Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Página 21 de 23 Anterior  1 ... 12 ... 20, 21, 22, 23  Seguinte

Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Ter Set 18, 2018 9:30 am

O treinador Jaroslav Silhavy é o novo responsável pela seleção da República Checa, em substituição de Karel Jarolim, demitido na semana passada após uma série de maus resultados, anunciou esta terça-feira a federação.
http://www.record.pt/internacional/detalhe/jaroslav-silhavy-e-o-novo-selecionador-da-republica-checa?ref=HP_Ultimas

Nesta quarta-feira, o presidente do Governo Espanhol Pedro Sánchez, o presidente da FIFA Gianni Infantino e o presidente da Real Federação Espanhola de Futebol Luis Rubiales estiveram reunidos. A pauta foi o interesse da Espanha em organizar a Eurocopa de 2028, o que seria o primeiro grande evento futebolístico do país desde a Copa do Mundo de 1982. Também se discutiu a possibilidade dos espanhóis receberem o Mundial de 2030 em conjunto com Marrocos e Portugal.
DETALHES DO PROJETO “ESPANHA 2028”
Em 1982, a Espanha utilizou 17 estádios de 14 cidades para abrigar o primeiro Mundial com 24 participantes. Hoje, a nação conta com 19 arenas em 14 municípios com capacidade de pelo menos 30 mil espectadores.
Algumas prováveis praças que receberiam as delegações e os torcedores seriam Madri (Santiago Bernabéu e Wanda Metropolitano), Barcelona (Camp Nou, Cornellà El Prat e Montjuic), Sevilla (Sánchez Pizjuán), Bilbao (San Mamés), Valencia (Mestalla), Elche (Martínez Valero), Zaragoza (La Romareda) e San Sebastián (Anoeta).
O comitê local de organização pode optar por remodelar alguns estádios, ampliando suas capacidades.
Não há previsão de mudança no número de competidores. Seriam 24 seleções, 51 jogos em aproximadamente 32 dias.
Pouca gente lembra, mas a Espanha foi a sede da Eurocopa de 1964, que teve apenas quatro esquadras. A Espanha bateu a Hungria e a União Soviética e deu a volta olímpica.
Querendo gastar menos que os 11 milhões de Euros que o Brasil gastou em 2014, a Espanha espera movimentar sua economia em cerca de 1 bilhão de euros com a Copa do Mundo.
AS PRÓXIMAS EUROCOPAS
A Eurocopa de 2020 será Pan-Europeia. Doze cidades do continente receberão os jogos. A grande final será em Londres, mas teremos partidas até em Baku, capital do Azerbaijão.
A sede da competição continental de 2024 será anunciada no próximo dia 27. Alemanha e Turquia estão na briga. Os cartolas divulgarão o vencedor em Nyon, na Suíça.
Para 2028, ainda não há nenhum candidato oficial, pois o prazo de inscrição ainda não começou, nem tampouco foi divulgado quando se inicia. Rumores indicam que há outros três candidatos: Inglaterra, Itália e Escandinávia (com pelejas na Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia).
COPA DO MUNDO DE 2030
A Espanha não descartou, porém não se entusiasmou tanto, com a possibilidade levantada pela FIFA de uma candidatura conjunta com Marrocos e Portugal para receber a fase final do Mundial de 2030, que, a princípio, terá 48 seleções.
Os candidatos oficiais até agora são Argentina/Paraguai/Uruguai e o Marrocos. Uma candidatura do Reino Unido também deve sair do papel. Autoridades do país têm mantido conversas com as federações da Inglaterra, Escócia, País de Gales, Irlanda do Norte e até com a vizinha Irlanda.
Boatos dão conta também de que Camarões, Egito, Japão, China e Coreia do Sul/Coreia do Norte apresentariam suas propostas. Apesar das diferenças políticas, os marroquinos podem ganhar as adesões de Argélia e Tunísia ao seu projeto.
A FÚRIA VOLTOU
O anúncio feito pela Espanha veio num momento apropriado. A Roja estreou na recém criada Liga das Nações da UEFA com dois triunfos impressionantes. Em Wembley, a Fúria calou a euforia inglesa e venceu por 2 a 1. Três dias depois, esfolou a Croácia, atual vice-campeã do planeta, em Elche por 6 a 0.
https://www.ganhador.com/2018/depois-de-humilhar-croacia-no-campo-de-jogo-espanha-se-torna-a-mais-forte-candidata-a-receber-a-eurocopa-de-2028/

Caso não exista mudança de ultima hora, o vencedor do Grupo 3 (onde está inserido Portugal, ao lado de Itália e Polônia) devera sediar o quadrangular decisivo da Liga das Nações, em junho do próximo ano. Este torneio, que qualificara 20 seleções para a próxima Eurocopa, da a cada seleção de sua serie A (Liga que é escalonada em 4 divisões) 1.5 milhões de euros de cara, alem de mais 1.5 milhões para o vencedor de cada grupo, e no quadrangular final mais 4.5 milhões para o campeão, 3.5 milhões para o vice, 2.5 milhões para o 3o e 1.5 milhões para o 4o colocado.
https://www.mundolusiada.com.br/esporte/destaques-da-semana-liga-das-nacoes-apos-61-anos-portugal-volta-a-vencer-a-italia/

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Ter Set 18, 2018 12:56 pm

Calendário do futebol europeu em 2018

Setembro
27 de Setembro: Anúncio do anfitrião do UEFA EURO 2024

Outubro
8 a 16 de Outubro: fase de qualificação do Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA
14 de Outubro: sorteio do "play-off" do Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA
11 a 13 de Outubro: 3ª jornada da UEFA Nations League
14 a 16 de Outubro: 4ª jornada da UEFA Nations League

Novembro
12–20 de Novembro: "play-off" do Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA
15–17 de Novembro: 5ª jornada da UEFA Nations League
18–20 de Novembro: 6ª jornada da UEFA Nations League

Dezembro
Dia por definir: sorteio da fase final da UEFA Nations League
2 de Dezembro: sorteio da Qualificação Europeia para o UEFA EURO 2020, Dublin
http://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=2528694.html

França e Bélgica dividem ponta, e pela primeira vez ranking da Fifa tem empate na liderança.
Confira os 20 primeiros colocados no atualizado ranking da Fifa
1º França - 1.729 pontos
1º Bélgica - 1.729
3º Brasil - 1.663
4º Croácia - 1.634
5º Uruguai - 1.632
6º Inglaterra - 1.612
7º Portugal - 1.606
8º Suíça - 1.598
9º Espanha - 1.597
10º Dinamarca - 1.581
11º Argentina - 1.575
12º Chile - 1.568
12ºº Alemanha - 1.568
14º Colômbia - 1.567
15º Suécia - 1.550
15º México - 1.550
17º Holanda - 1.540
18º Polônia - 1.537
19º País de Gales - 1.536
20º Itália - 1.526
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/franca-e-belgica-dividem-ponta-e-pela-primeira-vez-ranking-da-fifa-tem-empate-na-lideranca.ghtml

A UEFA publicou hoje o relatório de avaliação sobre as candidaturas da Federação Alemã de Futebol (DFB) e da Federação Turca de Futebol (TFF) para a organização do UEFA EURO 2024. O relatório de avaliação funciona como base de transparência no processo de decisão do Comité Executivo da UEFA.
Ambos os canditados publicaram também os seus dossiers de candidatura, que foram remetidos à UEFA em Abril de 2018, estando disponíveis nos respectivos sítios na internet (DFB / TFF).
O Comité Executivo da UEFA escolherá a federação anfitriã do UEFA EURO 2024 na quinta-feira, 27 de Setembro de 2018, na reunião que terá lugar na sede da UEFA, a Casa do Futebol Europeu, em Nyon, Suíça.
https://pt.uefa.com/insideuefa/about-uefa/news/newsid=2572829.html

A imprensa alemã avança que a UEFA está preparada para conceder a organização do Campeonato da Europa em 2024 à Alemanha, que assim suplanta a candidatura turca.
Na base desta decisão está um relatório elaborado por técnicos do organismo máximo do futebol europeu que descreve preocupação com a crise económica vivida e pelo «desrespeito constante pelos direitos humanos» por parte do governo liderado por Erdogan.
Recorde-se que o governo turco anunciou um investimento de 15 mil milhões de euros de forma a preparar a organização do torneio, no entanto a UEFA acredita que a recente desvalorização da lira (50% em agosto) «compromete os investimentos públicos anunciados».
Por outro lado, a candidatura alemã foi descrita como «criativa, profissional e com grande ênfase na realização de um torneio inclusivo, aberto a todos os adeptos».
O anúncio oficial é realizado na próxima quinta-feira, 27 de setembro, em Nyon.
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/750771
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Sex Set 21, 2018 8:34 pm

A fase de qualificação do Campeonato da Europa Sub-17 da UEFA arranca a 27 de Setembro, rumo à fase final na República da Irlanda, em Maio, e depois ao Campeonato do Mundo Sub-17 de 2019, no Peru.

Todos os jogos
No total, 52 dos participantes vão competir em mini-tourneios a realizar antes de 2 de Novembro, com Inglaterra e Alemanha apurados directamente para a Ronda de Elite, enquanto a anfitriã Irlanda já está na fase final. Entre as selecções em acção no primeiro dia da qualificação está a Holanda, que bateu a Itália em Maio, no torneio realizado em Inglaterra.

Grupos da fase de qualificação
Grupo 1 (27 de Setembero–3 de Outubro): Holanda (campeã), Suécia*, Montenegro, Liechtenstein
Grupo 2 (10–16 de Outubro): Bósnia e Herzegovina*, Ucrânia, Islândia, Gibraltar
Grupo 3 (24–30 de Outubro): Áustria, Eslovénia*, Bulgária, Malta
Grupo 4 (20–26 de Outubro): Espanha, Israel, Ilhas Faroé, ARJ da Macedónia*
Grupo 5 (26 de Outubro–1 de Novembro): Escócia, Suíça, Chipre*, Kosovo
Grupo 6 (24–30 de Outubro): Rússia, Dinamarca*, Geórgia, Estónia
Grupo 7 (25–31 de Outubro): França, Polónia*, Finlândia, Luxemburgo
Grupo 8 (23–29 de Outubro): República Checa, Noruega, Azerbaijão, Albânia*
Grupo 9 (30 de Setembro–6 de Outubro): Sérvia, Hungria*, Roménia, Lituânia
Grupo 10 (24–30 de Outubro): Turquia*, Eslováquia, Irlanda do Norte, San Marino
Grupo 11 (10–16 de Outubro): Portugal*, País de Gales, Bielorrússia, Cazaquistão
Group 12 (25–31 de Outubro): Bélgica, Grécia, Letónia, República da Moldávia*
Group 13 (27 de Outubro–2 de Novembro): Itália, Croácia*, Arménia, Andorra

*Anfitriões

Os dois primeiros de cada grupo e os quatro terceiros classificados com o melhor registo frente ao primeiro e segundo classificados apuram-se para a Ronda de Elite. Nessa fase, em Março, terão a companhia de Inglaterra e Alemanha, apuradas automaticamente, lutando por 15 vagas na fase final, ao lado da anfitriã Irlanda.
A fase final também vai servir como qualificação europeia para o Mundial Sub-17, a realizar no Peru entre 5 e 27 de Outubro de 2019.

Calendário da época
Fase de qualificação: 27 de Setembro–2 de Novembro
Sorteio da Ronda de Elite: 6 de Dezembro, Nyon
Ronda de Elite: tbc Março
Sorteio da fase final: tbc, Irlanda
https://pt.uefa.com/under17/news/newsid=2572379.html?iv=true

A briga para sediar a Copa do Mundo de 2030, quando será comemorado o centenário da competição, promete ter intensa e, no momento, parece envolver 19 países postulantes a receber jogos.
De acordo com a rede de rádio espanhola Cadena Ser, Pedro Sánchez, primeiro ministro da Espanha, e o presidente da federação local, Luis Rubiales, se reuniram com o presidente da Fifa, Gianni Infantino, para discutir e se colocar à disposição para sediar a Copa do Mundo de 2030. Duas possibilidades foram apresentados: uma candidatura única e outra em parceria com Portugal e Marrocos.
Além da possibilidade de se envolver na candidatura com os europeus, Marrocos também trata das chances de tentar receber a Copa ao lado da Argélia e Tunísia, sendo que o continente africano ainda vai discutir uma outra proposta, com Camarões e Egito.
Na Europa também não há consenso sobre quem tentará receber a competição. Aleksander Ceferin, presidente da Uefa, tem preferência pela candidatura conjunta entre o Reino Unido – com jogos na Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte – mais a Irlanda.
Apesar de receber o Mundial em 2022, no Catar, a Ásia também sonha com mais uma Copa, apostando na mensagem de paz em uma competição que aconteceria na Coréia do Sul, Coréia do Norte, China e Japão.
Já a Conmebol tem uma candidatura que desponta como uma das favoritas. Uruguai, Argentina e Paraguai compartilhariam os jogos da disputa e traria de volta o mais importante torneio de seleções ao território uruguaio, que recebeu sua primeira edição.
A única confederação que não pretende lançar candidatos é a Concacaf, já que a América do Norte receberá a disputa em 2026, nos Estados Unidos, Canadá e México.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4750219/haja-candidatos-veja-os-paises-que-querem-sediar-a-historica-copa-do-mundo-de-2030

Na última terça-feira, Romelu Lukaku mais uma vez provou a sua importância para a Bélgica ao marcar dois gols na vitória sobre a Islândia por 3 a 0, em partida válida pela Liga das Nações. O problema é que logo após a Copa do Mundo da Rússia, o atacante declarou que poderia estar próximo de se aposentar da seleção, fato que desagradou Vincent Kompany, capitão da equipe.
Na ocasião, o jogador do Manchester United disse que deixaria o selecionado belga após a Eurocopa, que acontecerá em 2020. A essa altura, Lukaku terá apenas 27 anos.
“Depois da Euro, creio que vou parar”, declarou, sucintamente, na época.
Depois da partida dessa terça-feira, portanto, Kompany fez questão de garantir que não vai permitir a aposentadoria do companheiro, e que se for preciso, vai interferir diretamente no caso.
“Se Romelu insistir, eu mesmo irei até a sua casa em Manchester para levá-lo pessoalmente até Bruxelas (capital da Bélgica). Na verdade, às vezes falamos de cabeça muito quente com os veículos de comunicação e cometemos erros”, disse.
https://www.gazetaesportiva.com/times/belgica/kompany-garante-que-nao-deixara-lukaku-se-aposentar-da-selecao-belga/

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Seg Set 24, 2018 6:13 pm

O guarda-redes Jan Oblak, do Atlético Madrid, não irá representar a seleção A da Eslovénia pelo menos até 2019. O guardião pediu à federação do seu país um prolongado período de descanso a fim de recuperar totalmente dos problemas físicos que o apoquentam desde o arranque da temporada.
A decisão foi tomada após uma reunião de Oblak com Radenko Mijatovic, presidente da federação de futebol da Eslovénia.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/751271

A Polónia vai ter de fechar uma parte da bancada no encontro frente a Portugal, na segunda jornada da Liga das Nações de futebol, devido ao comportamento dos adeptos, anunciou esta segunda-feira a UEFA.
O comité disciplinar da UEFA decidiu punir a federação polaca com o encerramento parcial de uma bancada devido a cânticos racistas na partida com a Itália (1-1), na primeira ronda da nova competição.
De acordo com o comunicado do órgão, o castigo deverá ser cumprido no próximo encontro em casa em competições da UEFA, que vai acontecer em 11 de outubro, frente a Portugal.
Além do encerramento de parte da bancada, que deverá corresponder a 1.000 lugares, a federação polaca terá ainda de pagar 2.000 euros pelo uso de material pirotécnico por parte dos seus adeptos.
https://www.record.pt/futebol/selecoes/detalhe/polonia-vai-ter-parte-da-bancada-encerrada-no-encontro-com-portugal

Uma das principais mudanças do seu mandato é o alargamento de 32 para 48 vagas nas fases finais de Campeonatos do Mundo, que deverão igualmente passar a ser organizadas por mais do que um país. Confrontado com atribuições polémicas dos Mundiais de 2018 e 2022 à Rússia e ao Qatar, Infantino quer transparência nos processos de escolha e o maior consenso possível em relação às futuras opções da Federação Internacional de Futebol (FIFA).
Três anfitriões pela primeira vez na história
O Mundial de 2026 terá, portanto, um novo figurino competitivo. Três países organizadores - o que sucede pela primeira vez na história de quase cem anos de prova - e 48 seleções presentes na fase final, o que permite a confederações continentais menos representadas garantir mais lugares e, por conseguinte, maior visibilidade internacional aos seus filiados.
As atenções voltam-se para os Estados Unidos da América (EUA), o Canadá e o México, as nações da CONCACAF (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caraíbas) que bateram Marrocos na corrida à organização do Mundial 2026.
Os EUA organizaram pela última vez a prova em 1994, enquanto o México já não a recebe desde 1986, e o Canadá é estreante na competição máxima da FIFA.
Africanos e asiáticos: os mais favorecidos
A África e a Ásia são os continentes mais favorecidos pela nova distribuição de lugares disponíveis para cada confederação continental. A Confederação Africana de Futebol (CAF) passa a contar com nove seleções qualificadas, contra as cinco que atualmente a representam, enquanto a Ásia dobra os seus países (de quatro para oito nações na fase final).
Dois continentes fundamentais no processo eleitoral que conduziu Infantino à liderança da FIFA veem, assim, retribuído o seu apoio ao atual presidente. Já a América do Sul, atualmente com quatro (ou cinco) representantes nas fases finais de Mundiais, altera o seu contingente para seis, passando a Oceânia a eleger diretamente uma seleção, quando, nesta altura, o seu qualificado tinha sempre de disputar um "play-off" intercontinental com o quinto classificado da Confederação de Futebol da América do Sul (CONMEBOL).
A Europa vê o número de equipas oriundas da União das Federações Europeias de Futebol (UEFA) aumentar de 13 para 16, ficando ainda por definir, para cada edição do Mundial, se os países anfitriões terão (ou não) de disputar a fase de qualificação.
16 cidades receberão Mundial 2026
Numa primeira fase, os três países organizadores do Mundial 2026 indicaram já um conjunto de cidades disponíveis para receber a competição. Pelo Canadá surgem na lista Toronto, Edmonton e Montréal, e pelo México Monterrey, Guadalajara e a Cidade do México. Quanto aos EUA, apresenta 17 propostas de costa a costa, com realce para Los Angeles, Miami, Nova Iorque, Boston e Washington. Porém, este é um processo que levará ainda algum tempo a concluir, sendo certo que apenas 10 cidades farão parte do lote final.
Serão formados 16 grupos de três seleções cada, com as duas primeiras classificadas a seguirem em frente para uma fase a eliminar, que se iniciará pelos 1/16 avos-de-final, seguindo-se os oitavos, quartos e meias-finais, até ao jogo decisivo. Portanto, e apesar do aumento de 50 por cento no número de equipas presentes na fase final, as formações que atingirem a final disputarão sete jogos, exatamente os mesmos que realizam no atual modelo da competição, que ainda se implementará em novembro e dezembro de 2022, no Mundial do Qatar.
https://www.dw.com/pt-002/fifa-aumenta-mundial-de-futebol-para-48-sele%C3%A7%C3%B5es/a-45612905

O sorteio da fase de qualificação do Campeonato da Europa de Sub-19 de 2018/19 da UEFA foi realizado, marcando o início da caminhada rumo à fase final, a disputar na Arménia.

Sorteio da fase de qualificação
Grupo 1 (14-20 de Novembro): Geórgia*, Israel, Azerbaijão, Liechtenstein
Grupo 2 (10-16 de Outubro): Itália, Dinamarca, Finlândia, Estónia*
Grupo 3 (14-20 Novembro): República Checa*, Croácia, ARJ Macedónia, Luxemburgo
Grupo 4( 14-20 Novembro): Suécia, Escócia, País de Gales*, San Marino
Grupo 5 (14-20 Novembro): Inglaterra, Turquia*, Islândia, Moldávia
Grupo 6 (14-20 Novembro): França, Bélgica, Lituânia, Malta*
Grupo 7 (10-16 de Outubro): Áustria, Hungri*a, Eslovénia, Kosovo
Grupo 8 (10-16 de Outubro): Ucrânia, Eslováquia, Noruega, Albânia*
Grupo 9 (14-20 Novembro): Sérvia, Polónia, Irlanda do Norte*, Cazaquistão
Grupo 10 (10-16 de Outubro): Holanda, República da Irlanda*, Bósnia e Herzegovina, Ilhas Faroé
Grupo 11 (13-19 de Novembro): Rússia, Montenegro, Chipre*, Letónia
Grupo 12 (10-16 de Outubro): Espanha, Suíça*, Bielorrússia, Andorra
Grupo 13 (14-20 Novembro): Grécia, Bulgária*, Roménia, Gibraltar

*Anfitriões

Apurados directamente para a ronda de elite: Portugal, Alemanha
Apurada directamente para a fase final: Arménia (anfitriã)

• Os dois primeiros de cada grupo juntam-se aos dois primeiros cabeças-de-série desta fase da prova, Portugal e Alemanha, na ronda de elite, a disputar na Primavera de 2019.
• Os vencedores dos sete grupos dessa ronda de elite juntar-se-ão à anfitriã Arménia na fase final, a disputar em Julho de 2019.
https://pt.uefa.com/under19/news/newsid=2524526.html?iv=true

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Ter Set 25, 2018 9:04 am

Dia 27 sai o resultado da votação para sede da Euro 2024, Alemanha x Turquia.
Não creio que a Turquia vença, seria até uma grande surpresa.

Começo de outubro já começam as convocações para a próxima rodada da Liga das Nações.
Portugal novamente faz apenas um jogo nessa rodada, ainda bem que ao menos em novembro ele faz jogos nas duas rodadas, não tem porque ficar perdendo tempo com amistoso.

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Qui Set 27, 2018 10:44 am

A Alemanha vai ser o pais anfitrião do Euro 2024. O Comité Executivo da UEFA decidiu-se pela organização germânica em detrimento da turca, e por essa via o Campeonato da Europa de 2024 será o quarto grande evento futebolístico em solo alemão, depois do Euro 1988, os Mundiais de 1974 e 2006 e o Mundial feminino de 2011.
O relatório do organismo que tutela o futebol europeu destacou o "bom nível" dos dez estádios propostos, "todos operacionais", e as três zonas previstas para adeptos, cada uma delas de fácil acessibilidade a pé ou através de transporte público.
Já a avaliação do projeto da Turquia incluía a palavra risco ao referir-se a infraestruturas, nomeadamente os prazos para a reconstrução e renovação de três dos dez estádios propostos e do plano de transportes tanto a nível nacional como local.
A capital Berlim, que será palco da final, é uma das dez cidades-sede, juntamente com Estugarda, Munique, Dortmund, Gelsenkirchen, Hamburgo, Dusseldorf, Colónia, Leipzig e Frankfurt.
https://www.dn.pt/desportos/interior/euro-2024-na-alemanha-9916608.html

O Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, anunciou hoje que a Alemanha vai receber a fase final do Campeonato da Europa de Futebol em 2024, numa cerimónia realizada na Casa do Futebol Europeu, em Nyon, na Suíça, perante representantes das duas federações.
Após as apresentações finais das candidaturas da Alemanha e da Turquia, o Comité Executivo da UEFA deliberou e votou para escolher o país anfitrião do UEFA EURO 2024, sob a supervisão de um notário independente.
Na votação, os 17 membros do Comité Executivo da UEFA com direito a voto escolheram a candidatura preferida.
O resultado da votação foi o seguinte:
Alemanha - 12 votos
Turquia - 4 votos
Nulos - 1 voto

Após o anúncio da candidatura vencedora, o Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, afirmou:
“Quero dar os parabéns às federações de futebol da Alemanha e da Turquia pelas excelentes candidaturas”.
"Estou ansioso por mais uma celebração do melhor do futebol da Europa em 2024. Tenho a certeza que a Alemanha será uma anfitriã fantástica e que teremos um torneio maravilhoso, dentro e fora de campo”.
O presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB), Reinhard Grindel, afirmou:

“Gostaria de agradecer ao Comité Executivo da UEFA pela confiança demonstrada. Estou plenamente consciente da responsabilidade e da importância desta competição para a UEFA. Amanhã vamos começar a fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para corresponder às grandes expectativas que depositaram em nós”.
https://pt.uefa.com/insideuefa/about-uefa/news/newsid=2573307.html


Última edição por Inumano83 em Qui Set 27, 2018 12:06 pm, editado 1 vez(es)

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Krypton em Qui Set 27, 2018 11:13 am

Boa escolha. E creio que a mais óbvia.

_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3348
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Qui Set 27, 2018 12:13 pm

A Uefa confirmou, na manhã desta quinta-feira, que adotará o uso do VAR em suas competições a partir de agosto da temporada 2019-20.
Em 2020, chegará à Eurocopa - que será disputada em 12 países. Depois disso, também aparecerá na Liga das Nações de 2021.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4804948/champions-league-tera-var-uefa-confirma-uso-do-arbitro-de-video-em-suas-competicoes-a-partir-de-2019

Grandes competições de seleções com organização da Alemanha:
Mundial 1974
Europeu 1988
Mundial 2006
Europeu 2024

Países que organizaram o Europeu mais que uma vez (sozinhos):
França
Itália
Alemanha
https://twitter.com/playmaker_PT/status/1045319324595089410

A Alemanha venceu a disputa para sediar a Eurocopa de 2024, vencendo a Turquia em votação do Comitê Executivo da entidade, em Nyon. O país, que recebeu a Copa do Mundo de 2006, voltará a sediar a Eurocopa, algo que aconteceu pela última vez em 1988. Entre os motivos que levaram os alemães a ganharam a concorrência foi a melhor infraestrutura do país, que já está pronta para a competição. Além disso, a Turquia vive uma crise econômica e o relatório sobre o país ainda levanta problemas com violações de direitos humanos.
O Comitê Executivo da Uefa, que elege a sede das competições, tem 17 membros. Destes, 12 votaram na Alemanha, 4 na Turquia e um voto foi considerado inválido. “Quero oferecer meus parabéns tanto às federações alemã quanto turca pelas suas excelentes candidaturas. Eu estou realmente ansiosos para outra celebração do melhor futebol de seleções da Europa em 2024 e eu sei que a Alemanha será uma sede fantástica e que nós veremos um torneio maravilhoso tanto dentro quanto fora do campo”, afirmou o presidente da Uefa, Aleksander Ceferin.
“Eu gostaria de agradecer ao Comitê Executivo da Uefa por sua confiança. Eu estou totalmente ciente da responsabilidade e do quanto este torneio representa para a Uefa. Amanhã nós iremos começar a fazer tudo que nós podemos para atender às altas expectativas que vocês têm conosco”, disse Reinhard Grindel, presidente da Federação de Futebol Alemão (DFB).
O estádio Olímpico de Berlim, palco da final da Copa do Mundo de 2006, também receberá a final da Eurocopa de 2024. O torneio, que tem 24 seleções, te, 51 jogos programados para uma disputa que demora até 32 dias, entre junho e julho. Além de Berlim, outras nove cidades serão sede da Eurocopa de 2024: Dortmund, Colônia, Düsseldorf, Frankfurt, Gelsenkirchen, Hamburgo, Leipzig, Munique e Stuttgart.
A Turquia perde pela quarta vez uma disputa para sediar a Eurocopa, nas cinco últimas disputas. Os turcos queriam comemorar o centenário da federação em 2024 sediando o seu primeiro torneio de grande importância. Os turcos acabaram perdendo a disputa para um gigante, econômica e politicamente, do continente. Ainda mais no futebol.
Além da política, o que pesou em favor da Alemanha foi a infraestrutura do país, já pronta. O relatório dos delegados da Uefa deu vantagem ao país da chanceler Angela Markel em capacidade hoteleira, estádios e transporte, que estão prontos e são de alta qualidade. O relatório sobre a candidatura turca falava em necessidade de melhora nos aeroportos, ferrovias, estradas e estádios.
As coisas ficam ainda mais complicadas porque a economia da Turquia vive uma situação difícil. O relatório sobre a Turquia ainda falava sobre um ponto muito ignorado, usualmente, por entidades como a Uefa e a Fifa, mas que o Fifagate de 2015 está ajudando a mudar: os direitos humanos. O país é governado por Recep Tayyip Erdogan, acusado de crimes humanitários. O relatório apontava problemas em relação a direitos humanos e, ao contrário da Fifa que ignorou esses relatórios em relação ao Catar, sede da Copa 2022, a Uefa, pressionada, levou isso em conta.
https://trivela.uol.com.br/alemanha-sede-eurocopa-2024/

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Qui Set 27, 2018 4:37 pm

@Krypton escreveu:Boa escolha. E creio que a mais óbvia.

Difícil fugir disso mesmo, o Erdogan só faz a instabilidade turca ser muito maior, então é até questão de bom senso mesmo.

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Seg Out 01, 2018 10:33 am

Um dos maiores ídolos da história do futebol russo, o goleiro Igor Akinfeev anunciou sua aposentadoria da seleção. O jogador do CSKA era o titular da meta russa desde 2005 e comunicou a decisão através da página oficial do clube.
- Cada história tem um começo e um final. Agora, minha história com a equipe nacional chega ao fim. Para mim foi uma honra ser o capitão da seleção como anfitriã de uma Copa do Mundo. Nunca poderia imaginar - disse o goleiro
https://www.lance.com.br/futebol-internacional/akinfeev-anuncia-aposentadoria-selecao-russa-foi-uma-honra.html

O meia Isco deixou o hospital nesta quarta-feira após passar por uma cirurgia de apendicite. Isco será desfalque no amistoso da Espanha com País de Gales e o duelo com a Inglaterra, pela Liga das Nações da Uefa.
https://esportes.r7.com/lance/futebol/isco-recebe-alta-apos-passar-por-cirurgia-de-apendicite-em-madri-26092018

A Copa do Mundo de 2018 rendeu frutos para a Inglaterra. O time chegou à semifinal, seu melhor resultado desde a Copa do Mundo de 1990, igualando o que fez aquele time com Paul Gascoigne e Gary Lineker. Antes disso, o melhor resultado é só a Copa de 1966, quando os ingleses levantaram a taça em casa. O técnico do time na Rússia, Gareth Southgate, ganhou a confiança dos dirigentes e renovou o seu contrato até 2022, para comandar, se tudo der certo para a seleção dos Três Leões, o time no Catar, em 2022.
https://trivela.uol.com.br/southgate-renova-selecao-inglesa-ate-2022-e-convoca-novidades-como-jadon-sancho-do-dortmund/

O técnico Fernando Santos divulgou nesta quinta-feira a segunda convocação de Portugal após a Copa do Mundo na Rússia, de olho nos duelos contra Polônia e Escócia, e novamente deixou Cristiano Ronaldo de fora da lista. Ausente na relação anterior, o astro fez um acordo com o treinador e a federação portuguesa para só voltar a defender a equipe em 2019.
O tema foi abordado logo na primeira pergunta da entrevista coletiva de Fernando Santos, que confirmou o que a imprensa portuguesa já vinha apontando: que CR7 também não será chamado para a última Data Fifa do ano, em novembro.
- Houve uma conversa tripla, com o jogador, o treinador e o presidente da federação. Concordamos que o jogador não estaria nestas duas convocações, nesta e na próxima, em novembro. Não vou dar detalhes. Simplesmente, após uma conversa entendemos que não seria possível convocar Cristiano Ronaldo. No futuro, nada impede que o Cristiano dê sua contribuição à Seleção - disse Fernando.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-portugues/noticia/novamente-sem-cristiano-ronaldo-fernando-santos-divulga-convocacao-de-portugal.ghtml

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Sab Out 06, 2018 12:23 pm

Liga A


Liga B


Liga C


Liga D

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Sab Out 06, 2018 1:24 pm

A Federação Grega de Futebol já ativou os mecanismos para convocar o guarda-redes germano-helénico Odysseias Vlachodimos.
Segundo a televisão Novasports, também com publicação online, a informação avançada por A BOLA de que as exibições do guardião no Benfica estavam a ser acompanhadas pela equipa técnica da Alemanha, levaram o selecionador da Grécia, Michael Skibbe, a agir.
Dirigentes da Federação helénica já foram informados da intenção do treinador e iniciaram de imediato os procedimentos para Vlachodimos poder jogar pela Grécia.
Tudo indica que possa ser já convocado para os jogos com a Finlândia e a Estónia, a 15 e 18 de novembro.
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/753101

Segundo apurou a ESPN, o volante Allan, de 27 anos, do Napoli, foi procurado pela FIGC (Federação Italiana de Futebol) para se naturalizar italiano e defender a seleção Azzurra.
O atual treinador da equipe, Roberto Mancini, é fã de seu futebol e quer contar com o brasileiro para o próximo ciclo da Copa do Mundo, visando evitar o vexame das eliminatórias para o Mundial de 2018.
O jogador, que ficou ausente dos últimos chamados de Tite no Brasil, avalia a possibilidade e não descarta seguir a mesma rota de Jorginho, ex-Napoli e hoje no Chelsea, que hoje defende a Itália.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4840194/allan-do-napoli-e-procurado-pela-italia-e-nao-descarta-naturalizacao-para-defender-a-selecao-azzurra

A ausência na Copa do Mundo da Rússia forçou a Itália a acelerar um processo de renovação em sua seleção. Mesmo assim, a princípio, Roberto Mancini decidiu apostar em um velho conhecido para a tentativa de retomada com um estilo de jogo mais competitivo, marca da Azzuri no período de maior sucesso. A prova disso é a convocação desta sexta-feira, quando o treinador chamou, por exemplo, Sebastian Giovinco.
Aos 31 anos, Giovinco foi nome esquecido pela Itália no ciclo para o Mundial de 2018. Atualmente no Toronto FC, da MLS (Liga dos Estados Unidos), o atacante não era convocado desde outubro de 2015, quando entrou em campo na vitória da Itália sobre a Noruega ainda pelas eliminatórias da Eurocopa de 2016, vencida por Portugal.
Em 111 jogos na MLS, o atacante soma nada menos do que 67 gols e 39 assistências.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4836078/mancini-chama-giovinco-e-deixa-balotelli-fora-de-convocacao-da-italia


Última edição por Inumano83 em Ter Out 09, 2018 2:50 pm, editado 2 vez(es)

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Dom Out 07, 2018 12:39 pm

Quinta (11/10)

15:45 Polônia x Portugal [TNT / TNT HD] [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Israel x Escócia [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Montenegro x Sérvia [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Lituânia x Romênia [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Ilhas Faroé x Azerbaijão [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Kosovo x Malta [EI Plus] (Liga das Nações)
16:45 Rússia x Suécia [EI Plus] (Liga das Nações)

Sexta (12/10)

15:45 Croácia x Inglaterra [TNT / TNT HD] [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Bélgica x Suíça [Space / Space HD] [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Áustria x Irlanda do Norte [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Estônia x Finlândia [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Grécia x Hungria [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Moldova x San Marino [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Belarus x Luxemburgo [EI Plus] (Liga das Nações)

Sábado (13/10)

10:00 Eslováquia x Tchéquia [EI Plus] (Liga das Nações)
13:00 Noruega x Eslovênia [EI Plus] (Liga das Nações)
13:00 Letônia x Cazaquistão [EI Plus] (Liga das Nações)
13:00 Geórgia x Andorra [EI Plus] (Liga das Nações)
13:00 Armênia x Gibraltar [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Países Baixos x Alemanha [TNT / TNT HD] [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Irlanda x Dinamarca [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Bulgária x Chipre [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Macedônia x Liechtenstein [EI Plus] (Liga das Nações)

Domingo (14/10)

10:00 Romênia x Sérvia [EI Plus] (Liga das Nações)
13:00 Rússia x Turquia [EI Plus] (Liga das Nações)
13:00 Azerbaijão x Malta [EI Plus] (Liga das Nações)
13:00 Ilhas Faroé x Kosovo [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Polônia x Itália [TNT / TNT HD] [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Israel x Albânia [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Lituânia x Montenegro [EI Plus] (Liga das Nações)

Segunda (15/10)

15:45 Espanha x Inglaterra [TNT / TNT HD] [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Islândia x Suíça [Space / Space HD] [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Bósnia Herzegovina x Irlanda do Norte [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Finlândia x Grécia [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Estônia x Hungria [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Luxemburgo x San Marino [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Belarus x Moldova [EI Plus] (Liga das Nações)

Terça (16/10)

11:00 Cazaquistão x Andorra [EI Plus] (Liga das Nações)
13:00 Armênia x Macedônia [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 França x Alemanha [TNT / TNT HD] [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Ucrânia x Tchéquia [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Irlanda x País de Galês [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Eslovênia x Chipre [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Noruega x Bulgária [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Letônia x Geórgia [EI Plus] (Liga das Nações)
15:45 Gibraltar x Liechtenstein [EI Plus] (Liga das Nações)

Quem quiser assistir pela internet:

http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://firstsrowsports.tv/
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Ter Out 09, 2018 2:51 pm

Os jogadores da seleção da Dinamarca dizem que estão sujeitos a "violentos ataques pessoais" após disputa contratual com a federação de futebol do país. A seleção dinamarquesa foi forçada a colocar em campo uma formação de jogadores amadores e até de futsal para um amistoso contra a Eslováquia no mês passado, após um colapso nas negociações dos direitos de imagem dos atletas.
Foi feito um acordo temporário com validade até setembro de 2024, que permite que os melhores jogadores estejam presentes na partida contra País de Gales, válido pela Liga das Nações da Uefa, neste próximo sábado, em Dublin.
Em uma carta aberta escrita em nome da equipe nacional e publicada nesta segunda-feira, três dos melhores jogadores da Dinamarca _ Christian Eriksen, Kasper Schmeichel e Simon Kjaer - dizem que eles lutaram por um acordo melhor em um momento em que a equipe "está sob pressão dos grandes clubes e suas competições".
Os jogadores também aproveitaram para elogiar os "1.000 jogadores" que se recusaram a jogar contra a Eslováquia. Sem seus principais atletas, a seleção dinamarquesa foi derrotada por 3 a 0 para os eslovacos, no dia 5 de setembro, fora de casa, em Trnava.
A Dinamarca joga com a Irlanda, sábado, pela Liga B do Grupo 4 da Liga das Nações. Os dinamarqueses somam três pontos e dividem a ponta da chave com os galeses, que estão em desvantagem nos critérios de desempate. Os irlandeses ainda não contabilizaram pontos.
Antes de viver esta crise recente, a seleção dinamarquesa esteve presente na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, onde foi eliminada pela Croácia, nos pênaltis, nas oitavas de final.
https://www.terra.com.br/esportes/futebol/apos-crise-interna-jogadores-da-dinamarca-se-dizem-sujeitos-a-ataques-pessoais,09e866a3e59d5ff3139ba2228273f72ewxrcx1dr.html

Michael Skibbe, selecionador da Grécia, abordou, em conferência de Imprensa, a possibilidade de a curto prazo poder convocar o guarda-redes do Benfica, Odysseas Vlachodimos. Segundo o responsável máximo da equipa nacional da Grécia, o guardião encarnado apenas não foi já chamado porque os responsáveis federativos gregos estão à espera de uma resposta das entidades da UEFA e da FIFA para se perceber se poderá ser realmente utilizado pela seleção grega.
«Falei com Odysseas Vlachodimos. Ele manifestou a sua vontade em jogar pela Grécia. Mas foi feita uma consulta à UEFA e à FIFA e teremos de esperar para ver o que eles vão dizer sobre esta matéria porque ele já jogou pela Alemanha», sublinhou Skibbe, ao mesmo tempo que fazia o lançamento dos próximos encontros da Liga das Nações contra a Hungria e a Finlândia.
Para as próximas partidas da Grécia os guarda-redes chamados foram Karnezis (Nápoles), Barkas (AEK) e Paschalakis (PAOK) mas há muito que tanto na Imprensa grega como em vários fóruns de adeptos daquele país que a convocação de Vlachodimos vem sendo reclamada. Ao ponto de o selecionador, o alemão Michael Skibbe, ter sido confrontado publicamente sobre o tema.
Vlachodimos, de 24 anos, nasceu na Alemanha mas tem dupla nacionalidade alemã e grega. Só que jogou pelas seleções jovens da Alemanha, incluindo os sub-21,  daí as dúvidas da federação grega sobre a possibilidade de poder ir à seleção sem restrições.
Recorde-se que o guardião encarnado já manifestou publicamente abertura para integrar a seleção helénica tendo em conta que as hipóteses para entrar na principal seleção alemã são reduzidas. Isto apesar de na Imprensa germânica já terem surgido ecos de que vários emblemas da Bundesliga estarão a seguir o guarda-redes com interesse.
https://www.abola.pt/nnh/Noticias/Ver/753582

Lista de amigáveis a disputar durante a Nations League

Terceira jornada
Quarta-feira, 10 de Outubro: Albânia - Jordânia, Itália - Ucrânia
Quinta-feira, 11 de Outubro: França - Islândia, Turquia - Bósnia e Herzegovina, País de Gales - Espanha

Quarta jornada
Domingo 14 de Outubro: Escócia - Portugal
Segunda-feira, 15 de Outubro: Croácia - Jordânia
Terça-feira, 16 de Outubro: Bélgica - Holanda, Dinamarca - Áustria, Suécia - Eslováquia

Quinta jornada
Quarta-feira, 14 de Novembro: Suíça - Qatar
Quinta-feira, 15 de Novembro: Inglaterra - Estados Unidos, Alemanha - Rússia, Polónia - República Checa, Irlanda - Irlanda do Norte
Por determinar: Israel - por anunciar

Sexta jornada
Domingo, 18 de Novembro: Espanha - Bósnia e Herzegovina
Terça-feira, 20 de Novembro: Albânia - Gales, França - Uruguai, Itália - Estados Unidos, Ucrânia - Turquia
Por determinar: Islândia - por anunciar
https://pt.uefa.com/uefanationsleague/news/newsid=2554866.html?iv=true

Calendário do futebol europeu em 2018

Outubro
8 a 16 de Outubro: fase de qualificação do Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA
14 de Outubro: sorteio do "play-off" do Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA
11 a 13 de Outubro: 3ª jornada da UEFA Nations League
14 a 16 de Outubro: 4ª jornada da UEFA Nations League

Novembro
12–20 de Novembro: "play-off" do Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA
15–17 de Novembro: 5ª jornada da UEFA Nations League
18–20 de Novembro: 6ª jornada da UEFA Nations League
22 de Novembro: Sorteio do "play-off" do UEFA EURO 2020

Dezembro
2 de Dezembro: sorteio da Qualificação Europeia para o UEFA EURO 2020, Dublin
3 de Dezembro: sorteio da fase final da UEFA Nations League
https://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=2528694.html


Última edição por Inumano83 em Qui Out 11, 2018 3:22 pm, editado 1 vez(es)

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Ter Out 09, 2018 6:51 pm

Noel Le Graet, presidente da Federação Francesa de Futebol abordou uma eventual chamada de Rabiot à seleção nacional. O médio do Paris Saint-Germain foi uma das ausências dos 23 convocados que se sagraram campeões do Mundo na Rússia e na altura deixou comentários de desagrado. «Não tem qualquer lógica desportiva», desabafou.
«Rabiot desrespeitou os colegas que vestem a camisola, mas não se pode punir um rapaz de 23 anos até aos 35. Vou querer saber qual é a opinião dele agora. Se ele me disser que não quer saber da seleção para nada, cada um segue a sua vida sem problema. Mas se quiser regressar e estiver disponível.. é o Didier Deschamps que decide», explicou em entrevista à Radio RTL.
Recorde-se que Rabiot, de 23 anos, já conta com seis internacionalizações pela seleção francesa, sendo que se estreou em novembro de 2016, num encontro amigável com a Costa do Marfim.
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/753743

A carreira de Benzema na seleção francesa sempre foi cercada de controvérsias. O presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF), Noël Le Graët, em entrevista ao jornal francês 'Ouest-France', fechou as portas para o atacante na seleção.
- A seleção francesa acabou para Benzema. Não tenho nada contra Karim, ele sempre se comportou bem na equipe, mas acredito que a seleção acabou para ele, especialmente porque tem estado fora de forma durante algum tempo - disse o presidente
Benzema se afastou ainda mais da seleção depois da acusação de ter chantageado o atacante Valbuena por conta de um vídeo íntimo, fato desmentido por Benzema, que acusou o ex-companheiro de seleção de ser "um grande mascarado". Graët disse que o caso já tem "três ou qatro anos" e que deveria ter sido julgado "mais rápido".
O fato é que Benzema não é convocado para a seleção francesa desde 2015. Em 2017, o treinador Didier Deschamps descartou a ideia de convocar o atacante e se manteve fiel a sua decisão.
- Não fiz uma análise sobre um indivíduo, mas sim sobre um grupo. O coletivo está sempre acima. Tomei a decisão porque acredito que é o melhor para a seleção. Decidi e assumo minha decisão - disse o treinador, ao 'Le Parisien', em 2017
https://www.lance.com.br/futebol-internacional/presidente-federacao-francesa-diz-selecao-acabou-para-benzema.html

A UEFA anunciou que vai aumentar os pagamentos para actual edição da UEFA Nations League, que começou em Setembro. Assim, haverá um aumento de 50 por cento em pagamentos de solidariedade aos 55 países que participam na competição.


Os vencedores de grupos nas Ligas A, B, C e D também são beneficiados, com cada um a receber um aumento de 50 por cento em bónus de desempenho.


A quantia máxima em pagamentos de solidariedade e bónus de desempenho para uma equipa na Liga A é de €4,5 milhões, seguindo-se €3 milhões para uma equipa da Liga B, €2,25 milhões para uma da Liga C e €1,5 milhões para uma da Liga D.
Os quatro vencedores de grupos na Liga A vão disputar o troféu da UEFA Nations League em Junho de 2019. Os seguintes aumentos em pagamentos de solidariedade para estas quatro equipas serão definidos à parte:


Isto significa que o vencedor da UEFA Nations League, terminada a fase final, receberá €10,5 milhões.
A UEFA Nations League, que começou em Setembro, foi criada após a UEFA receber reacções de federações, treinadores, jogadores e adeptos, que cada vez mais partilhavam da opinião que os jogos amigáveis não proporcionavam competitividade suficiente às selecções.
A decisão de aumentar os pagamentos de solidariedade e bónus de desempenho foi tomada pelo Comité Executivo da UEFA e tornada possível pela sólida situação financeira da UEFA. Isso deveu-se, em parte, ao facto de os valores ganhos com o UEFA EURO 2016 terem sido colocados de lado para investimentos futuros.
https://pt.uefa.com/insideuefa/about-uefa/news/newsid=2575940.html

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Qui Out 11, 2018 9:58 am

Ainda dando seus primeiros passos e buscando se consolidar no calendário do futebol, a jovem Liga das Nações da Uefa já protagoniza em sua primeira edição um confronto histórico para a Europa, que transcende sua importância esportiva.
Sérvia e Montenegro, que até 2006 formaram a mesma nação, se enfrentam nesta quinta (11), às 15h45 (de Brasília), pelo Grupo 4 da Liga C, em Podgorica, capital montenegrina. O duelo será o primeiro entre os países, integrantes da antiga Iugoslávia.
A Iugoslávia passou a ser composta por seis repúblicas comunistas depois da Segunda Guerra Mundial.
A união dessas repúblicas, contudo, não resistiu à queda do Muro de Berlim, marco da decadência do socialismo, e às crescentes tensões étnicas que motivaram os conflitos independentistas no início dos anos 1990.
Croácia, Eslovênia e Macedônia se declararam independentes em 1991. Um ano depois, foi a vez da Bósnia-Herzegovina. Em 2003, o que restou da Iugoslávia passou a adotar o nome das duas repúblicas restantes, Sérvia e Montenegro.
Em 21 de maio de 2006, porém, montenegrinos votaram em um referendo pela independência e 55,5% dos cidadãos (apenas 0,5% acima do índice necessário) decidiram pela separação, proclamada no dia 3 de junho, seis dias antes do início da Copa do Mundo da Alemanha, para a qual Sérvia e Montenegro estava classificada.
Apesar da independência de Montenegro às vésperas do torneio, a Fifa permitiu que os países atuassem sob a mesma bandeira no Mundial.
Havia grande expectativa em relação ao desempenho da seleção, com o novo nome, em uma grande competição, já que não havia se classificado para a Eurocopa de 2004.
Na Copa do Mundo, sérvios e montenegrinos caíram no duro Grupo C, com Argentina, Costa do Marfim e Holanda. Na estreia, derrota por 1x0 para os holandeses, gol de Arjen Robben.
O segundo jogo da equipe entraria para a história das Copas ao registrar o primeiro gol de Lionel Messi em Mundiais. A Argentina atropelou Sérvia e Montenegro por 6x0, em uma das grandes exibições coletivas daquele torneio.
A melancólica despedida do selecionado balcânico foi em derrota para a Costa do Marfim, por 3x2, no adeus de sérvios e montenegrinos unidos no mundo do futebol.
Treinador da Sérvia, Mladen Krstajic era zagueiro daquela seleção que foi à Alemanha, cujo elenco tinha um só jogador nascido em Montenegro: o goleiro Dragoslav Jevric.
Ao contrário dos processos de independência da Croácia e da Bósnia-Herzegovina, a separação entre sérvios e montenegrinos, que ao longo da história mantiveram boa relação, foi pacífica.
Até por isso, os treinadores de cada seleção ressaltam a importância do confronto desta quinta, mas falam em tom de respeito com relação ao adversário.
"Esse jogo começou a ser jogado desde o sorteio. Não há técnico que não queira vencer e é assim que vou me comportar, mas dentro dos limites esportivos", disse Ljubisa Tumbakovic, que é sérvio e treina a equipe de Montenegro.
"Esse jogo, a gente queira admitir ou não, é igualmente importante para nós e para os montenegrinos. É um encontro histórico, por conta de todos os desdobramentos políticos. No entanto, vamos nos ater apenas ao esporte. Queremos fazer o melhor", afirmou Krstajic.
Apesar de ter sido força secundária no esporte do bloco comunista, a Iugoslávia sempre foi elogiada pela capacidade técnica de seu futebol, ganhando até a alcunha de "brasileiros do Leste Europeu".
Os iugoslavos conquistaram um ouro olímpico, em 1960, e foram duas vezes vice-campeões da Eurocopa, 1960 e 1968. Em 1962, ficaram em quarto na Copa do Mundo do Chile.
Com o desmembramento da Iugoslávia, a maioria das nações independentes não conseguiu manter sua força futebolística –a exceção foi a Croácia, que em menos de 30 anos foi terceira colocada e vice-campeã mundial.
Sérvia e Montenegro têm sofrido nesse processo pós-independência. Os sérvios caíram na fase de grupos da Copa do Mundo em 2010 e 2018. Para 2014, no Brasil, nem se classificaram. A última Eurocopa que jogaram foi a de 2000, ainda como Iugoslávia.
Montenegro foi se filiar à Fifa somente em 2007, já com a fase classificatória para a Euro-2008 em andamento. Com alguns atletas talentosos, como os atacantes Mirko Vucinic, ex-Juventus e hoje aposentado, e Stevan Jovetic, atualmente no Monaco (FRA), a seleção nunca conseguiu classificação aos principais torneios internacionais.
No Grupo 4 da Liga C, Montenegro e Sérvia têm 4 pontos e estão empatados na liderança, separados por somente um gol de saldo –os montenegrinos têm 2, enquanto os sérvios têm 1.
Uma diferença bem menos expressiva do que as fronteiras que hoje os separam e os colocam como adversários na Liga das Nações.
https://www.folhape.com.br/esportes/mais-esportes/futebol/2018/10/10/NWS,84072,68,551,ESPORTES,2191-SERVIA-MONTENEGRO-ENFRENTAM-PELA-VEZ-FUTEBOL.aspx

Ponto de situação na Nations League: promoção, despromoção e corrida à fase final.

Ponto de situação de cada equipa
Albânia: C1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Israel (f), 17/11 Escócia(c)

Andorra: D1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Geórgia (f), 16/10 Cazaquistão (f), 15/11 Geórgia (c), 19/11 Letónia (c)

Arménia: D4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Gibraltar (c), 16/10 Macedónia (c), 16/11 Gibraltar (f), 19/11 Liechtenstein (f)

Áustria: B3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Irlanda do Norte (c), 15/11 Bósnia e Herzegovina (c), 18/11 Irlanda do Norte (c)

Azerbaijão: D3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Ilhas Faroé (f), 14/10 Malta (c), 17/11 Ilhas Faroé (c), 20/11 Kosovo (f)

Bielorrússia: D2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Luxemburgo (c), 15/10 Moldávia (c), 15/11 Luxemburgo (f), 18/11 San Marino (f)

Bélgica: A2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Suíça (c), 15/11 Islândia (c), 18/11 Suíça (f)

Bósnia e Herzegovina: B3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 15/10 Irlanda do Norte (c), 15/11 Áustria (f)

▪️ Se a Áustria não vencer a 12 de Outubro, a Bósnia e Herzegovina é promovida caso vença a Irlanda do Norte.

Bulgária: C3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Chipre (c), 16/10 Noruega (f), 16/11 Chipre (f), 19/11 Eslovénia (c)

Croácia: A4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Inglaterra (c), 15/11 Espanha (c), 18/11 Inglaterra (f)

Chipre: C3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Bulgária (f), 16/10 Eslovénia (f), 16/11 Bulgária (c), 19/11 Noruega (c)

República Checa: B1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Eslováquia (f), 16/10 Ucrânia (f), 19/11 Eslováquia (c)

Dinamarca: B4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Irlanda (f), 16/11 Gales (f), 19/11 Irlanda (c)

Inglaterra: A4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Croácia (f), 15/10 Espanha (f), 18/11 Croácia (c)

Estónia: C2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Finlândia (c), 15/10 Hungria (c), 15/11 Hungria (f), 18/11 Grécia (f)

Ilhas Faroé: D3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Azerbaijão (c), 14/10 Kosovo (c), 17/11 Azerbaijão (f), 20/11 Malta (f)

Finlândia: C2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Estónia (f), 15/10 Grécia (c), 15/11 Grécia (f), 18/11 Hungria (f)

França: A1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 16/10 Alemanha (c), 16/11 Holanda (f)

▪️ Se a Alemanha vencer a Holanda, o campeão mundial garante um lugar como finalista se vencer a equipa de Joachim Löw.

Macedónia: D4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Liechtenstein (c), 16/10 Arménia (f), 16/11 Liechtenstein (f), 19/11 Gibraltar (c)

Geórgia: D1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Andorra (c), 16/10 Letónia (f), 15/11 Andorra (f), 19/11 Cazaquistão(c)

Alemanha: A1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Holanda (f), 16/10 França (f), 19/11 Holanda (c)

▪️ Garante um lugar como finalista se vencer os dois jogos em Outubro.

Gibraltar: D4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Arménia (f), 16/10 Liechtenstein (c), 16/11 Arménia (c), 19/11 Macedónia (f)

Grécia: C2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Hungria (c), 15/10 Finlândia (f), 15/11 Finlândia (c), 18/11 Estónia (c)

Hungria: C2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Grécia (f), 15/10 Estónia (f), 15/11 Estónia (c), 18/11 Finlândia (c)

Islândia: A2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 15/10 Suíça (c), 15/11 Bélgica (f)

Israel: C1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Escócia (c), 14/10 Albânia (c), 20/11 Escócia (f)

▪️ É relegada se perder com a Escócia e não conseguir vencer a Albânia.

Itália: A3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Polónia (f), 17/11 Portugal (c)

Cazaquistão: D1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Letónia (f), 16/10 Andorra (c), 15/11 Letónia (c), 19/11 Geórgia (f)

Kosovo: D3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Malta (c), 14/10 Ilhas Faroé (f), 17/11 Malta (f), 20/11 Azerbaijão (c)

Letónia: D1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Cazaquistão (c), 16/10 Geórgia (c), 15/11 Cazaquistão (f), 19/11 Andorra (f)

Liechtenstein: D4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Macedónia (f), 16/10 Gibraltar (f), 16/11 Macedónia (c), 19/11 Arménia (c)

Lituânia: C4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Roménia (c), 14/10 Montenegro (c), 17/11 Roménia (f), 20/11 Sérvia (f)

Luxemburgo: D2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Bielorrússia (f), 15/10 San Marino (c), 15/11 Bielorrússia (c), 18/11 Moldávia (f)

Malta: D3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Kosovo (f), 14/10 Azerbaijão (f), 17/11 Kosovo (c), 20/11 Ilhas Faroé (c)

República da Moldávia: D2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 San Marino (c), 15/10 Bielorrússia (f), 15/11 San Marino (f), 18/11 Luxemburgo (c)

Montenegro: C4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Sérvia (c), 14/10 Lituânia (f), 17/11 Sérvia (f), 20/11 Roménia (c)

Holanda: A1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Alemanha (c), 16/11 França (c), 19/11 Alemanha (f)

Irlanda do Norte: B3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Áustria (f), 15/10 Bósnia e Herzegovina (f), 18/11 Áustria (c)

Noruega: C3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Eslovénia (c), 16/10 Bulgária (c), 16/11 Eslovénia (f), 19/11 Chipre (f)

Polónia: A3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Portugal (c), 14/10 Itália (c), 20/11 Portugal (f)

▪️ É relegada se perder os dois jogos em Outubro.

Portugal: A3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Polónia (f), 17/11 Itália (f), 20/11 Polónia (c)

▪️ Garante um lugar como finalista se vencer a Polónia e o jogo Polónia - Itália terminar empatado.

República da Irlanda: B4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Dinamarca (c), 16/10 Gales (c), 19/11 Dinamarca (f)

▪️ É relegada se perder com a Dinamarca e não conseguir vencer Gales.

Roménia: C4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Lituânia (f), 14/10 Sérvia (c), 17/11 Lituânia (c), 20/11 Montenegro (f)

Rússia: B2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Suécia (c), 14/10 Turquia (c), 20/11 Suécia (f)

▪️ É promovida se vencer os dois jogos em Outubro.

San Marino: D2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Moldávia (f), 15/10 Luxemburgo (f), 15/11 Moldávia(c), 18/11 Bielorrússia (c)

Escócia: C1 –posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Israel (f), 17/11 Albânia (f), 20/11 Israel (c)

Sérvia: C4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Montenegro (f), 14/10 Roménia (f), 17/11 Montenegro (c), 20/11 Lituânia (c)

Eslováquia: B1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 República Checa (c), 16/11 Ucrânia (c), 19/11 República Checa (f)

Eslovénia: C3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Noruega (f), 16/10 Chipre (c), 16/11 Noruega (c), 19/11 Bulgária (f)

Espanha: A4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 15/10 Inglaterra (c), 15/11 Croácia (f)

▪️ Se a Croácia não conseguir vencer a Inglaterra a 12 de Outubro, a Espanha garante um lugar como finalista se vencer a Inglaterra.

Suécia: B2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 11/10 Rússia (f), 17/11 Turquia (f), 20/11 Rússia (c)

Suíça: A2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Bélgica (f), 15/10 Suíça (c), 15/11 Bélgica (f)

Turquia: B2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Rússia (f), 17/11 Suécia (c)

Ucrânia: B1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 16/10 República Checa (c), 16/11 Eslováquia (f)

▪️ É promovida se a Eslováquia não conseguir vencer a República Checa e Ucrânia vencer depois os checos.

País de Gales: B4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 16/10 Irlanda (f), 16/11 Dinamarca (c)

O que significa tudo isto?
Finalistas (aplica-se a equipas da Liga A): os vencedores dos quatro grupos da Liga A seguem para o sorteio da fase final, que se realiza a 3 de Dezembro. Estas equipas também têm garantido, pelo menos, uma vaga no "play-off " caso não se qualifiquem para o UEFA EURO 2020 através da Qualificação Europeia.

Promovidos (aplica-se a equipas da Liga B, C e D): sobem de Liga para a próxima edição da UEFA Nations League. Estas equipas também têm garantido, pelo menos, uma vaga no "play-off " caso não se qualifiquem para o UEFA EURO 2020 através da Qualificação Europeia.

Relegados (aplica-se a equipas da Liga A, B e C): descem de Liga para a próxima edição da UEFA Nations League.
Fora da luta: já não podem ser promovidas ou relegadas mas a posição final de uma equipa no "ranking" global da UEFA Nations League determina o seu estatuto no sorteio da fase de qualificação do UEFA EURO 2020, a 2 de Dezembro. As equipas na Liga A serão classificadas do 1º ao 12º lugar (determinado pela sua posição num grupo, pontos somados, diferença de golos, golos marcados, etc.), com as equipas da Liga B a serem classificadas do 13º ao 24º lugar, e assim sucessivamente.
https://pt.uefa.com/uefanationsleague/news/newsid=2576036.html?iv=true

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Qui Out 11, 2018 10:13 am

Recomeça, nesta quinta-feira, dia 11 de Outubro, a mais nova competição entre seleções que a UEFA, a entidade que organiza o Futebol na Europa, criou para mobilizar as suas 55 afiliadas, as suas torcidas e, principalmente, os donos das verbas de patrocínio.A competição recebeu o nome de Nations League e aproveita as chamadas “Datas FIFA” com pelejas verdadeiramente oficiais e não apenas as caça-níqueis, sem um valor de fato comparativo. Além do equivalente a R$ 350 milhões em premiações, a NL, prevista para ocorrer a cada dois anos antes da Eurocopa de nações, ainda propiciará mais quatro possibilidades de qualificação à sua competição-matriz e, claro, acumulará pontos no ranking das representações do continente.
Interessantíssimo princípio: com base no ranking antigo, aquele fechado logo após a fase de grupos das recentes eliminatórias da Europa à Copa da Rússia/2018, a UEFA separou as 55 afiliadas em quatro divisões. Na A, claro, obviamente a das melhores, ficaram doze seleções. Na B, mais doze. Na C, outras quinze. Na D, as remanescentes dezesseis. Em cada grupo das divisões se definiram jogos de ida e de volta, a se travarem até 20 de Novembro. Os quatro vencedores de cada grupo, em cada Série, então se digladiarão, entre 5 e 9 de Junho de 2019, para a decisão do respectivo campeão e, da D até a B, ainda merecerão o acesso à categoria logo acima. Os quatro últimos de cada grupo, em cada Série, da A até a C, serão rebaixados.
Já se desenrolaram duas rodadas, ou quatro pugnas, em cada Série. Naquela, obviamente, mais importante, a das doze melhores no ranking, Série A, no seu total de oito porfias aconteceram 24 gols, a média muito boa de 3 por pugna. No departamento dos espectadores, estiveram nos campos exatas 353.486 pessoas, média ótima de 41.186. Eis a programação das próximas duas jornadas, previstas para acontecer deste dia 11 até a terça, 16 de Outubro.

GRUPO 1
Alemanha, França, Holanda
Classificação
FRA – (2j) 4pg, 2gp X 1gc
ALE – (1j) 1pg, 0gp X 0gc
HOL – (1j) 0pg, 1gp X 2gc

13/10
Holanda X Alemanha
Johan Cruyff Stadion, Amsterdam, 54.990 lugares
Reedição de um grande clássico do Século XX, em que a vitória é uma obrigação. Um empate, somado a um sucesso eventual dos gauleses, sobre os tedescos, no dia 16, garantirá o passaporte dos campeões do mundo.

16/10
França X Alemanha
Stade de Saint-Denis, Paris, 80.698 lugares
Na ida, mesmo em Munique, no lotadérrimo Allianz, a França várias vezes acuou a Alemanha, que agradeceu ao resgatado arqueiro Emanuel Neuer por não conceder o tento que significaria prematuramente o seu fim.

Cotejos restantes
16/11 Holanda X França
19/11 Alemanha X Holanda

GRUPO 2
Bélgica, Islândia, Suíça
Classificação
SUI – (1j) 3pg, 6gp X 0gc
BEL – (1j) 3pg, 3gp X 0gc
ISL – (2j) 0pg, 0gp X 9gc

12/10
Bélgica X Suíça
Stade Roi Baudoiun, Bruxelas, 50.093 lugares
Na jornada inicial, além de pegar a Islândia em viagem e num estádio praticamente de clube amador, a Bélgica desperdiçou chances suficientes para se igualar ao saldo de tentos que a Suíça obteve dentro de casa.

15/10
Islândia X Suíça
Laugardasvoellur, Reykjavyk, 15.000 lugares
Por mais simpatia que a Islândia suscite, será impossível, ao menos agora, que reedite a formidável performance que a levou à recente Copa da Rússia.

Cotejos restantes
15/11 Bélgica X Islândia
18/11 Suíça X Bélgica

Grupo 3
Itália, Polônia, Portugal
Classificação
POR – (1j) 3pg, 1gp X 0gc
POL – (1j) 1pg, 0gp X 0gc
ITA – (2j) 1pg, 1gp X 2gc

11/10
Polônia X Portugal
Stadion Slaski, Chorzov, 55.211 lugares
Depois de ceder o empate de 1 X 1, em Bologna, à frágil “Azzurra” de hoje, apenas aos 78’ e somente num penal, a Polônia batalha para suplantar os lusitanos de Cristiano Ronaldo e daí reforçar a sua liderança no dia 14.

14/10
Polônia X Itália
Stadion Slaski, Chorzov, 55.211 lugares
Não existe outra alternativa para uma das piores gerações da “Azzurra” desde o seu título mundial de 2006. Agora, se trata de vencer ou de se humilhar, amargamente, ridiculamente, numa insólita queda à Série B.

Cotejos restantes:
17/11 Itália X Portugal
20/11 Portugal X Polônia

Grupo 4
Croácia, Espanha, Inglaterra
Classificação
ESP – (2j) 6pg, 8gp X 1gc
ING – (1j) 0pg, 1gp X 2gc
CRO – (1j) 0pg, 0gp X 6gc

12/10
Croácia X Inglaterra
Stadion Rujevica, Rijeka, 8.729 lugares
Ainda de ressaca depois do histórico vice na Copa da Rússia, no seu retorno aos gramados, em Elche, na Espanha, a equipe de Luka Modric, escolhido como o craque do ano no universo do Futebol, sofreu um surra de antologia, absurdos 0 X 6. Necessita correr atrás da recuperação do prejuízo, dentro de casa, e diante dos ingleses, que também caíram, por 1 X 2, em Wembley.

15/10 Espanha X Inglaterra
Stádio Benito Villamarín, Sevilha, 60.720
Enorme a possibilidade de a “Fúria”, hoje sob o treinador Luís Enrique, ex-craque do Barcelona, sem sobressaltos antecipar a sua passagem à fase definitiva da competição. A Inglaterra, ao menos, ainda terá a chance de competir, em 18 de Novembro, pela sobrevivência na divisão de cima.

Cotejos restantes:
15/11 Croácia X Espanha
18/11 Inglaterra X Croácia
https://esportes.r7.com/prisma/silvio-lancellotti/mais-uma-semana-de-jogos-da-nova-nations-league-da-europa-2018-10102018

A Itália não vence há 5 jogos: pior registo desde 2014.
https://twitter.com/playmaker_PT/status/1050361463364349952

A Itália sofre golos há 8 jogos: pior registo da Squadra Azzurra desde 1959.
https://twitter.com/playmaker_PT/status/1050329480160522240

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Qui Out 11, 2018 5:37 pm

Boa vitória portuguesa, time esteve tocando muito e sem objetividade até levar o gol, mas após isso passou a tocar com objetividade e a finalizar mais, apesar de fazer 3 gols é incrível quantas oportunidades o time perdeu.
Infelizmente a defesa não tem sido confiável, mesmo com tantas mudanças no decorrer dos jogos o Fernando Santos ainda não encontrou o sistema defensivo ideal.
Agora jogo de verdade apenas em novembro, esse mês apenas um amistoso inútil como todos são.

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Qui Out 11, 2018 5:48 pm

Kuba faz história: cumpre a 103.ª internacionalização e passa a ser o mais internacional de sempre pela Polónia, ultrapassando Michal Zewlakow.
https://twitter.com/playmaker_PT/status/1050479654371504128

Apontado como favorito a suceder a Leonardo Jardim no comando do Mónaco, o francês Thierry Henry continua a desempenhar funções de adjunto de Roberto Martinez na seleção da Bélgica na partida desta sexta-feira, diante da Suíça.
«Posso garantir que ele [Henry] estará no banco e o que mais importa é preparar esta partida», referiu o selecionador da Bélgica, não querendo abordar se o seu adjunto manterá essa condição no jogo da próxima semana, com a Holanda.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/754054

Com a vitória na Polónia (2-3), Portugal reforçou o primeiro lugar do grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, decorridas apenas três jornadas. Os campeões europeus podem mesmo garantir a liderança em definitivo na próxima ronda, caso polacos e Itália voltem a empatar. Se assim acontecer, ambas as equipas - nesta altura com 1 ponto - poderão, no máximo fazer cinco pontos no grupo e nunca poderiam alcançar a formação das quinas.
Por outro lado, os pupilos de Fernando Santos garantiram a permanência na Liga A, pois de entre Itália e Polónia só uma pode ficar à frente de Portugal - desce o terceiro e último classificado do grupo.
Se a Seleção Nacional terminar no primeiro posto, classifica-se, juntamente com os vencedores dos outros três grupos da Liga A, para a fase final da competição, que se disputará em junho de 2019, com duas meias-finais, jogo de terceiro e quarto lugares e final. O país anfitrião, refira-se, será definido em dezembro de 2018.
http://www.record.pt/internacional/competicoes-de-selecoes/liga-das-nacoes/detalhe/portugal-ja-nao-desce-na-liga-das-nacoes-e-pode-garantir-o-1-lugar-na-proxima-ronda?ref=HP_DestaquesPrincipais

André Silva continua a galgar posições na lista dos melhores marcadores de sempre por Portugal. Aos 22 anos, cumpre diante da Polónia a 29.ª internacionalização e chegou aos 14 golos, subindo ao top'14.
http://www.record.pt/multimedia/fotogalerias/detalhe/andre-silva-29-internacionalizacoes-e-ja-em-posicao-de-destaque-na-lista-de-goleadores-portugueses?ref=HP_1BucketDestaquesPrincipais

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Qui Out 11, 2018 6:36 pm

Resultados finais Liga das Nações:

Polônia 2x3 Portugal
Israel 2x1 Escócia
Montenegro 0x2 Sérvia
Lituânia 1x2 Romênia
Ilhas Faroé 0x3 Azerbaijão
Kosovo 3x1 Malta
Rússia 0x0 Suécia

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Qui Out 11, 2018 7:51 pm

Lewandowski completou a 100.ª internacionalização pela Polónia - é o melhor marcador de sempre da seleção mas não marca há 5 jogos.
https://twitter.com/playmaker_PT/status/1050492491458367489

Ponto de situação na Nations League: promoção, despromoção e corrida à fase final

Ponto de situação de cada equipa
Albânia: C1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Israel (f), 17/11 Escócia(c)

Andorra: D1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Geórgia (f), 16/10 Cazaquistão (f), 15/11 Geórgia (c), 19/11 Letónia (c)

Arménia: D4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Gibraltar (c), 16/10 Macedónia (c), 16/11 Gibraltar (f), 19/11 Liechtenstein (f)

Áustria: B3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Irlanda do Norte (c), 15/11 Bósnia e Herzegovina (c), 18/11 Irlanda do Norte (c)

Azerbaijão: D3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Malta (c), 17/11 Ilhas Faroé (c), 20/11 Kosovo (f)

Bielorrússia: D2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Luxemburgo (c), 15/10 Moldávia (c), 15/11 Luxemburgo (f), 18/11 San Marino (f)

Bélgica: A2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Suíça (c), 15/11 Islândia (c), 18/11 Suíça (f)

Bósnia e Herzegovina: B3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 15/10 Irlanda do Norte (c), 15/11 Áustria (f)

▪️ Se a Áustria não vencer na sexta-feira, a Bósnia e Herzegovina é promovida caso vença a Irlanda do Norte.

Bulgária: C3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Chipre (c), 16/10 Noruega (f), 16/11 Chipre (f), 19/11 Eslovénia (c)

Croácia: A4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Inglaterra (c), 15/11 Espanha (c), 18/11 Inglaterra (f)

Chipre: C3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Bulgária (f), 16/10 Eslovénia (f), 16/11 Bulgária (c), 19/11 Noruega (c)

República Checa: B1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Eslováquia (f), 16/10 Ucrânia (f), 19/11 Eslováquia (c)

Dinamarca: B4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Irlanda (f), 16/11 Gales (f), 19/11 Irlanda (c)

Inglaterra: A4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Croácia (f), 15/10 Espanha (f), 18/11 Croácia (c)

Estónia: C2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Finlândia (c), 15/10 Hungria (c), 15/11 Hungria (f), 18/11 Grécia (f)

Ilhas Faroé: D3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Kosovo (c), 17/11 Azerbaijão (f), 20/11 Malta (f)

Finlândia: C2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Estónia (f), 15/10 Grécia (c), 15/11 Grécia (f), 18/11 Hungria (f)

França: A1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 16/10 Alemanha (c), 16/11 Holanda (f)

▪️ Se a Alemanha vencer a Holanda, o campeão mundial garante um lugar como finalista.

Macedónia: D4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Liechtenstein (c), 16/10 Arménia (f), 16/11 Liechtenstein (f), 19/11 Gibraltar (c)

Geórgia: D1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Andorra (c), 16/10 Letónia (f), 15/11 Andorra (f), 19/11 Cazaquistão(c)

Alemanha: A1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Holanda (f), 16/10 França (f), 19/11 Holanda (c)

▪️ Garante um lugar como finalista se vencer os dois jogos em Outubro.

Gibraltar: D4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Arménia (f), 16/10 Liechtenstein (c), 16/11 Arménia (c), 19/11 Macedónia (f)

Grécia: C2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Hungria (c), 15/10 Finlândia (f), 15/11 Finlândia (c), 18/11 Estónia (c)

Hungria: C2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Grécia (f), 15/10 Estónia (f), 15/11 Estónia (c), 18/11 Finlândia (c)

Islândia: A2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 15/10 Suíça (c), 15/11 Bélgica (f)

Israel: C1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Albânia (c), 20/11 Escócia (f)

▪️ É relegada se perder com a Escócia e não conseguir vencer a Albânia.

Itália: A3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Polónia (f), 17/11 Portugal (c)

▪️ Desce de divisão se perder no domingo.

Cazaquistão: D1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Letónia (f), 16/10 Andorra (c), 15/11 Letónia (c), 19/11 Geórgia (f)

Kosovo: D3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Ilhas Faroé (f), 17/11 Malta (f), 20/11 Azerbaijão (c)

Letónia: D1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Cazaquistão (c), 16/10 Geórgia (c), 15/11 Cazaquistão (f), 19/11 Andorra (f)

Liechtenstein: D4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Macedónia (f), 16/10 Gibraltar (f), 16/11 Macedónia (c), 19/11 Arménia (c)

Lituânia: C4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Montenegro (c), 17/11 Roménia (f), 20/11 Sérvia (f)

Luxemburgo: D2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Bielorrússia (f), 15/10 San Marino (c), 15/11 Bielorrússia (c), 18/11 Moldávia (f)

Malta: D3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Azerbaijão (f), 17/11 Kosovo (c), 20/11 Ilhas Faroé (c)

República da Moldávia: D2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 San Marino (c), 15/10 Bielorrússia (f), 15/11 San Marino (f), 18/11 Luxemburgo (c)

Montenegro: C4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Lituânia (f), 17/11 Sérvia (f), 20/11 Roménia (c)

Holanda: A1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Alemanha (c), 16/11 França (c), 19/11 Alemanha (f)

Irlanda do Norte: B3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Áustria (f), 15/10 Bósnia e Herzegovina (f), 18/11 Áustria (c)

Noruega: C3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Eslovénia (c), 16/10 Bulgária (c), 16/11 Eslovénia (f), 19/11 Chipre (f)

Polónia: A3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Itália (c), 20/11 Portugal (f)

▪️ É relegada se perder o jogo no domingo

Portugal: A3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 17/11 Itália (f), 20/11 Polónia (c)

▪️ Garante um lugar como finalista se o jogo Polónia - Itália terminar empatado.

República da Irlanda: B4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Dinamarca (c), 16/10 Gales (c), 19/11 Dinamarca (f)

▪️ É relegada se perder com a Dinamarca e não conseguir vencer Gales.

Roménia: C4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Sérvia (c), 17/11 Lituânia (c), 20/11 Montenegro (f)

Rússia: B2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Turquia (c), 20/11 Suécia (f)

San Marino: D2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Moldávia (f), 15/10 Luxemburgo (f), 15/11 Moldávia(c), 18/11 Bielorrússia (c)

Escócia: C1 –posição por confirmar
Jogos por disputar: 17/11 Albânia (f), 20/11 Israel (c)

Sérvia: C4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Roménia (f), 17/11 Montenegro (c), 20/11 Lituânia (c)

Eslováquia: B1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 República Checa (c), 16/11 Ucrânia (c), 19/11 República Checa (f)

Eslovénia: C3 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 13/10 Noruega (f), 16/10 Chipre (c), 16/11 Noruega (c), 19/11 Bulgária (f)

Espanha: A4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 15/10 Inglaterra (c), 15/11 Croácia (f)

▪️ Se a Croácia não conseguir vencer a Inglaterra na sexta-feira, a Espanha garante um lugar como finalista se vencer a Inglaterra.

Suécia: B2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 17/11 Turquia (f), 20/11 Rússia (c)

Suíça: A2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 12/10 Bélgica (f), 15/10 Suíça (c), 15/11 Bélgica (f)

Turquia: B2 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 14/10 Rússia (f), 17/11 Suécia (c)

Ucrânia: B1 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 16/10 República Checa (c), 16/11 Eslováquia (f)

▪️ É promovida se a Eslováquia não conseguir vencer a República Checa e Ucrânia vencer depois os checos.

País de Gales: B4 – posição por confirmar
Jogos por disputar: 16/10 Irlanda (f), 16/11 Dinamarca (c)

O que significa tudo isto?
Finalistas (aplica-se a equipas da Liga A): os vencedores dos quatro grupos da Liga A seguem para o sorteio da fase final, que se realiza a 3 de Dezembro. Estas equipas também têm garantido, pelo menos, uma vaga no "play-off " caso não se qualifiquem para o UEFA EURO 2020 através da Qualificação Europeia.

Promovidos (aplica-se a equipas da Liga B, C e D): sobem de Liga para a próxima edição da UEFA Nations League. Estas equipas também têm garantido, pelo menos, uma vaga no "play-off " caso não se qualifiquem para o UEFA EURO 2020 através da Qualificação Europeia.

Despromovidos (aplica-se a equipas da Liga A, B e C): descem de Liga para a próxima edição da UEFA Nations League.

Fora da luta: já não podem ser promovidas ou relegadas mas a posição final de uma equipa no "ranking" global da UEFA Nations League determina o seu estatuto no sorteio da fase de qualificação do UEFA EURO 2020, a 2 de Dezembro. As equipas na Liga A serão classificadas do 1º ao 12º lugar (determinado pela sua posição num grupo, pontos somados, diferença de golos, golos marcados, etc.), com as equipas da Liga B a serem classificadas do 13º ao 24º lugar, e assim sucessivamente.
https://pt.uefa.com/uefanationsleague/news/newsid=2576036.html

A Grécia espera poder convocar o guarda-redes Odysseas Vlachodimos para os jogos da Liga das Nações com a Finlândia e a Estónia, ambos em Atenas, a 15 e 18 de novembro, respetivamente. Os dirigentes federativos helénicos informaram a imprensa local de que esperam a carta do jogador do Benfica a manifestar interesse em representar a Grécia para desencadear todos os mecanismos burocráticos formais, isto porque, como se sabe, Vlachodimos representou a Alemanha nas seleções jovens, dos sub-15 aos sub-21.
A BOLA sabe que Vlachodimos, natural de Estugarda, vai agora informar a federação alemã da intenção de jogar pela pátria dos pais e redigir, nos próximos dias, o documento que depois enviará para Atenas. O selecionador da Grécia, Michael Skibbe, confirmou esta semana que já falou com Vlachodimos, depois de A BOLA ter dado conta desse contacto. Se tudo correr dentro do previsto, o guarda-redes do Benfica já jogará pelos gregos no próximo mês.
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/753993

Com apenas duas rondas de jogos por disputar, fazemos o ponto da situação da qualificação para o Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA de 2019, a decorrer em Itália e San Marino.

QUALIFICADOS: Itália (anfitriã), Espanha, Inglaterra França

A prova do próximo Verão vai ser a segunda edição a contar com 12 equipas. Os nove vencedores dos grupos garantem a qualificação automática ao lado da co-anfitriã Itália na fase final, sendo os quatro melhores segundos classificados (ou seja, os que apresentarem melhor registo frente a primeiro, terceiro e quinto do respectivo grupo) a passarem ao "play-off", disputado a duas mãos entre 12 e 20 de Novembro de 2018. Os vencedores dos dois embates completam o lote de finalistas.

GRUPO 1
A Grécia tem três pontos de vantagem, com dois jogos por disputar, o que significa que o encontro com a Croácia, segunda classificada, em Pula, na sexta-feira, deve determinar quem fica com o primeiro lugar.

Sexta-feira: Croácia - Grécia
Segunda-feira: San Marino - Croácia, República Checa - República da Moldávia, Grécia - Bielorrússia

GRUPO 2
A Espanha qualificou-se com três jogos por disputar e depois disso perdeu com a Irlanda do Norte, que depois derrotou e afastou a Islândia na quinta-feira para ficar em segundo, com mais um ponto que a Eslováquia, que joga na sexta-feira antes do decisivo encontro de terça-feira, em Belfast.

Sexta-feira: Eslováquia - Estónia
Terça-feira: Irlanda do Norte - Eslováquia, Islândia - Espanha, Estónia - Albânia

GRUPO 3
Dinamarca e Polónia lutam pelo primeiro lugar. Os dinamarqueses têm um ponto de vantagem, mas ainda vão receber os polacos em Aalborg.

Sexta-feira: Finlândia - Geórgia, Dinamarca - Polónia, Ilhas Faroé - Lituânia
Terça-feira: Finlândia - Lituânia, Polónia - Geórgia, Dinamarca - Ilhas Faroé

GRUPO 4
O triunfo da Inglaterra por 7-0 sobre Andorra na quinta-feira fez com que batesse o recorde de somar o sétimo triunfo segundo num EURO Sub-21. Escócia e Ucrânia são segundas com os mesmos pontos; a Holanda, com menos dois pontos, já não pode chegar ao "play-off".

Sexta-feira: Letónia - Holanda, Ucrânia - Escócia
Terça-feira: Escócia - Inglaterra, Holanda - Ucrânia, Andorra - Letónia

GRUPO 5
A campeã Alemanha está perto de assegurar que vai continuar a defender o título. Tem cinco pontos de vantagem sobre a Noruega (que pode ser segunda se ganhar na sexta-feira) e a República da Irlanda.

Sexta-feira: Alemanha - Noruega
Terça-feira: Israel - Kosovo, Noruega - Azerbaijão, Alemanha - República da Irlanda

GRUPO 6
A Bélgica tem vantagem, mas o encontro com a Suécia marcado para Kalmar, na terça-feira, promete grande animação. O líder do grupo sabe que só precisa de um empate fora graças à vantagem de três pontos. Em caso de derrota belga, os suecos, campeões em 2015, ficarão no primeiro lugar devido à vantagem no confronto directo, pois as duas equipas empataram em 1-1 em Louvain no ano passado.

Sexta-feira: Malta - Hungria
Terça-feira: Hungria - Turquia, Malta - Chipre, Suécia - Bélgica

GRUPO 7
A Sérvia ganhou os oito jogos e tem seis pontos de vantagem sobre a Áustria, pelo que só precisa de um empate num dos dois últimos jogos ou que os perseguidores percam pontos. Os dois primeiros vão medir forças em Novi Sad, na sexta-feira, isto depois de os sérvios terem ganho por 3-1 na Áustria no ano passado. A Rússia tem menos dois pontos do que os austríacos.

Sexta-feira: Rússia - ARJ Macedónia, Sérvia - Áustria
Terça-feira: Áustria - Rússia, Sérvia - Arménia, ARJ Macedónia - Gibraltar

GRUPO 8
É talvez o grupo mais equilibrado de todos.O triunfo de Portugal no Liechtenstein na terça-feira, deixou-o com mais um ponto que Roménia (que tem um jogo a menos, a disputar sexta-feira) e a Bósnia e Herzegovina. Duas vitórias garantem o apurmento da Roménia

Sexta-feira: Roménia - País de Gales
Terça-feira: País de Gales - Suíça, Portugal - Bósnia e Herzegovina, Roménia - Liechtenstein

GRUPO 9
A França qualificou-se há muito tempo, enquanto Eslovénia e Bulgária são as únicas equipas que ainda podem terminar no segundo posto.

Sexta-feira:: Eslovénia - Bulgária, Montenegro - Luxemburgo
Terça-feira: Montenegro - Cazaquistão, França - Eslovénia, Luxemburgo - Bulgária
https://pt.uefa.com/under21/news/newsid=2570599.html

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Sex Out 12, 2018 5:14 pm

Vlachodimos já decidiu que vai representar a seleção grega, quando a equipa técnica o decidir convocar. O guardião benfiquista, que atuou ao serviço da Alemanha até aos Sub-21, anunciou esta decisão após ter conhecimento que, a curto prazo, não fazia parte dos planos de joachim Löw.
A decisão foi anunciada durante esta sexta-feira, pelo que a partir de agora o selecionador helénico, Michael Skibbe, poderá contar com o guarda-redes na próxima convocatória que efetuar.
http://www.record.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/benfica/detalhe/vlachodimos-escolhe-representar-a-grecia?ref=HP_1BucketDestaquesPrincipais

Mesmo que o encontro da Liga das Nações com a Croácia seja à porta fechada, uma decisão que é pública há várias semanas, alguns adeptos ingleses não deixaram de rumar a Rijeka e viram o jogo da forma que poderá ver na imagem acima. Quando se gosta de futebol... dá nisto!

http://www.record.pt/multimedia/fotogalerias/detalhe/jogo-com-a-croacia-e-a-porta-fechada-mas-os-ingleses-contornaram-a-situacao?ref=HP_DestaquesPrincipais

Já haviam se passado 12 anos desde que Sérvia e Montenegro compartilharam seu último momento representativo juntos como um só país. O referendo votado pelos montenegrinos garantiu a independência de sua nação em 3 de junho de 2006. Entretanto, às vésperas da Copa do Mundo, o estado em desintegração ainda disputou o torneio como uma seleção. Fez um papel modestíssimo, com três derrotas nas três partidas do “grupo da morte” – contra Argentina, Holanda e Costa do Marfim. Despediu-se logo cedo e, desde então, os dois países seguiram seus próprios rumos, seja na política ou seja no esporte. A quinta-feira, no entanto, marcou o reencontro. Pela primeira vez, Sérvia e Montenegro se enfrentaram dentro de campo, em jogo válido pela Liga das Nações. Melhor aos sérvios, que venceram por 2 a 0 em Podgorica.
A separação de Sérvia e Montenegro aconteceu de maneira amistosa. Diferentemente de outras antigas repúblicas da Iugoslávia, não houve qualquer disputa sangrenta entre as nações. No referendo de 2006, 55,5% dos montenegrinos votaram pela independência, apenas 0,5% acima do mínimo estabelecido. O “sim” teve força principalmente em regiões fronteiriças com outros países e no sul de Montenegro, mais distante do território sérvio. E o jogo desta quinta guardou ares de saudosismo pela irmandade entre as populações.
Apesar dos temores sobre confrontos entre torcidas e do forte esquema de segurança montado, a atmosfera nas arquibancadas foi bastante amistosa. O hino sérvio terminou aplaudido pelos anfitriões e, juntas, as duas torcidas gritaram que “Kosovo é Sérvia”. Quando a bola rolou, ainda assim, ninguém queria perder e a Sérvia precisou lidar com as vaias vindas das tribunas. Aleksandr Mitrovic calou a massa ao abrir o placar aos 18 minutos, cobrando pênalti, e ampliou a diferença já no fim do segundo tempo. Inclusive, a contagem ficou barata diante da superioridade dos forasteiros, desperdiçando uma porção de chances.
A representatividade da Sérvia no futebol da Iugoslávia é amplamente conhecida, dos craques revelados aos sucessos de seus grandes clubes. Já Montenegro, uma república bem menos populosa e desenvolvida, sempre teve um papel de coadjuvante na modalidade – que merece ser esmiuçado.
Apenas dois clubes montenegrinos disputaram a primeira divisão do antigo Campeonato Iugoslavo, entre 1946 e 1992. O Buducnost Podgorica (na época, a capital era chamada de Titogrado) esteve presente em 26 temporadas, chegando a se classificar à extinta Copa Intertoto. Já o Sutjeska disputou a elite em nove edições. A partir das guerras de independência e do desmembramento do país, os montenegrinos foram mais frequentes na elite. De 1992 até a independência em 2006, sete agremiações participaram do Campeonato Sérvio-Montenegrino: Buducnost, Sutjeska, Zeta, Rudar, Mogren, Kom e Jedinstvo. O melhor desempenho foi do Zeta, terceiro colocado em 2004/05.
Na seleção, ao menos, os jogadores montenegrinos conseguiram ser bem mais notáveis. O primeiro a disputar uma Copa do Mundo foi Milovan Jaksic, conhecido como “El Grande Milovan”. Esteve presente no Mundial de 1930, quando uma disputa com os croatas concentrou o elenco entre os clubes sérvios. O goleiro se tornou um dos responsáveis pela vitória sobre o Brasil na fase de grupos, protagonizando os iugoslavos rumo à semifinal da competição. Atuou durante grande parte da carreira pelo BASK Belgrado e, depois de pendurar as luvas, chegou a ser dirigente do Estrela Vermelha.
De 1945 a 1992, a Iugoslávia teve 12 jogadores montenegrinos que disputaram dez ou mais jogos pela equipe nacional. O primeiro a despontar neste intervalo histórico foi Tomislav Crnkovic, de origem croata, mas que nasceu na cidade de Kotor. Considerado um dos melhores defensores de seu tempo, participou de duas Copas e do vice na Euro 1960. No Mundial de 1958, teve a companhia de Vasilije Sijakovic, também semifinalista em 1962. Já Branko Rasovic não disputou competições internacionais, mas fez parte do Partizan vice da Champions em 1966.
O grande expoente na década de 1970 foi Zoran Filipovic, atacante venerado no Estrela Vermelha. Foi artilheiro do Campeonato Iugoslavo e depois faria sucesso no Benfica, goleador da Copa da Uefa pelos encarnados em 1982/83. Faltou apenas representar a seleção em uma competição internacional. Seus contemporâneos, Ljubomir Radanovic e Zoran Simovic jogaram a Euro 1984 – o segundo, eleito o jogador iugoslavo do ano em 1984 e recebendo o prêmio de melhor jogador em atividade na Turquia em duas oportunidades, quando arrebentava no Galatasaray. De qualquer maneira, os anos áureos dos montenegrinos viriam na virada da década.
O primeiro a ascender foi o meio-campista Dragoljub Brnovic, que defendeu o Buducnost por longos anos e esteve presente na Copa de 1990. No Mundial da Itália, foi companheiro do melhor jogador montenegrino de todos os tempos: Dejan Savicevic. O meia, outra cria do Buducnost, tinha 23 anos na época da competição e havia perdido a temporada de 1988/89 por causa do serviço militar obrigatório. De qualquer forma, logo deslancharia no Estrela Vermelha, protagonista na conquista da Champions de 1991. Também destruiria no Milan campeão europeu de 1994, tornando-se a grande da seleção que disputou a Copa de 1998.
Outros quatro montenegrinos de nascimento compunham o elenco da Iugoslávia no Mundial da França: o goleiro Ivica Kralj, o lateral Zeljko Petrovic, o volante Branko Brnovic e o atacante Predrag Mijatovic. Branko, irmão mais jovem de Dragoljub, teve uma carreira longa no Espanyol. Já Mijatovic dispensa apresentações. Um dos melhores atacantes de sua época, explodiu na seleção sub-20 campeã mundial em 1987. Depois, faria sucesso no Valencia e, sobretudo, no Real Madrid, herói na conquista da Champions em 1998, com o gol que encerrou o jejum continental de 32 anos dos merengues. Já na Euro 200, o centroavante teria a companhia, além de Kralj, do zagueiro Nisa Saveljic. Já na Copa de 2006, o solitário representante montenegrino foi o goleiro Dragoslav Jevric.
Depois da independência, os antigos ídolos dos tempos de Iugoslávia continuaram ajudando Montenegro. Zoran Filipovic e Branko Brnovic chegaram a trabalhar como técnicos da seleção montenegrina. Savicevic foi treinador da Sérvia e Montenegro entre 2001 e 2003, antes de se tornar presidente da federação montenegrina em 2004, aos 37 anos. O craque advogou pela independência do país e se mantém no cargo até hoje, presente na tribuna de honra durante o duelo contra a Sérvia nesta quinta.
E se sérvios e montenegrinos tivessem se mantido unidos? Dava para imaginar uma seleção ainda mais competitiva. Stevan Jovetic e Stevan Savic seriam os principais nomes “cedidos” por Montenegro atualmente. De qualquer forma, para um país com pouco mais de 600 mil habitantes, a seleção local apresenta uma boa competitividade. Nas eliminatórias da Euro 2012, a equipe estrelada por Mirko Vucinic chegou a disputar a repescagem contra a República Tcheca, mas ficou pelo caminho. Também terminou em terceiro de sua chave nas três últimas edições das Eliminatórias da Copa. E não se duvida que a seleção ascenda em breve. O aumento das vagas nas competições internacionais pode providenciar o passo a mais.
https://trivela.com.br/a-amizade-prevaleceu-no-primeiro-jogo-entre-servia-e-montenegro-desde-a-separacao-dos-paises/

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Sex Out 12, 2018 5:42 pm

Resultados finais Liga das Nações:

Croácia 0x0 Inglaterra
Bélgica 2x1 Suíça
Áustria 1x0 Irlanda do Norte
Estônia 0x1 Finlândia
Grécia 1x0 Hungria
Moldova 2x0 San Marino
Belarus 1x0 Luxemburgo

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Sex Out 12, 2018 8:44 pm

Croácia depois do Mundial 2018:
2 empates
1 derrota
1 golo marcado
7 golos sofridos
https://twitter.com/playmaker_PT/status/1050852886438129664

Com os grupos a terminarem na segunda e terça-feira, fazemos o ponto da situação da qualificação para o Campeonato da Europa de Sub-21 da UEFA de 2019, a decorrer em Itália e San Marino.

QUALIFICADOS: Itália (anfitriã), Espanha, Inglaterra França, Sérvia, Alemanha (detentora do troféu)
Ainda podem ganhar o grupo: Croácia/Grécia, Dinamarca/Polónia, Bélgica/Suécia, Roménia/Portugal
Pode apenas atingir o play-off: Eslováquia/Irlanda do Norte, Ucrânia, Rússia/Áustria, Bósnia e Herzegovina, Eslovénia

Os nove vencedores dos grupos juntam-se automaticamente à co-anfitriã Itália na fase final, de 16–30 Junho.
Os quaatro melhores segundos classificados (ou seja, os que apresentarem melhor registo frente a primeiro, terceiro e quinto do respectivo grupo) rumam ao play-off.
Sorteio do "play-off": 12h00 de Portugal continental, 19 de Outubro.
Play-off: a duas mãos, 12–20 Novembro
Sorteio da fase final (12 equipas): 17h00, 23 de Novembro, Bolonha

GRUPO 1
A Croácia derrotou a Grécia por 2-0 na sexta-feira e está agora na frente no adversário no confronto directo, pelo que se apura se derrotar San Marino na segunda-feira.

Pode ainda ganhar o grupo: Croácia, Grécia

Principais jogos de segunda-feira: San Marino - Croácia,  Grécia - Bielorrússia

GRUPO 2
A Espanha qualificou-se com três jogos por disputar e depois disso perdeu com a Irlanda do Norte, que depois derrotou e afastou a Islândia na quinta-feira para ficar em segundo, antes da Eslováquia reclamar o lugar ao derrotar a Estónia, na sexta-feira. A Irlanda do Norte tem agora de ganhar terça-feira, em Belfast para ser segunda, sendo que o triunfo é também decisivo para a Eslováquia se quiser chegar ao play-off.

Apurado: Espanha
Pode chegar ao play-off: Irlanda do Norte, Eslováquia

Principal jogo de terça-feira: Irlanda do Norte - Eslováquia

GRUPO 3
A Dinamarca empatou 1-1 com a Polónia e ficou com o mesmo ponto de vantagem do adversário. A vitória contra as Ilhas Faroé em Aalborg, na terça-feira, apura a Dinamarca para a fase final .

Pode ainda ganhar o grupo: DInamarca, Polónia

Principais jogos de terça-feira: Polónia - Geórgia, Dinamarca - Ilhas Faroé

GRUPO 4
A vitória da Inglaterra por 7-0 ante Andorra, na quinta-feira, levou-a a bater o record de mais triunfos seguidos num EURO Sub-21, com sete. Na sexta-feira, a Ucrânia derrotou a Escócia por 3-1 e terminou o sonho dos visitantes de em ficarem com o segundo posto, pelo que precisam de ganhar na terça-feira para poder ainda chegar ao play-off. A Holanda está a dois pontos da Ucrânia e não pode chegar ao play-off mesmo que vença na terça-feira.

Apurado: Inglaterra
Pode ainda chegar ao play-off: Ucrânia

Principal jogo de terça-feira:Holanda - Ucrânia

GRUPO 5
A campeã em título Alemanha derrotou a Noruega 2-1 a sexta-feira e garantiu um lugar na fase final. A Noruega precisa de ganhar ao Azerbaijão na terça-feira para garantir o segundo posto, mas nenhuma delas ou quem as pode ultrapassar – República da Irlanda ou Kosovo – pode chegar ao play-off.

Apurado: Alemanha

GRUPO 6
A Bélgica tem vantagem, mas o encontro com a Suécia marcado para Kalmar, na terça-feira, promete grande animação. O líder do grupo sabe que só precisa de um empate fora graças à vantagem de três pontos. Em caso de derrota belga, os suecos, campeões em 2015, ficarão no primeiro lugar devido à vantagem no confronto directo, pois as duas equipas empataram em 1-1 em Louvain no ano passado.

Podem vencer o grupo: Bélgica, Suécia

Principal jogo de terça-feira: Suécia - Bélgica

GRUPO 7
O empate 0-0 da Sérvia com a Áustria, na sexta-feira, podem ter sido os primeiros pontos perdidos na qualificação, mas valeu ao mesmo tempo o primeiro posto e um lugar na fase final. A Rússia bateu a ARJ Macedónia e tem os mesmos pontos que a segunda, a Áustria. A Rússia precisa apenas de empatar na Áustria, na terça-feira, para ficar em segundo, pois ganhou o jogo em casa.

Apurado: Sérvia
Pode chegar ao play-off: Rússia, Áustria

Principal jogo de terça-feira: Áustria - Rússia

GRUPO 8
Portugal derrotou o Liechtenstein na quinta-feira e assumiu a liderança por pouco tempo, pois a Roménia derrotou Gales e tem dois pontos de avanço. Um empate na terça-feira valerá à Roménia o apuramento graças ao melhor registo no confronto directo sobre Portugal. A Bósnia e Herzegovina está um ponto atrás de Portugal e vão encontrar-se terça-feira.

Podem vencer o grupo: Roménia, Portugal
Pode chegar ao play-off: Bósnia e Herzegovina

Principais jogos de terça-feira: Portugal - Bósnia e Herzegovina, Roménia - Liechtenstein

GRUPO 9
A França, que é a única equipa ainda com registo 100 por cento vitorioso, apurou-se há muito. A Eslovénia empatou 1-1 com a Bulgária na sexta-feira e confirmou o segundo posto, apesar de ter de derrotar a França na terça-feira para poder ainda sonhar com o play-off.

Apurado: França
Pode chegar ao play-off: Eslovénia

Principal jogo de terça-feira: França - Eslovénia
https://pt.uefa.com/under21/news/newsid=2570599.html

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Inumano83 em Sab Out 13, 2018 3:05 pm

HISTÓRICO!!! Gibraltar conquista a 1.ª vitória (e também os primeiros pontos) numa competição oficial (3.ª participação) pela "seleção do rochedo"; é membro da FIFA desde Maio 2016.
https://twitter.com/playmaker_PT/status/1051169016268640256

Ainda não é ponto assente, mas está muito bem encaminhado e até já pode ficar definido este domingo: se Portugal ganhar o grupo C da Liga A da Liga das Nações, acolhe a final four da mais recente competição da UEFA.
Tudo porque os três países que apresentaram candidatura são precisamente os três do grupo de Portugal: Itália e Polónia também o fizeram. Portanto, e atendendo à classificação favorável, a probabilidade é grande para que a seleção portuguesa jogue em casa essa fase.
A mesma vai acontecer entre 5 e 9 de junho e terá quatro jogos: as meias-finais, a 5 e a 6, bem como a definição do terceiro lugar e a final, ambos no dia 9.
Ora, a UEFA tem estipulado que são dois os estádios necessários, que esses devem ter capacidade mínima para 30 mil espectadores e que os dois palcos não devem ter mais de 150 quilómetros de distância, o que, desde logo, afasta a possibilidade de ser escolhido um de Lisboa e outro do Porto.
Portanto, e atendendo também às condições dos estádios perante as exigências da UEFA, surgem as seguintes hipóteses: ou uma escolha da Luz e de Alvalade, ou uma opção mais a norte, com Dragão (por ser de maiores dimensões, para receber a final) a ter a companhia de Bessa, Braga ou Guimarães.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=232856

A notícia não é boa para Thomas Vermaelen, 32, e para o Barcelona. Aos 28 do segundo tempo do confronto da Bélgica com a Suíça, pela Liga das Nações, em uma disputa aparentemente inofensiva com um adversário, o jogador se machucou.
Nesta sexta-feira (12), na vitória belga por 2 a 1, ao dar um passo para trás, durante uma dividida, ele sentiu uma fisgada na coxa direita e teve de ser substituído imediatamente.
Ainda não há um diagnóstico preciso sobre a lesão, mas, caso seja de fato uma ruptura muscular, como acredita-se, o jogador pode ficar até três semanas fora de combate.
O semblante do jogador e da comissão médica belga não era nada animador, enquanto o jogador deixava o gramado.
Com isso, Vermaelen se aproxima de uma marca nada lisonjeira e pode chegar a 500 dias de afastamento por conta de lesões no Barcelona ainda nesta temporada, a julgar pelo ritmo com que o atleta vem se lesionando na temporada.
Na temporada 17-18, Vermaelen já esteve fora de combate por 102 dias. No mais longo período de afastamento, entre maio e junho, foram 38 dias, justamente por causa de uma lesão na coxa, mesmo problema da lesão desta sexta-feira.
Pelo clube catalão, o jogador já perdeu 421 dias devido às mais variadas lesões desde sua chegada ao time, em 2014. Se somados seus períodos de afastamento também pelo Ajax, Arsenal e Roma, já são 1172 dias de afastamento desde o início de sua carreira profissional, em 2007, na Holanda.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4862827/o-zagueiro-que-nao-sai-do-dm-belga-do-barcelona-se-machuca-na-selecao-e-caminha-para-500-dias-como-desfalque

Marek Hamsik tornou-se no jogador com mains internacionalizações pelos eslovacos, ao conseguir a 108.ª presença.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/754289

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5572
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Seleções Uefa - Euros, Ligas das Nações, Copas, eliminatórias, amistosos...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 21 de 23 Anterior  1 ... 12 ... 20, 21, 22, 23  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum