Futebol Europeu (Uefa)

Página 11 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11

Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Sex Out 26, 2018 12:20 am

Os sinais positivos que o Milan dava antes da Data Fifa acabaram enterrados nos últimos cinco dias. Os rossoneri perderam seu impulso com a derrota no dérbi contra a Internazionale e a noção de crise se ampliou nesta quinta-feira, mais pela atuação ruim do que propriamente pelo resultado negativo. Em duelo válido pela Liga Europa, os milanistas foram derrotados pelo Betis por 2 a 1, dentro do San Siro. O resultado aumenta os questionamentos sobre a continuidade de Gennaro Gattuso, diante da falta de perspectivas de sua equipe. Pior, o próprio treinador admite que o time perdeu os rumos e que não sabe exatamente como se reencontrar.
https://trivela.com.br/milan-naufraga-em-casa-contra-o-betis-e-gattuso-admite-perdemos-nosso-caminho-completamente/

O Barcelona divulgou nas redes sociais como será o mosaico de sua torcida no clássico contra o Real Madrid, domingo, no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol.
“Nós colorimos o futebol”, em inglês, será a mensagem exibida com as cores azul, grená e amarela. Nas laterais do estádio, uma combinação simulará as cores da bandeira da Catalunha.
https://globoesporte.globo.com/blogs/brasil-mundial-fc/post/2018/10/25/barcelona-prepara-mosaico-para-classico-contra-real-madrid-nos-colorimos-o-futebol.ghtml

Distribuição financeira da UEFA Champions League 2017/18

Os clubes participantes na fase de grupos da UEFA Champions League 2017/18 e os dez eliminados no "play-off" partilharam entre si mais de €1,412 mil milhões em pagamentos da UEFA.
De acordo com o sistema de distribuição definido para o ciclo comercial 2015–18, todas as receitas líquidas das competições de clubes (incluindo a venda de bilhetes e pacotes de hospitalidade para as finais da UEFA Champions League e da UEFA Europa League, bem como para a SuperTaça Europeia), foram centralizadas e redireccionadas para os clubes da Champions League e da Europa League.
Uma vez mais, foram partilhados 50 milhões de euros pelos 20 clubes que participaram no "play-off". Os dez que garantiram a passagem à fase de grupos da Champions League receberam dois milhões de euros cada e os restantes dez, que rumaram à fase de grupos da Europa League, receberam três milhões cada.
Cada clube assegurou um mínimo de €12,7 milhões pela participação na fase de grupos, valor ao qual juntaram os bónus de desempenho de €1,5 milhões por vitória e de €500.000 por empate. Os €500.000 que sobraram de cada jogo que terminou empatado foram reunidos e redistribuídos por todos os clubes em prova na fase de grupos, de acordo com o número de vitórias alcançadas por cada um. Foram pagos mais bónus por cada fase a eliminar atingida: seis milhões de euros pela presença nos oitavos-de-final, €6,5 milhões nos quartos-de-final, €7,5 milhões nas meias-finais, €11 milhões para o finalista vencido e €15,5 milhões para o vencedor. As quantias vindas do mercado televisivo foram divididas de acordo com o valor desse mercado em cada país.
Por fim, um valor excedente de €89 milhões foi divido no final da temporada por todos os clubes participantes na fase de grupos em proporção com os montantes gerados por cada clube durante a época.
https://pt.uefa.com/insideuefa/about-uefa/news/newsid=2578778.html

Distribuição financeira da UEFA Europa League 2017/18

Mais de €483,1 milhões de euros em pagamentos da UEFA foram divididos pelos 56 clubes participantes nas fases de grupos e/ou a eliminar da UEFA Europa League 2017/18, um aumento em relação aos €423,1 milhões de 2016/17.
As receitas das competições de clubes da UEFA - centralizadas num único pote e alocadas aos clubes que competem na Champions League e na Europa League - foram distribuídas aos emblemas participantes a partir da fase de grupos da Europa League da seguinte forma: 60 por cento foram distribuídos em montantes fixos, enquanto os restantes 40 por cento foram distribuídos em valores variáveis calculados com base no valor comercial de cada mercado nacional.
Os montantes fixos levaram a que os clubes recebessem €2,6 milhões por participarem da fase de grupos; €360.000 para cada vitória na fase de grupos e €120.000 por cada empate. Qualquer montante não distribuído (por exemplo €120.000 por empate), foi redistribuído por todos os clubes participantes na fase de grupos em proporção do número de vitórias conseguidas por cada um deles.
Cada vencedor dos grupos recebeu €600.000 e os segundos classificados €300.000. Todos os clubes que atingiram os 16 avos-de-final tiveram direito a €500.000, enquanto os que participaram nos oitavos-de-final receberam €750.000. As oito equipas presentes nos quartos-de-final receberam um milhão de euros cada uma e as quatro que marcaram presença nas meias-finais embolsaram €1,6 milhões. O vencedor Atlético teve direito a um prémio de €6,5 milhões e o finalista vencido Marselha recebeu €3,5 milhões.
Os montantes do mercado foram distribuídos de acordo com o valor do mercado de televisão em cada país.
O montante total de €428,1 milhões inclui um excedente de €28 milhões dividido no final da época por todos os clubes participantes na fase de grupos em proporção com os valores obtidos por cada clube durante a temporada.
https://pt.uefa.com/insideuefa/about-uefa/news/newsid=2578779.html

Neymar chegou aos 50 jogos na Champions. Eis os seus números na competição, em comparação com Messi e Cristiano Ronaldo:
https://twitter.com/playmaker_PT/status/1055413726126489600

2011 foi um ano que ficou marcado para a história do Viktoria Plzen, o clube checo conseguiu a primeira participação de sempre na Liga dos Campeões. No entanto, um feito que deve ser celebrado com alegria encerra em si uma curiosidade mórbida.
Do quarteto defensivo que Pavel Vrba fez alinhar nos seis jogos da fase de grupos – David Bystron, Frantisek Rajtoral, Marián Cisovský e David Limberský -  apenas um jogador se encontra em perfeitas condições de saúde.
Bystron, então com 29 anos, e Rajtoral, 26 anos, apareceram mortos em casa por enforcamento, enquanto Marián Cisovský, 32 anos, sofre de esclerose múltipla e encontra-se internado em estado grave a lutar pela vida.
David Limberský é o único jogador que conseguiu manter a carreira. Atualmente com 35 anos, encontra-se a representar o Viktoria Plzen, que marca novamente presença na Liga dos Campeões.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/756167


Entre 2004 e 2006, o escândalo de corrupção Calciopoli retirou dois títulos de campeão italiano à Juventus e atirou o clube para a segunda divisão. De então para cá, os bianconeri recuperaram e já vão em sete Serie A ganhas de forma consecutiva, num total de 34 campeonatos conquistados no seu historial. Ou 36, segundo Andrea Agnelli.
"A Juventus respeita as decisões dos tribunais. Em 2006/07 atuámos na Serie B e também ganhámos. É normal que no estádio, ou na minha sala de estar, eu mostre as fotos que quero", vincou o presidente da Juve na conferência que se seguiu à Assembleia Geral de acionistas.
Como a foto em cima mostra, à entrada do Allianz está exposto um 36 referente ao número de campeonatos ganhos pela Juventus, se aqui incluirmos também os dois retirados na sequência do Calciopoli. Uma velha questão no clube onde atua Cristiano Ronaldo mas que para Agnelli parece não reunir quaisquer dúvidas: os campeonatos ganhos nessas épocas são para contabilizar.
http://www.record.pt/internacional/paises/italia/detalhe/na-juventus-os-titulos-retirados-mantem-se-em-nossa-casa-mostramos-o-que-queremos?ref=HP_3BucketDestaquesPrincipais

Nove representantes da Uefa (União das Federações Europeias de Futebol) no Conselho da Fifa irão boicotar a reunião marcada para esta sexta-feira, em Ruanda, se o presidente da Fifa, Gianni Infantino, forçar os membros a votarem na aprovação de seus novos dois planos ambiciosos: o "inchaço" do Mundial de Clubes para 24 equipes (sendo 12 da Uef) e também a criação de uma nova competição de seleções, a Liga Mundial.
A informação foi dada à ESPN por fontes das entidades.
Nesta quinta-feira, Infantino se reuniu com representantes das seis Confederações para aparar arestas antes do Conselho, que acontecerá na cidade de Kigali. No entanto, os membros da Uefa permaneceram insatisfeitos e não participarão do encontro.
A Confederação europeia ficou infeliz com os planos de Infantino e entende que não foi consultada pelo mandatário sobre as novas ideias.
Além disso, a Uefa afirma que os investidores "misteriosos" por trás das competições, que prometem pagar US$ 25 bilhões (R$ 92,66 bilhões) em premiações ao longo dos próximos 12 anos, são conhecidos apenas pelo cartola, e não há certeza se são confiáveis.
Diversos veículos apontaram que os tais investidores são consórcios chineses, norte-americanos e sauditas que operam através da empresa japonesa SoftBank. Nem a Fifa e nem a companhia negaram isso até o momento.
A Uefa ainda ficou enfurecida pelo fato dos donos do dinheiro terem dito que irão retirar a oferta bilionária no caso das novas ideias de Infantino não serem votadas na reunião desta sexta-feira. A entidade europeia acha que é uma tentativa de forçar uma vitória via "queda de braço".
A ECA (Associação dos Clubes Europeus), que representa os interesses dos grandes times do "Velho Continente", se opõe às duas propostas (tanto a do novo Mundial de Clubes quanto a Liga Mundial).
Além disso, o Fórum Mundial das Ligas, que comanda os interesses de diversas ligas independentes do mundo, também enviou carta a Infantino se posicionando contra.
O documento foi assinado por figurões como Richard Scudamore, executivo-chefe da Premier League inglesa; Christian Seifert, CEO da Bundesliga e Enrique Bonilla, presidente da Liga MX do México, só para citar alguns.
As fontes também disseram que a Uefa está trabalhando na apresentação de uma nova proposta de competição de clubes ao lado da Relevent Sports, que organiza o torneio amistoso International Champions Cup na pré-temporada europeia, sediando jogos na América do Norte, Ásia e Austrália.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4907360/uefa-pode-boicotar-reuniao-da-fifa-em-que-infantino-tentara-impor-novo-mundial-de-clubes-inchado

Uma estatística de respeito. O brasileiro Roberto Firmino chegou a 19 participações em gols na Champions League desde o início da edição passada do torneio. O jogador do Liverpool alcançou 12 gols e sete assistências no período, superando Cristiano Ronaldo, depois da vitória da equipe sobre o Estrela Vermelha por 4 a 0 nesta quarta-feira (24).
O jogador também num seleto grupo dos atletas que mais balançaram as redes desde a temporada passada no torneio europeu. Cristiano Ronaldo, da Juventus, é o líder com 15 gols, seguido por Edin Dzeko, da Roma, com 13, Firmino com 12, Salah com 12 e Messi, do Barcelona, com 11.
Outro dado chama a atenção: o trio Firmino-Salah-Mané foi responsável por 33 dos 46 gols do Liverpool desde a última Champions, ou seja, 72% da produção artilheira da equipe.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4903194/roberto-firmino-do-liverpool-supera-cristiano-ronaldo-e-atinge-marca-importante-na-champions

Depois de Firmino ter superado Cristiano Ronaldo nessa Champions League, outro jogador do Liverpool atingiu um feito emblemático após a vitória dos ingleses sobre o Estrela Vermelha. Salah chegou a 14 gols na Liga dos Campeões, passar o brasileiro Ronaldo Fenômeno, que fez o mesmo número de gols nos seus primeiros 40 jogos.
O egípcio conseguiu a marca em nove jogos a menos (31) e já ultrapassou o brasileiro, chegando ao 15º gol na competição europeia. Salah já disputou a Champions por Basel, Chelsea, Roma e seu atual time, Liverpool.
Por outro lado, Ronaldo atuou pela Internazionale e Real Madrid até atingir esse número de gols. Na mesma partida, o egípcio chegou a 50 gols pela equipe inglesa.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4903325/salah-do-liverpool-chega-a-15-gols-em-champions-e-ultrapassa-craque-brasileiro

O Brasil vive um momento curioso frente ao futebol europeu. Se por um lado o Velho Continente tem se distanciado da televisão, com as ligas italiana e francesa longe das emissoras nacionais, o mercado brasileiro tem sido constantemente valorizado. A Europa tem elevado o peso do país.
Somente nesta semana, dois exemplos foram dados desse carinho dos agentes esportivos da Europa com o público brasileiro. A Bundesliga, a liga alemã, lançou mais uma vez campanha focada no país. Com a presença do ex-jogador Zé Roberto, a entidade exibiu um vídeo chamado "Futebol como deve ser", que exalta a paixão da criança pelo esporte. O filme antecede o "Bundesliga Experience", uma série de ações do torneio no Rio de Janeiro, com a presença de ex-atletas e atrações relacionadas ao futebol, inclusive com transmissão de jogos ao vivo.
Também nesta semana, o Paris Saint-Germain anunciou a primeira edição da "Academy Cup" do clube no Brasil, com apresentação da Universal Orlando Resort. O projeto, que acontecerá entre outubro e novembro, envolverá 700 jovens de escolinhas do clube espelhadas pelo país. A final da ativação francesa acontecerá no Maracanã, com a presença dos ex-jogadores Raí e Maxwell.
Essa, por sinal, não é a primeira vez que o PSG tem o mercado brasileiro como foco. Na temporada passada, o time chegou até a lançar camisa amarela em homenagem à seleção brasileira e aos atletas do país que atuaram no clube.
As ações da Bundesliga e do PSG reforçam o discurso da Uefa. No fim de agosto, durante a apresentação oficial do Santander como patrocinador da Liga dos Campeões da Europa, o diretor de marketing da entidade, Guy-Laurent Epstein, citou o país algumas vezes em coletiva de imprensa. O dirigente ressaltou que o mercado brasileiro apresenta uma das melhores audiências do torneio. E o próprio Santander exaltou a disputa como ferramenta de ativação em outros continentes, com ênfase às possibilidades de ações no Brasil.
O Santander não é exceção. Nos últimos anos, patrocinadores como a Nissan e a Heineken têm usado o aporte à Liga para fazer ativações no Brasil. Outras ligas também usam seus parceiros comerciais para expandir os negócios no país. Foi o caso da Premier League, a liga inglesa, no ano passado. Com a ESPN, a organização britânica levou a taça do torneio para o Museu do Futebol, em São Paulo. O objetivo, claro, foi promover a competição em mercado nacional.
https://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/futebol-europeu-eleva-peso-do-mercado-brasileiro_35763.html

O Chelsea poderá mudar de dono. Pelo menos, é o que informa a imprensa europeia nesta quinta-feira (25).
De acordo com a revista Týden, da República Tcheca, o clube está na mira do bilionário Petr Kellner, o homem mais rico do país. As primeiras conversas, diz o veículo, "devem acontecer nos próximos dias".
Dono de uma fortuna estimada em US$ 15,5 bilhões (R$ 57,25 bilhões), Kellner vê uma "grande chance" de entrar em um grupo de elite do futebol mundial. Para isso, poderia comprar o clube do magnata russo Roman Abramovich, de quem é amigo.
A saída de Abramovich é um rumor recorrente desde o envenenamento do ex-espião russo Sergey Skripal na Inglaterra, no começo de 2018. Desde o caso, a primeira ministra britânica, Theresa May, prometeu mais rigor com o dinheiro mantido por bilionários russos no Reino Unido.
De lá para cá, Roman Abramovich tem enfrentado problemas diplomáticos na Inglaterra e estaria decidido a deixar o comando do Chelsea. O bilionário adquiriu o clube em 2003, conquistando desde então cinco títulos do Campeonato Inglês, cinco da Copa da Inglaterra, três da Copa da Liga Inglesa, um da Liga dos Campeões da Europa e um da Liga Europa.
Avaliações citadas pela revista tcheca apontam que o Chelsea poderia custar até 4 bilhões de libras (quase R$ 19 bilhões), sendo que Roman Abramovich investe anualmente cerca de 300 milhões de libras (mais de R$ 1,4 bilhão) no clube.
https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2018/10/25/roman-abramovich-pode-vender-o-chelsea-a-bilionario-tcheco-diz-revista.htm

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Sex Out 26, 2018 12:46 am

Sexta (26/10)

15:30 Freiburg x Monchengladbach [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Alemão)
15:45 QPR x Aston Villa [ESPNBR / ESPNBRHD] (2ª Divisão Campeonato Inglês)
16:00 Valladolid x Espanyol [Fox Premium 1] (Campeonato Espanhol)

Sábado (27/10)

08:30 Middlesbrough x Derby County [ESPNBR / ESPNBRHD] (2ª Divisão Campeonato Inglês)
10:30 Mainz x Bayern [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Alemão)
10:30 Dortmund x Hertha [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] (Campeonato Alemão)
11:00 Liverpool x Cardiff [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
11:00 Southampton x Newcastle [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Inglês)
12:00 Angers x Lyon [TV5] (Campeonato Francês)
13:30 Leicester x West Ham [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
13:30 Leeds x Nottingham [ESPN / ESPNHD] (2ª Divisão Campeonato Inglês)
13:30 Celta x Eibar [Fox Premium 1] (Campeonato Espanhol)
14:45 Groningen x PSV [ESPN Extra] (Campeonato Neerlandês)
15:30 Torino x Fiorentina [RAI] (Campeonato Italiano)
15:45 Atlético x Real Sociedad [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)
16:30 Belenenses x Benfica [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Português)

Domingo (28/10)

08:00 Getafe x Betis [ESPN / ESPNHD] (Campeonato Espanhol)
10:30 Ajax x Feyenoord [ESPN Extra] (Campeonato Neerlandês)
10:30 Burnley x Chelsea [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
10:30 Crystal Palace x Arsenal [ESPN2] (Campeonato Inglês)
11:00 Genoa x Udinese [RAI] (Campeonato Italiano)
11:30 Leipzig x Schalke [Fox Sports2 / Fox Sports2 HD] (Campeonato Alemão)
12:15 Barcelona x Real Madrid [Fox Premium 1] (Campeonato Espanhol)
13:00 Man. United x Everton [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)
14:00 Bremen x Leverkusen [Fox Sports / Fox Sports HD] (Campeonato Alemão)
14:30 Porto x Feirense [RTP] [SIC] (Campeonato Português)
14:30 Alaves x Villarreal [ESPN2] (Campeonato Espanhol)
16:30 Napoli x Roma [RAI] (Campeonato Italiano)
16:45 Sevilla x Huesca [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Espanhol)

Segunda (29/10)

17:00 Tottenham x Man. City [ESPNBR / ESPNBRHD] (Campeonato Inglês)

Quem quiser assistir pela internet:

http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://firstsrowsports.tv/
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Sex Out 26, 2018 4:46 pm

Equipa da Semana do Fantasy Football da Champions League
https://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2578897.html

Equipa da Semana da Europa League
https://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2579285.html

Jogador da Semana -Edin Džeko
https://uclpotw.uefa.com/#/pt/

Jogador da Semana - Ruben Loftus-Cheek
http://uelpotw.uefa.com/#/pt/

Recordes e estatísticas da fase de grupos da Europa League

TODAS AS ESTATÍSTICAS APRESENTADAS DIZEM RESPEITO APENAS À FASE DE GRUPOS. UEFA EUROPA LEAGUE DESDE 2009/10, TAÇA UEFA DE 2004/05 EM DIANTE

Clubes

Mais presenças na fase de grupos por clube (apenas UEFA Europa League)
8: Salzburgo*
7: FCSB, Lázio*, PAOK*, Rapid Viena*, Villarreal*
6: Anderlecht*, Athletic, Club Brugge, Dínamo Kyiv*, Copenhaga*, PSV Eindhoven, Sparta Praga, Sporting

Mais presenças na fase de grupos por clube (incluindo Taça UEFA)
9: AZ Alkmaar, Club Brugge, FCSB, Villarreal*
8: Beşiktaş*, Dinamo Zagreb*, Copenhaga*, Partizan, Sparta Praga, Lázio*, PAOK*, Sevilha*, Tottenham
7: Anderlecht*, Athletic, Austria Viena, Basileia, Rapid Viena*, Salzburgo, Sparta Praga, Sporting*, Standard Liège*, Zenit*

Mais pontos (apenas UEFA Europa League)
92: Salzburgo*
72: Lázio*
70: Villarreal*

Mais pontos (incluindo Taça UEFA)
92: Salzburgo*
88: Tottenham, Villarreal

Mais golos na fase de grupos (apenas UEFA Europa League)
79: Salzburgo*
72: Villarreal*
64: Lázio*

Mais golos na fase de grupos (incluindo Taça UEFA87: Villarreal*
79: Salzburgo*
76: Tottenham, Zenit*

Mais apuramentos conseguidos na fase de grupos (apenas UEFA Europa League)
6: Villarreal
5: Anderlecht, Athletic Club, Lázio, Salzburgo

Mais primeiros lugares na fase de grupos (apenas UEFA Europa League)
4 Salzburgo

Maiores vitórias
Standard Liège 1-7 Athletic Club (16/12/2004)
Bayern München 6-0 Aris (19/12/2007)
FCSB 6-0 Aalborg (18/09/2014)
Vardar 0-6 Real Sociedad (19/10/2017)
Arsenal 6-0 BATE (07/12/2017)
Sevilha 6-0 Akhisar (25/10/2018)

Máximos numa só temporada (apenas UEFA Europa League)

Mais pontos
18: Salzburgo (2009/10), Zenit (2010/11), Anderlecht (2011/12), Salzburgo (2013/14), Tottenham Hotspur (2013/14), Dínamo Moscovo (2014/15), Nápoles (2015/16), Shakhtar Donetsk (2016/17)

Vitória num grupo por maior margem pontual
11: Zenit (2010/11), Nápoles (2015/16)

Apuramento com menor número de pontos
7: Anderlecht (2010/11), Nápoles (2010/11), Maribor (2013/14), Dnipro Dnipropetrovsk (2014/15), Midtjylland (2015/16), Krasnodar (2016/17)

Mais pontos sem conseguir apuramento
10: Birmingham City (2011/12), Paris Saint-Germain (2011/12), Tottenham Hotspur (2011/12), Young Boys (2012/13), Lokeren (2014/15), Sparta Praga (2014/15)

Mais golos num grupo
22: Nápoles (2015/16)

Menos golos num grupo
1: Standard Liège (2011/12), Salzburgo (2017/18)

Equipas apuradas para a fase de grupos vindas da primeira pré-eliminatória (apenas UEFA Europa League)
Fulham (2011/12), Rosenborg (2012/13, 2015/16), Twente (2012/13), Tromsø (2013/14), Gabala (2015/16, 2016/17), Estrela Vermelha (2017/18), Maccabi Telavive (2016/17, 2017/18), Skënderbeu (2017/18), Apollon Limassol (2018/19), Copenhaga (2018/19), Rangers (2018/19), Sarpsborg (2018/19)

Jogadores

Mais jogos na fase de grupos (apenas UEFA Europa League)
34: Mario Sonnleitner*
33: Jeremain Lens*, Andreas Ulmer*

Mais jogos na fase de grupos (incluindo Taça UEFA)
38: Dimitris Salpingidis
35: Atiba Hutchinson

Mais golos na fase de grupos (apenas UEFA Europa League)
18: Aritz Aduriz
14: Guillaume Hoarau, Raul Rusescu

Mais golos na fase de grupos (incluindo Taça UEFA)
18: Aritz Aduriz
15: Jermain Defoe

Mais golos num só jogo
5: Aritz Aduriz (Athletic 5-3 Genk, 03/11/2016)

Países

Mais presenças em fases de grupos por clubes de um país (apenas UEFA Europa League)
31: Itália*
28: Espanha*
27: Alemanha*
24: Inglaterra*
23: França*, Holanda

Mais presenças em fases de grupos por clubes de um país (incluindo Taça UEFA)
45: Espanha*
44: Alemanha*
43: Itália*
41: França*
39: Holanda*

Mais representantes diferentes por país (apenas UEFA Europa League)
17: Alemanha*
14: Inglaterra*, Itália
12: Portugal
11: França

Mais representantes diferentes por país (incluindo Taça UEFA)
20: Alemanha*
19: Inglaterra*
16: França, Itália
15: Espanha

Países nunca representados na fase de grupos (apenas UEFA Europa League)
Andorra, Arménia, Bósnia e Herzegovina, Estónia, Ilhas Faroé, Geórgia, Gibraltar, Islândia, Kosovo, Liechtenstein, Lituânia, Malta, Montenegro, Irlanda do Norte, San Marino, País de Gales**

Países nunca representados na fase de grupos (incluindo Taça UEFA) Andorra, Arménia, Bósnia e Herzegovina, Estónia, Ilhas Faroé, Gibraltar, Islândia, Kosovo, Liechtenstein, Lituânia, Malta, Montenegro, Irlanda do Norte, San Marino, País de Gales**

*Inclui 2018/19
**O Swansea, oriundo do País de Gales, participou como representante da Inglaterra em 2013/14
https://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2568026.html

A Fifa vetou a realização do jogo entre Girona x Barcelona, pelo Campeonato Espanhol, nos Estados Unidos. O jogo, previsto para o dia 26 de janeiro, seria transmitido para Miami por solicitação de La Liga, com concordância dos dois clubes. Em reunião do Conselho da Fifa, em Ruanda, a Fifa negou o pedido e La Liga ameaça, agora, recorrer ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) para forçar o jogo.
“O Conselho da Fifa tratou do tema e reforçamos que as partidas de ligas nacionais devem ser disputadas no próprio país”, afirmou Gianni Infantino, presidente da Fifa, em Kigali, Ruanda. “Me oponho frontalmente e nego permissão para Girona x Barcelona em Miami”, afirmou ainda o dirigente, depois da decisão tomada na reunião da entidade. A proposta foi negada por unanimidade.
Clubes como o Real Madrid já se opuseram à ideia, além do sindicato dos jogadores, que ameaça greve caso a decisão de jogar nos Estados Unidos seja mantida. Javier Tebas, presidente de La Liga, ainda insiste no caso e é também quem ameaça. Diz que caso a Fifa mantenha o bloqueio ao jogo nos Estados Unidos, que pode levar a questão ao Tribunal Arbitral do Esporte e, assim, desencadear uma série de disputas fora de campo.
“Ainda não temos a informação oficial que essa é uma resolução ou uma proibição. Se é uma proibição, iremos ao Tribunal Arbitral do Esporte na Suíça. Esta não é uma questão de uma partida, se trata de uma estratégia global de La Liga e enquanto tivermos direitos, iremos até o fim”, afirmou Tebas.
https://trivela.com.br/depois-de-reuniao-do-conselho-fifa-veta-jogo-do-espanhol-nos-eua-e-la-liga-ameaca-ir-ao-tribunal/

Não foi desta vez que a Fifa conseguiu anunciar mudanças no Mundial de Clubes e a criação da Liga Mundial das Nações. Nesta sexta-feira, ao fim da reunião do conselho, em Kigali, Ruanda, o presidente Gianni Infantino afirmou em entrevista coletiva que foi criado um grupo de estudos para apresentar uma nova proposta no próximo encontro, em 14 de março de 2019, em Miami. De acordo com agências de notícias internacionais, a decisão foi tomada por pressão da Uefa, insatisfeita com a elaboração das medidas.
- Sobre o assunto que aqueceu alguns meios de comunicação, tomamos a decisão de criar pelo menos uma força-tarefa. Tomamos a decisão de estabelecer esse grupo de estudos para reforçar o processo de consulta, as perspectivas de um Mundial de Clubes da Fifa renovado e da Liga Mundial das Nações, para discutir e fazer propostas concretas - disse Infantino.
De acordo com as agências de notícias internacionais, os planos de Infantino foram contestados pelo Fórum de Ligas Mundiais e pelas Ligas Europeias. As entidades pediram a Infantino que recuasse de uma rápida votação para a aprovação nesta sexta-feira. A Uefa também se opõe aos planos. Diferentemente da Fifa, cujo faturamento vem quase todo da Copa do Mundo, a entidade lucra mais com seus torneios de clubes – especialmente a Liga dos Campeões. As mudanças seriam uma ameaça a sua principal atração.
- O grupo de estudos vai trabalhar nos detalhes dessas competições que geram grande interesse em grandes partes do mundo. Alguns concordam, outros discordam - disse Infantino, complementando:
"Existem diferentes pontos de vista, opiniões diversas, é perfeitamente normal"
Na reunião em Kigali, a Fifa incluiu na pauta duas novas propostas para o Mundial de Clubes: todo ano ou a cada quatro. Em abril, numa reunião do conselho em Bogotá, a ideia era de um torneio com 24 clubes, sempre no ano anterior à Copa do Mundo, com 18 dias de duração. As mudanças voltaram a ser discutidas em junho, durante a Copa da Rússia, mas sem avanços. Diante de todas as idas e vindas e o adiamento da decisão, Infantino tentou se mostrar tranquilo.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/fifa-adia-para-marco-a-decisao-sobre-mudanca-no-mundial-de-clubes-e-liga-mundial-das-nacoes.ghtml

O atacante Vinicius Junior pode participar de mais um clássico pelo Real Madrid. O Comitê de Apelação acatou a apelação do clube merengue e retirou nesta sexta-feira o segundo cartão amarelo dado ao brasileiro na última partida do Castilla, pela terceira divisão espanhola, liberando sua condição legal para ser relacionado para o duelo de domingo, contra o Barcelona, no Camp Nou.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/comite-de-apelacao-acata-recurso-do-real-e-vinicius-junior-pode-ser-relacionado-para-o-classico.ghtml

O resultado é favorável, a partida está acabando e... o treinador chama um jogador do banco de reservas para fazer aquela substituição que para o jogo por mais alguns segundos.
A cena é muito comum no futebol, mas ela pode acabar.
De acordo com o The Times, a International Football Association Board (IFAB), reconhecida pela Fifa e famosa por ser formada pelos "guardiões das leis do futebol", estuda uma proposta para banir as substituições nos acréscimos dos jogos.
Estudos indicam que a "cera" nos minutos finais das partidas aumentou nos últimos anos - em 2011-12, 21,3% das trocas aconteciam nos acréscimos; em 2017-18, o número chegou a 24,3%.
Ainda segundo o Times, a proposta será discutida em novembro. Ela será oficialmente colocada em debate no encontro anual da IFAB, em março de 2019.
"Procurar formas para combater as perdas de tempo, acelerar o jogo e aumentar o tempo de bola rolando são nossas prioridades", disse um membro do órgão. "Uma regra dizendo que não são permitidas substituições nos acréscimos é interessante e pode funcionar. Árbitros acrescentam 30 segundos por substituição, mas na prática isso leva muito mais tempo. Teria de haver, claro, uma série de testes."
"Seria justo, por exemplo, que um jogador com a perna quebrada não pudesse ser substituído? Mas você também pode argumentar que, se o time já fez as três trocas, ele não poderia ser substituído de qualquer maneira", seguiu o membro da Associação.
Outra regra que é estudada permitira que os tiros de meta fossem cobrados para jogadores que estão dentro da área, acelerando o jogo.
A IFAB é formada por quatro outras associações, cada uma possui um voto. A Fifa também tem quatro. Uma mudança de regra exige ao menos seis votos.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4908799/contra-cera-guardioes-do-futebol-estudam-banir-substituicoes-nos-acrescimos

A Juventus confia na inocência de Cristiano Ronaldo no caso de estupro em que o jogador é acusado. O presidente do clube italiano, Andrea Agnelli, saiu em defesa do português e disse que tem convicção de sua inocência, além de dizer que as portas do clube estão abertas, caso o jogador precise de qualquer tipo de ajuda.
- Olhe Cristiano diretamente nos olhos, fora de campo e pergunte. Depois de conversar com ele estou muito feliz com sua posição. Sua atitude nas semanas seguintes da acusação confirmaram a impressão inicial. A minha porta e as da Juve estão abertas para ajuda-lo, como sempre fazemos quando temos a convicção de que estão corretos - disse o presidente Andrea Agnelli
https://www.lance.com.br/futebol-internacional/juventus-confia-inocencia-cr7-acusacao-estupro.html

Uma notícia movimentou os noticiários italianos na manhã desta sexta-feira. Através do Twitter oficial da equipe, a Inter de Milão anunciou o chinês Steven Zhang como novo presidente do clube. Aos 27 anos, o empresário se tornou o mandatário mais novo a assumir a equipe Nerazzurri.
No entanto, Zhang não caiu de paraquedas no time de Milão. O jovem presidente é filho de Zhang Jindong, dono da companhia chinesa que é dona do clube italiano, a Suning Holdings Group. Steven irá substituir o indonésio Erick Thohir, que continuará atuando como acionista da Internazionale.
https://www.lance.com.br/futebol-internacional/inter-milao-anuncia-novo-presidente-apenas-anos.html

Os membros da Uefa (União das Federações Europeias de Futebol) barraram nesta sexta-feira os dois novos planos ambiciosos do presidente da Fifa, Gianni Infantino: o "inchaço" do Mundial de Clubes para 24 equipes (sendo 12 da Uefa) e também a criação de uma nova competição de seleções, a Liga Mundial.
Durante reunião do Conselho da Fifa, em Kigali (Ruanda), a intensa oposição dos europeus fez com que as ideias não fossem colocadas em votação, como desejava Infantino.
Foi apenas determinado que uma "força tarefa" será elaborada para estudar os impactos que o surgimento dos dois novos torneios teriam, e só aí haverá votação, ainda sem data para acontecer.
Na última quinta-feira, aliás, a ESPN já havia mostrado que nove representantes da Uefa iriam boicotar a reunião desta sexta se a Fifa forçasse os membros a votarem na aprovação do inchaço do Mundial de Clubes a na criação da Liga Mundial.
A Confederação europeia ficou infeliz com os planos de Infantino e entende que não foi consultada pelo mandatário sobre as novas ideias.
Além disso, a Uefa afirma que os investidores "misteriosos" por trás das competições, que prometem pagar US$ 25 bilhões (R$ 92,66 bilhões) em premiações ao longo dos próximos 12 anos, são conhecidos apenas pelo cartola, e não há certeza se são confiáveis.
Diversos veículos apontaram que os tais investidores são consórcios chineses, norte-americanos e sauditas que operam através da empresa japonesa SoftBank. Nem a Fifa e nem a companhia negaram isso até o momento.
A ECA (Associação dos Clubes Europeus), que representa os interesses dos grandes times do "Velho Continente", se opõe às duas propostas (tanto a do novo Mundial de Clubes quanto a Liga Mundial).
Além disso, o Fórum Mundial das Ligas, que comanda os interesses de diversas ligas independentes do mundo, também enviou carta a Infantino se posicionando contra.
O documento foi assinado por figurões como Richard Scudamore, executivo-chefe da Premier League inglesa; Christian Seifert, CEO da Bundesliga e Enrique Bonilla, presidente da Liga MX do México, só para citar alguns.
No momento, Uefa está trabalhando na apresentação de uma nova proposta de competição ao lado da Relevent Sports, que organiza o torneio amistoso International Champions Cup na pré-temporada europeia, sediando jogos na América do Norte, Ásia e Austrália.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4909320/mundial-de-clubes-uefa-barra-mudancas-para-inchar-torneio

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Dom Out 28, 2018 7:05 pm

Com a derrota surpreendente ontem do Benfica e a vitória hoje, o Porto assumiu a liderança do campeonato. Muito bom isso acontecer logo após a derrota no clássico.

Assustador a derrota do Real Madrid para o Barcelona, não apenas pelo placa tão dilatado, mas pelo jogo em si.
Enquanto isso o CR7 continua marcando pela Juventus e já vai começando o sucesso assim como foi na Inglaterra e Espanha.

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Dom Out 28, 2018 7:54 pm

Um acidente aéreo aconteceu nos arredores do Estádio King Power neste sábado, logo após o empate entre Leicester City e West Ham, pela Premier League. Os relatos da imprensa inglesa apontam que o helicóptero do dono das Raposas, Vichai Srivaddhanaprabha, caiu no estacionamento da praça esportiva. Ainda não há informações sobre feridos ou mortos, embora as primeiras imagens do desastre mostrem um incêndio no local e a aeronave carbonizada, depois que o fogo foi controlado. As equipes de resgate e a polícia chegaram imediatamente.
“Estamos lidando com o incidente na vizinhança do Estádio King Power. Os serviços de emergência estão cientes e trabalham no episódio. Oficiais estão atuando com diferentes serviços para estabelecer as exatas circunstâncias da colisão”, declarou a polícia de Leicestershire. O Leicester City, por sua vez, também emitiu uma nota a respeito do ocorrido: “Estamos ajudando a polícia e as equipes de resgate com um grande incidente ocorrido no estádio. O clube emitirá uma declaração mais detalhada assim que as informações forem estabelecidas”. O clube, todavia, não informou se Vichai estava no helicóptero. Era costume que ele frequentasse as partidas com o veículo. A aeronave deixara o gramado do King Power pouco antes do acidente.
Ao Leicester Mercury, o repórter Jordan Blackwell descreveu: “Depois de ouvir os relatos do ocorrido, saí da sala de imprensa e corri para o estacionamento. As chamas ainda pairava sobre o topo do prédio, perto do local onde as redes de televisão estacionam os seus caminhões de transmissão. Havia 30 ou 40 policiais empurrando a multidão para trás e para longe do estacionamento. Três caminhões do corpo de bombeiros combatiam as chamas”.
Repórter da Sky Sports, Rob Dorsett oferece outros detalhes: “Por volta das 8h30, testemunhas me disseram que viram o helicóptero levantar voo no gramado e, depois de alguns segundos, perdeu o controle. Aparentemente, houve uma falha na hélice da cauda, o que levou a aeronave a girar fora do controle, caindo no estacionamento, apenas a algumas centenas de metros do estádio. O estacionamento certamente tinha pessoas no momento, sejam funcionários ou torcedores. Foi muito perto das arquibancadas. Há preocupação com aqueles que estavam voltando aos seus carros ou se encaminhando ao transporte público. O helicóptero explodiu quando atingiu o solo e os presentes precisaram correr, para não serem atingidos pelos destroços”.
Nas redes sociais, diversos jogadores do Leicester se manifestaram, sinalizando suas orações para que tudo esteja bem. Jamie Vardy, Harry Maguire e Wilfried Ndidi estão entre eles. Segundo o jornal The Guardian, o goleiro Kasper Schmeichel foi visto chorando nos arredores do estádio. Já na televisão inglesa, o ex-ídolo Gary Lineker indicou a preocupação sobre as consequências da tragédia. Adversário na noite, o West Ham ofereceu seu apoio.
https://trivela.com.br/em-atualizacao-as-informacoes-sobre-o-acidente-com-o-helicoptero-do-dono-do-leicester-6/

"É uma tragédia para o clube. Estou tremendamente triste", declarou neste domingo o técnico do Leicester, Claude Puel, um dia após o acidente do helicóptero do presidente do clube, o tailandês Vichai Srivaddhanaprabha. A exceção de uma breve - e vaga - nota oficial, o clube praticamente não se posicionou a respeito da queda da aeronava, mas as palavras do treinador dão uma dimensão do que representa para o clube.
- Meus pensamentos às vítimas e suas famílias. Quero tranquilizar todas as pessoas que estavam preocupadas comigo. Estou tremendamente triste, mas estou bem - acrescentou Puel, em entrevista à emissora "France Info".
No sábado, depois do empate do Leicester em casa contra o West Ham, em partida válida pela Premier League, um helicóptero caiu perto do estádio da equipe. Segundo a rede de televisão "Sky Sports", que exibiu as imagens do momento do acidente, o helicóptero pertencia ao presidente do clube.
A presença de Vichai Srivaddhanaprabha a bordo da aeronave não foi confirmada oficialmente. Mas, segundo a rede de TV inglesa BBC, uma fonte próxima à família confirmou a presença dele no acidente.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/tecnico-do-leicester-lamenta-acidente-e-uma-tragedia-para-o-clube.ghtml

Apesar da ausência de informações oficiais, desde as primeiras horas da manhã deste domingo os arredores do estádio do Leicester City têm recebido flores e homenagens pela queda do helicóptero do dono do clube, Vichai Srivaddhanaprabha na noite deste sábado.
O acidente ocorreu horas depois do empate em 1 a 1 com o West Ham, pela 10ª rodada do Campeonato Inglês. Parte da área está isolada pela polícia e bombeiros da região, que vêm trabalhando no local por toda a madrugada.
De acordo com a rede de TV inglesa BBC, uma “fonte próxima à família” confirmou que o empresário tailandês de 60 anos estava na aeronave. Segundo a agência de notícias Reuters, outras quatro pessoas também estavam a bordo: a filha de Vichai, dois pilotos e mais uma quinta pessoa cuja identidade ainda não foi identificada.
Até o momento, porém, nem o clube, nem as autoridades locais confirmaram oficialmente quem estava no helicóptero e se há vítimas fatais.
O helicóptero, de propriedade de Vichai, decolou do gramado algumas horas após a partida e caiu minutos depois, no estacionamento do estádio e explodiu em chamas. Testemunhas afirmaram que o helicóptero aparentemente sofreu uma pane e caiu em espiral.
O clube inglês se manifestou apenas por uma breve nota oficial, logo após o acidente, para dizer que está ajudando nas investigações e informou que vai se posicionar quando houver mais apurações.
- Estamos ajudando a polícia e os serviços de emergência diante deste grande incidente no estádio do clube. O Leicester emitirá uma declaração mais detalhada assim que mais informações forem estabelecidas - diz o clube.
Vichai é dono da King Power, rede de lojas de varejo de aeroportos, que dá nome ao estádio do time. Ele comprou o Leicester em 2010 e levou o clube à épica conquista da Premier League na temporada 2015/16.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/torcedores-do-leicester-deixam-flores-no-estadio-apos-queda-de-helicoptero-de-dono-do-clube.ghtml

O Tottenham não tem data para inaugurar o novo White Hart Lane, mas sabe que o estádio não vai ficar pronto em 2018. Por isso, os Spurs anunciaram que mandarão jogos em Wembley até 29 de dezembro, quando enfrentarão o Wolverhampton na casa provisória.
O anúncio foi feito por meio das redes sociais do clube londrino. Os dirigentes do Tottenham ainda aproveitaram para garantir que todos os torcedores que compraram ingressos para ir ao novo White Hart Lane neste ano serão reembolsados.
Em dezembro, o Tottenham divulgará a atualização do panorama do estádio em remodelação.
Enquanto não resolve a situação da nova casa, o Tottenham segue com os compromissos na temporada. Na próxima segunda, os Spurs receberão o Manchester City, em Wembley, pela décima rodada do Campeonato Inglês.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/sem-previsao-de-inaugurar-novo-estadio-tottenham-anuncia-jogos-em-wembley-ate-dezembro.ghtml

Para quem está acostumado aos tapetes da Premier League e tem no toque de bola uma das principais características, o péssimo estado do gramado de Wembley será um desafio e tanto nesta segunda-feira. Após três semanas de jogos da NFL International Series em Londres, o emblemático estádio está em condições longe das ideiais para receber o duelo entre Tottenham e Manchester City, válido pela 10ª rodada do Campeonato Inglês.
A partida inicialmente seria neste domingo, dia 28, no novo estádio do Tottenham. Mas em agosto, com o atraso das obras, já se sabia que o local não poderia receber jogos no mínimo até novembro – nesta semana, o clube confirmou que não será possível receber nenhum sequer em 2018. Como Wembley já estava agendado para receber o terceiro jogo da NFL em Londres, entre Jacksonville Jaguars e Philadelphia Eagles, a partida precisou ser adiada em um dia.
Antes do início da partida de futebol americano o gramado já aparentava um grande desgaste, principalmente na área central do gramado. Após o jogo, vencido pelos Eagles, a situação ficou ainda pior, com vários pontos sem folhagem e com terra e areia aparentes.
Wembley também foi palco dos duelos entre Tennessee Titans e Los Angeles Chargers, no dia 21, e entre Seattle Seahawks e Oakland Raiders, no dia 14. Este ultimo inicialmente seria disputado no novo estádio do Tottenham, mas teve que ser transferido, assim como os jogos de futebol.
Neste momento, o Manchester City está na vice-liderança do Campeonato Inglês, com 23 pontos, três atrás do Liverpool, que tem um jogo a mais. O Tottenham está em quinto lugar, com 21.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/tottenham-e-city-jogam-nesta-segunda-em-wembley-em-gramado-castigado-pela-nfl.ghtml

Grande destaque da goleada do Barcelona sobre o Real Madrid, neste domingo, por 5 a 1, Luis Suárez agora é um dos 50 maiores artilheiros da história do Campeonato Espanhol. Com os três gols marcados no clássico, o uruguaio chegou aos 117 tentos na competição, igualando a marca do brasileiro Ronaldo. Os dois agora ocupam a 48ª posição no ranking que é liderado por Messi, autor de 390 gols.
O uruguaio, entretanto, precisou de menos jogos que o Fenômeno. Luisito entrou em campo 140 vezes em partidas válida pela La Liga, enquanto que o brasileiro atuou 164 vezes com as camisas de Barça e Real.
No Barcelona, além de Lionel, apenas outros dois jogadores marcaram mais vezes que Suárez na história do campeonato: o espanhol César Rodrígues, 195, e o húngaro Kubala, 131.
http://blogs.lance.com.br/numeros-da-bola/suarez-iguala-marca-de-ronaldo-no-espanhol/

Há quase 8 anos que o Real Madrid não sofria 5 golos num jogo. O local e o adversário eram o mesmo: o Barcelona, no Camp Nou.
dezembro 2010: 5x0
outubro 2018: 5x1
https://twitter.com/playmaker_PT/status/1056598641035698176

O Fenerbahçe, que foi eliminado pelo Benfica na 3.ª pré-eliminatória de acesso à Liga dos Campeões, anunciou, há momentos, a saída do treinador Philippe Cocu.
Meses depois de ter deixado o PSV, o holandês acaba por não resistir aos inúmeros maus resultados da equipa de Istambul, que se encontra quase em zona de despromoção na liga turca. A gota de água foi a derrota caseira deste domingo, por 1-3, contra o Ankaragücü.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/756684

Nesta sexta-feira, os membros da Uefa (União das Federações Europeias de Futebol) barraram e adiaram a votação dos dois novos planos ambiciosos do presidente da Fifa, Gianni Infantino: o "inchaço" do Mundial de Clubes para 24 equipes (sendo 12 da Uefa) e também a criação de uma nova competição de seleções, a Liga Mundial.
No entanto, o jornal inglês The Times detalhou exatamente como funcionaria o "novo Mundial" proposto pelo mandatário da Fifa, que quer inflar a competição e distribuir prêmios bilionários, além de manter uma edição por ano - tudo ao contrário do desejo dos europeus.
Na competição, que teria sua primeira edição sediada na China, os clubes europeus seriam convidados de acordo com sua tradição internacional, tendo preferência os que já conquistaram ao menos três títulos da Champions League.
Com isso, equipes como Real Madrid, Barcelona, Bayern de Munique, Ajax, Milan, Inter de Milão, Manchester United e Liverpool teriam postos garantidos.
Já a Juventus, que tem dois títulos da Liga dos Campeões e duas Copas Intercontinentais, também seria chamada - ainda mais porque o mandatário e dono do clube, Andrea Agnelli, é o presidente da ECA (Associação dos Clubes Europeus).
Outros clubes com bom histórico na Champions e na Copa Intercontinental, como os portugueses Porto e Benfica, também aparecem entre os favoritos para receberem chamados.
Isso quer dizer que times que agora possuem muito dinheiro e jogadores de ponta, mas tradição internacional nula, ficariam de fora. São os casos, por exemplo, de Manchester City e Paris Saint-Germain.
Para deixar o novo Mundial convidativo para os europeus, que detestam disputar a competição, Infantino prometeu US$ 25 bilhões (R$ 92,66 bilhões) em premiações ao longo dos próximos 12 anos.
A grana viria do SoftBank, corporação multinacional japonesa de telecomunicações e internet, e de investidores da Arábia Saudita.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4909768/mundial-de-clubes-veja-como-fifa-quer-escolher-europeus-do-torneio

A fase do Monaco definitivamente não é boa. O time do principado entrou em campo neste sábado pela 11ª rodada do Campeonato Francês em busca de se recuperar na competição. Na estreia do novo treinador Thierry Henry no Louis II, a equipe recebeu o Dijon e tropeçou mais uma vez, empatando a partida em 2 a 2.
Com o resultado, Henry soma dois empates e uma derrota nos seus três primeiro jogos. Além disso, os monegascos chegam a 10 jogos sem vencer no Francês e 12 contando também a Liga dos Campeões. Assim, fica com sete pontos na vice-lanterna da competição. Do outro lado, o Dijon também mantém a sequência de sete jogos sem triunfar, ficando com 11 pontos.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4914681/na-estreia-de-henry-em-casa-monaco-empata-e-chega-a-12-jogos-sem-vencer

Se José Mourinho ganhou um alívio neste domingo após a vitória do Manchester United sobre o Everton por 2 a 1, houve quem viveu uma experiência inesquecível das tribunas de Old Trafford. Convidados de honra dos Red Devils, o time dos “Javalis Selvagens”, formados por garotos resgatados de uma caverna na Tailândia, acompanhou das arquibancadas VIPs do estádio o jogo válido pelo Campeonato Inglês.
Vestidos à caráter com moletons, cachecóis e luvas do United, os garotos tiveram um fim de semana inesquecível no clube. No último sábado, os doze meninos e seu treinador visitaram o Centro de Treinamentos do clube inglês e posaram para fotos com José Mourinho e as principais estrelas do time, como os franceses Paul Pogba e Anthony Martial, autores dos gols do triunfo deste domingo.
No início de outubro, os jovens tailandeses tiveram também a oportunidade de realizar um treino com o elenco do Los Angeles Galaxy e conhecer Zlatan Ibrahimovic, durante um encontro organizado pela famosa apresentadora de televisão Ellen DeGeneres. Antes, aliás, puderam jogar no Estádio Monumental de Buenos Aires, convidados para os Jogos Olímpicos da Juventude.
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4919318/time-resgatado-em-caverna-na-tailandia-acompanha-vitoria-do-united-em-old-trafford

Apesar de ter as famosas La Masía e La Fábrica para formar jogadores, Barcelona e Real Madrid costumam ir ao mercado e torrar um bom dinheiro para atender às necessidades de seus torcedores exigentes.
Suas contratações não são baratas, e o jornal As apresentou uma seleção que custou um total de 784 milhões de euros (R$ 3,2 bilhões) com as 11 contratações mais caras: Courtois; Alves, Pepe, Lenglet, Coentrão; James, Zidane, Coutinho; Dembélé, Cristiano Ronaldo e Bale.
Como é lógico, os atacantes são, de longe, muito mais caros que os defensores. Courtois, Alves, Lenglet, Pepe e Coentrão formam a defesa e nenhum supera os 35 milhões. Coentrão é considerado um dos maiores micos da história da equipe merengue, pois nunca foi unanimidade no Santiago Bernabéu. Lenglet ainda não demonstrou em campo a razão do Barça ter investido 35 milhões de euros para que ele saísse do Sevilla.
A lista tem os brasileiros Pepe (naturalizado português), que saiu do Porto para o Real Madrid, e Daniel Alves, que deixou o Sevilla para ir ao Barcelona por 32 milhões.
Muito diferentes são os números do meio do campo, com Coutinho (130 milhões), James (80 milhões) e Zidane (72 milhões). Dos meias ofensivos, Zizou é o que mais chama a atenção por ter sido contratado há mais de 15 anos.
A linha mais avançada é, naturalmente, a mais cara, excedendo 300 milhões de euros. Dembélé, com 115 milhões; Ronaldo, com 96 milhões; e Bale, com 101 milhões, formaria o tridente de ataque.
Alguns como Courtois, Coutinho, Dembélé ou Lenglet ainda não escreveram sua história nos clássicos enquanto Cristiano ou Bale já deixaram algumas imagens para a história. Apenas cinco deles poderiam jogar este domingo.
Veja por posição quanto custou cada jogador:
Courtois - 35 milhões de euros (R$ 145,67 milhões)
Dani Alves - 35 milhões de euros (R$ 145,67 milhões)
Pepe - 30 milhões de euros (124,86 milhões)
Lenglet - 35 milhões de euros (R$ 145,67 milhões)
Coentrão - 30 milhões de euros (124,86 milhões)
James - 80 milhões de euros (R$ 332,95 milhões)
Zidane - 72 milhões de euros (R$ 299,66 milhões)
Coutinho - 150 milhões de euros (R$ 624,29 milhões)
Dembélé - 120 milhões de euros (R$ 499,43 milhões)
Cristiano Ronaldo - 96 milhões de euros (R$ 399,55 milhões)
Bale - 101 milhões de euros (R$ 420,36 milhões)
http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4914675/barcelona-x-real-madrid-veja-o-time-mais-caro-da-historia-com-brasileiros-e-micos

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Dom Out 28, 2018 8:18 pm

Terça (30/10)

16:45 Rodinghausen x Bayern [ESPNBR / ESPNBRHD] (Copa da Alemanha)
16:45 Leicester x Southampton [ESPN / ESPNHD] (Copa da Liga Inglesa)

Quarta (31/10)

14:30 Dortmund x Union Berlin [ESPN / ESPNHD] (Copa da Alemanha)
16:45 Leipzig x Hoffenheim [ESPN Extra] (Copa da Alemanha)
16:45 Chelsea x Derby County [ESPNBR / ESPNBRHD] (Copa da Liga Inglesa)
16:45 West Ham x Tottenham [ESPN / ESPNHD] (Copa da Liga Inglesa)
16:45 Arsenal x Blackpool [ESPN2] (Copa da Liga Inglesa)

Quinta (01/11)

16:45 Man. City x Fulham [ESPNBR / ESPNBRHD] (Copa da Liga Inglesa)

Quem quiser assistir pela internet:

http://tudotv.tv/
http://www.usagoals.com/football.html
http://firstsrowsports.tv/
http://livetv.sx/en/allupcomingsports/1/
http://www.rojadirecta.me/

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Seg Out 29, 2018 6:47 pm

O Real Madrid formalizou aquilo que já era esperado nas últimas 24 horas e oficializou a demissão de Julen Lopetegui nesta segunda-feira. O treinador já balançava no cargo diante dos maus resultados das últimas semanas e não resistiu à goleada sofrida para o Barcelona na véspera. A passagem relâmpago do técnico espanhol durou 135 dias, e o argentino Santiago Solari, do Castilla, assume como interino em seu lugar.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/lopetegui-e-demitido-do-real-madrid.ghtml

Quando Cristiano Ronaldo saiu do Real Madrid, surgiu uma miríade de hipóteses sobre os motivos que o levaram a quebrar o vínculo com o clube em que se tornou uma lenda. Falou-se na questão financeira, na busca por um novo desafio e também em atritos com o presidente merengue Florentino Pérez. Em entrevista à France Football, o jogador da Juventus afirmou que a relação com o dirigente foi de fato determinante.
Segundo o craque, em certo momento, ele passou a se sentir menos valorizado dentro do Real Madrid. Na época de sua transferência para a Juventus, a imprensa espanhola noticiou que Florentino Pérez informou a Ronaldo que ele poderia sair do clube por € 100 milhões, caso o destino não fosse um adversário direto. O objetivo era deixá-lo satisfeito, mas o gesto acabou sendo interpretado como um insulto.
“Eu senti, dentro do clube, especialmente do presidente, que eles não me consideravam mais como no começo. Nos primeiros quatro ou cinco anos, eu tinha a sensação de ser ‘Cristiano Ronaldo’. Depois, menos. O presidente me olhava com olhos que não queriam dizer as mesmas coisas, como se eu não fosse mais indispensável para eles”, afirmou.
O Real Madrid fez questão de deixar claro que foi Cristiano Ronaldo quem pediu para sair do clube, uma maneira de se blindar de eventuais críticas da torcida. “Às vezes eu olhava as notícias, que diziam que eu estava pedindo para sair. Houve um pouco disso, mas a verdade é que eu sempre tive a impressão que o presidente não me seguraria”, explicou.
Outra hipótese levantada durante as negociações foi a de que Ronaldo estava insatisfeito por ter um salário inferior ao de Messi e Neymar. Antes de sair, houve conversas entre o clube e seus agentes a respeito de uma renovação de contrato. Mas não chegaram a um acordo. “Se tivesse sido sobre dinheiro, eu teria ido para a China, onde eu receberia cinco vezes mais do que na Juventus ou no Real. Eu não fui para a Juventus por dinheiro. Eu ganhava o mesmo no Real, talvez mais. A diferença é que a Juve realmente me queria. Eles me disseram isso e deixam claro”, afirmou. “A verdade é que o presidente (Pérez) me queria, mas, ao mesmo tempo, ele me fez saber que minha saída não seria um problema”.
Por fim, ele afirmou que a saída de Zinedine Zidane do comando da equipe não teve muita influência na sua decisão. “Minha decisão de sair não se baseou nisso. Isso dito, foi uma das pequenas coisas que fez com que eu me sentisse um pouco melhor em termos do que pensava da situação no clube”, encerrou.
https://trivela.com.br/cristiano-ronaldo-diz-que-saiu-do-real-madrid-por-causa-de-florentino-perez/

Ser vaiado por torcedores adversários já é comum para Neymar, acostumado a ser o centro das atenções e atrair a animosidade dos rivais na arquibancada. Neste domingo, no entanto, parte da torcida do Olympique de Marselha não se liminou às vaias ao camisa 10 do Paris Saint-Germain. Em duas oportunidades na vitória por 2 a 0 do PSG, o brasileiro teve dificuldade para bater o escanteio no Vélodrome por causa de objetos lançados pelos fãs do Olympique.
Após a partida, Neymar reclamou da atitude da torcida adversária:
- É uma falta de respeito, não só comigo mas com os próprios jogadores do Marselha, com o futebol. Acho que isso não é o correto, mas é com as autoridades. Não só o árbitro, mas as autoridades que comandam a liga. O futebol francês tem que tomar alguma decisão, porque acho que isso não pode acontecer.
Segundo Neymar, esse é um problema recorrente no Vélodrome. Olympique de Marselha e PSG têm, hoje, a maior rivalidade no futebol francês.
- Toda vez que a gente vem jogar aqui ficam tacando coisas, é perigoso. Tacaram uma garrafa, se pega na cabeça é um corte. É perigoso e eu não concordo, espero que façam alguma coisa - completou o craque brasileiro.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/neymar-reclama-de-objetos-lancados-pela-torcida-do-olympique-falta-de-respeito.ghtml

Todo o elenco do Leicester prestou homenagem ao dono do clube, Vichai Srivaddhanaprabha, morto na noite do último sábado num acidente de helicóptero que vitimou outras quatro pessoas no estacionamento ao lado do estádio.
A cerimônia aconteceu no gramado, de onde o helicóptero decolou, no círculo central, e foi bastante emocionante – o Leicester postou o momento em que o filho Aiyawatt Srivaddhanaprabha, que é o vice-presidente, e a esposa Aimon levaram uma coroa de flores e cumprimentaram cada um dos jogadores na roda. Nomes como o atacante Vardy e o goleiro Schmeichel choraram copiosamente.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/jogadores-prestam-homenagem-a-dono-do-leicester-em-cerimonia-com-familiares-no-estadio.ghtml

Suárez foi o nome do Barcelona na goleada sobre o Real Madrid por 5 a 1, neste domingo, no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol. O atacante uruguaio fez um hat-trick histórico, que o tornou o quinto maior artilheiro do clube.
Agora, Suárez soma 159 gols pelo Barça – clube que defende desde a temporada 2014/2015. Ele superou Josep Escolà, que marcou 158 vezes com a camisa do clube catalão.
A distância para o quarto colocado é de 25 gols. Com contrato até junho de 2021, Suárez tem tudo para subir no ranking histórico. Apenas dois atletas somam mais de 200 gols pelo Barcelona.
Top 5: os maiores artilheiros do Barcelona:
1º – Messi
O craque argentino é o maior artilheiro da história do clube. E por muito! Messi soma 564 gols.

2º – César Rodríguez
Outro ídolo que passou dos 200 gols pelo clube, César atuou pelo Barcelona pela primeira vez em 1939. Depois, voltou em 1942 e ficou até 1955. Ele fez 232 gols.

3º – Kubala
O húngaro defendeu o Barça de 1950 a 1961. Kubala marcou 196 gols pelo clube.

4º – Samitier
De 1919 a 1932, Samitier foi uma das principais figuras do Barça. Ídolo do clube, marcou 184 gols.

5º – Suárez
Contratado junto ao Liverpool, na temporada 2014/2015, por 81,7 milhões de euros (R$ 341 milhões, na cotação atual), Suárez soma 159 gols em 212 jogos pelo clube.
https://www.lance.com.br/mais-que-um-jogo/suarez-vira-quinto-maior-artilheiro-historia-barcelona-veja-lista.html

Após trocar o Liverpool pelo Besiktas, o goleiro Loris Karius pode fazer o caminho inverso na próxima janela. Segundo a imprensa turca, as atuações do arqueiro não agradaram a diretoria do time de Istambul, e com isso a permanência do jogador não está garantida.
Karius foi cedido ao Besiktas por duas temporadas, após falhar na final da Liga dos Campeões, contra do Real Madrid. Mas o goleiro também não tem convencido no clube turco.
A imprensa turca destacou que o Besiktas já manifestou o interesse em devolver Karius ao Liverpool. Além disso, o clube turco estaria de olho em uma troca do goleiro, pelo atacante Divock Origi.
https://www.lance.com.br/futebol-internacional/karius-nao-convence-besiktas-pode-retornar-liverpool.html

A relação entre o Clube de Futebol Os Belenenses e a SAD continua muito complicada e promete não se resolver tão cedo. Esta segunda-feira, a direção do Clube revelou que foi aceite uma providência cautelar que impede a SAD de usar os símbolos que pertencem ao clube, ou mesmo de usar símbolos que se assemelhem aos do Clube.
«A SAD está obrigada a deixar de se apresentar com marcas e símbolos que se confundam com aqueles que o Clube de Futebol 'Os Belenenses' usa há quase 100 anos, e que se encontram identificados nos seus Estatutos, designadamente o seu emblema e a Cruz de Cristo», pode ler-se num comunicado oficial do Clube.
A Belenenses SAD está a competir na Liga NOS, enquanto o Clube está nas distritais de Lisboa, jogando no Estádio do Restelo. A divisão entre as duas entidades aconteceu no final da temporada passada e fica agora a dúvida sobre o símbolo e o nome que a SAD vai usar.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=233905

Sem derrotas em toda a Europa: Juventus, Borussia Dortmund, RB Salzburg e Braga.
http://www.zerozero.pt/news.php?id=233908

O Werder Bremen perdeu frente ao Bayer Leverkusen, em casa, por 2-6. Contudo, o avançado peruano Claudio Pizarro não deixou de fazer história, ao marcar um dos dois golos do Bremen e de se tornar no segundo jogador com mais de 40 anos (ou mais), a marcar no campeonato alemão.
Pizarro já não marcava um golo há 207 dias, mas o treinador, Florian Kohfeldt, de apenas 36 anos, e mais novo que Pizarro, continuava a dar-lhe oportunidades.
Aos 40 anos Claudio Pizarro soma, ao todo, 193 golos na Bundesliga.
https://www.abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/756780

O Tribunal da Propriedade Intelectual deferiu vários pontos de uma providência cautelar interposta pelo Belenenses contra a SAD, nomeadamente sobre a utilização da marca e símbolos do emblema, disse hoje o clube.
"A SAD está obrigada a deixar de se apresentar com marcas e símbolos que se confundam com aqueles que o Clube de Futebol 'Os Belenenses' usa há quase 100 anos, e que se encontram identificados nos seus estatutos, designadamente o seu emblema e a cruz de Cristo", pode ler-se no comunicado do clube lisboeta.
O clube lisboeta, que interpôs a providência depois de o protocolo entre o emblema e a SAD, detida em maioria pela empresa Codecity, ter terminado em 30 de junho deste ano, com a SAD, a jogar na Liga NOS, a manter o uso dos símbolos e marcas em questão.
A providência cautelar para "impedir essa utilização abusiva" incide sobre a utilização dos vários marcos que identificam o clube, bem como as suas imitações, sendo que foi ainda deferido um pagamento pela SAD "de uma sanção pecuniária compulsória no valor de três mil euros por cada dia" de atraso no cumprimento da intimação.
Segundo a decisão judicial, "a SAD tem agora 30 dias para dar cumprimento à decisão", e o clube aponta uma "importante vitória no longo caminho de recuperação da identidade belenense".
A SAD do Belenenses, controlada pela Codecity Sports Management (CSM) e liderada por Rui Pedro Soares, anunciou que a equipa de futebol vai jogar no Estádio Nacional, em Oeiras, esta época e acusou a direção do clube de a ter despejado do Estádio do Restelo, em Lisboa.
Por seu lado, o clube, liderado por Patrick Morais de Carvalho, refutou a ideia e afirmou que a CSM queria continuar a utilizar o recinto nas mesmas condições que usufruía desde 2012.
A Codecity Sports Management adquiriu a maioria do capital da SAD em 2012 e o Belenenses ficou com uma participação de 10%. Desde então, vigorava um protocolo assinado por ambas as entidades, que cessou no dia 30 de junho, após o qual o clube anunciou a inscrição de uma equipa de futebol sénior nas divisões distritais de Lisboa.
Leia o comunicado na íntegra:
"PROVIDÊNCIA CAUTELAR – COMUNICADO DA DIRECÇÃO DO CFB
Como é do conhecimento público, o Protocolo que regulava as relações entre o Clube de Futebol "Os Belenenses" e a SAD (maioritariamente detida pela empresa Codecity Sports Management) cessou no dia 30 de Junho de 2018.
Esse Protocolo autorizava a SAD a utilizar as marcas e os símbolos do Clube de Futebol "Os Belenenses"; tendo cessado o Protocolo, terminou essa autorização.
A SAD continuou a utilizar as marcas e os símbolos do Clube de Futebol "Os Belenenses", nomeadamente o seu nome, o seu emblema, a Cruz de Cristo, o seu lema "Com a Certeza de Vencer", o seu hino e demais denominações conexas; em paralelo, diversas instituições, entre as quais a Liga Portuguesa de Futebol Profissional e a Federação Portuguesa de Futebol, também o continuaram a fazer.
Estas práticas violam os direitos de propriedade industrial do Clube e procuram executar uma usurpação da sua personalidade. Notificados para terminarem essa utilização, insistiram em continuar a fazê-lo, obrigando o Clube a recorrer aos meios judiciais próprios.
O Clube de Futebol "Os Belenenses" recorreu, assim, ao Tribunal da Propriedade Intelectual e requereu uma providência cautelar que tinha por objetivo impedir essa utilização abusiva.
Resumidamente o Clube de Futebol "Os Belenenses" formulou os seguintes pedidos ao Tribunal:
1 – Que a SAD cesse de imediato sob toda e qualquer forma de utilização das marcas e dos símbolos, incluindo o lema e o hino do Clube.
2 – Que a SAD se abstenha de imediato de imitar as marcas do Clube, cessando sob toda e qualquer forma, o uso dos símbolos, marcas ou de quaisquer outros elementos que, pela sua semelhança, sejam susceptíveis de criar confusão aos consumidores.
3- Que a SAD remova os sinais referidos em 1 e 2 a suas expensas, em quaisquer suportes, incluindo dentro ou fora de estabelecimento comercial, em toldos, tabuletas, letreiros, montras, viaturas, em quaisquer artigos, sacos, vestuário, embalagens, rótulos, em qualquer tipo de documentos, brochuras na internet, redes sociais, em publicidade de qualquer tipo ou por quaisquer meios de divulgação.
4- Que a SAD se abstenha de usar e/ou solicitar o registo para qualquer um dos sinais referidos em 1 e 2.
5 – Que seja fixada uma sanção pecuniária compulsória de valor não inferior a € 4.500,00 a ser paga pela SAD, por cada dia de atraso no cumprimento da intimação que lhe vier a ser feita nos termos acima referidos.
Hoje o Clube foi notificado da decisão proferida neste processo nº 215/18 .5YHLSB.
Os pedidos do Clube foram deferidos no que respeita aos pontos nºs 1, 2 e 3.
Relativamente ao ponto nº 4 a decisão refere que esse pedido em parte já está contido nas alíneas anteriores.
Foi parcialmente deferido relativamente ao ponto nº 5 do pedido, uma vez que a douta decisão condenou a SAD ao pagamento de uma sanção pecuniária compulsória no valor de € 3.000,00, por cada dia (ao invés dos € 4500,00 pedidos pelo Clube).
Portanto, o Tribunal decidiu que a SAD não pode utilizar a marca, o nome e os símbolos do Clube, incluindo o Lema e o Hino do CF "Os Belenenses", bem como quaisquer outros elementos que pela sua semelhança possam criar confundibilidade pública.
Assim, nos termos da decisão judicial, a SAD tem agora 30 dias para dar cumprimento à decisão.
A SAD está obrigada a deixar de se apresentar com marcas e símbolos que se confundam com aqueles que o Clube de Futebol "Os Belenenses" usa há quase 100 anos, e que se encontram identificados nos seus Estatutos, designadamente o seu emblema e a Cruz de Cristo.
Esta é uma importante vitória no longo caminho de recuperação da identidade Belenense, que os sócios e os simpatizantes do Clube decidiram empreender.
A Equipa da Cruz de Cristo são todas e cada uma das equipas do Clube de Futebol "Os Belenenses" e têm o Estádio do Restelo como a sua casa.
Seguindo o nosso Hino, Com a Certeza de Vencer!
Estádio do Restelo, 29 de Outubro de 2018
A Direcção do Clube de Futebol "Os #Belenenses"
http://www.record.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/belenenses/detalhe/sad-do-belenenses-impedida-de-utilizar-nome-marca-e-simbolos-do-clube?ref=HP_DestaquesPrincipais

O Belenenses vai continuar a chamar-se Belenenses e não é certo que a equipa que joga na Liga deixe de apresentar a cruz de Cristo. Esta é a resposta da SAD à decisão favorável do Tribunal da Propriedade Intelectual quanto aos pedidos incluídos em providência cautelar, que ordenava "que a SAD cesse de imediato sob toda e qualquer forma de utilização das marcas e dos símbolos, incluindo o lema e o hino do clube".
O grande ponto de divergência está no facto de o documento do Tribunal não mencionar especificamente se a SAD pode utilizar a cruz de Cristo ou não. Assim sendo, o organismo liderado por Rui Pedro Soares vai continuar a ter o mesmo nome, a competir no campeonato, irá recorrer da decisão e ainda vai analisar se pode, ou não, utilizar a cruz de Cristo.
Leia o comunicado na íntegra
"ATENÇÃO
A equipa de futebol do Belenenses continuará a usar o nome que sempre foi, é e será o seu.
Tendo hoje sido conhecida a sentença proferida pelo Tribunal da Propriedade Intelectual, não está, minimamente, em causa que a equipa do Belenenses se continue a chamar Belenenses.
É também seguro que o Belenenses continuará a competir na I Liga, entre os maiores de Portugal, tal como foi propósito dos seus Fundadores.
Segundo a sentença, a equipa do Belenenses não pode usar o emblema do seu Clube Fundador (que, de qualquer modo, não usa na camisola) pela única e exclusiva razão de existir um registo comercial de marca.
A sentença (duplamente provisória, por ser proferida numa mera providência cautelar e ser passível de recurso, no qual os advogados já estão a trabalhar) viola a lei e nem diz se a cruz de Cristo – que consta do emblema do C.F.B. como de muitas outras bandeiras e símbolos, desde logo da própria F.P.F. – pode ou não continuar a ser usada pelo Belenenses.
Estamos certos de que a sentença vai ser revogada, mas entre os valores do Belenenses está o respeito pelas decisões judiciais, pelo que os seus efeitos a respeito da cruz de Cristo serão analisados com atenção e rigor.
Em 1999, o Belenenses personalizou a sua equipa de futebol, constituindo, na qualidade de Clube Fundador, a sua Sociedade Desportiva de Futebol, a que chamou "Os Belenenses" SAD.
Assim, a equipa do Belenenses, que joga na I Liga como os seus Fundadores quiseram, foi, é e sempre será a única e legítima representante do Clube de Futebol "Os Belenenses" no futebol profissional. É e sempre será a gloriosa equipa de futebol do Belenenses, com um património material e imaterial de 99 anos, uma das únicas cinco campeãs nacionais e vencedora de 3 Taças de Portugal.
Seguimos em frente para dignificar o Belenenses, de modo a proporcionar a todos os Belenenses, no campo de jogo, alegrias como as que tiveram no passado sábado.
Viva o Belenenses!"
http://www.record.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/belenenses/detalhe/sad-do-belenenses-recorre-e-analisa-se-pode-utilizar-a-cruz-de-cristo?ref=Detalhe_Relacionadas

Santiago Solari deve suceder a Juler Lopetegui no comando técnico do Real Madrid a breve trecho e os merengues terão 15 dias para oferecer um contrato de equipa principal ao treinador do Real Madrid Castilla, segundo avança o diário 'Marca'. Este é o prazo que a Real Federação Espanhola de Futebol exige aos clubes espanhóis para tornarem oficial a mudança técnica.
Solari poderá sentar-se como treinador provisório nos jogos com o Melilla (Taça do Rei), Valladolid (Liga), Viktoria Plzen (Champions) e Celta de Vigo (Liga), ao qual se segue uma paragem destinada às seleções. Findo este período, o Real Madrid tem de oferecer um contrato de treinador principal ao argentino, de 42 anos.
http://www.record.pt/internacional/paises/espanha/real-madrid/detalhe/solari-pode-estar-4-jogos-como-treinador-provisorio-no-real-madrid?ref=HP_1BucketDestaquesPrincipais

O Observatório do Futebol (CIES) divulgou esta segunda-feira uma lista dos clubes que mais jogadores dão às 31 Ligas primodivisionárias da UEFA.

1. Ajax (Holanda): 77 jogadores
2. Dínamo Kiev (Ucrânia): 69 jogadores
2. Partizan (Sérvia): 69 jogadores
4. Dínamo Zagreb (Croácia): 66 jogadores
5. Estrela Vermelha (Sérvia): 61 jogadores
6. Sporting (Portugal): 58 jogadores
7. Real Madrid (Espanha): 53 jogadores
8. Sparta Praga (República Checa): 52 jogadores
9. Dínamo Minsk (Bielorrússia): 50 jogadores
9. Hajduk Split (Croácia): 50 jogadores
11. Vojvodina (Sérvia): 48 jogadores
11. Shakhtar Donetsk (Ucrânia): 48 jogadores
13. Barcelona (Espanha): 47 jogadores
14. Lyon (França): 45 jogadores
14. PSV Eindhoven (Holanda): 45 jogadores
14. FC Porto (Portugal): 45 jogadores
14. Benfica (Portugal): 45 jogadores
18. Rad (Sérvia): 44 jogadores
19. Feyenoord (Holanda): 43 jogadores
20. PSG (França): 40 jogadores
21. HJK Helsínquia (Finlândia): 39 jogadores
22. Monaco (França): 38 jogadores
22. Manchester United (Inglaterra): 38 jogadores
22. Anderlecht (Bélgica): 38 jogadores
22. Levski Sófia (Bulgária): 38 jogadores
26. Slavia Praga (República Checa): 37 jogadores
26. AZ Alkmaar (Holanda): 37 jogadores
28. BATE Borisov (Bielorrússia): 35 jogadores
29. FC Nitra (Eslováquia): 34 jogadores
29. Standard Liège (Bélgica): 34 jogadores
31. Maccabi Tel Aviv (Israel): 33 jogadores
31. Arsenal (Inglaterra): 33 jogadores
33. MTK Budapeste (Hungria): 32 jogadores
33. Manchester City (Inglaterra): 32 jogadores
33. Heerenveen (Holanda): 32 jogadores
33. Rennes (França): 32 jogadores
33. Athletic Bilbao (Espanha): 32 jogadores)
38. Malmö (Suécia): 31 jogadores
38. Zenit (Rússia): 31 jogadores
38. Basileia (Suíça): 31 jogadores
38. Rapid Viena (Áustria): 31 jogadores
38. Sigma Olomouc (República Checa): 31 jogadores
38. Spartak Moscovo (Rússia): 31 jogadores
44. Áustria Viena (Áustria): 30 jogadores
44. Nantes (França): 30 jogadores
46. Rosenborg (Noruega): 29 jogadores
46. Atlético Madrid (Espanha): 29 jogadores
46. Dnipro (Ucrânia): 29 jogadores
49. FK Minsk (Bielorrússia): 28 jogadores
49. Estugarda (Alemanha): 28 jogadores
49. Inter (Itália): 28 jogadores
49. Lokomotiv Moscovo (Rússia): 28 jogadores
http://www.record.pt/multimedia/fotogalerias/detalhe/sporting-e-o-clube-portugues-que-mais-jogadores-da-ao-futebol-europeu?ref=HP_4BucketDestaquesPrincipais

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Inumano83 em Ter Out 30, 2018 5:18 pm

Ninguém pode se dizer surpreso com a nota publicada pelo Real Madrid, nesta segunda-feira, anunciando que Julen Lopetegui foi demitido. O treinador balançava no cargo, depois de uma sequência ruim de resultados, quando enfrentou o Barcelona, no último domingo, e levou 5 a 1. Sua passagem pelo Santiago Bernabéu durou três meses, com 14 partidas e seis derrotas. Santiago Solari comandará a equipe provisoriamente.
A contratação de Lopetegui ganhou muita repercussão por ter sido anunciada na semana da abertura da Copa do Mundo. O ex-goleiro comandava a seleção espanhola e acabou demitido, às vésperas da estreia. Os dirigentes da federação sentiram-se traídos pela maneira como ele conduziu a proposta merengue. E, no final das contas, esse caso acabou sendo ruim para todas as partes envolvidas.
Começando, claro, por Lopetegui. Embora não pudesse prever a reação dos dirigentes espanhóis, a decisão que tomou acabou sendo muito ruim. Enterrou seu sonho de comandar a Espanha em uma Copa do Mundo, com potencial de chegar longe, em troca de três meses tumultuados no Bernabéu. A renovação que precisa ser feita no Real Madrid, com as saídas de Zidane e Cristiano Ronaldo, seria difícil para qualquer um.
Lesões, como a de Isco, aprofundaram o desafio, mas a passagem de Lopetegui foi um desastre. Foram quatro jogos seguidos sem fazer um gol, apenas uma vitória nas últimas sete partidas, contra o fraco Viktoria Plzen, e o time se encontra na nona posição do Campeonato Espanhol. A sequência ruim começou uma lavada do Sevilla, fazendo 3 a 0 no primeiro tempo, e terminou com a gota d’água, no último domingo, no Camp Nou.
Se o clássico era a última chance de Lopetegui salvar seu emprego, o resultado não poderia ter sido pior. Se a saída da Espanha para o Real Madrid era um trampolim para que o treinador se colocasse na primeira prateleira da Europa, o resultado foi pior ainda. Além dos desgastes pela maneira como saiu da seleção, ele acabou sendo o treinador com passagem mais curta pelo Bernabéu desde José Antonio Camacho, em 2004.
Lopetegui agora precisa reconstruir a sua imagem. E o Real Madrid, o seu time. O treinador escolhido não se mostrou à altura do desafio, nem valeu a pena a briga comprada com a federação e com os torcedores da seleção para contratá-lo. Agora, ficará alguns jogos com Solari enquanto busca a contratação de um novo treinador ou pondera se o interino merece uma promoção. De qualquer maneira, a construção de uma nova equipe foi atrasada, e estão em risco os objetivos desta temporada.
A seleção espanhola também se deu mal com a situação. A equipe chegou à Copa do Mundo como uma das favoritas e até começou bem, mas ficou claro que Fernando Hierro não conseguiu conduzir o time da mesma maneira como faria o homem que idealizou os treinos e as estratégias para o torneio. Exibições na Liga das Nações, como a goleada contra a Croácia, semifinalista da Copa, indicam também que, sem o tumulto de Lopetegui, a Espanha poderia ter chegado mais longe na Rússia.
Periodicamente, o Real Madrid passa por momentos assim. É um clube com alto nível de exigência que concede poucos espaços para derrotas. Mas ciclos sempre terminam e a formação de uma nova equipe requer um pouco de paciência. Nesse sentido, os merengues são bem brasileiros: a paciência dura muito pouco, como Lopetegui acabou descobrindo a pior maneira.
https://trivela.com.br/no-fim-das-contas-saida-de-lopetegui-da-selecao-espanhola-foi-ruim-para-todo-mundo/

O presidente da liga espanhola, Javier Tebas, afirmou, em entrevista à Omnisport, que gosta da ideia de nomear um troféu ao melhor jogador do Campeonato Espanhol em homenagem a Lionel Messi. Desde 2015/16, La Liga não entrega prêmios individuais a jogadores e técnicos, pensando em como tornar essa cerimônia mais atraente, mas pode voltar a fazê-lo no futuro.
O raciocínio de Tebas é bem simples: como, na opinião dele, Messi é o melhor jogador da história do futebol, nada mais apropriado que o troféu ao craque da competição que ele organiza leve esse nome. Como precedente, ele citou os prêmios do Marca que fazem referência a Rafael “Pichichi” Moreno (artilheiro), Ricardo Zamora (goleiro) e Telmo Zarra (artilheiro espanhol).
“Acho que Messi será o melhor da história do futebol, ele já é”, disse. “Algumas pessoas falam sobre Neymar, mas ele já tem 26 anos e Messi começou a jogar como juvenil no Barcelona e nos surpreende todos os anos. Ele não parece ter limites e joga no nível máximo. Ele é o melhor e acho que é uma grande ideia criar um troféu para o melhor jogador de cada temporada em nome de Leo Messi”.
Messi é o maior artilheiro da história de La Liga, com 390 gols, e conquistou a competição nove vezes.
https://trivela.com.br/presidente-de-la-liga-gosta-da-ideia-de-um-trofeu-messi-para-o-melhor-jogador-de-cada-temporada/

Pep Guardiola foi eleito pela revista "FourFourTwo" o maior técnico da atualidade. Desde a semana passada, a conceituada publicação inglesa vem publicando uma lista com os 50 melhores técnicos do mundo e, nesta terça-feira, foi a vez do top-10.
Confira a lista completa:
1 - Pep Guardiola (Manchester City-ING)
2 - Zinedine Zidane (sem clube / ex-Real Madrid)
3 - Diego Simeone (Atlético de Madrid-ESP)
4 - Allegri (Juventus-ITA)
5 - Jurgen Klopp (Liverpool-ING)
6 - Deschamps (seleção francesa)
7 - Mauricio Pochettino (Tottenham-ING)
8 - Maurizio Sarri (Chelsea-ING)
9 - Nagelsmann (Hoffenheim-ALE)
10 - Valverde (Barcelona-ESP)
11 - Tite (seleção brasileira)
12 - Leonardo Jardim (ex-Monaco / hoje sem clube)
13 - Di Francesco (Roma -ITA)
14 - Lucien Favre (Borussia Dortmund-ALE)
15 - Marcelino (Valencia-ESP)
16 - Luis Enrique (seleção espanhola)
17 - Janne Andersson (seleção sueca)
18 - Antonio Conte (sem clube / ex-Chelsea)
19 - Phillip Cocu (sem clube / ex-Fenerbahce)
20 - Thomas Tuchel (PSG)
21 - Zlatko Dalic (seleção da Croácia)
22 - Paulo Fonseca (Shakhtar Donetsk-UCR)
23 - Gian Piero Gasperini (Atalanta-ITA)
24 - Pablo Machin (Sevilla-ESP)
25 - José Mourinho (Manchester United-ING)
26 - Domenico Tedesco (Schalke-ALE)
27 - Jose Bordalas (Getafe-ESP)
28 - Renato Gaúcho (Grêmio)
29 - Nino Kovav (Bayern de Munique-ALE)
30 - Bruno Genesio (Lyon-FRA)
31 - Unai Emery (Arsenal-ING)
32 - Marcelo Gallardo (River Plate-ARG)
33 - Sergio Conceição (Porto-POR)
34 - Rafael Benitez (Newcastle-ING)
35 - Marco Giampaolo (Sampdoria-ITA)
36 - Adi Hutter (Eintracht Frankfurt-ALE)
37 - Abdullah Avcı (Istanbul Basaksehir-TUR)
38 - Stefano Pioli (Fiorentina-ITA)
39 - Luciano Spaletti (Inter de Milão-ITA)
40 - Gareth Southgate (seleção da Inglaterra)
41 - Eddie Howe (Bournemouth-ING)
42 - Quique Setien (Bétis-ESP)
43 - Rudi Garcia (Marseille-FRA)
44 - Abel Ferreira (Braga-POR)
45 - Ariel Holan (Independiente-ARG)
46 - Juan Carlos Osorio (seleção do Paraguai)
47 - Sean Dyche (Burnley-ING)
48 - Ricardo Gareca (seleção do Peru)
49 - Simone Inzagui (Lazio-ITA)
50 - Brendan Rodgers (Celtic-ESC)
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/guardiola-e-eleito-o-melhor-tecnico-do-mundo-em-lista-que-tem-tite-como-11o.ghtml

Técnico interino do Real Madrid após a demissão de Lopetegui, Santiago Solari comandou nesta terça seu primeiro treino à frente do clube e, em seguida, foi para a entrevista coletiva. Segundo o jornal “AS”, foram feitas três perguntas sobre Vinicius Junior, com quem ele trabalhou ao longo das últimas semanas no Castilla.
"Vinicius é mais um jogador do elenco. Ele estará à disposição, assim como o resto".
Diante da insistência dos jornalistas no local, se Vinicius Junior teria condições de estar no elenco principal ou mesmo se precisa de mais experiência, Solari procurou não se estender muito. Lopetegui só o utilizou por 12 minutos até aqui no Campeonato Espanhol.
- Ele é um membro do elenco. É muito jovem e muito talentoso, tem muito a aprender, mas também tem muito a oferecer, tanto agora quanto no futuro. Não há jogadores que estejam no elenco principal do Real Madrid que não tenham nível para estar lá – completou.
https://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-espanhol/noticia/perguntas-por-vinicius-junior-se-repetem-na-1a-coletiva-de-solari-no-real-madrid-muito-a-oferecer.ghtml

Nota: Apenas integram estas listas jogadores que alinharam em 20 ou mais jogos nas competições

Melhor média de golos por jogo na UEFA Champions League/Taça dos Clubes Campeões Europeus
0.97: Gerd Müller (Bayern) – 34 golos em 35 jogos
0.86: José Altafini (Milan, Juventus) – 24 golos em 28 jogos
0.85: Ferenc Puskás (Honvéd, Real Madrid) – 35 golos em 41 jogos
0.84: Alfredo Di Stéfano (Real Madrid) – 49 golos em 58 jogos
0.83: Lionel Messi (Barcelona) – 105 golos em 127 jogos
0.82: José Águas (Benfica, Áustria Viena) – 18 golos em 22 jogos
0.77: Cristiano Ronaldo (Sporting CP, Manchester United, Real Madrid) – 121 golos em 157 jogos
0.76: Jean-Pierre Papin (Marselha, Milan, Bayern Munique) – 28 golos em 37 jogos
0.75: Eusébio (Benfica) – 47 golos em 63 jogos
0.74: Ruud van Nistelrooy (PSV, Manchester United, Real Madrid) – 60 golos em 81 jogos

Melhor média de golos por jogo na UEFA Champions League da fase de grupos à final
0.83: Lionel Messi (Barcelona) – 105 golos em 127 jogos
0.77: Cristiano Ronaldo (Manchester United, Real Madrid) – 120 golos em 155 jogos
0.77: Ruud van Nistelrooy (PSV Eindhoven, Manchester United, Real Madrid) – 56 golos em 73 jogos
0.70: Roberto Soldado (Real Madrid, Valência) – 16 golos em 23 jogos
0.63: Robert Lewandowski (Dortmund, Bayern) – 47 golos em 75 jogos
0.61: Vincent Aboubakar (Porto, Beşiktaş) – 14 golos em 23 jogos
0.60: Edinson Cavani (Nápoles, Paris) – 33 golos em 55 jogos
0.60: Neymar (Barcelona, Paris) – 30 golos em 50 jogos
0.60: Kylian Mbappé (Mónaco, Paris) – 12 golos em 20 jogos
0.59: Mario Gomez (Estugarda, Bayern) – 26 golos em 44 jogos

Melhor média de golos por jogo na UEFA Europa League/Taça UEFA
1.10: Jupp Heynckes (Mönchengladbach) – 23 golos em 21 jogos
1.00: Darko Kovačević (Estrela Vermelha, Real Sociedad, Juventus, Olympiacos) – 20 golos em 20 jogos
0.94: Radamel Falcao (Porto, Atlético) – 31 golos em 33 jogos
0.81: Dieter Müller (Colónia, Estugarda, Bordéus) – 29 golos em 36 jogos
0.76: Ruud Geels (Club Brugge, Ajax, PSV) – 16 golos em 21 jogos
0.76: Anthony Yeboah (Eintracht, Leeds, Hamburgo) – 16 golos em 21 jogos
0.75: Alan (Salzburgo) – 18 golos em 24 jogos
0.75: Torbjörn Nilsson (IFK Gotemburgo, Kaiserslautern) – 18 golos em 24 jogos
0.73: Claudio Pizarro (Bremen) – 24 golos em 33 jogos
0.73: Allan Simonsen (Mönchengladbach, Barcelona) – 19 golos em 26 jogos

Melhor média de golos por jogo em todas as competições de clubes da UEFA*
0.87: Gerd Müller (Bayern) – 62 golos em 71 jogos
0.86: Stéphane Guivarc'h (Auxerre, Rennes, Newcastle) – 24 golos em 28 jogos
0.86: Ferenc Puskás (Honvéd, Real Madrid) – 37 golos em 43 jogos
0.83: Alfredo Di Stéfano (Real Madrid) – 50 golos em 60 jogos
0.82: Lionel Messi (Barcelona) – 103 golos em 129 jogos
0.82: Ivan Mráz (Slovan Bratislava, Sparta Praga, Dukla Praga) – 18 golos em 22 jogos
0.82: Jupp Heynckes (Mönchengladbach) – 45 golos em 55 jogos^
0.81: Radamel Falcao (Porto, Atlético, Mónaco) – 46 golos em 55 jogos
0.80: Kees Kist (AZ Alkmaar, Paris Saint-Germain) – 20 golos em 25 jogos
0.80: Denis Law (Manchester United) – 20 golos em 25 jogos
0.80: Kevin Hector (Derby County) – 16 golos em 20 jogos

Melhores médias de golos por jogo em jogos do EURO**
0.91: Davor Šuker (Croácia) – 20 golos em 22 jogos
0.79: Klaas-Jan Huntelaar (Holanda) – 19 golos em 24 jogos
0.78: David Villa (Espanha) – 18 golos em 23 jogos
0.75: Toni Polster (Áustria) – 15 golos em 20 jogos
0.71: Jon Dahl Tomasson (Dinamarca) – 22 golos em 31 jogos
0.70: Raúl González (Espanha) – 19 golos em 27 jogos
0.67: Thierry Henry (França) – 18 golos em 27 jogos
0.67: Marco van Basten (Holanda) – 16 golos em 24 jogos
0.65: Shota Arveladze (Geórgia) – 17 golos em 26 jogos
0.64: Filippo Inzaghi (Itália) – 14 golos em 22 jogos

* Competições de clubes da UEFA = UEFA Champions League/Taça dos Clubes Campeões Europeus, UEFA Europa League/Taça UEFA, Taça dos Clubes Vencedores de Taças, SuperTaça Europeia da UEFA, Taça Intertoto, Taça Intercontinental

Vários jogadores tiveram uma taxa de concretização superior mas não disputaram jogos suficientes para corresponder aos critérios do UEFA.com. Os melhores exemplos são:

UEFA Champions League/Taça dos Clubes Campeões Europeus
1.10: Claudio Sulser (Grasshoppers) – 11 golos em 10 jogos
1.08: Denis Viollet (Manchester United) – 13 golos em 12 jogos
1.00: Torbjörn Nilsson (IFK Gotemburgo) – 14 golos em 14 jogos

Todas as competições de clubes da UEFA
1.33: Gerd Müller (República Federal Alemã) – 16 golos em 12 jogos
1.00: Michel Platini (França) – 10 golos em 10 jogos
0.94: Georgi Asparuhov (Botev Plovdiv, Levski Sófia) – 17 golos em 18 jogos
0.94: Kiril Milanov (Levski Sófia) – 17 golos em 18 jogos
0.92: Johan Cruyff (Holanda) – 12 golos em 13 jogos
0.89: Borivoje Kostić (Estrela Vermelha) – 17 golos em 19 jogos

** Apenas jogos na fase de qualificação e fase final do EURO e do Campeonato do Mundo
https://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2437583.html

Contas da Champions League: O que é preciso para passar?

Grupo A: Mónaco (1 ponto) - Brugge (1) [17h55], Atlético (6) - Dortmund (9)
Dortmund qualifica-se como vencedor do grupo em caso de vitória.
Atlético qualifica-se com uma vitória se o outro jogo terminar empatado.
Mónaco fica sem hipóteses de terminar nos dois primeiros se não conseguir vencer e se o Atlético ganhar.
Club Brugge não poderá ficar nos dois primeiros se não conseguir vencer e o Atlético ganhar.

Grupo B: Inter (6) - Barcelona (9), Tottenham (1) - PSV (1)
Barcelona qualifica-se como vencedor do grupo em caso de vitória.
Inter qualifica-se com uma vitória se o outro jogo terminar empatado.
Tottenham fica sem hipóteses de terminar nos dois primeiros se não conseguir vencer e se o Inter ganhar.
PSV não poderá ficar nos dois primeiros se não conseguir vencer e o Inter ganhar.

Grupo C: Estrela Vermelha (1) - Liverpool (6) [17h55], Nápoles (5) - Paris (4)
Estrela Vermelha fica sem hipóteses de terminar nos dois primeiros se não conseguir vencer e se o Nápoles ganhar.

Grupo D: Schalke (5) - Galatasaray (4), Porto (7) - Lokomotiv Moscovo (0)
Lokomotiv não poderá ficar nos dois primeiros se perder e o outro jogo não terminar empatado. O Lokomotiv também não conseguirá terminar entre os dois primeiros se empatar e o Schalke vencer.

Grupo E: Benfica (3) - Ajax (7), Bayern (7) - AEK Atenas (0)
Ajax qualifica-se se ganhar.
Bayern qualifica-se com uma vitória se o Benfica perder.
Benfica não poderá ficar nos dois primeiros se perder e o Bayern vencer.
AEK não poderá ficar nos dois primeiros se perder ou se empatar o Ajax ganhar.

Grupo F: Manchester City (6) - Shakhtar (2), Lyon (5) - Hoffenheim (2)
Manchester City qualifica-se com uma vitória se o Hoffenheim perder.
Hoffenheim não poderá ficar nos dois primeiros se perder e o City ganhar.

Grupo G: CSKA Moscovo (4) - Roma (6) [17h55], Viktoria Plzeň (1) - Real Madrid (6)
Plzeň não poderá ficar nos dois primeiros se perder e a Roma ganhar.

Grupo H: Valência (2) - Young Boys (1) [17h55], Juventus (9) - Manchester United (4)
Juventus qualifica-se se não perder e garante o primeiro lugar se ganhar.
https://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2579348.html

Contas da Europa League: O que é preciso para passar?

Grupo G: Rapid Viena (3 pontos) - Villarreal (5), Spartak Moscovo (2) - Rangers (5)
Nada pode ficar decidido na quarta jornada.

Grupo H: Lázio (6) - Marselha (1), Apollon Limassol (1) - Eintracht Frankfurt (9)
Frankfurt apurado se vencer ou se empatar e o Marselha não vencer.
Lázio apurado se vencer e o Apollon não o conseguir.
Marselha eliminado se perder.
Apollon sem hipóteses de continuar se não vencer e a Lázio ganhar.

Grupo I: Beşiktaş (3) - Genk (6), Sarpsborg (4) - Malmö (4)
Nada pode ficar decidido na quarta jornada.

Grupo J: Akhisar Belediyespor (0) - Sevilha (6), Krasnodar (6) - Standard Liège (6)
Akhisar eliminado se perder.

Grupo K: Astana (5) - Jablonec (2) [15h50], Dínamo Kiev (5) - Rennes (3)
Nada pode ficar decidido na quarta jornada.

Grupo L: BATE Borisov (3) - Chelsea (9), Vidi (3) - PAOK (3)
Chelsea garante o primeiro lugar se vencer e o outro jogo terminar empatado.

Grupo A: Ludogorets (1) - AEK Larnaca (1), Leverkusen (6) - Zurique (9)
Zurique apurado se vencer ou se o Ludogorets v AEK terminar empatado.
Leverkusen apurado se vencer ou se o Ludogorets-AEK terminar empatado.
Ludogorets sem hipóteses de continuar se perder pontos e o Leverkusen ganhar.
AEK sem hipóteses de continuar se perder pontos e o Leverkusen ganhar.

Grupo B: Celtic (3) - Leipzig (6), Rosenborg (0) - Salzburgo (9)
Salzburgo apurado se empatar e o Celtic perder, ou se vencer e o Celtic.
Leipzig apurado se vencer e o Rosenborg não o conseguir.
Celtic sem hipóteses de continuar se perder e o Salzburgo pontuar.
Rosenborg sem hipóteses de continuar se perder e o Leipzig pontuar ou se empatar e o Leipzig ganhar.

Grupo C: Slávia Praga (6) - Copenhaga (4), Bordéus (0) - Zenit (7)
Bordéus sem hipóteses de continuar se perder e o Slávia vencer.

Grupo D: Fenerbahçe (4) - Anderlecht (1) [16:50CET], Dínamo Zagreb (9) - Spartak Trnava (3)
Dínamo garante o primeiro lugar se vencer e o Fenerbahçe não.
Anderlecht sem hipóteses de continuar se perder.

Grupo E: Arsenal (9) - Sporting (6), Vorskla Poltava (3) - Qarabağ (0)
Arsenal apurado se vencer ou se empatar e o Vorskla perder.
Qarabağ sem hipóteses de continuar se perder.

Grupo F: Olympiacos (4) - Dudelange (0), Betis (7) - Milan (6)
Betis apurado se vencer e o Olympiacos não.
Dudelange sem hipóteses de continuar se perder.
https://pt.uefa.com/uefaeuropaleague/news/newsid=2579472.html

9 pontos à 10.ª jornada da Liga: pior registo de sempre do Fenerbahçe.
http://www.zerozero.pt/playmakerstats.php?id=40147

Mais assistências nas Top 10 Ligas UEFA:
7 Vanaken, Suso e Quaresma
6 Di Maria e Sancho
https://twitter.com/playmaker_PT/status/1057256719049469953

3 derrotas consecutivas e 5 jogos sem vencer: pior registo do Real Madrid na Liga Espanhola desde 2008/09.
14 pontos à 10.ª jornada: pior registo do Real Madrid na Liga desde 2001/02 - época em que se sagrou campeão europeu.
https://twitter.com/playmaker_PT/status/1056960179210739712

Lopetegui despedido do Real Madrid:
Sofreu tantas derrotas como vitorias (6)
Registou apenas mais um golo marcado (21) do que sofrido (20)
Perdeu a Supertaça Europeia
A equipa está no 9.º lugar da Liga, a 7 pontos da liderança e não vence na competição há 5 jogos
https://twitter.com/playmaker_PT/status/1057229125327425536

Cristiano Ronaldo leva 7 golos nas 10 primeiras jornadas da Serie A pela Juventus. Um número que supera todos os dos últimos 60 anos. É preciso recuar até 1958 para termos idêntico registo, através do britânico John Charles.
É verdade que o internacional português ficou em branco nos três primeiros jogos pela Vecchia Signora na Serie A (Chievo, Lazio e Parma), mas nesta altura leva dois bis (Sassuolo e Empoli) e marcou também a Frosinone, Udinese e Génova. Na Serie A é apenas superado pelo polaco Krzysztof Piatek, que soma 9 golos pelo Génova.
No que diz respeito aos números na Juventus, a marca de Ronaldo atinge maior destaque, tendo em conta que nomes como Gonzalo Higuaín, Carlos Tévez e Filippo Inzaghi fizeram 6 golos nas 10 primeiras jornadas. Zlatan Ibrahimovic e David Trezeguet ficaram-se pelos 5.
https://abola.pt/Nnh/Noticias/Ver/756909

O adjunto do Chelsea, Marco Ianni, foi multado pela federação inglesa de futebol em 6 mil libras (6673 euros), relativos ao comportamento do membro da equipa técnica de Sarri já no final do embate com o Manchester United.
O treinador italiano já tinha sido acusado de conduta imprópria, devido à reação à margem das leis aquando do golo de Ross Barkley, que dava na altura o empate para os blues aos 96 minutos, o que acabaria por originar grande confusão entre os bancos de ambas as equipas
Refira-se, José Mourinho não conheceu qualquer sanção no âmbito do caso averiguado pela federação.
https://abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/756938

Três golos sofridos em 10 jogos faz do Manchester City de Pep Guardiola a melhor defesa do campeonato inglês na atual temporada. A este registo impressionante junta-se ainda outro facto: nenhum avançado conseguiu marcar aos citizens na presente edição Premier League.
Os três golos sofridos foram todos apontados por defesas. Jon Stankovic, central esloveno do Huddersfield, foi o primeiro a bater Ederson no campeonato. Aconteceu na segunda jornada, num jogo que terminou com uma goleada dos campeões ingleses por 6-1.
Seguiu-se Willy Boly. O defesa do Wolverhampton marcou um golo polémico – com a ajuda da mão – no empate com o Manchester Citty (1-1), da terceira jornada. Por último, foi DeAndre Yedlin, lateral norte-americano que marcou o tento de honra do Newcastle na derrota (1-2) da quarta jornada.
https://abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/756892

Anunciado a 12 de junho, despedido a 29 de outubro. Ao todo, e desde o primeiro jogo oficial como treinador do Real Madrid, Julen Lopetegui esteve apenas onze semanas no banco, tornando-se no técnico com “vida” mais curta no Santiago Bernabéu.
Um registo negativo que pertencia ao brasileiro Vanderlei Luxemburgo, que conseguiu sobreviver até dezembro antes de ser despedido, ao fim de quatro meses no comando técnico da equipa, no início da época 2005/06.
Mais curta foi a passagem de José Antonio Camacho, que esteve apenas 117 dias no cargo. Porém, ao contrário de Lopetegui ou Luxemburgo, não foi demitido: despediu-se quando percebeu que não podia gerir o balneário como pretendia.
Outro registo negativo para Lopetegui: deixa o clube como o segundo treinador com menos jogos disputados pelo clube (14). Pior só Camacho (6).
Nestes 14 jogos, Lopetegui registou seis vitórias, dois empates e seis derrotas, a última no clássico com o Barcelona. Uma goleada (1-5), em Camp Nou, que deu a crónica de uma morte anunciada.
https://abola.pt/Internacional/Noticias/Ver/756831

_________________
Somos Porto!!!  Carrega Portugal!!!
avatar
Inumano83
Filho de Thanos

Mensagens : 5602
Data de inscrição : 08/04/2015
Localização : DF

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Futebol Europeu (Uefa)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 11 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum