Futebol Europeu (Uefa)

Página 2 de 11 Anterior  1, 2, 3, ... 9, 10, 11  Seguinte

Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qui Ago 09, 2018 3:44 pm

besouro booster

Pior que jogaram bem o primeiro tempo, criaram muito mas finalizaram ridiculamente.
O time esta levendo muitos contra-ataques bestas, sem marcação no meio de campo.

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Krypton em Qui Ago 09, 2018 4:42 pm

Virada boa, hein.. O que ajudou o Cope foi a expulsão do zagueiro adversário.

_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3439
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qui Ago 09, 2018 5:08 pm

Ajudou muito. E pela pressão no segundo tempo poderia ter feito mais gols.
O primeiro foi lindo.

O azar do time foi ter pego no sorteio o vencedor de Hapoel Haifa x Atalanta e pelo que aparenta vai ser a Atalanta que vem muito bem atropelando na LE.

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Krypton em Qui Ago 09, 2018 5:11 pm

Passando dessa fase como funciona? Chaveamento desde as oitavas de final nesse play-off?

_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3439
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qui Ago 09, 2018 5:46 pm

@Krypton escreveu:Passando dessa fase como funciona? Chaveamento desde as oitavas de final nesse play-off?

Teve o sorteio do play-off na segunda, depois tem um sorteio para os grupos.

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qui Ago 09, 2018 6:17 pm

A troca de cultura entre jogadores brasileiros da base de Xerém e europeus pode estar evoluindo a equipe do STK Fluminense Samorin. Este choque faz com que os atletas cresçam dentro de campo. Nesta temporada, cinco jogadores da filial do Tricolor na Europa estão se entrosando e foram juntos responsáveis por todas as jogadas de gols do time. Os brasileiros Euller e Matheus Pato, e os eslovacos Roman Sabler, Lukáš Hruška e Marek Pittner, estão sendo chamados pela imprensa eslovaca de os Cinco Fantásticos de Samorin.
Marek Pittner
Cada um deles chegou a esta temporada. O lateral Marek Pittner, de 21 anos, não estendeu seu contrato com a equipe anterior e se juntou ao projeto do Fluminense na Europa.
Lukás Hruska
O extremo Lukáš Hruška, de 27 anos, esteve durante anos na primeira divisão eslovaca, mas uma lesão séria o levou a jogar em divisões inferiores.
Euller
O jogador, que após se destacar em uma Copa São Paulo, acabou perdendo espaço após uma lesão e entrou no Plano de Carreira de Xerém.
Roman Sabler
Foi o melhor marcador da Eslováquia nas categorias de base, mas no futebol profissional, ainda não conseguiu deslanchar. A nova temporada em Samorin pode dar oportunidades para o jogador.
Matheus Pato
Após se destacar e ser artilheiro do Brasileiro Sub-20 conquistado pelo Fluminense em 2015, o jogador acredita que pode voltar a balançar as redes e uma nova cha
https://www.terra.com.br/esportes/lance/com-diferenca-cultural-fluminense-samorin-busca-liga-europa,06a34564fdbcf8492b87d8d405906185yugrb0m6.html

Novo desafio na carreira de Domingos Quina em Inglatarra. O Watford confirmou esta quinta-feira a chegada do português ao clube, assinando um contrato de quatro temporadas, mais uma de opção.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228102

Com o Swansea desceu ao segundo escalão do futebol inglês, mas a sua carreira vai mesmo prosseguir na Premier League. Fede Fernández é reforço do Newcastle para as próximas duas temporadas.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228088

Luciano Vietto vai jogar na Premier League, ao serviço do Fulham, durante a próxima temporada.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228094

Dia de encerramento do mercado de transferências em Inglaterra e, como já vai sendo habitual, o defeso ficou marcado por negócios que envolveram muitos milhões de euros.
Apesar das várias movimentações, apenas uma transferência esta quinta-feira entra para o top de negócios mais caros: Yerry Mina, defesa que trocou o Barcelona pelo Everton de Marco Silva, custou aos toffes 30,25 milhões, que poderá render ainda aos catalães mais 1,5 milhões em objetivos.
O mercado fica sobretudo marcado pela contratação por parte do Chelsea do guarda-redes Kepa, que se tornou no guardião mais caro da história do futebol.
Eis a lista das 10 transferências mais caras do mercado em Inglaterra:
1.º Kepa Arrizabalaga (Athletic Bilbao - Chelsea): 80 milhões
2.º Riyad Mahrez (Leicester - Manchester City): 67,8 milhões
3.º Alisson (Roma - Liverpool): 62,5 milhões
4.º Naby Keita (Leipzig - Liverpool): 60 milhões
5.º Fred (Man. United): 59 milhões
6.º Jorginho (Nápoles - Chelsea): 57 milhões
7.º Fabinho (Mónaco - Liverpool): 45 milhões
8.º Richarlison (Watford - Everton): 39,2 milhões
9.º Felipe Anderson (Lazio - West Ham): 38 milhões
10.º Yerri Mina (Barcelona - Everton): 30,25 milhões
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/744276

Do gol ao ataque, dá para montar um elenco de respeito. Alisson, Ederson, Gabriel Jesus, Roberto Firmino, Fabinho, Willian, Fred, Felipe Anderson, Lucas Moura, Richarlison, David Luiz, Danilo, Fernandinho, Kenedy, Andreas Pereira, Bernardo, Léo Bonatini, Lucas Piazón, Bernard e Gomes. A lista é grande e histórica. A Premier League 2018/2019 começa com 20 brasileiros em 11 dos 20 clubes, número e representatividade recordes desde a criação do campeonato.
A temporada começa nesta sexta-feira, 10 de agosto, com o duelo entre Manchester United e Leicester.
A marca inédita só será confirmada no dia 31 de agosto, com o fechamento da janela de transferências da Europa. O período para aquisições na Inglaterra terminou nesta quinta-feira e nenhuma outra adição poderá ser feita pelos times, mas os atletas ainda podem ser negociados para fora do país.
Por enquanto, os 20 jogadores inscritos superam os 19 da temporada 2008/2009, recordista até então desde 1992/93, quando a Premier League foi criada. Vale lembrar que, neste levantamento, não contabilizamos os atletas que nasceram no Brasil, mas se naturalizaram, como Jorginho e Emerson Palmieri, ambos do atual elenco do Chelsea.

Atual campeão da Premier League, o Manchester City segue como o maior recinto brasileiro na Inglaterra. Além dos quatro campeões da última edição, que defenderam a Seleção na Copa, o time teria ainda Douglas Luiz, que voltou do empréstimo no Girona por pedido do técnico Pep Guardiola. Mas a Federação Inglesa negou o visto do jogador, que terá que ser novamente negociado. Titular da equipe, Gabriel Jesus vê o time mais visado.
- Acho que segue como favorito na questão de ser atual campeão. Não podemos colocar isso em campo, temos que esquecer a temporada passada e foca nessa. Os times se reforçaram, vai ser de novo difícil para todos, não só para nós. Lógico que os times virão jogar contra o atual campeão querendo dar mais, ganhar de qualquer jeito, e nós temos que fazer o que fizemos na temporada passada: lembrar das coisas boas e, as que não aconteceram, pegar de ensinamento, para não repetir. E fazer uma temporada melhor que a temporada passada.
Confira a evolução ano a ano dos brasileiros no gráfico abaixo:

O maior investimento em mão de obra brasileira, no entanto, foi feito pelo Liverpool. O time de Jurgen Klopp tornou Alisson o goleiro mais caro da história – posto que ele ocuparia por apenas 20 dias - e também abriu o bolso para tirar Fabinho do Mônaco. Os dois farão companhia a Roberto Firmino, destaque no ataque da última temporada.
- Estou muito ansioso pra que comece logo o campeonato. Espero que nossa equipe possa fazer o que fez na temporada passada ou melhor. Fabinho e Alisson vieram para somar. São dois excelentes jogadores. Estou muito felizes deles estarem aqui – disse Firmino.
No rival Everton, o país será representado por Richarlison. O ex-atacante do Fluminense foi comprado junto ao Watford por € 45 milhões a pedido do técnico português Marco Silva, que o comandou no início meteórico na Premier League – cinco gols nos 12 primeiros jogos. Uma boa relação que gera expectativa na torcida.
- Estou tranquilo. Sei da minha responsabilidade. Essa é mais uma etapa minha. Com certeza vou honrar a camisa do Everton. Vou jogar o futebol que joguei pelos clubes que passei e continuarei dando a vida. Vou buscar meus objetivos: chegar na seleção brasileira, jogar uma Champions League. Vou em busca deles.
Enquanto José Mourinho reclamou da falta de reforços do United, as portas se abriram para dois brasileiros. O primeiro, Fred, contratado junto ao Shakthar por € 55 milhões (R$ 240 milhões). O segundo, o meia belga naturalizado brasileiro Andreas Pereira, que pertence ao clube desde as categorias de base, mas que estava emprestado ao Valencia, da Espanha.
No Chelsea, velhos conhecidos da torcida buscam escrever uma nova página sob o comando do italiano Maurizio Sarri. Lucas Piazón, que estava emprestado ao Fulham, tenta enfim se firmar em Stamford Bridge; David Luiz, relegado por Antonio Conte, trabalha por espaço para voltar ao time titular; Willian, eleito na última temporada o melhor do time pelos próprios companheiros, tenta manter o status após ser o mais assediado na janela de transferências – duas propostas do Barcelona foram negadas pelos Blues.
- Sempre deixei bem claro que meu desejo era de permanecer no clube. Estou com a cabeça aqui e pretendo continuar no clube, a não ser que ele queira me vender. Mas minha cabeça está aqui.
No Tottenham, Lucas Moura terá a chance de disputar uma temporada completa após a estreia já na reta final da edição passada. Nos ditos clubes medianos, olho vivo em Felipe Anderson. O meia tornou-se a contratação mais cara da história do West Ham graças aos € 45 milhões pagos à Lazio.
A aposta do pioneiro
A Premier League começou em 1992 e passou a contar com brasileiros na temporada 1995/96. Isaías, Juninho Paulista e Branco foram desbravar a terra da Rainha. Deles, Juninho foi disparado o que teve mais sucesso. É até hoje o único jogador do país a ter sido eleito o melhor da temporada, um feito ainda maior se considerarmos que o Middlesbrough, time que ele defendia, foi rebaixado por após perda de pontos no tribunal.
Para o meia, a liga sempre teve uma boa estrutura, mas agora os clubes estão melhor preparados para receber e auxiliar na adaptação dos jogadores estrangeiros.
- Cheguei em 95, logo no começo, e os clubes não tinham uma estrutura e condições de trabalho que tem hoje. Mas já eram boas a adaptação ao frio, culinária, idioma, também difícil no começo. Mas a premier já tinha uma organização e uma estrutura excelentes. Para mim já era a melhor liga do mundo. Hoje continua sendo, só que com mais qualidade técnica por parte dos jogadores, clubes melhor estruturados, principalmente em ajudar adaptação de jogadores sul-americanos.
Dentre os 20 brasileiros inscritos até o momento, Juninho aposta que o Everton conta com o joga
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/campeonato-ingles-comeca-nesta-sexta-com-presenca-recorde-de-brasileiros.ghtml

Mesmo o Brasil tendo vários jovens talentosos espalhados pelo mundo, com potencial de crescimento e podendo participar de competições relacionadas à categoria de base, o país, infelizmente, não tem nenhum representante na seleção dos jogadores sub-20 mais caros do futebol atual, de acordo com o “Transfermarkt”, site especializado em analisar o mercado da bola.
A Europa tem amplo predomínio na seleção, são 10 europeus e apenas o meia-atacante jamaicano Leon Bailey, do Bayer Leverkusen, é o único fora do continente europeu.
A atual campeã mundial é o país com mais representantes. São quatro jogadores. O mais conhecido e mais valioso é Kylian Mbappé. O jovem custou ao cofre parisiense 150 milhões de euros.
Os outros franceses da seleção são: o zagueiro Dayot Upamecano (RB Leipzig). O defensor tem 21 anos e seu valor de mercado é 19 milhões de euros. O lateral esquerdo Theo Hernández (Real Madrid). Tem 20 anos, nasceu em Marselha. Entrou para as categorias de base do Atlético de Madrid, em 2008. O meia Houssem Aouar (Lyon) é o último representante francês da seleção dos mais valiosos.
O restante do time é formado pelo italiano – Gianluigi Donnarumma -, dois ingleses – Trent Alexander-Arnold e Marcus Rashord -, um holandês – Mathijs de Ligt -, um português – Renato Sanches e um alemão – Kai Havertz.
O valor total de todos os jogadores que compõe a seleção sub-20 é 493 milhões de euros ( R$ 2,1 bilhão).
Confira a seleção dos mais valiosos:
G – Gianluigi Donnarumma (ITA/Milan) – 40 milhões de euros
LD – Trent Alexander-Arnold (ING/Liverpool) – 25 milhões de euros
Z – Dayot Upamecano (FRA/RB Leipzig) – 19 milhões de euros
Z – Matthijs De Ligt (HOL/Ajax) – 40 milhões de euros
LE – Theo Hernández (FRA/Real Madrid) – 15 milhões de euros
MC – Renato Sanches (POR/Bayern de Munique) – 20 milhões de euros
MC – Houssem Aouar (FRA/Lyon) – 35 milhões de euros
MAD – Kylian Mbappé (FRA/Paris Saint-Germain) – 150 milhões de euros
MAC – Kai Havertz (ALE/Bayer Leverkusen) – 28 milhões de euros
MAE – Leon Bailey (JAM/ Bayer Leverkusen) – 35 milhões de euros
A – Marcus Rashford (ING/Manchester United) – 65 milhões de euros
https://www.torcedores.com/noticias/2018/08/1668056

Uma das jovens promessas do futebol turco, o zagueiro Caglar Söyüncü fechou com o Leicester no último dia da janela de transferências inglesa. Ele já fez os exames médicos e assinou um contrato de cinco temporadas com o clube.
https://www.torcedores.com/noticias/2018/08/leicester-soyuncu-cinco-temporadas

Um lance chamou atenção no empate de 1 a 1 entre Celtic e AEK nesta quarta-feira (8), em confronto válido pela 3ª fase eliminatória da Liga dos Campeões. Aos 8 minutos da etapa final, o meia Olivier Ntcham, do time escocês, pisou no spray do árbitro, que de forma despercebida havia caído no gramados um pouco antes, o resultado foi uma explosão de espuma nos seus pés.
https://www.torcedores.com/noticias/2018/08/celtic-spray-explode

Sérgio Conceição, apesar da expulsão na Supertaça, vai mesmo poder orientar o FC Porto na primeira jornada do campeonato, diante do Desportivo de Chaves.
O técnico vai pagar 536 euros devido ao comportamento incorreto face à equipa de arbitragem, estando, ainda assim, disponível para o primeiro jogo do campeonato nacional.
Refira-se ainda que o árbitro da partida, Luís Godinho, mereceu uma repreensão por parte do Conselho de Disciplina, não sendo o motivo explicado no relatório disciplinar.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228086

Todas as entradas na Premier League 2018/19: a lista oficial de reforços clube a clube.

Arsenal
Stephan Lichtsteiner (Juventus)
Bernd Leno (Bayer Leverkusen)
Sokratis Papastathopoulos (Dortmund)
Lucas Torreira (Sampdoria)
Matteo Guendouzi (Lorient)

Bournemouth
David Brooks (Sheff Utd)
Diego Rico (Leganes)
Jefferson Lerma (Levante)

Brighton
Leon Balogun (Mainz)
Joseph Tomlinson (Yeovil)
Florin Andone (Deportivo)
Jason Steele (Sunderland)
Bernardo Fernandes da Silva Junior (RB Leipzig)
Hugo Keto (Arsenal)
David Button (Fulham)
Yves Bissouma (Lille)
Percy Tau (Mamelodi Sundowns)
Alireza Jahanbakhsh (AZ Alkmaar)
Anders Dreyer (Esbjerg)
Billy Arce (Independiente Del Valle)
Leo Skiri Ostigard (Molde)
Peter Gwargis (Jonkopings Sodra IF)
Dan Burn (Wigan Athletic)
Martin Montoya (Valencia)

Burnley
Vinnie Steels (York City)
Ben Gibson (Middlesbrough)
Joe Hart (Man City)
Matej Vydra (Derby County)

Cardiff City
Josh Murphy (Norwich)
Greg Cunningham (Preston)
Alex Smithies (QPR)
Bobby Reid (Bristol City)
Victor Camarasa (Real Betis)
Harry Arter (AFC Bournemouth)

Chelsea
Jorginho (Nápoles)
Robert Green
Mateo Kovacic (Real Madrid)
Kepa Arrizabalaga (Athletic Bilbao)

Crystal Palace
Vicente Guaita (Getafe)
Cheikhou Kouyate (West Ham)
Max Meyer (Schalke)

Everton
Richarlison (Watford)
Lucas Digne (Barcelona)
Joao Virginia (Arsenal)
Bernard (Shakhtar Donetsk)
André Gomes (Barcelona)
Yerry Mina (Barcelona)

Fulham
Jean Michael Seri (Nice)
Maxime Le Marchand (Nice)
Fabricio Agosto Ramirez (Besiktas)
Andre Schurrle (Borussia Dortmund)
Aleksandar Mitrovic (Newcastle United)
Alfie Mawson (Swansea City)
Calum Chambers (Arsenal)
Sergio Rico (Sevilla)
Joe Ryan (Bristol City)
Luciano Vietto (Atletico Madrid)

Huddersfield
Ben Hamer (Leicester)
Terence Kongolo (Monaco)
Ramadan Sobhi (Stoke)
Juninho Bacuna (Groningen)
Jonas Lossl (Mainz) Undisclosed
Erik Durm (Borussia Dortmund)
Adama Diakhaby (Monaco)
Isaac Mbenza (Montpellier)

Leicester City
Ricardo Pereira (FC Porto)
Jonny Evans (West Brom)
James Maddison (Norwich)
Danny Ward (Liverpool)
Rachid Ghezzal (AS Monaco)
Filip Benkovic (Dinamo Zagreb)
Caglar Soyuncu (SC Freiburg)

Liverpool
Fabinho (Monaco)
Naby Keita (RB Leipzig)
Xherdan Shaqiri (Stoke City)
Alisson Becker (AS Roma)

Manchester City
Riyad Mahrez (Leicester)
Claudio Gomes (PSG)
Philippe Sandler (PEC Zwolle)
Daniel Arzani (Melbourne City)

Manchester United
Diogo Dalot (FC Porto)
Fred (Shakhtar)
Lee Grant (Stoke)

Newcastle
Martin Dubravka (Sparta Prague)
Ki Sung-yueng (Swansea)
Kenedy (Chelsea)
Fabian Schar (Deportivo La Coruna)
Yoshinori Muto (Mainz)
Salomon Rondon (West Brom)
Federico Fernandez (Swansea City)

Southampton
Stuart Armstrong (Celtic)
Mohamed Elyounoussi (Basel)
Angus Gunn (Man City)
Jannik Vestergaard (Borussia)

Tottenham
-

Watford
Ben Wilmot (Stevenage)
Gerard Deulofeu (Barcelona)
Marc Navarro (Espanyol)
Adam Masina (Bologna)
Ken Sema (Ostersunds)
Ben Foster (West Brom)
Domingos Quina (West Ham)

West Ham
Ryan Fredericks (Fulham)
Issa Diop (Toulouse)
Lukasz Fabianski (Swansea)
Jack Wilshere (Arsenal)
Andriy Yarmolenko (Dortmund)
Fabian Balbuena (Corinthians) Details
Felipe Anderson (Lazio) Details
Xande Silva (Vitoria de Guimarães)
Lucas Perez (Arsenal)
Carlos Sanchez (Fiorentina)

Wolverhampton
Benik Afobe (AFC Bournemouth)
Willy Boly (FC Porto)
Raul Jiménez (Benfica)
Rui Patrício (Sporting)
Leo Bonatini (Al-Hilal)
Ruben Vinagre (Monaco)
Paulo Alves (Liverpool)
João Moutinho (Monaco)
Jonny Castro Otto (Atletico Madrid)
Adama Traore (Middlesbrough)
John Kitolano (Odds Ballklubb)
Leander Dendoncker (Anderlecht)
http://www.record.pt/internacional/paises/inglaterra/detalhe/todas-as-entradas-na-premier-league-201819?ref=HP_DestaquesPrincipais

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qui Ago 09, 2018 6:37 pm

Resultados finais LE:

Ufa 2x1 Progrès
Spartaks Jūrmala 0x1 Sūduva
Alashkert 0x2 CFR Cluj
H. Haifa 1x4 Atalanta
Leipzig 3x1 Universitatea Craiova
Torpedo Kutaisi 5x2 Kukës
H. Beer-Sheva 2x2 APOEL
Sheriff 1x0 Valur
Ludogorets 1x0 Zrinjski
Apollon 4x0 Dinamo Brest
Trenčín 4x0 Feyenoord
Mariupol 1x3 Bordeaux
Sigma 2x0 Kairat
Sturm 0x2 AEK Larnaca
Dinamo Minsk 4x0 Zenit
Jagiellonia 0x1 Gent
CSKA-Sofia 1x2 København
Nordsjælland 1x2 Partizan
Olimpija Ljubljana 3x0 HJK
Beşiktaş 1x0 LASK
Olympiacos 4x0 Luzern
Vitesse 0x1 Basel
Genk 2x0 Lech
İstanbul Başakşehir 0x0 Burnley
Zorya 1x1 Braga
TNS 0x2 Midtjylland
Cork 0x2 Rosenborg
Spartak Subotica 0x2 Brøndby
Rangers 3x1 Maribor
Hajduk Split 0x0 FCSB
Hibernian 0x0 Molde
Sarpsborg 1x1 Rijeka
Legia 1x2 Dudelange
Slovan Bratislava 2x1 Rapid Wien
Sevilla 1x0 Žalgiris

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Krypton em Sex Ago 10, 2018 8:52 am

Os gols e a virada do meu querido Cope.

O gol de empate foi um golaço! Que tiro de fora da área!


_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3439
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Sex Ago 10, 2018 9:48 am

A poucos dias do início do Campeonato Francês, a competição ainda não teve seus direitos de transmissão negociados para o Brasil. Além do alto valor pedido pela beIN, a duração do contrato, de três anos, é um fator que assusta as emissoras.
Para que o acordo nestes moldes seja rentável, é importante que Neymar permaneça no PSG durante o período. Segundo o UOL Esporte, por João Henrique Marques, foi pensando nisso que enviados da Globo se reuniram, nas últimas semanas, com o estafe do jogador.
A conversa girou em torno do futuro dele, muito especulado no Real Madrid ao longo dos últimos meses. A emissora queria sentir se o jogador está disposto a cumprir seu contrato no PSG, mas saiu do encontro sem uma garantia de permanência por longo período.
https://www.esporteemidia.com/2018/08/campeonato-frances-segue-sem-tv-e-grupo.html

Além da Liga dos Campeões, o grupo Turner ainda afirmou que seguirá com os direitos do Campeonato Brasileiro para os próximos seis anos. A Liga das Nações, Eliminatórias da Copa na Europa e amistosos de seleções também serão transmitidos. TNT e Space assumirão parte da programação do Esporte Interativo no que foi chamado de canal "superstation", uma tradição nos EUA.
https://www.esporteemidia.com/2018/08/andre-henning-vitor-sergio-ale-oliveira.html

O Sturm Graz arrisca-se a ser alvo de uma pesadíssima sanção, depois de esta quinta-feira, durante o encontro com o AEK Larnaca, referente à 3.ª pré-eliminatória da Liga Europa, um adepto ter lançado um copo de cerveja na direção do árbitro assistente. O impacto foi de tal forma forte, que o juiz até ficou a sangrar da cabeça.
http://www.record.pt/multimedia/videos/detalhe/arbitro-fica-a-sangrar-apos-ser-atingido-com-copo-de-cerveja?ref=HP_BlocodeVideos

O Barcelona confirmou esta sexta-feira a hierarquia de capitães para a nova época, sendo que é Lionel Messi quem passa a envergar a braçadeira face à saída de Andrés Iniesta.
O segundo da hierarquia será Sergio Busquets, que era o terceiro, com Gerard Piqué a ser agora o terceiro da lista.
A hierarquia fica completa com Sergi Roberto, face à saída de Javier Mascherano.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228145

O Real Madrid comunicou, esta sexta-feira, que decidiu emprestar Theo Hernández à Real Sociedad por uma temporada, ou seja, até 2019.
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/744377

O Crystal Palace oficializou a chegada de Jordan Ayew, por empréstimo do Swansea, até ao final da temporada.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228114

No último dia do mercado de verão em Inglaterra, o Brighton contratou Martín Montoya, lateral direito que chega procedente do Valência.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228112

O Southampton anunciou a chegada de Danny Ings, por empréstimo do Liverpool, até ao final da época. No entanto, em julho de 2019, o avançado vai assinar a título definitivo pelos saints (contrato de três épocas), sendo que o Liverpool recebe 20 milhões de euros, mais 2,2 milhões de euros mediante o cumprimento de alguns objetivos.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228108

Marega fica, ponto final! A SAD do FC Porto não cedeu à pressão exercida pelo internacional maliano, que na antevéspera da final da Supertaça Cândido de Oliveira manifestou junto de Sérgio Conceição a vontade de sair para assinar pelo West Ham.
O avançado já estará conformado com o desenrolar dos acontecimentos e agora, para regressar ao plantel principal, terá de se retratar perante os companheiros e o treinador, com quem teve uma acesa discussão.
Pinto da Costa revelou que Marega tinha alinhavado as linhas mestras de um novo contrato, que lhe possibilitaria ganhar um ordenado substancialmente maior do que aufere atualmente, um prémio não apenas pela prorrogação do vínculo mas também como reconhecimento pelo trabalho que desenvolveu na época passada.
Marega, salvo qualquer mudança de planos de última hora, será baixa no jogo com o Chaves e abre-se a porta do regresso à equipa, mas apenas depois de fazer o ‘mea culpa’ no balneário - mostrando sinais de arrependimento -, reconquistar a confiança de Sérgio Conceição e entender que no clube os interesses coletivos estão sempre acima dos individuais. A renovação está no papel, mas falta a assinatura do maliano.
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/744321

O empresário do médio Stefano Sturaro confirmou que o jogador chegou, esta sexta-feira, a Lisboa para reforçar o Sporting por empréstimo da Juventus e que as palavras de Cristiano Ronaldo foram fundamentais na escolha do jogador.
«Sturaro chega a Lisboa esta manhã (sexta-feira). É um empréstimo sem opção. Depois de quase quatro anos na Juventus, ele precisa de crescer ainda um pouco mais e jogar significa tudo para ele», afirmou o empresário, em declarações ao «Tuttojuve».
O agente realçou a importância de Cristiano Ronaldo na decisão final do jogador.
«Ele poderia ter ido para Inglaterra ou Espanha, mas preferiu o Sporting. As palavras de Cristiano Ronaldo acerca do Sporting foram cruciais.»
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/744356

A janela de transferências segue fervendo na Europa. Tirando a Inglaterra, onde o mercado já chegou ao fim, em todas as outras grandes ligas ainda é possível que novos nomes surjam nas principais equipes do continente. Porém, o que já dá para dizer com toda certeza é que esse é o mercado dos goleiros.
Posição outrora desvalorizada, hoje os camisas 1 são totais protagonistas entre as transferências. Na atual janela, três das 20 maiores compras no futebol europeu são de goleiros, com destaque para Alisson, que trocou a Roma pelo Liverpool, além de Courtois, que foi para o Real Madrid e Kepa, que, ao trocar o Athletic Bilbao pelo Chelsea se tornou o goleiro mais caro da história.
Apesar desses três nomes terem sido os protagonistas, outros nomes importantes trocaram de equipe. Na Inglaterra, por exemplo, país que mais gastou na contratação de jogadores dessa posição, ainda chegaram nomes como o do alemão Bernd Leno, que trocou o Bayer Leverkusen pelo Arsenal, Rui Patrício, que foi para o Welverhampton e Danny Ward, novo goleiro do Leicester.
Ainda do Leicester, aliás, veio uma das explicações do que aconteceu com o mercado dos goleiros. Kasper Schmeichel, que brilhou na Copa do Mundo, acredita que Neymar é o "grande culpado" de tudo isso.
"Acho que, em geral, as transferências estão ridiculamente altas nesse momento. Mas esse é o mercado agora. Acho que o Neymar foi o pivô disso tudo. Os preços ficaram muito inflacionados e agora atingiram a todas as posições. Vimos isso com o Virgil van Dijk (zagueiro contratado pelo Liverpool por £75 milhões em janeiro) e agora com Alisson. Os valores do mercado realmente explodiram", comentou o goleiro em entrevista exclusiva aos canais ESPN.
Nas outras ligas, outros nomes importantes trocaram de time. O Real Madrid, além da contratação de Courtois, que deve ser titular absoluto, o ucraniano Andriy Lunin, de apenas 19 anos, chegou como uma aposta.
Na Itália, a Roma contratou o sueco Robin Olsen como substituto de Alisson. Para isso, pagou 8,5 milhões de euros. Já a Juventus, que perdeu o veterano Gianluigi Buffon para o Paris Saint-Germain, apostou em Mattia Perin, reserva da seleção italiana, que deixou o Genoa por 12 milhões. Outro que chegou ao país foi Alban Lafont, contratado pela Fiorentina junto ao Toulouse.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4626979/com-tres-entre-as-maiores-transferencias-da-janela-goleiros-se-tornam-protagonistas-do-mercado-europeu

Acredite se quiser: Manchester United e Manchester City não estão entre os 10 clubes que mais gastaram dinheiro para a disputa da temporada 2018/2019. E esse fato é tão raro que a última vez que aconteceu faz mais de uma década: 12 anos, para ser exato.
A temporada era a de 2006/2007, quando o Real Madrid liderou a lista de maiores gastões da bola, com 103 milhões de euros em despesas. Na época, as principais contratações do clube espanhol foram: Mahamadou Diarra, Fernando Gago, Émerson, Ruud van Nistelrooy, Gonzalo Higuaín, Fabio Cannavaro e... Marcelo, que segue no clube.

O Manchester United apareceria apenas na 16ª posição do ranking, atrás de clubes como West Ham (3º), Zenit (10º), Hamburgo (13º), Fiorentina (15º) e outros de menor expressão. O time inglês havia contratado apenas um jogador naquela temporada: Michael Carrick, que ficou nos Reds Devils até o final de maio deste ano, quando se aposentou.
O United entrou em campo na 1ª rodada da Premier League daquele ano com a seguinte formação: Edwin van der Sar; Gary Neville (Mikaël Silvestre); Rio Ferdinand, Wes Brown e Patrice Evra; John O´Shea, Paul Scholes e Ryan Giggs (Park Ji-Sung); Cristiano Ronaldo, Wayne Rooney e Louis Saha (Ole Gunnar Solskjær). Na ocaisão, vitória por 5 a 1 sobre o Fulham.
O Manchester City de 2006/2007 era muito diferente do atual. Com (muito) menos dinheiro em caixa, o "primo pobre" da cidade ficou apenas na 84ª colocação da lista geral. Com 7,50 milhões de euros, os Citizens contrataram Bernardo Corradi, Andreas Isaksson, Joe Hart (ele mesmo!) e Dietmar Hamann.
Comandado por Stuart Pearce, o City estreou no Inglês daquela temporada no dia 20 de agosto de 2006. E logo contra o Chelsea. No Stamford Bridge, vitória tranquila dos Blues por 3 a 0. Os Citizens foram a campo com: Nicky Weaver; Micah Richards, Ben Thatcher, Sylvain Distin e Richard Dunne; Ousmane Dabo (Darius Vassell), Claudio Reyna (Stephen Ireland), Joey Barton e Trevor Sinclair; Georgios Samaras (Paul Dickov) e Bernardo Corradi.
Hoje, se comparado com a temporada citada acima, é possível até dizer que os valores das negociações beiram a insanidade. 12 anos depois, o futebol mudou muito, e o dinheiro gasto com ele, também. No ranking atual, a Juventus é a líder, com 256,90 milhões de euros em despesas - lembrando que em 2006/2007 o Real desembolsou 103 milhões de euros, quase 153 milhões a menos que o clube italiano.

As principais contratações (em milhões de euros) da Vecchia Signora para a disputa desta temporada foram: Cristiano Ronaldo (117,00), João Cancelo (40,40), Douglas Costa (40,00), Leonardo Bonucci (35,00), Mattia Perin (12,00), Andrea Favilli (7,50) e Giangiacomo Magnani (5,00).
O Manchester United é exibido na lista na 14º colocação, com 82,70 milhões de euros gastos em negociações. Fred chegou por 59,00 milhões, Diogo Dalot por 22,00 milhões e Lee Grant por 1,70 milhão.
Já o City, muito mais rico que o de 12 anos trás, aparece na 21ª posição. A equipe de Guardiola, atual campeã da Premier League, comprou Riyad Mahrez por 67,80 milhões, Philippe Sandler por 2,50 milhões e Daniel Arzani por 890 mil.
Fonte: Transfermarkt.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4627290/city-e-united-ficam-fora-juntos-dos-10-mais-gastoes-do-mercado-da-bola-depois-de-12-anos

O mercado da bola presenciou mais uma transação histórica. Kepa se tornou o goleiro mais caro do futebol ao trocar o Athletic de Bilbao pelo Chelsea. A janela de transferências está recheada de movimentações de peso, como a de Cristiano Ronaldo (foto), Lemar, Mahrez, entre outras. Quais os mais caros por posição?
O time dos mais caros da janela de transferências é uma seleção. A Premier League é a responsável por seis das 11 transações mais caras deste supertime. Entre os clubes, Juventus e Chelsea empatam – cada tem dois dos mais caros deste mercado da bola.
​O esquema para montar o “time” foi o 4-3-3. Veja os mais caros por posição até aqui.

​Kepa
O goleiro espanhol superou Alisson, comprado pelo Liverpool por 62,5 milhões de euros (R$ 271 milhões), e se tornou o goleiro mais caro do mundo. O Chelsea pagou a multa rescisória de 80 milhões de euros (R$ 348 milhões).

João Cancelo
O lateral-direito português é o mais caro da atual janela de transferências. Para tirá-lo do Valencia, a Juventus pagou 40,4 milhões de euros (R$ 175 milhões).

Clément Lenglet
O Barcelona tirou o zagueiro francês do Sevilla por 35,9 milhões de euros (R$ 156 milhões). Lenglet se tornou o defensor mais caro da história do clube.

Yerry Mina
O Everton contratou o zagueiro colombiano junto ao Barcelona por 30,25 milhões de euros (R$ 131 milhões).

Yuri Berchiche
O lateral-esquerdo mais caro da janela de transferências é o espanhol Berchiche. Ele deixou o Paris Saint-Germain e foi para o Athletic de Bilbao. O valor da negociação foi de 24 milhões de euros (R$ 104 milhões).

Keita
A contratação mais cara para o meio-campo pertence ao Liverpool. Keita, ex-Leipzig, da Alemanha, custou 60 milhões de euros (R$ 261 milhões) aos ingleses.

Fred
O volante brasileiro aparece logo atrás. O Manchester United desembolsou 59 milhões de euros (R$ 256 milhões) para tirar Fred do Shakhtar Donetsk.

Jorginho
O volante brasileiro naturalizado italiano desembarca na Premier League. Jorginho trocou o Napoli pelo Chelsea, que pagou 57 milhões de euros (R$ 247 milhões) na transação.

Mahrez
Destaque nos últimos anos no Leicester, Mahrez agora defende o Manchester City. O time comandado por Guardiola pagou 67,8 milhões de euros (R$ 294 milhões) pela transferência.

Thomas Lemar
O atacante francês deixou o Monaco e rumou para o Atlético de Madrid. O clube espanhol pagou 70 milhões de euros (R$ 304 milhões) para contar com Lemar.

Cristiano Ronaldo
CR7 deixou o Real Madrid e foi para a Juventus, na principal negociação da atual janela de transferências até aqui. O negócio custou 117 milhões de euros (R$ 509 milhões) ao clube italiano.
https://www.lance.com.br/mais-que-um-jogo/kepa-cr7-mais-caros-por-posicao-janela-transferencias.html

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Seg Ago 13, 2018 8:28 am

O Barcelona venceu o Sevilla por 2 a 1 neste domingo, em jogo único realizado em Tânger, no Marrocos, e conquistou a Supercopa da Espanha pela 13ª vez na história - é o maior campeão do torneio. A Supercopa da Espanha foi o 33º título de Messi pelo Barcelona, o que o deixa isolado como maior campeão da história do clube. Ele e Iniesta estavam empatados com 32 cada, mas o antigo capitão foi para o Vissel Kobe, do Japão.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/jogo/12-08-2018/barcelona-sevilla.ghtml

O Sevilla, da Espanha, anunciou neste sábado que chegou a um acordo de empréstimo pelo atacante português André Silva, com o Milan, da Itália, por uma temporada (com opção de compra ao final do prazo, por cerca de € 38 milhões).
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-italiano/noticia/milan-acerta-o-emprestimo-do-atacante-portugues-andre-silva-para-o-sevilla.ghtml

O Valência anunciou este domingo o acordo com o Atlético Madrid para a contratação de Kévin Gameiro. O avançado de 31 anos vai trocar os colchoneros pela equipa che, faltando apenas a assinatura do francês no novo contrato com o Valência.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228297

Aos 21 anos, Thilo Kehrer vai deixar o futebol alemão para assinar pelo Paris SG.
O negócio foi confirmado pelo Schalke 04, em comunicado. O emblema alemão adiantou que faltam apenas os exames médicos para o anúncio oficial da transferência por parte do emblema francês.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228285

Slimani é reforço do Fenerbahçe, os turcos confirmaram a contratação do argelino, de 30 anos, por empréstimo de uma época Leicester', reforçando as opções para o ataque.
https://www.ojogo.pt/internacional/noticias/interior/slimani-e-reforco-do-fenerbahce-9708897.html

A edição impressa do JN noticia esta segunda-feira que Polícia Judiciária e Ministério Público estão a investigar o alegado aliciamento do Benfica a jogadores do Desportivo das Aves para vencerem o FC Porto.
Em causa está o pagamento de 10 mil euros a cada jogador do Aves para vencerem os dragões no jogo do Campeonato realizado a 8 de abril passado.
Segundo aquela fonte, a investigação partiu de uma denúncia anónima que visava em especial alguns ex-dirigentes do Desportivo das Aves.
As suspeitas levaram já as autoridades a efetuar buscas no Estádio da Luz e às instalações do Aves, bem como a vários dirigentes e jogadores.
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/744859

O Chelsea começou bem a sua caminhada na Premier League. Com a vitória sobre o Huddersfield por 3 a 0, o time assumiu a precoce liderança da tabela e sonha em voltar a ser campeão inglês, agora sob o comando de Maurizio Sarri. A fase só parece que não melhorou para Álvaro Morata, centroavante da equipe.
O espanhol, contratado a peso de ouro há pouco mais de um ano, pela exorbitante quantia de 66 milhões de euros, chegou como o sexto jogador mais caro daquela janela com a responsabilidade de substituir Diego Costa, que se desentendeu com o então técnico Antonio Conte.
Ele até começou bem, marcando seguidos gols nos primeiros jogos, mas a boa fase parou por aí. Tanto é que seu último gol pela Premier League foi ainda em 2017, no dia 26 de dezembro, na vitória do Chelsea sobre o Brighton por 2 a 0.
Somando a temporada passada com os dois jogos oficiais já disputados em 2018/2019, Morata soma 15 gols em 50 jogos pelo Chelsea, uma média de 0,33 gols por jogo. Eles foram divididos em 11 na Premier League, um na Champions League, dois na Copa da Inglaterra e um na Copa da Liga Inglesa.
Comparado com a média dele na carreira, até que não é tão abaixo, já que em seu último ano de Real Madrid ele marcou 20 gols. A diferença é que ele era reserva e costumava entrar apenas na etapa final de cada jogo.
Porém, como ele foi comprado por muito dinheiro, o que, na conversão atual significa R$ 291 milhões, cada um de seus gols pelo Chelsea custa R$ 1,9 milhão. Para "ajudar" um pouco o atacante, ele anotou também seis assistências.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4634824/artilheiro-que-nao-marca-cada-gol-de-morata-ate-agora-pelo-chelsea-custou-quase-r-2-milhoes

O Chelsea anunciou, por meio de nota oficial em seu site, o empréstimo do atacante belga Michy Batshuayi ao Valencia, da Espanha, em contrato válido por uma temporada.
https://www.gazetaesportiva.com/futebol/mercado/chelsea-acerta-emprestimo-de-batshuayi-ao-valencia/

Todas as transferências de Verão na Champions League

Transferências mais recentes
Kevin Gameiro (do Atlético para o Valência)
Michy Batshuayi (do Chelsea para o Valência, empréstimo)
Theo Hernández (do Real Madrid para a Real Sociedad, empréstimo)
Yerry Mina (do Barcelona para o Everton)
Nikola Kalinić (do Milan para o Atlético)

Por clube

Atlético (ESP)
Entradas: Nehuén Pérez (Argentinos Juniors), Rodri (Villarreal), Antonio Adán (Betis), Jonny Castro (Celta Vigo), Thomas Lemar (Mónaco), Santiago Arias (PSV), Nikola Kalinić (Milan)
Saídas: Fernando Torres (fim de contrato), Gabi (Al-Sadd), Axel Werner (Huesca, empréstimo), Emiliano Velázquez (Rayo Vallecano), Jonny Castro (Wolves, empréstimo), Šime Vrsaljko (Inter, empréstimo), André Moreira (Aston Villa, empréstimo), Luciano Vietto (Fulham, empréstimo), Kevin Gameiro (Valência)

Barcelona (ESP)
Entradas: Arthur (Grêmio), Clément Lenglet (Sevilha), Malcom (Bordéus), Arturo Vidal (Bayern)
Saídas: Gerard Deulofeu (Watford), Andrés Iniesta (Vissel Kobe), Paulinho (Guangzhou Evergrande, empréstimo), Douglas (Sivasspor, empréstimo), Adrián Ortolá (Deportivo, empréstimo), Lucas Digne (Everton), Aleix Vidal (Sevilha), Yerry Mina (Everton), André Gomes (Everton, empréstimo)

Bayern (GER)
Entradas: Leon Goretzka (Schalke), Alphonso Davies (Vancouver, a partir de 1 de Janeiro de 2019)
Saídas: Tom Starke (retirado), Niklas Dorsch (Heidenheim), Douglas Costa (Juventus, contratado após empréstimo), Arturo Vidal (Barcelona)

Club Brugge (BEL)
Entradas: Karlo Letica (Hajduk Split), Siebe Schrijvers (Genk), Clinton Mata (Charleroi), Mats Rits (Mechelen), Luan Peres (Ituano), Arnaut Groeneveld (NEC Nijmegen ), Matej Mitrović ( Beşiktaş, contratado após empréstimo)
Saídas: Jérémy Perbet (Charleroi), Jens Teunckens (Royal Antuérpia), Jordi Vanlerberghe (Oostende, empréstimo), Alexander Scholz (Midtjylland)

CSKA Moscovo (RUS)
Entradas: Rodrigo Becão (Bahia, empréstimo), Hördur Magnússon (Bristol City), Jaka Bijol (Rudar Velenje), lzat Akhmetov (Rubin), Abel Hernández (sem clube)
Saídas: Pontus Wernbloom (fim de contrato), Georgi Milanov (fim de contrato), Bibras Natcho (fim de contrato), Sergei Ignashevich (retirado), Aleksei Berezutski (retirado), Vasili Berezutski (retirado), Aleksandr Golovin (Mónaco), Vitinho (Flamengo)

Dortmund (GER)
Entradas: Marius Wolf (Eintracht Frankfurt), Marwin Hitz (Augsburgo), Thomas Delaney (Bremen), Abdou Diallo (Mainz) Achraf Hakimi (Real Madrid, empréstimo), Axel Witsel (Quanjian)
Saídas: Mikel Merino (Newcastle United), Dominik Reimann (Kiel), Roman Weidenfeller (retirado), Gonzalo Castro (Estugarda), Sokratis Papastathopoulos (Arsenal), Erik Durm (Huddersfield Town), André Schürrle (Fulham, empréstimo), Andriy Yarmolenko (West Ham)

Galatasaray (TUR)
Entradas: Muğdat Çelik (Akhisarspor), Yuto Nagatomo (Inter, contratado após empréstimo), Henry Onyekuru (Everton, empréstimo)
Saídas: Luis Cavanda (Standard Liège, contratado após empréstimo), Cédric Carrasso (fim de contrato), Eray İşcan (fim de contrato), Koray Günter (fim de contrato), Iasmin Latovlevici (fim de contrato), Yasin Öztekin (fim de contrato), Hakan Balta (fim de contrato), Endoğan Adili (fim de contrato)

Hoffenheim (GER)
Entradas: Leonardo Bittencourt (Colónia), Ishak Belfodil (Standard Liège), Joshua Brenet (PSV), Vincenzo Grifo (Mönchengladbach), Kasim Nuhu (Young Boys)
Saídas: Eugen Polanski (desconhecido), Mark Uth (Schalke), Benedikt Gimber (Ingolstadt), In-hyeok Park (Daejeon), Philipp Ochs (Aalborg, empréstimo)

Inter (ITA)
Entradas: Radja Nainggolan (Roma), Stefan de Vrij (Lazio), Kwadwo Asamoah (Juventus), Lautaro Martínez (Racing Avellaneda), Matteo Politano (Sassuolo), Šime Vrsaljko (Atlético, empréstimo)
Saídas: Davide Santon (Roma), Yuto Nagatomo (Galatasaray, contratado após empréstimo), Geoffrey Kondogbia (Valência, contratado após empréstimo), Nicolò Zaniolo (Roma), Éder (Jiangsu Suning, Jens Odgaard (Sassuolo), Davide Bettella (Atalanta)

Juventus (ITA)
Entradas: Douglas Costa (Bayern Munique, contratado após empréstimo), Mattia Perin (Génova), Emre Can (Liverpool), João Cancelo (Valência), Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Leonardo Bonucci (Milan)
Saídas: Gianluigi Buffon (Paris), Stephan Lichtsteiner (Arsenal), Kwadwo Asamoah (Internazionale), Alberto Cerri (Cagliari, empréstimo), Alberto Brignoli (Palermo), Mattia Caldara (Milan), Gonzalo Higuaín (Milan, empréstimo), Marko Pjaca (Fiorentina, empréstimo), Andrea Favilli (Génova, empréstimo), Stefano Sturaro (Sporting CP, empréstimo)

Liverpool (ENG)
Entradas: Fabinho (Mónaco), Xherdan Shaqiri (Stoke City), Alisson Becker (Roma)
Saídas: Ovie Ejaria (Rangers, empréstimo), Emre Can (Juventus), John Flanagan (fim de contrato), Ádám Bogdán (Hibernian, empréstimo), Danny Ward (Leicester City), Taiwo Awoniyi (Gent, empréstimo), Allan (Eintracht Frankfurt, empréstimo), Ben Woodburn (Sheffield United, empréstimo), Danny Ings (Southampton, empréstimo)

Lokomotiv Moscovo (RUS)
Entradas: Rifat Zhemaletdinov (Rubin), Brian Idowu (Amkar Perm), Éder (LOSC Lille), Grzegorz Krychowiak (Paris, empréstimo), Benedikt Höwedes (Schalke), Fedor Smolov (Krasnodar)
Saídas: Nemanja Pejčinović (fim de contrato), Alan Kasaev (Baltika, empréstimo)

Lyon (FRA)
Entradas: Léo Dubois (Nantes), Reo Griffiths (Tottenham Hotspur)
Saídas: Willem Geubbels (Mónaco), Romain Del Castillo (Rennes), Mouctar Diakhaby (Valência), Jean-Philippe Mateta (Mainz), Aldo Kalulu (Basileia), Sergi Darder (Espanyol), Elisha Owusu ( FC Sochaux-Montbéliard )

Manchester City (ENG)
Entradas: Riyad Mahrez (Leicester), Claudio Gomes (Paris), Philippe Sandler (PEC Zwolle), Daniel Arzani (Melbourne City)
Saídas: Yaya Touré (fim de contrato), Pablo Maffeo (Estugarda), Angeliño (PSV), Olarenwaju Kayode (Shakhtar Donetsk, contratado após empréstimo), Pablo Marí (Deportivo La Coruña, empréstimo), Anthony Cáceres (Melbourne City, empréstimo), Kean Bryan (Sheffield United), Tosin Adarabioyo (West Bromwich Albion, empréstimo), Joe Hart (Burnley)

Manchester United (ENG)
Entradas: Fred (Shakhtar), Diogo Dalot (Porto), Lee Grant (Stoke City)
Saídas: Michael Carrick (retirado), Sam Johnstone (West Brom); Daley Blind (Ajax), Cameron Borthwick-Jackson (Scunthorpe, empréstimo), Joel Pereira (Vitória FC, empréstimo), Axel Tuanzebe (Aston Villa, empréstimo), Timothy Fosu-Mensah (Fulham, empréstimo)

Mónaco (FRA)
Entradas: Samuel Grandsir (Troyes), Willem Geubbels (Lyon), Wilson Isidor (Rennes), Sofiane Diop (Rennes), Robert Navarro (Barcelona), Pelé (Rio Ave), Jonathan Panzo (Chelsea), Ronaël Pierre-Gabriel (St-Étienne), Antonio Barreca (Torino), Aleksandr Golovin (CSKA Moscovo), Jean-Eudes Aholou (Estrasburgo)
Saídas: Fabinho (Liverpool), Terence Kongolo (Huddersfield), Souahilo Meité (Torino), Adama Diakhaby (Huddersfield Town), João Moutinho (Wolves), Adrien Bongiovanni (Cercle Brugge), Thomas Lemar (Atlético), Soualiho Meïté (Torino), Rachid Ghezzal (Leicester), Boschilia (Nantes, empréstimo)

Nápoles (ITA)
Entradas: Simone Verdi (Bolonha), Fabián Ruíz (Betis), Alex Meret (Udinese), Orestis Karnezis (Udinese), Vinícius Morais (Real SC), Amato Ciciretti (Benevento), Kévin Malcuit (LOSC Lille)
Saídas: Pepe Reina (Milan), Emanuele Giaccherini (Chievo), Jorginho (Chelsea), Gennaro Tutino (Carpi, loan), Zinédine Machach (Carpi, empréstimo), Roberto Insigne (Benevento, empréstimo), Amato Ciciretti (Parma, empréstimo)

Paris Saint-Germain (FRA)
Entradas: Gianluigi Buffon (Juventus)
Saídas: Thiago Motta (retirado), Odsonne Edouard (Celtic), Javier Pastore (Roma), Yuri Berchiche (Athletic Club), Jonathan Ikoné (LOSC Lille), Lorenzo Callegari (Génova), Grzegorz Krychowiak (Lokomotiv Moscovo, empréstimo)

Plzeň (CZE)
Entradas: Luděk Pernica (Jablonec), Ubong Ekpai (Zlín), Roman Procházka (Levski Sofia), Pavel Bucha (sem clube)
Saídas: Andreas Ivanschitz (fim de contrato), Diego Živulić (fim de contrato), Václav Pilař (Sigma Olomouc), Miloš Kratochvíl (Jablonec), Marek Bakoš (Spartak Trnava)

Porto (POR)
Entradas: João Pedro (Palmeiras), Saidy Janko (St-Étienne), Ewerton (Portimonense), Chancel Mbemba (Newcastle United), Marius Mouandilmadji (Cotonsport), Éder Militão (São Paulo)
Saídas: Ricardo Pereira (Leicester City), Iván Marcano (Roma), Diogo Dalot (Man. United), Miguel Layún (Villarreal), Gonçalo Paciência (Eintracht Frankfurt)

Real Madrid (ESP)
Entradas: Vinícius Júnior (Flamengo), Andriy Lunin (Zorya Luhansk), Álvaro Odriozola (Real Sociedad), Thibaut Courtois (Chelsea)
Saídas: Omar Mascarell (Schalke), Cristiano Ronaldo (Juventus), Achraf Hakimi (Dortmund, empréstimo), Mateo Kovačić (Chelsea, empréstimo), Theo Hernández (Real Sociedad, empréstimo)

Roma (ITA)
Entradas: Iván Marcano (Porto), Ante Ćorić (Dinamo Zagreb), Bryan Cristante (Atalanta), Justin Kluivert (Ajax), Antonio Mirante (Bolonha), Davide Santon (Internazionale), Javier Pastore (Paris), William Bianda (Lens), Nicolò Zaniolo (Internazionale), Daniel Fuzato (Palmeiras), Robin Olsen (Copenhaga)
Saídas: Radja Nainggolan (Internazionale), Marco Tumminello (Atalanta), Arturo Calabresi (Bolonha), Lukasz Skorupski (Bolonha), Bruno Peres (São Paulo, empréstimo), Alisson Becker (Liverpool), Gerson (Fiorentina, empréstimo), Grégoire Defrel (Sampdória, empréstimo), Leandro Castán (fim de contrato)

Schalke (GER)
Entradas: Suat Serdar (Mainz), Salif Sané (Hannover), Steven Skrzybski (Union Berlim), Mark Uth (Hoffenheim), Omar Mascarell (Real Madrid)
Saídas: Leon Goretzka (Bayern), Max Meyer (Crystal Palace), Pablo Insua (Huesca, empréstimo), Coke (Levante), Benedikt Höwedes (Lokomotiv Moscovo)

Shakhtar (UKR)
Entradas: Olarenwaju Kayode (Manchester City, contratado após empréstimo), Fernando Pedro (Palmeiras), Oleksiy Shevchenko (Karpaty Lviv), Maycon (Corinthians), Júnior Moraes (Dynamo Kiev), Marquinhos Cipriano (São Paulo)
Saídas: Fred (Man. United), Bernard (fim de contrato), Facundo Ferreyra (Benfica), Darijo Srna (Cagliari), Ruslan Fomin (Mariupol), Ivan Petryak (Ferencváros, empréstimo), Dodo (Vitória SC, empréstimo), Gustavo Blanco Leschuk (Málaga, empréstimo)

Tottenham (ENG)
Entradas: nenhuma
Saídas: Keanan Bennetts (Mönchengladbach), Anton Walkes (Portsmouth), Reo Griffiths (Olympique Lyonnais)

Valência (ESP)
Entradas: Uroš Račić (Estrela Vermelha), Geoffrey Kondogbia (Inter, contratado após empréstimo), Mouctar Diakhaby (Lyon), Daniel Wass (Celta), Cristiano Piccini (Sporting), Michy Batshuayi (Chelsea, empréstimo), Kevin Gameiro (Atlético)
Saídas: João Cancelo (Juventus), Nacho Vidal (Osasuna), Nemanja Maksimović (Getafe), Zakaria Bakkali (Anderlecht), Nani (Sporting), Martín Montoya (Brighton), Álvaro Medrán (Rayo Vallecano, empréstimo)

*Esta lista não é exaustiva. Nem todas as transferências envolvendo jogadores dos escalões de formação ou equipa de reservas estão incluídas.
https://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2562976.html?iv=true

Todas as transferências nas equipas da Europa League

Destaques
Kepa Arrizabalaga chega ao Chelsea vindo do Athletic Club
Thibaut Courtois deixa Chelsea, Mateo Kovačić chega aos "blues" por empréstimo
Milan contrata Mattia Caldara e Gonzalo Higuaín
Milan Badelj e Joaquín Correa rumam à Lázio
Jorginho deixa Nápoles e assina pelo Chelsea

Por clube

Akhisarspor (TUR)
Entradas: Josué Pesqueira (livre), Avdija Vršajević (Osmanlıspor), Elvis Manu (Gençlerbirliği), Güray Vural (Kayserispor)
Saídas: Orhan Tasdelen (Adana Demirspor), Muğdat Çelik (Galatasaray), Soner Aydoğdu (İstanbul Başakşehir), Olcan Adın (fim de contrato), Alperen Babacan (Denizlispor, empréstimo), Safa Ali Memnun (Kahramanmaraşspor, empréstimo)

Anderlecht (BEL)
Entradas: Zakaria Bakkali (Valência), Ivan Santini (Caen), Landry Dimata (Wolfsburgo, empréstimo), Ognjen Vranješ (AEK), Thomas Didillon (Metz), Kenneth Saief (Gent, transferência após empréstimo), Elias Cobbaut (Mechelen), Yevhenii Makarenko (Kortrijk), Kristal Abazaj (Luftëtar), Luka Adžić (Estrela Vermelha), Antonio Milić (Oostende), Knowledge Musona (Oostende)
Saídas: Stéphane Badji (Bursaspor, transferência após empréstimo), Aaron Leya Iseka (Toulouse), Wout Faes (Oostende), Idrissa Doumbia (Akhmat Grozny), Uroš Spajić (Krasnodar), Jorn Vancamp (Beerschot), Silvère Ganvoula (Bochum, empréstimo), Trezeguet (Kasımpaşa, transferência após empréstimo), Alexandru Chipciu (Sparta Praga, empréstimo), Olivier Deschacht (fim de contrato), Dylan Lambrecth (fim de contrato)

Arsenal (ENG)
Entradas: Stephan Lichtsteiner (Juventus), Bernd Leno (Leverkusen), Sokratis Papastathopoulos (Dortmund), Lucas Torreira (Sampdoria), Matteo Guendouzi (Lorient)
Saídas: Per Mertesacker (retirado), Santi Cazorla (Villarreal), Jack Wilshere (West Ham), Takuma Asano (Hannover, empréstimo), Chuba Akpom (PAOK), Calum Chambers (Fulham, empréstimo)

Bétis (ESP)
Entradas: Takashi Inui (Eibar), Antonio Barragán (Middlesbrough, transferência após empréstimo), Sergio Canales (Real Sociedad), Pau López (Espanyol), Joel Robles (Everton), William Carvalho (Sporting CP)
Saídas: Riza Durmisi (Lazio), Pedro López (fim de contrato), Dani Giménez (Deportivo La Coruña), Fabián Ruíz (Nápoles), Antonio Adán (Atlético Madrid), Germán Pezzella (Fiorentina, transferência após empréstimo), Rafa Navarro (Alavés), Rubén Castro (Las Palmas)

Chelsea (ENG)
Entradas: Jorginho (Nápoles), Robert Green (livre), Mateo Kovačić (Real Madrid, empréstimo), Kepa Arrizabalaga (Athletic Club)
Saídas: Jeremie Boga (Sassuolo), Lewis Baker (Leeds United, empréstimo), Jamal Blackman (Leeds, empréstimo), Kenedy Wolf (Newcastle, empréstimo), Mason Mount (Derby, empréstimo), Kyle Scot (Telstar, empréstimo), Matt Miazga (Rennes, empréstimo), Thibaut Courtois (Real Madrid)

Eintracht Frankfurt (GER)
Entradas: Frederik Rönnow (Bröndby), Nicolai Müller (Hamburgo), Felix Wiedwald (Leeds United), Lucas Torró (Real Madrid), Obite Evan N'Dicka (Auxerre), Gonçalo Paciência (Porto), Carlos Salcedo (Guadalajara), Ante Rebić (Fiorentina), Allan (Liverpool, empréstimo), Francisco Geraldes (Sporting, empréstimo)
Saídas: Lukáš Hrádecký (Leverkusen), Alexander Meier (desconhecido), Renat Dadashov (Estoril), Marius Wolf (Dortmund), Kevin-Prince Boateng (Sassuolo), Aymen Barkok (Fortuna Düsseldorf, empréstimo), Omar Mascarell (Schalke), Max Besuschkow (Saint-Gilloise, empréstimo)

Jablonec (CZE)
Entradas: Tomáš Břečka (Slovácko), Miloš Kratochvíl (Plzeň), Dāvis Ikaunieks (Jihlava), David Hovorka (Sparta Praga, empréstimo), Rafael Acosta (Brno)
Saídas: Luděk Pernica (Plzeň), Roman Valeš (Bohemians), Jaroslav Zelený (Slavia Praga), Jaroslav Diviš (Mladá Boleslav), Jan Díl (Chrudim, empréstimo), David Breda (Dukla Praga, empréstimo), Martin Kouril (Varnsdorf)

Krasnodar (RUS)
Entradas: Uroš Spajić (Anderlecht), Dmitri Stotski (Ufa), Christian Cueva (São Paulo), Anatoli Katrich (Dinamo Moscovo), Ivan Taranov (Krylya Sovetov), Christian Cueva (São Paulo)
Saídas: Andreas Granqvist (Helsingborg), Joãozinho (fim de contrato), Ricardo Laborde (fim de contrato), Vyacheslav Podberezkin (Rubin), Ruslan Bolov (Khimki), Andrei Ivan (Rapid Viena, empréstimo), Nikolai Komlichenko (Mladá Boleslav), Renat Yanbaev (fim de contrato), Aleksei Gritsaenko (Yenisey, empréstimo)

Lázio (ITA)
Entradas: Francesco Acerbi (Sassuolo), Silvio Proto (Olympiacos), Valon Berisha (Salzburgo), Riza Durmisi (Real Betis), Mattia Sprocati (Salernitana)
Saídas: Stefan de Vrij (Inter), Filip Djordjević (Chievo Verona), Federico Marchetti (Génova), Felipe Anderson (West Ham), Francesco Orlando (Salernitana), Simone Palombi (Lecce, empréstimo), Mamadou Tounkara (Schaffhausen, empréstimo), Franjo Prce (Omonia, empréstimo)

Leverkusen (GER)
Entradas: Paulinho (Vasco da Gama), Mitchell Weiser (Hertha), Lukáš Hrádecký (Frankfurt), Thorsten Kirschbaum (Nuremberga)
Saídas: Stefan Kiessling (retirado), Vladlen Yurchenko (desconhecido), Marlon Frey (desconhecido), Niklas Lomb (Sandhausen), Bernd Leno (Arsenal)

Marselha (FRA)
Entradas: Duje Ćaleta-Car (Salzburgo)
Saídas: Dória (Santos Laguna)

Milan (ITA)
Entradas: Alen Halilović (Hamburgo), Ivan Strinić (Sampdoria), Pepe Reina (Nápoles), Fabio Borini (Sunderland, transferência após empréstimo), Nikola Kalinić (Fiorentina, contratação após empréstimo), Mattia Caldara (Juventus), Gonzalo Higuaín (Juventus, empréstimo)
Saídas: M'Baye Niang (Torino, transferência após empréstimo), Gianluca Lapadula (Génova, transferência após empréstimo), Gianmarco Zigoni (Veneza, transferência após empréstimo), Niccolò Zanellato (Crotone, transferência após empréstimo), Hachim Mastour (fim de contrato), Marco Storari (fim de contrato), Nnamdi Oduamadi (fim de contrato), Leonardo Bonucci (Juventus), Gustavo Gómez (Palmeiras, empréstimo)

Rennes (FRA)
Entradas: Romain Del Castillo (Lyon), Theoson Siebatcheu (Stade de Reims), Jakob Johansson (AEK), Clément Grenier (Guingamp), Damien Da Silva (Caen), Matt Miziaga (Chelsea, empréstimo)
Saídas: Afonso Figueiredo (Rio Ave), Firmin Mubele (Toulouse), Yoann Gourcuff (fim de contrato), Séga Coulibaly (Nancy), Wilson Isidor (Mónaco), Sofiane Diop (Mónaco), Stéphane Diarra (Le Mans, empréstimo), Joris Gnagnon (Sevilha), Brandon (Osasuna, empréstimo), Anthony Ribelin (fim de contrato), Sanjin Prcić (fim de contrato)

Sporting (POR)*
Entradas: Marcelo (Rio Ave), Raphinha (Vitória SC), Bruno Gaspar (Fiorentina), Emiliano Viviano (Sampdoria), Nani (Valência), Renan Ribeiro (Estoril)
Saídas: André Geraldes (Sporting Gijón, empréstimo), William Carvalho (Real Betis), Cristiano Piccini (Valência)

*incluídas apenas transferências confirmadas pelo Sporting

Villarreal (ESP)
Entradas: Toko Ekambi (Angers), Gerard Moreno (Espanyol), Ramiro Funes Mori (Everton), Miguel Layún (Porto), Santiago Cáseres (Vélez Sarsfield), Santi Cazorla (Arsenal)
Saídas: Rodri (Atlético Madrid), Roger Martínez (Club América), Antonio Rukavina (FC Astana), Rúben Semedo (Huesca, empréstimo)

Vorskla (UKR)
Entradas: Artem Gabelok (Spartaks Jūrmala), Maryan Mysyk (Stal Kamianske), Evgeniy Martynenko (Chornomorets Odesa), Nicolas Careca (Grêmio, empréstimo), Artur (Internacional, empréstimo)
Saídas: nenhuma

Zurique (SUI)
Entradas: Salim Khelifi (Eintracht Braunschweig), Hekuran Kryeziu (Luzern), Hakim Guenouche (Nancy), Becir Omeragic (Servette), Andreas Maxsö (Osmanlıspor), Benjamin Kololli (Lausanne)
Saídas: Cédric Brunner (Bielefeld), Rasmus Thelander (Vitesse), Yann Fillion (Aarau, empréstimo), Gilles Yapi (fim de contrato)

*Esta lista não é exaustiva; nem todas as transferências envolvendo jovens dos escalões de formação ou de equipas de reserva estão incluídas.
https://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2563946.html?iv=true

O que é a SuperTaça Europeia da UEFA?
Trata-se de um jogo disputado anualmente entre os campeões das duas principais competições europeias de clubes, concebida a partir de uma ideia do jornalista holandês Anton Witkamp com o intuito de decidir em definitivo qual a melhor equipa da Europa. O vencedor da Taça dos Campeões/UEFA Champions League esteve sempre envolvido na competição, defrontando o detentor da Taça dos Vencedores das Taças (entre 1972 e 1999) ou o vencedor da Taça UEFA/UEFA Europa League (a partir de 2000).
Os detentores da Taça dos Campeões/UEFA Champions League levaram a melhor em 23 das 42 edições, tendo perdido 19.
https://pt.uefa.com/uefasupercup/news/newsid=2558436.html

Recordes e estatísticas da SuperTaça Europeia da UEFA

Campeões europeus contra…
• Os vencedores da Taça dos Campeões/UEFA Champions League venceram 23 das 42 edições.
• Os vencedores da Taça UEFA/UEFA Europa League levaram a melhor em sete das 19 edições desde a extinção da Taça dos Vencedores das Taças.

Países com mais vitórias
14 Espanha (Barcelona 5, Real Madrid 3, Valência 2, Atlético 2, Sevilha 1)
9 Itália (Milan 5, Juventus 2, Lázio 1, Parma 1)
7 Inglaterra (Liverpool 3, Aston Villa 1, Chelsea 1, Manchester United 1, Nottingham Forest 1)

Clubes com mais vitórias
5 Milan, Barcelona
4 Real Madrid
3 Liverpool
2 Ajax, Anderlecht, Atlético, Juventus, Valência

Jogadores com mais vitórias
4= Dani Alves (Sevilha 2006, Barcelona 2009, 2011, 2015)
4= Paolo Maldini (Milan 1989, 1990, 1994, 2003)

Treinadores com mais vitórias
3= Carlo Ancelotti (Milan 2003, 2007, Real Madrid 2014)
3= Josep Guardiola (Barcelona 2009, 2011, Bayern 2013)

Países com mais participações
27 Espanha (Barcelona 9, Real Madrid 7, Sevilha 5, Valência 2, Atlético 3, Saragoça 1)
16 Inglaterra (Liverpool 5, Manchester United 4, Chelsea 3, Nottingham Forest 2, Arsenal 1, Aston Villa 1)
13 Itália (Milan 7, Juventus 2, Inter 1, Parma 1, Lázio 1, Sampdória 1)

Clubes com mais participações
9 Barcelona
7 Milan
6 Real Madrid
5 Liverpool, Sevilha
4 Bayern, Porto, Manchester United
3 Ajax, Chelsea

Resultados

Jogo com mais golos*: 2015, Barcelona 5-4 Sevilha
Triunfo mais folgado*: 2006, Sevilha 3-0 Barcelona, e 2012, Atlético 4-1 Chelsea
Prolongamento: foram disputados seis prolongamentos, o último dos quais em 2016, Real Madrid 3-2 Sevilha
Desempates por grandes penalidades: 2013, Bayern 2-2 Chelsea (ap, Bayern venceu por 5-4 nos penalties)

Recordes individuais

Golo mais rápido: Éver Banega (três minutos – 2015: Barcelona 5-4 Sevilha)
"Hat-tricks": Radamel Falcao (2012, Atlético - Chelsea) e Terry McDermott (1977, Liverpool - Hamburgo, segunda mão)
Golos na própria baliza: Patrick Paauwe fez o único golo até agora numa SuperTaça Europeia na derrota do Feyenoord' por 3-1 frente ao Real Madrid em 2002.
Cartões vermelhos: Paul Scholes (2008, United), Rolando e Fredy Guarín (2011, ambos do Porto) foram os únicos jogadores a serem expulsos na SuperTaça Europeia.

Mais jogos na SuperTaça Europeia
5: Daniel Alves (Sevilha 2006, 2007, Barcelona 2009, 2011, 2015)

Mais jogos na SuperTaça Europeia**
8 Alessandro Costacurta (Milan), Roberto Donadoni (Milan)
7 Paolo Maldini (Milan), Daniele Massaro (Milan), Mauro Tassotti (Milan)
6 Franco Baresi (Milan), Arie Haan (Ajax, Anderlecht)
5 Dani Alves (Sevilha, Barcelona), Marcel Desailly (Milan, Chelsea), Albert Ferrer (Barcelona, Chelsea), Ronald Koeman (PSV Eindhoven, Barcelona), Attilio Lombardo (Sampdória, Juventus, Lázio), Phil Neal (Liverpool)

Mais golos marcados na SuperTaça Europeia
3 Oleh Blokhin (Dínamo Kyiv), Radamel Falcao (Atlético), Arie Haan (Ajax, Anderlecht), Terry McDermott (Liverpool), Lionel Messi (Barcelona), Gerd Müller (Bayern), Rob Rensenbrink (Anderlecht), François Van Der Elst (Anderlecht)

Diversos

Cinco pessoas venceram a SuperTaça Europeia da UEFA como jogador e treinador:
Carlo Ancelotti (1990; 2003, 2007, 2014)
Josep Guardiola (1992; 2009, 2011, 2013)
Diego Simeone (1999; 2012)
Luis Enrique (1997; 2015)
Zinédine Zidane (1996, 2002; 2016, 2017)

* Finais apenas num jogo
** A SuperTaça Europeia da UEFA disputou-se em duas mãos entre 1973 e 1997
https://pt.uefa.com/uefasupercup/news/newsid=2476530.html?iv=true

Alguns factos e curiosidades da Supertaça europeia

• Esta será a quarta ocasião nas últimas cinco edições que a SuperTaça Europeia da UEFA é decidida por duas equipas de Espanha, mas a primeira entre formações de Madrid e até oriundas da mesma cidade.
• O Atlético já defrontou o Real Madrid por nove vezes nas competições de clubes da UEFA e apresenta um registo de 2V 2E 5D, nunca tendo levado a melhor sobre o rival citadino numa final ou numa eliminatória europeia.
• O Real Madrid ganhou quatro das seis SuperTaças Europeias da UEFA que disputou, incluido as derradeiras duas. Tendo sido a primeira equipa a vencer três vezes seguidas a UEFA Champions League, os "merengues" podem tornar-se no primeiro clube a conquistar também três edições seguidas da SuperTaça Europeia da UEFA.
• O Atlético possui um registo 100 por cento vitorioso na SuperTaça Europeia da UEFA, pois ganhou as edições de 2010 e 2012 como detentor da UEFA Europa League. Os espanhóis bateram o Inter por 2-0 em 2010 e o Chelsea por 4-1 em 2012.
https://pt.uefa.com/uefasupercup/news/newsid=2558436.html

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Krypton em Seg Ago 13, 2018 8:48 am

Os melhores momentos do clássico dinamarquês de ontem. 3-1 para o Copenhague contra o Brondby, beliscando a liderança da Superliga até o momento.


_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3439
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Seg Ago 13, 2018 9:00 am

@Krypton escreveu:Os melhores momentos do clássico dinamarquês de ontem. 3-1 para o Copenhague contra o Brondby, beliscando a liderança da Superliga até o momento.





Não sei se já conhece esse site. Atualizam em todas as rodadas com fotos e vídeos das festas das torcidas.

http://www.ultras-tifo.net/

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Krypton em Seg Ago 13, 2018 9:05 am

Não conhecia. Show.

Ontem foi só golaço no clássico.

_________________
"A raiva e a vingança, a fúria, a perda, o ressentimento, são todos motivadores tremendos.
Eles conseguem limpar sua mente, por isso estou pronto para continuar."

- Thor Odinson

Sport Club Corinthians Paulista
Bicampeão Mundial de Clubes FIFA 2000-2012
avatar
Krypton
Autobot

Mensagens : 3439
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 36
Localização : Asgárdia, Jaú-SP

http://filmow.com/usuario/krypton/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Seg Ago 13, 2018 9:43 am

Terça (14/08)

15:00 Fenerbahçe x Benfica [ESPNBR / ESPNBRHD] (LC)
15:45 Leeds x Bolton [ESPN / ESPNHD] (Copa da Liga Inglesa)

Quinta (16/08)

14:00 Žalgiris x Sevilla [ESPN / ESPNHD] (LE)
15:45 Sunderland x Sheffield Wednesday [ESPN Extra] (Copa da Liga Inglesa)

Quem quiser assistir pela internet:

http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://firstsrowsports.tv/
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Seg Ago 13, 2018 11:35 am

Convocados Real Madrid

Goleiros: Navas, Casilla, Luca, Lunin e Courtois;
Defensores: Carvajal, Vallejo, Ramos, Varane, Nacho, Marcelo, Odriozola, Reguilón, Javi Sánchez e S. López;
Meias: Kroos, Modric, Casemiro, M. Llorente, Asensio, Isco, Ceballos e F. Valverde;
Atacantes: Benzema, Bale, Lucas Vázquez, B. Mayoral, Raúl de Tomás e Vinicius.

Convocados Atlético

Goleiros: Adán, Oblak e Dos Santos;
Defensores: Godín, Filipe Luis, Arias, Savic, Juanfran, Lucas Hernandez e Giménez;
Meias: Thomas, Koke, Saúl, Lemar, Rodrigo, Gelson Martins, Vitolo e Olabe;
Atacantes: Griezmann, Kalinic, Correa e Diego.

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Seg Ago 13, 2018 6:30 pm




A Supercopa Europeia de 2018 vai ser realizada no A. Le Coq Arena, em Tallinn na Estônia. A Estônia vai receber a sua primeira final de uma competição de clubes da UEFA.
Capacidade UEFA: 13.000





Quarta (15/08)

16:00 Real Madrid x Atlético [EI Plus] [facebook.com/esporteinterativo] (Supercopa da Uefa - Final)

Quem quiser assistir pela internet:

http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://firstsrowsports.tv/
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Ter Ago 14, 2018 9:28 am


Golo da Época do UEFA.com: A votação do Golo da Época do UEFA.com deste ano inclui remates fantásticos em 11 competições diferentes da UEFA.
Os 11 nomeados deste ano foram escolhidos pelos Observadores Técnicos da UEFA. Há um candidato por cada uma das principais competições da UEFA activas nos últimos 12 meses. Apenas foram considerados golos marcados em jogos de competições de clubes ou selecções da UEFA.

Lista completa de nomeados

Lucy Bronze (LYON 1-0 Manchester City)
Meias-finais da UEFA Women's Champions League, 29/04/18
Avaliação do Observador Técnico da UEFA: Um remate executado na perfeição.

Olga Carmona (Suíça 0-2 ESPANHA)
Fase de grupos do Campeonato da Europa Feminino de Sub-19, 21/07/18
Avaliação do Observador Técnico da UEFA: Carmona flectiu da direita para o meio, ganhou espaço e desferiu um remate colocadíssimo de pé esquerdo ao ângulo superior direito.

Elisandro (Sporting 2-5 INTER)
Final da Taça UEFA Futsal, 22/04/18
Avaliação do Observador Técnico da UEFA: Uma finalização precisa e forte com o pé esquerdo.

Elliot Embleton (Turquia 2-3 INGLATERRA)
Fase de grupos do Campeonato da Europa de Sub-19, 17/07/18
Avaliação do Observador Técnico da UEFA: Boa jogada colectiva, com a bola a passar de um flanco para o outro, concluída com excelente movimento individual e soberbo remate de pé esquerdo.

Christian Eriksen (República da Irlanda 1-5 DINAMARCA)
"Play-off" da Qualificação Europeia, 14/11/17
Avaliação do Observador Técnico da UEFA: Contra-ataque rápido finalizado com um forte remate.

Paulo Estrela (PORTO 5 -1 Beşiktaş)
Fase de grupos da UEFA Youth League, 13/09/17
Avaliação do Observador Técnico da UEFA: Golo nascido de um passe notável a mostrar visão de jogo e noção de espaço.

Eva Navarro (Alemanha 0-2 ESPANHA)
Final do Campeonato da Europa Feminino de Sub-17, 21/05/18
Avaliação do Observador Técnico da UEFA: Belo remate em arco após ludibriar as adversárias.

Dimitri Payet (MARSELHA 5-2 Leipzig)
Quartos-de-final da UEFA Europa League, 12/04/18
Avaliação do Observador Técnico da UEFA: Drible e remate notáveis, este último com a parte de fora do pé, num momento crucial da eliminatória.

Gonçalo Ramos (Eslovénia 0-4 PORTUGAL)
Fase de grupos do Campeonato da Europa de Sub-17, 07/05/18
Avaliação do Observador Técnico da UEFA: Toque de classe, picando a bola por cima do guarda-redes, após rápido contra-ataque.

Ricardinho (PORTUGAL 4-1 Roménia)
Fase de grupos do UEFA Futsal EURO, 31/01/18
Avaliação do Observador Técnico da UEFA: Recepção excelente, girando à frente do adversário, e finalização ainda melhor com um remate "de letra".

Cristiano Ronaldo (Juventus 0-3 REAL MADRID)
Quartos-de-final da UEFA Champions League, 03/04/18
Avaliação do Observador Técnico da UEFA: Uma extraordinária demonstração de técnica e capacidade atlética.

Como votar
O portal dedicado do UEFA.com é o único local para participar. Veja todos os golos e escolha o seu preferido usando os emojis. Como é que o golo que escolheu o faz sentir? Escolha entre: Fantástico! Gosto! Adoro! Uau!
O prazo para votar termina na segunda-feira, dia 27 de Agosto, sendo o golo vencedor revelado no final do dia.
http://gots.uefa.com/#/pt/
https://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2566360.html

Todas as transferências de Verão na Champions League

Transferências mais recentes
Kevin Gameiro (do Atlético para o Valência)
Michy Batshuayi (do Chelsea para o Valência, empréstimo)
Theo Hernández (do Real Madrid para a Real Sociedad, empréstimo)
Yerry Mina (do Barcelona para o Everton)
Nikola Kalinić (do Milan para o Atlético)

Por clube

Atlético (ESP)
Entradas: Nehuén Pérez (Argentinos Juniors), Rodri (Villarreal), Antonio Adán (Betis), Jonny Castro (Celta Vigo), Thomas Lemar (Mónaco), Santiago Arias (PSV), Nikola Kalinić (Milan)
Saídas: Fernando Torres (fim de contrato), Gabi (Al-Sadd), Axel Werner (Huesca, empréstimo), Emiliano Velázquez (Rayo Vallecano), Jonny Castro (Wolves, empréstimo), Šime Vrsaljko (Inter, empréstimo), André Moreira (Aston Villa, empréstimo), Luciano Vietto (Fulham, empréstimo), Kevin Gameiro (Valência)

Barcelona (ESP)
Entradas: Arthur (Grêmio), Clément Lenglet (Sevilha),  Malcom (Bordéus), Arturo Vidal (Bayern)
Saídas: Gerard Deulofeu (Watford), Andrés Iniesta (Vissel Kobe), Paulinho (Guangzhou Evergrande, empréstimo), Douglas (Sivasspor, empréstimo), Adrián Ortolá (Deportivo, empréstimo), Lucas Digne (Everton), Aleix Vidal (Sevilha), Yerry Mina (Everton), André Gomes (Everton, empréstimo)

Bayern (GER)
Entradas: Leon Goretzka (Schalke), Alphonso Davies (Vancouver, a partir de 1 de Janeiro de 2019)
Saídas: Tom Starke (retirado), Niklas Dorsch (Heidenheim), Douglas Costa (Juventus, contratado após empréstimo), Arturo Vidal (Barcelona)

Club Brugge (BEL)
Entradas: Karlo Letica (Hajduk Split), Siebe Schrijvers (Genk), Clinton Mata (Charleroi), Mats Rits (Mechelen), Luan Peres (Ituano), Arnaut Groeneveld (NEC Nijmegen ), Matej Mitrović ( Beşiktaş, contratado após empréstimo)  
Saídas: Jérémy Perbet (Charleroi), Jens Teunckens (Royal Antuérpia), Jordi Vanlerberghe (Oostende, empréstimo), Alexander Scholz (Midtjylland)

CSKA Moscovo (RUS)
Entradas: Rodrigo Becão (Bahia, empréstimo), Hördur Magnússon (Bristol City), Jaka Bijol (Rudar Velenje), lzat Akhmetov (Rubin), Abel Hernández (sem clube)
Saídas: Pontus Wernbloom (fim de contrato), Georgi Milanov (fim de contrato), Bibras Natcho (fim de contrato), Sergei Ignashevich (retirado), Aleksei Berezutski (retirado), Vasili Berezutski (retirado), Aleksandr Golovin (Mónaco), Vitinho (Flamengo)

Dortmund (GER)
Entradas: Marius Wolf (Eintracht Frankfurt), Marwin Hitz (Augsburgo), Thomas Delaney (Bremen), Abdou Diallo (Mainz) Achraf Hakimi (Real Madrid, empréstimo),  Axel Witsel (Quanjian)
Saídas: Mikel Merino (Newcastle United), Dominik Reimann (Kiel), Roman Weidenfeller (retirado), Gonzalo Castro (Estugarda), Sokratis Papastathopoulos (Arsenal), Erik Durm (Huddersfield Town), André Schürrle (Fulham, empréstimo), Andriy Yarmolenko (West Ham)

Galatasaray (TUR)
Entradas: Muğdat Çelik (Akhisarspor), Yuto Nagatomo (Inter, contratado após empréstimo), Henry Onyekuru (Everton, empréstimo)
Saídas: Luis Cavanda (Standard Liège, contratado após empréstimo), Cédric Carrasso (fim de contrato), Eray İşcan (fim de contrato), Koray Günter (fim de contrato), Iasmin Latovlevici (fim de contrato), Yasin Öztekin (fim de contrato), Hakan Balta (fim de contrato), Endoğan Adili (fim de contrato)

Hoffenheim (GER)
Entradas: Leonardo Bittencourt (Colónia), Ishak Belfodil (Standard Liège), Joshua Brenet (PSV), Vincenzo Grifo (Mönchengladbach), Kasim Nuhu (Young Boys)
Saídas: Eugen Polanski (desconhecido), Mark Uth (Schalke), Benedikt Gimber (Ingolstadt), In-hyeok Park (Daejeon), Philipp Ochs (Aalborg, empréstimo)

Inter (ITA)
Entradas: Radja Nainggolan (Roma), Stefan de Vrij (Lazio), Kwadwo Asamoah (Juventus), Lautaro Martínez (Racing Avellaneda), Matteo Politano (Sassuolo), Šime Vrsaljko (Atlético, empréstimo)
Saídas: Davide Santon (Roma), Yuto Nagatomo (Galatasaray, contratado após empréstimo), Geoffrey Kondogbia (Valência, contratado após empréstimo), Nicolò Zaniolo (Roma), Éder (Jiangsu Suning, Jens Odgaard (Sassuolo), Davide Bettella (Atalanta)

Juventus (ITA)
Entradas: Douglas Costa (Bayern Munique, contratado após empréstimo), Mattia Perin (Génova), Emre Can (Liverpool), João Cancelo (Valência), Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Leonardo Bonucci (Milan)
Saídas: Gianluigi Buffon (Paris), Stephan Lichtsteiner (Arsenal), Kwadwo Asamoah (Internazionale), Alberto Cerri (Cagliari, empréstimo), Alberto Brignoli (Palermo), Mattia Caldara (Milan), Gonzalo Higuaín (Milan, empréstimo), Marko Pjaca (Fiorentina, empréstimo), Andrea Favilli (Génova, empréstimo), Stefano Sturaro (Sporting CP, empréstimo)

Liverpool (ENG)
Entradas: Fabinho (Mónaco), Xherdan Shaqiri (Stoke City), Alisson Becker (Roma)
Saídas: Ovie Ejaria (Rangers, empréstimo), Emre Can (Juventus), John Flanagan (fim de contrato), Ádám Bogdán (Hibernian, empréstimo), Danny Ward (Leicester City), Taiwo Awoniyi (Gent, empréstimo), Allan (Eintracht Frankfurt, empréstimo), Ben Woodburn (Sheffield United, empréstimo), Danny Ings (Southampton, empréstimo)

Lokomotiv Moscovo (RUS)
Entradas: Rifat Zhemaletdinov (Rubin), Brian Idowu (Amkar Perm), Éder (LOSC Lille), Grzegorz Krychowiak (Paris, empréstimo), Benedikt Höwedes (Schalke), Fedor Smolov (Krasnodar)  
Saídas: Nemanja Pejčinović (fim de contrato), Alan Kasaev (Baltika, empréstimo)

Lyon (FRA)
Entradas: Léo Dubois (Nantes), Reo Griffiths (Tottenham Hotspur)
Saídas: Willem Geubbels (Mónaco), Romain Del Castillo (Rennes), Mouctar Diakhaby (Valência), Jean-Philippe Mateta (Mainz), Aldo Kalulu (Basileia), Sergi Darder (Espanyol), Elisha Owusu ( FC Sochaux-Montbéliard )

Manchester City (ENG)
Entradas: Riyad Mahrez (Leicester), Claudio Gomes (Paris), Philippe Sandler (PEC Zwolle), Daniel Arzani (Melbourne City)
Saídas: Yaya Touré (fim de contrato), Pablo Maffeo (Estugarda), Angeliño (PSV), Olarenwaju Kayode (Shakhtar Donetsk, contratado após empréstimo),  Pablo Marí (Deportivo La Coruña, empréstimo), Anthony Cáceres (Melbourne City, empréstimo), Kean Bryan (Sheffield United), Tosin Adarabioyo (West Bromwich Albion, empréstimo), Joe Hart (Burnley)

Manchester United (ENG)
Entradas: Fred (Shakhtar), Diogo Dalot (Porto), Lee Grant (Stoke City)
Saídas: Michael Carrick (retirado), Sam Johnstone (West Brom); Daley Blind (Ajax), Cameron Borthwick-Jackson (Scunthorpe, empréstimo), Joel Pereira (Vitória FC, empréstimo), Axel Tuanzebe (Aston Villa, empréstimo), Timothy Fosu-Mensah (Fulham, empréstimo)

Mónaco (FRA)
Entradas: Samuel Grandsir (Troyes), Willem Geubbels (Lyon), Wilson Isidor (Rennes), Sofiane Diop (Rennes), Robert Navarro (Barcelona), Pelé (Rio Ave), Jonathan Panzo (Chelsea), Ronaël Pierre-Gabriel (St-Étienne), Antonio Barreca (Torino), Aleksandr Golovin (CSKA Moscovo), Jean-Eudes Aholou (Estrasburgo)
Saídas: Fabinho (Liverpool), Terence Kongolo (Huddersfield), Souahilo Meité (Torino), Adama Diakhaby (Huddersfield Town), João Moutinho (Wolves), Adrien Bongiovanni (Cercle Brugge), Thomas Lemar (Atlético), Soualiho Meïté (Torino), Rachid Ghezzal (Leicester), Boschilia (Nantes, empréstimo)

Nápoles (ITA)
Entradas: Simone Verdi (Bolonha), Fabián Ruíz (Betis), Alex Meret (Udinese), Orestis Karnezis (Udinese), Vinícius Morais (Real SC), Amato Ciciretti (Benevento), Kévin Malcuit (LOSC Lille)
Saídas: Pepe Reina (Milan), Emanuele Giaccherini (Chievo), Jorginho (Chelsea), Gennaro Tutino (Carpi, loan), Zinédine Machach (Carpi, empréstimo), Roberto Insigne (Benevento, empréstimo), Amato Ciciretti (Parma, empréstimo)

Paris Saint-Germain (FRA)
Entradas: Gianluigi Buffon (Juventus)
Saídas: Thiago Motta (retirado), Odsonne Edouard (Celtic), Javier Pastore (Roma), Yuri Berchiche (Athletic Club), Jonathan Ikoné (LOSC Lille), Lorenzo Callegari (Génova), Grzegorz Krychowiak (Lokomotiv Moscovo, empréstimo)

Plzeň (CZE)
Entradas: Luděk Pernica (Jablonec), Ubong Ekpai (Zlín), Roman Procházka (Levski Sofia), Pavel Bucha (sem clube)
Saídas: Andreas Ivanschitz (fim de contrato), Diego Živulić (fim de contrato), Václav Pilař (Sigma Olomouc), Miloš Kratochvíl (Jablonec), Marek Bakoš (Spartak Trnava)

Porto (POR)
Entradas: João Pedro (Palmeiras), Saidy Janko (St-Étienne), Ewerton (Portimonense), Chancel Mbemba (Newcastle United), Marius Mouandilmadji (Cotonsport), Éder Militão (São Paulo)
Saídas: Ricardo Pereira (Leicester City), Iván Marcano (Roma), Diogo Dalot (Man. United), Ewerton (Portimonense, empréstimo), Miguel Layún (Villarreal), Gonçalo Paciência (Eintracht Frankfurt)

Real Madrid (ESP)
Entradas: Vinícius Júnior (Flamengo), Andriy Lunin (Zorya Luhansk), Álvaro Odriozola (Real Sociedad), Thibaut Courtois (Chelsea)
Saídas: Omar Mascarell (Schalke), Cristiano Ronaldo (Juventus), Achraf Hakimi (Dortmund, empréstimo), Mateo Kovačić (Chelsea, empréstimo), Theo Hernández (Real Sociedad, empréstimo)

Roma (ITA)
Entradas: Iván Marcano (Porto), Ante Ćorić (Dinamo Zagreb), Bryan Cristante (Atalanta), Justin Kluivert (Ajax), Antonio Mirante (Bolonha), Davide Santon (Internazionale), Javier Pastore (Paris), William Bianda (Lens), Nicolò Zaniolo (Internazionale), Daniel Fuzato (Palmeiras), Robin Olsen (Copenhaga)
Saídas: Radja Nainggolan (Internazionale), Marco Tumminello (Atalanta), Arturo Calabresi (Bolonha), Lukasz Skorupski (Bolonha), Bruno Peres (São Paulo, empréstimo), Alisson Becker (Liverpool), Gerson (Fiorentina, empréstimo), Grégoire Defrel (Sampdória, empréstimo), Leandro Castán (fim de contrato)

Schalke (GER)
Entradas: Suat Serdar (Mainz), Salif Sané (Hannover), Steven Skrzybski (Union Berlim), Mark Uth (Hoffenheim), Omar Mascarell (Real Madrid)
Saídas: Leon Goretzka (Bayern), Max Meyer (Crystal Palace), Pablo Insua (Huesca, empréstimo), Coke (Levante), Benedikt Höwedes (Lokomotiv Moscovo)

Shakhtar (UKR)
Entradas: Olarenwaju Kayode (Manchester City, contratado após empréstimo), Fernando Pedro (Palmeiras), Oleksiy Shevchenko (Karpaty Lviv), Maycon (Corinthians), Júnior Moraes (Dynamo Kiev), Marquinhos Cipriano (São Paulo)
Saídas: Fred (Man. United), Bernard (fim de contrato), Facundo Ferreyra (Benfica), Darijo Srna (Cagliari), Ruslan Fomin (Mariupol), Ivan Petryak (Ferencváros, empréstimo), Dodo (Vitória SC, empréstimo), Gustavo Blanco Leschuk (Málaga, empréstimo)

Tottenham (ENG)
Entradas: nenhuma
Saídas: Keanan Bennetts (Mönchengladbach), Anton Walkes (Portsmouth), Reo Griffiths (Olympique Lyonnais)

Valência (ESP)
Entradas: Uroš Račić (Estrela Vermelha), Geoffrey Kondogbia (Inter, contratado após empréstimo), Mouctar Diakhaby (Lyon), Daniel Wass (Celta), Cristiano Piccini (Sporting), Michy Batshuayi (Chelsea, empréstimo), Kevin Gameiro (Atlético)
Saídas: João Cancelo (Juventus), Nacho Vidal (Osasuna), Nemanja Maksimović (Getafe), Zakaria Bakkali (Anderlecht), Nani (Sporting), Martín Montoya (Brighton), Álvaro Medrán (Rayo Vallecano, empréstimo)

*Esta lista não é exaustiva. Nem todas as transferências envolvendo jogadores dos escalões de formação ou equipa de reservas estão incluídas.
https://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2562976.html

Todas as transferências nas equipas da Europa League

Destaques
Kepa Arrizabalaga chega ao Chelsea vindo do Athletic Club
Thibaut Courtois deixa Chelsea, Mateo Kovačić chega aos "blues" por empréstimo
Milan contrata Mattia Caldara e Gonzalo Higuaín
Milan Badelj e Joaquín Correa rumam à Lázio
Fedor Smolov deixa Krasnodar e assina pelo Lokomotiv

Por clube

Akhisarspor (TUR)
Entradas: Josué Pesqueira (livre), Avdija Vršajević (Osmanlıspor), Elvis Manu (Gençlerbirliği), Güray Vural (Kayserispor)
Saídas: Orhan Tasdelen (Adana Demirspor), Muğdat Çelik (Galatasaray), Soner Aydoğdu (İstanbul Başakşehir), Olcan Adın (fim de contrato), Alperen Babacan (Denizlispor, empréstimo), Safa Ali Memnun (Kahramanmaraşspor, empréstimo)

Anderlecht (BEL)
Entradas: Zakaria Bakkali (Valência), Ivan Santini (Caen), Landry Dimata (Wolfsburgo, empréstimo), Ognjen Vranješ (AEK), Thomas Didillon (Metz), Kenneth Saief (Gent, transferência após empréstimo), Elias Cobbaut (Mechelen), Yevhenii Makarenko (Kortrijk), Kristal Abazaj (Luftëtar), Luka Adžić (Estrela Vermelha), Antonio Milić (Oostende), Knowledge Musona (Oostende)
Saídas: Stéphane Badji (Bursaspor, transferência após empréstimo), Aaron Leya Iseka (Toulouse), Wout Faes (Oostende), Idrissa Doumbia (Akhmat Grozny), Uroš Spajić (Krasnodar), Jorn Vancamp (Beerschot), Silvère Ganvoula (Bochum, empréstimo), Trezeguet (Kasımpaşa, transferência após empréstimo), Alexandru Chipciu (Sparta Praga, empréstimo), Olivier Deschacht (fim de contrato), Dylan Lambrecth (fim de contrato), Leander Dendoncker (Wolves)

Arsenal (ENG)
Entradas: Stephan Lichtsteiner (Juventus), Bernd Leno (Leverkusen), Sokratis Papastathopoulos (Dortmund), Lucas Torreira (Sampdoria), Matteo Guendouzi (Lorient)
Saídas: Per Mertesacker (retirado), Santi Cazorla (Villarreal), Jack Wilshere (West Ham), Takuma Asano (Hannover, empréstimo), Chuba Akpom (PAOK), Calum Chambers (Fulham, empréstimo), Lucas Pérez (West Ham)

Bétis (ESP)
Entradas: Takashi Inui (Eibar), Antonio Barragán (Middlesbrough, transferência após empréstimo), Sergio Canales (Real Sociedad), Pau López (Espanyol), Joel Robles (Everton), William Carvalho (Sporting CP)
Saídas: Riza Durmisi (Lazio), Pedro López (fim de contrato), Dani Giménez (Deportivo La Coruña), Fabián Ruíz (Nápoles), Antonio Adán (Atlético Madrid), Germán Pezzella (Fiorentina, transferência após empréstimo), Rafa Navarro (Alavés), Rubén Castro (Las Palmas), Víctor Camarasa (Cardiff, empréstimo)

Chelsea (ENG)
Entradas: Jorginho (Nápoles), Robert Green (livre), Mateo Kovačić (Real Madrid, empréstimo), Kepa Arrizabalaga (Athletic Club)
Saídas: Jeremie Boga (Sassuolo), Lewis Baker (Leeds United, empréstimo), Jamal Blackman (Leeds, empréstimo), Kenedy Wolf (Newcastle, empréstimo), Mason Mount (Derby, empréstimo), Kyle Scot (Telstar, empréstimo), Matt Miazga (Rennes, empréstimo), Thibaut Courtois (Real Madrid), Michy Batshuayi (Valencia, empréstimo), Kurt Zouma (Everton, empréstimo)

Eintracht Frankfurt (GER)
Entradas: Frederik Rönnow (Bröndby), Nicolai Müller (Hamburgo), Felix Wiedwald (Leeds United), Lucas Torró (Real Madrid), Obite Evan N'Dicka (Auxerre), Gonçalo Paciência (Porto), Carlos Salcedo (Guadalajara), Ante Rebić (Fiorentina), Allan (Liverpool, empréstimo), Francisco Geraldes (Sporting, empréstimo)
Saídas: Lukáš Hrádecký (Leverkusen), Alexander Meier (desconhecido), Renat Dadashov (Estoril), Marius Wolf (Dortmund), Kevin-Prince Boateng (Sassuolo), Aymen Barkok (Fortuna Düsseldorf, empréstimo), Omar Mascarell (Schalke), Max Besuschkow (Saint-Gilloise, empréstimo)

Jablonec (CZE)
Entradas: Tomáš Břečka (Slovácko), Miloš Kratochvíl (Plzeň), Dāvis Ikaunieks (Jihlava), David Hovorka (Sparta Praga, empréstimo), Rafael Acosta (Brno)
Saídas: Luděk Pernica (Plzeň), Roman Valeš (Bohemians), Jaroslav Zelený (Slavia Praga), Jaroslav Diviš (Mladá Boleslav), Jan Díl (Chrudim, empréstimo), David Breda (Dukla Praga, empréstimo), Martin Kouril (Varnsdorf)

Krasnodar (RUS)
Entradas: Uroš Spajić (Anderlecht), Dmitri Stotski (Ufa), Christian Cueva (São Paulo), Anatoli Katrich (Dinamo Moscovo), Ivan Taranov (Krylya Sovetov), Christian Cueva (São Paulo), Jon Gudni Fjóluson (Norrköping)
Saídas: Andreas Granqvist (Helsingborg), Joãozinho (fim de contrato), Ricardo Laborde (fim de contrato), Vyacheslav Podberezkin (Rubin), Ruslan Bolov (Khimki), Andrei Ivan (Rapid Viena, empréstimo), Nikolai Komlichenko (Mladá Boleslav), Renat Yanbaev (fim de contrato), Aleksei Gritsaenko (Yenisey, empréstimo), Fedor Smolov (Lokomotiv Moskva)

Lázio (ITA)
Entradas: Francesco Acerbi (Sassuolo), Silvio Proto (Olympiacos), Valon Berisha (Salzburgo), Riza Durmisi (Real Betis), Mattia Sprocati (Salernitana)
Saídas: Stefan de Vrij (Inter), Filip Djordjević (Chievo Verona), Federico Marchetti (Génova), Felipe Anderson (West Ham), Francesco Orlando (Salernitana), Simone Palombi (Lecce, empréstimo), Mamadou Tounkara (Schaffhausen, empréstimo), Franjo Prce (Omonia, empréstimo)

Leverkusen (GER)
Entradas: Paulinho (Vasco da Gama), Mitchell Weiser (Hertha), Lukáš Hrádecký (Frankfurt), Thorsten Kirschbaum (Nuremberga)
Saídas: Stefan Kiessling (retirado), Vladlen Yurchenko (desconhecido), Marlon Frey (desconhecido), Niklas Lomb (Sandhausen), Bernd Leno (Arsenal)

Marselha (FRA)
Entradas: Duje Ćaleta-Car (Salzburgo)
Saídas: Dória (Santos Laguna), André-Frank Zambo Anguissa (Fulham)

Milan (ITA)
Entradas: Alen Halilović (Hamburgo), Ivan Strinić (Sampdoria), Pepe Reina (Nápoles), Fabio Borini (Sunderland, transferência após empréstimo), Nikola Kalinić (Fiorentina, contratação após empréstimo), Mattia Caldara (Juventus), Gonzalo Higuaín (Juventus, empréstimo)
Saídas: M'Baye Niang (Torino, transferência após empréstimo), Gianluca Lapadula (Génova, transferência após empréstimo), Gianmarco Zigoni (Veneza, transferência após empréstimo), Niccolò Zanellato (Crotone, transferência após empréstimo), Hachim Mastour (fim de contrato), Marco Storari (fim de contrato), Nnamdi Oduamadi (fim de contrato), Leonardo Bonucci (Juventus), Gustavo Gómez (Palmeiras, empréstimo), Nikola Kalinić (Atlético), Luca Antonelli (Empoli), André Silva (Sevilla, empréstimo)

Rennes (FRA)
Entradas: Romain Del Castillo (Lyon), Theoson Siebatcheu (Stade de Reims), Jakob Johansson (AEK), Clément Grenier (Guingamp), Damien Da Silva (Caen), Matt Miziaga (Chelsea, empréstimo)
Saídas: Afonso Figueiredo (Rio Ave), Firmin Mubele (Toulouse), Yoann Gourcuff (fim de contrato), Séga Coulibaly (Nancy), Wilson Isidor (Mónaco), Sofiane Diop (Mónaco), Stéphane Diarra (Le Mans, empréstimo), Joris Gnagnon (Sevilha), Brandon (Osasuna, empréstimo), Anthony Ribelin (fim de contrato), Sanjin Prcić (fim de contrato), Jordan Tell (Orléans, empréstimo), Armand Lauriente (Orléans, empréstimo)

Sporting (POR)*
Entradas: Marcelo (Rio Ave), Raphinha (Vitória SC), Bruno Gaspar (Fiorentina), Emiliano Viviano (Sampdoria), Nani (Valência), Renan Ribeiro (Estoril), Stefano Sturaro (Juventus, empréstimo)
Saídas: André Geraldes (Sporting Gijón, empréstimo), William Carvalho (Real Betis), Cristiano Piccini (Valência)

*incluídas apenas transferências confirmadas pelo Sporting

Villarreal (ESP)
Entradas: Toko Ekambi (Angers), Gerard Moreno (Espanyol), Ramiro Funes Mori (Everton), Miguel Layún (Porto), Santiago Cáseres (Vélez Sarsfield), Santi Cazorla (Arsenal)
Saídas: Rodri (Atlético Madrid), Roger Martínez (Club América), Antonio Rukavina (FC Astana), Rúben Semedo (Huesca, empréstimo), Adrián Marín (Alavés), Alfred N'Diaye (Málaga, empréstimo)

Vorskla (UKR)
Entradas: Artem Gabelok (Spartaks Jūrmala), Maryan Mysyk (Stal Kamianske), Evgeniy Martynenko (Chornomorets Odesa), Nicolas Careca (Grêmio, empréstimo), Artur (Internacional, empréstimo)
Saídas: nenhuma

Zurique (SUI)
Entradas: Salim Khelifi (Eintracht Braunschweig), Hekuran Kryeziu (Luzern), Hakim Guenouche (Nancy), Becir Omeragic (Servette), Andreas Maxsö (Osmanlıspor), Benjamin Kololli (Lausanne)
Saídas: Cédric Brunner (Bielefeld), Rasmus Thelander (Vitesse), Yann Fillion (Aarau, empréstimo), Gilles Yapi (fim de contrato)

*Esta lista não é exaustiva; nem todas as transferências envolvendo jovens dos escalões de formação ou de equipas de reserva estão incluídas.
https://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2563946.html?iv=true

Os torcedores vão precisar aguardar um pouco mais para ver a estreia do Tottenham em seu novo estádio. Por conta de problemas com os sistemas de segurança, os Spurs transferiram a partida contra o Liverpool, no dia 15 de setembro, para Wembley, adiando o pontapé inicial no Tottenham Hotspur Stadium.
"Atrasos são comuns, especialmente em construções deste tamanho e complexidade, mas estamos bastante frustrados com o que ocorreu com esses sistemas em um estágio tão tarde. Embora sejamos capazes de atenuar em outras áreas, simplesmente não podemos prometer a segurança. A decisão foi inevitável", escreveu o Tottenham em seu site oficial.
Além do duelo com o Liverpool, a partida contra o Cardiff, no dia 6 de outubro, também foi transferida para Wembley. O confronto com o Manchester City, no dia 28 de outubro, ainda não tem local confirmado.
"Nós pedimos desculpas aos torcedores pelo atraso. Estamos cientes da decepção que pode ser causada. Estamos procurando minimizar os inconvenientes", escreveu o clube.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/tottenham-adia-abertura-de-novo-estadio-por-problemas-de-seguranca.ghtml

Interessada nos direitos de transmissão do Campeonato Francês, especialmente pela presença de Neymar no PSG, o Grupo Globo não gostou dos altos valores e encerrou as negociações com a BeIN, agência que negocia o certame. A informação foi publicada pelo UOL Esporte, por Gabriel Vaquer.
A proposta da Globo teria sido na ordem 4 milhões de euros por temporada, mas a BeIN não aceitou. A agências teria pedido pelo menos 10 milhões de euros (metade da pedida inicial da agência, que era de 20 milhões de euros por ano de contrato).
Sem concordar com o valor, a Globo encerrou negociações. Nesta semana, a BeIN tentou novamente uma aproximação e se mostrou disposta a baixar novamente a pedida, mas o canal não reabriu a negociação.
https://www.esporteemidia.com/2018/08/grupo-globo-encerra-sem-acordo.html

A Record TV anunciou nesta segunda-feira (13) a criação da plataforma de streaming PlayPlus. Chamada pelo próprio canal aberto de “primeiro marketplace de streaming e vídeos on demand do Brasil com conteúdo próprio, além de contar com canais nacionais e internacionais”, o PlayPlus já está em funcionamento a partir desta terça-feira (14).
“Vivemos um momento de transformação constante, por isso o Grupo Record vem olhando o mercado com afinco e atenção. Ao analisá-lo, percebemos um nicho a ser ocupado. Agora, com uma única porta de entrada, o usuário pode ter acesso ao melhor do jornalismo, entretenimento, esportes e dramaturgia com formas de acessos que vão desde a gratuidade, passam por um plano bastante acessível e permitem add ons de canais, democratizando o acesso a programações de qualidade onde, como e quando quiser”, afirmou Antonio Guerreiro, superintendente de estratégia multiplataforma do Grupo Record.
Em um evento realizado nos Jardins, zona oeste de São Paulo, representantes da Record anunciaram a novidade ao lado de parceiros como a ESPN, grande aposta do PlayPlus quando o assunto é esporte.
No primeiro pacote pago da plataforma (R$ 12,90), os usuários contarão com a transmissão simultânea do ESPN Extra, que exibe jogos de futebol internacional ao vivo, além de ligas femininas, e-Sports e esportes radicais. O pacote ainda contempla algumas das atrações mais conhecidas do jornalismo dos canais ESPN, como os programas Bola da Vez, Resenha ESPN, Futebol no Mundo e ESPN League na forma de vídeos on demand.
Além disso, também haverá o pacote de esportes, que agregará os outros três canais lineares da ESPN no mercado brasileiro (ESPN, ESPN Brasil e ESPN+). Para ter esse pacote, no entanto, é preciso ter o anterior e desembolsar R$ 32,80 no total.
“A parceria com o Grupo Record reforça o compromisso da ESPN em oferecer conteúdo esportivo nas mais variadas plataformas, a qualquer momento e lugar. Junto a um dos maiores grupos de mídia do mercado brasileiro, ofereceremos a variedade, a credibilidade e a inovação pelas quais a ESPN é reconhecida no mundo todo. A plataforma nos dará a oportunidade de estar cada vez mais junto do fã de esporte”, disse Marcello Zeni, vice-presidente de afiliadas da ESPN.
“A credibilidade, a capacidade de produção e o poder da marca ESPN oferecem ao usuário do  PlayPlus o que há de melhor no mundo do esporte em uma nova experiência de consumo de conteúdo em live streaming e VoD, reforçando o compromisso da plataforma com a pluralidade de conteúdo”, reforçou Antonio Guerreiro.
A Record ainda adiantou que haverá produções originais do canal, inclusive com a participação do elenco da ESPN. No canal da Record TV na plataforma, não haverá publicidade, ao menos neste primeiro momento. A emissora, no entanto, deixou os parceiros à vontade para exibirem ou não publicidade em seus próprios canais.
Até o momento, além da própria Record TV e grande parte de seu arquivo histórico, da Record News e da ESPN, o usuário do PlayPlus ainda terá acesso ao PlayKids, à FishTV, ao SuperToons e às rádios 98 FM, Sociedade, Vagalume, Energia 97, Transamérica. Existem ainda quatro outros parceiros comerciais já fechados, mas que ainda não foram revelados por questões contratuais.
O PlayPlus será disponibilizado para download nos sistemas iOS e Android via Apple Store e Google Play com gratuidade nos primeiros 30 dias, além de estar acessível em todos os computadores e celulares pelo endereço playplus.com.
https://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/record-adentra-mundo-do-streaming-com-parceria-com-espn_35222.html

Não contava para Maurizio Sarri e já chegou a Milão para assinar. Tiémoué Bakayoko, antigo jogador do Mónaco, é novo reforço para Gattuso, por empréstimo e com direito a uma opção de compra.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228423

Novo desafio na carreira de Ricardo Sá Pinto como treinador principal. O antigo treinador do Sporting vai agora liderar o campeão polaco, Légia de Varsóvia, nas próximas três temporadas.
O clube polaco anunciou esta segunda-feira a chegada do antigo internacional português para liderar a equipa técnica, depois de Dean Klafuric, antigo técnico do Legia, ter sido despedido no início da época.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228358

Durou apenas uma época e um jogo a aventura de Keita Baldé no Mónaco. À procura de reduzir distâncias para a Juventus, o Inter garante, por empréstimo, mais um jogador para a sua linha avançada.
O gigante transalpino fica com opção de compra sobre o dianteiro senegalês, que está de regresso a Itália após quatro épocas na Lazio.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228368

A Fiorentina anunciou, esta segunda-feira, o empréstimo de Edimilson Fernandes, internacional suíço que chega ao plantel viola proveniente do West Ham.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228350


Lionel Messi se tornou neste domingo o jogador com mais títulos pelo Barcelona, ao conquistar a Supercopa da Espanha, seu 33º troféu pelo clube. Nesta segunda, o camisa 10 argentino recebeu uma homenagem do clube. E ganhou uma "enquadrada" do seu ex-colega de time Daniel Alves. Hoje no Paris Saint-Germain, o lateral usou as redes sociais para lembrar que ele é o jogador com mais conquistas, empatado com o também brasileiro Maxwell: ambos já levantaram 37 troféus, quatro a mais que Messi.
No ranking postado por Daniel Alves, o craque argentino está apenas em quinto lugar, atrás do português Vitor Baía (35 títulos), o galês Ryan Giggs (36), além dos dois laterais brasileiros. Na lista, Pelé aparece em 11º lugar, com 28 títulos oficiais, à frente de Cristiano Ronaldo, com 26.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/daniel-alves-destaca-recorde-pessoal-de-titulos-e-poe-messi-em-quinto-na-lista.ghtml

Em cada lugar do mundo os números de camisas descrevem posições diferentes. O camisa 5 é normalmente o zagueiro na Inglaterra, mas na Argentina e Brasil frequentemente é do volante.
Se tem um padrão no mundo (até por regulamento da FIFA), é o número do goleiro que sempre é o camisa 1. Na Copa do Mundo, por exemplo, é obrigatório inscrever um goleiro com esse número.
O arqueiro Rui Patrício foi um principais contratados do Wolverhampton para a temporada 2018/19 do Campeonato Inglês e vestirá o número 11, que normalmente é associada a um jogador de ataque. Os outros goleiros vestirão números diferentes: Ruddy vestirá a 21 e Norris usará a 31.
Isto porque a camisa 1 não é usada por ninguém em homenagem ao goleiro Carl Ikeme, que se aposentou na temporada passada depois de 12 meses de luta contra a leucemia. O clube manteve a camisa 1 para Ikeme e fez uma campanha em prol do goleiro, formado nas categorias de base do clube.
http://www.showdecamisas.com.br/2018/08/goleiro-rui-patricio-usara-camisa-11-do.html

A temporada 2018/19 do Campeonato Holandês teve início no último final de semana e até a temporada passada os direitos pertenciam aos canais ESPN que, na maioria das vezes, mostrava as partidas através da plataforma WatchESPN.
A boa notícia é que a ESPN renovou os direitos do certame e volta a transmitir os jogos a partir do próximo final de semana com duelos ao vivo nos canais ESPN+ e ESPN EXTRA.
https://www.esporteemidia.com/2018/08/espn-volta-transmitir-o-campeonato.html

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Ter Ago 14, 2018 12:39 pm

Bola Supercopa da Uefa 2018:

https://www.footyheadlines.com/2018/08/adidas-2018-uefa-super-cup-ball.html

O atacante Cheryshev, um dos destaques da seleção da Rússia na Copa do Mundo com belos gols (assista abaixo um deles), acertou com o Valencia. O jogador de 27 anos, que pertence ao Villarreal com o qual tem contrato até 2021, foi cedido por empréstimo por uma temporada.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/destaque-da-russia-na-copa-do-mundo-cheryshev-acerta-com-o-valencia.ghtml

A Roma usou as redes sociais para anunciar a chegada de Steven N'Zonzi à capital italiana, nesta terça. Através de um vídeo ao vivo, a equipe romanista mostrou o desembarque do atleta, vindo do Sevilla. O jogador deve realizar exames médicos antes de oficializar o vínculo com o clube.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-italiano/noticia/campeao-do-mundo-com-a-franca-nzonzi-chega-a-roma-com-festa-da-torcida.ghtml

Apesar de Modric ter manifestado o desejo de permanecer no Real Madrid, após conversas com a família, como informou o jornal "As", ainda não está descartada sua ida para a Inter de Milão. Pelo menos foi o que deu a entender o agente do jogador, Marko Naletilic.
Em declaração ao jornal italiano "TuttoSport", o empresário afirmou que o croata ainda sonha em jogar na equipe de Milão e no Calcio. Segundo ele, a chegada de Cristiano Ronaldo na Juventus aumentou ainda mais seu desejo de atuar no país.
- Modric quer ser uma estrela na Serie A e na Inter de Milão. Vamos ver. Acredito que cedo ou tarde ele jogará na Itália. Como muitos croatas, ele cresceu assistindo ao futebol italiano - afirmou o agente.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/agente-de-modric-reacende-rumor-de-saida-do-real-quer-ser-uma-estrela-na-inter.ghtml

O Sion anunciou que Alex Song vai ser reforço para 2018/19. O médio defensivo, que se encontrava a treinar no emblema helvético há várias semanas, assinou um contrato válido por duas temporadas.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228438

A Lazio oficializou esta terça-feira a contratação do avançado brasileiro André Anderson, que deixa assim o Santos.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228447

O Liverpool reportou Mohamed Salah para a polícia depois do atacante ser filmado usando um celular dentro de seu carro.
No vídeo publicado em uma rede social, o atleta aparecia em sua Mercedes, que estava rodeada de crianças (fãs do jogador), utilizando o aparelho eletrônico. Com o trânsito, o veículo não estava em movimento.
O 'flagra' foi gravado depois da vitória dos Reds por 4 a 0 sobre o West Ham na primeira rodada da Premier League.
O egípcio retornou aos treinamentos de seu clube na manhã de segunda-feira, junto com todo o elenco.
Segundo o DailyMail, o Liverpool se posicionou.
“O clube, depois de discussões com o jogador, alertou a polícia de Merseyside sobre as filmagens e as circunstâncias de sua gravação”.
“Conversamos com o jogador, também, e vamos lidar com qualquer sequência do caso, internamente”, declarou o clube.
A própria polícia de Merseyside, confirmou o caso. “Nós fomos alertados de um vídeo que supostamente mostrava um jogador de futebol usando o celular enquanto dirigia”.
“O caso foi passado para o departamento responsável”.
O jornal inglês também destaca que dirigir utilizando o celular pode incluir seis pontos na carteira de motorista e uma multa de R$ 992,00.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4641715/liverpool-entrega-salah-a-policia-depois-de-jogador-ser-flagrado-ao-celular-em-carro-de-luxo

Apesar de ter realizado uma grande defesa, Petr Cech saiu criticado da derrota por 2 a 0 contra o Manchester City na rodada inaugural da Premier League no último domingo. Nesta terça, vendo as reclamações sobre a dificuldade do goleiro em jogar com os pés, o Bayer Leverkusen quis tirar uma casquinha.
A equipe alemã era a casa do arqueiro Bernd Leno, vendido ao Arsenal nesta janela de transferências por 25 milhões de euros (cerca de R$ 110 milhões).
“Caso vocês estivessem se perguntando como jogar desde trás... Nós até conhecemos um cara” disse o Bayer, com uma imagem de Leno começando um lance de gol.
E Petr Cech não deixou barato.
“No Arsenal, nós compartilhamos valores importantes que nos fazem um grande clube, não só no lado do futebol. Competição justa, profissionalismo e espírito esportivo são os maiores, que você deve ensinar aos jovens jogadores, e é triste ver quando outros clubes não compartilham os mesmos valores, Bayer”, afirmou o tcheco.
“Oi, Petr. Parece que nossa piada sobre querer ver em ação o Leno, nosso antigo jogador, foi levada um pouco mais para o lado pessoal do que pretendíamos. Foi só uma brincadeira. Todos nós somos a favor dos valores que você declarou e desejamos a você e seu grande clube o melhor. Bela defesa no cara a cara contra o Aguero!”, se desculparam os alemães.
A discussão divertiu os usuários da rede social e até outros clubes, como os perfis oficiais da Roma na língua inglesa e do Ajax Cape Town.
Um escritor do veículo Bleacher Report quis dar sua opinião, e também foi respondido pelo goleiro.
“Profissionalismo? Como você pode falar em profissionalismo quando você não melhorou sua distribuição de jogo depois de quase duas décadas de treino? Você envergonhou a si mesmo, seu clube e os torcedores”, disparou.
Cech, ao melhor estilo da rede social, ironizou: “Talvez você poderia tentar procurar no Google o que profissionalismo realmente significa”.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4641835/criticado-no-arsenal-cech-se-irrita-com-bayer-leverkusen-por-brincadeira-e-discute-em-rede-social

Mais do que pelos títulos - e não foram poucos -, Pep Guardiola se tornou referência no futebol mundial por mostrar que é possível aliar talento e competitividade no mais alto nível. Uma "revolução" que completa 10 anos nesta segunda-feira. Foi no dia 13 de agosto de 2008 que o treinador catalão fez sua estreia oficial à frente do Barcelona, dando início a uma trajetória de excelência que se estendeu pelo Bayern de Munique e tem sequência no Manchester City, sua equipe atual.
Em nove temporadas - o treinador ficou um ano sem clube neste período, por opção própria -, Guardiola conquistou 23 títulos, nos três clubes. E o 24º troféu chegou na abertura da atual temporada: a Supercopa da Inglaterra, vencida pelo City no domingo retrasado, dia 5 de agosto. No extremamente competitivo futebol europeu, a supremacia de conquistas em relação a outros treinadores de ponta justifica a reverência ao espanhol.
Títulos dos principais treinadores na Europa desde 2008/2009:
Pep Guardiola - 24 títulos
José Mourinho - 13 títulos
Luís Enrique - 9 títulos
Carlo Ancelotti - 8 títulos
Diego Simeone - 6 títulos
Jurgen Klopp - 5 títulos
Louis van Gaal - 5 títulos
https://sportv.globo.com/site/programas/planeta-sportv/noticia/pep-guardiola-completa-10-anos-como-treinador-nesta-segunda-feira.ghtml


O Atlético de Madri ostentará na camisa, durante a Supercopa Europeia, a logomarca da Save the Children, organização de defesa dos direitos da infância, conforme divulgou nesta segunda-feira a direção do clube espanhol.
"Com essa parceria, reforçamos o compromisso com o coletivo infantil, pelas mãos do Save the Childres, que trabalha em mais de 120 países salvando vidas, proporcionando segurança e proteção as crianças e defendendo os seus direitos", diz nota divulgada pelos 'Colchoneros'.
A logo da entidade estará nas costas da camisa do Atlético, durante a partida com o Real Madrid, pela competição continental, que será disputada em Tallinn, na Estônia.
"Com essa iniciativa, reforçamos nosso compromisso com as crianças, que são o futuro do esporte e da sociedade", destacou o presidente do clube, Enrique Cerezo. EFE
https://esportes.r7.com/futebol/atletico-de-madri-tera-logo-da-save-the-children-para-supercopa-13082018

Todas as transferências de Verão na Champions League

Transferências mais recentes
Denis Cheryshev (Villarreal para o Valência, empréstimo)
Keita Baldé (Mónaco para o Inter, empréstimo)
Kevin Gameiro (do Atlético para o Valência)
Michy Batshuayi (do Chelsea para o Valência, empréstimo)
Theo Hernández (do Real Madrid para a Real Sociedad, empréstimo)
Yerry Mina (do Barcelona para o Everton)

Por clube

Atlético (ESP)
Entradas: Nehuén Pérez (Argentinos Juniors), Rodri (Villarreal), Antonio Adán (Betis), Jonny Castro (Celta Vigo), Thomas Lemar (Mónaco), Santiago Arias (PSV), Nikola Kalinić (Milan)
Saídas: Fernando Torres (fim de contrato), Gabi (Al-Sadd), Axel Werner (Huesca, empréstimo), Emiliano Velázquez (Rayo Vallecano), Jonny Castro (Wolves, empréstimo), Šime Vrsaljko (Inter, empréstimo), André Moreira (Aston Villa, empréstimo), Luciano Vietto (Fulham, empréstimo), Kevin Gameiro (Valência)

Barcelona (ESP)
Entradas: Arthur (Grêmio), Clément Lenglet (Sevilha),  Malcom (Bordéus), Arturo Vidal (Bayern)
Saídas: Gerard Deulofeu (Watford), Andrés Iniesta (Vissel Kobe), Paulinho (Guangzhou Evergrande, empréstimo), Douglas (Sivasspor, empréstimo), Adrián Ortolá (Deportivo, empréstimo), Lucas Digne (Everton), Aleix Vidal (Sevilha), Yerry Mina (Everton), André Gomes (Everton, empréstimo)

Bayern (GER)
Entradas: Leon Goretzka (Schalke), Alphonso Davies (Vancouver, a partir de 1 de Janeiro de 2019)
Saídas: Tom Starke (retirado), Niklas Dorsch (Heidenheim), Douglas Costa (Juventus, contratado após empréstimo), Arturo Vidal (Barcelona)

Club Brugge (BEL)
Entradas: Karlo Letica (Hajduk Split), Siebe Schrijvers (Genk), Clinton Mata (Charleroi), Mats Rits (Mechelen), Luan Peres (Ituano), Arnaut Groeneveld (NEC Nijmegen ), Matej Mitrović ( Beşiktaş, contratado após empréstimo)  
Saídas: Jérémy Perbet (Charleroi), Jens Teunckens (Royal Antuérpia), Jordi Vanlerberghe (Oostende, empréstimo), Alexander Scholz (Midtjylland)

CSKA Moscovo (RUS)
Entradas: Rodrigo Becão (Bahia, empréstimo), Hördur Magnússon (Bristol City), Jaka Bijol (Rudar Velenje), lzat Akhmetov (Rubin), Abel Hernández (sem clube)
Saídas: Pontus Wernbloom (fim de contrato), Georgi Milanov (fim de contrato), Bibras Natcho (fim de contrato), Sergei Ignashevich (retirado), Aleksei Berezutski (retirado), Vasili Berezutski (retirado), Aleksandr Golovin (Mónaco), Vitinho (Flamengo)

Dortmund (GER)
Entradas: Marius Wolf (Eintracht Frankfurt), Marwin Hitz (Augsburgo), Thomas Delaney (Bremen), Abdou Diallo (Mainz) Achraf Hakimi (Real Madrid, empréstimo),  Axel Witsel (Quanjian)
Saídas: Mikel Merino (Newcastle United), Dominik Reimann (Kiel), Roman Weidenfeller (retirado), Gonzalo Castro (Estugarda), Sokratis Papastathopoulos (Arsenal), Erik Durm (Huddersfield Town), André Schürrle (Fulham, empréstimo), Andriy Yarmolenko (West Ham)

Galatasaray (TUR)
Entradas: Muğdat Çelik (Akhisarspor), Yuto Nagatomo (Inter, contratado após empréstimo), Henry Onyekuru (Everton, empréstimo)
Saídas: Luis Cavanda (Standard Liège, contratado após empréstimo), Cédric Carrasso (fim de contrato), Eray İşcan (fim de contrato), Koray Günter (fim de contrato), Iasmin Latovlevici (fim de contrato), Yasin Öztekin (fim de contrato), Hakan Balta (fim de contrato), Endoğan Adili (fim de contrato)

Hoffenheim (GER)
Entradas: Leonardo Bittencourt (Colónia), Ishak Belfodil (Standard Liège), Joshua Brenet (PSV), Vincenzo Grifo (Mönchengladbach), Kasim Nuhu (Young Boys)
Saídas: Eugen Polanski (desconhecido), Mark Uth (Schalke), Benedikt Gimber (Ingolstadt), In-hyeok Park (Daejeon), Philipp Ochs (Aalborg, empréstimo)

Inter (ITA)
Entradas: Radja Nainggolan (Roma), Stefan de Vrij (Lazio), Kwadwo Asamoah (Juventus), Lautaro Martínez (Racing Avellaneda), Matteo Politano (Sassuolo), Šime Vrsaljko (Atlético, empréstimo), Keita Baldé (Monaco, empréstimo)  
Saídas: Davide Santon (Roma), Yuto Nagatomo (Galatasaray, contratado após empréstimo), Geoffrey Kondogbia (Valência, contratado após empréstimo), Nicolò Zaniolo (Roma), Éder (Jiangsu Suning, Jens Odgaard (Sassuolo), Davide Bettella (Atalanta)

Juventus (ITA)
Entradas: Douglas Costa (Bayern Munique, contratado após empréstimo), Mattia Perin (Génova), Emre Can (Liverpool), João Cancelo (Valência), Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Leonardo Bonucci (Milan)
Saídas: Gianluigi Buffon (Paris), Stephan Lichtsteiner (Arsenal), Kwadwo Asamoah (Internazionale), Alberto Cerri (Cagliari, empréstimo), Alberto Brignoli (Palermo), Mattia Caldara (Milan), Gonzalo Higuaín (Milan, empréstimo), Marko Pjaca (Fiorentina, empréstimo), Andrea Favilli (Génova, empréstimo), Stefano Sturaro (Sporting CP, empréstimo)

Liverpool (ENG)
Entradas: Fabinho (Mónaco), Xherdan Shaqiri (Stoke City), Alisson Becker (Roma)
Saídas: Ovie Ejaria (Rangers, empréstimo), Emre Can (Juventus), John Flanagan (fim de contrato), Ádám Bogdán (Hibernian, empréstimo), Danny Ward (Leicester City), Taiwo Awoniyi (Gent, empréstimo), Allan (Eintracht Frankfurt, empréstimo), Ben Woodburn (Sheffield United, empréstimo), Danny Ings (Southampton, empréstimo)

Lokomotiv Moscovo (RUS)
Entradas: Rifat Zhemaletdinov (Rubin), Brian Idowu (Amkar Perm), Éder (LOSC Lille), Grzegorz Krychowiak (Paris, empréstimo), Benedikt Höwedes (Schalke), Fedor Smolov (Krasnodar)  
Saídas: Nemanja Pejčinović (fim de contrato), Alan Kasaev (Baltika, empréstimo)

Lyon (FRA)
Entradas: Léo Dubois (Nantes), Reo Griffiths (Tottenham Hotspur)
Saídas: Willem Geubbels (Mónaco), Romain Del Castillo (Rennes), Mouctar Diakhaby (Valência), Jean-Philippe Mateta (Mainz), Aldo Kalulu (Basileia), Sergi Darder (Espanyol), Elisha Owusu ( FC Sochaux-Montbéliard), Myziane Maolida (Nice)

Manchester City (ENG)
Entradas: Riyad Mahrez (Leicester), Claudio Gomes (Paris), Philippe Sandler (PEC Zwolle), Daniel Arzani (Melbourne City)
Saídas: Yaya Touré (fim de contrato), Pablo Maffeo (Estugarda), Angeliño (PSV), Olarenwaju Kayode (Shakhtar Donetsk, contratado após empréstimo),  Pablo Marí (Deportivo La Coruña, empréstimo), Anthony Cáceres (Melbourne City, empréstimo), Kean Bryan (Sheffield United), Tosin Adarabioyo (West Bromwich Albion, empréstimo), Joe Hart (Burnley)

Manchester United (ENG)
Entradas: Fred (Shakhtar), Diogo Dalot (Porto), Lee Grant (Stoke City)
Saídas: Michael Carrick (retirado), Sam Johnstone (West Brom); Daley Blind (Ajax), Cameron Borthwick-Jackson (Scunthorpe, empréstimo), Joel Pereira (Vitória FC, empréstimo), Axel Tuanzebe (Aston Villa, empréstimo), Timothy Fosu-Mensah (Fulham, empréstimo)

Mónaco (FRA)
Entradas: Samuel Grandsir (Troyes), Willem Geubbels (Lyon), Wilson Isidor (Rennes), Sofiane Diop (Rennes), Robert Navarro (Barcelona), Pelé (Rio Ave), Jonathan Panzo (Chelsea), Ronaël Pierre-Gabriel (St-Étienne), Antonio Barreca (Torino), Aleksandr Golovin (CSKA Moscovo), Jean-Eudes Aholou (Estrasburgo)
Saídas: Fabinho (Liverpool), Terence Kongolo (Huddersfield), Souahilo Meité (Torino), Adama Diakhaby (Huddersfield Town), João Moutinho (Wolves), Adrien Bongiovanni (Cercle Brugge), Thomas Lemar (Atlético), Soualiho Meïté (Torino), Rachid Ghezzal (Leicester), Boschilia (Nantes, empréstimo), Keita Baldé (Inter, empréstimo)

Nápoles (ITA)
Entradas: Simone Verdi (Bolonha), Fabián Ruíz (Betis), Alex Meret (Udinese), Orestis Karnezis (Udinese), Vinícius Morais (Real SC), Amato Ciciretti (Benevento), Kévin Malcuit (LOSC Lille)
Saídas: Pepe Reina (Milan), Emanuele Giaccherini (Chievo), Jorginho (Chelsea), Gennaro Tutino (Carpi, loan), Zinédine Machach (Carpi, empréstimo), Roberto Insigne (Benevento, empréstimo), Amato Ciciretti (Parma, empréstimo)

Paris Saint-Germain (FRA)
Entradas: Gianluigi Buffon (Juventus)
Saídas: Thiago Motta (retirado), Odsonne Edouard (Celtic), Javier Pastore (Roma), Yuri Berchiche (Athletic Club), Jonathan Ikoné (LOSC Lille), Lorenzo Callegari (Génova), Grzegorz Krychowiak (Lokomotiv Moscovo, empréstimo)

Plzeň (CZE)
Entradas: Luděk Pernica (Jablonec), Ubong Ekpai (Zlín), Roman Procházka (Levski Sofia), Pavel Bucha (sem clube)
Saídas: Andreas Ivanschitz (fim de contrato), Diego Živulić (fim de contrato), Václav Pilař (Sigma Olomouc), Miloš Kratochvíl (Jablonec), Marek Bakoš (Spartak Trnava)

Porto (POR)
Entradas: João Pedro (Palmeiras), Saidy Janko (St-Étienne), Ewerton (Portimonense), Chancel Mbemba (Newcastle United), Marius Mouandilmadji (Cotonsport), Éder Militão (São Paulo)
Saídas: Ricardo Pereira (Leicester City), Iván Marcano (Roma), Diogo Dalot (Man. United), Ewerton (Portimonense, empréstimo), Miguel Layún (Villarreal), Gonçalo Paciência (Eintracht Frankfurt)

Real Madrid (ESP)
Entradas: Vinícius Júnior (Flamengo), Andriy Lunin (Zorya Luhansk), Álvaro Odriozola (Real Sociedad), Thibaut Courtois (Chelsea)
Saídas: Omar Mascarell (Schalke), Cristiano Ronaldo (Juventus), Achraf Hakimi (Dortmund, empréstimo), Mateo Kovačić (Chelsea, empréstimo), Theo Hernández (Real Sociedad, empréstimo)

Roma (ITA)
Entradas: Iván Marcano (Porto), Ante Ćorić (Dinamo Zagreb), Bryan Cristante (Atalanta), Justin Kluivert (Ajax), Antonio Mirante (Bolonha), Davide Santon (Internazionale), Javier Pastore (Paris), William Bianda (Lens), Nicolò Zaniolo (Internazionale), Daniel Fuzato (Palmeiras), Robin Olsen (Copenhaga)
Saídas: Radja Nainggolan (Internazionale), Marco Tumminello (Atalanta), Arturo Calabresi (Bolonha), Lukasz Skorupski (Bolonha), Bruno Peres (São Paulo, empréstimo), Alisson Becker (Liverpool), Gerson (Fiorentina, empréstimo), Grégoire Defrel (Sampdória, empréstimo), Leandro Castán (fim de contrato)

Schalke (GER)
Entradas: Suat Serdar (Mainz), Salif Sané (Hannover), Steven Skrzybski (Union Berlim), Mark Uth (Hoffenheim), Omar Mascarell (Real Madrid)
Saídas: Leon Goretzka (Bayern), Max Meyer (Crystal Palace), Pablo Insua (Huesca, empréstimo), Coke (Levante), Benedikt Höwedes (Lokomotiv Moscovo)

Shakhtar (UKR)
Entradas: Olarenwaju Kayode (Manchester City, contratado após empréstimo), Fernando Pedro (Palmeiras), Oleksiy Shevchenko (Karpaty Lviv), Maycon (Corinthians), Júnior Moraes (Dynamo Kiev), Marquinhos Cipriano (São Paulo)
Saídas: Fred (Man. United), Bernard (fim de contrato), Facundo Ferreyra (Benfica), Darijo Srna (Cagliari), Ruslan Fomin (Mariupol), Ivan Petryak (Ferencváros, empréstimo), Dodo (Vitória SC, empréstimo), Gustavo Blanco Leschuk (Málaga, empréstimo)

Tottenham (ENG)
Entradas: nenhuma
Saídas: Keanan Bennetts (Mönchengladbach), Anton Walkes (Portsmouth), Reo Griffiths (Olympique Lyonnais)

Valência (ESP)
Entradas: Uroš Račić (Estrela Vermelha), Geoffrey Kondogbia (Inter, contratado após empréstimo), Mouctar Diakhaby (Lyon), Daniel Wass (Celta), Cristiano Piccini (Sporting), Michy Batshuayi (Chelsea, empréstimo), Kevin Gameiro (Atlético), Denis Cheryshev (Villarreal, empréstimo)  
Saídas: João Cancelo (Juventus), Nacho Vidal (Osasuna), Nemanja Maksimović (Getafe), Zakaria Bakkali (Anderlecht), Nani (Sporting), Martín Montoya (Brighton), Álvaro Medrán (Rayo Vallecano, empréstimo)

*Esta lista não é exaustiva. Nem todas as transferências envolvendo jogadores dos escalões de formação ou equipa de reservas estão incluídas.
https://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2562976.html?iv=true

Todas as transferências nas equipas da Europa League

Destaques
Kepa Arrizabalaga chega ao Chelsea vindo do Athletic Club
Thibaut Courtois deixa Chelsea, Mateo Kovačić chega aos "blues" por empréstimo
Milan contrata Mattia Caldara e Gonzalo Higuaín
Milan Badelj e Joaquín Correa rumam à Lázio
Fedor Smolov deixa Krasnodar e assina pelo Lokomotiv

Por clube

Akhisarspor (TUR)
Entradas: Josué Pesqueira (livre), Avdija Vršajević (Osmanlıspor), Elvis Manu (Gençlerbirliği), Güray Vural (Kayserispor)
Saídas: Orhan Tasdelen (Adana Demirspor), Muğdat Çelik (Galatasaray), Soner Aydoğdu (İstanbul Başakşehir), Olcan Adın (fim de contrato), Alperen Babacan (Denizlispor, empréstimo), Safa Ali Memnun (Kahramanmaraşspor, empréstimo)

Anderlecht (BEL)
Entradas: Zakaria Bakkali (Valência), Ivan Santini (Caen), Landry Dimata (Wolfsburgo, empréstimo), Ognjen Vranješ (AEK), Thomas Didillon (Metz), Kenneth Saief (Gent, transferência após empréstimo), Elias Cobbaut (Mechelen), Yevhenii Makarenko (Kortrijk), Kristal Abazaj (Luftëtar), Luka Adžić (Estrela Vermelha), Antonio Milić (Oostende), Knowledge Musona (Oostende)
Saídas: Stéphane Badji (Bursaspor, transferência após empréstimo), Aaron Leya Iseka (Toulouse), Wout Faes (Oostende), Idrissa Doumbia (Akhmat Grozny), Uroš Spajić (Krasnodar), Jorn Vancamp (Beerschot), Silvère Ganvoula (Bochum, empréstimo), Trezeguet (Kasımpaşa, transferência após empréstimo), Alexandru Chipciu (Sparta Praga, empréstimo), Olivier Deschacht (fim de contrato), Dylan Lambrecht (fim de contrato), Leander Dendoncker (Wolves)

Arsenal (ENG)
Entradas: Stephan Lichtsteiner (Juventus), Bernd Leno (Leverkusen), Sokratis Papastathopoulos (Dortmund), Lucas Torreira (Sampdoria), Matteo Guendouzi (Lorient)
Saídas: Per Mertesacker (retirado), Santi Cazorla (Villarreal), Jack Wilshere (West Ham), Takuma Asano (Hannover, empréstimo), Chuba Akpom (PAOK), Calum Chambers (Fulham, empréstimo), Lucas Pérez (West Ham)

Bétis (ESP)
Entradas: Takashi Inui (Eibar), Antonio Barragán (Middlesbrough, transferência após empréstimo), Sergio Canales (Real Sociedad), Pau López (Espanyol), Joel Robles (Everton), William Carvalho (Sporting CP)
Saídas: Riza Durmisi (Lazio), Pedro López (fim de contrato), Dani Giménez (Deportivo La Coruña), Fabián Ruíz (Nápoles), Antonio Adán (Atlético Madrid), Germán Pezzella (Fiorentina, transferência após empréstimo), Rafa Navarro (Alavés), Rubén Castro (Las Palmas), Víctor Camarasa (Cardiff, empréstimo)

Chelsea (ENG)
Entradas: Jorginho (Nápoles), Robert Green (livre), Mateo Kovačić (Real Madrid, empréstimo), Kepa Arrizabalaga (Athletic Club)
Saídas: Jeremie Boga (Sassuolo), Lewis Baker (Leeds United, empréstimo), Jamal Blackman (Leeds, empréstimo), Kenedy Wolf (Newcastle, empréstimo), Mason Mount (Derby, empréstimo), Kyle Scot (Telstar, empréstimo), Matt Miazga (Rennes, empréstimo), Thibaut Courtois (Real Madrid), Michy Batshuayi (Valencia, empréstimo), Kurt Zouma (Everton, empréstimo)

Eintracht Frankfurt (GER)
Entradas: Frederik Rönnow (Bröndby), Nicolai Müller (Hamburgo), Felix Wiedwald (Leeds United), Lucas Torró (Real Madrid), Obite Evan N'Dicka (Auxerre), Gonçalo Paciência (Porto), Carlos Salcedo (Guadalajara), Ante Rebić (Fiorentina), Allan (Liverpool, empréstimo), Francisco Geraldes (Sporting, empréstimo)
Saídas: Lukáš Hrádecký (Leverkusen), Alexander Meier (desconhecido), Renat Dadashov (Estoril), Marius Wolf (Dortmund), Kevin-Prince Boateng (Sassuolo), Aymen Barkok (Fortuna Düsseldorf, empréstimo), Omar Mascarell (Schalke), Max Besuschkow (Saint-Gilloise, empréstimo)

Jablonec (CZE)
Entradas: Tomáš Břečka (Slovácko), Miloš Kratochvíl (Plzeň), Dāvis Ikaunieks (Jihlava), David Hovorka (Sparta Praga, empréstimo), Rafael Acosta (Brno)
Saídas: Luděk Pernica (Plzeň), Roman Valeš (Bohemians), Jaroslav Zelený (Slavia Praga), Jaroslav Diviš (Mladá Boleslav), Jan Díl (Chrudim, empréstimo), David Breda (Dukla Praga, empréstimo), Martin Kouril (Varnsdorf)

Krasnodar (RUS)
Entradas: Uroš Spajić (Anderlecht), Dmitri Stotski (Ufa), Christian Cueva (São Paulo), Anatoli Katrich (Dinamo Moscovo), Ivan Taranov (Krylya Sovetov), Christian Cueva (São Paulo), Jon Gudni Fjóluson (Norrköping)
Saídas: Andreas Granqvist (Helsingborg), Joãozinho (fim de contrato), Ricardo Laborde (fim de contrato), Vyacheslav Podberezkin (Rubin), Ruslan Bolov (Khimki), Andrei Ivan (Rapid Viena, empréstimo), Nikolai Komlichenko (Mladá Boleslav), Renat Yanbaev (fim de contrato), Aleksei Gritsaenko (Yenisey, empréstimo), Fedor Smolov (Lokomotiv Moskva)

Lázio (ITA)
Entradas: Francesco Acerbi (Sassuolo), Silvio Proto (Olympiacos), Valon Berisha (Salzburgo), Riza Durmisi (Real Betis), Mattia Sprocati (Salernitana)
Saídas: Stefan de Vrij (Inter), Filip Djordjević (Chievo Verona), Federico Marchetti (Génova), Felipe Anderson (West Ham), Francesco Orlando (Salernitana), Simone Palombi (Lecce, empréstimo), Mamadou Tounkara (Schaffhausen, empréstimo), Franjo Prce (Omonia, empréstimo)

Leverkusen (GER)
Entradas: Paulinho (Vasco da Gama), Mitchell Weiser (Hertha), Lukáš Hrádecký (Frankfurt), Thorsten Kirschbaum (Nuremberga)
Saídas: Stefan Kiessling (retirado), Vladlen Yurchenko (desconhecido), Marlon Frey (desconhecido), Niklas Lomb (Sandhausen), Bernd Leno (Arsenal)

Marselha (FRA)
Entradas: Duje Ćaleta-Car (Salzburgo)
Saídas: Dória (Santos Laguna), André-Frank Zambo Anguissa (Fulham)

Milan (ITA)
Entradas: Alen Halilović (Hamburgo), Ivan Strinić (Sampdoria), Pepe Reina (Nápoles), Fabio Borini (Sunderland, transferência após empréstimo), Nikola Kalinić (Fiorentina, contratação após empréstimo), Mattia Caldara (Juventus), Gonzalo Higuaín (Juventus, empréstimo)
Saídas: M'Baye Niang (Torino, transferência após empréstimo), Gianluca Lapadula (Génova, transferência após empréstimo), Gianmarco Zigoni (Veneza, transferência após empréstimo), Niccolò Zanellato (Crotone, transferência após empréstimo), Hachim Mastour (fim de contrato), Marco Storari (fim de contrato), Nnamdi Oduamadi (fim de contrato), Leonardo Bonucci (Juventus), Gustavo Gómez (Palmeiras, empréstimo), Nikola Kalinić (Atlético), Luca Antonelli (Empoli), André Silva (Sevilla, empréstimo), Manuel Locatelli (Sassuolo, empréstimo)

Rennes (FRA)
Entradas: Romain Del Castillo (Lyon), Theoson Siebatcheu (Stade de Reims), Jakob Johansson (AEK), Clément Grenier (Guingamp), Damien Da Silva (Caen), Matt Miziaga (Chelsea, empréstimo)
Saídas: Afonso Figueiredo (Rio Ave), Firmin Mubele (Toulouse), Yoann Gourcuff (fim de contrato), Séga Coulibaly (Nancy), Wilson Isidor (Mónaco), Sofiane Diop (Mónaco), Stéphane Diarra (Le Mans, empréstimo), Joris Gnagnon (Sevilha), Brandon (Osasuna, empréstimo), Anthony Ribelin (fim de contrato), Sanjin Prcić (fim de contrato), Jordan Tell (Orléans, empréstimo), Armand Lauriente (Orléans, empréstimo)

Sporting (POR)*
Entradas: Marcelo (Rio Ave), Raphinha (Vitória SC), Bruno Gaspar (Fiorentina), Emiliano Viviano (Sampdoria), Nani (Valência), Renan Ribeiro (Estoril), Stefano Sturaro (Juventus, empréstimo)
Saídas: André Geraldes (Sporting Gijón, empréstimo), William Carvalho (Real Betis), Cristiano Piccini (Valência)

*incluídas apenas transferências confirmadas pelo Sporting

Villarreal (ESP)
Entradas: Toko Ekambi (Angers), Gerard Moreno (Espanyol), Ramiro Funes Mori (Everton), Miguel Layún (Porto), Santiago Cáseres (Vélez Sarsfield), Santi Cazorla (Arsenal)
Saídas: Rodri (Atlético Madrid), Roger Martínez (Club América), Antonio Rukavina (FC Astana), Rúben Semedo (Huesca, empréstimo), Adrián Marín (Alavés), Alfred N'Diaye (Málaga, empréstimo), Denis Cheryshev (Valencia, empréstimo)

Vorskla (UKR)
Entradas: Artem Gabelok (Spartaks Jūrmala), Maryan Mysyk (Stal Kamianske), Evgeniy Martynenko (Chornomorets Odesa), Nicolas Careca (Grêmio, empréstimo), Artur (Internacional, empréstimo)
Saídas: nenhuma

Zurique (SUI)
Entradas: Salim Khelifi (Eintracht Braunschweig), Hekuran Kryeziu (Luzern), Hakim Guenouche (Nancy), Becir Omeragic (Servette), Andreas Maxsö (Osmanlıspor), Benjamin Kololli (Lausanne)
Saídas: Cédric Brunner (Bielefeld), Rasmus Thelander (Vitesse), Yann Fillion (Aarau, empréstimo), Gilles Yapi (fim de contrato)

*Esta lista não é exaustiva; nem todas as transferências envolvendo jovens dos escalões de formação ou de equipas de reserva estão incluídas.
https://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2563946.html?iv=true

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Ter Ago 14, 2018 5:53 pm

O Atlético de Madrid começa outra temporada e pensa novamente alto. O time da capital espanhola inicia os seus compromissos oficiais nesta quarta-feira, na Supercopa da Uefa contra o Real Madrid. Atual campeão da Liga Europa, o time quer brigar no alto no Campeonato Espanhol, que terminou em segundo lugar na temporada passada, e também fazer um papel melhor na Champions League. O técnico Diego Simeone falou em entrevista coletiva sobre o fato de jogadores permanecerem no clube, o estilo de jogo do Atlético que fez sucesso na Copa e na campeã França e sobre as possibilidades da equipe Colchonera para a temporada.
Para esta temporada, o Atlético de Madrid contratou Thomas Lemar, do Monaco, por € 70 milhões; Rodrigo, do Villarreal, por € 20 milhões; Nikola Kalinic, do Milan, € 14,50 milhões;; Santiago Arias, do PSV, por € 11 milhões; Jonny Castro, do Celta, por € 7 milhões; e, por fim, Antonio Adán, do Betis, por mero € 1 milhão. Gelson Martins chegou do Sporting de graça, após romper o seu contrato com os portugueses. Entre os que saíram, o mais relevante é Sime Vrsaljko, que foi para a Inter por empréstimo com compra vinculada, e Kevin Gameiro, que foi para o Valencia, mas o atacante francês era reserva. Os demais eram jogadores que não estavam no elenco, mas pertenciam ao clube, como Diogo Jota, que foi para o Wolverhampton.
Ninguém sai
“Percebo há anos que os jogadores querem vir aqui, percebo que os jogadores do Atleti não querem ir, Koke, Thomas, Giménez e acompanham o crescimento do clube. Chegam jogadores importante e se gera um trabalho coletivo e seguimos gerando competitividade e crescimento. A eles interessa ganhar e crescer. Se aproxima o projeto que levamos e que queremos melhorar”.
http://trivela.uol.com.br/simeone-ha-anos-percebo-que-os-jogadores-querem-vir-para-o-atletico-de-madrid-e-nao-sair/

Quase três meses já se passaram desde que o Real Madrid derrotou o Liverpool por 3 a 1 na final da Liga dos Campeões da Uefa. O tempo, no entanto, não foi suficiente para apagar as rusgas entre o técnico do time inglês, Jurgen Klopp, e o capitão do Real, o zagueiro Sergio Ramos. Recentemente, Klopp acusou o jogador de ter sido desleal no lance que tirou da partida o atancate Mohamed Salah, maior destaque do Liverpool, aos 25 minutos do primeiro tempo.
Nesta terça, na véspera da decisão da Supercopa da Uefa, contra o Atlético de Madrid, Ramos respondeu de forma dura ao treinador alemão (O GloboEsporte.com transmite Real Madrid x Atlético de Madrid em tempo real nesta quarta, às 16h). O zagueiro acredita que Klopp usa a saída de Salah como desculpa para a derrota.
- Ele quer justificar por que não ganhou a final, mas essa não é a primeira que perde.
Que ele se preocupe com os seus, nós somos jogadores que estamos há muitos anos demonstrando um nível muito alto, vamos ver se ele pode dizer o mesmo como treinador - criticou Ramos, acrescentando que considera Klopp um dos melhores treinadores da atualidade.
- Votei nele como um dos melhores técnicos do ano, para ver se fica mais tranquilo.
Klopp, de 51 anos, ja foi vice-campeão da Liga dos Campeões da Uefa em 2013, quando dirigia o Borussia Dortmund, derrotado na decisão pelo rival alemão Bayern de Munique. No Liverpool, Klopp ainda busca o primeiro título depois de três vice-campeonatos, da Liga Europa de 2016 (para o Sevilla), da Copa da Liga Inglesa de 2016 (para o Manchester City) e da última Liga dos Campeões da Uefa.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/sergio-ramos-ironiza-klopp-nao-e-a-primeira-vez-que-perde-uma-final.ghtml

O Barcelona acertou nesta terça-feira a venda de Marlon ao Sassuolo, da primeira divisão da Itália. A negociação foi fechada em 12 milhões de euros, o equivalente a cerca de R$ 53 milhões (na cotação atual), e o zagueiro assinará contrato de cinco anos, até junho de 2023.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/barcelona-acerta-venda-de-marlon-ao-sassuolo-e-zagueiro-assinara-por-5-anos.ghtml

Mais da metade dos clubes da Premier League poderia jogar com o estádio vazio e ainda assim teria lucros, revelou nesta terça-feira um estudo da BBC com base em cifras da temporada 2016/17. Entre os 11 times que poderiam abrir mão da torcida, estão Leicester, Everton e Tottenham. Isso por conta dos direitos de transmissão recorde, de € 9,3 bilhões (R$ 41 bilhões) para o triênio 2016-2019.
Com o crescimento desse bolo, os ingressos vendidos passaram a representar apenas um quinto das receitas na última temporada. Por isso, o especialista na economia do futebol Bob Wilson avalia que a grande maioria dos clubes ingleses pode "prescindir de seu público para gerar lucro".
- Quando a Premier League te paga 120 milhões (R$ 595 milhões) de libras para jogar bola, você pode jogar em um estádio vazio se precisar. A estrutura de receitas destes clubes agora deve se manter - analisa o professor da Universidade de Sheffield Hallam, já que o total dos direitos de TV para o período 2019/22 também deve alcançar as somas atuais.
Abaixo os 10 clubes que poderiam abrir mão da torcida e seus respectivos lucros (o outro seria o Crystal Palace)

Questionado pela BBC, o presidente da Federação de torcedores (FSF), Malcolm Clarke, insistiu que os clubes não devem se esquecer de seu público. Para ele, as televisões não estariam dispostas a pagarem tanto se o ambiente nos estádios não for bom.
- Os jogadores e treinadores vêm e vão, mas nós estamos sempre aí. A razão pela qual eles podem obter contratos lucrativos é que no produto final existe a multidão, o ruído, os torcedores rivais, o ambiente. Não seria chato ver um jogo da Premier League em um estádio vazio?
A Premier League reagiu indicando que está fazendo esforços para os torcedores irem aos jogos, incluindo o custo limite de 30 libras para os ingressos.
- O futebol de alta qualidade praticado pelos times, combinado ao compromisso dos seguidores, levou a uma taxa de ocupação dos estádios extremamente elevada de 96% na última temporada - indicou a Premier League em comunicado.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/maioria-dos-times-da-premier-league-nao-precisam-da-torcida-para-ter-lucro-diz-estudo.ghtml

Manuel Locatelli foi oficializado como reforço do Sassuolo para a temporada que se avizinha na Serie A. O jovem médio, de 20 anos de idade, deixa o AC Milan, seu clube de formação e onde se estreou como sénior.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228355

A Imprensa espanhola revela que o reforço Thibaut Courtois não foi inscrito a tempo para participar frente ao Atlético Madrid, em jogo para a Supertaça Europeia.
Com a ausência de Courtois, Keylor Navas será o titular e Kiko Casillas no banco.
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/745083

A Roma anunciou, esta terça-feira, a contratação de Steven Nzonzi junto do Sevilha por 26.65 milhões de euros, mas ainda poderá aumentar mais quatro milhões de euros se determinados objetivos forem atingidos.
Nzonzi, de 29 anos, assinou até 2022, após ter realizado os habituais testes médicos.
https://www.abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/745082

Antevisão da SuperTaça da UEFA: Real Madrid - Atlético Madrid

Equipas prováves
Real Madrid: Navas; Carvajal, Ramos, Varane, Marcelo; Casemiro, Kroos, Isco; Bale, Benzema, Asensio.
Ausentes: Vallejo (problema muscular), Odriozola (aductor)
Em dúvida: nada a assinalar

Atlético Madrid: Oblak; Juanfran, Godín, Giménez, Filipe Luís; Koke, Saúl, Rodrigo; Lemar, Griezmann, Costa.
Ausentes: nada a assinalar
Em dúvida: nada a assinalar

Julen Lopetegui, treinador do Real Madrid
Naturalmente, queremos ganhar e estamos prontos para o fazer. Preparámo-nos para este jogo e vamos dar tudo para vencer diante de uma grande equipa, que exigirá muito de nós. O Atlético are conta com grandes jogadores e com um treinador que há muito se encontra oa leme do clube, guiando-o na direcção certa. Vai ser um jogo duro quee fisicamente, quer tacticamente. É uma final e estas duas equipas vão obrigar o adversário a estar ao seu melhor nível. Estamos concentrados naquilo que precisamos de fazer para derrotar o Atleti.

Diego Simeone, treinador do Atlético
Queremos melhorar em relação à temporada passada. A expectativa é grande e sabemos o que nos é pedido. O Real Madrid vai jogar num estilo diferente esta temporada; vai pressionar alto e tentar controlar o jogo no meio-campo adversário. Lopetegui sempre teve essa filosofia de jogo. O mais importante é mostrarmos ambição e desejo de vencer. E é o que faremos. Todos os jogadores que viajaram connosco para Tallin estão aptos para jogar.

Opinião dos repórteres UEFA.com

Joe Walker, especialista em futebol espanhol (@UEFAcomJoeW)
Uma vez mais o Real Madrid arranca a época com uma presença na SuperTaça da UEFA, ainda que desta feita em novas circunstâncias, depois de ter visto sair Zinédine Zidane e Cristiano Ronaldo neste Verão. Vai ser curioso perceber se Lopetegui já conseguiu fazer passar as suas ideias aos seus jogadores e se as novas contratações de Simeone já assimilaram aforma de jogar dos "colchoneros". E, claro, há o aliciante extra de o Atleti ter contas a ajustar: o Real Madrid é a única equipa a ter eliminado o rival citadino em provas europeias desde 2013.

Daniel Thacker, repórter do jogo (@UEFAcomDanT)
Tallinn e o bonito Estádio Lilleküla ficam a quase 4000 quilómetros de Madrid (e parecem outro mundo no que ao clima diz respeito). A capital da Estónia constituirá. pois, um palco diferente e único para o primeiro derby de sempre da SuperTaça Europeia da UEFA. Se a história recente das duas equipas em finais da UEFA Champions League servir de guia, então vamos acreditar que o resultado ao final dos 90 minutos será 1-1. Mas há muitas caras novas e a habitual tendência dos últimos tempos para jogos de grande emoção na SuperTaça Europeia fazem deste embate uma incógnita. Mesmo sendo disputado entre dois clubes que se conhecem tão bem.

Resultados da pré-temporada

Real Madrid
31/07: Manchester United 2-1 Real Madrid (Miami, EUA)
04/08: Real Madrid 3-1 Juventus (Landover, EUA)
07/08: Real Madrid 2-1 Roma (East Rutherford, EUA)
11/08: Real Madrid 3-1 AC Milan (Madrid, Espanha)

Atlético
26/07: Atlético 1-1, 3-1pens Arsenal (Singapura)
30/07: Paris 3-2 Atlético (Singapura)
05/08: Estugarda 1-1 Atlético (Estugarda, Alemanha)
08/08: Cagliari 0-1 Atlético (Cagliari, Itália)
11/08: Atlético 0-1 Inter (Madrid, Espanha)

Sabia que?
• O Real Madrid pode tornar-se no primeiro clube a vencer três edições consecutivas da SuperTaça da UEFA, mas o Atlético ergueu o troféu nas duas anteriores ocasiões em que disputou a competição.
https://pt.uefa.com/uefasupercup/news/newsid=2566638.html

A janela de transferências ainda não fechou (encerramento é na sexta-feira), mas a Serie A já estabeleceu um recorde. Pela primeira vez na história, os clubes do Campeonato Italiano movimentaram mais de 1 bilhão de euros (R$ 4,4 bilhões) no mercado da bola. Trata-se do maior valor em contratações da liga da Itália.
A Juventus lidera o ranking do mercado da bola. É o time que mais investiu: 256,9 milhões de euros (R$ 1,1 bilhão), sendo 117 milhões de euros (R$ 519 milhões) para contratar Cristiano Ronaldo.
O recorde anterior do Campeonato Italiano era da temporada passada, quando os clubes gastaram 957 milhões de euros (R$ 4,2 bilhões) em reforços. Veja os números, de acordo com “Transfermarkt”, das últimas cinco janelas de transferências.
As janelas do Campeonato Italiano:

Temporada 2018/2019: 1,03 bilhão de euros (R$ 4,58 bilhões) e somando…
Até o momento, os clubes já ultrapassaram a casa do bilhão de euros em transferências. CR7 é o mais caro da atual janela.

Temporada 2017/2018: 957 milhões de euros (R$ 4,2 bilhões)
Era o recorde italiano. Na temporada passada, o atleta mais caro foi o zagueiro Bonucci, que trocou a Juventus pelo Milan numa transação de 42 milhões de euros (R$ 186 milhões, na cotação atual).

Temporada 2016/2017: 861 milhões de euros (R$ 3,8 bilhões)
Higuaín foi o atleta mais caro da janela italiana daquela temporada. A Juventus tirou o atacante argentino do Napoli por 90 milhões de euros (R$ 399 milhões, na cotação atual).

Temporada 2015/2016: 705 milhões de euros (R$ 3,1 bilhões)
A Juventus contratou Dybala por 40 milhões de euros (R$ 177 milhões, na cotação atual). O argentino defendia o Palermo e foi a transferência mais cara na Itália na ocasião.

Temporada 2014/2015: 440 milhões de euros (R$ 1,9 bilhão)
A Roma fez a contratação mais cara na ocasião. Tirou o atacante Iturbe do Verona por 24,5 milhões de euros (R$ 108 milhões, na cotação atual).

Temporada 2013/2014: 563 milhões de euros (R$ 2,5 bilhões)
Higuaín foi o mais caro da Itália duas vezes. Na temporada 2013/2014, trocou o Real Madrid pelo Napoli. A transação custou 39 milhões de euros (R$ 173 milhões).
https://www.lance.com.br/mais-que-um-jogo/italia-bate-recorde-vaivem-bola-relembre-ultimas-janelas.html

O pequeno Peña Deportiva de Santa Eulària des Riu, time da 4ª divisão espanhola, lançou, em parceria com a fornecedora Hummel, aquela que é a certamente a camisa mais criativa (e maluca) da temporada europeia.
O 3º uniforme do clube traz a imagem de um "Karma DJ", celebrando e fazendo homenagem ao clima festivo da ilha, conhecida por suas diversas baladas de música eletrônica e pelas festas sem hora para acabar.
http://www.espn.com.br/blogs/varalespn/753721_time-da-4-divisao-espanhola-lanca-a-camisa-mais-doida-da-temporada-na-europa

Ao longo dos anos, alguns dos grandes nomes do futebol mundial jogaram por LaLiga. O jornal inglês Daily Mail elegeu os 11 melhores nomes de todos os tempos da competição. O periódico colocou apenas atletas que foram destaques em Barcelona e Real Madrid.

Goleiro - Iker Casillas
Mesmo sendo um goleiro baixo, o espanhol marcou época pela equipe merengue e conquistou muitos títulos, além de ter sido capitão. Grande ídolo do Real Madrid, ele é um dos arqueiros mais vencedores da história.

Lateral-direito - Dani Alves
Destaque no Sevilla, Dani Alves foi um dos ícones do Barcelona vencedor dos tempos de Guardiola. Foi extremamente importante, dando muitas assistências e marcando seus gols.

Zagueiro - Fernando Hierro
Capitão do Real Madrid por muitos anos, Hierro ganhou cinco ligas e três Champions League. Conhecido pela técnica e por não dar moleza para os adversários, ele .

Zagueiro - Carles Puyol
Puyol era um líder nato e símbolo da raça do time do Barcelona. Sua força de vontade era um motor para a equipe catalã em sua fase mais vitoriosa.

Lateral-esquerdo - Roberto Carlos
Roberto Carlos é um dos melhores brasileiros que já jogou na La Liga, sendo campeão por muitas vezes e marcando época na posição. Venceu um duelo apertado contra o brasileiro Marcelo, que é seu sucessor no time merengue.

Meio-campo - Johan Cruyff
O "Senhor Futebol Total" poderia jogar em qualquer parte deste time. O holandês revolucionou o Barcelona na década de 70, quando deixou o Ajax rumo à Espanha. Além disso, foi treinador que faturou a primeira Champions dos catalães.

Meio-campo - Zinedine Zidane
Maior símbolo da era galáctica do Real Madrid de Florentino Pérez, o francês faturou títulos e grandes atuações com a camisa merengue. Além disso, como treinador venceu uma La Liga e três Champions seguidas.

Meio-campo - Alfredo Di Stefano
Di Stefano, assim como Cruyff e Zidane, poderia ter sido escolhido em praticamente qualquer posição. Ele era capaz de ganhar a bola em uma extremidade do campo e levá-la para o outro lado com a mistura certa de habilidade e técnica.

Atacante - Lionel Messi
Principal craque do Barcelona na última década, Messi já foi artilheiro diversas vezes de LaLiga e quebrou muitos recordes. Sua magia é admirada por todos o os amantes do futebol, até mesmo os torcedores rivais.

Atacante - Ronaldo Fenômeno
Foi apenas uma temporada por LaLiga, o suficiente para ser inesquecível. O padrão de atuação do brasileiro foi tão alto que Raul, Romário, Samuel Eto'o e Hugo Sánchez ficaram de fora.

Atacante - Cristiano Ronaldo
Outra decisão muito difícil: Cristiano Ronaldo ou Ronaldinho? Este é o futebol de fantasia e Ronaldinho foi o melhor futebolista de fantasia. Mas quem não quer ver como Ronaldo se sairia neste time.

Técnico - Pep Guardiola
O catalão faturou no Barcelona três títulos da Liga, duas Liga dos Campeões, duas Copas do Mundo de Clubes da FIFA em apenas quatro anos no comando. Mas sua equipe também produziu uma marca de futebol que foi além de apenas dos títulos, ela imortalizou um estilo de jogo.

O jornal ainda elegeu quem seriam os reservas:
Andoni Zubizarreta, Andres Iniesta, Ferenc Puskas, Ronaldinho, Ronald Koeman, Diego Maradona e Rivaldo.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4642537/jornal-escala-elege-messi-cristiano-ronaldo-e-3-brasileiros-em-melhor-time-da-historia-da-la-liga

O mercado na Inglaterra fechou na última quinta-feira e protagonizou contratações valiosas, como as de Mahrez, Kepa e Alisson, que impactaram o ranking de contratações mais caras da história. A lista das negociações que mais envolveram cifras no futebol ainda é encabeçada por Neymar e sua ida para o PSG, mas vem sendo atualizada a cada janela pelas transações milionárias. Você faz ideia de quem são os 30 jogadores mais caros da história? Confira abaixo!

1º Neymar € 222 milhões
2º Mbappé € 135 milhões
3º Philippe Coutinho € 125 milhões
4º Cristiano Ronaldo € 117 milhões
5º Dembélé € 115 milhões
6º Pogba € 105 milhões
7º Bale € 101 milhões
8º Cristiano Ronaldo € 94,0 milhões
9º Higuaín € 90,0 milhões
10º Neymar € 88,2 milhões
11º Lukaku € 84,7 milhões
12º Luis Suárez € 81,7 milhões
13º Kepa € 80,0 milhões
14º Van Dijk € 78,8 milhões
15º Zinedine Zidane € 77,5 milhões
16º De Bruyne € 76,0 milhões
17º James Rodríguez € 75,0 milhões
18º Di María € 75,0 milhões
19º Lemar € 70,0 milhões
20º Ibrahimovic € 69,5 milhões
21º Mahrez € 67,8 milhões
22º Kaká € 67,0 milhões
23º Diego Costa € 66,0 milhões
24º Morata € 66,0 milhões
25º Laporte € 65,0 milhões
26º Cavani € 64,5 milhões
27º Aubameyang € 63,7 milhões
28º Sterling € 63,7 milhões
29º Di María € 63,0 milhões
30º Alisson € 62,5 milhões
http://interativos.sportv.globo.com/site/ep/futebol/vai-e-vem/jogadores-mais-caros

Após as atuações decisivas no Campeonato do Mundo, Antoine Griezmann e Luka Modric apostam na Supertaça Europeia, que se realiza esta quarta-feira, para demonstrarem as suas qualidades e aumentarem as chances de sonhar com a Bola de Ouro.
Griezmann conquistou o Mundial com a França e também liderou o Atlético de Madri ao título da Liga Europa. Modric, por outro lado, fez história ao levar a Croácia ao segundo lugar na Rússia, sendo eleito o melhor jogador do torneio.
O médio foi um dos principais nomes do Real Madrid na conquista de quatro Ligas dos Campeões nas últimas cinco temporadas, três delas consecutivas. Mas Modric sempre esteve na sombra de Cristiano Ronaldo, que foi para a Juventus e abriu espaço para o croata assumir um novo estatuto nos 'merengues'.
Ambos procuram competir com Cristiano Ronaldo e Lionel Messi no pódio, quando a revista francesa France Football anunciar o vencedor da Bola de Ouro. É certo que nem o português nem o argentino protagonizaram um grande Campeonato do Mundo, mas ambos dominam estes prémios desde 2007 com cinco títulos para cada um.
Messi, além disso, conquistou o Campeonato Espanhol e a Taça do Rei com o Barcelona, enquanto CR7 liderou o Real Madrid ao tricampeonato consecutivo da 'Champions', a 13ª taça da história do clube merengue.
Falta de ritmo
A Supertaça Europeia que vai ser disputada esta quarta-feira, em Tallinn, apresenta-se como a última grande oportunidade para Griezmann e Modric somarem pontos e sonharem em tirar o troféu de Messi e Ronaldo.
Apesar de ambos não estarem no campo, assim como outros candidatos ao prémio como Kylian Mbappé, Mohamed Salah, Harry Kane e Eden Hazard, Messi e Ronaldo entram sempre como favoritos à conquista de uma Bola de Ouro, que pode desempatar a disputa pessoal entre os dois.
https://desporto.sapo.pt/futebol/supertaca-europeia/artigos/griezmann-e-modric-apostam-na-supertaca-europeia-para-sonhar-com-a-bola-de-ouro

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Ter Ago 14, 2018 6:02 pm

Resultados finais LC:

Dynamo Kyiv 2x0 Slavia Praha (O Dynamo Kyiv avançou).
BATE 1x1 Qarabağ (O BATE avançou).
Spartak Moskva 0x0 PAOK (O PAOK avançou).
Fenerbahçe 1x1 Benfica (O Benfica avançou).
Vidi 0x0 Malmö (O Vidi avançou).
Dinamo Zagreb 1x0 Astana (O Dinamo Zagreb avançou).
AEK 2x1 Celtic (O AEK avançou).
Shkëndija 0x1 Salzburg (O Salzburg avançou).
Ajax 3x0 Standard Liège (O Ajax avançou).
Spartak Trnava 1x2 Crvena zvezda (O Crvena zvezda avançou).

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qua Ago 15, 2018 8:39 am

Confirmados embates do "play-off" da Champions League

Jogos a 21 e 29 de Agosto
Estrela Vermelha (SRB) - Salzburgo (AUT)
BATE Borisov (BLR) - PSV Eindhoven (NED)
Benfica (POR) - PAOK (GRE)

Jogos a 22 e 28 de Agosto
Young Boys (SUI) - Dínamo Zagreb (CRO)
Vidi (HUN) - AEK Atenas (GRE)
Ajax (NED) - Dynamo Kyiv (UKR)

Os vencedores destes seis embates do "play-off" juntam-se às 26 equipas com entrada directa na fase de grupos da UEFA Champions League, cujo sorteio terá lugar no Mónaco, a 30 de Agosto, quinta-feira.

Já apurados para a fase de grupos
ESP: Real Madrid (detentor do troféu), Barcelona, Atlético Madrid, Valência
GER: Bayern Munique, Schalke, Hoffenheim, Borussia Dortmund
ENG: Manchester City, Manchester United, Tottenham Hotspur, Liverpool
ITA: Juventus, Nápoles, Roma, Inter
FRA: Paris Saint-Germain, Mónaco, Lyon
RUS: Lokomotiv Moscovo, CSKA Moscovo
POR: FC Porto
UKR: Shakhtar Donetsk
BEL: Club Brugge
TUR: Galatasaray
CZE: Viktoria Plzeň

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qua Ago 15, 2018 8:41 am

Assisti os dois jogos do Benfica x Fenerbahçe, logicamente torci muito pelos turcos mas o Demirel ajudou o Benfica nos dois jogos.
Para Portugal foi muito bom o Benfica passar por causa do ranking.

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qua Ago 15, 2018 8:44 am




A Supercopa Europeia de 2018 vai ser realizada no A. Le Coq Arena, em Tallinn na Estônia. A Estônia vai receber a sua primeira final de uma competição de clubes da UEFA.
Capacidade UEFA: 13.000





Quarta (15/08)

16:00 Real Madrid x Atlético [EI Plus] [facebook.com/esporteinterativo] (Supercopa da Uefa - Final)

Quem quiser assistir pela internet:

http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://firstsrowsports.tv/
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qua Ago 15, 2018 8:51 am

Estou bem animado com essa final da Supercopa da Uefa.
Costumo assistir jogos de pré-eliminatórias da LC e LE pelo facebook de maneira quase amadora, então quero ver como será o trabalho do EI na plataforma.
Pra mim esse derby é um dos melhores do mundo atualmente, principalmente pela rivalidade crescente após as decisões de LC.
E como não assisto o mundial, esse jogo da Supercopa da Uefa é o mais importante pra mim do primeiro turno do futebol a nível de clubes.

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Qua Ago 15, 2018 11:47 am

A cabeça de Diego Godín continua no Atlético de Madrid. Pelo menos, foi o que disse o zagueiro, em entrevista coletiva na véspera da Supercopa da Europa. O uruguaio até confirmou a chegada de propostas de outros clubes, sem citar quais, mas garantiu que quer ficar no time colchonero. Apesar da permanência momentânea, ainda não houve definição sobre uma extensão de contrato. O atual vínculo vai até 2019.
– Eu tive ofertas, mas preferi ficar por razões pessoais e só consigo pensar na final (da Supercopa). Também não extendi meu contrato. Vi que a notícia da renovação saiu, mas não sei de onde ela veio – afirmou Godín.
De acordo com a imprensa inglesa, um dos clubes que fez proposta pelo zagueiro foi o Manchester United. Os Red Devils, inclusive, teriam aceitado pagar a multa rescisória, de 20 milhões de euros, cerca de R$ 88 milhões. Godín, no entanto, rejeitou a transferência.
Enquanto o futuro não é definido, o zagueiro segue como o estrangeiro que mais vestiu a camisa do Atlético, em uma passagem que dura desde 2010.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/godin-admite-propostas-diz-que-nao-renovou-com-o-atletico-mas-quer-ficar.ghtml

O ciclo de Andres Iniesta no Barcelona não acabou com a ida do meia ao Vissel Kobe, do Japão. Pelo menos é o que garante o presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu. O mandatário afirmou, durante um congresso, que o meia vai retornar ao Camp Nou em outra função no futuro.
- A etapa como jogador acabou (no Barcelona), mas voltará para fazer outras tarefas que já conversamos. A admiração e o reconhecimento a Iniesta não é só nosso, mas de todo o mundo do futebol - disse Bartomeu.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/presidente-do-barca-diz-que-iniesta-voltara-ao-clube-em-outras-tarefas-ja-acordadas.ghtml

Craque dentro de campo, campeão de marketing fora das quatro linhas. Contratado no dia 10 de julho pela Juventus, da Itália, Cristiano Ronaldo ainda não fez sequer um jogo oficial pelo novo clube mas o efeito da sua chegada já pode ser medido por outros parâmetros. Nas redes sociais, por exemplo, a Vecchia Signora acaba de alcançar um novo status: ultrpassou o PSG e se tornou o quarto clube de futebol com mais seguidores no Instagram: 14,4 milhões de fãs.
O efeito CR7 é claramente perceptível neste crescimento. No fim de junho, a Juventus tinha pouco mais de 10 milhões de seguidores. Dez dias depois, Cristiano Ronaldo foi anunciado como novo reforço. Desde então, a Juve teve um crescimento de 40% de seguidores no Instagram. Apenas 14 times de futebol no mundo já ultrapassaram a casa dos 4 milhões de seguidores no Instagram, o número que a Juventus conseguiu em apenas um mês e meio depois da chegada de CR7.
No ranking de interações nas redes sociais, a Juventus foi líder absoluto no mês de julho entre os clubes de futebol: primeira colocada nas interações no Instagram (65,8 milhões de engajamento), no Youtube e no Facebook, e quinta em envolvimento no Twitter, segundo dados do site Deportes&Finanzas.
Apesar do salto nos seguidores no Instagram, a Juventus ainda está muito longe da liderança, que pertence, curiosamente, ao Real Madrid, clube que Cristiano Ronaldo defendeu nas últimas nove temporadas. O time espanhol possui 62 milhões de fãs no Instagram, pouco à frente do rival Barcelona, com 58,8 milhões. Muito atrás aparece o Manchester United, terceiro colocado com 23 milhões de seguidores, e depois Juventus (14,4 milhões) e Paris Saint-Germain (14,2 milhões).
Nenhum desses clubes mundialmente populares, no entanto, sequer chega perto dos 130 milhões de seguidores do próprio Cristiano Ronaldo, jogador de futebol com mais fãs no Instagram. O segundo colocado é o brasileiro Neymar, com 101 milhões, e Messi, com 97 milhões de seguidores.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-italiano/noticia/efeito-cr7-juventus-ultrapassa-psg-e-e-o-quarto-clube-em-seguidores-no-instagram.ghtml

A largada do Campeonato Italiano, temporada 2018/19, ocorre no próximo final de semana e segue a indefinição quanto aos direitos de transmissão para o Brasil. O grande empecilho das negociações entre emissoras e a agência IMG, que comercializa a competição, está nos valores.
Todavia, de acordo com o UOL Esporte, a IMG baixou a pedida para o contrato por três anos, saindo de US$ 25 milhões (cerca de R$ 96 milhões) por temporada para US$ 15 milhões (cerca de R$ 58 milhões) por ano. A redução faz com que o valor seja considerado "negociável" pela agência de marketing.
Com o fim do canal Esporte Interativo (que também tinha interesse na competição), ainda negociam o SporTV, ESPN e FOX Sports, além da RedeTV! para a TV aberta.
https://www.esporteemidia.com/2018/08/sportv-espn-fox-sports-e-redetv.html

Depois de dois anos, Real Madrid e Atlético voltam a se enfrentar em uma final europeia. Dessa vez, os rivais da capital espanhola decidem, nesta quarta-feira, a Supercopa da Europa, partida entre os vencedores da última edição da Liga dos Campeões e da Liga Europa. O duelo será realizada no Estádio Lilleküla, em Talín, na Estônia.
Duas finais europeias contra o maior rival, duas derrotas. Esta é a situação em que o Atlético de Madrid se encontra perante ao Real. A equipe comandada por Diego Simeone busca a primeira vitória continental contra os Merengues e o seu terceiro título da Supercopa. Na história, foram cinco confrontos entre os clubes, e em todas o Real Madrid levou a melhor.
Em 2013/14, os times fizeram uma grande decisão de Liga dos Campeões em Lisboa. Naquela partida, o Atleti sucumbiu ao Real de forma traumática, quando Sergio Ramos empatou a partida aos 48 do segundo tempo e levou a partida para a prorrogação, onde os merengues acabaram goleando e levando a taça para o Santiago Bernabéu.
Já na temporada 2015/16, os rivais voltaram a se enfrentar, dessa vez em Milão. Mas quem buscou o empate para levar a partida para o tempo extra foi o Atleti, após Sergio Ramos, novamente, marcar para o Real. No entanto, na disputa de pênaltis, a 'orelhuda' rumou pelo mesmo caminho de duas temporadas atrás.
https://www.lance.com.br/futebol-internacional/real-madrid-atletico-enfrentam-supercopa-europa-nesta-quarta.html

Tallin recebe mais um dérbi entre Real Madrid e Atlético Madrid, na discussão do primeiro título europeu da temporada. O zerozero apresenta-lhe as principais curiosidades.

Pela 220.ª vez na história acontece o confronto entre Real Madrid e Atlético Madrid. O Real Madrid é o dominador do duelo, com 110 vitórias, contra 55 triunfos do rival da cidade.

Apesar do confronto já longo, em seis competições, esta será a primeira vez que as duas equipas se encontram na Supertaça Europeia.

Esta é a 10.ª vez que os rivais da capital espanhola se defrontam em competições internacionais, também aqui com vantagem dos merengues: somam cinco vitórias, contra dois triunfos dos colchoneros.

A uma ou a duas mãos, o Real Madrid levou sempre a melhor nos duelos frente ao Atlético Madrid nas competições internacionais.

Nos sete últimos jogos entre as duas equipas, o Atlético Madrid só venceu um.

O empate tem sido o resultado mais comum nos jogos entre as duas equipas nos tempos recentes: quatro igualdades nos sete últimos encontros.

O Real Madrid só perdeu um dos 11 últimos jogos nas competições da UEFA.

Nos 13 últimos jogos em competições internacionais, o Atlético Madrid só perdeu um – frente ao Sporting.

O Real Madrid venceu as quatro últimas participações na Supertaça Europeia.

100% de aproveitamento: o Atlético Madrid venceu a Supertaça Europeia nas suas duas únicas participações na competição.

Uma equipa espanhola vencerá a Supertaça Europeia, o que acontecerá pela quinta temporada consecutiva.

O jogo promete golos: nas seis últimas edições da prova, marcaram-se sempre, pelo menos, dois golos.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=228468

É oficial. Denis Cheryshev vai representar o Valência até final da presente temporada, na condição de emprestado pelo Villarreal.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/745163

O ex-guarda-redes do Cagliari, Davide Capello, foi um dos sobreviventes à queda de parte da Ponte Morandi, em Génova, que esta terça-feira vitimou pelo menos 35 pessoas. «Caí com a ponte. Não sei como me salvei", desabafou o guarda-redes de 33 anos, agora a representar o Legino Calcio, de divisões inferiores.
Em declarações aos jornalistas no hospital, o jogador contou aquilo de que se lembra. «Primeiro ouvi um estrondo, um ruído forte, depois caiu tudo e eu caí também. Vi a estrada descer e o carro a descer com ela. Depois vi o estado em que ficou o carro... Não desmaiei,  estive sempre lúcido e chamei imediatamente os bombeiros para me virem buscar, depois liguei à minha família... Sinto que foi um milagre, sim, foi Santa Bárbara que me protegeu. Quando saí foi chocante, não sei como se pode passar uma coisa destas em Itália...», disse emocionado.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/745107

Fase de grupos da UEFA Europa League 2018/19 neste momento

Apuradas directamente (17)
Villarreal (ESP)
Bétis (ESP)
Leverkusen (GER)
Eintracht Frankfurt (GER)
Chelsea (ENG)
Arsenal (ENG)
Lázio (ITA)
AC Milan (ITA)
Marselha (FRA)
Rennes (FRA)
Krasnodar (RUS)
Sporting CP (POR)
Vorskla (UKR)
Anderlecht (BEL)
Akhisarspor (TUR)
Jablonec (CZE)
Zurique (SUI)

Equpas derrotadas no Caminho das Ligas da 3 pré-eliminatória da UEFA Champions League (4)
Standard Liège (BEL)
Fenerbahçe (TUR)
Slavia Praga (CZE)
Spartak Moscovo (RUS)

Equipas derrotadas no "play-off" da UEFA Champions League (6)
Estrela Vermelha (SRB) - Salzburgo (AUT)
BATE Borisov (BLR) - PSV Eindhoven (NED)
Young Boys (SUI) - Dínamo Zagreb (CRO)
Vidi (HUN) - AEK Atenas (GRE)
Benfica (POR) - PAOK (GRE)
Ajax (NED) - Dynamo Kyiv (UKR)

Vencedores dos embates do "play-off" da UEFA Europa (21)
Olimpija Ljubljana (SVN)/HJK Helsinki (FIN) - Spartak Trnava (SVK)
Hapoel Beer-Sheva (ISR)/ APOEL (CYP) - Astana (KAZ)
Cork City (IRL)/Rosenborg (NOR) - Shkëndija (MKD)
Legia Warszawa (POL)/F91 Dudelange (LUX) - Alashkert (ARM)/CFR Cluj (ROU)
Spartaks Jūrmala (LVA)/Sūduva (LTU) - Celtic (SCO)
Sheriff (MDA)/Valur Reykjavík (ISL) - Qarabağ (AZE)
Malmö (SWE) - The New Saints (WAL)/Midtjylland (DEN)
Torpedo Kutaisi (GEO)/Kukës (ALB) - Ludogorets Razgrad (BUL)/Zrinjski (BIH)
Sigma Olomouc (CZE)/Kairat Almaty (KAZ) - Sevilla (ESP)/Žalgiris Vilnius (LTU)
Sarpsborg (NOR)/HNK Rijeka (CRO) - Pyunik (ARM)/Maccabi Tel-Aviv (ISR)
Jagiellonia Białystok (POL)/Gent (BEL) - Mariupol (UKR)/Bordeaux (FRA)
Nordsjælland (DEN)/Partizan (SRB) - Beşiktaş (TUR)/LASK (AUT)
Slovan Bratislava (SVK)/Rapid Wien (AUT) - Hajduk Split (CRO)/FCSB (ROU)
Apollon Limassol (CYP)/Dinamo Brest (BLR) - Vitesse (NED)/Basel (SUI)
Rangers (SCO)/Maribor (SVN) - Ufa (RUS) /Progrès Niederkorn (LUX)
Hapoel Haifa (ISR)/Atalanta (ITA) - CSKA-Sófia (BUL)/København (DEN)
Dinamo Minsk (BLR)/Zenit (RUS) - Hibernian (SCO)/Molde (NOR)
Trenčín (SVK)/Feyenoord (NED) - Sturm Graz (AUT)/AEK Larnaca (CYP)
Genk (BEL)/Lech Poznań (POL) - Spartak Subotica (SRB)/Brøndby (DEN)
Olympiacos (GRE)/Luzern (SUI) - İstanbul Başakşehir (TUR)/Burnley (ENG)
Zorya Luhansk (UKR)/Braga (POR) - RB Leipzig (GER)/U Craiova (ROU)
https://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2559709.html

Como é tradicional antes do início das temporadas no futebol europeu, a imprensa local costuma listar algumas jovens promessas que podem roubar a cena nos próximos anos.
Entre os 10 atletas com menos de 21 anos eleitos como destaques pelo Daily Mail, da Inglaterra, nesta quarta-feira, não há nenhum brasileiro, mas existem sobrenomes conhecidos, e gente que já é disputada por Real Madrid e Barcelona.
Confira quais jogadores, segundo a publicação, merecem uma observação mais próxima:

Ferran Torres – Este ponta/atacante do Valencia tem apenas 18 anos, mas já atrai a atenção dos rivais Real e Barça há algum tempo. O jogador se destaca pela parte física e também a criatividade, sendo o primeiro jogador nascido neste século a disputar uma partida de LaLiga. Espera-se que tenha mais chances no clube nesta temporada;

Abel Ruiz – O atacante de 18 anos, chegou à base do Barça aos 12 anos, vindo do Valencia. Na última temporada ele jogou pelo Barcelona B, mas agora espera uma chance na equipe principal do time catalão. O faro de gol fica claro pelos feitos com a seleção espanhola sub-17, sendo o maior artilheiro da história da equipe nesta categoria;

Timothy Weah – O primeiro sobrenome conhecido é do hoje presidente da Libéria, George Weah. Atacante de 18 anos, Timothy defende o PSG e também a seleção dos Estados Unidos. Já chamou atenção no time de Mbappé e Neymar marcando dois na goleada sobre o Monaco, na final da supercopa da França;

Nicolo Barella – Um dos “veteranos” da lista, o meia de 21 anos foi um dos responsáveis por evitar o rebaixamento do Cagliari na última temporada, e teve seu nome especulado pelo Liverpool. O preço pedido foi de 31 milhões de libras (R$ 153,60 milhões). Chegando a ser comparado com Iniesta, o clube sabe que não terá como segurá-lo por tanto tempo;

Andrea Pinamonti – Mais um do Campeonato Italiano. O atacante de 19 anos é apontado pelo jornal como um “raio de luz” nos anos de desapontamento da Inter de Milão. O destaque é a agilidade e também a maturidade apresentada pelo jogador que, apesar disso, só apareceu em cinco jogos da Inter;

Jonathan Klinsmann – O sobrenome não deixa dúvidas de que ele é filho de Jurgen, mas enquanto o pai fazia gols, ele, aos 21, tenta evita-los. Promovido ao elenco principal do Hertha Berlin na última temporada, estreou na Europa League, defendendo um pênalti na partida contra o Ostersunds;

Dayot Upamecano – O defensor de 19 anos joga pelo RB Leipzig e seleção francesa sub-21. Em sua primeira temporada na Bundesliga, já foi indicado para o time do campeonato, além do prêmio de revelação;

Achraf Hakimi – O defensor de 19 anos foi emprestado pelo Real Madrid para o Borussia Dortmund, por dois anos. O marroquino foi promovido ao time principal por ninguém menos que Zidane, e ganhou chances em campo com a camisa branca, valendo também a convocação para a Copa do Mundo da Rússia;

Moise Kean – Aos 18 anos, ele é mais um atacante da lista e, com a camisa da Juventus, tornou-se o primeiro jogador nascido neste milênio a marcar em uma das cinco grandes ligas da Europa. O gol contra o Bologna valeu até a renovação de contrato e uma ida para o Verona, para ter mais tempo em campo. O Borussia já demonstrou interesse pelo jogador, que pode mudar de camisa antes de setembro;

Victor Jensen – O Ajax é conhecido por revelar talentos, e este meia/atacante dinamarquês de 21 anos parece ser mais um deles. O jornal destaca que este jovem ambidestro tem uma boa noção tática, dribla bem e tem uma boa visão para o gol. Com essa descrição, pouca coisa mais precisa ser dita.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4646348/rivais-de-barcelona-e-real-filhos-de-craques-e-mais-jornal-lista-10-promessas-europeias-para-ficar-de-olho

Diego Pablo Simeone segue punido desde que foi expulso a protestar por cartão vermelho a Vrsaljko nas semifinais da Europe League. A UEFA castigou o treinador por quatro jogos, ele já cumpriu dois.
O temperamento de Simeone deixou o Atlético sem seu treinador para a disputa da Supercopa da Europa de logo mais. Sem o 'Cholo' no banco, o Atlético saiu vido de Londres, derrubou o Arsenal em Madrid e foi campeão da Europa League em Lyon. Simeone cumpriu dois dos quatro jogos de sanção, mas ainda terá que cumprir mais dois. O terceiro será no jogo de hoje em Tallin, na Supercopa da Europra, contra o Real Madrid.
O técnico argentino será a única baixa do Atlético no duelo de hoje. A Simeone restará, depois da Supercopa, um jogo de punição. O treinador terá que cumprir a sançao no primeiro jogo da fase de grupo da Champions.
https://pt.besoccer.com/noticia/com-todos-mas-sem-simeone-484737

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 11 Anterior  1, 2, 3, ... 9, 10, 11  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum