), Evgeniy Martynenko (Chornomorets Odesa)
Saídas: nenhuma

Zurique (SUI)
Entradas: Salim Khelifi (Eintracht Braunschweig), Hekuran Kryeziu (Luzern), Hakim Guenouche (Nancy), Becir Omeragic (Servette), Andreas Maxsö (Osmanlıspor), Benjamin Kololli (Lausanne)
Saídas: Cédric Brunner (Bielefeld), Rasmus Thelander (Vitesse), Yann Fillion (Aarau, empréstimo), Gilles Yapi (fim de contrato)

*Esta lista não é exaustiva; nem todas as transferências envolvendo jovens dos escalões de formação ou de equipas de reserva estão incluídas.
https://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2563946.html?iv=true

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qui Ago 02, 2018 6:28 pm

Em relação a TV por enquanto os direitos estão assim:

Liga dos Campeões: Facebook e Esporte Interativo (ainda não divulgado oficialmente)
Campeonato Inglês: ESPN
Campeonato Espanhol: ESPN e FOX Premium
Campeonato Alemão: FOX Sports
Copa da Alemanha: ESPN
Copa da França: FOX Sports
Copa da Liga Inglesa: ESPN
Italiano, Francês, Liga Europa, Copa da Inglaterra, Copa da Espanha e Copa da Itália: ainda sem definição

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qui Ago 02, 2018 6:52 pm

Resultados finais LE:

Alashkert 0x0 Sutjeska (O Alashkert avançou).
Laç 0x2 Molde (O Molde avançou).
Trenčín 4x1 Górnik Zabrze (O Trenčín avançou).
AEK Larnaca 4x0 Dundalk (O AEK Larnaca avançou).
Flora 2x0 APOEL (O APOEL avançou).
Valletta 1x2 Zrinjski (O Zrinjski avançou).
Slavia Sofia 2x3 Hajduk Split (O Hajduk Split avançou).
Dinamo Minsk 4x1 Dunajská Streda (O Dinamo Minsk avançou).
Trakai 1x1 Partizan (O Partizan avançou).
Lillestrøm 1x2 LASK (O LASK avançou).
Häcken 1x1 Leipzig (O Leipzig avançou).
Lincoln Red Imps 1x1 TNS (O TNS avançou).
Mariupol 2x1 Djurgården (O Mariupol avançou).
Apollon 3x1 Željezničar (O Apollon avançou).
Progrès 2x0 Honvéd (O Progrès avançou).
Sparta Praha 2x1 Spartak Subotica (O Spartak Subotica avançou).
Admira 1x3 CSKA-Sofia (O CSKA-Sofia avançou).
AIK 0x1 Nordsjælland (O Nordsjælland avançou).
Vaduz 1x1 Žalgiris (O Žalgiris avançou).
Atromitos 1x1 Dinamo Brest (O Dinamo Brest avançou).
Slovan Bratislava 3x1 Balzan (O Slovan Bratislava avançou).
Vikingur 0x4 Torpedo Kutaisi (O Torpedo Kutaisi avançou).
Asteras 1x1 Hibernian (O Hibernian avançou).
Vitesse 3x1 Viitorul (O Vitesse avançou).
Beşiktaş 6x0 B36 (O Beşiktaş avançou).
København 5x0 Stjarnan (O København avançou).
Maribor 2x0 Chikhura (O Maribor avançou).
Sarajevo 0x8 Atalanta (A Atalanta avançou).
Domžale 1x1 Ufa (O Ufa avançou).
FCSB 4x0 Rudar Velenje (O FCSB avançou).
La Fiorita 0x3 Spartaks Jūrmala (O Spartaks Jūrmala avançou).
Drita 1x1 Dudelange (O Dudelange avançou).
Lech 3x1 Shakhtyor (O Lech avançou).
Sarpsborg 1x0 St Gallen (O Sarpsborg avançou).
Bordeaux 2x1 Ventspils (O Bordeaux avançou).
Rangers 1x1 Osijek (O Rangers avançou).
Burnley 3x1 Aberdeen (O Burnley avançou).
AZ 2x1 Kairat (O Kairat avançou).
Crusaders 1x1 Olimpija Ljubljana (O Olimpija Ljubljana avançou).
Újpest 1x3 Sevilla (O Sevilla avançou).
Rio Ave 4x4 Jagiellonia (O Jagiellonia avançou).
Radnicki Niš 2x2 M. Tel-Aviv (O M. Tel-Aviv avançou).
FH 0x1 H. Haifa (O H. Haifa avançou).
Valur 3x0 FC Santa Coloma (O Valur avançou).

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Krypton em Sex Ago 03, 2018 8:24 am

Os gols do Cope no jogo de ontem:


_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3439
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Sex Ago 03, 2018 8:45 am

Coitados dos islandeses, que atropelo. Agora o time pega o CSKA-Sofia que não é lá grandes coisas, mas com certeza é o maior desafio até agora.

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Krypton em Sex Ago 03, 2018 9:04 am

Passando deles já entra na fase de grupos, né?

_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3439
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Sex Ago 03, 2018 9:13 am

@Krypton escreveu:Passando deles já entra na fase de grupos, né?

Ainda não, caminhada longa. Essa no caso será a terceira pré-eliminatória, ainda fica faltando o play-off.
Aí sim após o play-off a fase de grupos.
O azar do Cope foi ter ficado com a última vaga da Dinamarca, com isso teve de começar na primeira pré-eliminatória (segunda etapa).

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Krypton em Sex Ago 03, 2018 9:36 am

Nossa... Tinha esquecido do play-off...

É... ficou em quarto no campeonato e se ferrou.

_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3439
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Sex Ago 03, 2018 10:11 am

Na última semana, o Aston Villa, tradicional time inglês, teve uma má notícia: a saída do investidor chinês Tony Xia. A aventura do empresário durou só dois anos, com a frustada promessa de retornar a equipe ao topo.
Xia é mais um chinês a deixar o futebol europeu após fracassos nos planos megalomaníacos. O mar de dinheiro da China tem sumido do quintal dos clubes europeus. E a ordem vem de cima.
Preocupado com a vazão desenfreada de capital, o governo chinês resolveu colocar entraves aos investidores do país. E alguns segmentos específicos ganharam maior limitação; o esporte é um deles.
O entendimento anterior era de que a chegada em clubes de futebol seria um terreno mais seguro. O presidente chinês, Xi Jinping, é um incentivador da modalidade, com apoio aberto aos times do país. Mas o plano central do político é tornar a China uma potência do esporte, e o investimento no exterior não ajuda nisso.
Os investidores passaram, então, a serem pressionados a saírem do futebol. E, após uma violenta injeção de capital nas equipes, a aposta se mostrou pouco atrativa em curto prazo.
O caso do Aston Villa é simbólico: Tony Xia comprou a equipe por 75 milhões de libras. Não conseguiu fazer com que o time voltasse à Premier League e viu os rendimentos ficarem aquém do esperado. Em julho, vendeu sua parte da equipe a um grupo egípcio por 30 milhões de libras.
Xia não foi o único a ficar no vermelho. Li Yonghong comprou o Milan por 740 milhões de euros, mas não conseguiu administrar a equipe. Sem arcar com valores de empréstimos, o desconhecido investidor chinês perdeu sua parte da equipe para o grupo americano Eliott.
Há alguns casos curiosos.
A 5USport, por exemplo, comprou o modesto Northampton, da quarta divisão inglesa. O grupo chinês, no entanto, não conseguiu completar um ano na equipe. Com dificuldades em repassar capital da China, a solução foi vender a equipe aos antigos donos
A saída recente menos dramática foi do Grupo Wanda, que controlou o Atlético de Madri nos últimos anos. A empresa, que até comprou o naming rights da nova arena da equipe, também teve que vender sua parte no início deste ano. Mas, nesse caso, a companhia conseguiu lucro de 17% na transação.
Segundo um levantamento do jornal americano Financial Times, os chineses investiram US$ 2,5 bi no futebol europeu entre 2014 e 2017. A fonte, porém, secou.
https://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/antigo-eldorado-china-retira-verba-do-futebol_35129.html

Uma parceria entre o Esporte Interativo e o Facebook foi o que permitiu a compra dos direitos de transmissão para o próximo triênio da Liga dos Campeões da UEFA, publicou o UOL Esporte, por Leandro Carneiro.
Serão três opções para acompanhar os jogos, todas elas diretamente relacionadas ao Esporte Interativo. Os duelos passarão nos dois canais do EI na TV fechada, no pacote do EI Plus na internet e na fanpage da emissora no Facebook, esse último modelo gratuito para todas as pessoas.
Para que a concorrência do Facebook não derrube as vendas do EI Plus, o grupo Turner apostará nas partidas simultâneas em seu pacote online. Será uma variedade maior de jogos do que será possível de ver na televisão e na rede social.
Os direitos de transmissão, que até agora não foram oficializados e, por isso, nem Esporte Interativo e Facebook comentam o assunto e sequer confirmam o acordo ou admitem serem os vencedores da licitação.
https://www.esporteemidia.com/2018/08/esporte-interativo-vai-transmitir-liga.html

Esta quinta-feira, Bruno de Carvalho e Carlos Vieira foram suspensos da sua condição de sócios do Sporting e, por isso, não se podem candidatar às eleições do próximo dia 8 de setembro. A decisão foi tomada pela Comissão de Fiscalização, que tinha instaurado um processo disciplinar aos dois antigos dirigentes e que tem por base os seguintes motivos:
Tentativa do Conselho Diretivo liderado por Bruno de Carvalho de impedir a realização da Assembleia Geral de destituição (acabou por acontecer e por levar à saída da Direção);
Criação da Mesa Transitória da Assembleia Geral, algo que não está previsto nos estatutos do Sporting Clube de Portugal.
Os dois antigos dirigentes estão assim suspensos e fora da corrida eleitoral dos leões.
Leia na íntegra o comunicado da Comissão de Fiscalização:
«A Comissão de Fiscalização do Sporting Clube de Portugal encerrou esta madrugada o primeiro processo que lhe foi legalmente remetido por sócios do SCP contra os membros do Conselho Diretivo que se encontravam em funções - Bruno de Carvalho, Carlos Vieira, Rui Caeiro, José Quintela, Luís Roque, Luís Gestas e Alexandre Godinho.
A suspensão preventiva e interdição de entrada nas instalações, decretada a 8 de junho, tinha em conta a gravidade dos factos apontados. Recorde-se que, entre estes, se destacava a oposição continuada e acirrada à realização da Assembleia Geral de dia 23 de Junho passado, legalmente convocada pelo Presidente da Mesa da Assembleia Geral, e que tinha entre os pontos da Ordem de Trabalhos a possibilidade de destituição do mesmo Conselho Diretivo. Esta AG apenas se realizou depois de intervenção judicial e dela resultou o afastamento, por 71% dos votos a favor, deste Conselho Diretivo.
Estatutariamente foram convocadas eleições para dia 8 de setembro, com o prazo de entrega de listas até 8 de agosto. A mera descrição cronológica faz, pois, cair por terra as insinuações de que a suspensão visava apenas impedir alguns candidatos de apresentarem as suas listas. Quando foram suspensos não havia no horizonte qualquer eleição e esta Comissão estava impedida de entrar nas instalaçõesdo Sporting Clube de Portugal. Ao contrário, os ora visados não se coibiram de desrespeitar a interdição de o fazerem e de anunciarem que jamais teria lugar a AG de 23. Acresce que criaram – e este é outro dos pontos graves da acusação – órgãos não estatutários com os quais tentaram iludir os sócios. Convocaram ilegalmente duas Assembleias Gerais e desrespeitaram não só órgãos sociais do Sporting Clube de Portugal, como diversos sócios sobre os quais não pouparam insultos.
Todos estes factos são firmemente condenados pelos Estatutos e pelo Regulamento Disciplinar, que entrou em vigor a 17 de fevereiro passado.
A sanção mais grave prevista no Sporting Clube de Portugal é a expulsão de sócio. Tendo legitimidade para tomar essa medida, e havendo matéria suficiente para o fazer, não quis esta CF deixar de considerar atenuantes e de respeitar o passado do clube.
A segunda sanção mais grave, à data em que correram os factos (anteriores à AG de 23 de junho) era, pelos estatutos então em vigor, um ano de suspensão.
Por ter sido, inegavelmente o principal artífice e responsável da situação grave e antiestatutária criada, foi esta a pena que o CF aplicou ao ex-presidente Bruno de Carvalho.
A todos os restantes elementos, à exceção de Luís Roque, foi aplicada a pena de 10 meses de suspensão.
Por último, a Luís Roque, que conseguiu provar a sua ausência das reuniões onde estes atos mais graves foram decididos, embora não provasse a sua oposição ativa aos mesmos, aplicou-se a pena de repreensão registada.
Todos os visados poderão apresentar recurso para a Assembleia Geral, nos termos dos Estatutos.
A presente decisão, unanimemente tomada pelos cinco elementos do CF, decorre de inúmeros dias de trabalho voluntário, ouvindo testemunhas, respondendo a requerimentos e esclarecimentos e coligindo um processo que contém mais de 500 páginas de documentos.
Em curso estão mais processos nesta CF, nomeadamente contra elementos que aceitaram pertencer a órgãos não estatutários, bem como outros requerimentos de sócios que visam o comportamento dos mesmos visados e, nomeadamente do ex-presidente Bruno de Carvalho, durante e nos dias posteriores à Assembleia Geral.»
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227505

Yoshinori Muto vai tornar-se no primeiro jogador japonês a jogar pelo Newcastle. O avançado foi contratado ao Mainz, da Alemanha, e assinou pelos Magpies por quatro épocas.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227457

Poucos dias depois de se sagrar campeão da Europa de sub-19 por Portugal, o guarda-redes João Virgínia trocou de clube em Inglaterra. O jovem guardião deixou o Arsenal e assinou com o Everton, orientado por Marco Silva.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=227566

A Sampdoria esbanjou bom humor ao oficilizar a chegada do meia Ronaldo Vieira ao clube. A equipe publicou nas redes sociais uma imagem muito parecida com a que foi usada pela Juventus no anúncio de CR7 para revelar a contratação do seu próprio Ronaldo - o Vieira, jogador vindo do Leeds United.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-italiano/noticia/sampdoria-copia-anuncio-de-cr7-na-juve-e-oficializa-chegada-de-ronaldo-vieira.ghtml

Veja as maiores transferências da Europa para a temporada 2018/19.
Com a compra definitiva de Mbappé pelo PSG e a mudança de ares de Cristiano Ronaldo no topo da lista, os clubes não economizaram nas contratações da janela de verão europeu, que antecede a temporada 2018/19, para reforçar os elencos, na disputa dos torneios domésticos e da Liga dos Campeões.Confira os valores que as equipes desembolsaram para contar com o futebol dos destaques do mundo, de acordo com o Transfermarkt.
Kylian Mbappé – Do Monaco para o PSG (135 milhões de euros, 590 milhões de reais).
Cristiano Ronaldo – Do Real Madrid para a Juventus (117 milhões de euros, 510 milhões de reais).
Thomas Lemar – Do Monaco para o Atlético de Madri (70 milhões de euros, 305 milhões de reais).
Riyad Mahrez – Do Leicester City para o Manchester City (67,8 milhões de euros, 295 milhões de reais).
Alisson Becker – Da Roma para o Liverpool (62,5 milhões de euros, 272 milhões de reais).
Naby Keita – Do RB Leipzig para o Liverpool (60 milhões de euros, 261 milhões de reais).
Fred – Do Shakhtar Donetsk para o Manchester United (59 milhões de euros, 257 milhões de reais).
Jorginho – Do Napoli para o Chelsea (57 milhões de euros, 248 milhões de reais).
Fabinho – Do Monaco para o Liverpool (45 milhões de euros, 196 milhões de reais).
Vinícius Júnior – Do Flamengo para o Real Madrid (45 milhões de euros, 196 milhões de reais).
Malcom – Do Bordeaux para o Barcelona (41 milhões de euros, 178 milhões de reais).
João Cancelo – Do Valencia para a Juventus (40,4 milhões de euros, 176 milhões de reais).
Douglas Costa – Do Bayern de Munique para a Juventus (40 milhões de euros, 174 milhões de reais).
Richarlison – Do Watford para o Everton (39,2 milhões de euros, 170 milhões de reais).
Radja Nainggolan – Da Roma para a Inter de Milão (38 milhões de euros, 165 milhões de reais).
Felipe Anderson – Da Lazio para o West Ham (38 milhões de euros, 165 milhões de reais).
Clément Lenglet – Do Sevilla para o Barcelona (35,9 milhões de euros, 156 milhões de reais).
Arthur Melo – Do Grêmio para o Barcelona (31 milhões de euros, 135 milhões de reais).
Fabián Ruiz – Do Bétis para o Napoli (30 milhões de euros, 130 milhões de reais).
Álvaro Odriozola – Da Real Sociedad para o Real Madrid (30 milhões de euros, 130 milhões de reais).
https://www.folhar.com.br/folha-esporte/veja-as-maiores-transferencias-da-europa-para-a-temporada-2018-19/

O Gibraltar United F.C., time da primeira divisão da liga nacional local, anunciou, de acordo com o jornal inglês The Guardian, que vai passar a pagar jogadores em criptomoedas. O clube vai remunerar todos os atletas desta maneira a partir da próxima temporada, que começa em agosto.
Por meio do dono da equipe, Pablo Dana, um investidor na moeda criptografada Quantocoin, o clube conseguiu um patrocínio para possibilitar os pagamentos. Em primeiro lugar, de acordo com Dana, a ideia é deixar o clube “mais transparente” e facilitar a vida de alguns jogadores estrangeiros. Atletas de outros países têm dificuldades para abrir contas bancárias fora de suas terras natais.
Além disso, a pagar jogadores em cripto vai evitar os “escândalos de corrupção que assolam o futebol”, disse o dirigente. Não são raros os casos em que jogadores são pagos “por fora”, usando esquemas para evitar pagar impostos. Até mesmo os melhores do mundo foram pegos sonegando impostos, como Cristino Ronaldo, Messi e Neymar.
País é bom ambiente para criptomoedas
Gibraltar, segundo o dono do clube, “foi o primeiro lugar que regulamentou empresas de apostas há 20 anos, quando todos viam isso como algo horrível”. A investida do país em criptomoedas não é recente. Por isso, seria é um dos Estados mais avançados do mundo em termos de regulação financeira.
Em janeiro deste ano, o uso de blockchain em negócios foi regulamentado. Também está sendo preparada uma legislação para lidar com os ICOs. Também foi aberto um ramo da bolsa de valores dedicado exclusivamente a moedas cripto. Seis delas foram oferecidas na abertura: BTC, ETH, RKT, LTC, BCH and ETC.
Enquanto isso, no futebol Gibraltar não tem tanto destaque. A liga local foi reconhecida pela UEFA apenas em 2013. A maior conquista do país foi a vitória do Lincoln Red Imps sobre o Celtic, da Irlanda. A partida terminou 1 a 0 e foi válida pela Liga dos Campeões de 2016.
No entanto, não é a primeira vez em que um clube esportivo faz algum tipo de transação em bitcoin. Na Turquia, o Harunustaspor contratou o jogador Faruk Kiroglu e pagou uma parte em dinheiro e outra em bitcoin.
Outros exemplos de uso de criptomoedas no esporte estão ligados a sites de apostas, plataformas de jogos e promoções. O Arsenal, por exemplo, foi a primeira grande equipe mundial a assinar um contrato de patrocínio com uma empresa do ramo cripto. Em janeiro, o time inglês passou a ser apoiado pela CashBet.
https://portaldobitcoin.com/futebol-jogadores-bitcoin/

Gonzalo Higuaín é aquele tipo de jogador capaz de despertar amor e ódio nos torcedores em questão de minutos, no mesmo jogo, seja pela seleção da Argentina ou por clubes. Figura entre os maiores artilheiros do futebol europeu, mas também perde gols inacreditáveis, como na final da Copa do Mundo de 2014 contra a Alemanha. Cara a cara com Neuer e com tempo e espaço para escolher o canto no Maracanã, o centroavante chutou para fora.
Lances desperdiçados como o da decisão do Mundial no Brasil deixaram Higuaín atrelado à imagem de jogador com grife, mas ruim de bola, o popular "perna-de-pau". Mas é inegável que o mercado da bola aposta muito no potencial ofensivo do atacante. Ao ser contratado pelo Milan por empréstimo para a próxima temporada europeia, ele se tornou o quinto jogador que mais movimentou dinheiro com transferências na história do futebol mundial.
As transações envolvendo Higuaín acumulam 159 milhões de euros (cerca de R$ 691,6 milhões na cotação do dia). Ele forma o top 5 de astros mais caros com o brasileiro Neymar (R$ 1,3 bilhão), o português Cristiano Ronaldo (R$ 1 bilhão), o compatriota Ángel Di María (R$ 778 milhões) e o sueco Ibrahimovic (R$ 735,5 milhões). O argentino realizou exames médicos nesta quinta-feira (2) antes de assinar contrato até junho de 2019. Pelo empréstimo junto à Juventus, o Milan pagará 18 milhões de euros (R$ 78,3 milhões), com cláusula de compra com preço fixado em 36 milhões de euros (R$ 156,6 milhões). Total: 54 milhões de euros (R$ 234,9 milhões). Parece caro, mas é pouco mais da metade do valor desembolsado pela Juventus para tirá-lo do Napoli, em julho de 2016: 90 milhões de euros, ou R$ 391,5 em valores atuais. Naquela ocasião, ele havia sido o vice-artilheiro na comparação entre todas as ligas nacionais europeias, com 36 gols em 35 jogos, desempenho apenas inferior ao do uruguaio Luis Suárez pelo Barcelona no Campeonato Espanhol (40 gols).
https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2018/08/03/perna-de-pau-higuain-e-5-jogador-que-mais-gerou-dinheiro-em-negociacoes.htm

Todas as transferências de Verão na Champions League

Transferências mais recentes
Leonardo Bonucci (do Milan para a Juventus)
Mattia Caldara (da Juventus para o Milan)
Gonzalo Higuaín (da Juventus para o Milan, empréstimo)
Joel Pereira (do Man. United para o Vitória FC, empréstimo)
Abel Hernández (sem clube para o CSKA Moscovo)

Clube a clube

Atlético (ESP)
Entradas: Nehuén Pérez (Argentinos Juniors), Rodri (Villarreal), Antonio Adán (Betis), Jonny Castro (Celta Vigo), Thomas Lemar (Mónaco), Santiago Arias (PSV)
Saídas: Fernando Torres (fim de contrato), Gabi (Al-Sadd), Axel Werner (Huesca, empréstimo), Emiliano Velázquez (Rayo Vallecano), Jonny Castro (Wolves, empréstimo), Šime Vrsaljko (Inter, empréstimo), André Moreira (Aston Villa, empréstimo)

Barcelona (ESP)
Entradas: Arthur (Grêmio), Clément Lenglet (Sevilha),  Malcom (Bordéus)
Saídas: Gerard Deulofeu (Watford), Andrés Iniesta (Vissel Kobe), Paulinho (Guangzhou Evergrande, empréstimo), Douglas (Sivasspor, empréstimo), Adrián Ortolá (Deportivo, empréstimo), Lucas Digne (Everton)

Bayern (GER)
Entradas: Leon Goretzka (Schalke), Alphonso Davies (Vancouver, a partir de 1 de Janeiro de 2019)
Saídas: Tom Starke (retirado), Niklas Dorsch (Heidenheim), Douglas Costa (Juventus, contratado após empréstimo)

Club Brugge (BEL)
Entradas: Karlo Letica (Hajduk Split), Siebe Schrijvers (Genk), Clinton Mata (Charleroi), Mats Rits (Mechelen), Luan Peres (Ituano), Arnaut Groeneveld ( NEC Nijmegen ) , Matej Mitrović ( Beşiktaş , contratado após empréstimo)  
Saídas: Jérémy Perbet (Charleroi), Jens Teunckens (Royal Antuérpia), Jordi Vanlerberghe (Oostende, empréstimo)

CSKA Moscovo (RUS)
Entradas: Rodrigo Becão (Bahia, empréstimo), Hördur Magnússon (Bristol City), Jaka Bijol (Rudar Velenje), lzat Akhmetov (Rubin), Abel Hernández (sem clube)
Saídas: Pontus Wernbloom (fim de contrato), Georgi Milanov (fim de contrato), Bibras Natcho (fim de contrato), Sergei Ignashevich (retirado), Aleksei Berezutski (retirado), Vasili Berezutski (retirado), Aleksandr Golovin (Mónaco), Vitinho (Flamengo)

Dortmund (GER)
Entradas: Marius Wolf (Eintracht Frankfurt), Marwin Hitz (Augsburgo), Thomas Delaney (Bremen), Abdou Diallo (Mainz) Achraf Hakimi (Real Madrid, empréstimo)
Saídas: Mikel Merino (Newcastle United), Dominik Reimann (Kiel), Roman Weidenfeller (retirado), Gonzalo Castro (Estugarda), Sokratis Papastathopoulos (Arsenal), Erik Durm (Huddersfield Town), André Schürrle (Fulham, empréstimo), Andriy Yarmolenko (West Ham)

Galatasaray (TUR)
Entradas: Muğdat Çelik (Akhisarspor), Yuto Nagatomo (Inter, contratado após empréstimo), Henry Onyekuru (Everton, empréstimo)
Saídas: Luis Cavanda (Standard Liège, contratado após empréstimo), Cédric Carrasso (fim de contrato), Eray İşcan (fim de contrato), Koray Günter (fim de contrato), Iasmin Latovlevici (fim de contrato), Yasin Öztekin (fim de contrato), Hakan Balta (fim de contrato), Endoğan Adili (fim de contrato)

Hoffenheim (GER)
Entradas: Leonardo Bittencourt (Colónia), Ishak Belfodil (Standard Liège), Joshua Brenet (PSV), Vincenzo Grifo (Mönchengladbach), Kasim Nuhu (Young Boys)
Saídas: Eugen Polanski (desconhecido), Mark Uth (Schalke), Benedikt Gimber (Ingolstadt), In-hyeok Park (Daejeon)

Inter (ITA)
Entradas: Radja Nainggolan (Roma), Stefan de Vrij (Lazio), Kwadwo Asamoah (Juventus), Lautaro Martínez (Racing Avellaneda), Matteo Politano (Sassuolo), Šime Vrsaljko (Atlético, empréstimo)
Saídas: Davide Santon (Roma), Yuto Nagatomo (Galatasaray, contratado após empréstimo), Geoffrey Kondogbia (Valência, contratado após empréstimo), Nicolò Zaniolo (Roma), Éder (Jiangsu Suning, Jens Odgaard (Sassuolo), Davide Bettella (Atalanta)

Juventus (ITA)
Entradas: Douglas Costa (Bayern Munique, contratado após empréstimo), Mattia Perin (Génova), Emre Can (Liverpool), João Cancelo (Valência), Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Leonardo Bonucci (Milan)
Saídas: Gianluigi Buffon (Paris), Stephan Lichtsteiner (Arsenal), Kwadwo Asamoah (Internazionale), Alberto Cerri (Cagliari, empréstimo), Alberto Brignoli (Palermo), Mattia Caldara (Milan), Gonzalo Higuaín (Milan, empréstimo)

Liverpool (ENG)
Entradas: Fabinho (Mónaco), Xherdan Shaqiri (Stoke City), Alisson Becker (Roma)
Saídas: Ovie Ejaria (Rangers, empréstimo), Emre Can (Juventus), John Flanagan (fim de contrato), Ádám Bogdán (Hibernian, empréstimo), Danny Ward (Leicester City), Taiwo Awoniyi (Gent, empréstimo), Allan (Eintracht Frankfurt, empréstimo), Ben Woodburn (Sheffield United, empréstimo)

Lokomotiv Moscovo (RUS)
Entradas: Rifat Zhemaletdinov (Rubin), Brian Idowu (Amkar Perm), Éder (LOSC Lille), Grzegorz Krychowiak (Paris, empréstimo), Benedikt Höwedes (Schalke)  
Saídas: Nemanja Pejčinović (fim de contrato), Alan Kasaev (Baltika, empréstimo)

Lyon (FRA)
Entradas: Léo Dubois (Nantes), Reo Griffiths (Tottenham Hotspur)
Saídas: Willem Geubbels (Mónaco), Romain Del Castillo (Rennes), Mouctar Diakhaby (Valência), Jean-Philippe Mateta (Mainz), Aldo Kalulu (Basileia), Sergi Darder (Espanyol), Elisha Owusu ( FC Sochaux-Montbéliard )

Manchester City (ENG)
Entradas: Riyad Mahrez (Leicester)
Saídas: Yaya Touré (fim de contrato), Pablo Maffeo (Estugarda), Angeliño (PSV), Olarenwaju Kayode (Shakhtar Donetsk, contratado após empréstimo),  Pablo Marí (Deportivo La Coruña, empréstimo), Anthony Cáceres (Melbourne City, empréstimo))

Manchester United (ENG)
Entradas: Fred (Shakhtar), Diogo Dalot (Porto), Lee Grant (Stoke City)
Saídas: Michael Carrick (retirado), Sam Johnstone (West Brom); Daley Blind (Ajax), Cameron Borthwick-Jackson (Scunthorpe, empréstimo), Joel Pereira (Vitória FC, empréstimo)

Mónaco (FRA)
Entradas: Samuel Grandsir (Troyes), Willem Geubbels (Lyon), Wilson Isidor (Rennes), Sofiane Diop (Rennes), Robert Navarro (Barcelona), Pelé (Rio Ave), Jonathan Panzo (Chelsea), Ronaël Pierre-Gabriel (St-Étienne), Antonio Barreca (Torino), Aleksandr Golovin (CSKA Moscovo), Jean-Eudes Aholou (Estrasburgo)
Saídas: Fabinho (Liverpool), Terence Kongolo (Huddersfield), Souahilo Meité (Torino), Adama Diakhaby (Huddersfield Town), João Moutinho (Wolves), Adrien Bongiovanni (Cercle Brugge), Thomas Lemar (Atlético), Soualiho Meïté (Torino)

Nápoles (ITA)
Entradas: Simone Verdi (Bolonha), Fabián Ruíz (Betis), Alex Meret (Udinese), Orestis Karnezis (Udinese), Vinícius Morais (Real SC), Amato Ciciretti (Benevento)
Saídas: Pepe Reina (Milan), Emanuele Giaccherini (Chievo), Jorginho (Chelsea), Gennaro Tutino (Carpi, loan), Zinédine Machach (Carpi, empréstimo), Roberto Insigne (Benevento, empréstimo), Amato Ciciretti (Parma, empréstimo)

Paris Saint-Germain (FRA)
Entradas: Gianluigi Buffon (Juventus)
Saídas: Thiago Motta (retirado), Odsonne Edouard (Celtic), Javier Pastore (Roma), Yuri Berchiche (Athletic Club), Jonathan Ikoné (LOSC Lille), Lorenzo Callegari (Génova), Grzegorz Krychowiak (Lokomotiv Moscovo, empréstimo)

Plzeň (CZE)
Entradas: Luděk Pernica (Jablonec), Ubong Ekpai (Zlín), Roman Procházka (Levski Sofia), Pavel Bucha (sem clube)
Saídas: Andreas Ivanschitz (fim de contrato), Diego Živulić (fim de contrato), Václav Pilař (Sigma Olomouc), Miloš Kratochvíl (Jablonec), Marek Bakoš (Spartak Trnava)

Porto (POR)
Entradas: João Pedro (Palmeiras), Saidy Janko (St-Étienne), Ewerton (Portimonense), Chancel Mbemba (Newcastle United), Marius Mouandilmadji (Cotonsport)
Saídas: Ricardo Pereira (Leicester City), Iván Marcano (Roma), Diogo Dalot (Man. United), Miguel Layún (Villarreal), Gonçalo Paciência (Eintracht Frankfurt), Marius Mouandilmadji (Cotonsport)

Real Madrid (ESP)
Entradas: Vinícius Júnior (Flamengo), Andriy Lunin (Zorya Luhansk), Álvaro Odriozola (Real Sociedad)
Saídas: Omar Mascarell (Schalke), Cristiano Ronaldo (Juventus), Achraf Hakimi (Dortmund, empréstimo)

Roma (ITA)
Entradas: Iván Marcano (Porto), Ante Ćorić (Dinamo Zagreb), Bryan Cristante (Atalanta), Justin Kluivert (Ajax), Antonio Mirante (Bolonha), Davide Santon (Internazionale), Javier Pastore (Paris), William Bianda (Lens), Nicolò Zaniolo (Internazionale), Daniel Fuzato (Palmeiras), Robin Olsen (Copenhaga)
Saídas: Radja Nainggolan (Internazionale), Marco Tumminello (Atalanta), Arturo Calabresi (Bolonha), Lukasz Skorupski (Bolonha), Bruno Peres (São Paulo, empréstimo), Alisson Becker (Liverpool), Gerson (Fiorentina, empréstimo), Grégoire Defrel (Sampdória, empréstimo), Leandro Castán (final de contrato)

Schalke (GER)
Entradas: Suat Serdar (Mainz), Salif Sané (Hannover), Steven Skrzybski (Union Berlim), Mark Uth (Hoffenheim), Omar Mascarell (Real Madrid)
Saídas: Leon Goretzka (Bayern), Max Meyer (Crystal Palace), Pablo Insua (Huesca, empréstimo), Coke (Levante), Benedikt Höwedes (Lokomotiv Moscovo)

Shakhtar (UKR)
Entradas: Olarenwaju Kayode (Manchester City, contratado após empréstimo), Fernando Pedro (Palmeiras), Oleksiy Shevchenko (Karpaty Lviv), Maycon (Corinthians), Júnior Moraes (Dynamo Kiev), Marquinhos Cipriano (São Paulo)
Saídas: Fred (Man. United), Bernard (fim de contrato), Facundo Ferreyra (Benfica), Darijo Srna (Cagliari), Ruslan Fomin (Mariupol), Ivan Petryak (Ferencváros, empréstimo)

Tottenham (ENG)
Entradas: nenhuma
Saídas: Keanan Bennetts (Mönchengladbach), Reo Griffiths (Olympique Lyonnais)

Valência (ESP)
Entradas: Uroš Račić (Estrela Vermelha), Geoffrey Kondogbia (Inter, contratado após empréstimo), Mouctar Diakhaby (Lyon), Daniel Wass (Celta), Cristiano Piccini (Sporting)
Saídas: João Cancelo (Juventus), Nacho Vidal (Osasuna), Nemanja Maksimović (Getafe), Zakaria Bakkali (Anderlecht), Nani (Sporting)
https://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2562976.html

Todas as transferências nas equipas da Europa League

Destaques
Renan Ribeiro (do Estoril para o Sporting)
Jorginho (do Nápoles para o Chelsea)
Lucas Torreira (da Sampdória para o Arsenal)
Valon Berisha (do Salzburgo para a Lázio)
William Carvalho (do Sporting para o Bétis)

Por clube

AC Milan (ITA)
Entradas: Alen Halilović (Hamburgo), Ivan Strinić (Sampdoria), Pepe Reina (Nápoles), Fabio Borini (Sunderland, transferência após empréstimo), Nikola Kalinić (Fiorentina, contratação após empréstimo)
Saídas: M'Baye Niang (Torino, transferência após empréstimo), Gianluca Lapadula (Génova, transferência após empréstimo), Gianmarco Zigoni (Veneza, transferência após empréstimo), Niccolò Zanellato (Crotone, transferência após empréstimo), Hachim Mastour (fim de contrato), Marco Storari (fim de contrato), Nnamdi Oduamadi (fim de contrato)

Akhisarspor (TUR)
Entradas: Josué Pesqueira (livre), Avdija Vršajević (Osmanlıspor), Elvis Manu (Gençlerbirliği), Güray Vural (Kayserispor)
Saídas: Orhan Tasdelen (Adana Demirspor), Muğdat Çelik (Galatasaray), Soner Aydoğdu (İstanbul Başakşehir), Olcan Adın (fim de contrato), Alperen Babacan (Denizlispor, empréstimo), Safa Ali Memnun (Kahramanmaraşspor, empréstimo)

Anderlecht (BEL)
Entradas: Zakaria Bakkali (Valência), Ivan Santini (Caen), Landry Dimata (Wolfsburgo, empréstimo), Ognjen Vranješ (AEK), Thomas Didillon (Metz), Kenneth Saief (Gent, transferência após empréstimo), Elias Cobbaut (Mechelen), Yevhenii Makarenko (Kortrijk), Kristal Abazaj (Luftëtar), Luka Adžić (Estrela Vermelha), Antonio Milić (Oostende), Knowledge Musona (Oostende)
Saídas: Stéphane Badji (Bursaspor, transferência após empréstimo), Aaron Leya Iseka (Toulouse), Wout Faes (Oostende), Idrissa Doumbia (Akhmat Grozny), Uroš Spajić (Krasnodar), Jorn Vancamp (Beerschot), Silvère Ganvoula (Bochum, empréstimo), Trezeguet (Kasımpaşa, transferência após empréstimo), Alexandru Chipciu (Sparta Praga, empréstimo), Olivier Deschacht (fim de contrato), Dylan Lambrecth (fim de contrato)

Arsenal (ENG)
Entradas: Stephan Lichtsteiner (Juventus), Bernd Leno (Leverkusen), Sokratis Papastathopoulos (Dortmund), Lucas Torreira (Sampdoria), Matteo Guendouzi (Lorient)
Saídas: Per Mertesacker (retirado), Santi Cazorla (Villarreal), Jack Wilshere (West Ham), Takuma Asano (Hannover, empréstimo)

Chelsea (ENG)
Entradas: Jorginho (Nápoles), Robert Green (livre)
Saídas: Jeremie Boga (Sassuolo), Lewis Baker (Leeds United, empréstimo), Jamal Blackman (Leeds, empréstimo), Kenedy Wolf (Newcastle, empréstimo), Mason Mount (Derby, empréstimo)

Eintracht Frankfurt (GER)
Entradas: Frederik Rönnow (Bröndby), Nicolai Müller (Hamburgo), Felix Wiedwald (Leeds United), Lucas Torró (Real Madrid), Obite Evan N'Dicka (Auxerre), Gonçalo Paciência (Porto), Carlos Salcedo (Guadalajara), Ante Rebić (Fiorentina), Allan (Liverpool, empréstimo), Francisco Geraldes (Sporting, empréstimo)
Saídas: Lukáš Hrádecký (Leverkusen), Alexander Meier (desconhecido), Renat Dadashov (Estoril), Marius Wolf (Dortmund), Kevin-Prince Boateng (Sassuolo), Aymen Barkok (Fortuna Düsseldorf, empréstimo), Omar Mascarell (Schalke), Max Besuschkow (Saint-Gilloise, empréstimo)

Jablonec (CZE)
Entradas: Tomáš Břečka (Slovácko), Miloš Kratochvíl (Plzeň), Dāvis Ikaunieks (Jihlava), David Hovorka (Sparta Praga, empréstimo), Rafael Acosta (Brno)
Saídas: Luděk Pernica (Plzeň), Roman Valeš (Bohemians), Jaroslav Zelený (Slavia Praga), Jaroslav Diviš (Mladá Boleslav), Jan Díl (Chrudim, empréstimo), David Breda (Dukla Praga, empréstimo), Martin Kouril (Varnsdorf)

Krasnodar (RUS)
Entradas: Uroš Spajić (Anderlecht), Dmitri Stotski (Ufa), Christian Cueva (São Paulo), Anatoli Katrich (Dinamo Moscovo), Ivan Taranov (Krylya Sovetov)
Saídas: Andreas Granqvist (Helsingborg), Joãozinho (fim de contrato), Ricardo Laborde (fim de contrato), Vyacheslav Podberezkin (Rubin), Ruslan Bolov (Khimki), Andrei Ivan (Rapid Viena, empréstimo), Nikolai Komlichenko (Mladá Boleslav), Renat Yanbaev (fim de contrato), Aleksei Gritsaenko (Yenisey, empréstimo)

Lázio (ITA)
Entradas: Francesco Acerbi (Sassuolo), Silvio Proto (Olympiacos), Valon Berisha (Salzburgo), Riza Durmisi (Real Betis), Mattia Sprocati (Salernitana)
Saídas: Stefan de Vrij (Inter), Filip Djordjević (Chievo Verona), Federico Marchetti (Génova), Felipe Anderson (West Ham), Francesco Orlando (Salernitana), Simone Palombi (Lecce, empréstimo), Mamadou Tounkara (Schaffhausen, empréstimo), Franjo Prce (Omonia, empréstimo)

Leverkusen (GER)
Entradas: Paulinho (Vasco da Gama), Mitchell Weiser (Hertha), Lukáš Hrádecký (Frankfurt), Thorsten Kirschbaum (Nuremberga)
Saídas: Stefan Kiessling (retirado), Vladlen Yurchenko (desconhecido), Marlon Frey (desconhecido), Niklas Lomb (Sandhausen), Bernd Leno (Arsenal)

Marselha (FRA)
Entradas: Duje Ćaleta-Car (Salzburgo)
Saídas: Dória (Santos Laguna)

Real Bétis (ESP)
Entradas: Takashi Inui (Eibar), Antonio Barragán (Middlesbrough, transferência após empréstimo), Sergio Canales (Real Sociedad), Pau López (Espanyol), Joel Robles (Everton), William Carvalho (Sporting CP)
Saídas: Riza Durmisi (Lazio), Pedro López (fim de contrato), Dani Giménez (Deportivo La Coruña), Fabián Ruíz (Nápoles), Antonio Adán (Atlético Madrid), Germán Pezzella (Fiorentina, transferência após empréstimo), Rafa Navarro (Alavés), Rubén Castro (Las Palmas)

Rennes (FRA)
Entradas: Romain Del Castillo (Lyon), Theoson Siebatcheu (Stade de Reims), Jakob Johansson (AEK), Clément Grenier (Guingamp), Damien Da Silva (Caen)
Saídas: Afonso Figueiredo (Rio Ave), Firmin Mubele (Toulouse), Yoann Gourcuff (fim de contrato), Séga Coulibaly (Nancy), Wilson Isidor (Mónaco), Sofiane Diop (Mónaco), Stéphane Diarra (Le Mans, empréstimo), Joris Gnagnon (Sevilha), Brandon (Osasuna, empréstimo), Anthony Ribelin (fim de contrato), Sanjin Prcić (fim de contrato)

Sporting (POR)*
Entradas: Marcelo (Rio Ave), Raphinha (Vitória SC), Bruno Gaspar (Fiorentina), Emiliano Viviano (Sampdoria), Nani (Valência), Renan Ribeiro (Estoril)
Saídas: André Geraldes (Sporting Gijón, empréstimo), William Carvalho (Real Betis), Cristiano Piccini (Valência), Francisco Geraldes (Eintracht, empréstimo)

*incluídas apenas transferências confirmadas pelo Sporting

Villarreal (ESP)
Entradas: Toko Ekambi (Angers), Gerard Moreno (Espanyol), Ramiro Funes Mori (Everton), Miguel Layún (Porto), Santiago Cáseres (Vélez Sarsfield), Santi Cazorla (Arsenal)
Saídas: Rodri (Atlético Madrid), Roger Martínez (Club América), Antonio Rukavina (FC Astana), Rúben Semedo (Huesca, empréstimo)

Vorskla (UKR)
Entradas: Artem Gabelok (Spartaks Jūrmala), Maryan Mysyk (Stal Kamianske), Evgeniy Martynenko (Chornomorets Odesa)
Saídas: nenhuma

Zurique (SUI)
Entradas: Salim Khelifi (Eintracht Braunschweig), Hekuran Kryeziu (Luzern), Hakim Guenouche (Nancy), Becir Omeragic (Servette), Andreas Maxsö (Osmanlıspor), Benjamin Kololli (Lausanne)
Saídas: Cédric Brunner (Bielefeld), Rasmus Thelander (Vitesse), Yann Fillion (Aarau, empréstimo), Gilles Yapi (fim de contrato)

*Esta lista não é exaustiva; nem todas as transferências envolvendo jovens dos escalões de formação ou de equipas de reserva estão incluídas.
https://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2563946.html

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Sex Ago 03, 2018 1:51 pm

Sábado (04/08)

13:30 Sheffield United x Swansea [ESPN+] (2ª Divisão Campeonato Inglês)
16:45 Porto x Aves [RTP] (Supercopa de Portugal - Final)

Domingo (05/08)

12:30 Leeds x Stoke [ESPNBR / ESPNBRHD] (2ª Divisão Campeonato Inglês)

Quem quiser assistir pela internet:

http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://firstsrowsports.tv/
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Krypton em Sex Ago 03, 2018 3:09 pm

Porto x Aves

Assisti-los-irei.

_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3439
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Sex Ago 03, 2018 6:00 pm

Quero muito assistir esse jogo, como não assisto amistosos já tem quase 3 meses que não vejo jogo do meu amor.
Carrega Porto!!!

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Sex Ago 03, 2018 7:35 pm

O Barcelona anunciou no fim da tarde desta sexta-feira um acerto para a contratação do volante chileno Arturo Vidal, do Bayern de Munique. Ele irá realizar exames médicos nos próximos dias e assinar um contrato de três temporadas com a equipe catalã.
https://www.lance.com.br/futebol-internacional/barcelona-anuncia-contratacao-arturo-vidal-por-tres-temporadas.html

O Hamburgo perdeu com o Holstein Kiel (0-3), no jogo inaugural da segunda divisão da Alemanha. A partida marcou a estreia do Hamburgo neste escalão.
Meffert (56’), Kinsombi (78’) e Honsak (93’) consumaram a vitória do Kiel, numa partida para esquecer por parte dos comandados de Cristian Titz.
Recorde-se que até à temporada passada, o Hamburgo tinha estado presente em todas as edições da Bundesliga, sendo a única equipa com esse registo. No entanto a campanha da temporada passada ditou um último lugar e a consequente descida de divisão.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/743487

A Federação Italiana de Futebol está a preparar uma acusação contra o presidente do Chievo, Luca Campedelli e vários diretores ligados ao clube.
O processo em causa remete para uma série de transferências entre a formação de Verona e o Cesena, por valores considerados excessivamente altos, de forma a justificar gastos extra que apareciam no orçamento. Esta é uma prática utilizada para demonstrar algum crescimento financeiro do clube aos olhos dos investidores.
Na prática, os orçamentos anuais mostravam lucros que não entravam nos cofres do clube. Os valores rondam os 25 milhões de euros e constituem uma quebra do regulamento.
O Chievo enfrenta agora uma dedução de 15 pontos na próxima temporada, um castigo semelhante ao que foi aplicado ao Cesena. Recorde-se que a formação de Verona enfrenta a Juventus na primeira jornada, no jogo que marca a estreia oficial de Cristiano Ronaldo na Serie A.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/743443

O avançado Antonio Cassano admitiu, esta sexta-feira, em declarações à SkySports, que «está melhor do que nunca» e que está muito bem fisicamente para regressar ao futebol.
«Sim, quero voltar a jogar futebol. Estou muito bem fisicamente. Estou com 82kg, estou melhor do que nunca», referiu o ex-futebolista italiano.
«Gostaria de jogar perto de casa. Estou física e mentalmente preparado. O ano passado não tive nenhuma proposta, mas se este ano alguma equipa estiver interessada em mim, vou estudar essa hipótese», sublinhou.
É importante recordar que Cassano representou a Roma, Real Madrid, Sampdoria, Inter de Milão, AC Milan e Parma.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/743420

O internacional português Vieirinha, que atua no PAOK, é baixa confirmada para a primeira mão da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões da equipa grega, contra o Spartak Moscovo.
Vieirinha lesionou-se durante o aquecimento no jogo em Basileia (3-0), da 2.ª pré-eliminatória, e realizou exames médicos que confirmaram a lesão muscular na coxa esquerda, pelo que o futebolista luso não irá recuperar a tempo do compromisso com os russos.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/743418

Que a relação de Cristiano Ronaldo com o Real Madrid já não era das melhores, isso não é novidade.
Mas nesta sexta-feira, quase um mês depois do atacante português ser anunciado pela Juventus, a ligação entre CR7 e Real chegou oficialmente ao fim - e da maneira mais verdadeira possível para os fãs.
Ronaldo e sua namorada Georgina Rodríguez mostraram que são 'gente como a gente' e deixaram de seguir o clube espanhol no Instagram. Isso mesmo.
O próprio Real já havia apagado as fotos e deixar de seguir o camisa 7 na rede social uma semana depois da Juve fechar o negócio que custou 100 milhões de euros (R$ 432 milhões).
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4606096/cristiano-ronaldo-deixa-de-seguir-real-madrid-no-instagram

Alisson recentemente se juntou ao Liverpool como o goleiro mais caro da história e já demonstrou ser um cavalheiro, dias antes da estréia com sua nova equipe contra o Napoli.
De acordo com o UOL, Alisson optou pelo número 13 em respeito ao seu novo colega, ainda psicologicamente esgotado após falhar na final da Uefa Champions League cotra o Real Madrid. O jogador de 25 anos manterá o número 13, a menos que Karius se mova antes do final do mercado de transferências.
O brasileiro, que se destacou na Europa com a Roma durante as campanhas da Liga dos Campeões e do Campeonato Italiano na temporada passada, deve ser o titular dos Reds.
O goleiro alemão vai ter menos tempo de jogo em campo na próxima temporada, os relatos afirmam que Karius não largará sua camisa número um - geralmente emblemática do goleiro titular de um time.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4606230/liverpool-alisson-faz-bom-gesto-e-escolhe-numero-de-camisa-para-nao-incomodar-karius

Quem é melhor: Messi ou Cristiano Ronaldo?
A resposta desta recorrente pergunta divide as opiniões de torcedores e especialistas, e uma definição provavelmente nunca deverá ser concretizada.
Porém, no fim das contas, nos cabe apenas aproveitar o talento de dois dos melhores jogadores da história do esporte, já que não durarão para sempre.
Ao longo das vitórias carreiras dos ''rivais'', 12 atletas tiveram o privilégio de dividir gramados e vestiários tanto com Messi tanto com Cristiano entre seleções argentina e portuguesa, Barcelona, Real Madrid, Manchester United, Juventus e Sporting.
Veja a lista completa dos sortudos:
Gerard Piqué
Revelado ao lado de Messi na La Masia, categoria de base do Barcelona, o zagueiro deixou a Espanha para juntar-se ao Manchester United, da Inglaterra, clube no qual atuou com Cristiano Ronaldo por três temporadas.
Voltou à sua ''casa'' e para a companhia do camisa 10 argentino em 2008.
Ezequiel Garay
Além de acumular diversas convocações para a seleção argentina, nas quais esteve ao lado de Messi, o zagueiro, atualmente no Valencia, defendeu o Real Madrid entre 2008-2011, encontrando-se com Cristiano Ronaldo durante o período.
Gabriel Heinz
Heinz é outro zagueiro argentino que teve a oportunidade de representar sua seleção em diversas oportunidades junto a Messi. O canhoto também dividiu vestiários com Cristiano tanto durante suas passagens por Manchester United (2004-2007) e Real Madrid (2007-2009).
André Gomes
Após ser adquirido pelo Barcelona em 2016, podendo, assim, jogar com Messi, André Gomes é um nome constante nas convocações da seleção portuguesa, na qual inclusive conquistou o título inédito da Eurocopa de 2016, ao lado de Cristiano.
Deco
Brasileiro de nascença, Deco naturalizou-se português e defendeu a seleção do país inúmeras vezes, inclusive dividindo o gramado com um Cristiano Ronaldo ainda em início de carreira.
Um dos grandes meio-campistas da história do Barcelona, seu número (20) serviu até como inspiração para a primeira escolha da numeração de Messi no clube catalão - o argentino vestia a camisa 30, que era a soma da camisa 20 de Deco e a 10 de Ronaldinho.
Angél Di María
Atualmente no PSG, o meia mantém uma ótima com as duas estrelas. Além de ter adquirido muito sucesso ao lado do gajo no Real Madrid, é um dos fiéis companheiros de Messi com a camisa albiceleste.
Henrik Larsson
O sueco chegou ao Barcelona em 2004, onde permaneceu por duas temporadas, coincidindo com o primeiro ano de Messi como profissional no clube.
Transferiu-se ao Manchester United em 2006, onde junto ao português, venceu o título da Premier League daquele ano.
Nelson Semedo
Outro português que divide a camisa grená da seleção europeia ao lado de Cristiano, Semedo chegou ao Barcelona no início da última temporada para dividir o lado direito do campo com o argentino.
Fernando Gago
O meio-campista disputou duas temporadas ao lado de Cristiano Ronaldo no Real Madrid. Além disso, é companheiro de Messi na seleção argentina desde os tempos de categorias de base.
Carlos Tevez
Ao lado de Wayne Rooney e Cristiano Ronaldo, Tevez fez parte de um dos melhores setores ofensivos dos últimos anos do Manchester United.
Além disso, chegou até a disputar a Copa do Mundo de 2010 ao lado de seu compatriota Messi.
Gonzalo Higuaín
Em diversas competições, foi o centroavante que fez parceria com Messi com a seleção argentina.
Durante suas sete temporadas no Real Madrid, também foi companheiro de ataque de Cristiano em diversas oportunidades.
Paulo Dybala
O jovem argentino é o mais novo integrante do seleto grupo após a ida de Cristiano à Juventus.
Antes disso, já esteve presente em algumas convocações da seleção argentina, quando dividiu responsabilidades com Messi.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4606833/messi-e-cristiano-ronaldo-tiveram-12-companheiros-em-comum-ao-longo-de-suas-carreiras-veja-lista

Neymar chegou ao Paris Saint-Germain há um ano, mas o balanço da primeira temporada teve gosto amargo. O craque brasileiro levou o clube a outro patamar, mas não teve sucesso no momento de conquistar o grande objetivo: o tão sonhado título da Liga dos Campeões.
"Quando Neymar chegou a Paris, ficamos dois meses falando na televisão chinesa", lembra Robert Li, membro de um grupo de torcedores do PSG na China.
Assim como milhares de torcedores locais, Li está feliz de ver o camisa 10 celebrar seu primeiro aniversário com a camisa do PSG em Shenzhen, onde o clube disputará a Supercopa da França no sábado, contra o Monaco.
Um ano após o dia da "transferência do século", depois do PSG gastar 222 milhões de euros para tirá-lo do Barcelona, Neymar se reapresentou ao clube acompanhado de uma multidão na China. Isso apesar das polêmicas simulações na Copa do Mundo e a decepcionante temporada no clube.
Neymar é sem dúvida uma estrela do marketing, com 200 milhões de seguidores nas redes sociais, e o PSG conta com essa notoriedade para tentar alcançar o Real Madrid ou o Bayern de Munique em termos de posicionamento como marca.
- Liga dos Campeões, objetivo pendente
A transferência de Neymar permitiu ao clube francês aumentar suas receitas, apesar do preço pago ter colocado a equipe no alvo da Uefa no âmbito do fair-play financeiro.
Sua etapa em Paris começou bem, com boas-vindas na Torre Eiffel e excelentes atuações nos primeiros jogos. Mas o entusiasmo inicial foi esfriando com o passar dos meses.
Sua lesão no pé direito e a polêmica operação no Brasil colocaram o PSG em meio a uma novela, em que cada gesto e declaração eram analisados com detalhe.
Para piorar, a prolongada ausência de Neymar alimentou os rumores sobre sua possível ida ao Real Madrid. Os torcedores do PSG precisaram esperar até julho para que o ídolo confirmasse sua permanência para a temporada 2018-19.
O brasileiro não demonstrou seu melhor nível na Liga dos Campeões passada, com uma atuação irregular jogo de ida das oitavas de final contra o Real Madrid e ficando de fora da partida que representou a eliminação do PSG, por conta de lesão.
- A ameaça Mbappé
De retorno ao clube após cinco meses e com atuação decepcionante na Copa do Mundo, o camisa 10 precisa se concentrar para o novo ano. O brasileiro deve recuperar a confiança de seus companheiros, como o uruguaio Edinson Cavani, depois do caso "pênaltigate" e de suas lágrimas em coletiva de imprensa ao ser acusado de individualismo.
"É certo que houve um problema naquele momento com Neymar. Conversamos. Eu disse que eu era o primeiro a querer que ele ganhe distinções individuais, mas sempre que colocar os objetivos coletivos antes", declarou o uruguaio em maio.
Após deixar a sombra de Messi no Barcelona, Neymar vai precisar dividir o protagonismo no PSG com Kylian Mbappé, herói da França no título da Copa do Mundo da Rússia e alçado ao nível de astro após o mundial.
"Estou contente com a chegada (de Gianluigi Buffon), mas também do novo treinador (Thomas Tuchel). Espero que façamos uma grande temporada juntos", afirmou Neymar em entrevista à AFP em julho. Mas para isso deverá priorizar o plano coletivo.
http://www.jb.com.br/esportes/noticias/2018/08/03/um-ano-de-neymar-no-psg-entre-a-decepcao-esportiva-e-o-exito-midiatico/

O meia-atacante Willian, da seleção brasileira e do Chelsea, vai tomar ações legais contra o que afirma uma falsificação de documentos e de sua assinatura.
O jogador afirma que o documento que concede poderes para que o agente Renee Pinheiro Anunciação represente seus interesses junto a clubes europeus é falso.
Em um post no Instagram, ele escreveu:
"Recentemente, eu fui informado que uma carta de autorização para agente FIFA de jogadores, supostamente assinada em meu nome, circulou no mercado do futebol.
Nesta carta, o Sr. Denirobson Dias garantiria uma autorização para que o Sr. Renee Pinheiro Anunciação me representasse até 15 de agosto de 2018 frente a clubes do Reino Unido e da França.
Eu gostaria de esclarecer que nunca assinei tal documento, cujo conteúdo eu nego completamente.
Finalmente, como parece haver clara evidência de que minha assinatura foi forjada, ou, de qualquer forma, mal utilizada, eu atesto aqui e informo que meus advogados já estão instruídos a proceder com todas as medidas legais apropriadas diante de qualquer corte de autoridades.
Eu espero ter esclarecido a questão e quaisquer mal entendidos."
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4607745/willian-vai-tomar-acoes-legais-contra-falsificacao-de-documento

Sorteio do "play-off" da UEFA Champions League. O "play-off" decide os últimos seis lugares na fase de grupos.

Como vai funcionar?
O sorteio será dividido em dois caminhos. O caminho dos campeões contará com oito equipas, incluindo duas que começam nesta fase e seis apurados na terceira pré-eliminatória. O caminho das ligas terá quatro equipas, todas oriundas da terceira pré-eliminatória, cujos jogos se realizam a 7/8 e 14 de Agosto.

Quem está no sorteio?

Caminho dos campeões:

Cabeças-de-série
Salzburgo (AUT)/Shkëndija (MKD)
PSV Eindhoven (NED)
Celtic (SCO)/AEK Atenas (GRE)
Astana (KAZ)/Dínamo Zagreb (CRO)

Não cabeças-de-série
Qarabağ (AZE)/BATE Borisov (BLR)
Young Boys (SUI)
Malmö (SWE)/Vidi (HUN)
Estrela Vermelha (SRB)/Spartak Trnava (SVK)

Caminho das ligas:

Cabeças-de-série
Benfica (POR)/Fenerbahçe (TUR)
Slavia Praga (CZE)/Dynamo Kiev (UKR)

Não cabeças-de-série
Standard Liège (BEL)/Ajax (NED)
PAOK (GRE)/Spartak Moscovo (RUS)

Quando são os jogos?
A 1ª mão realiza-se a 21/22 de Agosto e a 2ª está agendada para 28/29 de Agosto. Os vencedores seguem para a fase de grupos, cujo sorteio irá decorrer no Mónaco, na quinta-feira, dia 30 de Agosto.

O que acontece aos derrotados?
As seis equipas eliminadas no "play-off" transitam para a fase de grupos da UEFA Europa League.

Quem já está na fase de grupos?
Apurados automaticamente para a fase de grupos 2018/19
ESP: Barcelona, Atlético, Real Madrid, Valência
GER: Bayern, Schalke, Hoffenheim, Dortmund
ENG: Manchester City, Manchester United, Tottenham, Liverpool
ITA: Juventus, Nápoles, Roma, Inter
FRA: Paris, Mónaco, Lyon
RUS: Lokomotiv Moscovo, CSKA Moscovo
POR: Porto
UKR: Shakhtar
BEL: Club Brugge
TUR: Galatasaray
CZE: Viktoria Plzeň
https://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2019/draws/round=2000979/

Sorteio do "play-off" da UEFA Europa League. O "play-off" define os últimos 21 lugares na fase de grupos.

Como vai funcionar?
Os dez vencedores da terceira pré-eliminatória do caminho do campeões (que termina a 16 de Agosto) terão a companhia de seis equipas eliminadas no caminho dos campeões da terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League (que termina a 14 de Agosto).

Caminho dos campeões da UEFA Europa League: vencedores seguem para o "play-off"

Ludogorets Razgrad (BUL) v Zrinjski (BIH)
Legia Warszawa (POL) v F91 Dudelange (LUX)
Alashkert (ARM) v CFR Cluj (ROU)
Olimpija Ljubljana (SVN) v HJK Helsinki (FIN)
Sheriff (MDA) v Valur Reykjavík (ISL)
Cork City (IRL) v Rosenborg (NOR)
Spartaks Jūrmala (LVA) v Sūduva (LTU)
The New Saints (WAL) v Midtjylland (DEN)
Hapoel Beer-Sheva (ISR) v APOEL (CYP)
Torpedo Kutaisi (GEO) v Kukës (ALB)

Caminho dos campeões da UEFA Champions League: equipas eliminadas seguem para o "play-off" da UEFA Europa League

Celtic (SCO) v AEK Athens (GRE)
Salzburg (AUT) v Shkëndija (MKD)
Crvena zvezda (SRB) v Spartak Trnava (SVK)
Qarabağ (AZE) v BATE Borisov (BLR)
Astana (KAZ) v Dinamo Zagreb (CRO)
Malmö (SWE) v Vidi (HUN)

Caminho principal
Pyunik (ARM) - Maccabi Telavive (ISR)
Dinamo Minsk (BLR) - Zenit (RUS)
Sturm Graz (AUT) - AEK Larnaca (CYP)
Sarpsborg (NOR) - HNK Rijeka (CRO)
İstanbul Başakşehir (TUR) - Burnley (ENG)
Zorya Luhansk (UKR) - Braga (POR)
Hapoel Haifa (ISR) - Atalanta (ITA)
Genk (BEL) - Lech Poznań (POL)
Vitesse (NED) - Basileia (SUI)
Nordsjælland (DEN) - Partizan (SRB)
Hibernian (SCO) - Molde (NOR)
Hajduk Split (CRO) - FCSB (ROU)
Sevilha (ESP) - Žalgiris Vilnius (LTU)
Sigma Olomouc (CZE) - Kairat Almaty (KAZ)
Slovan Bratislava (SVK) - Rapid Viena (AUT)
Mariupol (UKR) - Bordéus (FRA)
CSKA Sofia (BUL) - Copenhaga (DEN)
Olympiacos (GRE) - Luzern (SUI)
Rangers (SCO) - Maribor (SVN)
Trenčín (SVK) - Feyenoord (NED)
Jagiellonia Białystok (POL) - Gent (BEL)
Spartak Subotica (SRB) - Brøndby (DEN)
Ufa (RUS) - Progrès Niederkorn (LUX)
Beşiktaş (TUR) - LASK (AUT)
Apollon Limassol (CYP) - Dinamo Brest (BLR)
RB Leipzig (GER) - U Craiova (ROU)

Quando são os jogos?
O "play-off" realiza-se a duas mãos, sendo a primeira na quinta-feira, 23 de Agosto, e a segunda na quinta-feira, 30 de Agosto. Os vencedores seguem para a fase de grupos, cujo sorteio irá decorrer no Mónaco, na quinta-feira, dia 31 de Agosto.

Quem já está na fase de grupos?
Apurados automaticamente para a fase de grupos 2018/19
Arsenal (ENG)
Chelsea (ENG)
Bayer Leverkusen (GER)
Villarreal (ESP)
Anderlecht (BEL)
Lazio (ITA)
Sporting CP (POR)
Marselha (FRA)
AC Milan (ITA)
Krasnodar (RUS)
Real Betis (ESP)
Eintracht Frankfurt (GER)
Zurique (SUI)
Rennes (FRA)
Vorskla Poltava (UKR)
Akhisar Belediyespor (TUR)
Jablonec (CZE)

Equipas eliminadas no caminho das ligas da terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League
Standard Liège (BEL)/Ajax (NED)
Benfica (POR)/Fenerbahçe (TUR)
Slavia Praga (CZE)/Dynamo Kiev (UKR)
PAOK (GRE)/Spartak Moscovo (RUS)

As seis equipas eliminadas no "play-off" da UEFA Champions League
por confirmar
https://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/season=2019/draws/round=2000989/

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Sex Ago 03, 2018 8:43 pm







_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Sex Ago 03, 2018 8:46 pm

Pessoal, agradeço a cada um por sua participação/contribuição no tópico. I love you lovely

Dando prosseguimento ao assunto:
http://superamigos.umforum.net/t282-futebol-europeu-uefa#58163

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 40 de 40 Anterior  1 ... 21 ... 38, 39, 40

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum